SlideShare uma empresa Scribd logo
PRIMEIRA IGREJA BATISTA REFORMADA EM CARUARU
                                       BOLETIM DOMINICAL • ANO XIII • NÚMERO 578 • 24 DE FEVEREIRO DE 2013



                                               João descrevendo João

O      título não se refere a uma biografia, mas ao
       apóstolo João descrevendo João Batista. João, o
       apóstolo, inicia seu evangelho mostrando o con-
                                                                            xar-se e desatar as correias das sandálias de Jesus.
                                                                            Reconhecia que o batismo que ministrava era um tipo
                                                                            exterior do batismo interior, renovador, que Jesus
traste que João Batista fazia entre si e Jesus Cristo. E                    batizaria os arrependidos. Era o tipo de crente que
esse contraste, de tão fundamental para o perfil de um                      fazia questão de perder seus discípulos para Jesus, ao
homem crente, tem sido copiado por gerações intei-                          qual apontava como o Cordeiro de Deus que tira o
ras, por aqueles que querem diminuir e virem Cristo                         pecado do mundo, e mandava seus discípulos irem
crescer, por aqueles que rejeitam glória pessoal e se                       após Ele. Recusou, tremendo, batizar Jesus, quando
gloriam de estabelecer a glória de Jesus Cristo. Foi                        este o procurou, mas fazendo-o por ordem do Messias.
dessa forma que o apóstolo João descreveu João Batis-                       Disse que Cristo era o criador de todas as coisas, que,
ta dizer que não era a luz, mas apontando Cristo como                       sem Ele, nada do que foi feito se fez, que era a fonte da
sendo a Luz do mundo. João Batista dizia ser homem,                         vida, a luz que vence as trevas, a luz que ilumina a
mas dizia que Cristo era o Verbo que estava com Deus                        todos, a fonte do novo nascimento, aquele que batiza
e que o Verbo era Deus. Dizia ter sido cego e ter rejei-                    com o Espírito Santo, a plenitude da graça e da verda-
tado Jesus, embora Jesus fosse a luz vinda de Deus.                         de, o revelador do Pai, o filho de Deus. João Batista
Dizia-se homem, enquanto acerca de Jesus apontava-o                         disse ainda que o homem não poderia receber coisa
como tendo preexistência e, por isso, tinha a primazia                      alguma se do céu não lhe fosse concedida, mostrando
em todas as coisas. Reconhecia em Jesus a fonte de                          a sua convicção da doutrina bíblica da dependência de
todas as coisas, a fonte de toda graça e verdade. Recu-                     Deus. E, finalmente, disse: "Importa que Ele cresça e
sou ser comparado com Elias ou mesmo com um dos                             que eu diminua". Por tudo isso, nenhum homem pie-
profetas, mas intitulava-se como sendo o pregador do                        doso ou que persegue a piedade pode prescindir co-
deserto, aquele que anunciava a chegada de Cristo aos                       nhecer o caráter de João Batista e lhe copiar as atitu-
homens nas trevas, nos desertos, nas encruzilhadas da                       des de humilhação pessoal e exaltação de Cristo. João
perdição. João Batista negava veementemente ser                             Batista esteve sempre no lugar em que deveria estar.
Cristo, o enviado, e se dizia, inclusive, indigno de abai-                  Eis um santo no qual deve estar todo nosso prazer.

                                                              Informativo
Selos – Retomamos as reuniões de oração às quartas-                         Oração – Retomando a prática de orarmos por uma
feiras e continuamos com o espaço onde estudamos o                          família da igreja semanalmente, escolheremos esta
livro de Apocalipse. Estamos vendo a abertura dos                           semana a família do diácono Ezequias. Então, em meio
selos, que são temas bem presentes na vida da igreja                        às muitas orações que a igreja eleva durante a semana
desde a sua fundação, incluindo os nossos dias. Nessa                       a Deus, citemos de forma unânime a família de nosso
próxima quarta, "abriremos" o sexto selo (6:12-7:17,                        amado diácono. Seus membros: Ezequias, Elizenaide,
com a questão dos 144 mil selados de Israel), acom-                         Rebeca, Lívia e Lucas.
panhando todas as maravilhas vistas pelo velho após-
tolo João, quando desterrado na ilha de Patmos, por                         Petrolândia – Igualmente a nós, os irmãos ainda res-
causa do Evangelho.                                                         piram a atmosfera do retiro, quando fomos edificados
                                                                            pela comunhão e muito mais pela Palavra de Deus.
Mulheres – Estarão se reunindo nesta segunda-feira                          Nossa relação com a igreja-mãe, se pudermos fazer
às 19h30, aqui nas dependências da casa de oração.                          uma comparação material, assemelha-se a dois ban-
                                                                            cos trocando cédulas de alto valor e ouro refinado,
Conselho – Após a reunião desta manhã, haverá reu-                          ambos se enriquecendo sem parar. A família do irmão
nião para verificação de atas, relatórios financeiros e                     Osvaldo, tendo permanecido na cidade depois do en-
substituição de membro da comissão patrimonial.                             cerramento do retiro, testemunhou as bênçãos rema-
Convocamos os irmãos: Roberto, Ezequiel, Manoel,                            nescentes daqueles dias que passamos juntos. Embora
Osvaldo e Luciano.                                                          distantes as duas cidades, geograficamente, a comu-
                                                                            nhão e a edificação superam qualquer dificuldade,
Púlpito – O pastor Paulo Eufrasino, da igreja batista
                                                                            trazendo satisfação a todos. Manifestamos a nossa
em Xique-Xique, novamente pregará no culto público
                                                                            gratidão a todos os irmãos que colaboraram na orga-
desta noite. A ele, nosso bem-vindo, nossa gratidão e
                                                                            nização e administração do retiro, e pedimos as bên-
nossa alegria.
                                                                            çãos de Deus sobre suas vidas.

FUNDADA EM 22 DE JULHO DE 2000 • PR. EDSON ROSENDO DE AZEVEDO • R. BARREIROS 148, BAIRRO KENNEDY • (81) 3724-2457 • REFORMADOSCARUARU.BLOGSPOT.COM
PRIMEIRA IGREJA BATISTA REFORMADA EM CARUARU
                                       BOLETIM DOMINICAL • ANO XIII • NÚMERO 578 • 24 DE FEVEREIRO DE 2013



                                                           Ordem do Culto

Prelúdio _____________________________________________ música                 Que vencedores pelo Pai, que muito nos amou

Recitativo _________________________________________ João 1.29                Porque bem certo estou que morte, vida, horror
                                                                              Nem anjos, principados ou presente e porvir
        “No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha                         Altura, profundez a nós não poderá
          para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus,                          Do amor do Pai nos separar, pois que em Cristo está
               que tira o pecado do mundo”
                                                                            Liberalidade
Oração
                                                                            Confissão de fé ______________________ CFB1689, cap. 13 § 1
Cântico ______________________________ Salmo 143 (2ª parte)
                                                                            Recitativo ____________________________________Salmos 94.14
 Dá-me bem cedo ouvir da graça
 Confio em ti, ó, meu Senhor                                                         “Pois o Senhor não há de rejeitar o seu povo,
 Mostra o caminho para que eu siga                                                         nem desamparar a sua herança”
 Pois a minh’alma elevo a ti
                                                                            Intercessão
 Dos inimigos, Senhor, me livra
 Pois junto a ti refúgio há                                                 Cântico ________________________________ Salmo 51 (1ª parte)
 Tua vontade, Senhor, me ensina
 Teu bom Espírito me guie                                                     Tem compaixão de mim, Senhor, segundo, ó Deus, benig-
                                                                              no és
 E vivifica, Senhor, minh’alma                                                Segundo é grande o teu favor, apaga, pois, todo meu pe-
 Pois, ao teu nome tens amor                                                  car
 E da angústia tira minh’alma                                                 Da minha transgressão vem me lavar
 Pois à justiça amor tu tens                                                  E purifica-me do meu pecar
                                                                              Pois eu conheço e sei do mal que fiz
 Porque me amas, dá cabo deles                                                Que de contínuo está perante mim
 Dos inimigos, ó Senhor
 Destrói a todos que me atribulam                                             E contra ti, Senhor, pequei, só contra ti mau procedi
 Porque teu servo sou, Senhor                                                 Então serás justo ao falar, no teu julgar puro hás de ser
                                                                              Na iniquidade, pois, foi que eu nasci
Leitura bíblica __________________________________ Mateus 25                  E minha mãe em mal me concebeu
                                                                              Pois na verdade no meu coração
Oração                                                                        Está, ó meu Senhor, o teu prazer
Cântico __________________________________ Romanos 8.31-39                    No oculto em meu interior me fazes ver o teu saber
                                                                              Vem me lavar com hissopo, ó Deus, purificado ficarei
 À vista disso, pois, quem contra nós será?                                   Mais alvo, pois, que a neve então serei
 Pois sendo Deus, o Pai, por nós, quem contra nós será?                       E alegre regozijo dá-me ouvir
 Pois Ele não poupou o Filho, mas o deu                                       Pra que exultem, pois, os ossos meus
 Assim a nós não nos dará todas as coisas mais?                               Que foram esmagados, ó Senhor
 Quem intenção terá de acusar os tais?                                        Do meu pecar o rosto teu esconde, ó Deus, apaga pois
 Eleitos e justificados por Javé, o Pai?                                      Todo o meu mal e transgressão e cria em mim puro co-
 Quem os condenará? É Cristo quem morreu                                      ração
 Ressuscitou, roga por nós, à destra do seu Pai                               Renova dentro em mim, ó meu Senhor
                                                                              Inabalável coração me dá
 Quem nos separará de Cristo e seu amor?
                                                                              De ti não me repulses, nem de mim
 Será tribulação atroz, perseguição, nudez?
                                                                              Retires teu Espírito, Senhor
 Angústia, fome aqui, perigo, espada má?
 Entregues sempre à morte somos por amor a ti                               Pregação da Palavra ________________ Pr. Paulo Eufrasiano
 Como ovelhas somos reputados, pois                                         Oração
 Ao matadouro caminhando, à morte vamos nós
 Mas nessas condições nós somos muito mais                                  Poslúdio _____________________________________________ música


FUNDADA EM 22 DE JULHO DE 2000 • PR. EDSON ROSENDO DE AZEVEDO • R. BARREIROS 148, BAIRRO KENNEDY • (81) 3724-2457 • REFORMADOSCARUARU.BLOGSPOT.COM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do PovoA Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do Povo
Bernadetecebs .
 
Cantos de são josé
Cantos de são joséCantos de são josé
Cantos de são josé
Maria Dnalda Silva
 
Boletim 547 08-07-12
Boletim 547 08-07-12Boletim 547 08-07-12
Boletim 547 08-07-12
ibrcaruaru
 
João batista 1
João batista 1João batista 1
João batista 1
Sergio Menezes
 
21 08 11
21 08 1121 08 11
Boletim 562 28-10-12
Boletim 562 28-10-12Boletim 562 28-10-12
Boletim 562 28-10-12
ibrcaruaru
 
Boletim 131 (23 10-2011)
Boletim 131 (23 10-2011)Boletim 131 (23 10-2011)
Boletim 131 (23 10-2011)
Lucas Guimarães
 
2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA
Catequista Josivaldo
 
JORMI - Jornal Missionário nº 97
JORMI - Jornal Missionário nº 97JORMI - Jornal Missionário nº 97
JORMI - Jornal Missionário nº 97
Almir Rodrigues
 
JORMI - Jornal Missionário n° 96
JORMI - Jornal Missionário n° 96JORMI - Jornal Missionário n° 96
JORMI - Jornal Missionário n° 96
Almir Rodrigues
 
26 02 2012
26 02 201226 02 2012
26 02 2012
Israel serique
 
BOLETIM Nº 88
BOLETIM Nº 88BOLETIM Nº 88
BOLETIM Nº 88
imelriocasca
 
Encontro com o Padroeiro Santo André 2011
Encontro com o Padroeiro Santo André 2011Encontro com o Padroeiro Santo André 2011
Encontro com o Padroeiro Santo André 2011
José Vieira Dos Santos
 
30 01 2011
30 01 201130 01 2011
30 01 2011
Israel serique
 
21 dias para despertar (Campanha de Jejum e Oração)
21 dias para despertar (Campanha de Jejum e Oração)21 dias para despertar (Campanha de Jejum e Oração)
21 dias para despertar (Campanha de Jejum e Oração)
NovaAliancaOnline
 
Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)
Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)
Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)
IEE Wilcam
 
Por Que Sofremos
Por Que SofremosPor Que Sofremos
Por Que Sofremos
prantoniocarlos
 
Caminhada da Pascoa
Caminhada da PascoaCaminhada da Pascoa
Caminhada da Pascoa
JMVSobreiro
 
Apocalipse 04 de novembro de 2012
Apocalipse 04 de novembro de 2012Apocalipse 04 de novembro de 2012
Apocalipse 04 de novembro de 2012
Paróquia Bom Pastor
 
Kenneth e. hagin O nome de jesus
Kenneth e. hagin   O nome de jesusKenneth e. hagin   O nome de jesus
Kenneth e. hagin O nome de jesus
Roberto Dias
 

Mais procurados (20)

A Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do PovoA Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do Povo
 
Cantos de são josé
Cantos de são joséCantos de são josé
Cantos de são josé
 
Boletim 547 08-07-12
Boletim 547 08-07-12Boletim 547 08-07-12
Boletim 547 08-07-12
 
João batista 1
João batista 1João batista 1
João batista 1
 
21 08 11
21 08 1121 08 11
21 08 11
 
Boletim 562 28-10-12
Boletim 562 28-10-12Boletim 562 28-10-12
Boletim 562 28-10-12
 
Boletim 131 (23 10-2011)
Boletim 131 (23 10-2011)Boletim 131 (23 10-2011)
Boletim 131 (23 10-2011)
 
2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA
 
JORMI - Jornal Missionário nº 97
JORMI - Jornal Missionário nº 97JORMI - Jornal Missionário nº 97
JORMI - Jornal Missionário nº 97
 
JORMI - Jornal Missionário n° 96
JORMI - Jornal Missionário n° 96JORMI - Jornal Missionário n° 96
JORMI - Jornal Missionário n° 96
 
26 02 2012
26 02 201226 02 2012
26 02 2012
 
BOLETIM Nº 88
BOLETIM Nº 88BOLETIM Nº 88
BOLETIM Nº 88
 
Encontro com o Padroeiro Santo André 2011
Encontro com o Padroeiro Santo André 2011Encontro com o Padroeiro Santo André 2011
Encontro com o Padroeiro Santo André 2011
 
30 01 2011
30 01 201130 01 2011
30 01 2011
 
21 dias para despertar (Campanha de Jejum e Oração)
21 dias para despertar (Campanha de Jejum e Oração)21 dias para despertar (Campanha de Jejum e Oração)
21 dias para despertar (Campanha de Jejum e Oração)
 
Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)
Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)
Missa do 1º Domingo da Quaresma - ANO B (Slides)
 
Por Que Sofremos
Por Que SofremosPor Que Sofremos
Por Que Sofremos
 
Caminhada da Pascoa
Caminhada da PascoaCaminhada da Pascoa
Caminhada da Pascoa
 
Apocalipse 04 de novembro de 2012
Apocalipse 04 de novembro de 2012Apocalipse 04 de novembro de 2012
Apocalipse 04 de novembro de 2012
 
Kenneth e. hagin O nome de jesus
Kenneth e. hagin   O nome de jesusKenneth e. hagin   O nome de jesus
Kenneth e. hagin O nome de jesus
 

Destaque

Original
OriginalOriginal
Baju Kasumedangan
Baju KasumedanganBaju Kasumedangan
Baju Kasumedangan
Wiki Wilyana
 
Intel Realty Partners
Intel Realty PartnersIntel Realty Partners
Intel Realty Partners
Christopher J. Crippen
 
New Portfolios for Sale
New Portfolios for Sale New Portfolios for Sale
New Portfolios for Sale
Christopher J. Crippen
 
Le Parisien Economie | 16 mars 2015 | L'avis de l'expert | Christophe Chaptal...
Le Parisien Economie | 16 mars 2015 | L'avis de l'expert | Christophe Chaptal...Le Parisien Economie | 16 mars 2015 | L'avis de l'expert | Christophe Chaptal...
Le Parisien Economie | 16 mars 2015 | L'avis de l'expert | Christophe Chaptal...
Christophe Chaptal de Chanteloup
 
IItinerary on the history of the Venetian cuisine
IItinerary on the history of the Venetian cuisineIItinerary on the history of the Venetian cuisine
IItinerary on the history of the Venetian cuisine
Walter Fano
 
Social Reputation Mment Cert
Social Reputation Mment CertSocial Reputation Mment Cert
Social Reputation Mment CertLeanne Cohens
 
Media and advertising company for bollywood in goregaon global advertisers
Media and advertising company for bollywood in goregaon     global advertisersMedia and advertising company for bollywood in goregaon     global advertisers
Media and advertising company for bollywood in goregaon global advertisers
vivekglobalads9
 

Destaque (9)

Original
OriginalOriginal
Original
 
Baju Kasumedangan
Baju KasumedanganBaju Kasumedangan
Baju Kasumedangan
 
Lead_Auditor
Lead_AuditorLead_Auditor
Lead_Auditor
 
Intel Realty Partners
Intel Realty PartnersIntel Realty Partners
Intel Realty Partners
 
New Portfolios for Sale
New Portfolios for Sale New Portfolios for Sale
New Portfolios for Sale
 
Le Parisien Economie | 16 mars 2015 | L'avis de l'expert | Christophe Chaptal...
Le Parisien Economie | 16 mars 2015 | L'avis de l'expert | Christophe Chaptal...Le Parisien Economie | 16 mars 2015 | L'avis de l'expert | Christophe Chaptal...
Le Parisien Economie | 16 mars 2015 | L'avis de l'expert | Christophe Chaptal...
 
IItinerary on the history of the Venetian cuisine
IItinerary on the history of the Venetian cuisineIItinerary on the history of the Venetian cuisine
IItinerary on the history of the Venetian cuisine
 
Social Reputation Mment Cert
Social Reputation Mment CertSocial Reputation Mment Cert
Social Reputation Mment Cert
 
Media and advertising company for bollywood in goregaon global advertisers
Media and advertising company for bollywood in goregaon     global advertisersMedia and advertising company for bollywood in goregaon     global advertisers
Media and advertising company for bollywood in goregaon global advertisers
 

Semelhante a Boletim 578 24-02-13

Boletim 556 09-09-12
Boletim 556 09-09-12Boletim 556 09-09-12
Boletim 556 09-09-12
ibrcaruaru
 
Festa-da-Palavra
Festa-da-PalavraFesta-da-Palavra
Festa-da-Palavra
MarilinaSimesFernand
 
Caminhada da Pascoa
Caminhada da PascoaCaminhada da Pascoa
Caminhada da Pascoa
JMVSobreiro
 
Boletim 538 - 06 de 05 de 2012
Boletim 538 - 06 de 05 de 2012Boletim 538 - 06 de 05 de 2012
Boletim 538 - 06 de 05 de 2012
ibrcaruaru
 
Boletim 541 27-05-12
Boletim 541 27-05-12Boletim 541 27-05-12
Boletim 541 27-05-12
ibrcaruaru
 
Caminhada do Tempo Pascal
Caminhada do Tempo PascalCaminhada do Tempo Pascal
Caminhada do Tempo Pascal
JMVSobreiro
 
08 01 12
08 01 1208 01 12
QUERIGMA
QUERIGMAQUERIGMA
QUERIGMA
realvictorsouza
 
22 02 12
22 02 1222 02 12
04 12 11
04 12 1104 12 11
JORNAL BERNADETTE DE LOURDES - EDIÇÃO 39 - MARÇO/2013
JORNAL BERNADETTE DE LOURDES - EDIÇÃO 39 - MARÇO/2013JORNAL BERNADETTE DE LOURDES - EDIÇÃO 39 - MARÇO/2013
JORNAL BERNADETTE DE LOURDES - EDIÇÃO 39 - MARÇO/2013Ivani Coutinho
 
Boletim 561 21-10-12
Boletim 561 21-10-12Boletim 561 21-10-12
Boletim 561 21-10-12
ibrcaruaru
 
17 02-2013 (1)
17 02-2013 (1)17 02-2013 (1)
17 02-2013 (1)
Nuno Bessa
 
Folha Dominical - 21.04.13 Nº 470
Folha Dominical - 21.04.13 Nº 470Folha Dominical - 21.04.13 Nº 470
Folha Dominical - 21.04.13 Nº 470
Comunidades Vivas
 
Jornal Aliança 01/2014
Jornal Aliança 01/2014Jornal Aliança 01/2014
Jornal Aliança 01/2014
CIP2014
 
Boletim 570 23-12-12
Boletim 570 23-12-12Boletim 570 23-12-12
Boletim 570 23-12-12
ibrcaruaru
 
Cat05
Cat05Cat05
Apocalipse 28 de outubro de 2012
Apocalipse 28 de outubro de 2012Apocalipse 28 de outubro de 2012
Apocalipse 28 de outubro de 2012
Paróquia Bom Pastor
 
Estudo - Ano da Fé: ficha-02
Estudo - Ano da Fé:  ficha-02Estudo - Ano da Fé:  ficha-02
Estudo - Ano da Fé: ficha-02
Bernadetecebs .
 
Vigilia e adoração do envio missionário
Vigilia e adoração do envio missionárioVigilia e adoração do envio missionário
Vigilia e adoração do envio missionário
guest61eb32c
 

Semelhante a Boletim 578 24-02-13 (20)

Boletim 556 09-09-12
Boletim 556 09-09-12Boletim 556 09-09-12
Boletim 556 09-09-12
 
Festa-da-Palavra
Festa-da-PalavraFesta-da-Palavra
Festa-da-Palavra
 
Caminhada da Pascoa
Caminhada da PascoaCaminhada da Pascoa
Caminhada da Pascoa
 
Boletim 538 - 06 de 05 de 2012
Boletim 538 - 06 de 05 de 2012Boletim 538 - 06 de 05 de 2012
Boletim 538 - 06 de 05 de 2012
 
Boletim 541 27-05-12
Boletim 541 27-05-12Boletim 541 27-05-12
Boletim 541 27-05-12
 
Caminhada do Tempo Pascal
Caminhada do Tempo PascalCaminhada do Tempo Pascal
Caminhada do Tempo Pascal
 
08 01 12
08 01 1208 01 12
08 01 12
 
QUERIGMA
QUERIGMAQUERIGMA
QUERIGMA
 
22 02 12
22 02 1222 02 12
22 02 12
 
04 12 11
04 12 1104 12 11
04 12 11
 
JORNAL BERNADETTE DE LOURDES - EDIÇÃO 39 - MARÇO/2013
JORNAL BERNADETTE DE LOURDES - EDIÇÃO 39 - MARÇO/2013JORNAL BERNADETTE DE LOURDES - EDIÇÃO 39 - MARÇO/2013
JORNAL BERNADETTE DE LOURDES - EDIÇÃO 39 - MARÇO/2013
 
Boletim 561 21-10-12
Boletim 561 21-10-12Boletim 561 21-10-12
Boletim 561 21-10-12
 
17 02-2013 (1)
17 02-2013 (1)17 02-2013 (1)
17 02-2013 (1)
 
Folha Dominical - 21.04.13 Nº 470
Folha Dominical - 21.04.13 Nº 470Folha Dominical - 21.04.13 Nº 470
Folha Dominical - 21.04.13 Nº 470
 
Jornal Aliança 01/2014
Jornal Aliança 01/2014Jornal Aliança 01/2014
Jornal Aliança 01/2014
 
Boletim 570 23-12-12
Boletim 570 23-12-12Boletim 570 23-12-12
Boletim 570 23-12-12
 
Cat05
Cat05Cat05
Cat05
 
Apocalipse 28 de outubro de 2012
Apocalipse 28 de outubro de 2012Apocalipse 28 de outubro de 2012
Apocalipse 28 de outubro de 2012
 
Estudo - Ano da Fé: ficha-02
Estudo - Ano da Fé:  ficha-02Estudo - Ano da Fé:  ficha-02
Estudo - Ano da Fé: ficha-02
 
Vigilia e adoração do envio missionário
Vigilia e adoração do envio missionárioVigilia e adoração do envio missionário
Vigilia e adoração do envio missionário
 

Mais de ibrcaruaru

Boletim 601 04-08-13
Boletim 601 04-08-13Boletim 601 04-08-13
Boletim 601 04-08-13
ibrcaruaru
 
Boletim 593 09-06-13
Boletim 593 09-06-13Boletim 593 09-06-13
Boletim 593 09-06-13
ibrcaruaru
 
Boletim 591 26-05-13
Boletim 591 26-05-13Boletim 591 26-05-13
Boletim 591 26-05-13
ibrcaruaru
 
Boletim 588 05-05-13
Boletim 588 05-05-13Boletim 588 05-05-13
Boletim 588 05-05-13
ibrcaruaru
 
Boletim 587 28-04-13
Boletim 587 28-04-13Boletim 587 28-04-13
Boletim 587 28-04-13
ibrcaruaru
 
Boletim 585 14-04-13
Boletim 585 14-04-13Boletim 585 14-04-13
Boletim 585 14-04-13
ibrcaruaru
 
Boletim 582 24 03-13
Boletim 582 24 03-13Boletim 582 24 03-13
Boletim 582 24 03-13
ibrcaruaru
 
Boletim 574 20-01-13
Boletim 574 20-01-13Boletim 574 20-01-13
Boletim 574 20-01-13
ibrcaruaru
 
Boletim 572 06-01-13
Boletim 572 06-01-13Boletim 572 06-01-13
Boletim 572 06-01-13
ibrcaruaru
 
Boletim 569 16-12-12
Boletim 569 16-12-12Boletim 569 16-12-12
Boletim 569 16-12-12
ibrcaruaru
 
Boletim 565 18-11-12
Boletim 565 18-11-12Boletim 565 18-11-12
Boletim 565 18-11-12
ibrcaruaru
 
Boletim 560 07-10-12
Boletim 560 07-10-12Boletim 560 07-10-12
Boletim 560 07-10-12
ibrcaruaru
 
Boletim 555 02-09-12
Boletim 555 02-09-12Boletim 555 02-09-12
Boletim 555 02-09-12
ibrcaruaru
 
Boletim 554 26-08-12
Boletim 554 26-08-12Boletim 554 26-08-12
Boletim 554 26-08-12
ibrcaruaru
 
Boletim 553 19-08-12
Boletim 553 19-08-12Boletim 553 19-08-12
Boletim 553 19-08-12
ibrcaruaru
 
Boletim 552 12-08-12
Boletim 552 12-08-12Boletim 552 12-08-12
Boletim 552 12-08-12
ibrcaruaru
 
Boletim 551 05-08-12
Boletim 551 05-08-12Boletim 551 05-08-12
Boletim 551 05-08-12
ibrcaruaru
 
Boletim 550 29-07-12
Boletim 550 29-07-12Boletim 550 29-07-12
Boletim 550 29-07-12
ibrcaruaru
 
Boletim 549 22-07-12
Boletim 549 22-07-12Boletim 549 22-07-12
Boletim 549 22-07-12
ibrcaruaru
 
Boletim 548 15-07-12
Boletim 548 15-07-12Boletim 548 15-07-12
Boletim 548 15-07-12
ibrcaruaru
 

Mais de ibrcaruaru (20)

Boletim 601 04-08-13
Boletim 601 04-08-13Boletim 601 04-08-13
Boletim 601 04-08-13
 
Boletim 593 09-06-13
Boletim 593 09-06-13Boletim 593 09-06-13
Boletim 593 09-06-13
 
Boletim 591 26-05-13
Boletim 591 26-05-13Boletim 591 26-05-13
Boletim 591 26-05-13
 
Boletim 588 05-05-13
Boletim 588 05-05-13Boletim 588 05-05-13
Boletim 588 05-05-13
 
Boletim 587 28-04-13
Boletim 587 28-04-13Boletim 587 28-04-13
Boletim 587 28-04-13
 
Boletim 585 14-04-13
Boletim 585 14-04-13Boletim 585 14-04-13
Boletim 585 14-04-13
 
Boletim 582 24 03-13
Boletim 582 24 03-13Boletim 582 24 03-13
Boletim 582 24 03-13
 
Boletim 574 20-01-13
Boletim 574 20-01-13Boletim 574 20-01-13
Boletim 574 20-01-13
 
Boletim 572 06-01-13
Boletim 572 06-01-13Boletim 572 06-01-13
Boletim 572 06-01-13
 
Boletim 569 16-12-12
Boletim 569 16-12-12Boletim 569 16-12-12
Boletim 569 16-12-12
 
Boletim 565 18-11-12
Boletim 565 18-11-12Boletim 565 18-11-12
Boletim 565 18-11-12
 
Boletim 560 07-10-12
Boletim 560 07-10-12Boletim 560 07-10-12
Boletim 560 07-10-12
 
Boletim 555 02-09-12
Boletim 555 02-09-12Boletim 555 02-09-12
Boletim 555 02-09-12
 
Boletim 554 26-08-12
Boletim 554 26-08-12Boletim 554 26-08-12
Boletim 554 26-08-12
 
Boletim 553 19-08-12
Boletim 553 19-08-12Boletim 553 19-08-12
Boletim 553 19-08-12
 
Boletim 552 12-08-12
Boletim 552 12-08-12Boletim 552 12-08-12
Boletim 552 12-08-12
 
Boletim 551 05-08-12
Boletim 551 05-08-12Boletim 551 05-08-12
Boletim 551 05-08-12
 
Boletim 550 29-07-12
Boletim 550 29-07-12Boletim 550 29-07-12
Boletim 550 29-07-12
 
Boletim 549 22-07-12
Boletim 549 22-07-12Boletim 549 22-07-12
Boletim 549 22-07-12
 
Boletim 548 15-07-12
Boletim 548 15-07-12Boletim 548 15-07-12
Boletim 548 15-07-12
 

Último

Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 

Último (12)

Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 

Boletim 578 24-02-13

  • 1. PRIMEIRA IGREJA BATISTA REFORMADA EM CARUARU BOLETIM DOMINICAL • ANO XIII • NÚMERO 578 • 24 DE FEVEREIRO DE 2013 João descrevendo João O título não se refere a uma biografia, mas ao apóstolo João descrevendo João Batista. João, o apóstolo, inicia seu evangelho mostrando o con- xar-se e desatar as correias das sandálias de Jesus. Reconhecia que o batismo que ministrava era um tipo exterior do batismo interior, renovador, que Jesus traste que João Batista fazia entre si e Jesus Cristo. E batizaria os arrependidos. Era o tipo de crente que esse contraste, de tão fundamental para o perfil de um fazia questão de perder seus discípulos para Jesus, ao homem crente, tem sido copiado por gerações intei- qual apontava como o Cordeiro de Deus que tira o ras, por aqueles que querem diminuir e virem Cristo pecado do mundo, e mandava seus discípulos irem crescer, por aqueles que rejeitam glória pessoal e se após Ele. Recusou, tremendo, batizar Jesus, quando gloriam de estabelecer a glória de Jesus Cristo. Foi este o procurou, mas fazendo-o por ordem do Messias. dessa forma que o apóstolo João descreveu João Batis- Disse que Cristo era o criador de todas as coisas, que, ta dizer que não era a luz, mas apontando Cristo como sem Ele, nada do que foi feito se fez, que era a fonte da sendo a Luz do mundo. João Batista dizia ser homem, vida, a luz que vence as trevas, a luz que ilumina a mas dizia que Cristo era o Verbo que estava com Deus todos, a fonte do novo nascimento, aquele que batiza e que o Verbo era Deus. Dizia ter sido cego e ter rejei- com o Espírito Santo, a plenitude da graça e da verda- tado Jesus, embora Jesus fosse a luz vinda de Deus. de, o revelador do Pai, o filho de Deus. João Batista Dizia-se homem, enquanto acerca de Jesus apontava-o disse ainda que o homem não poderia receber coisa como tendo preexistência e, por isso, tinha a primazia alguma se do céu não lhe fosse concedida, mostrando em todas as coisas. Reconhecia em Jesus a fonte de a sua convicção da doutrina bíblica da dependência de todas as coisas, a fonte de toda graça e verdade. Recu- Deus. E, finalmente, disse: "Importa que Ele cresça e sou ser comparado com Elias ou mesmo com um dos que eu diminua". Por tudo isso, nenhum homem pie- profetas, mas intitulava-se como sendo o pregador do doso ou que persegue a piedade pode prescindir co- deserto, aquele que anunciava a chegada de Cristo aos nhecer o caráter de João Batista e lhe copiar as atitu- homens nas trevas, nos desertos, nas encruzilhadas da des de humilhação pessoal e exaltação de Cristo. João perdição. João Batista negava veementemente ser Batista esteve sempre no lugar em que deveria estar. Cristo, o enviado, e se dizia, inclusive, indigno de abai- Eis um santo no qual deve estar todo nosso prazer. Informativo Selos – Retomamos as reuniões de oração às quartas- Oração – Retomando a prática de orarmos por uma feiras e continuamos com o espaço onde estudamos o família da igreja semanalmente, escolheremos esta livro de Apocalipse. Estamos vendo a abertura dos semana a família do diácono Ezequias. Então, em meio selos, que são temas bem presentes na vida da igreja às muitas orações que a igreja eleva durante a semana desde a sua fundação, incluindo os nossos dias. Nessa a Deus, citemos de forma unânime a família de nosso próxima quarta, "abriremos" o sexto selo (6:12-7:17, amado diácono. Seus membros: Ezequias, Elizenaide, com a questão dos 144 mil selados de Israel), acom- Rebeca, Lívia e Lucas. panhando todas as maravilhas vistas pelo velho após- tolo João, quando desterrado na ilha de Patmos, por Petrolândia – Igualmente a nós, os irmãos ainda res- causa do Evangelho. piram a atmosfera do retiro, quando fomos edificados pela comunhão e muito mais pela Palavra de Deus. Mulheres – Estarão se reunindo nesta segunda-feira Nossa relação com a igreja-mãe, se pudermos fazer às 19h30, aqui nas dependências da casa de oração. uma comparação material, assemelha-se a dois ban- cos trocando cédulas de alto valor e ouro refinado, Conselho – Após a reunião desta manhã, haverá reu- ambos se enriquecendo sem parar. A família do irmão nião para verificação de atas, relatórios financeiros e Osvaldo, tendo permanecido na cidade depois do en- substituição de membro da comissão patrimonial. cerramento do retiro, testemunhou as bênçãos rema- Convocamos os irmãos: Roberto, Ezequiel, Manoel, nescentes daqueles dias que passamos juntos. Embora Osvaldo e Luciano. distantes as duas cidades, geograficamente, a comu- nhão e a edificação superam qualquer dificuldade, Púlpito – O pastor Paulo Eufrasino, da igreja batista trazendo satisfação a todos. Manifestamos a nossa em Xique-Xique, novamente pregará no culto público gratidão a todos os irmãos que colaboraram na orga- desta noite. A ele, nosso bem-vindo, nossa gratidão e nização e administração do retiro, e pedimos as bên- nossa alegria. çãos de Deus sobre suas vidas. FUNDADA EM 22 DE JULHO DE 2000 • PR. EDSON ROSENDO DE AZEVEDO • R. BARREIROS 148, BAIRRO KENNEDY • (81) 3724-2457 • REFORMADOSCARUARU.BLOGSPOT.COM
  • 2. PRIMEIRA IGREJA BATISTA REFORMADA EM CARUARU BOLETIM DOMINICAL • ANO XIII • NÚMERO 578 • 24 DE FEVEREIRO DE 2013 Ordem do Culto Prelúdio _____________________________________________ música Que vencedores pelo Pai, que muito nos amou Recitativo _________________________________________ João 1.29 Porque bem certo estou que morte, vida, horror Nem anjos, principados ou presente e porvir “No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha Altura, profundez a nós não poderá para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, Do amor do Pai nos separar, pois que em Cristo está que tira o pecado do mundo” Liberalidade Oração Confissão de fé ______________________ CFB1689, cap. 13 § 1 Cântico ______________________________ Salmo 143 (2ª parte) Recitativo ____________________________________Salmos 94.14 Dá-me bem cedo ouvir da graça Confio em ti, ó, meu Senhor “Pois o Senhor não há de rejeitar o seu povo, Mostra o caminho para que eu siga nem desamparar a sua herança” Pois a minh’alma elevo a ti Intercessão Dos inimigos, Senhor, me livra Pois junto a ti refúgio há Cântico ________________________________ Salmo 51 (1ª parte) Tua vontade, Senhor, me ensina Teu bom Espírito me guie Tem compaixão de mim, Senhor, segundo, ó Deus, benig- no és E vivifica, Senhor, minh’alma Segundo é grande o teu favor, apaga, pois, todo meu pe- Pois, ao teu nome tens amor car E da angústia tira minh’alma Da minha transgressão vem me lavar Pois à justiça amor tu tens E purifica-me do meu pecar Pois eu conheço e sei do mal que fiz Porque me amas, dá cabo deles Que de contínuo está perante mim Dos inimigos, ó Senhor Destrói a todos que me atribulam E contra ti, Senhor, pequei, só contra ti mau procedi Porque teu servo sou, Senhor Então serás justo ao falar, no teu julgar puro hás de ser Na iniquidade, pois, foi que eu nasci Leitura bíblica __________________________________ Mateus 25 E minha mãe em mal me concebeu Pois na verdade no meu coração Oração Está, ó meu Senhor, o teu prazer Cântico __________________________________ Romanos 8.31-39 No oculto em meu interior me fazes ver o teu saber Vem me lavar com hissopo, ó Deus, purificado ficarei À vista disso, pois, quem contra nós será? Mais alvo, pois, que a neve então serei Pois sendo Deus, o Pai, por nós, quem contra nós será? E alegre regozijo dá-me ouvir Pois Ele não poupou o Filho, mas o deu Pra que exultem, pois, os ossos meus Assim a nós não nos dará todas as coisas mais? Que foram esmagados, ó Senhor Quem intenção terá de acusar os tais? Do meu pecar o rosto teu esconde, ó Deus, apaga pois Eleitos e justificados por Javé, o Pai? Todo o meu mal e transgressão e cria em mim puro co- Quem os condenará? É Cristo quem morreu ração Ressuscitou, roga por nós, à destra do seu Pai Renova dentro em mim, ó meu Senhor Inabalável coração me dá Quem nos separará de Cristo e seu amor? De ti não me repulses, nem de mim Será tribulação atroz, perseguição, nudez? Retires teu Espírito, Senhor Angústia, fome aqui, perigo, espada má? Entregues sempre à morte somos por amor a ti Pregação da Palavra ________________ Pr. Paulo Eufrasiano Como ovelhas somos reputados, pois Oração Ao matadouro caminhando, à morte vamos nós Mas nessas condições nós somos muito mais Poslúdio _____________________________________________ música FUNDADA EM 22 DE JULHO DE 2000 • PR. EDSON ROSENDO DE AZEVEDO • R. BARREIROS 148, BAIRRO KENNEDY • (81) 3724-2457 • REFORMADOSCARUARU.BLOGSPOT.COM