SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Baixar para ler offline
Sistemas de Controlo de Vers˜es
                            o

   Alberto Manuel Brand˜o Sim˜es
                       a     o
        ambs@di.uminho.pt



       9 de Outubro de 2008




       Alberto Sim˜es
                  o     Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                                    o
Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                o

Permitem:
    armazenar diferentes vers˜es;
                             o
    gerir hist´ricos de altera¸˜es;
              o               co
    indirectamente, servir de backup;
Podem ser: locais, centralizados ou distribu´
                                            ıdos.

                Local    Centralizado          Distribu´
                                                       ıdo
                 sccs        cvs                   git
                  rcs        svn              bazaar (bzr)
                           perforce               darcs
                                                mercurial
                                                  arch



                        Alberto Sim˜es
                                   o     Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                                                     o
Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                o

Permitem:
    armazenar diferentes vers˜es;
                             o
    gerir hist´ricos de altera¸˜es;
              o               co
    indirectamente, servir de backup;
Podem ser: locais, centralizados ou distribu´
                                            ıdos.

                Local    Centralizado          Distribu´
                                                       ıdo
                 sccs        cvs                   git
                  rcs        svn              bazaar (bzr)
                           perforce               darcs
                                                mercurial
                                                  arch



                        Alberto Sim˜es
                                   o     Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                                                     o
Local vs Centralizado vs Distribu´
                                     ıdo
Os Sistemas Locais:
    s˜o mono-utilizador;
     a
Os Sistemas Centralizados:
    s˜o multi-utilizador, permitindo uso cooperativo;
     a
    tˆm sistemas integrados de gest˜o de conflitos;
     e                             a
    precisam de um servidor centralizado;
    o servidor tem a ultima vers˜o;
                     ´          a
    ´ necess´ria conectividade;
    e       a
Os Sistemas Distribu´
                    ıdos:
    s˜o multi-utilizador, permitindo uso cooperativo;
     a
    tˆm sistemas integrados de gest˜o de conflitos;
     e                             a
    cada utilizador tem uma c´pia completa do reposit´rio;
                             o                       o
    n˜o ´ necess´ria conectividade;
     a e        a
    existem v´rias ultimas vers˜es;
             a     ´           o
                      Alberto Sim˜es
                                 o     Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                                                   o
Local vs Centralizado vs Distribu´
                                     ıdo
Os Sistemas Locais:
    s˜o mono-utilizador;
     a
Os Sistemas Centralizados:
    s˜o multi-utilizador, permitindo uso cooperativo;
     a
    tˆm sistemas integrados de gest˜o de conflitos;
     e                             a
    precisam de um servidor centralizado;
    o servidor tem a ultima vers˜o;
                     ´          a
    ´ necess´ria conectividade;
    e       a
Os Sistemas Distribu´
                    ıdos:
    s˜o multi-utilizador, permitindo uso cooperativo;
     a
    tˆm sistemas integrados de gest˜o de conflitos;
     e                             a
    cada utilizador tem uma c´pia completa do reposit´rio;
                             o                       o
    n˜o ´ necess´ria conectividade;
     a e        a
    existem v´rias ultimas vers˜es;
             a     ´           o
                      Alberto Sim˜es
                                 o     Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                                                   o
Local vs Centralizado vs Distribu´
                                     ıdo
Os Sistemas Locais:
    s˜o mono-utilizador;
     a
Os Sistemas Centralizados:
    s˜o multi-utilizador, permitindo uso cooperativo;
     a
    tˆm sistemas integrados de gest˜o de conflitos;
     e                             a
    precisam de um servidor centralizado;
    o servidor tem a ultima vers˜o;
                     ´          a
    ´ necess´ria conectividade;
    e       a
Os Sistemas Distribu´
                    ıdos:
    s˜o multi-utilizador, permitindo uso cooperativo;
     a
    tˆm sistemas integrados de gest˜o de conflitos;
     e                             a
    cada utilizador tem uma c´pia completa do reposit´rio;
                             o                       o
    n˜o ´ necess´ria conectividade;
     a e        a
    existem v´rias ultimas vers˜es;
             a     ´           o
                      Alberto Sim˜es
                                 o     Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                                                   o
Subversion, aka svn



O SVN est´ dispon´
         a       ıvel:
    em todas as distribui¸˜es Linux;
                         co
    (em Ubuntu n˜o ´ instalado por omiss˜o)
                a e                     a
    para instala¸˜o em MacOS X;
                ca
    (via fink ou macports, ...)
    para instala¸˜o em Windows;
                ca
    (sugest˜o do chefe, TortoiseSVN)
           a
    para compila¸˜o pelos necessitados;
                ca
    (http://subversion.tigris.org/downloads/)




                         Alberto Sim˜es
                                    o     Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                                                      o
Criar um Reposit´rio (for admins)
                  o



  numa m´quina ligada ` rede;
        a             a
  pelo menos acess´ por todos os seus utilizadores
                  ıvel
  utilizando os menus do TortoiseSVN;
  para os fan´ticos do windows
             a
  utilizando a linha de comandos do svn;
  para Homens a s´rio.
                 e

svnadmin create /path/to/the/centralized/repository




                         Alberto Sim˜es
                                    o     Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                                                      o
Criar um Reposit´rio (for admins)
                  o



  numa m´quina ligada ` rede;
        a             a
  pelo menos acess´ por todos os seus utilizadores
                  ıvel
  utilizando os menus do TortoiseSVN;
  para os fan´ticos do windows
             a
  utilizando a linha de comandos do svn;
  para Homens a s´rio.
                 e

svnadmin create /path/to/the/centralized/repository




                         Alberto Sim˜es
                                    o     Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                                                      o
Comandos B´sicos (for common-users)
          a

Criar uma c´pia local de trabalho:
           o
     svn co http://host.tld/path/to/repository
Actualizar a c´pia local com a ultima vers˜o:
              o                ´          a
                                   svn up
Enviar altera¸˜es para o reposit´rio:
             co                 o
                                   svn ci
Adicionar um ficheiro/directoria ao reposit´rio:
                                          o
             svn add file1 file2 dir1 dir2
mas s´ fica dispon´ depois de um commit.
     o           ıvel
Remover um ficheiro/directoria do reposit´rio:
                                        o
           svn remove file1 file2 dir1 dir2
mas os ficheiros s´ s˜o removidos depois de um commit.
                 o a


                  Alberto Sim˜es
                             o       Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                                                 o
Comandos B´sicos (for common-users)
          a

Criar uma c´pia local de trabalho:
           o
     svn co http://host.tld/path/to/repository
Actualizar a c´pia local com a ultima vers˜o:
              o                ´          a
                                   svn up
Enviar altera¸˜es para o reposit´rio:
             co                 o
                                   svn ci
Adicionar um ficheiro/directoria ao reposit´rio:
                                          o
             svn add file1 file2 dir1 dir2
mas s´ fica dispon´ depois de um commit.
     o           ıvel
Remover um ficheiro/directoria do reposit´rio:
                                        o
           svn remove file1 file2 dir1 dir2
mas os ficheiros s´ s˜o removidos depois de um commit.
                 o a


                  Alberto Sim˜es
                             o       Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                                                 o
Comandos B´sicos (for common-users)
          a

Criar uma c´pia local de trabalho:
           o
     svn co http://host.tld/path/to/repository
Actualizar a c´pia local com a ultima vers˜o:
              o                ´          a
                                   svn up
Enviar altera¸˜es para o reposit´rio:
             co                 o
                                   svn ci
Adicionar um ficheiro/directoria ao reposit´rio:
                                          o
             svn add file1 file2 dir1 dir2
mas s´ fica dispon´ depois de um commit.
     o           ıvel
Remover um ficheiro/directoria do reposit´rio:
                                        o
           svn remove file1 file2 dir1 dir2
mas os ficheiros s´ s˜o removidos depois de um commit.
                 o a


                  Alberto Sim˜es
                             o       Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                                                 o
Comandos B´sicos (for common-users)
          a

Criar uma c´pia local de trabalho:
           o
     svn co http://host.tld/path/to/repository
Actualizar a c´pia local com a ultima vers˜o:
              o                ´          a
                                   svn up
Enviar altera¸˜es para o reposit´rio:
             co                 o
                                   svn ci
Adicionar um ficheiro/directoria ao reposit´rio:
                                          o
             svn add file1 file2 dir1 dir2
mas s´ fica dispon´ depois de um commit.
     o           ıvel
Remover um ficheiro/directoria do reposit´rio:
                                        o
           svn remove file1 file2 dir1 dir2
mas os ficheiros s´ s˜o removidos depois de um commit.
                 o a


                  Alberto Sim˜es
                             o       Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                                                 o
Comandos B´sicos (for common-users)
          a

Criar uma c´pia local de trabalho:
           o
     svn co http://host.tld/path/to/repository
Actualizar a c´pia local com a ultima vers˜o:
              o                ´          a
                                   svn up
Enviar altera¸˜es para o reposit´rio:
             co                 o
                                   svn ci
Adicionar um ficheiro/directoria ao reposit´rio:
                                          o
             svn add file1 file2 dir1 dir2
mas s´ fica dispon´ depois de um commit.
     o           ıvel
Remover um ficheiro/directoria do reposit´rio:
                                        o
           svn remove file1 file2 dir1 dir2
mas os ficheiros s´ s˜o removidos depois de um commit.
                 o a


                  Alberto Sim˜es
                             o       Sistemas de Controlo de Vers˜es
                                                                 o

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Destaque (10)

Aula 03 - Introdução aos Diagramas de Atividade
Aula 03 - Introdução aos Diagramas de AtividadeAula 03 - Introdução aos Diagramas de Atividade
Aula 03 - Introdução aos Diagramas de Atividade
 
Translation Resources Extraction using Probabilistic Translation Dictionaries
Translation Resources Extraction using Probabilistic Translation DictionariesTranslation Resources Extraction using Probabilistic Translation Dictionaries
Translation Resources Extraction using Probabilistic Translation Dictionaries
 
TPF GC
TPF GCTPF GC
TPF GC
 
SVN no Desenvolvimento de Software
SVN no Desenvolvimento de SoftwareSVN no Desenvolvimento de Software
SVN no Desenvolvimento de Software
 
SVN - Subversion: Guia de sobrevivência do usuário
SVN - Subversion: Guia de sobrevivência  do usuárioSVN - Subversion: Guia de sobrevivência  do usuário
SVN - Subversion: Guia de sobrevivência do usuário
 
Language Identification: A neural network approach
Language Identification: A neural network approachLanguage Identification: A neural network approach
Language Identification: A neural network approach
 
Source Code Quality
Source Code QualitySource Code Quality
Source Code Quality
 
Como Preparar Artefatos para um Projeto em Scrum (Exemplo prático para Projec...
Como Preparar Artefatos para um Projeto em Scrum (Exemplo prático para Projec...Como Preparar Artefatos para um Projeto em Scrum (Exemplo prático para Projec...
Como Preparar Artefatos para um Projeto em Scrum (Exemplo prático para Projec...
 
Exemplos de User Stories
Exemplos de User StoriesExemplos de User Stories
Exemplos de User Stories
 
User Stories for your Product Backlog
User Stories for your Product BacklogUser Stories for your Product Backlog
User Stories for your Product Backlog
 

Semelhante a Controlo de Versões com SVN

Sistemas Operacionais - Introducao
Sistemas Operacionais - IntroducaoSistemas Operacionais - Introducao
Sistemas Operacionais - Introducao
Luiz Arthur
 
Aula 03 informática aplicada - virtualização
Aula 03  informática aplicada - virtualizaçãoAula 03  informática aplicada - virtualização
Aula 03 informática aplicada - virtualização
Robson Ferreira
 

Semelhante a Controlo de Versões com SVN (20)

Artigo vmware
Artigo vmware Artigo vmware
Artigo vmware
 
Escalonamento de processos em sistemas virtualizados
Escalonamento de processos em sistemas virtualizadosEscalonamento de processos em sistemas virtualizados
Escalonamento de processos em sistemas virtualizados
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1
 
Apresentação controle de versão
Apresentação controle de versãoApresentação controle de versão
Apresentação controle de versão
 
Sistemas operacionais
Sistemas operacionaisSistemas operacionais
Sistemas operacionais
 
Atividade sd
Atividade sdAtividade sd
Atividade sd
 
Sistemas operativos
Sistemas operativosSistemas operativos
Sistemas operativos
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Sistemas Operacionais - Aula 6 - Estrutura do Sistema Operacional
Sistemas Operacionais - Aula 6 - Estrutura do Sistema OperacionalSistemas Operacionais - Aula 6 - Estrutura do Sistema Operacional
Sistemas Operacionais - Aula 6 - Estrutura do Sistema Operacional
 
Sistemas Operacionais - Introducao
Sistemas Operacionais - IntroducaoSistemas Operacionais - Introducao
Sistemas Operacionais - Introducao
 
So rosa coimbra
So rosa coimbraSo rosa coimbra
So rosa coimbra
 
Sistema operacional introdução
Sistema operacional introduçãoSistema operacional introdução
Sistema operacional introdução
 
CentOS
CentOSCentOS
CentOS
 
Sistemas Operacionais parte 1
Sistemas Operacionais parte 1Sistemas Operacionais parte 1
Sistemas Operacionais parte 1
 
Sistemas Operacionais
Sistemas OperacionaisSistemas Operacionais
Sistemas Operacionais
 
desafios na implementacao de sistemas distribuidos
desafios na implementacao de sistemas distribuidosdesafios na implementacao de sistemas distribuidos
desafios na implementacao de sistemas distribuidos
 
[Cliqueapostilas.com.br] arquitetura-de-sistemas-operacionais
[Cliqueapostilas.com.br] arquitetura-de-sistemas-operacionais[Cliqueapostilas.com.br] arquitetura-de-sistemas-operacionais
[Cliqueapostilas.com.br] arquitetura-de-sistemas-operacionais
 
Aula de SO
Aula de SOAula de SO
Aula de SO
 
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 02
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 02Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 02
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 02
 
Aula 03 informática aplicada - virtualização
Aula 03  informática aplicada - virtualizaçãoAula 03  informática aplicada - virtualização
Aula 03 informática aplicada - virtualização
 

Mais de Alberto Simões

Mais de Alberto Simões (20)

Google Maps JS API
Google Maps JS APIGoogle Maps JS API
Google Maps JS API
 
EMLex-A5: Specialized Dictionaries
EMLex-A5: Specialized DictionariesEMLex-A5: Specialized Dictionaries
EMLex-A5: Specialized Dictionaries
 
Modelação de Dados
Modelação de DadosModelação de Dados
Modelação de Dados
 
Aula 04 - Introdução aos Diagramas de Sequência
Aula 04 - Introdução aos Diagramas de SequênciaAula 04 - Introdução aos Diagramas de Sequência
Aula 04 - Introdução aos Diagramas de Sequência
 
Aula 01 - Planeamento de Sistemas de Informação
Aula 01 - Planeamento de Sistemas de InformaçãoAula 01 - Planeamento de Sistemas de Informação
Aula 01 - Planeamento de Sistemas de Informação
 
Building C and C++ libraries with Perl
Building C and C++ libraries with PerlBuilding C and C++ libraries with Perl
Building C and C++ libraries with Perl
 
PLN em Perl
PLN em PerlPLN em Perl
PLN em Perl
 
Classification Systems
Classification SystemsClassification Systems
Classification Systems
 
Redes de Pert
Redes de PertRedes de Pert
Redes de Pert
 
Dancing Tutorial
Dancing TutorialDancing Tutorial
Dancing Tutorial
 
Processing XML: a rewriting system approach
Processing XML: a rewriting system approachProcessing XML: a rewriting system approach
Processing XML: a rewriting system approach
 
Sistemas de Numeração
Sistemas de NumeraçãoSistemas de Numeração
Sistemas de Numeração
 
Álgebra de Boole
Álgebra de BooleÁlgebra de Boole
Álgebra de Boole
 
Arquitecturas de Tradução Automática
Arquitecturas de Tradução AutomáticaArquitecturas de Tradução Automática
Arquitecturas de Tradução Automática
 
Extracção de Recursos para Tradução Automática
Extracção de Recursos para Tradução AutomáticaExtracção de Recursos para Tradução Automática
Extracção de Recursos para Tradução Automática
 
Dicionário Aberto
Dicionário AbertoDicionário Aberto
Dicionário Aberto
 
Keynote Globs
Keynote GlobsKeynote Globs
Keynote Globs
 
Workshop GLOBS
Workshop GLOBSWorkshop GLOBS
Workshop GLOBS
 
Bilingual Terminology Extraction based on Translation Patterns
Bilingual Terminology Extraction based on Translation PatternsBilingual Terminology Extraction based on Translation Patterns
Bilingual Terminology Extraction based on Translation Patterns
 
Remote secure backups
Remote secure backupsRemote secure backups
Remote secure backups
 

Último

Último (9)

EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 

Controlo de Versões com SVN

  • 1. Sistemas de Controlo de Vers˜es o Alberto Manuel Brand˜o Sim˜es a o ambs@di.uminho.pt 9 de Outubro de 2008 Alberto Sim˜es o Sistemas de Controlo de Vers˜es o
  • 2. Sistemas de Controlo de Vers˜es o Permitem: armazenar diferentes vers˜es; o gerir hist´ricos de altera¸˜es; o co indirectamente, servir de backup; Podem ser: locais, centralizados ou distribu´ ıdos. Local Centralizado Distribu´ ıdo sccs cvs git rcs svn bazaar (bzr) perforce darcs mercurial arch Alberto Sim˜es o Sistemas de Controlo de Vers˜es o
  • 3. Sistemas de Controlo de Vers˜es o Permitem: armazenar diferentes vers˜es; o gerir hist´ricos de altera¸˜es; o co indirectamente, servir de backup; Podem ser: locais, centralizados ou distribu´ ıdos. Local Centralizado Distribu´ ıdo sccs cvs git rcs svn bazaar (bzr) perforce darcs mercurial arch Alberto Sim˜es o Sistemas de Controlo de Vers˜es o
  • 4. Local vs Centralizado vs Distribu´ ıdo Os Sistemas Locais: s˜o mono-utilizador; a Os Sistemas Centralizados: s˜o multi-utilizador, permitindo uso cooperativo; a tˆm sistemas integrados de gest˜o de conflitos; e a precisam de um servidor centralizado; o servidor tem a ultima vers˜o; ´ a ´ necess´ria conectividade; e a Os Sistemas Distribu´ ıdos: s˜o multi-utilizador, permitindo uso cooperativo; a tˆm sistemas integrados de gest˜o de conflitos; e a cada utilizador tem uma c´pia completa do reposit´rio; o o n˜o ´ necess´ria conectividade; a e a existem v´rias ultimas vers˜es; a ´ o Alberto Sim˜es o Sistemas de Controlo de Vers˜es o
  • 5. Local vs Centralizado vs Distribu´ ıdo Os Sistemas Locais: s˜o mono-utilizador; a Os Sistemas Centralizados: s˜o multi-utilizador, permitindo uso cooperativo; a tˆm sistemas integrados de gest˜o de conflitos; e a precisam de um servidor centralizado; o servidor tem a ultima vers˜o; ´ a ´ necess´ria conectividade; e a Os Sistemas Distribu´ ıdos: s˜o multi-utilizador, permitindo uso cooperativo; a tˆm sistemas integrados de gest˜o de conflitos; e a cada utilizador tem uma c´pia completa do reposit´rio; o o n˜o ´ necess´ria conectividade; a e a existem v´rias ultimas vers˜es; a ´ o Alberto Sim˜es o Sistemas de Controlo de Vers˜es o
  • 6. Local vs Centralizado vs Distribu´ ıdo Os Sistemas Locais: s˜o mono-utilizador; a Os Sistemas Centralizados: s˜o multi-utilizador, permitindo uso cooperativo; a tˆm sistemas integrados de gest˜o de conflitos; e a precisam de um servidor centralizado; o servidor tem a ultima vers˜o; ´ a ´ necess´ria conectividade; e a Os Sistemas Distribu´ ıdos: s˜o multi-utilizador, permitindo uso cooperativo; a tˆm sistemas integrados de gest˜o de conflitos; e a cada utilizador tem uma c´pia completa do reposit´rio; o o n˜o ´ necess´ria conectividade; a e a existem v´rias ultimas vers˜es; a ´ o Alberto Sim˜es o Sistemas de Controlo de Vers˜es o
  • 7. Subversion, aka svn O SVN est´ dispon´ a ıvel: em todas as distribui¸˜es Linux; co (em Ubuntu n˜o ´ instalado por omiss˜o) a e a para instala¸˜o em MacOS X; ca (via fink ou macports, ...) para instala¸˜o em Windows; ca (sugest˜o do chefe, TortoiseSVN) a para compila¸˜o pelos necessitados; ca (http://subversion.tigris.org/downloads/) Alberto Sim˜es o Sistemas de Controlo de Vers˜es o
  • 8. Criar um Reposit´rio (for admins) o numa m´quina ligada ` rede; a a pelo menos acess´ por todos os seus utilizadores ıvel utilizando os menus do TortoiseSVN; para os fan´ticos do windows a utilizando a linha de comandos do svn; para Homens a s´rio. e svnadmin create /path/to/the/centralized/repository Alberto Sim˜es o Sistemas de Controlo de Vers˜es o
  • 9. Criar um Reposit´rio (for admins) o numa m´quina ligada ` rede; a a pelo menos acess´ por todos os seus utilizadores ıvel utilizando os menus do TortoiseSVN; para os fan´ticos do windows a utilizando a linha de comandos do svn; para Homens a s´rio. e svnadmin create /path/to/the/centralized/repository Alberto Sim˜es o Sistemas de Controlo de Vers˜es o
  • 10. Comandos B´sicos (for common-users) a Criar uma c´pia local de trabalho: o svn co http://host.tld/path/to/repository Actualizar a c´pia local com a ultima vers˜o: o ´ a svn up Enviar altera¸˜es para o reposit´rio: co o svn ci Adicionar um ficheiro/directoria ao reposit´rio: o svn add file1 file2 dir1 dir2 mas s´ fica dispon´ depois de um commit. o ıvel Remover um ficheiro/directoria do reposit´rio: o svn remove file1 file2 dir1 dir2 mas os ficheiros s´ s˜o removidos depois de um commit. o a Alberto Sim˜es o Sistemas de Controlo de Vers˜es o
  • 11. Comandos B´sicos (for common-users) a Criar uma c´pia local de trabalho: o svn co http://host.tld/path/to/repository Actualizar a c´pia local com a ultima vers˜o: o ´ a svn up Enviar altera¸˜es para o reposit´rio: co o svn ci Adicionar um ficheiro/directoria ao reposit´rio: o svn add file1 file2 dir1 dir2 mas s´ fica dispon´ depois de um commit. o ıvel Remover um ficheiro/directoria do reposit´rio: o svn remove file1 file2 dir1 dir2 mas os ficheiros s´ s˜o removidos depois de um commit. o a Alberto Sim˜es o Sistemas de Controlo de Vers˜es o
  • 12. Comandos B´sicos (for common-users) a Criar uma c´pia local de trabalho: o svn co http://host.tld/path/to/repository Actualizar a c´pia local com a ultima vers˜o: o ´ a svn up Enviar altera¸˜es para o reposit´rio: co o svn ci Adicionar um ficheiro/directoria ao reposit´rio: o svn add file1 file2 dir1 dir2 mas s´ fica dispon´ depois de um commit. o ıvel Remover um ficheiro/directoria do reposit´rio: o svn remove file1 file2 dir1 dir2 mas os ficheiros s´ s˜o removidos depois de um commit. o a Alberto Sim˜es o Sistemas de Controlo de Vers˜es o
  • 13. Comandos B´sicos (for common-users) a Criar uma c´pia local de trabalho: o svn co http://host.tld/path/to/repository Actualizar a c´pia local com a ultima vers˜o: o ´ a svn up Enviar altera¸˜es para o reposit´rio: co o svn ci Adicionar um ficheiro/directoria ao reposit´rio: o svn add file1 file2 dir1 dir2 mas s´ fica dispon´ depois de um commit. o ıvel Remover um ficheiro/directoria do reposit´rio: o svn remove file1 file2 dir1 dir2 mas os ficheiros s´ s˜o removidos depois de um commit. o a Alberto Sim˜es o Sistemas de Controlo de Vers˜es o
  • 14. Comandos B´sicos (for common-users) a Criar uma c´pia local de trabalho: o svn co http://host.tld/path/to/repository Actualizar a c´pia local com a ultima vers˜o: o ´ a svn up Enviar altera¸˜es para o reposit´rio: co o svn ci Adicionar um ficheiro/directoria ao reposit´rio: o svn add file1 file2 dir1 dir2 mas s´ fica dispon´ depois de um commit. o ıvel Remover um ficheiro/directoria do reposit´rio: o svn remove file1 file2 dir1 dir2 mas os ficheiros s´ s˜o removidos depois de um commit. o a Alberto Sim˜es o Sistemas de Controlo de Vers˜es o