SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
A CIÊNCIA E
SEUS MÉTODOS
PROFESSOR ÍTALO COLARES
INTRODUÇÃO
• CIÊNCIAS
EMPÍRICAS
• CIÊNCIAS NÃO-
EMPÍRICAS
• DEPENDEM
DA
EXPERIÊNCIA
PARA QUE
• NÃO
PRECISAM DA
EXPERIÊNCIA
PARA SUAS
AS CIÊNCIAS EMPÍRICAS podem
ser divididas em:
CIÊNCIAS DA
NATUREZA
CIÊNCIAS
HUMANAS
AS CIÊNCIAS DA
NATUREZA
PROBLEMA
• A
PARTIR
DAQUI
COMEÇ
A O
PROCE
SSO
HIPÓTESE
• ESTABELECE AS
CONDIÇÕES PARA
SEU CONTROLE, A
FIM DE CONFIRMÁ-LA
OU NÃO.
CONCLUSÃO
• SE NÃO CHEGAR
A UMA NO FIM DO
PROCESSO
COMEÇA TUDO
DE NOVO
EXPERIMENTAL
• OBSERVAÇÃO  HIPÓTESE
EXPERIMENTAÇÃO GENERALIZAÇÃO
HIPÓTESE
• O PRIMEIRO DESAFIO CONSISTE
JUSTAMENTE EM SELECIONAR OS
FATOS MAIS RELEVANTES, ENTRE
TANTOS OBESERVADOS.
DA HIPÓTESE
• A AVALIAÇÃO DA HIPÓTESE PELA
EXPERIÊNCIA É FEITA DE
INÚMERAS
MANEIRAS, DEPENDENDO DAS
TÉCNICAS DISPONÍVEIS E TAMBÉM
DO TIPO DE CIÊNCIA
CONSIDERADO.
• ALGUMAS CIÊNCIAS OFEREM
POSSIBILIDADES DE CONTROLE
MAIS RIGOROSO, POR MEIO DA
EXPERIMENTAÇÃO.
GENERALIZAÇÃO
• SOMENTE QUANDO O
RESULTADO FOR POSITIVO
, SERÁ POSSÍVEL FAZER
GENERALIZAÇÕES OU
FORMULAR LEIS PELAS QUAIS
SERÃO DESCRITAS AS
REGULARIDADES DOS
FENÔMENOS.
• A GRANDE FORÇA DO MÉTODO
CIÊNTIFICO ESTÁ NA
LEIS NATURAIS
• GENERALIZAÇÕES
EMPÍRICAS: Ou lei
particulares, resultam da
observação de casos
particulares, partir dos
quais se conclui uma
geral
• LEIS TEÓRICAS: São
leis mais gerais e
abrangentes, que
reúnem as diversas
O MÉTODO DAS CIÊNCIAS
HUMANAS
• OS ASSUNTOS REFERENTES AO
COMPORTAMENTO HUMANO ERAM
OBJETO DE ESTUDO DA FILOSOFIA; MAS
COM O DESENVOLVIMENTO DAS CIÊNCIAS
DA NATUREZA, DESEJOU-SE ESTENDER A
ELES O RIGOR DO MÉTODO, FAZENDO
NASCER AS CIÊNCIAS HUMANAS.
NO ENTANTO, A COMPLEXIDADE
DOS ATOS HUMANOS...... OFERECE VÁRIAS
DIFICULDADES, PODEMOS
DESTACAR:

Mais conteúdo relacionado

Mais de Italo Colares

Mod. 05 cap. 04 as mutações da família.
Mod. 05 cap. 04 as mutações da família.Mod. 05 cap. 04 as mutações da família.
Mod. 05 cap. 04 as mutações da família.Italo Colares
 
Mod. 05 cap. 03 consumo e lazer.
Mod. 05 cap. 03 consumo e lazer.Mod. 05 cap. 03 consumo e lazer.
Mod. 05 cap. 03 consumo e lazer.Italo Colares
 
Trabalho e alienação
Trabalho e alienaçãoTrabalho e alienação
Trabalho e alienaçãoItalo Colares
 
Filosofia introdução
Filosofia   introduçãoFilosofia   introdução
Filosofia introduçãoItalo Colares
 
Frases de Pensadores
Frases de PensadoresFrases de Pensadores
Frases de PensadoresItalo Colares
 
Unificações europeias
Unificações europeias Unificações europeias
Unificações europeias Italo Colares
 
Filosofia ENEM Aula Palestra
Filosofia ENEM Aula PalestraFilosofia ENEM Aula Palestra
Filosofia ENEM Aula PalestraItalo Colares
 
Violência e concórdia
Violência e concórdiaViolência e concórdia
Violência e concórdiaItalo Colares
 
Desafio democrático
Desafio democráticoDesafio democrático
Desafio democráticoItalo Colares
 
Periodo entre guerras
Periodo entre guerrasPeriodo entre guerras
Periodo entre guerrasItalo Colares
 
O conhecimento mítico
O conhecimento míticoO conhecimento mítico
O conhecimento míticoItalo Colares
 
Instituicoes Sociais
Instituicoes SociaisInstituicoes Sociais
Instituicoes SociaisItalo Colares
 
O estado contemporaneo
O estado contemporaneoO estado contemporaneo
O estado contemporaneoItalo Colares
 
A sociologia aplicada ao cotidiano
A sociologia aplicada ao cotidianoA sociologia aplicada ao cotidiano
A sociologia aplicada ao cotidianoItalo Colares
 
O trabalho em nossa vida.
O trabalho em nossa vida.O trabalho em nossa vida.
O trabalho em nossa vida.Italo Colares
 

Mais de Italo Colares (20)

Mod. 05 cap. 04 as mutações da família.
Mod. 05 cap. 04 as mutações da família.Mod. 05 cap. 04 as mutações da família.
Mod. 05 cap. 04 as mutações da família.
 
Mod. 05 cap. 03 consumo e lazer.
Mod. 05 cap. 03 consumo e lazer.Mod. 05 cap. 03 consumo e lazer.
Mod. 05 cap. 03 consumo e lazer.
 
Sociologia. Tribos.
Sociologia. Tribos.Sociologia. Tribos.
Sociologia. Tribos.
 
Trabalho e alienação
Trabalho e alienaçãoTrabalho e alienação
Trabalho e alienação
 
Filosofia introdução
Filosofia   introduçãoFilosofia   introdução
Filosofia introdução
 
Frases de Pensadores
Frases de PensadoresFrases de Pensadores
Frases de Pensadores
 
Cultura no Plural
Cultura no PluralCultura no Plural
Cultura no Plural
 
Samba e a mpb
Samba e a mpbSamba e a mpb
Samba e a mpb
 
Unificações europeias
Unificações europeias Unificações europeias
Unificações europeias
 
Filosofia ENEM Aula Palestra
Filosofia ENEM Aula PalestraFilosofia ENEM Aula Palestra
Filosofia ENEM Aula Palestra
 
Violência e concórdia
Violência e concórdiaViolência e concórdia
Violência e concórdia
 
Desafio democrático
Desafio democráticoDesafio democrático
Desafio democrático
 
O que são valores?
O que são valores?O que são valores?
O que são valores?
 
Periodo entre guerras
Periodo entre guerrasPeriodo entre guerras
Periodo entre guerras
 
O conhecimento mítico
O conhecimento míticoO conhecimento mítico
O conhecimento mítico
 
Instituicoes Sociais
Instituicoes SociaisInstituicoes Sociais
Instituicoes Sociais
 
O estado contemporaneo
O estado contemporaneoO estado contemporaneo
O estado contemporaneo
 
A sociologia aplicada ao cotidiano
A sociologia aplicada ao cotidianoA sociologia aplicada ao cotidiano
A sociologia aplicada ao cotidiano
 
O trabalho em nossa vida.
O trabalho em nossa vida.O trabalho em nossa vida.
O trabalho em nossa vida.
 
Cultura e arte
Cultura e arteCultura e arte
Cultura e arte
 

A ciência e seus métodos2

  • 1. A CIÊNCIA E SEUS MÉTODOS PROFESSOR ÍTALO COLARES
  • 2. INTRODUÇÃO • CIÊNCIAS EMPÍRICAS • CIÊNCIAS NÃO- EMPÍRICAS • DEPENDEM DA EXPERIÊNCIA PARA QUE • NÃO PRECISAM DA EXPERIÊNCIA PARA SUAS
  • 3. AS CIÊNCIAS EMPÍRICAS podem ser divididas em: CIÊNCIAS DA NATUREZA CIÊNCIAS HUMANAS
  • 4. AS CIÊNCIAS DA NATUREZA PROBLEMA • A PARTIR DAQUI COMEÇ A O PROCE SSO HIPÓTESE • ESTABELECE AS CONDIÇÕES PARA SEU CONTROLE, A FIM DE CONFIRMÁ-LA OU NÃO. CONCLUSÃO • SE NÃO CHEGAR A UMA NO FIM DO PROCESSO COMEÇA TUDO DE NOVO
  • 5. EXPERIMENTAL • OBSERVAÇÃO  HIPÓTESE EXPERIMENTAÇÃO GENERALIZAÇÃO
  • 6. HIPÓTESE • O PRIMEIRO DESAFIO CONSISTE JUSTAMENTE EM SELECIONAR OS FATOS MAIS RELEVANTES, ENTRE TANTOS OBESERVADOS.
  • 7. DA HIPÓTESE • A AVALIAÇÃO DA HIPÓTESE PELA EXPERIÊNCIA É FEITA DE INÚMERAS MANEIRAS, DEPENDENDO DAS TÉCNICAS DISPONÍVEIS E TAMBÉM DO TIPO DE CIÊNCIA CONSIDERADO. • ALGUMAS CIÊNCIAS OFEREM POSSIBILIDADES DE CONTROLE MAIS RIGOROSO, POR MEIO DA EXPERIMENTAÇÃO.
  • 8. GENERALIZAÇÃO • SOMENTE QUANDO O RESULTADO FOR POSITIVO , SERÁ POSSÍVEL FAZER GENERALIZAÇÕES OU FORMULAR LEIS PELAS QUAIS SERÃO DESCRITAS AS REGULARIDADES DOS FENÔMENOS. • A GRANDE FORÇA DO MÉTODO CIÊNTIFICO ESTÁ NA
  • 9. LEIS NATURAIS • GENERALIZAÇÕES EMPÍRICAS: Ou lei particulares, resultam da observação de casos particulares, partir dos quais se conclui uma geral • LEIS TEÓRICAS: São leis mais gerais e abrangentes, que reúnem as diversas
  • 10. O MÉTODO DAS CIÊNCIAS HUMANAS • OS ASSUNTOS REFERENTES AO COMPORTAMENTO HUMANO ERAM OBJETO DE ESTUDO DA FILOSOFIA; MAS COM O DESENVOLVIMENTO DAS CIÊNCIAS DA NATUREZA, DESEJOU-SE ESTENDER A ELES O RIGOR DO MÉTODO, FAZENDO NASCER AS CIÊNCIAS HUMANAS.
  • 11. NO ENTANTO, A COMPLEXIDADE DOS ATOS HUMANOS...... OFERECE VÁRIAS DIFICULDADES, PODEMOS DESTACAR: