SlideShare uma empresa Scribd logo
Mudan ç a do clima,  Qual a import â ncia?
Como é que está o tempo hoje?  100 anos
O clima está a mudar com consequências cada vez mais visíveis. Já reparaste que, um pouco por todo o mundo, as tempestades e as inundações se estão a tornar mais frequentes? Não achas que os Invernos estão mais amenos com menos neve e mais chuva e que, todos os anos, o desabrochar das flores e a chegada dos pássaros anunciam a Primavera cada vez mais cedo? Todos estes sinais apontam para uma aceleração do fenómeno das alterações climáticas, também designado aquecimento global. Se não fizermos nada, as alterações climáticas acabarão por afectar o mundo em que vivemos e alterar os modos de vida que actualmente consideramos adquiridos. Alterações climáticas — De que se trata?
O clima está a mudar por causa da forma como as pessoas vivem hoje em dia, em especial nos países mais ricos e economicamente desenvolvidos, incluindo os da União Europeia. As centrais que produzem a energia necessária para termos electricidade e aquecimento nas nossas casas, os carros e os aviões em que viajamos, as fábricas que produzem os bens que compramos e a agricultura que nos fornece o que comemos, desempenham, todos, um papel nas alterações climáticas. Causas das alterações climáticas
Efeito de Estufa Em qualquer planeta com uma atmosfera. O efeito de estufa A nossa atmosfera funciona como uma capa transparente e protectora em torno da Terra, deixando passar a luz do Sol e retendo o calor. Sem a atmosfera, o calor do Sol faria imediatamente ricochete na superfície do nosso planeta e voltaria para o espaço, pelo que a temperatura na Terra seria cerca de 30° C mais baixa e tudo congelaria. Assim, a atmosfera funciona um pouco como as paredes de vidro de uma estufa. É por isso que se fala de «efeito de estufa». Os responsáveis por este efeito são os «gases com efeito de estufa» que fazem parte da atmosfera e retêm o calor.
Energia que irradia da superfície terrestre Radiações do sol aquecem a superfície terrestre.  Com   gases de efeito de estufa: +15 graus! Os gases de efeito de estufa s ã o aquecidos pela radia çã o emitida pela terra.  Energia irradiada da atmosfera
Causas Externas Actividade solar Ó rbita terrestre Meteoritos Causas Internas Antropogénicas Emiss õ es de gases de efeito de estufa Partículas/nuvens Mudan ç as na terra - Mudan ç a do clima - Causas Internas Naturais Retribui çã o Erup çõ es vulc â nicas Acaso
Idade do g e lo Ano 1900 Ano2100? Ano 2000 A mudan ç a do clima daqui a 100 anos: Cerca de meia idade do g e lo, mas do lado quente do termómetro.
   É  fácil fazer análises estatísticas.    É  fácil fazer compara çõ es históricas.  As pessoas podem confundir “clima-temperatura” com temperatura do dia-a-dia.  A mudança do clima inclui também a precipitacão, humidade, ventos, etc.  A temperatura como uma ferramenta para medir a mudan ç a do clima.
Os gases com efeito de estufa produzidos pelo Homem O principal gás com efeito de estufa produzido pelas actividades humanas é o dióxido de carbono, que representa 75% do total das «emissões de gases com efeito de estufa» no mundo, ou seja, de todos os gases com efeito de estufa libertados para a atmosfera com os fumos e os vapores de tubos de escape, chaminés, fogos e outras fontes. O dióxido de carbono provém principalmente da queima de combustíveis fósseis como o carvão, o petróleo e o gás natural. O dióxido de carbono também desempenha um papel importante na respiração: inspiramos oxigénio e expiramos dióxido de carbono, enquanto as árvores e outras plantas absorvem CO2 para produzir oxigénio É por isso que as florestas são tão importantes, pois absorvem parte do excedente de CO2 que produzimos. No entanto, a desflorestação — o abate de árvores, o desbravamento e a queima de florestas — avança em todos continentes.
Gases de efeito de estufa Permanecem na atmosfera por 100  anos (provocam o aquecimento global) O metano e o óxido nitroso são outros gases com efeito de estufa libertados por actividades humanas. Estes gases fazem parte dos gases invisíveis provenientes de aterros sanitários, da criação de gado, do cultivo do arroz e de determinados métodos de fertilização agrícola. Partículas Permanecem na atmosfera por 1 semana (um efeito de arrefecimento )
CO 2    É  fácil fazer análises estatísticas;    É  fácil fazer compara çõ es históricas;    Existem outros gases de efeito de estufa, tanto naturais com antropogénicos;    Há outras coisas além dos gases de efeito de estufa que também afectam o clima. O dióxido de carbono é utilizado para descrever como nós estamos a afectar o clima.
O maior engano da Humanidade ” É  só a mudan ç a natural do clima” ” Quando o conhecimento científico evoluir o suficiente, podemos parar a mudan ç a do clima” ” Os outros é que t ê m de baixar as suas emiss õ es”
Muitos pequenos passos. Juntos fazem a diferen ç a.
Utiliza çã o mais eficaz da energia Energias renováveis Captura de dióxido de carbono de bio-combustíveis e de combustíveis fósseis
Os padr õ es de tempo mudam Quando, onde, com que frequ ê ncia e intensidade… A temperatura média aumenta Mais precipita çã o e mais intensa  Cheias, desloca çõ es de terra… Mais evaporacao.  Seca, eros ã o, fogos florestais…
Longa dist â ncia de travagem O clima tem…
Efeito dominó… O clima tem…
Vários processos irreversíveis. O clima tem…
SIM A mudan ç a do clima é importante.  Como é sempre.
 
Está a ficar mais quente. Há mais evapora çã o. E mais chuva. O nível da água do mar está a subir, os glaciares est ã o a derreter, as condi çõ es do tempo s ã o mais extremas... Animais ou plantas ou se adaptam ou desaparecem. As pessoas e as sociedades adaptam-se.
As calotes polares estão a derreter. A área de mar coberta por gelo árctico no Pólo Norte diminuiu 10% nas últimas décadas e a espessura do gelo sobre a água diminuiu cerca de 40%. Do outro lado do mundo, as plataformas de gelo do continente antárctico tornaram-se instáveis.
Os glaciares estão a recuar. É provável que 75% dos glaciares dos Alpes suíços desapareçam até 2050.
O nível do mar está a aumentar. Ao longo do último século, o nível do mar aumentou cerca de 10-25 cm e prevê-se que este aumento atinja os 88 cm em 2100. Na Europa, cerca de 70 milhões de habitantes das zonas costeiras podem estar em risco. Além disso, a água do mar pode penetrar em rios e contaminar os solos agrícolas e os recursos de água doce.
Fenómenos climáticos extremos – tempestades, inundações, secas e ondas de calor.  Na última década, houve três vezes mais catástrofes naturais relacionadas com o clima do que nos anos 60. A partir de 2070, pode ocorrer na Europa uma onda de calor semelhante à de 2003 de dois em dois anos. O Verão escaldante de 2003 contribuiu para a morte precoce de cerca de 20 000 europeus, desencadeou incêndios florestais de larga escala e provocou prejuízos agrícolas com um valor superior a 10 mil milhões de euros.
 
 
Perda de biodiversidade.  Muitos animais e plantas não conseguirão suportar as alterações nas temperaturas. Espécies como o urso polar, a foca, a morsa e o pinguim são particularmente vulneráveis.
 
Pede ajuda aos teus pais para programar o term ó stato da tua casa, de forma a que a temperatura des ç a at é  aos 17°C durante a noite ou quando a casa est á  vazia, e volte novamente aos confort á veis 20°C  à  hora de acordar ou quando a fam í lia regressa a casa. Toma um duche em vez de um banho de imersão  –  poupas  á gua e gastas quatro vezes menos energia. Quando preparares uma bebida quente, ferve apenas a quantidade de  á gua de que precisas. Não aqueças demasiado a tua casa. Se baixares a temperatura em apenas 1°C podes reduzir a factura de energia da tua família em cerca de 7%. Em Portugal, 17% da energia utilizada pelos agregados familiares destina-se ao aquecimento.
Quando arejares o teu quarto, deixa a janela bem aberta durante alguns minutos e depois volta a fech á -la, em vez de deixar o calor escapar durante um longo per í odo de tempo. Descongela o teu frigor í fico regularmente. Podes poupar at é  30% da energia utilizada.  Não regules o teu frigor í fico para a temperatura mais baixa. Uma temperatura inferior a 4°C apenas consome mais energia; não ajuda a preservar os alimentos frescos por mais tempo. Não ponhas alimentos quentes ou mornos no frigor í fico. Deixa-os arrefecer primeiro e coloca-os no frigor í fico depois.
Não te esqueças de desligar as lâmpadas quando não precisas delas. Não deixes a televisão, a aparelhagem de som ou o computador em modo de espera. Em média, uma televisão usa 45% da sua energia em modo de espera. Se todos os europeus evitassem utilizar o modo de espera dos equipamentos, poupariam energia suficiente para abastecer um país do tamanho da Bélgica. Além disso, não deixes o carregador do teu telemóvel ligado à corrente depois de teres carregado a bateria. Se o fizeres, 95% da electricidade é desperdiçada – apenas 5% é utilizada para carregar o teu telemóvel.
Sugere aos teus pais que utilizem lâmpadas economizadoras de energia – duram mais tempo e gastam cinco vezes menos energia que as lâmpadas convencionais. Quando os teus pais comprarem novos electrodomésticos (frigoríficos, máquinas de lavar, etc.), sugere-lhes que escolham um electrodoméstico que tenha a etiqueta de eficiência energética “A” ou A+ ou mesmo A++ o que significa mais eficiente. Se fechares a torneira enquanto escovas os dentes, poupas vários litros de água.
Quando fizeres compras, usa um saco reutilizável. Separa para reciclagem as embalagens de vidro, o papel e o cartão, o plástico e o metal. A reciclagem de latas de alumínio consome dez vezes menos energia do que a sua nova produção. As fábricas de papel utilizam muito menos energia se produzirem papel a partir de jornais velhos de que se o fizerem a partir de pasta de madeira.
Se tens um jardim, faz a compostagem dos resíduos orgânicos da tua cozinha no jardim.  Escolhe produtos com pouca embalagem, e compra embalagens recarregáveis sempre que puderes. Leva o teu almo ç o para a escola numa recipiente reutiliz á vel em vez de usares papel de alum í nio ou um saco de papel.
Para pequenas distâncias, de poucos quil ó metros, evita usar a tua moto ou o teu carro. Em vez disso, anda a p é  ou de bicicleta!  Para distâncias maiores, apanha o metro, o autocarro ou o comboio.  Sempre que puderes, evita tamb é m as viagens de avião  –  os aviões emitem uma enorme quantidade de CO2 para a atmosfera. As viagens a é reas são a fonte de emissões de CO2 com mais r á pido crescimento no mundo.
Se os teus pais estiverem a pensar comprar um autom ó vel, sugere-lhes que comprem um modelo pequeno e eficiente no consumo de combust í vel  –  al é m de protegerem o ambiente, irão poupar dinheiro na factura do combust í vel! Ao abrigo da legisla ç ão comunit á ria, os fabricantes de autom ó veis têm de fornecer informa ç ões sobre as emissões de CO2 e o consumo de combust í vel. Consulta o  “ Guia do consumo de combust í vel e de emissões de CO2 ” .
Planta uma árvore na tua escola, no teu jardim ou no teu bairro! Cinco árvores absorvem cerca de uma tonelada de CO2 ao longo da sua vida.  Procura produtos com o rótulo ecológico da UE, que tem o símbolo de uma flor, em lojas e supermercados.  Usa a menor quantidade de papel possível: faz fotocópias em frente e verso, usa o  e-mail  em vez do correio tradicional.
Consome alimentos produzidos localmente, da época. Não só é mais saudável como é melhor para o ambiente, dado que requerem menor quantidade de energia para a sua produção e transporte! Come menos carne. A produção de carne provoca uma enorme quantidade de emissões de CO2.
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Planetinha e sua turma: ABC da Mudança Climática
Planetinha e sua turma: ABC da Mudança ClimáticaPlanetinha e sua turma: ABC da Mudança Climática
Planetinha e sua turma: ABC da Mudança Climática
Guellity Marcel
 
Aquecimento Global
Aquecimento GlobalAquecimento Global
Aquecimento Global
ddevilela
 
Efeito estufa
Efeito estufaEfeito estufa
Efeito estufa
Luiz Henrique Ferreira
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
claudiapinto7a
 
Aquecimento global 9e
Aquecimento global 9eAquecimento global 9e
Aquecimento global 9e
Mayjö .
 
O aquecimento global e suas catastróficas conseqüências
O aquecimento global e suas catastróficas conseqüênciasO aquecimento global e suas catastróficas conseqüências
O aquecimento global e suas catastróficas conseqüências
Fernando Alcoforado
 
Alterações Climáticas
Alterações Climáticas Alterações Climáticas
Alterações Climáticas
malex86
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
Prof.Paulo/geografia
 
Alterações Climáticas
Alterações ClimáticasAlterações Climáticas
Alterações Climáticas
Michele Pó
 
Aquecimento global UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE MOCAMBIQUE
Aquecimento global UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE MOCAMBIQUEAquecimento global UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE MOCAMBIQUE
Aquecimento global UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE MOCAMBIQUE
Mussagy Sidine Massango
 
Cartilha clima aquecimento global
Cartilha clima aquecimento globalCartilha clima aquecimento global
Cartilha clima aquecimento global
Éric Santos
 
Efeito Estufa
Efeito EstufaEfeito Estufa
Efeito Estufa
arirodriguess
 
O aquecimento global 9.3 andreia
O aquecimento global  9.3  andreiaO aquecimento global  9.3  andreia
O aquecimento global 9.3 andreia
Mayjö .
 
Aquecimento global 9B
Aquecimento global 9BAquecimento global 9B
Aquecimento global 9B
Nádya Dixon
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
Luan Furtado
 
Fenômenos Atmosféricos
Fenômenos AtmosféricosFenômenos Atmosféricos
Fenômenos Atmosféricos
7 de Setembro
 
Aquecimento global & efeito estufa
Aquecimento global & efeito estufaAquecimento global & efeito estufa
Aquecimento global & efeito estufa
Tayane Medrado
 
Mudancas climaticas - INPE
Mudancas climaticas - INPEMudancas climaticas - INPE
Mudancas climaticas - INPE
Guellity Marcel
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
Mayjö .
 
Poluição do Ar, por Cassiano Queiroz, João,Marciano
Poluição do Ar, por Cassiano Queiroz, João,MarcianoPoluição do Ar, por Cassiano Queiroz, João,Marciano
Poluição do Ar, por Cassiano Queiroz, João,Marciano
Estado do RS
 

Mais procurados (20)

Planetinha e sua turma: ABC da Mudança Climática
Planetinha e sua turma: ABC da Mudança ClimáticaPlanetinha e sua turma: ABC da Mudança Climática
Planetinha e sua turma: ABC da Mudança Climática
 
Aquecimento Global
Aquecimento GlobalAquecimento Global
Aquecimento Global
 
Efeito estufa
Efeito estufaEfeito estufa
Efeito estufa
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Aquecimento global 9e
Aquecimento global 9eAquecimento global 9e
Aquecimento global 9e
 
O aquecimento global e suas catastróficas conseqüências
O aquecimento global e suas catastróficas conseqüênciasO aquecimento global e suas catastróficas conseqüências
O aquecimento global e suas catastróficas conseqüências
 
Alterações Climáticas
Alterações Climáticas Alterações Climáticas
Alterações Climáticas
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Alterações Climáticas
Alterações ClimáticasAlterações Climáticas
Alterações Climáticas
 
Aquecimento global UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE MOCAMBIQUE
Aquecimento global UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE MOCAMBIQUEAquecimento global UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE MOCAMBIQUE
Aquecimento global UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE MOCAMBIQUE
 
Cartilha clima aquecimento global
Cartilha clima aquecimento globalCartilha clima aquecimento global
Cartilha clima aquecimento global
 
Efeito Estufa
Efeito EstufaEfeito Estufa
Efeito Estufa
 
O aquecimento global 9.3 andreia
O aquecimento global  9.3  andreiaO aquecimento global  9.3  andreia
O aquecimento global 9.3 andreia
 
Aquecimento global 9B
Aquecimento global 9BAquecimento global 9B
Aquecimento global 9B
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Fenômenos Atmosféricos
Fenômenos AtmosféricosFenômenos Atmosféricos
Fenômenos Atmosféricos
 
Aquecimento global & efeito estufa
Aquecimento global & efeito estufaAquecimento global & efeito estufa
Aquecimento global & efeito estufa
 
Mudancas climaticas - INPE
Mudancas climaticas - INPEMudancas climaticas - INPE
Mudancas climaticas - INPE
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Poluição do Ar, por Cassiano Queiroz, João,Marciano
Poluição do Ar, por Cassiano Queiroz, João,MarcianoPoluição do Ar, por Cassiano Queiroz, João,Marciano
Poluição do Ar, por Cassiano Queiroz, João,Marciano
 

Semelhante a Ambiente

Alterações Climáticas
Alterações ClimáticasAlterações Climáticas
Alterações Climáticas
Paula Morgado
 
Alterações Climáticas
Alterações ClimáticasAlterações Climáticas
Alterações Climáticas
catarinaferreira
 
Apresenta..(1)
Apresenta..(1)Apresenta..(1)
Apresenta..(1)
Maria
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
mehsama
 
UltimáTum A Terra
UltimáTum A  TerraUltimáTum A  Terra
UltimáTum A Terra
maria abuin
 
Alterações Climáticas
Alterações ClimáticasAlterações Climáticas
Alterações Climáticas
FMUC-Unit of Biophysics - IBILI
 
Mudanças climáticas riscos
Mudanças climáticas riscosMudanças climáticas riscos
Mudanças climáticas riscos
Procivilednap
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
Edna Silva
 
Aquecimento Global
Aquecimento GlobalAquecimento Global
Aquecimento Global
demar
 
Problemas ambientais
Problemas ambientaisProblemas ambientais
Problemas ambientais
Paulo Magalhães
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
Florbela Baptista
 
Ppt aquecimento global
Ppt aquecimento globalPpt aquecimento global
Ppt aquecimento global
CatarinaKaulitz
 
1237833847 ppt1 pt
1237833847 ppt1 pt1237833847 ppt1 pt
1237833847 ppt1 pt
Pelo Siro
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
Luan Furtado
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
Luan Furtado
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
Luan Furtado
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
Luan Furtado
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
Luan Furtado
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
Luan Furtado
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
Luan Furtado
 

Semelhante a Ambiente (20)

Alterações Climáticas
Alterações ClimáticasAlterações Climáticas
Alterações Climáticas
 
Alterações Climáticas
Alterações ClimáticasAlterações Climáticas
Alterações Climáticas
 
Apresenta..(1)
Apresenta..(1)Apresenta..(1)
Apresenta..(1)
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
UltimáTum A Terra
UltimáTum A  TerraUltimáTum A  Terra
UltimáTum A Terra
 
Alterações Climáticas
Alterações ClimáticasAlterações Climáticas
Alterações Climáticas
 
Mudanças climáticas riscos
Mudanças climáticas riscosMudanças climáticas riscos
Mudanças climáticas riscos
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Aquecimento Global
Aquecimento GlobalAquecimento Global
Aquecimento Global
 
Problemas ambientais
Problemas ambientaisProblemas ambientais
Problemas ambientais
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Ppt aquecimento global
Ppt aquecimento globalPpt aquecimento global
Ppt aquecimento global
 
1237833847 ppt1 pt
1237833847 ppt1 pt1237833847 ppt1 pt
1237833847 ppt1 pt
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 

Ambiente

  • 1. Mudan ç a do clima, Qual a import â ncia?
  • 2. Como é que está o tempo hoje? 100 anos
  • 3. O clima está a mudar com consequências cada vez mais visíveis. Já reparaste que, um pouco por todo o mundo, as tempestades e as inundações se estão a tornar mais frequentes? Não achas que os Invernos estão mais amenos com menos neve e mais chuva e que, todos os anos, o desabrochar das flores e a chegada dos pássaros anunciam a Primavera cada vez mais cedo? Todos estes sinais apontam para uma aceleração do fenómeno das alterações climáticas, também designado aquecimento global. Se não fizermos nada, as alterações climáticas acabarão por afectar o mundo em que vivemos e alterar os modos de vida que actualmente consideramos adquiridos. Alterações climáticas — De que se trata?
  • 4. O clima está a mudar por causa da forma como as pessoas vivem hoje em dia, em especial nos países mais ricos e economicamente desenvolvidos, incluindo os da União Europeia. As centrais que produzem a energia necessária para termos electricidade e aquecimento nas nossas casas, os carros e os aviões em que viajamos, as fábricas que produzem os bens que compramos e a agricultura que nos fornece o que comemos, desempenham, todos, um papel nas alterações climáticas. Causas das alterações climáticas
  • 5. Efeito de Estufa Em qualquer planeta com uma atmosfera. O efeito de estufa A nossa atmosfera funciona como uma capa transparente e protectora em torno da Terra, deixando passar a luz do Sol e retendo o calor. Sem a atmosfera, o calor do Sol faria imediatamente ricochete na superfície do nosso planeta e voltaria para o espaço, pelo que a temperatura na Terra seria cerca de 30° C mais baixa e tudo congelaria. Assim, a atmosfera funciona um pouco como as paredes de vidro de uma estufa. É por isso que se fala de «efeito de estufa». Os responsáveis por este efeito são os «gases com efeito de estufa» que fazem parte da atmosfera e retêm o calor.
  • 6. Energia que irradia da superfície terrestre Radiações do sol aquecem a superfície terrestre. Com gases de efeito de estufa: +15 graus! Os gases de efeito de estufa s ã o aquecidos pela radia çã o emitida pela terra. Energia irradiada da atmosfera
  • 7. Causas Externas Actividade solar Ó rbita terrestre Meteoritos Causas Internas Antropogénicas Emiss õ es de gases de efeito de estufa Partículas/nuvens Mudan ç as na terra - Mudan ç a do clima - Causas Internas Naturais Retribui çã o Erup çõ es vulc â nicas Acaso
  • 8. Idade do g e lo Ano 1900 Ano2100? Ano 2000 A mudan ç a do clima daqui a 100 anos: Cerca de meia idade do g e lo, mas do lado quente do termómetro.
  • 9. É fácil fazer análises estatísticas.  É fácil fazer compara çõ es históricas. As pessoas podem confundir “clima-temperatura” com temperatura do dia-a-dia. A mudança do clima inclui também a precipitacão, humidade, ventos, etc. A temperatura como uma ferramenta para medir a mudan ç a do clima.
  • 10. Os gases com efeito de estufa produzidos pelo Homem O principal gás com efeito de estufa produzido pelas actividades humanas é o dióxido de carbono, que representa 75% do total das «emissões de gases com efeito de estufa» no mundo, ou seja, de todos os gases com efeito de estufa libertados para a atmosfera com os fumos e os vapores de tubos de escape, chaminés, fogos e outras fontes. O dióxido de carbono provém principalmente da queima de combustíveis fósseis como o carvão, o petróleo e o gás natural. O dióxido de carbono também desempenha um papel importante na respiração: inspiramos oxigénio e expiramos dióxido de carbono, enquanto as árvores e outras plantas absorvem CO2 para produzir oxigénio É por isso que as florestas são tão importantes, pois absorvem parte do excedente de CO2 que produzimos. No entanto, a desflorestação — o abate de árvores, o desbravamento e a queima de florestas — avança em todos continentes.
  • 11. Gases de efeito de estufa Permanecem na atmosfera por 100 anos (provocam o aquecimento global) O metano e o óxido nitroso são outros gases com efeito de estufa libertados por actividades humanas. Estes gases fazem parte dos gases invisíveis provenientes de aterros sanitários, da criação de gado, do cultivo do arroz e de determinados métodos de fertilização agrícola. Partículas Permanecem na atmosfera por 1 semana (um efeito de arrefecimento )
  • 12. CO 2  É fácil fazer análises estatísticas;  É fácil fazer compara çõ es históricas;  Existem outros gases de efeito de estufa, tanto naturais com antropogénicos;  Há outras coisas além dos gases de efeito de estufa que também afectam o clima. O dióxido de carbono é utilizado para descrever como nós estamos a afectar o clima.
  • 13. O maior engano da Humanidade ” É só a mudan ç a natural do clima” ” Quando o conhecimento científico evoluir o suficiente, podemos parar a mudan ç a do clima” ” Os outros é que t ê m de baixar as suas emiss õ es”
  • 14. Muitos pequenos passos. Juntos fazem a diferen ç a.
  • 15. Utiliza çã o mais eficaz da energia Energias renováveis Captura de dióxido de carbono de bio-combustíveis e de combustíveis fósseis
  • 16. Os padr õ es de tempo mudam Quando, onde, com que frequ ê ncia e intensidade… A temperatura média aumenta Mais precipita çã o e mais intensa Cheias, desloca çõ es de terra… Mais evaporacao. Seca, eros ã o, fogos florestais…
  • 17. Longa dist â ncia de travagem O clima tem…
  • 18. Efeito dominó… O clima tem…
  • 20. SIM A mudan ç a do clima é importante. Como é sempre.
  • 21.  
  • 22. Está a ficar mais quente. Há mais evapora çã o. E mais chuva. O nível da água do mar está a subir, os glaciares est ã o a derreter, as condi çõ es do tempo s ã o mais extremas... Animais ou plantas ou se adaptam ou desaparecem. As pessoas e as sociedades adaptam-se.
  • 23. As calotes polares estão a derreter. A área de mar coberta por gelo árctico no Pólo Norte diminuiu 10% nas últimas décadas e a espessura do gelo sobre a água diminuiu cerca de 40%. Do outro lado do mundo, as plataformas de gelo do continente antárctico tornaram-se instáveis.
  • 24. Os glaciares estão a recuar. É provável que 75% dos glaciares dos Alpes suíços desapareçam até 2050.
  • 25. O nível do mar está a aumentar. Ao longo do último século, o nível do mar aumentou cerca de 10-25 cm e prevê-se que este aumento atinja os 88 cm em 2100. Na Europa, cerca de 70 milhões de habitantes das zonas costeiras podem estar em risco. Além disso, a água do mar pode penetrar em rios e contaminar os solos agrícolas e os recursos de água doce.
  • 26. Fenómenos climáticos extremos – tempestades, inundações, secas e ondas de calor. Na última década, houve três vezes mais catástrofes naturais relacionadas com o clima do que nos anos 60. A partir de 2070, pode ocorrer na Europa uma onda de calor semelhante à de 2003 de dois em dois anos. O Verão escaldante de 2003 contribuiu para a morte precoce de cerca de 20 000 europeus, desencadeou incêndios florestais de larga escala e provocou prejuízos agrícolas com um valor superior a 10 mil milhões de euros.
  • 27.  
  • 28.  
  • 29. Perda de biodiversidade. Muitos animais e plantas não conseguirão suportar as alterações nas temperaturas. Espécies como o urso polar, a foca, a morsa e o pinguim são particularmente vulneráveis.
  • 30.  
  • 31. Pede ajuda aos teus pais para programar o term ó stato da tua casa, de forma a que a temperatura des ç a at é aos 17°C durante a noite ou quando a casa est á vazia, e volte novamente aos confort á veis 20°C à hora de acordar ou quando a fam í lia regressa a casa. Toma um duche em vez de um banho de imersão – poupas á gua e gastas quatro vezes menos energia. Quando preparares uma bebida quente, ferve apenas a quantidade de á gua de que precisas. Não aqueças demasiado a tua casa. Se baixares a temperatura em apenas 1°C podes reduzir a factura de energia da tua família em cerca de 7%. Em Portugal, 17% da energia utilizada pelos agregados familiares destina-se ao aquecimento.
  • 32. Quando arejares o teu quarto, deixa a janela bem aberta durante alguns minutos e depois volta a fech á -la, em vez de deixar o calor escapar durante um longo per í odo de tempo. Descongela o teu frigor í fico regularmente. Podes poupar at é 30% da energia utilizada. Não regules o teu frigor í fico para a temperatura mais baixa. Uma temperatura inferior a 4°C apenas consome mais energia; não ajuda a preservar os alimentos frescos por mais tempo. Não ponhas alimentos quentes ou mornos no frigor í fico. Deixa-os arrefecer primeiro e coloca-os no frigor í fico depois.
  • 33. Não te esqueças de desligar as lâmpadas quando não precisas delas. Não deixes a televisão, a aparelhagem de som ou o computador em modo de espera. Em média, uma televisão usa 45% da sua energia em modo de espera. Se todos os europeus evitassem utilizar o modo de espera dos equipamentos, poupariam energia suficiente para abastecer um país do tamanho da Bélgica. Além disso, não deixes o carregador do teu telemóvel ligado à corrente depois de teres carregado a bateria. Se o fizeres, 95% da electricidade é desperdiçada – apenas 5% é utilizada para carregar o teu telemóvel.
  • 34. Sugere aos teus pais que utilizem lâmpadas economizadoras de energia – duram mais tempo e gastam cinco vezes menos energia que as lâmpadas convencionais. Quando os teus pais comprarem novos electrodomésticos (frigoríficos, máquinas de lavar, etc.), sugere-lhes que escolham um electrodoméstico que tenha a etiqueta de eficiência energética “A” ou A+ ou mesmo A++ o que significa mais eficiente. Se fechares a torneira enquanto escovas os dentes, poupas vários litros de água.
  • 35. Quando fizeres compras, usa um saco reutilizável. Separa para reciclagem as embalagens de vidro, o papel e o cartão, o plástico e o metal. A reciclagem de latas de alumínio consome dez vezes menos energia do que a sua nova produção. As fábricas de papel utilizam muito menos energia se produzirem papel a partir de jornais velhos de que se o fizerem a partir de pasta de madeira.
  • 36. Se tens um jardim, faz a compostagem dos resíduos orgânicos da tua cozinha no jardim. Escolhe produtos com pouca embalagem, e compra embalagens recarregáveis sempre que puderes. Leva o teu almo ç o para a escola numa recipiente reutiliz á vel em vez de usares papel de alum í nio ou um saco de papel.
  • 37. Para pequenas distâncias, de poucos quil ó metros, evita usar a tua moto ou o teu carro. Em vez disso, anda a p é ou de bicicleta! Para distâncias maiores, apanha o metro, o autocarro ou o comboio. Sempre que puderes, evita tamb é m as viagens de avião – os aviões emitem uma enorme quantidade de CO2 para a atmosfera. As viagens a é reas são a fonte de emissões de CO2 com mais r á pido crescimento no mundo.
  • 38. Se os teus pais estiverem a pensar comprar um autom ó vel, sugere-lhes que comprem um modelo pequeno e eficiente no consumo de combust í vel – al é m de protegerem o ambiente, irão poupar dinheiro na factura do combust í vel! Ao abrigo da legisla ç ão comunit á ria, os fabricantes de autom ó veis têm de fornecer informa ç ões sobre as emissões de CO2 e o consumo de combust í vel. Consulta o “ Guia do consumo de combust í vel e de emissões de CO2 ” .
  • 39. Planta uma árvore na tua escola, no teu jardim ou no teu bairro! Cinco árvores absorvem cerca de uma tonelada de CO2 ao longo da sua vida. Procura produtos com o rótulo ecológico da UE, que tem o símbolo de uma flor, em lojas e supermercados. Usa a menor quantidade de papel possível: faz fotocópias em frente e verso, usa o e-mail em vez do correio tradicional.
  • 40. Consome alimentos produzidos localmente, da época. Não só é mais saudável como é melhor para o ambiente, dado que requerem menor quantidade de energia para a sua produção e transporte! Come menos carne. A produção de carne provoca uma enorme quantidade de emissões de CO2.
  • 41.