SlideShare uma empresa Scribd logo
Brenda Campos
Brenda Martins
Francyanne Aquino
Milena Souza
3° B
Cangaço
Local e Data
O Cangaço ocorreu
durante o fim do século
XIX e início do século
XX, no sertão nordestino,
em regiões como Ceará,
Rio Grande do Norte,
Paraíba, Pernambuco,
Alagoas, Sergipe e Bahia.
Grupos sociais participantes
Grupos de sertanejos jagunços, capangas e empregados
de latifundiários (detentores de grandes propriedades
rurais). Depois conhecidos como Cangaceiros.
Reivindicações
O sertão nordestino sofria muito com a situação de
miséria e o descaso do poder público. Buscaram
com essa revolta a melhoria das péssimas
condições sociais da região.
Causas
Este movimento social estava relacionado à
disputa da terra, coronelismo e vingança.
Foi caracterizado por atitudes violentas por parte
dos cangaceiros. Estes andavam em bandos
armados, promoviam saques a fazendas, atacavam
comboios e chegavam a seqüestrar fazendeiros
para obtenção de resgates.
Cangaceiros
 Não tinham moradia fixa.
 Conheciam bem o Cerrado e
fugiam com facilidade das
autoridades.
 Conheciam plantas
medicinais,fontes de água, locais
com alimento, rotas de fuga e
lugares de difícil acesso.
Cangaceiros
 Caracterizados por suas
vestimentas como: chapéu
de couro com abas largas
dobradas, munição e
armas, bolsa com
remédios, fumo e punhal,
lenço, roupa resistente
com mangas compridas e
cantil.
Lampião
 Virgulino Ferreira da
Silva, foi cangaceiro de
maior destaque. Seu
apelido surgiu após um
tiroteio noturno com a
polícia, no qual disparou
tantos tiros que sua
espingarda iluminou parte
do ambiente.
Lampião
Lampião acabou sendo assassinado em 1938. Com
a sua morte, o cangaço perdeu força, no entanto,
entrou para a história como um movimento de
revolta contra o descaso dos órgãos públicos em
relação ao sertão nordestino.
Consequencias
Como consequencia dessa revolta, foram
formadas expedições policiais conhecidas
como volantes As lutas travadas eram violentas
e os prisioneiros geralmente decapitados.O
Cangaço chegou ao fim por volta de 1940.
Consequencias
Quase que ao mesmo tempo o processo de
industrialização que o país vivia abriu
possibilidades no Sul ao povo nordestino. A
migração nordestina, juntamente com sua força de
trabalho foi fator determinante para o processo de
modernização do Brasil.
Obrigado!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Cangaço e os Cangaceiros
O Cangaço e os Cangaceiros O Cangaço e os Cangaceiros
O Cangaço e os Cangaceiros
Vitor Morais
 
O cangaço
O cangaçoO cangaço
O cangaço
Carine Silva
 
O cangaço
O cangaçoO cangaço
O cangaço
elisia sandyelle
 
História do cangaço
História do cangaçoHistória do cangaço
História do cangaço
Reginaldo dos santos
 
O cangaço bandidos ou mocinhos
O cangaço bandidos ou mocinhosO cangaço bandidos ou mocinhos
O cangaço bandidos ou mocinhos
Jefferson Santos
 
A revolução do cangaço
A revolução do cangaçoA revolução do cangaço
A revolução do cangaço
Victor Said
 

Mais procurados (6)

O Cangaço e os Cangaceiros
O Cangaço e os Cangaceiros O Cangaço e os Cangaceiros
O Cangaço e os Cangaceiros
 
O cangaço
O cangaçoO cangaço
O cangaço
 
O cangaço
O cangaçoO cangaço
O cangaço
 
História do cangaço
História do cangaçoHistória do cangaço
História do cangaço
 
O cangaço bandidos ou mocinhos
O cangaço bandidos ou mocinhosO cangaço bandidos ou mocinhos
O cangaço bandidos ou mocinhos
 
A revolução do cangaço
A revolução do cangaçoA revolução do cangaço
A revolução do cangaço
 

Semelhante a Cangaço

cangaço 9 ano.pptx trabalho alunos interativo
cangaço 9 ano.pptx trabalho alunos interativocangaço 9 ano.pptx trabalho alunos interativo
cangaço 9 ano.pptx trabalho alunos interativo
Alanjones119642
 
SEMINÁRIO HISTORIA
SEMINÁRIO HISTORIASEMINÁRIO HISTORIA
SEMINÁRIO HISTORIA
conferenciamunicipal1
 
Grupo 1
Grupo 1Grupo 1
Grupo 1
Jonas
 
A guerra de canudos
A guerra de canudosA guerra de canudos
A guerra de canudos
historiando
 
Conflitos sociais na rep. velha rurais
Conflitos sociais na rep. velha   ruraisConflitos sociais na rep. velha   rurais
Conflitos sociais na rep. velha rurais
historiando
 
Conflitos sociais na rep. velha rurais
Conflitos sociais na rep. velha   ruraisConflitos sociais na rep. velha   rurais
Conflitos sociais na rep. velha rurais
historiando
 
Movimentos sociais na Republica Oligárquica
Movimentos sociais na Republica Oligárquica Movimentos sociais na Republica Oligárquica
Movimentos sociais na Republica Oligárquica
alinesantana1422
 
Conflitos sociais na rep. velha rurais
Conflitos sociais na rep. velha   ruraisConflitos sociais na rep. velha   rurais
Conflitos sociais na rep. velha rurais
historiando
 
Conflitos sociais na rep. velha rurais
Conflitos sociais na rep. velha   ruraisConflitos sociais na rep. velha   rurais
Conflitos sociais na rep. velha rurais
Nelia Salles Nantes
 
Movimentos sociais no brasil
Movimentos sociais no brasilMovimentos sociais no brasil
Movimentos sociais no brasil
fiamastefane
 
O cangaço
O cangaçoO cangaço
O cangaço
Gabriela Matias
 
Cangaço- turma 1901
Cangaço- turma 1901Cangaço- turma 1901
Cangaço- turma 1901
Renata Telha
 
TEXTO INTRODUTÓRIO – O CANGAÇO.
TEXTO INTRODUTÓRIO – O CANGAÇO.TEXTO INTRODUTÓRIO – O CANGAÇO.
TEXTO INTRODUTÓRIO – O CANGAÇO.
Tissiane Gomes
 
Revoltas NEGRAS do período regencial.pdf
Revoltas NEGRAS do período regencial.pdfRevoltas NEGRAS do período regencial.pdf
Revoltas NEGRAS do período regencial.pdf
FernandaMota99
 
Guerra do Contestado e de Canudos
Guerra do Contestado e de CanudosGuerra do Contestado e de Canudos
Guerra do Contestado e de Canudos
Dinho
 
Módulo V
Módulo VMódulo V
Módulo V
Priscila Santana
 
Modulo 5 pibid
Modulo 5 pibidModulo 5 pibid
Modulo 5 pibid
stuff5678
 
Período Regencial (17 05-10)
Período Regencial (17 05-10)Período Regencial (17 05-10)
Período Regencial (17 05-10)
Bruna Sanchez
 
As revoltas regências
As revoltas regênciasAs revoltas regências
As revoltas regências
Marina Stefanny
 
Movimentos sociais na república velha (1889 1930)
Movimentos sociais na república velha (1889 1930)Movimentos sociais na república velha (1889 1930)
Movimentos sociais na república velha (1889 1930)
Jorge Marcos Oliveira
 

Semelhante a Cangaço (20)

cangaço 9 ano.pptx trabalho alunos interativo
cangaço 9 ano.pptx trabalho alunos interativocangaço 9 ano.pptx trabalho alunos interativo
cangaço 9 ano.pptx trabalho alunos interativo
 
SEMINÁRIO HISTORIA
SEMINÁRIO HISTORIASEMINÁRIO HISTORIA
SEMINÁRIO HISTORIA
 
Grupo 1
Grupo 1Grupo 1
Grupo 1
 
A guerra de canudos
A guerra de canudosA guerra de canudos
A guerra de canudos
 
Conflitos sociais na rep. velha rurais
Conflitos sociais na rep. velha   ruraisConflitos sociais na rep. velha   rurais
Conflitos sociais na rep. velha rurais
 
Conflitos sociais na rep. velha rurais
Conflitos sociais na rep. velha   ruraisConflitos sociais na rep. velha   rurais
Conflitos sociais na rep. velha rurais
 
Movimentos sociais na Republica Oligárquica
Movimentos sociais na Republica Oligárquica Movimentos sociais na Republica Oligárquica
Movimentos sociais na Republica Oligárquica
 
Conflitos sociais na rep. velha rurais
Conflitos sociais na rep. velha   ruraisConflitos sociais na rep. velha   rurais
Conflitos sociais na rep. velha rurais
 
Conflitos sociais na rep. velha rurais
Conflitos sociais na rep. velha   ruraisConflitos sociais na rep. velha   rurais
Conflitos sociais na rep. velha rurais
 
Movimentos sociais no brasil
Movimentos sociais no brasilMovimentos sociais no brasil
Movimentos sociais no brasil
 
O cangaço
O cangaçoO cangaço
O cangaço
 
Cangaço- turma 1901
Cangaço- turma 1901Cangaço- turma 1901
Cangaço- turma 1901
 
TEXTO INTRODUTÓRIO – O CANGAÇO.
TEXTO INTRODUTÓRIO – O CANGAÇO.TEXTO INTRODUTÓRIO – O CANGAÇO.
TEXTO INTRODUTÓRIO – O CANGAÇO.
 
Revoltas NEGRAS do período regencial.pdf
Revoltas NEGRAS do período regencial.pdfRevoltas NEGRAS do período regencial.pdf
Revoltas NEGRAS do período regencial.pdf
 
Guerra do Contestado e de Canudos
Guerra do Contestado e de CanudosGuerra do Contestado e de Canudos
Guerra do Contestado e de Canudos
 
Módulo V
Módulo VMódulo V
Módulo V
 
Modulo 5 pibid
Modulo 5 pibidModulo 5 pibid
Modulo 5 pibid
 
Período Regencial (17 05-10)
Período Regencial (17 05-10)Período Regencial (17 05-10)
Período Regencial (17 05-10)
 
As revoltas regências
As revoltas regênciasAs revoltas regências
As revoltas regências
 
Movimentos sociais na república velha (1889 1930)
Movimentos sociais na república velha (1889 1930)Movimentos sociais na república velha (1889 1930)
Movimentos sociais na república velha (1889 1930)
 

Mais de Milena Loures

Psicologia de Winnicott
Psicologia de WinnicottPsicologia de Winnicott
Psicologia de Winnicott
Milena Loures
 
Psicologia: Ciência e Profissão
Psicologia: Ciência e ProfissãoPsicologia: Ciência e Profissão
Psicologia: Ciência e Profissão
Milena Loures
 
Cores e Sons
Cores e SonsCores e Sons
Cores e Sons
Milena Loures
 
Drauzio Varella
Drauzio VarellaDrauzio Varella
Drauzio Varella
Milena Loures
 
O Diário de Anne Frank
O Diário de Anne FrankO Diário de Anne Frank
O Diário de Anne Frank
Milena Loures
 
Ipva
IpvaIpva
Agroecologia e Agricultura Orgânica
Agroecologia e Agricultura OrgânicaAgroecologia e Agricultura Orgânica
Agroecologia e Agricultura Orgânica
Milena Loures
 

Mais de Milena Loures (7)

Psicologia de Winnicott
Psicologia de WinnicottPsicologia de Winnicott
Psicologia de Winnicott
 
Psicologia: Ciência e Profissão
Psicologia: Ciência e ProfissãoPsicologia: Ciência e Profissão
Psicologia: Ciência e Profissão
 
Cores e Sons
Cores e SonsCores e Sons
Cores e Sons
 
Drauzio Varella
Drauzio VarellaDrauzio Varella
Drauzio Varella
 
O Diário de Anne Frank
O Diário de Anne FrankO Diário de Anne Frank
O Diário de Anne Frank
 
Ipva
IpvaIpva
Ipva
 
Agroecologia e Agricultura Orgânica
Agroecologia e Agricultura OrgânicaAgroecologia e Agricultura Orgânica
Agroecologia e Agricultura Orgânica
 

Último

Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 

Último (20)

Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 

Cangaço

  • 1. Brenda Campos Brenda Martins Francyanne Aquino Milena Souza 3° B Cangaço
  • 2. Local e Data O Cangaço ocorreu durante o fim do século XIX e início do século XX, no sertão nordestino, em regiões como Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia.
  • 3. Grupos sociais participantes Grupos de sertanejos jagunços, capangas e empregados de latifundiários (detentores de grandes propriedades rurais). Depois conhecidos como Cangaceiros.
  • 4. Reivindicações O sertão nordestino sofria muito com a situação de miséria e o descaso do poder público. Buscaram com essa revolta a melhoria das péssimas condições sociais da região.
  • 5. Causas Este movimento social estava relacionado à disputa da terra, coronelismo e vingança. Foi caracterizado por atitudes violentas por parte dos cangaceiros. Estes andavam em bandos armados, promoviam saques a fazendas, atacavam comboios e chegavam a seqüestrar fazendeiros para obtenção de resgates.
  • 6. Cangaceiros  Não tinham moradia fixa.  Conheciam bem o Cerrado e fugiam com facilidade das autoridades.  Conheciam plantas medicinais,fontes de água, locais com alimento, rotas de fuga e lugares de difícil acesso.
  • 7. Cangaceiros  Caracterizados por suas vestimentas como: chapéu de couro com abas largas dobradas, munição e armas, bolsa com remédios, fumo e punhal, lenço, roupa resistente com mangas compridas e cantil.
  • 8. Lampião  Virgulino Ferreira da Silva, foi cangaceiro de maior destaque. Seu apelido surgiu após um tiroteio noturno com a polícia, no qual disparou tantos tiros que sua espingarda iluminou parte do ambiente.
  • 9. Lampião Lampião acabou sendo assassinado em 1938. Com a sua morte, o cangaço perdeu força, no entanto, entrou para a história como um movimento de revolta contra o descaso dos órgãos públicos em relação ao sertão nordestino.
  • 10. Consequencias Como consequencia dessa revolta, foram formadas expedições policiais conhecidas como volantes As lutas travadas eram violentas e os prisioneiros geralmente decapitados.O Cangaço chegou ao fim por volta de 1940.
  • 11. Consequencias Quase que ao mesmo tempo o processo de industrialização que o país vivia abriu possibilidades no Sul ao povo nordestino. A migração nordestina, juntamente com sua força de trabalho foi fator determinante para o processo de modernização do Brasil.