SlideShare uma empresa Scribd logo
Eunice Pereira
Nº6 9ºC
• Estanha localiza-se no continente Europeu.
• Faz fronteira com Portugal, França e Andorra (sendo a
única fronteira de Portugal)
• Situa-se no hemisfério Norte
• As suas coordenadas geográficas são de 40 00 N e de
400 O
• Tem uma área de 504 030 km²
• Cabo Verde localiza-se no continente Africano
• Não tem fronteiras por ser uma ilha
• Situa-se no hemisfério Norte
• As suas coordenadas geográficas são 16 00 N e de 24
00 O
• Tem uma área de 4.033 km²
• A capital de Espanha é Madrid
• A capital de Cabo Verde é Praia
• Espanha tem um clima Mediterrânio
• Em relação ao relevo é planalto na região central,
rodeado por colinas escarpadas. Na região norte
tem a presença da montanha dos Pireneus.
• Cabo Verde tem um clima árido ou semi-árido
• Em relação ao relevo as suas ilhas são de origem
vulcânica e têm, por isso, o relevo muito acidentado e
um aspecto ressequido e árido.
• Taxa de natalidade é igual a 10,66 nascimentos por 1000
habitantes
• Taxa de mortalidade é igual a 8,8 mortes por 1000
habitantes
• Taxa de mortalidade infantil é igual a 3,39 mortes de
crianças por 1000 habitantes
• Taxa de urbanização é igual a 77% da população total
• Taxa de natalidade é igual a
• Taxa de mortalidade é igual a 6,28 mortes por 1000
habitantes
• Taxa de mortalidade infantil é igual a 42,55 mortes de
crianças por 1000 habitantes
• Taxa de urbanização é igual a 71% da população total.
• Espanha carvão, minério de ferro, cobre, urânio,
zinco, chumbo, tungsténio e mercúrio.
• Cabo Verde Escassez de recursos naturais.
• Espanha desertamento, poluição do ar
nos granes centros urbanos e poluição do Mar
Mediterrâneo na região da costa.
• Cabo Verde resíduos sólidos
• Na capital de Espanha (Madrid) estão habitam cerca de
3,3 milhões de pessoas
• No total do pais habitam 47,19 milhões de pessoas
• Na capital de Cabo Verde estão habitadas cerca de
234,940 mil pessoas
• No total do pais habitam 499,796 mil pessoas
• A principal atividade económica desenvolvida em
Espanha é a Industrialização, baseada na produção de
tecidos, calçados, alimentos industrializados, bebidas,
produtos químicos, máquinas, metais, ferramentas e
automóveis. O setor da agricultura baseia-se na
cultivação de grãos, vegetais, azeitonas, frutas cítricas,
beterraba (principalmente para a produção de açúcar) e
uva para vinho.
• A principal atividade económica desenvolvida em Cabo
Verde é a agricultura, baseada no cultivo de banana,
cana-de-açúcar, frutos tropicais, feijão, batata doce e
mandioca. O setor industrial baseia-se na fabricação de
aguardente, vestuário e calçados. O turismo tem se
demonstrado uma atividade importante para a economia
nacional, os principais destinos são a Ilha do Sal e a Ilha
Boa Vista.
• Espanha 0,885 - desenvolvimento humano
muito alto
• Cabo Verde 0,532 – tem vindo a
aumentar
Informação Vário sites através do Google
https://www.google.pt/?gfe_rd=cr&ei=KyeFU6imEsXe8ge4
9YCwBg
Imagens Através do Google Imagens
https://www.google.pt/imghp?hl=pt-
PT&tab=wi&ei=KyeFU5H-H-
O04ATTzoCAAQ&ved=0CAQQqi4oAg

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

França - União Europeia
França - União EuropeiaFrança - União Europeia
França - União Europeia
Lucas Cechinel
 
Frjam
FrjamFrjam
Frjam
turmac12
 
Rio Mondego 1
Rio Mondego 1Rio Mondego 1
Rio Mondego 1
naliniram
 
PROTAGONISMO E A COPA DO MUNDO 2014
PROTAGONISMO E A COPA DO MUNDO 2014PROTAGONISMO E A COPA DO MUNDO 2014
PROTAGONISMO E A COPA DO MUNDO 2014
escolapiraja
 
Algarve
AlgarveAlgarve
O rio mondego
O rio mondegoO rio mondego
O rio mondego
Lurdes Féria
 
Recursos Naturais da África
Recursos Naturais da ÁfricaRecursos Naturais da África
Recursos Naturais da África
Gustavo Mendonca
 
França - Paris
França - Paris França - Paris
RAM
RAMRAM
Paris
ParisParis
Paris
APtrabalho
 
Alemanha
AlemanhaAlemanha
Alemanha
turmac12
 
Trabalho ap
Trabalho apTrabalho ap
Trabalho ap
mafalda
 
França
FrançaFrança
França
laraalmeidar
 
Moçambique e portugal duas realidades diferentes
Moçambique e portugal   duas realidades diferentesMoçambique e portugal   duas realidades diferentes
Moçambique e portugal duas realidades diferentes
turmac12
 
Aula europa 10-08-2012_europa_mediterranea
Aula europa 10-08-2012_europa_mediterraneaAula europa 10-08-2012_europa_mediterranea
Aula europa 10-08-2012_europa_mediterranea
Antonio Pessoa
 

Mais procurados (15)

França - União Europeia
França - União EuropeiaFrança - União Europeia
França - União Europeia
 
Frjam
FrjamFrjam
Frjam
 
Rio Mondego 1
Rio Mondego 1Rio Mondego 1
Rio Mondego 1
 
PROTAGONISMO E A COPA DO MUNDO 2014
PROTAGONISMO E A COPA DO MUNDO 2014PROTAGONISMO E A COPA DO MUNDO 2014
PROTAGONISMO E A COPA DO MUNDO 2014
 
Algarve
AlgarveAlgarve
Algarve
 
O rio mondego
O rio mondegoO rio mondego
O rio mondego
 
Recursos Naturais da África
Recursos Naturais da ÁfricaRecursos Naturais da África
Recursos Naturais da África
 
França - Paris
França - Paris França - Paris
França - Paris
 
RAM
RAMRAM
RAM
 
Paris
ParisParis
Paris
 
Alemanha
AlemanhaAlemanha
Alemanha
 
Trabalho ap
Trabalho apTrabalho ap
Trabalho ap
 
França
FrançaFrança
França
 
Moçambique e portugal duas realidades diferentes
Moçambique e portugal   duas realidades diferentesMoçambique e portugal   duas realidades diferentes
Moçambique e portugal duas realidades diferentes
 
Aula europa 10-08-2012_europa_mediterranea
Aula europa 10-08-2012_europa_mediterraneaAula europa 10-08-2012_europa_mediterranea
Aula europa 10-08-2012_europa_mediterranea
 

Destaque

ใบงานพุทธที่2
ใบงานพุทธที่2ใบงานพุทธที่2
ใบงานพุทธที่2tassanee chaicharoen
 
Progetto 2
Progetto 2Progetto 2
Progetto 2
g. marcelli
 
Jos Presentatie1
Jos Presentatie1Jos Presentatie1
Jos Presentatie1
guest21bead
 
Trabajo de computación
Trabajo de computaciónTrabajo de computación
Trabajo de computación
Alex Fabricio Montalvo
 
Copia de estudio mincetur para regiones
Copia de estudio mincetur  para regionesCopia de estudio mincetur  para regiones
Copia de estudio mincetur para regiones
camara ilo
 
EXEMPLE D'UN POWER POINT
EXEMPLE D'UN POWER POINTEXEMPLE D'UN POWER POINT
EXEMPLE D'UN POWER POINT
gcaball
 
Psicología educativa
Psicología educativaPsicología educativa
Psicología educativa
guestd662f40
 
Propiedades de los Materiales
Propiedades de los MaterialesPropiedades de los Materiales
Propiedades de los Materialesvictor
 
N5
N5N5
N5
Kirill
 
презентация вертер для клуба менторов
презентация вертер    для клуба менторовпрезентация вертер    для клуба менторов
презентация вертер для клуба менторовNatalia Korotonoshkina
 
חינוך מיוחד בפריסה ארצית
חינוך מיוחד בפריסה ארציתחינוך מיוחד בפריסה ארצית
חינוך מיוחד בפריסה ארציתnoemyp
 
Sep10
Sep10Sep10
Sep10
John Coe
 
Bussines presentation in spanish mayo 2012
Bussines presentation in spanish mayo 2012Bussines presentation in spanish mayo 2012
Bussines presentation in spanish mayo 2012
D.R. Ignacio Funes
 
Hoe sociale media werkt voor de financiële tussenpersoon
Hoe sociale media werkt voor de financiële tussenpersoonHoe sociale media werkt voor de financiële tussenpersoon
Hoe sociale media werkt voor de financiële tussenpersoon
Fundament All Media
 
Locais de prova para seleção de estagiários de graduação em Direito
Locais de prova para seleção de estagiários de graduação em DireitoLocais de prova para seleção de estagiários de graduação em Direito
Locais de prova para seleção de estagiários de graduação em Direito
Ministério Público de Santa Catarina
 
Karangan thn 6
Karangan thn 6Karangan thn 6
Karangan thn 6Sis Nurul
 
Vilag Vandor Magyarjainak Himnusza
Vilag Vandor Magyarjainak HimnuszaVilag Vandor Magyarjainak Himnusza
Vilag Vandor Magyarjainak Himnusza
guest5fb849
 
Qortaba project
Qortaba projectQortaba project
Qortaba projectnmcegypt
 

Destaque (20)

ใบงานพุทธที่2
ใบงานพุทธที่2ใบงานพุทธที่2
ใบงานพุทธที่2
 
Progetto 2
Progetto 2Progetto 2
Progetto 2
 
Jos Presentatie1
Jos Presentatie1Jos Presentatie1
Jos Presentatie1
 
Trabajo de computación
Trabajo de computaciónTrabajo de computación
Trabajo de computación
 
Copia de estudio mincetur para regiones
Copia de estudio mincetur  para regionesCopia de estudio mincetur  para regiones
Copia de estudio mincetur para regiones
 
EXEMPLE D'UN POWER POINT
EXEMPLE D'UN POWER POINTEXEMPLE D'UN POWER POINT
EXEMPLE D'UN POWER POINT
 
Psicología educativa
Psicología educativaPsicología educativa
Psicología educativa
 
Propiedades de los Materiales
Propiedades de los MaterialesPropiedades de los Materiales
Propiedades de los Materiales
 
N5
N5N5
N5
 
презентация вертер для клуба менторов
презентация вертер    для клуба менторовпрезентация вертер    для клуба менторов
презентация вертер для клуба менторов
 
Предоставление информации о результатах егэ
Предоставление информации о результатах егэПредоставление информации о результатах егэ
Предоставление информации о результатах егэ
 
חינוך מיוחד בפריסה ארצית
חינוך מיוחד בפריסה ארציתחינוך מיוחד בפריסה ארצית
חינוך מיוחד בפריסה ארצית
 
Ekthesi kepe
Ekthesi kepeEkthesi kepe
Ekthesi kepe
 
Sep10
Sep10Sep10
Sep10
 
Bussines presentation in spanish mayo 2012
Bussines presentation in spanish mayo 2012Bussines presentation in spanish mayo 2012
Bussines presentation in spanish mayo 2012
 
Hoe sociale media werkt voor de financiële tussenpersoon
Hoe sociale media werkt voor de financiële tussenpersoonHoe sociale media werkt voor de financiële tussenpersoon
Hoe sociale media werkt voor de financiële tussenpersoon
 
Locais de prova para seleção de estagiários de graduação em Direito
Locais de prova para seleção de estagiários de graduação em DireitoLocais de prova para seleção de estagiários de graduação em Direito
Locais de prova para seleção de estagiários de graduação em Direito
 
Karangan thn 6
Karangan thn 6Karangan thn 6
Karangan thn 6
 
Vilag Vandor Magyarjainak Himnusza
Vilag Vandor Magyarjainak HimnuszaVilag Vandor Magyarjainak Himnusza
Vilag Vandor Magyarjainak Himnusza
 
Qortaba project
Qortaba projectQortaba project
Qortaba project
 

Semelhante a Espanha e Cabo Verde

Portugal e suas caracteristicas
Portugal e suas caracteristicasPortugal e suas caracteristicas
Portugal e suas caracteristicas
Catarina Silva
 
Diferenças entre Canadá e Moçambique e os respectivos Indicadores de Desenvol...
Diferenças entre Canadá e Moçambique e os respectivos Indicadores de Desenvol...Diferenças entre Canadá e Moçambique e os respectivos Indicadores de Desenvol...
Diferenças entre Canadá e Moçambique e os respectivos Indicadores de Desenvol...
Catarina Simões
 
316178845-Trabalho-de-Geografia-PowerPoint.pptx
316178845-Trabalho-de-Geografia-PowerPoint.pptx316178845-Trabalho-de-Geografia-PowerPoint.pptx
316178845-Trabalho-de-Geografia-PowerPoint.pptx
datasmartsolutions1
 
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociaisCaps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
profacacio
 
Cabo Verde e São Tomé e Príncipe
Cabo Verde  e São Tomé e PríncipeCabo Verde  e São Tomé e Príncipe
Cabo Verde e São Tomé e Príncipe
Georgia Kercia Dantas
 
características da espanha
características da espanhacaracterísticas da espanha
características da espanha
lorenchristie
 
Europa meridional2 (mediterrânea)
  Europa meridional2 (mediterrânea)  Europa meridional2 (mediterrânea)
Europa meridional2 (mediterrânea)
Leoo Bianchi
 
O Arquipélago de Cabo Verde
O Arquipélago de Cabo VerdeO Arquipélago de Cabo Verde
O Arquipélago de Cabo Verde
aDIRIANA SILVI
 
16 17 trab.sel.b-12_lh4_gp2_pl+m._6,8,11
16 17 trab.sel.b-12_lh4_gp2_pl+m._6,8,1116 17 trab.sel.b-12_lh4_gp2_pl+m._6,8,11
16 17 trab.sel.b-12_lh4_gp2_pl+m._6,8,11
Maria Paredes
 
Trabalhos 8º ano - Continente africano
Trabalhos 8º ano - Continente africanoTrabalhos 8º ano - Continente africano
Trabalhos 8º ano - Continente africano
Lucas Cechinel
 
ApresentaçãO Africa
ApresentaçãO AfricaApresentaçãO Africa
ApresentaçãO Africa
professoraivani
 
Africa
AfricaAfrica
C.P.L.P -Trabalho de Geografia
C.P.L.P -Trabalho de GeografiaC.P.L.P -Trabalho de Geografia
C.P.L.P -Trabalho de Geografia
Duarte Súcia
 
Irlanda,Reino Unido,Dinamarca,Chipre
Irlanda,Reino Unido,Dinamarca,ChipreIrlanda,Reino Unido,Dinamarca,Chipre
Irlanda,Reino Unido,Dinamarca,Chipre
Pedro Valada
 
2014 12-09 - joao e ana
2014 12-09 - joao e ana2014 12-09 - joao e ana
2014 12-09 - joao e ana
O Ciclista
 
Canadá
CanadáCanadá
Canadá
gustavogeo
 
As regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e MinhoAs regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e Minho
Sara Guerra
 
áFrica
áFricaáFrica
Portugal
PortugalPortugal
Portugal
f7c0809
 
áFrica em busca da virada introdução e desenvolvimento
áFrica em busca da virada   introdução e desenvolvimentoáFrica em busca da virada   introdução e desenvolvimento
áFrica em busca da virada introdução e desenvolvimento
baltazar
 

Semelhante a Espanha e Cabo Verde (20)

Portugal e suas caracteristicas
Portugal e suas caracteristicasPortugal e suas caracteristicas
Portugal e suas caracteristicas
 
Diferenças entre Canadá e Moçambique e os respectivos Indicadores de Desenvol...
Diferenças entre Canadá e Moçambique e os respectivos Indicadores de Desenvol...Diferenças entre Canadá e Moçambique e os respectivos Indicadores de Desenvol...
Diferenças entre Canadá e Moçambique e os respectivos Indicadores de Desenvol...
 
316178845-Trabalho-de-Geografia-PowerPoint.pptx
316178845-Trabalho-de-Geografia-PowerPoint.pptx316178845-Trabalho-de-Geografia-PowerPoint.pptx
316178845-Trabalho-de-Geografia-PowerPoint.pptx
 
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociaisCaps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
 
Cabo Verde e São Tomé e Príncipe
Cabo Verde  e São Tomé e PríncipeCabo Verde  e São Tomé e Príncipe
Cabo Verde e São Tomé e Príncipe
 
características da espanha
características da espanhacaracterísticas da espanha
características da espanha
 
Europa meridional2 (mediterrânea)
  Europa meridional2 (mediterrânea)  Europa meridional2 (mediterrânea)
Europa meridional2 (mediterrânea)
 
O Arquipélago de Cabo Verde
O Arquipélago de Cabo VerdeO Arquipélago de Cabo Verde
O Arquipélago de Cabo Verde
 
16 17 trab.sel.b-12_lh4_gp2_pl+m._6,8,11
16 17 trab.sel.b-12_lh4_gp2_pl+m._6,8,1116 17 trab.sel.b-12_lh4_gp2_pl+m._6,8,11
16 17 trab.sel.b-12_lh4_gp2_pl+m._6,8,11
 
Trabalhos 8º ano - Continente africano
Trabalhos 8º ano - Continente africanoTrabalhos 8º ano - Continente africano
Trabalhos 8º ano - Continente africano
 
ApresentaçãO Africa
ApresentaçãO AfricaApresentaçãO Africa
ApresentaçãO Africa
 
Africa
AfricaAfrica
Africa
 
C.P.L.P -Trabalho de Geografia
C.P.L.P -Trabalho de GeografiaC.P.L.P -Trabalho de Geografia
C.P.L.P -Trabalho de Geografia
 
Irlanda,Reino Unido,Dinamarca,Chipre
Irlanda,Reino Unido,Dinamarca,ChipreIrlanda,Reino Unido,Dinamarca,Chipre
Irlanda,Reino Unido,Dinamarca,Chipre
 
2014 12-09 - joao e ana
2014 12-09 - joao e ana2014 12-09 - joao e ana
2014 12-09 - joao e ana
 
Canadá
CanadáCanadá
Canadá
 
As regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e MinhoAs regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e Minho
 
áFrica
áFricaáFrica
áFrica
 
Portugal
PortugalPortugal
Portugal
 
áFrica em busca da virada introdução e desenvolvimento
áFrica em busca da virada   introdução e desenvolvimentoáFrica em busca da virada   introdução e desenvolvimento
áFrica em busca da virada introdução e desenvolvimento
 

Mais de Eunice Pereira

Cultura Chinesa
Cultura ChinesaCultura Chinesa
Cultura Chinesa
Eunice Pereira
 
Diversidade Cultural
Diversidade CulturalDiversidade Cultural
Diversidade Cultural
Eunice Pereira
 
Chuvas Acídas
Chuvas AcídasChuvas Acídas
Chuvas Acídas
Eunice Pereira
 
Espanhol
Espanhol Espanhol
Espanhol
Eunice Pereira
 
Médicos Sem Fronteiras (MSF)
Médicos Sem Fronteiras (MSF)Médicos Sem Fronteiras (MSF)
Médicos Sem Fronteiras (MSF)
Eunice Pereira
 
Espanha e Cabo Verde
Espanha e Cabo VerdeEspanha e Cabo Verde
Espanha e Cabo Verde
Eunice Pereira
 
25 De Abril De 1974
25 De Abril De 197425 De Abril De 1974
25 De Abril De 1974
Eunice Pereira
 

Mais de Eunice Pereira (7)

Cultura Chinesa
Cultura ChinesaCultura Chinesa
Cultura Chinesa
 
Diversidade Cultural
Diversidade CulturalDiversidade Cultural
Diversidade Cultural
 
Chuvas Acídas
Chuvas AcídasChuvas Acídas
Chuvas Acídas
 
Espanhol
Espanhol Espanhol
Espanhol
 
Médicos Sem Fronteiras (MSF)
Médicos Sem Fronteiras (MSF)Médicos Sem Fronteiras (MSF)
Médicos Sem Fronteiras (MSF)
 
Espanha e Cabo Verde
Espanha e Cabo VerdeEspanha e Cabo Verde
Espanha e Cabo Verde
 
25 De Abril De 1974
25 De Abril De 197425 De Abril De 1974
25 De Abril De 1974
 

Último

Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
WelberMerlinCardoso
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 

Último (20)

Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 

Espanha e Cabo Verde

  • 2. • Estanha localiza-se no continente Europeu. • Faz fronteira com Portugal, França e Andorra (sendo a única fronteira de Portugal) • Situa-se no hemisfério Norte • As suas coordenadas geográficas são de 40 00 N e de 400 O • Tem uma área de 504 030 km²
  • 3. • Cabo Verde localiza-se no continente Africano • Não tem fronteiras por ser uma ilha • Situa-se no hemisfério Norte • As suas coordenadas geográficas são 16 00 N e de 24 00 O • Tem uma área de 4.033 km²
  • 4.
  • 5. • A capital de Espanha é Madrid • A capital de Cabo Verde é Praia
  • 6. • Espanha tem um clima Mediterrânio • Em relação ao relevo é planalto na região central, rodeado por colinas escarpadas. Na região norte tem a presença da montanha dos Pireneus.
  • 7. • Cabo Verde tem um clima árido ou semi-árido • Em relação ao relevo as suas ilhas são de origem vulcânica e têm, por isso, o relevo muito acidentado e um aspecto ressequido e árido.
  • 8. • Taxa de natalidade é igual a 10,66 nascimentos por 1000 habitantes • Taxa de mortalidade é igual a 8,8 mortes por 1000 habitantes • Taxa de mortalidade infantil é igual a 3,39 mortes de crianças por 1000 habitantes • Taxa de urbanização é igual a 77% da população total
  • 9. • Taxa de natalidade é igual a • Taxa de mortalidade é igual a 6,28 mortes por 1000 habitantes • Taxa de mortalidade infantil é igual a 42,55 mortes de crianças por 1000 habitantes • Taxa de urbanização é igual a 71% da população total.
  • 10. • Espanha carvão, minério de ferro, cobre, urânio, zinco, chumbo, tungsténio e mercúrio. • Cabo Verde Escassez de recursos naturais.
  • 11. • Espanha desertamento, poluição do ar nos granes centros urbanos e poluição do Mar Mediterrâneo na região da costa. • Cabo Verde resíduos sólidos
  • 12. • Na capital de Espanha (Madrid) estão habitam cerca de 3,3 milhões de pessoas • No total do pais habitam 47,19 milhões de pessoas
  • 13. • Na capital de Cabo Verde estão habitadas cerca de 234,940 mil pessoas • No total do pais habitam 499,796 mil pessoas
  • 14. • A principal atividade económica desenvolvida em Espanha é a Industrialização, baseada na produção de tecidos, calçados, alimentos industrializados, bebidas, produtos químicos, máquinas, metais, ferramentas e automóveis. O setor da agricultura baseia-se na cultivação de grãos, vegetais, azeitonas, frutas cítricas, beterraba (principalmente para a produção de açúcar) e uva para vinho.
  • 15. • A principal atividade económica desenvolvida em Cabo Verde é a agricultura, baseada no cultivo de banana, cana-de-açúcar, frutos tropicais, feijão, batata doce e mandioca. O setor industrial baseia-se na fabricação de aguardente, vestuário e calçados. O turismo tem se demonstrado uma atividade importante para a economia nacional, os principais destinos são a Ilha do Sal e a Ilha Boa Vista.
  • 16. • Espanha 0,885 - desenvolvimento humano muito alto • Cabo Verde 0,532 – tem vindo a aumentar
  • 17. Informação Vário sites através do Google https://www.google.pt/?gfe_rd=cr&ei=KyeFU6imEsXe8ge4 9YCwBg Imagens Através do Google Imagens https://www.google.pt/imghp?hl=pt- PT&tab=wi&ei=KyeFU5H-H- O04ATTzoCAAQ&ved=0CAQQqi4oAg