SlideShare uma empresa Scribd logo
Futsal
Iniciação à Tática
Prof.Esp. Marcelo Caetano
O que é Tática?
 Tática são as ações ofensivas e defensivas
individualmente ou coletivamente através de
um posicionamento na quadra .
Tática( Como organizar meu time?)
 a-) Potencial técnico dos seus atletas
 b-)Potencial técnico dos adversários
 c-)Conhecimento cognitivo dos atletas
 d-)Tamanho da quadra
 e-)Condicionamento físico dos atletas
 f-)O que ocorre no jogo(taticamente)
 g-)A importância do resultado
 h-)Dos acontecimentos do jogo
Sistemas de Jogo
 O que é?
É o posicionamento dos jogadores dentro da quadra
de jogo.
Sistemas de Jogo no Futsal(2x2)
 Consiste em ter dois jogadores no ataque e
dois na defesa .
 - Utilizado por categorias menores e
colegiais
 - Requer um menor preparo físico .
 - Ajuda a abrir o meio da quadra .
 - Não recomendado contra equipes que
utilizam três jogadores na
 saída de bola e armação de jogo .
Sistema de Jogo (3x1)
 Consiste basicamente em ter um jogador na
defesa , dois alas que atacam e defendem e
um pivô no campo de ataque .
 É o mais utilizado atualmente .
 Exige um bom preparo físico .
 É um sistema muito funcional , facilitando a
parte ofensiva e defensiva .
 Utilizado quase sempre no alto nível .
Sistemas de jogo (2x1x1)
 É uma variação do sistema 2x2 , consiste em
ter dois atletas na defesa um no meio da
quadra .
 Usado por equipes de nível elevado .
 Utilizado com variações pode dar ótimos
resultados .
 Deve ser bem treinado , principalmente a
troca meio-pivô .
Sistema de Jogo(4x0)
 4x0 : É o sistema em que utiliza na sua formação
inicial é formada por quatro jogadores em linha na
meia quadra de defesa.
 Utilizado por equipes de alto nível.
 Requer ótima condição técnica e excelente domínio de
bola.
 Requer jogadores que joguem em todas as posições.
 Facilita a metida da bola nas costas do marcador.
 A equipe joga sem cobertura.
 Boa para quadras grandes.
 É bom contra equipes que marcam pressão.
Futsal-Curso Iniciação a Tática
Padrões de Jogo
É o deslocamento contínuo dos atletas de
uma equipe a partir de um posicionamento
prévio tentando confundir a equipe
adversária e servindo para valorização da
posse de bola .
Padrões de Jogo
 -) Quadrado : “C” toca a bola para “B” , ao
tocar vai para o ataque trocando de posição
com “D” , “B” que recebeu a bola toca a “D” e
vai para o ataque trocando com “A” e assim
sucessivamente .
 Circular : “D” passa a “C” e vai para o lugar
onde “D” estava , “C” passa a “A” que veio
para o seu lugar . “A” conduz até onde “C”
estava e passa a “B” , e assim
sucessivamente .
 Padrão Troca Ala-Pivô : “A” que fica fixo
toca a “B” , “B” devolve a “A” e vai para a
posição de “D” , “A” que recebeu de “B” toca
a “C” que devolve e vai para a posição de “B”
, “A” toca a “D” e assim sucessivamente
Jogadas Ensaiadas
 a-) Tiro de meta
 b-) Saída de centro
 c-) Lateral
 d-) Escanteio
 e-) Falta
 f-) Durante o jogo
Conteúdos a partir das Idades
 Até 09 anos
 Conhecer defesa/ataque
 Marcação Individual
 Experimentar todas as posições .
De 10 a 12 anos
 Marcação de bolas paradas .
 Início da assimilação dos fundamentos táticos
básicos do Futsal .
 Início dos treinos de contra-ataque .
 Aprender a jogar com o pivô .
 Início do sistema 2x2 .
 Início da assimilação dos padrões de jogo
 De 13 a 15 anos
 Cobertura .
 Identificar as linhas de defesa .
 Treinar as primeiras jogadas ensaiadas .
 Treinar as movimentações básicas do Futsal (diagonal ,
paralela ,etc.)
 Aperfeiçoar os contra-ataque .
 Jogos táticos .
 Início dos Sistemas 2x1x1 e 1x2x2 com goleiro .
 Marcação de Zona .
 Marcação no goleiro .
De 16 a 18 anos
 Aumento do número de jogadas ensaiadas .
 Especialização dos jogadores .
 Trabalho com sistemas complexos .
 Treino de quebra de marcação .
 Sistema 3x1 .
Formas de Treinamento da Tática
 Jogos Adaptados
 Jogos Situacionais
 Exercícios Técnico-Táticos
 Treino de Gatilho
O que levar em consideração
 Cultura local
 Desenvolvimento da criança
 Objetivos do cenário(escola, clube, etc)
 Nível do jogo
Variações possíveis no jogo
 Número de alunos
 Espaço
 Dimenções da quadra
 Número de metas
 Pressão do tempo
 Número de toques
Marcelo Caetano
 Graduado em Educação Física –UFC (CE)
 Especialista em Futsal –UNOPAR (PR)
 Consultor de Futsal : www.cdof.com.br
 Organizador do Curso do Prof. Ferretti
 Grupo de estudo de Futsal da UFC
 Professor de Colégios Particulares de Fortaleza
 Coordenador de Escolas
 Ex- Coordenador das Vilas Olímpicas
 Técnico do RPEC no metropolitano 2009
 85-88950500
 marcelocaeta@yahoo.com.br
 marcelocaeta@hotmail.com

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Futsal-Curso Iniciação a Tática

Táticas básicas de basquetebol
Táticas básicas de basquetebolTáticas básicas de basquetebol
Táticas básicas de basquetebol
Elaine Lima
 
Apresentação sra hora
Apresentação sra horaApresentação sra hora
Apresentação sra hora
J Mauro Santos
 
Futebol
Futebol Futebol
Futebol americano apresentacao
Futebol americano   apresentacaoFutebol americano   apresentacao
Futebol americano apresentacao
CEF10
 
FC Barcelona transição defensiva
FC Barcelona transição defensivaFC Barcelona transição defensiva
FC Barcelona transição defensiva
Ricardo Luiz Pace
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Fundação Real Madrid
 
Juniores Portimonense Època Desportiva 2014/2015
Juniores Portimonense Època Desportiva 2014/2015Juniores Portimonense Època Desportiva 2014/2015
Juniores Portimonense Època Desportiva 2014/2015
António Seromenho
 
Aspectos taticos do futebol
Aspectos taticos do futebolAspectos taticos do futebol
Aspectos taticos do futebol
Marcos Pereira
 
Sistema 4 em linha
Sistema 4 em linhaSistema 4 em linha
Sistema 4 em linha
Renato Moreira
 
Andebol elementar
Andebol elementarAndebol elementar
Andebol elementar
Maria Sequeira
 
3º ano prova bimestral 4º bim.
3º ano prova bimestral 4º bim.3º ano prova bimestral 4º bim.
3º ano prova bimestral 4º bim.
Tony
 
Morfociclo padrao para melhora de referenciais defensivos da equipe do grêmio
Morfociclo padrao para melhora de referenciais defensivos da equipe do grêmioMorfociclo padrao para melhora de referenciais defensivos da equipe do grêmio
Morfociclo padrao para melhora de referenciais defensivos da equipe do grêmio
Bruno Malmo
 
Aula.pptx
Aula.pptxAula.pptx
Plano de treino_93
Plano de treino_93Plano de treino_93
Plano de treino_93
Ricardo Ribeiro
 
Andebol 2 - O Ensino do Jogo dos 11 aos 14 anos
Andebol 2 - O Ensino do Jogo dos 11 aos 14 anosAndebol 2 - O Ensino do Jogo dos 11 aos 14 anos
Andebol 2 - O Ensino do Jogo dos 11 aos 14 anos
Tiago Cruz
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
José Adauto Garcia
 
Jornadas tecnicas
Jornadas tecnicasJornadas tecnicas
Jornadas tecnicas
Rogerioserrador
 
Aula sobre futsal
Aula sobre futsal Aula sobre futsal
Aula sobre futsal
Mateus Pacheco
 
Apostila futsal
Apostila futsalApostila futsal
Apostila futsal
proinfoalda
 
A bíblia de mourinho no fc porto
A bíblia de mourinho no fc portoA bíblia de mourinho no fc porto
A bíblia de mourinho no fc porto
raseslb
 

Semelhante a Futsal-Curso Iniciação a Tática (20)

Táticas básicas de basquetebol
Táticas básicas de basquetebolTáticas básicas de basquetebol
Táticas básicas de basquetebol
 
Apresentação sra hora
Apresentação sra horaApresentação sra hora
Apresentação sra hora
 
Futebol
Futebol Futebol
Futebol
 
Futebol americano apresentacao
Futebol americano   apresentacaoFutebol americano   apresentacao
Futebol americano apresentacao
 
FC Barcelona transição defensiva
FC Barcelona transição defensivaFC Barcelona transição defensiva
FC Barcelona transição defensiva
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
 
Juniores Portimonense Època Desportiva 2014/2015
Juniores Portimonense Època Desportiva 2014/2015Juniores Portimonense Època Desportiva 2014/2015
Juniores Portimonense Època Desportiva 2014/2015
 
Aspectos taticos do futebol
Aspectos taticos do futebolAspectos taticos do futebol
Aspectos taticos do futebol
 
Sistema 4 em linha
Sistema 4 em linhaSistema 4 em linha
Sistema 4 em linha
 
Andebol elementar
Andebol elementarAndebol elementar
Andebol elementar
 
3º ano prova bimestral 4º bim.
3º ano prova bimestral 4º bim.3º ano prova bimestral 4º bim.
3º ano prova bimestral 4º bim.
 
Morfociclo padrao para melhora de referenciais defensivos da equipe do grêmio
Morfociclo padrao para melhora de referenciais defensivos da equipe do grêmioMorfociclo padrao para melhora de referenciais defensivos da equipe do grêmio
Morfociclo padrao para melhora de referenciais defensivos da equipe do grêmio
 
Aula.pptx
Aula.pptxAula.pptx
Aula.pptx
 
Plano de treino_93
Plano de treino_93Plano de treino_93
Plano de treino_93
 
Andebol 2 - O Ensino do Jogo dos 11 aos 14 anos
Andebol 2 - O Ensino do Jogo dos 11 aos 14 anosAndebol 2 - O Ensino do Jogo dos 11 aos 14 anos
Andebol 2 - O Ensino do Jogo dos 11 aos 14 anos
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Jornadas tecnicas
Jornadas tecnicasJornadas tecnicas
Jornadas tecnicas
 
Aula sobre futsal
Aula sobre futsal Aula sobre futsal
Aula sobre futsal
 
Apostila futsal
Apostila futsalApostila futsal
Apostila futsal
 
A bíblia de mourinho no fc porto
A bíblia de mourinho no fc portoA bíblia de mourinho no fc porto
A bíblia de mourinho no fc porto
 

Futsal-Curso Iniciação a Tática

  • 2. O que é Tática?  Tática são as ações ofensivas e defensivas individualmente ou coletivamente através de um posicionamento na quadra .
  • 3. Tática( Como organizar meu time?)  a-) Potencial técnico dos seus atletas  b-)Potencial técnico dos adversários  c-)Conhecimento cognitivo dos atletas  d-)Tamanho da quadra  e-)Condicionamento físico dos atletas  f-)O que ocorre no jogo(taticamente)  g-)A importância do resultado  h-)Dos acontecimentos do jogo
  • 4. Sistemas de Jogo  O que é? É o posicionamento dos jogadores dentro da quadra de jogo.
  • 5. Sistemas de Jogo no Futsal(2x2)  Consiste em ter dois jogadores no ataque e dois na defesa .  - Utilizado por categorias menores e colegiais  - Requer um menor preparo físico .  - Ajuda a abrir o meio da quadra .  - Não recomendado contra equipes que utilizam três jogadores na  saída de bola e armação de jogo .
  • 6. Sistema de Jogo (3x1)  Consiste basicamente em ter um jogador na defesa , dois alas que atacam e defendem e um pivô no campo de ataque .  É o mais utilizado atualmente .  Exige um bom preparo físico .  É um sistema muito funcional , facilitando a parte ofensiva e defensiva .  Utilizado quase sempre no alto nível .
  • 7. Sistemas de jogo (2x1x1)  É uma variação do sistema 2x2 , consiste em ter dois atletas na defesa um no meio da quadra .  Usado por equipes de nível elevado .  Utilizado com variações pode dar ótimos resultados .  Deve ser bem treinado , principalmente a troca meio-pivô .
  • 8. Sistema de Jogo(4x0)  4x0 : É o sistema em que utiliza na sua formação inicial é formada por quatro jogadores em linha na meia quadra de defesa.  Utilizado por equipes de alto nível.  Requer ótima condição técnica e excelente domínio de bola.  Requer jogadores que joguem em todas as posições.  Facilita a metida da bola nas costas do marcador.  A equipe joga sem cobertura.  Boa para quadras grandes.  É bom contra equipes que marcam pressão.
  • 10. Padrões de Jogo É o deslocamento contínuo dos atletas de uma equipe a partir de um posicionamento prévio tentando confundir a equipe adversária e servindo para valorização da posse de bola .
  • 11. Padrões de Jogo  -) Quadrado : “C” toca a bola para “B” , ao tocar vai para o ataque trocando de posição com “D” , “B” que recebeu a bola toca a “D” e vai para o ataque trocando com “A” e assim sucessivamente .
  • 12.  Circular : “D” passa a “C” e vai para o lugar onde “D” estava , “C” passa a “A” que veio para o seu lugar . “A” conduz até onde “C” estava e passa a “B” , e assim sucessivamente .
  • 13.  Padrão Troca Ala-Pivô : “A” que fica fixo toca a “B” , “B” devolve a “A” e vai para a posição de “D” , “A” que recebeu de “B” toca a “C” que devolve e vai para a posição de “B” , “A” toca a “D” e assim sucessivamente
  • 14. Jogadas Ensaiadas  a-) Tiro de meta  b-) Saída de centro  c-) Lateral  d-) Escanteio  e-) Falta  f-) Durante o jogo
  • 15. Conteúdos a partir das Idades  Até 09 anos  Conhecer defesa/ataque  Marcação Individual  Experimentar todas as posições .
  • 16. De 10 a 12 anos  Marcação de bolas paradas .  Início da assimilação dos fundamentos táticos básicos do Futsal .  Início dos treinos de contra-ataque .  Aprender a jogar com o pivô .  Início do sistema 2x2 .  Início da assimilação dos padrões de jogo
  • 17.  De 13 a 15 anos  Cobertura .  Identificar as linhas de defesa .  Treinar as primeiras jogadas ensaiadas .  Treinar as movimentações básicas do Futsal (diagonal , paralela ,etc.)  Aperfeiçoar os contra-ataque .  Jogos táticos .  Início dos Sistemas 2x1x1 e 1x2x2 com goleiro .  Marcação de Zona .  Marcação no goleiro .
  • 18. De 16 a 18 anos  Aumento do número de jogadas ensaiadas .  Especialização dos jogadores .  Trabalho com sistemas complexos .  Treino de quebra de marcação .  Sistema 3x1 .
  • 19. Formas de Treinamento da Tática  Jogos Adaptados  Jogos Situacionais  Exercícios Técnico-Táticos  Treino de Gatilho
  • 20. O que levar em consideração  Cultura local  Desenvolvimento da criança  Objetivos do cenário(escola, clube, etc)  Nível do jogo
  • 21. Variações possíveis no jogo  Número de alunos  Espaço  Dimenções da quadra  Número de metas  Pressão do tempo  Número de toques
  • 22. Marcelo Caetano  Graduado em Educação Física –UFC (CE)  Especialista em Futsal –UNOPAR (PR)  Consultor de Futsal : www.cdof.com.br  Organizador do Curso do Prof. Ferretti  Grupo de estudo de Futsal da UFC  Professor de Colégios Particulares de Fortaleza  Coordenador de Escolas  Ex- Coordenador das Vilas Olímpicas  Técnico do RPEC no metropolitano 2009  85-88950500  marcelocaeta@yahoo.com.br  marcelocaeta@hotmail.com