SlideShare uma empresa Scribd logo
ATIVIDADES PRÓPRIAS PARA TARDES DE SÁBADO
A atividade do desbravador pode ser a resposta aos muitos “não farás” com que se
defrontam os juvenis adventistas do sétimo dia. Se um desbravador não deve ir ao cinema, não jogar
cartas, e não participar de outros divertimentos populares do mundo, deve ser oferecido, em troca,
algo atraente, principalmente quando se diz respeito as atividades recreativas realizadas no dia de
sábado.
O livro Educação estabelece alguns princípios básicos:
“há diferença entre recreação e divertimento. A recreação, na verdadeira acepção do termo
“re-criação” tende a fortalecer e construir. Afastando-nos de nossos cuidados e ocupações usuais,
ela proporciona descanso ao espírito e ao corpo, e assim nos habilita a voltar com novo vigor ao
trabalho da vida.
O divertimento, por outro lado, é procurado com o fim de proporcionar prazer, e é muitas
vezes levado ao excesso; absorve as energias que são necessárias para o trabalho útil, e desta
maneira se revela um estorvo ao verdadeiro “êxito da vida”, - Educação pág. 207.
Nem sempre é fácil explicar o que está errado em determinada atividade, ou determinar
quando uma coisa deixa de ser uma recreação digna e se torna divertimento inútil. Por exemplo, diz
a mensageira do Senhor: “não condeno o simples exercício de brincar com uma bola; mas isto,
mesmo em sua simplicidade, pode ser levado ao excesso”. – Lar adventista, pág. 499.
1. JOGO DE “COMBINAR”
Para levar a efeito esta brincadeira, o dirigente deve primeiro ir para a área onde farão a
brincadeira e recolher amostras de coisas como: flores, sementes, folhas, pedrinhas, etc.
colocar tudo num saco para esconder da vista dos participantes até a hora de começar a
brincadeira. Para começar o jogo o dirigente pega uma das amostras e deixa que todos
vejam. Em seguida eles devem ir ver de que lugar veio a amostra. Se for uma planta, devem
achar o pé de planta igual. O primeiro a encontrar marca ponto. O participante com mais
pontos é o vencedor.
2. JOGO DA MEMÓRIA
Para esta atividade o dirigente deve preparar uma mesa pequena sobre a qual colocará
amostras de vários itens da natureza trazidos das proximidades, 15 a 20 itens diferentes.
Uma toalha deve ser posta em cima até o momento de começar o jogo. O grupo é dividido à
escolha. Pode ser individual, de dois, ou em grupos pequenos de 3 ou 5 participantes. Eles
devem ficar numa posição em que possam ver bem, tudo o que está sobre a mesa, e devem
receber papel e lápis. Ao sinal todos devem ficar em silêncio, a toalha então é removida por
exatamente 30 segundos. Durante este tempo eles não podem falar, nem escrever, nem fazer
outra coisa a não ser observar tudo sobre a mesa em silêncio. Ao terminarem os 30 segundos
a toalha é novamente posta sobre a mesa e os participantes terão 15 minutos para trazerem
os mesmos objetos que foram observados e anotados por eles. O grupo com maior número
de acertos será o vencedor.
1
3. JOGOS DA NATUREZA
O líder do Clube de Desbravadores terá muitas possibilidades na sábado, de apresentar aos
membros muita coisa acerca da natureza. Muitos jogos da natureza ou são próprios para o
sábado ou facilmente poderão ser adaptados ao espírito do sábado.
CORES E SONS
Divida o grupo em unidades, ou em grupos de até cinco pessoas e peça para eles procurarem
na natureza os diferentes tipos de cores (deverão trazer uma amostra de cada tipo de cor
encontrada) e anotarem os diferentes tipos de sons da natureza, ex: grilo, sapo, vento,
pássaros etc. o líder deverá determinar um tempo para encerrar a procura. Vence aqueles que
encontrarem mais itens.
ARMADILHAS
O grupo deverá encontrar armadilhas feitas de teias de aranha, Ninhos de pássaros, casas de
João de barro, formigueiros etc. não deverão tocar ou mexer nos objetos achados, mas sim anotar o
lugar e levar o líder para conferir e anotar a pontuação.
No final do jogo poderá ainda tirar uma lição espiritual das coisas encontradas e procurar
referências em passagens bíblicas.
DESASTRE
Procurar objetos diversos como: árvore atingida por raio, árvore nascida em cima de rocha,
danos na natureza causado por fogo, uma folha parcialmente comida pelas formigas, objetos ou
plantas prejudicadas por excursionistas ou acampantes. Há muitas outras possibilidades.
Ao terminarem a procura explicar aos desbravadores a importância da preservação da
natureza e o amor de Deus pela sua criação.
OBJETOS REJEITADOS
Desafiar o grupo ou as equipes a encontrarem peles de cobra, penas de pássaros ou cascas de
insetos deixadas por eles etc. ao final atribuir pontos e dar uma explicação do porque que isso
acontece.
TRANSPORTE
Descobrir como as plantas e os animais se locomovem. Além de andar, rastejar, voar, alguns
andam em animais hospedeiros. Ao final pedir para cada representante do grupo fazer um relato
dos meios de transportes encontrados e suas considerações a respeito disso.
DEZ PEDRAS
A cada desbravador são dadas dez pedras. Enquanto o grupo avança em uma caminhada em
meio a natureza, o líder aponta para um objeto e faz uma pergunta acerca dele. Então pede a alguém
que dê a resposta. Cada pessoa que sabe dar a resposta pode livrar-se de uma pedra. Os vencedores
serão os primeiros a se livrarem de todas as pedras. Isso também oferece oportunidade de ensinar
honestidade, pois cada um deve julgar se tem em mente a resposta certa e descartar somente as
pedras que realmente respondeu a pergunta corretamente.
ENÍGMAS
2
O líder deverá propor alguns enigmas ao grupo, mas antes disso deverá observar o local
onde estão e formar os enigmas para propô-los. Ex; sou bela e frondosa não deixo você no sol
quente e abrigo em mim uma casa. Quem sou, onde estou, como me chamo e de quem é a casa que
estou abrigando ?
R: uma árvore, está perto do lago, mangueira, casa do João de barro.
OBSERVAÇÃO DE COISAS DA NATUREZA
Pode o número de participantes ser de poucas ou muitas pessoas, e sua idade, da dos juvenis
para cima. Faça um mapa da zona de procura e determine vários pontos mais ou menos
eqüidistantes do ponto de partida. Arrume os participantes de grupos de quatro a oito e envie cada
grupo numa viagem de caçada a um ponto definido. Deve-se dar de quinze a vinte minutos para a
viagem de volta. Ao voltarem os grupos, deverão trazer um relatório do que foi visto. O líder então
dirá a eles que irá conferir em sua lista de visita feita antecipadamente e a lista que tiver o maior
número de coincidências com a lista do líder, será a vencedora.
CAÇADA BÍBLICA
Cada unidade ou grupo deverão procurar na bíblia nome de animais e aves, deverão anotar
as passagens bíblicas e entregar ao líder dentro do tempo especificado, 15 ou 20 minutos. O
vencedor será aquela que fizer mais pontos.
FLORA BÍBLICA
Cada unidade ou grupo deverá procurar na bíblia nomes de plantas e flores, (indicar a
passagem) vence os que acharem mais referencias.
ESTEJA ALERTA – Enquanto faz uma excursão, dirigindo um carro através de um matagal,
fazendo uma marcha, ou viajando num deserto, o líder da natureza focalizará coisas que despertarão
a imaginação de um grupo de desbravadores. Procurando “enigmas” (pedaços da casca que cai ao
pé da árvore), freqüentemente abrirá um novo mundo para o iniciante. Varas secas, cascas de
sementes ou ramos de folhas de outono dão belos aranjos para mesa, e assim o desbravador
descobre que a natureza está cheia de interesse e beleza, que ela abre um novo horizonte para sua
imaginação que está desabrochando.
USE SUA CRIATIVIDADE, encha seu acampamento / e ou programa de atividades sadias e
próprias para cada hora, especialmente no sábado. Seu programa pode ser cada vez mais rico e
diversificado. Em vez de dizer NÃO, programe muita coisa para seu sábado. Que a Bíblia seja o
mais interessante e ativo livro para sua garotada. Sucesso!
Obs: Estas dicas de brincadeiras cumprem o requisito do cartão de líder ESTUDO DA
NATUREZA item 5.
Manual para desbravadores, tardes de sábado.
Nédio Correia Tosta 01/09/2006 Coordenador Estadual ASM
3

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Programa do acampamento mensageiros
Programa do acampamento mensageirosPrograma do acampamento mensageiros
Programa do acampamento mensageiros
Geovani Mendes
 
1. PLANEJAMENTO ANUAL CLASSE AMIGO.pdf
1. PLANEJAMENTO ANUAL CLASSE AMIGO.pdf1. PLANEJAMENTO ANUAL CLASSE AMIGO.pdf
1. PLANEJAMENTO ANUAL CLASSE AMIGO.pdf
JosCludioSilva3
 
Caderno de atividades Amigo
Caderno de atividades AmigoCaderno de atividades Amigo
Caderno de atividades Amigo
Feras Feras
 
Regulamento Uniforme Desbravadores
Regulamento Uniforme DesbravadoresRegulamento Uniforme Desbravadores
Regulamento Uniforme Desbravadores
Jeferson Jlcaruso Contabilidade
 
Fogueiras e cozinha ao ar livre
Fogueiras e cozinha ao ar livreFogueiras e cozinha ao ar livre
Fogueiras e cozinha ao ar livre
Ismael Rosa
 
Acampamento 1
Acampamento 1Acampamento 1
Acampamento 1
Ismael Rosa
 
Caderno de atividades Pioneiro
Caderno de atividades PioneiroCaderno de atividades Pioneiro
Caderno de atividades Pioneiro
Feras Feras
 
Caderno de atividades Excursionista
Caderno de atividades ExcursionistaCaderno de atividades Excursionista
Caderno de atividades Excursionista
Feras Feras
 
Caderno de atividades Companheiro
Caderno de atividades CompanheiroCaderno de atividades Companheiro
Caderno de atividades Companheiro
Feras Feras
 
Download - Organograma Clube
Download - Organograma ClubeDownload - Organograma Clube
Download - Organograma Clube
APaC Elo 2
 
Tipos de fogueiras
Tipos de fogueirasTipos de fogueiras
Tipos de fogueiras
Ismael Rosa
 
Acampamento iii
Acampamento iiiAcampamento iii
Dinâmica: Mulher sábia
  Dinâmica: Mulher sábia  Dinâmica: Mulher sábia
Dinâmica: Mulher sábia
Luis Hamilton Arruda
 
Caderno de atividades Pesquisador
Caderno de atividades PesquisadorCaderno de atividades Pesquisador
Caderno de atividades Pesquisador
Feras Feras
 
100+brincadeiras
100+brincadeiras100+brincadeiras
100+brincadeiras
Evandro Felipe
 
Liderança campestre
Liderança campestreLiderança campestre
Liderança campestre
Ismael Rosa
 
História dos desbravadores
História dos desbravadoresHistória dos desbravadores
História dos desbravadores
Guerreiros Cristo
 
Emblemas dos desbravadores
Emblemas dos desbravadoresEmblemas dos desbravadores
Emblemas dos desbravadores
Ismael Rosa
 
Manual de nós e amarras
Manual de nós e amarrasManual de nós e amarras
Manual de nós e amarras
Ismael Rosa
 
Ideais do desbravadores
Ideais do desbravadoresIdeais do desbravadores
Ideais do desbravadores
Pedro Henrique Araújo
 

Mais procurados (20)

Programa do acampamento mensageiros
Programa do acampamento mensageirosPrograma do acampamento mensageiros
Programa do acampamento mensageiros
 
1. PLANEJAMENTO ANUAL CLASSE AMIGO.pdf
1. PLANEJAMENTO ANUAL CLASSE AMIGO.pdf1. PLANEJAMENTO ANUAL CLASSE AMIGO.pdf
1. PLANEJAMENTO ANUAL CLASSE AMIGO.pdf
 
Caderno de atividades Amigo
Caderno de atividades AmigoCaderno de atividades Amigo
Caderno de atividades Amigo
 
Regulamento Uniforme Desbravadores
Regulamento Uniforme DesbravadoresRegulamento Uniforme Desbravadores
Regulamento Uniforme Desbravadores
 
Fogueiras e cozinha ao ar livre
Fogueiras e cozinha ao ar livreFogueiras e cozinha ao ar livre
Fogueiras e cozinha ao ar livre
 
Acampamento 1
Acampamento 1Acampamento 1
Acampamento 1
 
Caderno de atividades Pioneiro
Caderno de atividades PioneiroCaderno de atividades Pioneiro
Caderno de atividades Pioneiro
 
Caderno de atividades Excursionista
Caderno de atividades ExcursionistaCaderno de atividades Excursionista
Caderno de atividades Excursionista
 
Caderno de atividades Companheiro
Caderno de atividades CompanheiroCaderno de atividades Companheiro
Caderno de atividades Companheiro
 
Download - Organograma Clube
Download - Organograma ClubeDownload - Organograma Clube
Download - Organograma Clube
 
Tipos de fogueiras
Tipos de fogueirasTipos de fogueiras
Tipos de fogueiras
 
Acampamento iii
Acampamento iiiAcampamento iii
Acampamento iii
 
Dinâmica: Mulher sábia
  Dinâmica: Mulher sábia  Dinâmica: Mulher sábia
Dinâmica: Mulher sábia
 
Caderno de atividades Pesquisador
Caderno de atividades PesquisadorCaderno de atividades Pesquisador
Caderno de atividades Pesquisador
 
100+brincadeiras
100+brincadeiras100+brincadeiras
100+brincadeiras
 
Liderança campestre
Liderança campestreLiderança campestre
Liderança campestre
 
História dos desbravadores
História dos desbravadoresHistória dos desbravadores
História dos desbravadores
 
Emblemas dos desbravadores
Emblemas dos desbravadoresEmblemas dos desbravadores
Emblemas dos desbravadores
 
Manual de nós e amarras
Manual de nós e amarrasManual de nós e amarras
Manual de nós e amarras
 
Ideais do desbravadores
Ideais do desbravadoresIdeais do desbravadores
Ideais do desbravadores
 

Destaque

O Cristão e as Autoridades Cívis
O Cristão e as Autoridades CívisO Cristão e as Autoridades Cívis
O Cristão e as Autoridades Cívis
Helder Mequima
 
100 idéias de recreações
100 idéias de recreações100 idéias de recreações
100 idéias de recreações
Ismael Rosa
 
Trabalho da especialidade de gatos
Trabalho da especialidade de gatosTrabalho da especialidade de gatos
Trabalho da especialidade de gatos
Ismael Rosa
 
Trabalho da especialidade de cães
Trabalho da especialidade de cãesTrabalho da especialidade de cães
Trabalho da especialidade de cães
Ismael Rosa
 
Como ser criativo
Como ser criativoComo ser criativo
Como ser criativo
Ismael Rosa
 
Materiais de campo
Materiais de campoMateriais de campo
Materiais de campo
Ismael Rosa
 
Sistema de unidades
Sistema de unidadesSistema de unidades
Sistema de unidades
Ismael Rosa
 
2. companheiro e companheiro de excursionismo
2. companheiro e companheiro de excursionismo2. companheiro e companheiro de excursionismo
2. companheiro e companheiro de excursionismo
DesbravadoresPB
 
Emblemas dos desbravadores
Emblemas dos desbravadoresEmblemas dos desbravadores
Emblemas dos desbravadores
Ismael Rosa
 
HISTÓRIA DAS ESPECIALIDADES
HISTÓRIA DAS ESPECIALIDADESHISTÓRIA DAS ESPECIALIDADES
HISTÓRIA DAS ESPECIALIDADES
Ismael Rosa
 
320 jogos escoteiros
320 jogos escoteiros320 jogos escoteiros
320 jogos escoteiros
Ismael Rosa
 
CAPITÃO DE UNIDADE
CAPITÃO DE UNIDADECAPITÃO DE UNIDADE
CAPITÃO DE UNIDADE
Ismael Rosa
 
CAPELÃO DO CLUBE
CAPELÃO DO CLUBECAPELÃO DO CLUBE
CAPELÃO DO CLUBE
Ismael Rosa
 
DIRETORES ASSOCIADOS
DIRETORES ASSOCIADOSDIRETORES ASSOCIADOS
DIRETORES ASSOCIADOS
Ismael Rosa
 
Secretário de unidade
Secretário de unidadeSecretário de unidade
Secretário de unidade
Ismael Rosa
 
DIRETOR DO CLUBE
DIRETOR DO CLUBEDIRETOR DO CLUBE
DIRETOR DO CLUBE
Ismael Rosa
 
Clube do livro
Clube do livroClube do livro
Clube do livro
Ismael Rosa
 
Modelo de-ofício-para-desbravadores 1
Modelo de-ofício-para-desbravadores 1Modelo de-ofício-para-desbravadores 1
Modelo de-ofício-para-desbravadores 1
Ismael Rosa
 
INSTRUTORES
INSTRUTORESINSTRUTORES
INSTRUTORES
Ismael Rosa
 
Modelo de-ofício-para-desbravadores-2
Modelo de-ofício-para-desbravadores-2Modelo de-ofício-para-desbravadores-2
Modelo de-ofício-para-desbravadores-2
Ismael Rosa
 

Destaque (20)

O Cristão e as Autoridades Cívis
O Cristão e as Autoridades CívisO Cristão e as Autoridades Cívis
O Cristão e as Autoridades Cívis
 
100 idéias de recreações
100 idéias de recreações100 idéias de recreações
100 idéias de recreações
 
Trabalho da especialidade de gatos
Trabalho da especialidade de gatosTrabalho da especialidade de gatos
Trabalho da especialidade de gatos
 
Trabalho da especialidade de cães
Trabalho da especialidade de cãesTrabalho da especialidade de cães
Trabalho da especialidade de cães
 
Como ser criativo
Como ser criativoComo ser criativo
Como ser criativo
 
Materiais de campo
Materiais de campoMateriais de campo
Materiais de campo
 
Sistema de unidades
Sistema de unidadesSistema de unidades
Sistema de unidades
 
2. companheiro e companheiro de excursionismo
2. companheiro e companheiro de excursionismo2. companheiro e companheiro de excursionismo
2. companheiro e companheiro de excursionismo
 
Emblemas dos desbravadores
Emblemas dos desbravadoresEmblemas dos desbravadores
Emblemas dos desbravadores
 
HISTÓRIA DAS ESPECIALIDADES
HISTÓRIA DAS ESPECIALIDADESHISTÓRIA DAS ESPECIALIDADES
HISTÓRIA DAS ESPECIALIDADES
 
320 jogos escoteiros
320 jogos escoteiros320 jogos escoteiros
320 jogos escoteiros
 
CAPITÃO DE UNIDADE
CAPITÃO DE UNIDADECAPITÃO DE UNIDADE
CAPITÃO DE UNIDADE
 
CAPELÃO DO CLUBE
CAPELÃO DO CLUBECAPELÃO DO CLUBE
CAPELÃO DO CLUBE
 
DIRETORES ASSOCIADOS
DIRETORES ASSOCIADOSDIRETORES ASSOCIADOS
DIRETORES ASSOCIADOS
 
Secretário de unidade
Secretário de unidadeSecretário de unidade
Secretário de unidade
 
DIRETOR DO CLUBE
DIRETOR DO CLUBEDIRETOR DO CLUBE
DIRETOR DO CLUBE
 
Clube do livro
Clube do livroClube do livro
Clube do livro
 
Modelo de-ofício-para-desbravadores 1
Modelo de-ofício-para-desbravadores 1Modelo de-ofício-para-desbravadores 1
Modelo de-ofício-para-desbravadores 1
 
INSTRUTORES
INSTRUTORESINSTRUTORES
INSTRUTORES
 
Modelo de-ofício-para-desbravadores-2
Modelo de-ofício-para-desbravadores-2Modelo de-ofício-para-desbravadores-2
Modelo de-ofício-para-desbravadores-2
 

Semelhante a Atividades para o sábado

Sugestoes para gincanas
Sugestoes para gincanasSugestoes para gincanas
Sugestoes para gincanas
Robinson Vicente Procópio
 
Sugestoes para gincanas
Sugestoes para gincanasSugestoes para gincanas
Sugestoes para gincanas
Robinson Vicente Procópio
 
caça ao tesouro/ bíblico
caça ao tesouro/ bíblicocaça ao tesouro/ bíblico
caça ao tesouro/ bíblico
magnaregy
 
Dinâmicas na catequese
Dinâmicas na catequeseDinâmicas na catequese
Dinâmicas na catequese
Analu Labecca
 
Dinamicas de grupo andreia
Dinamicas de grupo andreiaDinamicas de grupo andreia
Dinamicas de grupo andreia
Maria Andreia Alves Andreia
 
37614368 brincadeiras
37614368 brincadeiras37614368 brincadeiras
37614368 brincadeiras
Eduardo Lopes
 
Dinâmicas criativas
Dinâmicas criativasDinâmicas criativas
Dinâmicas criativas
Leo Aguiar
 
Brincadeiras
BrincadeirasBrincadeiras
Brincadeiras
guesta5b2647
 
Dinamica de diversos conteudo
Dinamica de diversos conteudoDinamica de diversos conteudo
Dinamica de diversos conteudo
Lilian Gomes
 
Idéias e projetos maternal
Idéias e projetos maternalIdéias e projetos maternal
Idéias e projetos maternal
Liliane Corte
 
20 dicas e pensamentos para você ser mais criativo
20 dicas e pensamentos para você ser mais criativo20 dicas e pensamentos para você ser mais criativo
20 dicas e pensamentos para você ser mais criativo
Fabiano Araujo de Souza
 
DinâMicas Diversas
DinâMicas DiversasDinâMicas Diversas
DinâMicas Diversas
Ana Cristina Freitas
 
19 Dicas E Sugestoes Infantil
19 Dicas E Sugestoes Infantil19 Dicas E Sugestoes Infantil
19 Dicas E Sugestoes Infantil
daizinha1103
 
Trabalho de história de eduardo mello
Trabalho de história  de eduardo melloTrabalho de história  de eduardo mello
Trabalho de história de eduardo mello
viajante2
 
Jogos e brincadeiras infantis
Jogos e brincadeiras infantisJogos e brincadeiras infantis
Jogos e brincadeiras infantis
Julia Paula
 
Brincadeiras
BrincadeirasBrincadeiras
Brincadeiras
Jackie Barbosa
 
100 dinamicas de_grupos.doc
100 dinamicas de_grupos.doc100 dinamicas de_grupos.doc
100 dinamicas de_grupos.doc
Manuel Viriato
 
Idéias para dinâmicas
Idéias para dinâmicasIdéias para dinâmicas
Idéias para dinâmicas
Jediael Gonçalves
 
DeClara nº 45 julho 2021
DeClara nº 45 julho 2021DeClara nº 45 julho 2021
DeClara nº 45 julho 2021
IsabelPereira2010
 
Brincadeiras
BrincadeirasBrincadeiras
Brincadeiras
Sylvio Mattos
 

Semelhante a Atividades para o sábado (20)

Sugestoes para gincanas
Sugestoes para gincanasSugestoes para gincanas
Sugestoes para gincanas
 
Sugestoes para gincanas
Sugestoes para gincanasSugestoes para gincanas
Sugestoes para gincanas
 
caça ao tesouro/ bíblico
caça ao tesouro/ bíblicocaça ao tesouro/ bíblico
caça ao tesouro/ bíblico
 
Dinâmicas na catequese
Dinâmicas na catequeseDinâmicas na catequese
Dinâmicas na catequese
 
Dinamicas de grupo andreia
Dinamicas de grupo andreiaDinamicas de grupo andreia
Dinamicas de grupo andreia
 
37614368 brincadeiras
37614368 brincadeiras37614368 brincadeiras
37614368 brincadeiras
 
Dinâmicas criativas
Dinâmicas criativasDinâmicas criativas
Dinâmicas criativas
 
Brincadeiras
BrincadeirasBrincadeiras
Brincadeiras
 
Dinamica de diversos conteudo
Dinamica de diversos conteudoDinamica de diversos conteudo
Dinamica de diversos conteudo
 
Idéias e projetos maternal
Idéias e projetos maternalIdéias e projetos maternal
Idéias e projetos maternal
 
20 dicas e pensamentos para você ser mais criativo
20 dicas e pensamentos para você ser mais criativo20 dicas e pensamentos para você ser mais criativo
20 dicas e pensamentos para você ser mais criativo
 
DinâMicas Diversas
DinâMicas DiversasDinâMicas Diversas
DinâMicas Diversas
 
19 Dicas E Sugestoes Infantil
19 Dicas E Sugestoes Infantil19 Dicas E Sugestoes Infantil
19 Dicas E Sugestoes Infantil
 
Trabalho de história de eduardo mello
Trabalho de história  de eduardo melloTrabalho de história  de eduardo mello
Trabalho de história de eduardo mello
 
Jogos e brincadeiras infantis
Jogos e brincadeiras infantisJogos e brincadeiras infantis
Jogos e brincadeiras infantis
 
Brincadeiras
BrincadeirasBrincadeiras
Brincadeiras
 
100 dinamicas de_grupos.doc
100 dinamicas de_grupos.doc100 dinamicas de_grupos.doc
100 dinamicas de_grupos.doc
 
Idéias para dinâmicas
Idéias para dinâmicasIdéias para dinâmicas
Idéias para dinâmicas
 
DeClara nº 45 julho 2021
DeClara nº 45 julho 2021DeClara nº 45 julho 2021
DeClara nº 45 julho 2021
 
Brincadeiras
BrincadeirasBrincadeiras
Brincadeiras
 

Mais de Ismael Rosa

Especialidade de astronomia
Especialidade de astronomiaEspecialidade de astronomia
Especialidade de astronomia
Ismael Rosa
 
Pontos cardeais com o relógio
Pontos cardeais com o relógioPontos cardeais com o relógio
Pontos cardeais com o relógio
Ismael Rosa
 
Cartão medalha de_ouro
Cartão medalha de_ouroCartão medalha de_ouro
Cartão medalha de_ouro
Ismael Rosa
 
Cartão medalha de_prata
Cartão medalha de_prataCartão medalha de_prata
Cartão medalha de_prata
Ismael Rosa
 
Modelo de-ofício-para-desbravadores4
Modelo de-ofício-para-desbravadores4Modelo de-ofício-para-desbravadores4
Modelo de-ofício-para-desbravadores4
Ismael Rosa
 
Modelo de-ofício-para-desbravadores3
Modelo de-ofício-para-desbravadores3Modelo de-ofício-para-desbravadores3
Modelo de-ofício-para-desbravadores3
Ismael Rosa
 
Guia do-aspirante-impresso - 2016
Guia do-aspirante-impresso - 2016Guia do-aspirante-impresso - 2016
Guia do-aspirante-impresso - 2016
Ismael Rosa
 
Salvação e Serviço
Salvação e ServiçoSalvação e Serviço
Salvação e Serviço
Ismael Rosa
 
Seguro e atividade de risco
Seguro e atividade de riscoSeguro e atividade de risco
Seguro e atividade de risco
Ismael Rosa
 
Reformulação das classes regulares e avançadas
Reformulação das classes regulares e avançadasReformulação das classes regulares e avançadas
Reformulação das classes regulares e avançadas
Ismael Rosa
 
Insignía de excelência
Insignía de excelênciaInsignía de excelência
Insignía de excelência
Ismael Rosa
 
Fazendo o seguro passo a passo
Fazendo o seguro passo a passoFazendo o seguro passo a passo
Fazendo o seguro passo a passo
Ismael Rosa
 
Escolhendo uma barraca
Escolhendo uma barracaEscolhendo uma barraca
Escolhendo uma barraca
Ismael Rosa
 
Curiosidades sobre os desbravadores
Curiosidades sobre os desbravadoresCuriosidades sobre os desbravadores
Curiosidades sobre os desbravadores
Ismael Rosa
 
Quem são os desbravadores
Quem são os desbravadoresQuem são os desbravadores
Quem são os desbravadores
Ismael Rosa
 
Objetivo dos desbravadores
Objetivo dos desbravadoresObjetivo dos desbravadores
Objetivo dos desbravadores
Ismael Rosa
 
Ideais dos desbravadores
Ideais dos desbravadoresIdeais dos desbravadores
Ideais dos desbravadores
Ismael Rosa
 
História dos desbravadores
História dos desbravadoresHistória dos desbravadores
História dos desbravadores
Ismael Rosa
 
História cronológica dos desbravadores
História cronológica dos desbravadoresHistória cronológica dos desbravadores
História cronológica dos desbravadores
Ismael Rosa
 
Hino oficial dos desbravadores
Hino oficial dos desbravadoresHino oficial dos desbravadores
Hino oficial dos desbravadores
Ismael Rosa
 

Mais de Ismael Rosa (20)

Especialidade de astronomia
Especialidade de astronomiaEspecialidade de astronomia
Especialidade de astronomia
 
Pontos cardeais com o relógio
Pontos cardeais com o relógioPontos cardeais com o relógio
Pontos cardeais com o relógio
 
Cartão medalha de_ouro
Cartão medalha de_ouroCartão medalha de_ouro
Cartão medalha de_ouro
 
Cartão medalha de_prata
Cartão medalha de_prataCartão medalha de_prata
Cartão medalha de_prata
 
Modelo de-ofício-para-desbravadores4
Modelo de-ofício-para-desbravadores4Modelo de-ofício-para-desbravadores4
Modelo de-ofício-para-desbravadores4
 
Modelo de-ofício-para-desbravadores3
Modelo de-ofício-para-desbravadores3Modelo de-ofício-para-desbravadores3
Modelo de-ofício-para-desbravadores3
 
Guia do-aspirante-impresso - 2016
Guia do-aspirante-impresso - 2016Guia do-aspirante-impresso - 2016
Guia do-aspirante-impresso - 2016
 
Salvação e Serviço
Salvação e ServiçoSalvação e Serviço
Salvação e Serviço
 
Seguro e atividade de risco
Seguro e atividade de riscoSeguro e atividade de risco
Seguro e atividade de risco
 
Reformulação das classes regulares e avançadas
Reformulação das classes regulares e avançadasReformulação das classes regulares e avançadas
Reformulação das classes regulares e avançadas
 
Insignía de excelência
Insignía de excelênciaInsignía de excelência
Insignía de excelência
 
Fazendo o seguro passo a passo
Fazendo o seguro passo a passoFazendo o seguro passo a passo
Fazendo o seguro passo a passo
 
Escolhendo uma barraca
Escolhendo uma barracaEscolhendo uma barraca
Escolhendo uma barraca
 
Curiosidades sobre os desbravadores
Curiosidades sobre os desbravadoresCuriosidades sobre os desbravadores
Curiosidades sobre os desbravadores
 
Quem são os desbravadores
Quem são os desbravadoresQuem são os desbravadores
Quem são os desbravadores
 
Objetivo dos desbravadores
Objetivo dos desbravadoresObjetivo dos desbravadores
Objetivo dos desbravadores
 
Ideais dos desbravadores
Ideais dos desbravadoresIdeais dos desbravadores
Ideais dos desbravadores
 
História dos desbravadores
História dos desbravadoresHistória dos desbravadores
História dos desbravadores
 
História cronológica dos desbravadores
História cronológica dos desbravadoresHistória cronológica dos desbravadores
História cronológica dos desbravadores
 
Hino oficial dos desbravadores
Hino oficial dos desbravadoresHino oficial dos desbravadores
Hino oficial dos desbravadores
 

Atividades para o sábado

  • 1. ATIVIDADES PRÓPRIAS PARA TARDES DE SÁBADO A atividade do desbravador pode ser a resposta aos muitos “não farás” com que se defrontam os juvenis adventistas do sétimo dia. Se um desbravador não deve ir ao cinema, não jogar cartas, e não participar de outros divertimentos populares do mundo, deve ser oferecido, em troca, algo atraente, principalmente quando se diz respeito as atividades recreativas realizadas no dia de sábado. O livro Educação estabelece alguns princípios básicos: “há diferença entre recreação e divertimento. A recreação, na verdadeira acepção do termo “re-criação” tende a fortalecer e construir. Afastando-nos de nossos cuidados e ocupações usuais, ela proporciona descanso ao espírito e ao corpo, e assim nos habilita a voltar com novo vigor ao trabalho da vida. O divertimento, por outro lado, é procurado com o fim de proporcionar prazer, e é muitas vezes levado ao excesso; absorve as energias que são necessárias para o trabalho útil, e desta maneira se revela um estorvo ao verdadeiro “êxito da vida”, - Educação pág. 207. Nem sempre é fácil explicar o que está errado em determinada atividade, ou determinar quando uma coisa deixa de ser uma recreação digna e se torna divertimento inútil. Por exemplo, diz a mensageira do Senhor: “não condeno o simples exercício de brincar com uma bola; mas isto, mesmo em sua simplicidade, pode ser levado ao excesso”. – Lar adventista, pág. 499. 1. JOGO DE “COMBINAR” Para levar a efeito esta brincadeira, o dirigente deve primeiro ir para a área onde farão a brincadeira e recolher amostras de coisas como: flores, sementes, folhas, pedrinhas, etc. colocar tudo num saco para esconder da vista dos participantes até a hora de começar a brincadeira. Para começar o jogo o dirigente pega uma das amostras e deixa que todos vejam. Em seguida eles devem ir ver de que lugar veio a amostra. Se for uma planta, devem achar o pé de planta igual. O primeiro a encontrar marca ponto. O participante com mais pontos é o vencedor. 2. JOGO DA MEMÓRIA Para esta atividade o dirigente deve preparar uma mesa pequena sobre a qual colocará amostras de vários itens da natureza trazidos das proximidades, 15 a 20 itens diferentes. Uma toalha deve ser posta em cima até o momento de começar o jogo. O grupo é dividido à escolha. Pode ser individual, de dois, ou em grupos pequenos de 3 ou 5 participantes. Eles devem ficar numa posição em que possam ver bem, tudo o que está sobre a mesa, e devem receber papel e lápis. Ao sinal todos devem ficar em silêncio, a toalha então é removida por exatamente 30 segundos. Durante este tempo eles não podem falar, nem escrever, nem fazer outra coisa a não ser observar tudo sobre a mesa em silêncio. Ao terminarem os 30 segundos a toalha é novamente posta sobre a mesa e os participantes terão 15 minutos para trazerem os mesmos objetos que foram observados e anotados por eles. O grupo com maior número de acertos será o vencedor. 1
  • 2. 3. JOGOS DA NATUREZA O líder do Clube de Desbravadores terá muitas possibilidades na sábado, de apresentar aos membros muita coisa acerca da natureza. Muitos jogos da natureza ou são próprios para o sábado ou facilmente poderão ser adaptados ao espírito do sábado. CORES E SONS Divida o grupo em unidades, ou em grupos de até cinco pessoas e peça para eles procurarem na natureza os diferentes tipos de cores (deverão trazer uma amostra de cada tipo de cor encontrada) e anotarem os diferentes tipos de sons da natureza, ex: grilo, sapo, vento, pássaros etc. o líder deverá determinar um tempo para encerrar a procura. Vence aqueles que encontrarem mais itens. ARMADILHAS O grupo deverá encontrar armadilhas feitas de teias de aranha, Ninhos de pássaros, casas de João de barro, formigueiros etc. não deverão tocar ou mexer nos objetos achados, mas sim anotar o lugar e levar o líder para conferir e anotar a pontuação. No final do jogo poderá ainda tirar uma lição espiritual das coisas encontradas e procurar referências em passagens bíblicas. DESASTRE Procurar objetos diversos como: árvore atingida por raio, árvore nascida em cima de rocha, danos na natureza causado por fogo, uma folha parcialmente comida pelas formigas, objetos ou plantas prejudicadas por excursionistas ou acampantes. Há muitas outras possibilidades. Ao terminarem a procura explicar aos desbravadores a importância da preservação da natureza e o amor de Deus pela sua criação. OBJETOS REJEITADOS Desafiar o grupo ou as equipes a encontrarem peles de cobra, penas de pássaros ou cascas de insetos deixadas por eles etc. ao final atribuir pontos e dar uma explicação do porque que isso acontece. TRANSPORTE Descobrir como as plantas e os animais se locomovem. Além de andar, rastejar, voar, alguns andam em animais hospedeiros. Ao final pedir para cada representante do grupo fazer um relato dos meios de transportes encontrados e suas considerações a respeito disso. DEZ PEDRAS A cada desbravador são dadas dez pedras. Enquanto o grupo avança em uma caminhada em meio a natureza, o líder aponta para um objeto e faz uma pergunta acerca dele. Então pede a alguém que dê a resposta. Cada pessoa que sabe dar a resposta pode livrar-se de uma pedra. Os vencedores serão os primeiros a se livrarem de todas as pedras. Isso também oferece oportunidade de ensinar honestidade, pois cada um deve julgar se tem em mente a resposta certa e descartar somente as pedras que realmente respondeu a pergunta corretamente. ENÍGMAS 2
  • 3. O líder deverá propor alguns enigmas ao grupo, mas antes disso deverá observar o local onde estão e formar os enigmas para propô-los. Ex; sou bela e frondosa não deixo você no sol quente e abrigo em mim uma casa. Quem sou, onde estou, como me chamo e de quem é a casa que estou abrigando ? R: uma árvore, está perto do lago, mangueira, casa do João de barro. OBSERVAÇÃO DE COISAS DA NATUREZA Pode o número de participantes ser de poucas ou muitas pessoas, e sua idade, da dos juvenis para cima. Faça um mapa da zona de procura e determine vários pontos mais ou menos eqüidistantes do ponto de partida. Arrume os participantes de grupos de quatro a oito e envie cada grupo numa viagem de caçada a um ponto definido. Deve-se dar de quinze a vinte minutos para a viagem de volta. Ao voltarem os grupos, deverão trazer um relatório do que foi visto. O líder então dirá a eles que irá conferir em sua lista de visita feita antecipadamente e a lista que tiver o maior número de coincidências com a lista do líder, será a vencedora. CAÇADA BÍBLICA Cada unidade ou grupo deverão procurar na bíblia nome de animais e aves, deverão anotar as passagens bíblicas e entregar ao líder dentro do tempo especificado, 15 ou 20 minutos. O vencedor será aquela que fizer mais pontos. FLORA BÍBLICA Cada unidade ou grupo deverá procurar na bíblia nomes de plantas e flores, (indicar a passagem) vence os que acharem mais referencias. ESTEJA ALERTA – Enquanto faz uma excursão, dirigindo um carro através de um matagal, fazendo uma marcha, ou viajando num deserto, o líder da natureza focalizará coisas que despertarão a imaginação de um grupo de desbravadores. Procurando “enigmas” (pedaços da casca que cai ao pé da árvore), freqüentemente abrirá um novo mundo para o iniciante. Varas secas, cascas de sementes ou ramos de folhas de outono dão belos aranjos para mesa, e assim o desbravador descobre que a natureza está cheia de interesse e beleza, que ela abre um novo horizonte para sua imaginação que está desabrochando. USE SUA CRIATIVIDADE, encha seu acampamento / e ou programa de atividades sadias e próprias para cada hora, especialmente no sábado. Seu programa pode ser cada vez mais rico e diversificado. Em vez de dizer NÃO, programe muita coisa para seu sábado. Que a Bíblia seja o mais interessante e ativo livro para sua garotada. Sucesso! Obs: Estas dicas de brincadeiras cumprem o requisito do cartão de líder ESTUDO DA NATUREZA item 5. Manual para desbravadores, tardes de sábado. Nédio Correia Tosta 01/09/2006 Coordenador Estadual ASM 3