SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
E.E. Profa. Glória Azedia Bonetti
Apostila 3º Ano – 2ª parte
Profa. Daniela Camargo da Palma

Citologia - Estudo das células
Nos seres vivos, as substâncias orgânicas encontram-se associadas com as substâncias inorgânicas, que formam uma
estrutura muito complexa, a célula.
Uma célula é uma entidade individual dentrode outras entidades maiores que formarão os tecidos, os órgãos e os sistemas.
Quando dizemos individual, queremos dizer que ela é capaz, sozinha, de obterenergia e de se reproduzir.
Porque eu sou do tamanho do que vejo
e não do tamanho da minha altura.
Fernando Pessoa

Seres formados por uma única célula – Unicelulares
Seres formados por duas ou mais células – Multicelulares ou pluricelulares

As primeiras análises de células ao microscópio de luz permitiram concluir que elas são formadas por uma massa viscosa,
gelatinosa, que recebeu o nome de citoplasma (do grego: kritos = célula; plásma = fluido).
Imersa no citoplasma observa-se uma estrutura geralmente arredondada recebeu o nome de núcleo.
Observando que o citoplasma não se mistura com o meio, os cientistas concluíram que ele é delimitado por uma membrana,
não visível ao microscópio de luz, que foi denominada membrana plasmática.
As células são formadas basicamente por uma membrana plasmática, queas separam do ambiente externo, por uma
substância gelatinosa chamada decitoplasma, rica em elementos denominados organelas, e por um núcleo que contém o
material genético.
Essas estruturas podem variar de um ser vivo para outro, mas estão semprepresentes, como podemos ver na figura a seguir:

Membrana plasmática
A membrana revestetodos os tipos celulares conhecidos, a membrana plasmática (plasmalema, membrana celular ou
membrana citoplasmática), é lipoproteica, constituída principalmente de fosfolipídios e proteínas.
Esse modelo foi proposto em 1972 pelos cientistas S.J. Singer e G.Nicolson e denomina-se modelo do mosaico fluído.

O conjunto de características estruturais e funcionais da bicamada de fosfolipídios e das proteínas imersas confere à
membrana plasmática o que se chama de permeabilidade seletiva: ela é permeável, mas não a tudo, ocorre a seleção do que
pode ou não passar.
Funções:
Separa meio interno do meio externo da célula.
Constituídade fosfolipídios e proteínas – modelo mosaico fluido
Duas camadas de fosfolipídios formam um revestimento fluido delimitando a célula
Impedem passagem de moléculas grandes ou solúveis em água.
Permeabilidade seletiva
Tipos de proteínas das membranas variam de célula para célula e determinam funções específicas
Dois tipos básicos de proteínas: Carreadoras e as de canal (o mecanismo de passagem será tratado posteriormente)

Envoltórios externos à membrana plasmática
Glicocálice ou glicocálix, presente nas células animais e de muitos protistas;
Glicocálice - associação de glicídios, lipídios e proteínas das membranas.
Principais funções:
- Barreira contra agentes físicos e químicos
- Capacidade de reconhecimento de células diferentes
- Retenção de nutrientes e enzimas ao redor das células
Parede celular
Presente na maioria das bactérias, nas cianobactérias, em alguns protistas, nos fungos e nas plantas.

- Estrutura mais rígida que o glicocálice
- Menor possibilidade de mudança de forma
- Estrutura permeável
- Nas bactérias e cianobactérias - é formada de peptideoglicano, molécula grande constituído de moléculas de açucares
associados a aminoácidos.
- Nas plantas, a parede celular é formada basicamente por celulose, é comum também a presença de lignina.
- Nos fungos a parede celular é formada por quitina
Processos de troca entre células e o meio externo
Processos passivos – ocorrem através da membrana plasmática, sem gasto energético, tende a igualar o gradiente de
concentração com o meio externo (a favor do gradiente de concentração).
Processos ativos – ocorrem através da membrana plasmática, com gasto energético, mantendo a diferença de concentração
entre a célula e o meio externo (contra o gradiente de concentração).
Processos mediados por vesículas - utilização de vesículas para entrada ou saída de partículas ou microrganismos na célula.
Esse processo de entrada chama-se endocitose e o de saída exocitose.

Concentração de uma solução
- Moléculas dissolvidas em qualquer líquido formam uma solução
- As moléculas dissolvidas recebem o nome de soluto (ex. açucares, íons, aminoácido)
- O líquido recebe o nome de solvente (ex. água)
- A quantidade de soluto dissolvida em uma quantidade de solvente nos dá um valor que chamamos de concentração da
solução. A concentração de uma solução é maior quanto mais soluto estiver dissolvido em uma mesma quantidade de água.
Solução isotônica ou isosmóticas (iso = igual) – Duas soluções com a mesma concentração

Soluções com concentrações diferentes:
Mais concentrada: hipertônica ou hiperosmótica
Menos concentrada – hipotônica ou hiposmótica

Transportes passivo
Difusão – Movimento de partículas do meio mais concentrado para o meio menos concentrado, tendendo a homogeneizar a
distribuição.
Osmose – Caso especial de difusão onde as moléculas de água passam através de membranas semipermeáveis. O solvente
difunde-se de modo a diluir o lado mais concentrado.

A bicamada lipídica é pouco permeável à água que atravessa lentamente essa membrana. Hoje se sabe que as células
possuem proteínas especiais que formam verdadeiros canais de passagem para moléculas de água o que valeu o Prêmio
Nobel de Química de 2003 a dois médicos norte-americanos, Peter Agre e Roderick Mackinnon.

Difusão facilitada – Algumas proteínas da membrana, chamadas permeases atuam facilitando a passagem de certas
substâncias que, por difusão simples demorariam muito tempo para passar, transporte de aminoácidos, de vitaminas e de
alguns íons, como cálcio, o cloro, o sódio e o potássio.
Esquema da difusão facilitada da glicose (G) em células do fígado: as proteínas transportadoras alteram suas conformações
movendo o soluto (glicose) através da membrana, de acordo com o gradiente de concentração.
Transporte ativo - Movimento do soluto contra o gradiente de concentração – realizados por permeases (proteínas
carreadoras).
Medindo a concentração de íons de Na+ (sódio) e K+ (potássio), verifica-se que há maior concentração de íons de Na+ no
líquido extracelular e o contrário ocorre com o K+
Para o metabolismo celular é importante que as concentrações não se igualem, os íons de K+ em alta concentração nas
células, eles são necessários na síntese de proteínas e em algumas etapas da respiração. Entretanto, a alta concentração
desses íons no meio intracelular pode trazer problemas osmóticos, pois a célula torna-se hipertônica. O bombeamento de
Na_ para fora da célula contribui para regulação osmótica.
O processo ativo que permite a manutenção da concentração desses íons é chamado de bomba de sódio e potássio.
Exercícios

Analise a ilustração que segue.

Com base na ilustração:
a) Indique o tipo de célula representado, respectivamente, por I,II e III (0,5)
b) Justifique a declaração que I faz para II (0,5)
2) (UECE-2008 - modificado) Sabe-se que no transporte de substâncias através da membrana plasmática:
a) Certos íons são conservados com determinadas concentrações dentro e fora da célula, com gasto de energia. (0,5)
b) Caso cesse a produção de energia, a tendência é de distribuírem-se homogeneamente as concentrações destes íons. (0,5)
As frases a e b referem-se, respectivamente, a quais tipos de transportes?
3) Uma solução de 0,9% de cloreto de sódio é isosmótica com os glóbulos vermelhos do sangue. Um técnico de laboratório
colocou acidentalmente uma amostra de sangue em uma solução de 1,8% de cloreto de sódio. O que aconteceu com os
glóbulos vermelhos dessa amostra de sangue? Por quê? (1,0)
4) Faça um esquema representando a estrutura da membrana plasmática de acordo com o modelo proposto por Singer e
Nicolson em 1972, que é aceito até hoje. Não se esqueça de apontar o nome das estruturas. (1,0)
5) (F. Lusíada - Santos) Polissacarídeo que participa da parede celular dos vegetais. (0,5)
a)

Celulose

b) Quitina

c) Amido

d) Glicogênio

e) Cerídio

6) Todos os seres vivos (exceto os vírus) são formados por células. De acordo com o tipo estrutural de células que os
compõem, os organismos podem ser classificados em eucariontes ou procariontes. (0,5)
Assinale a alternativa correta.
a) Os protozoários e as bactérias possuem células eucarióticas.
b) Os fungos (bolores e leveduras) possuem células eucarióticas.
c) Os fungos e as bactérias possuem células procarióticas.
d) As bactérias e as algas possuem células eucarióticas.
e) As bactérias e os protozoários possuem células procarióticas.
7) (Ufla-MG) As formas pelas quais a substância está sendo transportada em A e B, respectivamente: (1,0)

a) transporte ativo; transporte passivo.
b) transporte passivo; difusão facilitada.
c) difusão, difusão facilitada.
d) transporte passivo; transporte ativo.
e) transporte ativo; difusão.
8) (Fuvest-SP) Para a ocorrência de osmose, é necessário que: (1,0)
a) as concentrações de soluto dentro e fora da célula seja iguais;
b) as concentrações de soluto dentro e fora da célula sejam diferentes
c) haja ATP disponível na célula para fornecer energia ao transporte de água;
d) haja um vacúolo no interior da célula no qual o excesso de água é acumulado;
e) haja uma paree celulósica envolvendo a célula, o que evita sua ruptura.
9) (UFPE) Medindo-se a concentração de dois importantes íons, Na+ e K+, observa-se maior concentração de íons Na+ no
meio extracelular do que no meio intracelular. O contrário acontece com os íons K+. Íons de Na+ são capturados do
citoplasma para o meio extracelular para o meio intracelular, como mostrado na figura adiante. Este processo é conhecido
como: (1,0)

a) difusão facilitada por permeases intracelulares.
b) osmose em meio hipertônico
c) difusão simples
d) transporte ativo
e) transporte por poros da membrana plasmática.
10) (U.F. Viçosa-MG) Com relação às características que diferenciam células bacteriana, vegetal e animal, é incorreto dizer
que: (1,0)
a) a célula vegetal diferencia-se da célula animal por apresentar parede celular de celulose
b) a célula animal diferencia-se da célula bacteriana por apresentar complexo golgiense
c) a célula bacteriana diferencia-se da célula animal por não apresentar cloroplastos.
d) a célula vegetal diferencia-se da célula animal por apresentar cloroplastos.
e) a célula bacteriana diferencia-se da célula animal por não apresentar o material genético envolto por carioteca.
11) (Fatec-SP) É prática comum salgarmos os palitos de batata após terem sido fritos, mas nunca antes, pois, se assim for,
eles murcharão. E murcharão porque: (1,0)
a) as células dos palitos de batata ficam mais concentradas que o meio externo e elas e, assim, ganham água por osmose.
b) as células dos palitos da batata ficam mais concentradas que o meio externo a ela e, assim, ganham água por transporte
ativo.
c) as células dos palitos da batata ficam mais concentradas que o meio externo a elas e, assim perdem água por transporte
ativo.
d) o meio externo aos palitos da batata fica mais concentrado que as células deles, que, assim, perdem água por osmose.
e) o meio externo aos palitos de batata fica menos concentrado que as células deles, que, assim, ganham água por
pinocitose.
E.E. Professora Glória Azedia Bonetti
Atividade nº 2 – Revisão 3º ano do Ensino Médio
Biologia

Nome: _____________________________________________________________ n.º__________3º ano ______
Professora: Daniela C.Palma
1)
a)____________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
b)____________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
2) a)___________________________________b)____________________________
3)____________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
4)Esquema da membrana plasmática, apontando suas estruturas:

Exercício
5
6
7
8
9
10
11

A

B

C

D

E

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

1° S Exercícios Estrutura celular e transportes
1° S            Exercícios  Estrutura celular e transportes1° S            Exercícios  Estrutura celular e transportes
1° S Exercícios Estrutura celular e transportes
Ionara Urrutia Moura
 
Bg2 à descoberta da célula
Bg2   à descoberta da célulaBg2   à descoberta da célula
Bg2 à descoberta da célula
Nuno Correia
 
B11 aula de revisões 1
B11   aula de revisões 1B11   aula de revisões 1
B11 aula de revisões 1
Nuno Correia
 
Citologia membrana plasmatica
Citologia membrana plasmaticaCitologia membrana plasmatica
Citologia membrana plasmatica
Dianna Gomes
 
Aula03 transportes de-substnciascbm21122021
Aula03 transportes de-substnciascbm21122021Aula03 transportes de-substnciascbm21122021
Aula03 transportes de-substnciascbm21122021
SandroMendes25
 
Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022
Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022
Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022
SandroMendes25
 
Aula01 organizao celular-da-vidacbm15122021
Aula01 organizao celular-da-vidacbm15122021Aula01 organizao celular-da-vidacbm15122021
Aula01 organizao celular-da-vidacbm15122021
SandroMendes25
 
Membrana Plasmatica
Membrana PlasmaticaMembrana Plasmatica
Membrana Plasmatica
BIOGERALDO
 
Bg2 teoria celular
Bg2   teoria celularBg2   teoria celular
Bg2 teoria celular
Nuno Correia
 
Membrana plasmatica e_transportes
Membrana plasmatica e_transportesMembrana plasmatica e_transportes
Membrana plasmatica e_transportes
Joanison Vicente
 
Lista organelas citoplamasticas_(biologia)[1]
Lista organelas citoplamasticas_(biologia)[1]Lista organelas citoplamasticas_(biologia)[1]
Lista organelas citoplamasticas_(biologia)[1]
educafro
 
Biologia 11 unicelularidade e multicelularidade
Biologia 11   unicelularidade e multicelularidadeBiologia 11   unicelularidade e multicelularidade
Biologia 11 unicelularidade e multicelularidade
Nuno Correia
 

Mais procurados (20)

1° S Exercícios Estrutura celular e transportes
1° S            Exercícios  Estrutura celular e transportes1° S            Exercícios  Estrutura celular e transportes
1° S Exercícios Estrutura celular e transportes
 
Lista sobre citoplasma e organelas
Lista sobre citoplasma e organelasLista sobre citoplasma e organelas
Lista sobre citoplasma e organelas
 
Exercicios organelas
Exercicios organelas Exercicios organelas
Exercicios organelas
 
Bg2 à descoberta da célula
Bg2   à descoberta da célulaBg2   à descoberta da célula
Bg2 à descoberta da célula
 
1S - 4° bim Exercícios
1S - 4° bim Exercícios 1S - 4° bim Exercícios
1S - 4° bim Exercícios
 
Exercícios iniciais
Exercícios   iniciaisExercícios   iniciais
Exercícios iniciais
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
B11 aula de revisões 1
B11   aula de revisões 1B11   aula de revisões 1
B11 aula de revisões 1
 
Citologia total
Citologia totalCitologia total
Citologia total
 
Citoplasma
CitoplasmaCitoplasma
Citoplasma
 
Citologia membrana plasmatica
Citologia membrana plasmaticaCitologia membrana plasmatica
Citologia membrana plasmatica
 
Aula03 transportes de-substnciascbm21122021
Aula03 transportes de-substnciascbm21122021Aula03 transportes de-substnciascbm21122021
Aula03 transportes de-substnciascbm21122021
 
Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022
Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022
Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022
 
Aula01 organizao celular-da-vidacbm15122021
Aula01 organizao celular-da-vidacbm15122021Aula01 organizao celular-da-vidacbm15122021
Aula01 organizao celular-da-vidacbm15122021
 
Membrana Plasmatica
Membrana PlasmaticaMembrana Plasmatica
Membrana Plasmatica
 
Bg2 teoria celular
Bg2   teoria celularBg2   teoria celular
Bg2 teoria celular
 
Membrana plasmatica e_transportes
Membrana plasmatica e_transportesMembrana plasmatica e_transportes
Membrana plasmatica e_transportes
 
Lista organelas citoplamasticas_(biologia)[1]
Lista organelas citoplamasticas_(biologia)[1]Lista organelas citoplamasticas_(biologia)[1]
Lista organelas citoplamasticas_(biologia)[1]
 
Biologia 11 unicelularidade e multicelularidade
Biologia 11   unicelularidade e multicelularidadeBiologia 11   unicelularidade e multicelularidade
Biologia 11 unicelularidade e multicelularidade
 
EXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMESEXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMES
 

Destaque (9)

Estudo dirigido
Estudo dirigidoEstudo dirigido
Estudo dirigido
 
Exercícios de biologia vespertino com gabarito
Exercícios de biologia   vespertino com gabaritoExercícios de biologia   vespertino com gabarito
Exercícios de biologia vespertino com gabarito
 
Imagens sobre célula procarionte
Imagens sobre célula procarionteImagens sobre célula procarionte
Imagens sobre célula procarionte
 
Aulas bio 2 parte ii
Aulas bio 2 parte iiAulas bio 2 parte ii
Aulas bio 2 parte ii
 
Aulas bio 2 parte iii
Aulas bio 2 parte iiiAulas bio 2 parte iii
Aulas bio 2 parte iii
 
Aulas bio 1 parte iii
Aulas bio 1 parte iiiAulas bio 1 parte iii
Aulas bio 1 parte iii
 
Aulas bio 1 parte ii
Aulas bio 1 parte iiAulas bio 1 parte ii
Aulas bio 1 parte ii
 
Biologia 1
Biologia 1Biologia 1
Biologia 1
 
Biologia 2
Biologia 2Biologia 2
Biologia 2
 

Semelhante a Apostila 1

Biologia citologia membrana_transportes_osmose_gabarito
Biologia citologia membrana_transportes_osmose_gabaritoBiologia citologia membrana_transportes_osmose_gabarito
Biologia citologia membrana_transportes_osmose_gabarito
ROGERIO SACCONI
 
Envoltórios da célula
Envoltórios da célulaEnvoltórios da célula
Envoltórios da célula
Joao Victor
 
Treinamento de membrana plasmática
Treinamento de membrana plasmáticaTreinamento de membrana plasmática
Treinamento de membrana plasmática
emanuel
 
Células Procariontes e Eucariontes: Diferenças Estruturais
Células Procariontes e Eucariontes: Diferenças EstruturaisCélulas Procariontes e Eucariontes: Diferenças Estruturais
Células Procariontes e Eucariontes: Diferenças Estruturais
MaelDIncio
 
Memb. E Transporte
Memb. E TransporteMemb. E Transporte
Memb. E Transporte
ClaraVinhas
 
Memb. e Transporte
Memb. e TransporteMemb. e Transporte
Memb. e Transporte
ClaraVinhas
 
Citologia e membrana celular
Citologia e membrana celularCitologia e membrana celular
Citologia e membrana celular
César Milani
 

Semelhante a Apostila 1 (20)

Medicina extensivo---semana-11
Medicina extensivo---semana-11Medicina extensivo---semana-11
Medicina extensivo---semana-11
 
Bio específica 2012
Bio específica 2012Bio específica 2012
Bio específica 2012
 
Biologia citologia membrana_transportes_osmose_gabarito
Biologia citologia membrana_transportes_osmose_gabaritoBiologia citologia membrana_transportes_osmose_gabarito
Biologia citologia membrana_transportes_osmose_gabarito
 
Lista sobre citoplasma e organelas
Lista sobre citoplasma e organelasLista sobre citoplasma e organelas
Lista sobre citoplasma e organelas
 
Envoltórios da célula
Envoltórios da célulaEnvoltórios da célula
Envoltórios da célula
 
Treinamento de membrana plasmática
Treinamento de membrana plasmáticaTreinamento de membrana plasmática
Treinamento de membrana plasmática
 
Revisão - Biologia celular
Revisão - Biologia celularRevisão - Biologia celular
Revisão - Biologia celular
 
biologia geral
biologia geral biologia geral
biologia geral
 
Biologia geral
Biologia geralBiologia geral
Biologia geral
 
Células Procariontes e Eucariontes: Diferenças Estruturais
Células Procariontes e Eucariontes: Diferenças EstruturaisCélulas Procariontes e Eucariontes: Diferenças Estruturais
Células Procariontes e Eucariontes: Diferenças Estruturais
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Apostila de-biologia-41-56
Apostila de-biologia-41-56Apostila de-biologia-41-56
Apostila de-biologia-41-56
 
Memb. E Transporte
Memb. E TransporteMemb. E Transporte
Memb. E Transporte
 
Memb. e Transporte
Memb. e TransporteMemb. e Transporte
Memb. e Transporte
 
Vida Na CéLula
Vida Na CéLulaVida Na CéLula
Vida Na CéLula
 
Vida na célula
Vida na célulaVida na célula
Vida na célula
 
Citologia e membrana celular
Citologia e membrana celularCitologia e membrana celular
Citologia e membrana celular
 
Membranas
 Membranas Membranas
Membranas
 
Membranas
 Membranas Membranas
Membranas
 
Citologia membrana,citoplasma e núcleo (com textos)
Citologia   membrana,citoplasma e núcleo (com textos)Citologia   membrana,citoplasma e núcleo (com textos)
Citologia membrana,citoplasma e núcleo (com textos)
 

Apostila 1

  • 1. E.E. Profa. Glória Azedia Bonetti Apostila 3º Ano – 2ª parte Profa. Daniela Camargo da Palma Citologia - Estudo das células Nos seres vivos, as substâncias orgânicas encontram-se associadas com as substâncias inorgânicas, que formam uma estrutura muito complexa, a célula. Uma célula é uma entidade individual dentrode outras entidades maiores que formarão os tecidos, os órgãos e os sistemas. Quando dizemos individual, queremos dizer que ela é capaz, sozinha, de obterenergia e de se reproduzir. Porque eu sou do tamanho do que vejo e não do tamanho da minha altura. Fernando Pessoa Seres formados por uma única célula – Unicelulares Seres formados por duas ou mais células – Multicelulares ou pluricelulares As primeiras análises de células ao microscópio de luz permitiram concluir que elas são formadas por uma massa viscosa, gelatinosa, que recebeu o nome de citoplasma (do grego: kritos = célula; plásma = fluido). Imersa no citoplasma observa-se uma estrutura geralmente arredondada recebeu o nome de núcleo. Observando que o citoplasma não se mistura com o meio, os cientistas concluíram que ele é delimitado por uma membrana, não visível ao microscópio de luz, que foi denominada membrana plasmática. As células são formadas basicamente por uma membrana plasmática, queas separam do ambiente externo, por uma substância gelatinosa chamada decitoplasma, rica em elementos denominados organelas, e por um núcleo que contém o material genético.
  • 2. Essas estruturas podem variar de um ser vivo para outro, mas estão semprepresentes, como podemos ver na figura a seguir: Membrana plasmática A membrana revestetodos os tipos celulares conhecidos, a membrana plasmática (plasmalema, membrana celular ou membrana citoplasmática), é lipoproteica, constituída principalmente de fosfolipídios e proteínas. Esse modelo foi proposto em 1972 pelos cientistas S.J. Singer e G.Nicolson e denomina-se modelo do mosaico fluído. O conjunto de características estruturais e funcionais da bicamada de fosfolipídios e das proteínas imersas confere à membrana plasmática o que se chama de permeabilidade seletiva: ela é permeável, mas não a tudo, ocorre a seleção do que pode ou não passar. Funções: Separa meio interno do meio externo da célula. Constituídade fosfolipídios e proteínas – modelo mosaico fluido Duas camadas de fosfolipídios formam um revestimento fluido delimitando a célula Impedem passagem de moléculas grandes ou solúveis em água. Permeabilidade seletiva Tipos de proteínas das membranas variam de célula para célula e determinam funções específicas Dois tipos básicos de proteínas: Carreadoras e as de canal (o mecanismo de passagem será tratado posteriormente) Envoltórios externos à membrana plasmática Glicocálice ou glicocálix, presente nas células animais e de muitos protistas; Glicocálice - associação de glicídios, lipídios e proteínas das membranas.
  • 3. Principais funções: - Barreira contra agentes físicos e químicos - Capacidade de reconhecimento de células diferentes - Retenção de nutrientes e enzimas ao redor das células Parede celular Presente na maioria das bactérias, nas cianobactérias, em alguns protistas, nos fungos e nas plantas. - Estrutura mais rígida que o glicocálice - Menor possibilidade de mudança de forma - Estrutura permeável - Nas bactérias e cianobactérias - é formada de peptideoglicano, molécula grande constituído de moléculas de açucares associados a aminoácidos. - Nas plantas, a parede celular é formada basicamente por celulose, é comum também a presença de lignina. - Nos fungos a parede celular é formada por quitina Processos de troca entre células e o meio externo Processos passivos – ocorrem através da membrana plasmática, sem gasto energético, tende a igualar o gradiente de concentração com o meio externo (a favor do gradiente de concentração). Processos ativos – ocorrem através da membrana plasmática, com gasto energético, mantendo a diferença de concentração entre a célula e o meio externo (contra o gradiente de concentração). Processos mediados por vesículas - utilização de vesículas para entrada ou saída de partículas ou microrganismos na célula. Esse processo de entrada chama-se endocitose e o de saída exocitose. Concentração de uma solução - Moléculas dissolvidas em qualquer líquido formam uma solução
  • 4. - As moléculas dissolvidas recebem o nome de soluto (ex. açucares, íons, aminoácido) - O líquido recebe o nome de solvente (ex. água) - A quantidade de soluto dissolvida em uma quantidade de solvente nos dá um valor que chamamos de concentração da solução. A concentração de uma solução é maior quanto mais soluto estiver dissolvido em uma mesma quantidade de água. Solução isotônica ou isosmóticas (iso = igual) – Duas soluções com a mesma concentração Soluções com concentrações diferentes: Mais concentrada: hipertônica ou hiperosmótica Menos concentrada – hipotônica ou hiposmótica Transportes passivo Difusão – Movimento de partículas do meio mais concentrado para o meio menos concentrado, tendendo a homogeneizar a distribuição. Osmose – Caso especial de difusão onde as moléculas de água passam através de membranas semipermeáveis. O solvente difunde-se de modo a diluir o lado mais concentrado. A bicamada lipídica é pouco permeável à água que atravessa lentamente essa membrana. Hoje se sabe que as células possuem proteínas especiais que formam verdadeiros canais de passagem para moléculas de água o que valeu o Prêmio Nobel de Química de 2003 a dois médicos norte-americanos, Peter Agre e Roderick Mackinnon. Difusão facilitada – Algumas proteínas da membrana, chamadas permeases atuam facilitando a passagem de certas substâncias que, por difusão simples demorariam muito tempo para passar, transporte de aminoácidos, de vitaminas e de alguns íons, como cálcio, o cloro, o sódio e o potássio.
  • 5. Esquema da difusão facilitada da glicose (G) em células do fígado: as proteínas transportadoras alteram suas conformações movendo o soluto (glicose) através da membrana, de acordo com o gradiente de concentração. Transporte ativo - Movimento do soluto contra o gradiente de concentração – realizados por permeases (proteínas carreadoras). Medindo a concentração de íons de Na+ (sódio) e K+ (potássio), verifica-se que há maior concentração de íons de Na+ no líquido extracelular e o contrário ocorre com o K+ Para o metabolismo celular é importante que as concentrações não se igualem, os íons de K+ em alta concentração nas células, eles são necessários na síntese de proteínas e em algumas etapas da respiração. Entretanto, a alta concentração desses íons no meio intracelular pode trazer problemas osmóticos, pois a célula torna-se hipertônica. O bombeamento de Na_ para fora da célula contribui para regulação osmótica. O processo ativo que permite a manutenção da concentração desses íons é chamado de bomba de sódio e potássio.
  • 6. Exercícios Analise a ilustração que segue. Com base na ilustração: a) Indique o tipo de célula representado, respectivamente, por I,II e III (0,5) b) Justifique a declaração que I faz para II (0,5) 2) (UECE-2008 - modificado) Sabe-se que no transporte de substâncias através da membrana plasmática: a) Certos íons são conservados com determinadas concentrações dentro e fora da célula, com gasto de energia. (0,5) b) Caso cesse a produção de energia, a tendência é de distribuírem-se homogeneamente as concentrações destes íons. (0,5) As frases a e b referem-se, respectivamente, a quais tipos de transportes? 3) Uma solução de 0,9% de cloreto de sódio é isosmótica com os glóbulos vermelhos do sangue. Um técnico de laboratório colocou acidentalmente uma amostra de sangue em uma solução de 1,8% de cloreto de sódio. O que aconteceu com os glóbulos vermelhos dessa amostra de sangue? Por quê? (1,0) 4) Faça um esquema representando a estrutura da membrana plasmática de acordo com o modelo proposto por Singer e Nicolson em 1972, que é aceito até hoje. Não se esqueça de apontar o nome das estruturas. (1,0) 5) (F. Lusíada - Santos) Polissacarídeo que participa da parede celular dos vegetais. (0,5) a) Celulose b) Quitina c) Amido d) Glicogênio e) Cerídio 6) Todos os seres vivos (exceto os vírus) são formados por células. De acordo com o tipo estrutural de células que os compõem, os organismos podem ser classificados em eucariontes ou procariontes. (0,5) Assinale a alternativa correta. a) Os protozoários e as bactérias possuem células eucarióticas. b) Os fungos (bolores e leveduras) possuem células eucarióticas. c) Os fungos e as bactérias possuem células procarióticas. d) As bactérias e as algas possuem células eucarióticas. e) As bactérias e os protozoários possuem células procarióticas. 7) (Ufla-MG) As formas pelas quais a substância está sendo transportada em A e B, respectivamente: (1,0) a) transporte ativo; transporte passivo. b) transporte passivo; difusão facilitada. c) difusão, difusão facilitada. d) transporte passivo; transporte ativo. e) transporte ativo; difusão.
  • 7. 8) (Fuvest-SP) Para a ocorrência de osmose, é necessário que: (1,0) a) as concentrações de soluto dentro e fora da célula seja iguais; b) as concentrações de soluto dentro e fora da célula sejam diferentes c) haja ATP disponível na célula para fornecer energia ao transporte de água; d) haja um vacúolo no interior da célula no qual o excesso de água é acumulado; e) haja uma paree celulósica envolvendo a célula, o que evita sua ruptura. 9) (UFPE) Medindo-se a concentração de dois importantes íons, Na+ e K+, observa-se maior concentração de íons Na+ no meio extracelular do que no meio intracelular. O contrário acontece com os íons K+. Íons de Na+ são capturados do citoplasma para o meio extracelular para o meio intracelular, como mostrado na figura adiante. Este processo é conhecido como: (1,0) a) difusão facilitada por permeases intracelulares. b) osmose em meio hipertônico c) difusão simples d) transporte ativo e) transporte por poros da membrana plasmática. 10) (U.F. Viçosa-MG) Com relação às características que diferenciam células bacteriana, vegetal e animal, é incorreto dizer que: (1,0) a) a célula vegetal diferencia-se da célula animal por apresentar parede celular de celulose b) a célula animal diferencia-se da célula bacteriana por apresentar complexo golgiense c) a célula bacteriana diferencia-se da célula animal por não apresentar cloroplastos. d) a célula vegetal diferencia-se da célula animal por apresentar cloroplastos. e) a célula bacteriana diferencia-se da célula animal por não apresentar o material genético envolto por carioteca. 11) (Fatec-SP) É prática comum salgarmos os palitos de batata após terem sido fritos, mas nunca antes, pois, se assim for, eles murcharão. E murcharão porque: (1,0) a) as células dos palitos de batata ficam mais concentradas que o meio externo e elas e, assim, ganham água por osmose. b) as células dos palitos da batata ficam mais concentradas que o meio externo a ela e, assim, ganham água por transporte ativo. c) as células dos palitos da batata ficam mais concentradas que o meio externo a elas e, assim perdem água por transporte ativo. d) o meio externo aos palitos da batata fica mais concentrado que as células deles, que, assim, perdem água por osmose. e) o meio externo aos palitos de batata fica menos concentrado que as células deles, que, assim, ganham água por pinocitose.
  • 8. E.E. Professora Glória Azedia Bonetti Atividade nº 2 – Revisão 3º ano do Ensino Médio Biologia Nome: _____________________________________________________________ n.º__________3º ano ______ Professora: Daniela C.Palma 1) a)____________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ b)____________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ 2) a)___________________________________b)____________________________ 3)____________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________ 4)Esquema da membrana plasmática, apontando suas estruturas: Exercício 5 6 7 8 9 10 11 A B C D E