SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Ana Luisa Vieira    Em uma noite de domingo, daquelas em que não se tem nada para fazer, navegando pela
                     internet, comecei a ver uns vídeos no Youtube e me deparei com o canal do Francisco
 Repórter            Resende. Um vloguer e jornalista de 27 anos. Seus vídeos me chamaram atenção pelo
                     fato de abordar situações do cotidiano e pela desenvoltura e administração de diversos
                     personagens criados e atuados por ele mesmo, com características distintas. Coincidên-
                     cia ou não, posteriormente descobri que o Francisco Rezende é filho do grande jornalista
                     Sidney Rezende e logo compreendi de onde deve ter vindo o enorme talento do jovem.



  Chico, como prefere ser chamado, concedeu uma entrevista para o canal Mul-
  tiformação, revelando dados de sua vida pessoal e profissional e como foi
  sua trajetória até parar no programa Globo Esporte. Vale a pena conferir.



Chico, como surgiu a ideia inicial de postar vídeos na
internet? Teve algum motivo específico?
A verdade é que só comecei a fazer vídeos porque
estava muito entediado no trabalho. Visitando
alguns sites descobri a australiana Natalie Tran                            Chico, na gravação de seu último vídeo
e curti o estilo de vídeo dela então decidi fazer
igual.                                                    Como funciona o seu processo criativo? Você cria
                                                          um roteiro antesde começar a gravar os vídeos ou só
                                                          estipula o tema e vai falando oque vem na cabeça de
De onde tirou a ideia de criar seus personagens           improviso?
com personalidades diferentes? Você já fez aula           Geralmente a ideia vem e faço o roteiro em volta
de teatro?                                                dela. Sempre preciso de umas três ceninhas durante
                                                          o video, um final legalzinho e uma cena extra no
No começo não tinha ninguém pra me ajudar então           fim. Procuro fazer o roteiro de forma que as cenas se
fiz de um jeito que pudesse gravar sozinho.               entrelacem no final mas nem sempre é possível. As
                                                          vezes gosto de pensar em uma palavra e fazer um
As personalidades foram inspiradas no filme Tudo o        roteiro em volta desse tema também. É divertido!
que Você Queria Saber Sobre Sexo e Tinha Medo de
Perguntar, do Woody Allen. O filme tem vários cur-        E com relação a parte de filmagem e edição? Você
tas sobre sexo e um deles se passa durante e dentro       conta com a ajuda de alguém produzindo ou faz tudo
                                                          sozinho?
do corpo humano. Daí que veio a ideia.
                                                          Tudo sozinho pois não tenho amigos. (risos)
                                                          As vezes um vídeo ou outro alguém participa ou
Sua fama vem crescendo cada vez mais e me arrisco         ajuda a gravar uma cena que preciso que a câmera se
                                                          mova. Mas é raro.
a dizer que atualmente você está na lista dos vlogs
mais conhecidos do Youtube Brasil. Você alcançou          Quanto tempo, em média, você leva pra gravar e
a popularidade sozinho ou houve pessoas que lhe           produzir um vídeo?
acompanharam nessa subida?                                Umas 6 horas... No globo esporte em 3, 4 horas dá
                                                          pra fazer.
Estou longe de estar no topo do Youtube Brasil mas
consegui bastante visualização graças a amigos,
outros youtubers e alguns blogs que divulgaram o          Quem é seu público? E o que eles procuram?
meu canal nesses dois anos.                               Meu publico hoje em dia é composto por crianças de
                                                          11 a 13 anos. (risos) Não sei oque eles procuram...
                                                          Não sou muito exemplo não.

                                                                                                                     PÁG | 1
No programa Globo Esporte, você aborda temas atuais
                                                                            futebolísticos e usa seus personagens assumindo as per-
                                                                            sonalidadesque cada torcedor tem durante uma partida
                                                                            de futebol.
                                                                            Como surgiu o convite para sua participação no pro-
                                                                            grama como o ‘Chico Torcedor’? Teve que alterar seu
                                                                            estilo com relação aos seus vídeos? E em relação a con-
                                                                            quistar novos públicos, foi satisfatório?
                                                                            O João Pedro Paes Leme me chamou pra conver-
                                                                            sar e chegamos nesse formatinho que dá pra ser feito
                                                                            rapidamente em casa, sem ajuda de ninguém. Então
                                          Bastidores de um de seus vídeos   geralmente faço de madrugada para passar já no dia se-
                                                                            guinte. O estilo é igual ao meu, os personagens também,
Existe alguma diferença em gravar para a tv e gravar                        como sou eu que faço tudo meio que dá no mesmo.
para a internet?
Pra mim não porque o Chico Torcedor foi criado para que                     Você acha que a comunidade dos vlogs é unida e recep-
eu fizesse a mesma coisa que faço na internet para a tele-                  tiva ou existe uma competição entre eles?
visão. Então dá no mesmo. A grande diferença é ter que
buscar temas interessantes dentro do mundo do esporte.                      Acho que tem algumas panelinhas mas na real nem sei
                                                                            direito como funciona não.
Quais pessoas do seu meio você admira?
                                                                            De uns tempos pra cá, uma galera vem cismando em
Charlie McDonnell e Natalie Tran.                                           fazer vídeos, e raros são os que realmente produzem
                                                                            algo interessante. Qual ésua opinião sobre essa banali-
                                                                            zação dos vlogs?
Uma marca registrada e que você sempre faz questão de
divulgar no fim dos seus vídeos é o incentivo à adoção de                   Acho maneiro ter mais vlogs. Ruim é que geralmente os
animais. Qual asua relação com o processo de adoções                        vlogs são caídos ne?
de animais, há alguma história por trás disso?
Não tem nenhuma relação. Só acho legal divulgar, acho                       Você acha que existe uma fórmula de sucesso na hora
que pode ajudar. Se uma pessoa adotar um animal por                         de criar vídeos? Que dica você dá para quem está
causa do meu vídeo acho que já fiz minha parte. Quan-                       começando agora ou para quem já faz vídeo e não con-
do os videos começaram a ter visualização eu passei a                       seguiu decolar?
colocar isso na esperança de ajudar de alguma forma os
viralatinhas no mundo.                                                      Acho que é aquela velha formula de fazer sobre algo
                                                                            que você conheça. Não dá pra um moleque de 12 anos
                                                                            fazer um vlog sobre vestibular. Acho que se focar no
Qual e como é a sua relação com seus fãs no Youtube,                        que você sabe, estudar jeitos de edicao, falar direitinho,
Twitter, Facebook?                                                          dá pra fazer um vlog legal. Mas o importante é falar so-
                                                                            bre temas que você conhece. Por isso que meu primeiro
Odeio Twitter. Mas de vez em quando entro e respondo                        vídeo foi sobre pornografia e a internet discada.
todo mundo. Meu facebook eu até uso mais. No Youtube
eu só coloco os vídeos mesmo.                                               Qual o seu maior sonho em âmbito profissional?

Já foi reconhecido algum dia pelas ruas?                                    Ser rico e sumir. Ir morar na Bahia, ficar barbudo e
                                                                            virar pescador.
Já. Foi interessante. É legal ter o reconhecimento e
aprovação das pessoas.
                                                                            Para finalizar o papo, irei fazer a pergunta que com cer-
Você é um dos caras que ganha dinheiro com os vídeos                        teza, todos têm curiosidade e gostariam de saber.
do YouTube. Já atingiu um patamar de renda que te per-                      Chico, para que time você torce?
mita viver só por conta dos vídeos ou planeja fazer isso?
Eu não ganho dinheiro com o Youtube. Só merreca. Mas                        Torço pra que os times me deem temas legais pros
queria viver com dinheiro do Youtube sim. Hoje vivo                         meus videos. Já aconteceu de torcer contra meu time
com meu salário da Globo.                                                   porque se o jogo fosse empate eu não teria vídeo pra
                                                                            fazer. Gracas a Deus meu time perdeu e meu video foi
                                                                            ao ar no dia seguinte.

                                                                            Muito obrigado por ceder esta entrevista Chico.
                                                                            Particularmente estou muito feliz em ter entrevistado
                                                                            você, vejo todos os seus vídeos e assisto ao Chico torce-
                                                                            dor sempre quando posso. Novamente muito obrigada
                                                                            pelo seu precioso tempo e por esse ótimo bate papo.

                                                                            De nada, Ana Luisa, disponha.
                      Gravação do ‘Chico Torcedor’




                                                                                                                              PÁG | 2

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Ppt cetes
Ppt cetesPpt cetes
Ppt cetescolonc3
 
Participantes panamericano definitivo infantil
Participantes panamericano definitivo infantilParticipantes panamericano definitivo infantil
Participantes panamericano definitivo infantilPaula Gergo
 
Caucaiadobem
CaucaiadobemCaucaiadobem
CaucaiadobemE1R2I3
 
Pag 3 o cidadao ed 1409
Pag 3 o cidadao ed 1409Pag 3 o cidadao ed 1409
Pag 3 o cidadao ed 1409Rich Marvin
 
Retomada das atividades
Retomada das atividadesRetomada das atividades
Retomada das atividadesPM Costa
 
Morreu o escritor manuel antónio pina
Morreu o escritor manuel antónio pinaMorreu o escritor manuel antónio pina
Morreu o escritor manuel antónio pinaandrepaiva7a
 
Critérios pais (1)
Critérios pais (1)Critérios pais (1)
Critérios pais (1)joaofaria8
 
O mercado publicitário precisa deixar de ser careta
O mercado publicitário precisa deixar de ser caretaO mercado publicitário precisa deixar de ser careta
O mercado publicitário precisa deixar de ser caretaJosé Gabriel Navarro
 
Caucaiadobem
CaucaiadobemCaucaiadobem
CaucaiadobemE1R2I3
 
Efemerides Argentina
Efemerides ArgentinaEfemerides Argentina
Efemerides ArgentinaYamilcdis
 
Anexo 14 balanço patrimonial
Anexo 14 balanço patrimonialAnexo 14 balanço patrimonial
Anexo 14 balanço patrimonialAnahypr
 

Destaque (20)

Ppt cetes
Ppt cetesPpt cetes
Ppt cetes
 
Participantes panamericano definitivo infantil
Participantes panamericano definitivo infantilParticipantes panamericano definitivo infantil
Participantes panamericano definitivo infantil
 
Caucaiadobem
CaucaiadobemCaucaiadobem
Caucaiadobem
 
Rodaspdf
RodaspdfRodaspdf
Rodaspdf
 
Pag 3 o cidadao ed 1409
Pag 3 o cidadao ed 1409Pag 3 o cidadao ed 1409
Pag 3 o cidadao ed 1409
 
Boletim - Outubro 2012
Boletim - Outubro 2012Boletim - Outubro 2012
Boletim - Outubro 2012
 
Retomada das atividades
Retomada das atividadesRetomada das atividades
Retomada das atividades
 
Morreu o escritor manuel antónio pina
Morreu o escritor manuel antónio pinaMorreu o escritor manuel antónio pina
Morreu o escritor manuel antónio pina
 
Critérios pais (1)
Critérios pais (1)Critérios pais (1)
Critérios pais (1)
 
O mercado publicitário precisa deixar de ser careta
O mercado publicitário precisa deixar de ser caretaO mercado publicitário precisa deixar de ser careta
O mercado publicitário precisa deixar de ser careta
 
Aniversario 2012
Aniversario 2012Aniversario 2012
Aniversario 2012
 
Esquema tema 6
Esquema tema 6Esquema tema 6
Esquema tema 6
 
Caucaiadobem
CaucaiadobemCaucaiadobem
Caucaiadobem
 
Efemerides Argentina
Efemerides ArgentinaEfemerides Argentina
Efemerides Argentina
 
Portal
Portal Portal
Portal
 
08 11. armando
08 11. armando08 11. armando
08 11. armando
 
Jesus te ama
Jesus te amaJesus te ama
Jesus te ama
 
IDEA - Seminário de 21.Dezembro.2012
IDEA - Seminário de 21.Dezembro.2012IDEA - Seminário de 21.Dezembro.2012
IDEA - Seminário de 21.Dezembro.2012
 
Cemitérios
CemitériosCemitérios
Cemitérios
 
Anexo 14 balanço patrimonial
Anexo 14 balanço patrimonialAnexo 14 balanço patrimonial
Anexo 14 balanço patrimonial
 

Semelhante a Entrevista com Francisco Rezende (Chico Torcedor) - Globo Esporte

Festival 2018 - Storytelling
Festival 2018 - StorytellingFestival 2018 - Storytelling
Festival 2018 - StorytellingABCR
 
A publicidade e a entrevista teste
A publicidade e a entrevista   testeA publicidade e a entrevista   teste
A publicidade e a entrevista testePaulo Ribeiro
 
A publicidade e a entrevista teste
A publicidade e a entrevista   testeA publicidade e a entrevista   teste
A publicidade e a entrevista testePaulo Ribeiro
 
Como aprender de forma rápida.
Como aprender de forma rápida.Como aprender de forma rápida.
Como aprender de forma rápida.Bruno Lima
 
A vida passa muito rápido
A vida passa muito rápidoA vida passa muito rápido
A vida passa muito rápidoTácito Ribeiro
 
Aulas_03_e_04_EdInt_EM_Projeto_de_Vida_1_e_2_serie_Slides (1).pdf
Aulas_03_e_04_EdInt_EM_Projeto_de_Vida_1_e_2_serie_Slides (1).pdfAulas_03_e_04_EdInt_EM_Projeto_de_Vida_1_e_2_serie_Slides (1).pdf
Aulas_03_e_04_EdInt_EM_Projeto_de_Vida_1_e_2_serie_Slides (1).pdfRaimundaGonalves3
 
Aula sobre Vídeos para Curso de Branding Digital - LAJE
Aula sobre Vídeos para Curso de Branding Digital - LAJEAula sobre Vídeos para Curso de Branding Digital - LAJE
Aula sobre Vídeos para Curso de Branding Digital - LAJECamila Gadelha
 
E book-jeff-dutra-camera-e-coracao
E book-jeff-dutra-camera-e-coracaoE book-jeff-dutra-camera-e-coracao
E book-jeff-dutra-camera-e-coracaoMarcio Oliveira
 
Jogos e dinamicas_de_grupo-pessoa_com_deficiencia (2)
Jogos e dinamicas_de_grupo-pessoa_com_deficiencia (2)Jogos e dinamicas_de_grupo-pessoa_com_deficiencia (2)
Jogos e dinamicas_de_grupo-pessoa_com_deficiencia (2)Mariangela Gama
 
Jogos e Dinâmicas de grupo para pessoa com deficiência
Jogos e Dinâmicas de grupo para pessoa com deficiênciaJogos e Dinâmicas de grupo para pessoa com deficiência
Jogos e Dinâmicas de grupo para pessoa com deficiênciaRosane Domingues
 
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com DeficiênciaJogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com DeficiênciaRosane Domingues
 
Jogos e dinâmicas para pessoas com mobilidades reduzidas e afins
Jogos e dinâmicas para pessoas com mobilidades reduzidas e afins Jogos e dinâmicas para pessoas com mobilidades reduzidas e afins
Jogos e dinâmicas para pessoas com mobilidades reduzidas e afins Rosane Domingues
 
entrevista Diário de Canoas
entrevista Diário de Canoasentrevista Diário de Canoas
entrevista Diário de CanoasPoliana Lopes
 
Roteiro de atividades do Ciclo Interdisciplinar de 11 á 15 de maio 2020.
Roteiro de atividades do Ciclo Interdisciplinar de 11 á 15 de maio 2020.Roteiro de atividades do Ciclo Interdisciplinar de 11 á 15 de maio 2020.
Roteiro de atividades do Ciclo Interdisciplinar de 11 á 15 de maio 2020.escolacaiosergio
 
Take Me - Apresentação PCA ESPM - Giulia Zelesco, Renan Soares, Samantha Rosa
Take Me - Apresentação PCA ESPM - Giulia Zelesco, Renan Soares, Samantha RosaTake Me - Apresentação PCA ESPM - Giulia Zelesco, Renan Soares, Samantha Rosa
Take Me - Apresentação PCA ESPM - Giulia Zelesco, Renan Soares, Samantha RosaIsabelle Goldfarb
 
Eu tenho um projeto... Manual prático para tirar suas ideias da gaveta (AMOSTRA)
Eu tenho um projeto... Manual prático para tirar suas ideias da gaveta (AMOSTRA)Eu tenho um projeto... Manual prático para tirar suas ideias da gaveta (AMOSTRA)
Eu tenho um projeto... Manual prático para tirar suas ideias da gaveta (AMOSTRA)Letícia Tórgo
 

Semelhante a Entrevista com Francisco Rezende (Chico Torcedor) - Globo Esporte (20)

Kefera biografia
Kefera biografiaKefera biografia
Kefera biografia
 
Festival 2018 - Storytelling
Festival 2018 - StorytellingFestival 2018 - Storytelling
Festival 2018 - Storytelling
 
A publicidade e a entrevista teste
A publicidade e a entrevista   testeA publicidade e a entrevista   teste
A publicidade e a entrevista teste
 
A publicidade e a entrevista teste
A publicidade e a entrevista   testeA publicidade e a entrevista   teste
A publicidade e a entrevista teste
 
Viva com criatividade !
Viva com criatividade !Viva com criatividade !
Viva com criatividade !
 
Como aprender de forma rápida.
Como aprender de forma rápida.Como aprender de forma rápida.
Como aprender de forma rápida.
 
vídeoLAB - vídeo e realidade
vídeoLAB -  vídeo e realidadevídeoLAB -  vídeo e realidade
vídeoLAB - vídeo e realidade
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
 
A vida passa muito rápido
A vida passa muito rápidoA vida passa muito rápido
A vida passa muito rápido
 
Aulas_03_e_04_EdInt_EM_Projeto_de_Vida_1_e_2_serie_Slides (1).pdf
Aulas_03_e_04_EdInt_EM_Projeto_de_Vida_1_e_2_serie_Slides (1).pdfAulas_03_e_04_EdInt_EM_Projeto_de_Vida_1_e_2_serie_Slides (1).pdf
Aulas_03_e_04_EdInt_EM_Projeto_de_Vida_1_e_2_serie_Slides (1).pdf
 
Aula sobre Vídeos para Curso de Branding Digital - LAJE
Aula sobre Vídeos para Curso de Branding Digital - LAJEAula sobre Vídeos para Curso de Branding Digital - LAJE
Aula sobre Vídeos para Curso de Branding Digital - LAJE
 
E book-jeff-dutra-camera-e-coracao
E book-jeff-dutra-camera-e-coracaoE book-jeff-dutra-camera-e-coracao
E book-jeff-dutra-camera-e-coracao
 
Jogos e dinamicas_de_grupo-pessoa_com_deficiencia (2)
Jogos e dinamicas_de_grupo-pessoa_com_deficiencia (2)Jogos e dinamicas_de_grupo-pessoa_com_deficiencia (2)
Jogos e dinamicas_de_grupo-pessoa_com_deficiencia (2)
 
Jogos e Dinâmicas de grupo para pessoa com deficiência
Jogos e Dinâmicas de grupo para pessoa com deficiênciaJogos e Dinâmicas de grupo para pessoa com deficiência
Jogos e Dinâmicas de grupo para pessoa com deficiência
 
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com DeficiênciaJogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
 
Jogos e dinâmicas para pessoas com mobilidades reduzidas e afins
Jogos e dinâmicas para pessoas com mobilidades reduzidas e afins Jogos e dinâmicas para pessoas com mobilidades reduzidas e afins
Jogos e dinâmicas para pessoas com mobilidades reduzidas e afins
 
entrevista Diário de Canoas
entrevista Diário de Canoasentrevista Diário de Canoas
entrevista Diário de Canoas
 
Roteiro de atividades do Ciclo Interdisciplinar de 11 á 15 de maio 2020.
Roteiro de atividades do Ciclo Interdisciplinar de 11 á 15 de maio 2020.Roteiro de atividades do Ciclo Interdisciplinar de 11 á 15 de maio 2020.
Roteiro de atividades do Ciclo Interdisciplinar de 11 á 15 de maio 2020.
 
Take Me - Apresentação PCA ESPM - Giulia Zelesco, Renan Soares, Samantha Rosa
Take Me - Apresentação PCA ESPM - Giulia Zelesco, Renan Soares, Samantha RosaTake Me - Apresentação PCA ESPM - Giulia Zelesco, Renan Soares, Samantha Rosa
Take Me - Apresentação PCA ESPM - Giulia Zelesco, Renan Soares, Samantha Rosa
 
Eu tenho um projeto... Manual prático para tirar suas ideias da gaveta (AMOSTRA)
Eu tenho um projeto... Manual prático para tirar suas ideias da gaveta (AMOSTRA)Eu tenho um projeto... Manual prático para tirar suas ideias da gaveta (AMOSTRA)
Eu tenho um projeto... Manual prático para tirar suas ideias da gaveta (AMOSTRA)
 

Mais de Ana Luisa Vieira

O NEW JOURNALISM E O RELATO LITERÁRIO NÃO FICCIONAL DE TRUMAN CAPOTE EM ‘A SA...
O NEW JOURNALISM E O RELATO LITERÁRIO NÃO FICCIONAL DE TRUMAN CAPOTE EM ‘A SA...O NEW JOURNALISM E O RELATO LITERÁRIO NÃO FICCIONAL DE TRUMAN CAPOTE EM ‘A SA...
O NEW JOURNALISM E O RELATO LITERÁRIO NÃO FICCIONAL DE TRUMAN CAPOTE EM ‘A SA...Ana Luisa Vieira
 
Jornalismo e sensacionalismo
Jornalismo e sensacionalismoJornalismo e sensacionalismo
Jornalismo e sensacionalismoAna Luisa Vieira
 
Ana aplicação do código de ética.pdf
Ana aplicação do código de ética.pdfAna aplicação do código de ética.pdf
Ana aplicação do código de ética.pdfAna Luisa Vieira
 
Arquitetura da informação
Arquitetura da informaçãoArquitetura da informação
Arquitetura da informaçãoAna Luisa Vieira
 

Mais de Ana Luisa Vieira (10)

All About You
All About You All About You
All About You
 
O NEW JOURNALISM E O RELATO LITERÁRIO NÃO FICCIONAL DE TRUMAN CAPOTE EM ‘A SA...
O NEW JOURNALISM E O RELATO LITERÁRIO NÃO FICCIONAL DE TRUMAN CAPOTE EM ‘A SA...O NEW JOURNALISM E O RELATO LITERÁRIO NÃO FICCIONAL DE TRUMAN CAPOTE EM ‘A SA...
O NEW JOURNALISM E O RELATO LITERÁRIO NÃO FICCIONAL DE TRUMAN CAPOTE EM ‘A SA...
 
Jornalismo e sensacionalismo
Jornalismo e sensacionalismoJornalismo e sensacionalismo
Jornalismo e sensacionalismo
 
Estudo em tcc. 35.doc
Estudo em tcc. 35.docEstudo em tcc. 35.doc
Estudo em tcc. 35.doc
 
Informação Política
Informação PolíticaInformação Política
Informação Política
 
Ana aplicação do código de ética.pdf
Ana aplicação do código de ética.pdfAna aplicação do código de ética.pdf
Ana aplicação do código de ética.pdf
 
Arquitetura da informação
Arquitetura da informaçãoArquitetura da informação
Arquitetura da informação
 
Movimento hippie
Movimento hippieMovimento hippie
Movimento hippie
 
Crítica de mídia
Crítica de mídiaCrítica de mídia
Crítica de mídia
 
Ana fotojornalismo
Ana fotojornalismoAna fotojornalismo
Ana fotojornalismo
 

Entrevista com Francisco Rezende (Chico Torcedor) - Globo Esporte

  • 1. Ana Luisa Vieira Em uma noite de domingo, daquelas em que não se tem nada para fazer, navegando pela internet, comecei a ver uns vídeos no Youtube e me deparei com o canal do Francisco Repórter Resende. Um vloguer e jornalista de 27 anos. Seus vídeos me chamaram atenção pelo fato de abordar situações do cotidiano e pela desenvoltura e administração de diversos personagens criados e atuados por ele mesmo, com características distintas. Coincidên- cia ou não, posteriormente descobri que o Francisco Rezende é filho do grande jornalista Sidney Rezende e logo compreendi de onde deve ter vindo o enorme talento do jovem. Chico, como prefere ser chamado, concedeu uma entrevista para o canal Mul- tiformação, revelando dados de sua vida pessoal e profissional e como foi sua trajetória até parar no programa Globo Esporte. Vale a pena conferir. Chico, como surgiu a ideia inicial de postar vídeos na internet? Teve algum motivo específico? A verdade é que só comecei a fazer vídeos porque estava muito entediado no trabalho. Visitando alguns sites descobri a australiana Natalie Tran Chico, na gravação de seu último vídeo e curti o estilo de vídeo dela então decidi fazer igual. Como funciona o seu processo criativo? Você cria um roteiro antesde começar a gravar os vídeos ou só estipula o tema e vai falando oque vem na cabeça de De onde tirou a ideia de criar seus personagens improviso? com personalidades diferentes? Você já fez aula Geralmente a ideia vem e faço o roteiro em volta de teatro? dela. Sempre preciso de umas três ceninhas durante o video, um final legalzinho e uma cena extra no No começo não tinha ninguém pra me ajudar então fim. Procuro fazer o roteiro de forma que as cenas se fiz de um jeito que pudesse gravar sozinho. entrelacem no final mas nem sempre é possível. As vezes gosto de pensar em uma palavra e fazer um As personalidades foram inspiradas no filme Tudo o roteiro em volta desse tema também. É divertido! que Você Queria Saber Sobre Sexo e Tinha Medo de Perguntar, do Woody Allen. O filme tem vários cur- E com relação a parte de filmagem e edição? Você tas sobre sexo e um deles se passa durante e dentro conta com a ajuda de alguém produzindo ou faz tudo sozinho? do corpo humano. Daí que veio a ideia. Tudo sozinho pois não tenho amigos. (risos) As vezes um vídeo ou outro alguém participa ou Sua fama vem crescendo cada vez mais e me arrisco ajuda a gravar uma cena que preciso que a câmera se mova. Mas é raro. a dizer que atualmente você está na lista dos vlogs mais conhecidos do Youtube Brasil. Você alcançou Quanto tempo, em média, você leva pra gravar e a popularidade sozinho ou houve pessoas que lhe produzir um vídeo? acompanharam nessa subida? Umas 6 horas... No globo esporte em 3, 4 horas dá pra fazer. Estou longe de estar no topo do Youtube Brasil mas consegui bastante visualização graças a amigos, outros youtubers e alguns blogs que divulgaram o Quem é seu público? E o que eles procuram? meu canal nesses dois anos. Meu publico hoje em dia é composto por crianças de 11 a 13 anos. (risos) Não sei oque eles procuram... Não sou muito exemplo não. PÁG | 1
  • 2. No programa Globo Esporte, você aborda temas atuais futebolísticos e usa seus personagens assumindo as per- sonalidadesque cada torcedor tem durante uma partida de futebol. Como surgiu o convite para sua participação no pro- grama como o ‘Chico Torcedor’? Teve que alterar seu estilo com relação aos seus vídeos? E em relação a con- quistar novos públicos, foi satisfatório? O João Pedro Paes Leme me chamou pra conver- sar e chegamos nesse formatinho que dá pra ser feito rapidamente em casa, sem ajuda de ninguém. Então Bastidores de um de seus vídeos geralmente faço de madrugada para passar já no dia se- guinte. O estilo é igual ao meu, os personagens também, Existe alguma diferença em gravar para a tv e gravar como sou eu que faço tudo meio que dá no mesmo. para a internet? Pra mim não porque o Chico Torcedor foi criado para que Você acha que a comunidade dos vlogs é unida e recep- eu fizesse a mesma coisa que faço na internet para a tele- tiva ou existe uma competição entre eles? visão. Então dá no mesmo. A grande diferença é ter que buscar temas interessantes dentro do mundo do esporte. Acho que tem algumas panelinhas mas na real nem sei direito como funciona não. Quais pessoas do seu meio você admira? De uns tempos pra cá, uma galera vem cismando em Charlie McDonnell e Natalie Tran. fazer vídeos, e raros são os que realmente produzem algo interessante. Qual ésua opinião sobre essa banali- zação dos vlogs? Uma marca registrada e que você sempre faz questão de divulgar no fim dos seus vídeos é o incentivo à adoção de Acho maneiro ter mais vlogs. Ruim é que geralmente os animais. Qual asua relação com o processo de adoções vlogs são caídos ne? de animais, há alguma história por trás disso? Não tem nenhuma relação. Só acho legal divulgar, acho Você acha que existe uma fórmula de sucesso na hora que pode ajudar. Se uma pessoa adotar um animal por de criar vídeos? Que dica você dá para quem está causa do meu vídeo acho que já fiz minha parte. Quan- começando agora ou para quem já faz vídeo e não con- do os videos começaram a ter visualização eu passei a seguiu decolar? colocar isso na esperança de ajudar de alguma forma os viralatinhas no mundo. Acho que é aquela velha formula de fazer sobre algo que você conheça. Não dá pra um moleque de 12 anos fazer um vlog sobre vestibular. Acho que se focar no Qual e como é a sua relação com seus fãs no Youtube, que você sabe, estudar jeitos de edicao, falar direitinho, Twitter, Facebook? dá pra fazer um vlog legal. Mas o importante é falar so- bre temas que você conhece. Por isso que meu primeiro Odeio Twitter. Mas de vez em quando entro e respondo vídeo foi sobre pornografia e a internet discada. todo mundo. Meu facebook eu até uso mais. No Youtube eu só coloco os vídeos mesmo. Qual o seu maior sonho em âmbito profissional? Já foi reconhecido algum dia pelas ruas? Ser rico e sumir. Ir morar na Bahia, ficar barbudo e virar pescador. Já. Foi interessante. É legal ter o reconhecimento e aprovação das pessoas. Para finalizar o papo, irei fazer a pergunta que com cer- Você é um dos caras que ganha dinheiro com os vídeos teza, todos têm curiosidade e gostariam de saber. do YouTube. Já atingiu um patamar de renda que te per- Chico, para que time você torce? mita viver só por conta dos vídeos ou planeja fazer isso? Eu não ganho dinheiro com o Youtube. Só merreca. Mas Torço pra que os times me deem temas legais pros queria viver com dinheiro do Youtube sim. Hoje vivo meus videos. Já aconteceu de torcer contra meu time com meu salário da Globo. porque se o jogo fosse empate eu não teria vídeo pra fazer. Gracas a Deus meu time perdeu e meu video foi ao ar no dia seguinte. Muito obrigado por ceder esta entrevista Chico. Particularmente estou muito feliz em ter entrevistado você, vejo todos os seus vídeos e assisto ao Chico torce- dor sempre quando posso. Novamente muito obrigada pelo seu precioso tempo e por esse ótimo bate papo. De nada, Ana Luisa, disponha. Gravação do ‘Chico Torcedor’ PÁG | 2