SlideShare uma empresa Scribd logo
!!!!!!
Pr of . C ri st ia no L op e s
!
! !
50 DICAS DE DIREITO
CONSTITUCIONAL PARA O
EXAME DE ORDEM - OAB
2
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
E-mail: prof.cristianolopes@gmail.com
Fanpage: facebook.com/professorcristianolopes
50 DICAS DE DIREITO
CONSTITUCIONAL PARA O
EXAME DE ORDEM – OAB
Prof. Cristiano Lopes
!
!
!
3!
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Facebook: www.facebook.com/prof.cristianolopes
!
50 DICAS
DIREITO CONSTITUCIONAL
DICA 1 – São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o
Executivo e o Judiciário. Cada um deles exerce uma função principal, que é sua função típica,
além de outras, chamadas funções atípicas.
DICA 2 – O Poder Constituinte Originário é inicial, ilimitado e incondicionado. Ele
não se sujeita a qualquer limitação, muito menos da Constituição, pois ele é a própria origem da
Constituição, logo, anterior a ela.
DICA 3 – Podem propor a Ação Direta de Inconstitucionalidade e a Ação Declaratória
de Inconstitucionalidade: o Presidente da República, a Mesa do Senado Federal, a Mesa da
Câmara dos Deputados, a Mesa de Assembleia Legislativa ou a Mesa da Câmara Legislativa do
Distrito Federal, o Governador de Estado ou o Governador do Distrito Federal, o Procurador-
Geral da República, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, partido político com
representação no Congresso Nacional e confederação sindical ou entidade de classe de âmbito
nacional.
DICA 4 – A decisão que declara a constitucionalidade ou a inconstitucionalidade da lei ou do ato
normativo em ação direta ou em ação declaratória é irrecorrível, ressalvada a
interposição de embargos declaratórios, não podendo, igualmente, ser objeto de ação
rescisória.
DICA 5 – Ao declarar a inconstitucionalidade de lei ou ato normativo, e tendo em vista razões de
segurança jurídica ou de excepcional interesse social, poderá o Supremo Tribunal Federal,
por maioria de dois terços de seus membros, restringir os efeitos daquela declaração ou decidir
que ela só tenha eficácia a partir de seu trânsito em julgado ou de outro momento que venha a
ser fixado.
DICA 7 – A declaração de constitucionalidade ou de inconstitucionalidade, inclusive a
interpretação conforme a Constituição e a declaração parcial de
inconstitucionalidade sem redução de texto, têm eficácia contra todos e efeito
vinculante em relação aos órgãos do Poder Judiciário e à Administração Pública federal, estadual
e municipal.
DICA 8 – Declarada a inconstitucionalidade por omissão de medida para tornar efetiva norma
constitucional, será dada ciência ao Poder competente para a adoção das providências necessárias e,
em se tratando de órgão administrativo, para fazê-lo em trinta dias.
DICA 9 – O Procurador-Geral da República deverá ser previamente ouvido nas ações de
inconstitucionalidade e em todos os processos de competência do Supremo Tribunal Federal.
Quando o Supremo Tribunal Federal apreciar a inconstitucionalidade, em tese, de norma legal ou
ato normativo, citará, previamente, o Advogado-Geral da União, que defenderá o ato ou
texto impugnado.
DICA 10 – O controle difuso de constitucionalidade, que é exercido somente perante caso
concreto, pode ocorrer por meio das ações constitucionais do habeas corpus e do mandado de
segurança.
!
!
!
4!
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Facebook: www.facebook.com/prof.cristianolopes
!
DICA 11 – A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e
Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como
fundamentos a soberania, a cidadania, a dignidade da pessoa humana, os valores
sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político.
DICA 12 – Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: construir
uma sociedade livre, justa e solidária, garantir o desenvolvimento nacional, erradicar a pobreza e a
marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais e promover o bem de todos,
sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.
DICA 13 – A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos
seguintes princípios: independência nacional, prevalência dos direitos humanos,
autodeterminação dos povos, não-intervenção, igualdade entre os Estados, defesa da paz, solução
pacífica dos conflitos, repúdio ao terrorismo e ao racismo, cooperação entre os povos para o
progresso da humanidade e concessão de asilo político.
DICA 14 – Os tratados e convenções internacionais sobre direitos humanos que forem
aprovados, em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, por três quintos dos votos
dos respectivos membros, serão equivalentes às Emendas Constitucionais.
DICA 15 – Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao
público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião
anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade
competente.
DICA 16 – O habeas-corpus será concedido sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de
sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder.
DICA 17 – O mandado de segurança será concedido para proteger direito líquido e certo,
não amparado por habeas-corpus ou habeas-data, quando o responsável pela ilegalidade ou abuso
de poder for autoridade pública ou agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder
Público.
DICA 18 – O mandado de segurança coletivo pode ser impetrado por partido político
com representação no Congresso Nacional, organização sindical, entidade de classe
ou associação legalmente constituída e em funcionamento há pelo menos um ano, em defesa
dos interesses de seus membros ou associados.
DICA 19 – O mandado de injunção será concedido sempre que a falta de norma
regulamentadora torne inviável o exercício dos direitos e liberdades constitucionais e das
prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania e à cidadania.
DICA 20 – O Habeas Data será concedido para assegurar o conhecimento de informações
relativas à pessoa do impetrante, constantes de registros ou bancos de dados de entidades
governamentais ou de caráter público e para a retificação de dados, quando não se prefira fazê-
lo por processo sigiloso, judicial ou administrativo.
DICA 21 – Qualquer cidadão é parte legítima para propor ação popular que vise a anular ato
lesivo ao patrimônio público ou de entidade de que o Estado participe, à moralidade administrativa,
ao meio ambiente e ao patrimônio histórico e cultural, ficando o autor, salvo comprovada má-fé,
isento de custas judiciais e do ônus da sucumbência;
!
!
!
5!
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Facebook: www.facebook.com/prof.cristianolopes
!
DICA 22 – São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia,
o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a
assistência aos desamparados, na forma da Constituição Federal.
DICA 23 – São considerados brasileiros natos os nascidos na República Federativa do Brasil,
ainda que de pais estrangeiros, desde que estes não estejam a serviço de seu país; bem como,
os nascidos no estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira, desde que qualquer deles esteja a
serviço da República Federativa do Brasil.
DICA 24 – São privativos de brasileiro nato os cargos de Presidente e Vice-Presidente da
República, de Presidente da Câmara dos Deputados, de Presidente do Senado Federal, de Ministro
do Supremo Tribunal Federal, da carreira diplomática, de oficial das Forças Armadas e de Ministro
de Estado da Defesa.
DICA 25 – A soberania popular será exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e
secreto, com valor igual para todos, e, nos termos da lei, mediante plebiscito, referendo e
iniciativa popular.
DICA 26 – São inelegíveis, no território de jurisdição do titular, o cônjuge e os parentes
consanguíneos ou afins, até o segundo grau ou por adoção, do Presidente da República, de
Governador de Estado ou Território, do Distrito Federal, de Prefeito ou de quem os haja
substituído dentro dos seis meses anteriores ao pleito, salvo se já titular de mandato eletivo e
candidato à reeleição.
DICA 27 – Os Estados podem incorporar-se entre si, subdividir-se ou desmembrar-se para se
anexarem a outros, ou formarem novos Estados ou Territórios Federais, mediante aprovação da
população diretamente interessada, através de plebiscito, e do Congresso Nacional, por
lei complementar.
DICA 28 – Compete privativamente à União legislar sobre direito civil, comercial, penal,
processual, eleitoral, agrário, marítimo, aeronáutico, espacial e do trabalho e compete à União, aos
Estados e ao Distrito Federal legislar concorrentemente sobre direito tributário, financeiro,
penitenciário, econômico, urbanístico e orçamento.
DICA 29 – São reservadas aos Estados as competências que não lhes sejam vedadas
na Constituição Federal.
DICA 30 – A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos
Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade,
impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.
DICA 31 – O Congresso Nacional reunir-se-á, anualmente, na Capital Federal, de 2 de
fevereiro a 17 de julho e de 1º de agosto a 22 de dezembro. As reuniões marcadas para
essas datas serão transferidas para o primeiro dia útil subsequente, quando recaírem em sábados,
domingos ou feriados.
DICA 32 – As comissões parlamentares de inquérito, que terão poderes de investigação
próprios das autoridades judiciais, além de outros previstos nos regimentos das respectivas
Casas, serão criadas pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, em conjunto ou
separadamente, mediante requerimento de um terço de seus membros, para a apuração de
fato determinado e por prazo certo, sendo suas conclusões, se for o caso, encaminhadas ao
Ministério Público, para que promova a responsabilidade civil ou criminal dos infratores.
!
!
!
6!
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Facebook: www.facebook.com/prof.cristianolopes
!
DICA 33 – A Constituição poderá ser emendada mediante proposta de um terço, no mínimo,
dos membros da Câmara dos Deputados ou do Senado Federal ou do Presidente da
República ou de mais da metade das Assembleias Legislativas das unidades da
Federação, manifestando-se, cada uma delas, pela maioria relativa de seus
membros.
DICA 34 – A proposta de Emenda à Constituição será discutida e votada em cada Casa do
Congresso Nacional, em dois turnos, considerando-se aprovada se obtiver, em ambos, três
quintos dos votos dos respectivos membros. A emenda à Constituição será promulgada pelas
Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, com o respectivo número de
ordem.
DICA 35 – A matéria constante de proposta de emenda rejeitada ou havida por prejudicada
não pode ser objeto de nova proposta na mesma sessão legislativa. No entanto, a matéria constante
de projeto de lei rejeitado somente poderá constituir objeto de novo projeto, na mesma sessão
legislativa, mediante proposta da maioria absoluta dos membros de qualquer das Casas do
Congresso Nacional.
DICA 36 – As leis delegadas serão elaboradas pelo Presidente da República, que deverá
solicitar a delegação ao Congresso Nacional. No entanto, em caso de relevância e urgência,
o Presidente da República poderá adotar medidas provisórias, com força de lei, devendo
submetê-las de imediato ao Congresso Nacional.
DICA 37 – Conforme estabelece o art. 83 da CRFB/88, o Presidente e o Vice-Presidente da
República não poderão, sem licença do Congresso Nacional, ausentar-se do País por período
superior a quinze dias, sob pena de perda do cargo.
DICA 38 – O Presidente da República poderá delegar algumas de suas atribuições aos Ministros
de Estado, ao Procurador-Geral da República ou ao Advogado-Geral da União.
DICA 39 – Admitida a acusação contra o Presidente da República, por dois terços da Câmara dos
Deputados, será ele submetido a julgamento perante o Supremo Tribunal Federal, nas
infrações penais comuns, ou perante o Senado Federal, nos crimes de
responsabilidade.
DICA 40 – São crimes de responsabilidade os atos do Presidente da República que atentem
contra a Constituição Federal e, especialmente, contra: a existência da União, o livre exercício do
Poder Legislativo, do Poder Judiciário, do Ministério Público e dos Poderes constitucionais das
unidades da Federação, o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais, a segurança interna
do País, a probidade na administração, a lei orçamentária, o cumprimento das leis e das decisões
judiciais.
DICA 41 – De acordo com o art. 94 da CRFB/88, um quinto dos lugares dos Tribunais
Regionais Federais, dos Tribunais dos Estados, e do Distrito Federal e Territórios
será composto de membros, do Ministério Público, com mais de dez anos de
carreira, e de advogados de notório saber jurídico e de reputação ilibada, com mais
de dez anos de efetiva atividade profissional, indicados em lista sêxtupla pelos
órgãos de representação das respectivas classes.
DICA 42 – O juízes gozam das seguintes garantias: Vitaliciedade, adquirida após dois anos de
efetivo exercício; Inamovibilidade, já que juízes não podem ser removidos de ofício, salvo se
houver motivo de interesse público, por decisão da maioria absoluta dos membros do Tribunal ou
!
!
!
7!
PROF. CRISTIANO LOPES
Site: www.cristianolopes.com
Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes
Facebook: www.facebook.com/prof.cristianolopes
!
do CNJ e a Irredutibilidade de subsídio, observado o teto do funcionalismo e o pagamento de
tributos.
DICA 43 – Somente pelo voto da maioria absoluta de seus membros ou dos membros do
respectivo órgão especial poderão os tribunais declarar a inconstitucionalidade de lei ou ato
normativo do Poder Público.
DICA 44 – O Supremo Tribunal Federal poderá, de ofício ou por provocação, mediante
decisão de dois terços dos seus membros, após reiteradas decisões sobre matéria constitucional,
aprovar súmula que, a partir de sua publicação na imprensa oficial, terá efeito vinculante em
relação aos demais órgãos do Poder Judiciário e à administração pública direta e indireta, nas
esferas federal, estadual e municipal, bem como proceder à sua revisão ou cancelamento, na forma
estabelecida em lei.
DICA 45 – Do ato administrativo ou decisão judicial que contrariar a súmula
aplicável ou que indevidamente a aplicar, caberá reclamação ao Supremo Tribunal
Federal que, julgando-a procedente, anulará o ato administrativo ou cassará a decisão judicial
reclamada, e determinará que outra seja proferida com ou sem a aplicação da súmula, conforme o
caso.
DICA 46 – O Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do
Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos
interesses sociais e individuais indisponíveis.
DICA 47 – A Advocacia-Geral da União é a instituição que, diretamente ou através de órgão
vinculado, representa a União, judicial e extrajudicialmente, cabendo-lhe, nos termos da
lei complementar que dispuser sobre sua organização e funcionamento, as atividades de consultoria
e assessoramento jurídico do Poder Executivo.
DICA 48 – A Defensoria Pública é instituição essencial à função jurisdicional do Estado,
incumbindo-lhe a orientação jurídica e a defesa, em todos os graus, dos necessitados, na forma
do art. 5º, LXXIV da CRFB/88.
DICA 49 – O Presidente da República pode, ouvidos o Conselho da República e o Conselho
de Defesa Nacional, decretar estado de defesa para preservar ou prontamente restabelecer,
em locais restritos e determinados, a ordem pública ou a paz social ameaçadas por grave e iminente
instabilidade institucional ou atingidas por calamidades de grandes proporções na natureza.
DICA 50 – O Presidente da República pode, ouvidos o Conselho da República e o Conselho de
Defesa Nacional, solicitar ao Congresso Nacional autorização para decretar o estado
de sítio nos casos de: comoção grave de repercussão nacional ou ocorrência de fatos que
comprovem a ineficácia de medida tomada durante o estado de defesa e declaração de estado de
guerra ou resposta a agressão armada estrangeira.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Questões sobre constituição federal
Questões sobre constituição federalQuestões sobre constituição federal
Questões sobre constituição federal
Fatima Ali
 
Aula 04 Dir. Constitucional - Federação Brasileira
Aula 04  Dir. Constitucional - Federação BrasileiraAula 04  Dir. Constitucional - Federação Brasileira
Aula 04 Dir. Constitucional - Federação Brasileira
Tércio De Santana
 
Cf 88
Cf 88Cf 88
Constituição federal atualiz 100810
Constituição federal   atualiz 100810Constituição federal   atualiz 100810
Constituição federal atualiz 100810
Pedro Kurbhi
 
Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88
Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88
Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88
PreOnline
 
Constituição do Estado do Rio Grande do Norte
Constituição do Estado do Rio Grande do NorteConstituição do Estado do Rio Grande do Norte
Constituição do Estado do Rio Grande do Norte
ACS PM RN
 
Trabalho Final
Trabalho FinalTrabalho Final
Trabalho Final
Rene Schimoller
 
Constituição da República Federativa do Brasil
Constituição da República Federativa do BrasilConstituição da República Federativa do Brasil
Constituição da República Federativa do Brasil
ACS PM RN
 
Constituição do rn
Constituição do rnConstituição do rn
Constituição do rn
lourdes25cris
 
Constituição federal
Constituição federalConstituição federal
Constituição federal
Paulo Russel
 
Apostila Direitos Humanos
Apostila Direitos HumanosApostila Direitos Humanos
Apostila Direitos Humanos
Ricardo Torques
 
Resumo Direito Constitucional - ACP
Resumo Direito Constitucional - ACPResumo Direito Constitucional - ACP
Resumo Direito Constitucional - ACP
Emerson Paulista
 
Aulão TRT-RJ - Direito Constitucional - Prof. Guerra
Aulão TRT-RJ - Direito Constitucional - Prof. GuerraAulão TRT-RJ - Direito Constitucional - Prof. Guerra
Aulão TRT-RJ - Direito Constitucional - Prof. Guerra
Canal Dos Concursos
 
Constituição Federal
Constituição FederalConstituição Federal
Constituição Federal
José Hélio de Almeida
 
Cf1988 br
Cf1988 brCf1988 br
Cf1988 br
Direito2012sl08
 
Aula Graduação Dir.Constitucional
Aula Graduação Dir.ConstitucionalAula Graduação Dir.Constitucional
Aula Graduação Dir.Constitucional
Grupo VAHALI
 

Mais procurados (16)

Questões sobre constituição federal
Questões sobre constituição federalQuestões sobre constituição federal
Questões sobre constituição federal
 
Aula 04 Dir. Constitucional - Federação Brasileira
Aula 04  Dir. Constitucional - Federação BrasileiraAula 04  Dir. Constitucional - Federação Brasileira
Aula 04 Dir. Constitucional - Federação Brasileira
 
Cf 88
Cf 88Cf 88
Cf 88
 
Constituição federal atualiz 100810
Constituição federal   atualiz 100810Constituição federal   atualiz 100810
Constituição federal atualiz 100810
 
Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88
Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88
Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88
 
Constituição do Estado do Rio Grande do Norte
Constituição do Estado do Rio Grande do NorteConstituição do Estado do Rio Grande do Norte
Constituição do Estado do Rio Grande do Norte
 
Trabalho Final
Trabalho FinalTrabalho Final
Trabalho Final
 
Constituição da República Federativa do Brasil
Constituição da República Federativa do BrasilConstituição da República Federativa do Brasil
Constituição da República Federativa do Brasil
 
Constituição do rn
Constituição do rnConstituição do rn
Constituição do rn
 
Constituição federal
Constituição federalConstituição federal
Constituição federal
 
Apostila Direitos Humanos
Apostila Direitos HumanosApostila Direitos Humanos
Apostila Direitos Humanos
 
Resumo Direito Constitucional - ACP
Resumo Direito Constitucional - ACPResumo Direito Constitucional - ACP
Resumo Direito Constitucional - ACP
 
Aulão TRT-RJ - Direito Constitucional - Prof. Guerra
Aulão TRT-RJ - Direito Constitucional - Prof. GuerraAulão TRT-RJ - Direito Constitucional - Prof. Guerra
Aulão TRT-RJ - Direito Constitucional - Prof. Guerra
 
Constituição Federal
Constituição FederalConstituição Federal
Constituição Federal
 
Cf1988 br
Cf1988 brCf1988 br
Cf1988 br
 
Aula Graduação Dir.Constitucional
Aula Graduação Dir.ConstitucionalAula Graduação Dir.Constitucional
Aula Graduação Dir.Constitucional
 

Destaque

Kansen met mobile
Kansen met mobileKansen met mobile
Kansen met mobile
Sterc Internet & Marketing
 
Soal to 1
Soal to 1Soal to 1
Soal to 1
Roila Masruroh
 
Het internet domein van nul tot nu
Het internet domein van nul tot nuHet internet domein van nul tot nu
Het internet domein van nul tot nu
Sterc Internet & Marketing
 
宜文促Ppt (new)
宜文促Ppt (new)宜文促Ppt (new)
宜文促Ppt (new)
冠綸 黃
 
What is Islam? A faith, a path, a way of life or a culture of its own?
What is Islam? A faith, a path, a way of life or a culture of its own?What is Islam? A faith, a path, a way of life or a culture of its own?
What is Islam? A faith, a path, a way of life or a culture of its own?
Amazon
 
Socialmedia training
Socialmedia trainingSocialmedia training
Socialmedia training
Sterc Internet & Marketing
 
MODXpo 2013 - Fail compilation
MODXpo 2013 - Fail compilationMODXpo 2013 - Fail compilation
MODXpo 2013 - Fail compilation
Sterc Internet & Marketing
 
Succesvol content management
Succesvol content managementSuccesvol content management
Succesvol content management
Sterc Internet & Marketing
 
MODXpo 2013 - Power to the enduser
MODXpo 2013 - Power to the enduserMODXpo 2013 - Power to the enduser
MODXpo 2013 - Power to the enduser
Sterc Internet & Marketing
 
Pedoman skripsi-bab-i-v-r-1
Pedoman skripsi-bab-i-v-r-1Pedoman skripsi-bab-i-v-r-1
Pedoman skripsi-bab-i-v-r-1
Roila Masruroh
 
Artisan Gelato
Artisan GelatoArtisan Gelato
Artisan Gelato
technogel
 
MODX Meetup NL 2011 - MODX & SEO keynote by Sterc
MODX Meetup NL 2011 - MODX & SEO keynote by StercMODX Meetup NL 2011 - MODX & SEO keynote by Sterc
MODX Meetup NL 2011 - MODX & SEO keynote by Sterc
Sterc Internet & Marketing
 
Sesión 2
Sesión 2Sesión 2
Sesión 2
letty248
 
FAS 20 mei: Gauke Pieter Sietzema over MODX
FAS 20 mei: Gauke Pieter Sietzema over MODXFAS 20 mei: Gauke Pieter Sietzema over MODX
FAS 20 mei: Gauke Pieter Sietzema over MODX
Sterc Internet & Marketing
 
Sesión 2
Sesión 2Sesión 2
Sesión 2
letty248
 
Sesión 1
Sesión 1Sesión 1
Sesión 1
letty248
 

Destaque (16)

Kansen met mobile
Kansen met mobileKansen met mobile
Kansen met mobile
 
Soal to 1
Soal to 1Soal to 1
Soal to 1
 
Het internet domein van nul tot nu
Het internet domein van nul tot nuHet internet domein van nul tot nu
Het internet domein van nul tot nu
 
宜文促Ppt (new)
宜文促Ppt (new)宜文促Ppt (new)
宜文促Ppt (new)
 
What is Islam? A faith, a path, a way of life or a culture of its own?
What is Islam? A faith, a path, a way of life or a culture of its own?What is Islam? A faith, a path, a way of life or a culture of its own?
What is Islam? A faith, a path, a way of life or a culture of its own?
 
Socialmedia training
Socialmedia trainingSocialmedia training
Socialmedia training
 
MODXpo 2013 - Fail compilation
MODXpo 2013 - Fail compilationMODXpo 2013 - Fail compilation
MODXpo 2013 - Fail compilation
 
Succesvol content management
Succesvol content managementSuccesvol content management
Succesvol content management
 
MODXpo 2013 - Power to the enduser
MODXpo 2013 - Power to the enduserMODXpo 2013 - Power to the enduser
MODXpo 2013 - Power to the enduser
 
Pedoman skripsi-bab-i-v-r-1
Pedoman skripsi-bab-i-v-r-1Pedoman skripsi-bab-i-v-r-1
Pedoman skripsi-bab-i-v-r-1
 
Artisan Gelato
Artisan GelatoArtisan Gelato
Artisan Gelato
 
MODX Meetup NL 2011 - MODX & SEO keynote by Sterc
MODX Meetup NL 2011 - MODX & SEO keynote by StercMODX Meetup NL 2011 - MODX & SEO keynote by Sterc
MODX Meetup NL 2011 - MODX & SEO keynote by Sterc
 
Sesión 2
Sesión 2Sesión 2
Sesión 2
 
FAS 20 mei: Gauke Pieter Sietzema over MODX
FAS 20 mei: Gauke Pieter Sietzema over MODXFAS 20 mei: Gauke Pieter Sietzema over MODX
FAS 20 mei: Gauke Pieter Sietzema over MODX
 
Sesión 2
Sesión 2Sesión 2
Sesión 2
 
Sesión 1
Sesión 1Sesión 1
Sesión 1
 

Semelhante a 50 dicas oab

Brasil uma nova ordem política e social
Brasil uma nova ordem política e socialBrasil uma nova ordem política e social
Brasil uma nova ordem política e social
CIRINEU COSTA
 
Resumo direitos humanos e cidadania - concurso brigada militar
Resumo   direitos humanos e cidadania - concurso brigada militarResumo   direitos humanos e cidadania - concurso brigada militar
Resumo direitos humanos e cidadania - concurso brigada militar
Fabio Lucio
 
Apostila brigada legislaã§ã£o
Apostila brigada legislaã§ã£oApostila brigada legislaã§ã£o
Apostila brigada legislaã§ã£o
Jardel Tuchtenhagen
 
Constituição Federal De 1988-BRASIL-PDF
Constituição Federal De 1988-BRASIL-PDFConstituição Federal De 1988-BRASIL-PDF
Constituição Federal De 1988-BRASIL-PDF
ELIAS OMEGA
 
CONSTTUICÃO FEDERAL BRASILEIRA 1988
CONSTTUICÃO FEDERAL  BRASILEIRA 1988CONSTTUICÃO FEDERAL  BRASILEIRA 1988
CONSTTUICÃO FEDERAL BRASILEIRA 1988
João Antônio Granzotti
 
CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988
CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988
CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988
Diário Interior
 
Constituicao da republica feder senado federal
Constituicao da republica feder   senado federalConstituicao da republica feder   senado federal
Constituicao da republica feder senado federal
Samuel Alves dos Santos Lima
 
Presidência da república
Presidência da repúblicaPresidência da república
Presidência da república
senhorideia
 
Constituicao Organizada para Anotacoes
Constituicao Organizada para AnotacoesConstituicao Organizada para Anotacoes
Constituicao Organizada para Anotacoes
Meme Maria Souza
 
Constituição.integral
Constituição.integralConstituição.integral
Constituição.integral
Eduardo Lopes
 
Constituição e emendas constitucionais
Constituição e emendas constitucionaisConstituição e emendas constitucionais
Constituição e emendas constitucionais
Marcos Gomes Lino
 
A Constituição brasileira
A Constituição brasileiraA Constituição brasileira
A Constituição brasileira
Matheus Sousa
 
Pdf aulas 01 e 02
Pdf aulas 01 e 02Pdf aulas 01 e 02
Pdf aulas 01 e 02
Carlos Ximendes
 
Constituição estadual rj
Constituição estadual rjConstituição estadual rj
Constituição estadual rj
Adrielle Saldanha
 
A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados...
A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados...A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados...
A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados...
uesbobonito
 
Constituição federal
Constituição federalConstituição federal
Constituição federal
Geizi Gabriel
 
Constituição Federal
Constituição FederalConstituição Federal
Constituição Federal
Adilson P Motta Motta
 
Constituicaofederal1988
Constituicaofederal1988Constituicaofederal1988
Constituicaofederal1988
CESAR NEVES
 
Constituicao atualizada
Constituicao atualizadaConstituicao atualizada
Constituicao atualizada
Isaias Leite
 
CONSTITUIÇÃO FEDERAL
CONSTITUIÇÃO FEDERALCONSTITUIÇÃO FEDERAL
CONSTITUIÇÃO FEDERAL
Franklinconhecimento
 

Semelhante a 50 dicas oab (20)

Brasil uma nova ordem política e social
Brasil uma nova ordem política e socialBrasil uma nova ordem política e social
Brasil uma nova ordem política e social
 
Resumo direitos humanos e cidadania - concurso brigada militar
Resumo   direitos humanos e cidadania - concurso brigada militarResumo   direitos humanos e cidadania - concurso brigada militar
Resumo direitos humanos e cidadania - concurso brigada militar
 
Apostila brigada legislaã§ã£o
Apostila brigada legislaã§ã£oApostila brigada legislaã§ã£o
Apostila brigada legislaã§ã£o
 
Constituição Federal De 1988-BRASIL-PDF
Constituição Federal De 1988-BRASIL-PDFConstituição Federal De 1988-BRASIL-PDF
Constituição Federal De 1988-BRASIL-PDF
 
CONSTTUICÃO FEDERAL BRASILEIRA 1988
CONSTTUICÃO FEDERAL  BRASILEIRA 1988CONSTTUICÃO FEDERAL  BRASILEIRA 1988
CONSTTUICÃO FEDERAL BRASILEIRA 1988
 
CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988
CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988
CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988
 
Constituicao da republica feder senado federal
Constituicao da republica feder   senado federalConstituicao da republica feder   senado federal
Constituicao da republica feder senado federal
 
Presidência da república
Presidência da repúblicaPresidência da república
Presidência da república
 
Constituicao Organizada para Anotacoes
Constituicao Organizada para AnotacoesConstituicao Organizada para Anotacoes
Constituicao Organizada para Anotacoes
 
Constituição.integral
Constituição.integralConstituição.integral
Constituição.integral
 
Constituição e emendas constitucionais
Constituição e emendas constitucionaisConstituição e emendas constitucionais
Constituição e emendas constitucionais
 
A Constituição brasileira
A Constituição brasileiraA Constituição brasileira
A Constituição brasileira
 
Pdf aulas 01 e 02
Pdf aulas 01 e 02Pdf aulas 01 e 02
Pdf aulas 01 e 02
 
Constituição estadual rj
Constituição estadual rjConstituição estadual rj
Constituição estadual rj
 
A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados...
A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados...A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados...
A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados...
 
Constituição federal
Constituição federalConstituição federal
Constituição federal
 
Constituição Federal
Constituição FederalConstituição Federal
Constituição Federal
 
Constituicaofederal1988
Constituicaofederal1988Constituicaofederal1988
Constituicaofederal1988
 
Constituicao atualizada
Constituicao atualizadaConstituicao atualizada
Constituicao atualizada
 
CONSTITUIÇÃO FEDERAL
CONSTITUIÇÃO FEDERALCONSTITUIÇÃO FEDERAL
CONSTITUIÇÃO FEDERAL
 

50 dicas oab

  • 1. !!!!!! Pr of . C ri st ia no L op e s ! ! ! 50 DICAS DE DIREITO CONSTITUCIONAL PARA O EXAME DE ORDEM - OAB
  • 2. 2 PROF. CRISTIANO LOPES Site: www.cristianolopes.com E-mail: prof.cristianolopes@gmail.com Fanpage: facebook.com/professorcristianolopes 50 DICAS DE DIREITO CONSTITUCIONAL PARA O EXAME DE ORDEM – OAB Prof. Cristiano Lopes
  • 3. ! ! ! 3! PROF. CRISTIANO LOPES Site: www.cristianolopes.com Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes Facebook: www.facebook.com/prof.cristianolopes ! 50 DICAS DIREITO CONSTITUCIONAL DICA 1 – São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário. Cada um deles exerce uma função principal, que é sua função típica, além de outras, chamadas funções atípicas. DICA 2 – O Poder Constituinte Originário é inicial, ilimitado e incondicionado. Ele não se sujeita a qualquer limitação, muito menos da Constituição, pois ele é a própria origem da Constituição, logo, anterior a ela. DICA 3 – Podem propor a Ação Direta de Inconstitucionalidade e a Ação Declaratória de Inconstitucionalidade: o Presidente da República, a Mesa do Senado Federal, a Mesa da Câmara dos Deputados, a Mesa de Assembleia Legislativa ou a Mesa da Câmara Legislativa do Distrito Federal, o Governador de Estado ou o Governador do Distrito Federal, o Procurador- Geral da República, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, partido político com representação no Congresso Nacional e confederação sindical ou entidade de classe de âmbito nacional. DICA 4 – A decisão que declara a constitucionalidade ou a inconstitucionalidade da lei ou do ato normativo em ação direta ou em ação declaratória é irrecorrível, ressalvada a interposição de embargos declaratórios, não podendo, igualmente, ser objeto de ação rescisória. DICA 5 – Ao declarar a inconstitucionalidade de lei ou ato normativo, e tendo em vista razões de segurança jurídica ou de excepcional interesse social, poderá o Supremo Tribunal Federal, por maioria de dois terços de seus membros, restringir os efeitos daquela declaração ou decidir que ela só tenha eficácia a partir de seu trânsito em julgado ou de outro momento que venha a ser fixado. DICA 7 – A declaração de constitucionalidade ou de inconstitucionalidade, inclusive a interpretação conforme a Constituição e a declaração parcial de inconstitucionalidade sem redução de texto, têm eficácia contra todos e efeito vinculante em relação aos órgãos do Poder Judiciário e à Administração Pública federal, estadual e municipal. DICA 8 – Declarada a inconstitucionalidade por omissão de medida para tornar efetiva norma constitucional, será dada ciência ao Poder competente para a adoção das providências necessárias e, em se tratando de órgão administrativo, para fazê-lo em trinta dias. DICA 9 – O Procurador-Geral da República deverá ser previamente ouvido nas ações de inconstitucionalidade e em todos os processos de competência do Supremo Tribunal Federal. Quando o Supremo Tribunal Federal apreciar a inconstitucionalidade, em tese, de norma legal ou ato normativo, citará, previamente, o Advogado-Geral da União, que defenderá o ato ou texto impugnado. DICA 10 – O controle difuso de constitucionalidade, que é exercido somente perante caso concreto, pode ocorrer por meio das ações constitucionais do habeas corpus e do mandado de segurança.
  • 4. ! ! ! 4! PROF. CRISTIANO LOPES Site: www.cristianolopes.com Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes Facebook: www.facebook.com/prof.cristianolopes ! DICA 11 – A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos a soberania, a cidadania, a dignidade da pessoa humana, os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. DICA 12 – Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: construir uma sociedade livre, justa e solidária, garantir o desenvolvimento nacional, erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais e promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação. DICA 13 – A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos seguintes princípios: independência nacional, prevalência dos direitos humanos, autodeterminação dos povos, não-intervenção, igualdade entre os Estados, defesa da paz, solução pacífica dos conflitos, repúdio ao terrorismo e ao racismo, cooperação entre os povos para o progresso da humanidade e concessão de asilo político. DICA 14 – Os tratados e convenções internacionais sobre direitos humanos que forem aprovados, em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, por três quintos dos votos dos respectivos membros, serão equivalentes às Emendas Constitucionais. DICA 15 – Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade competente. DICA 16 – O habeas-corpus será concedido sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder. DICA 17 – O mandado de segurança será concedido para proteger direito líquido e certo, não amparado por habeas-corpus ou habeas-data, quando o responsável pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade pública ou agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder Público. DICA 18 – O mandado de segurança coletivo pode ser impetrado por partido político com representação no Congresso Nacional, organização sindical, entidade de classe ou associação legalmente constituída e em funcionamento há pelo menos um ano, em defesa dos interesses de seus membros ou associados. DICA 19 – O mandado de injunção será concedido sempre que a falta de norma regulamentadora torne inviável o exercício dos direitos e liberdades constitucionais e das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania e à cidadania. DICA 20 – O Habeas Data será concedido para assegurar o conhecimento de informações relativas à pessoa do impetrante, constantes de registros ou bancos de dados de entidades governamentais ou de caráter público e para a retificação de dados, quando não se prefira fazê- lo por processo sigiloso, judicial ou administrativo. DICA 21 – Qualquer cidadão é parte legítima para propor ação popular que vise a anular ato lesivo ao patrimônio público ou de entidade de que o Estado participe, à moralidade administrativa, ao meio ambiente e ao patrimônio histórico e cultural, ficando o autor, salvo comprovada má-fé, isento de custas judiciais e do ônus da sucumbência;
  • 5. ! ! ! 5! PROF. CRISTIANO LOPES Site: www.cristianolopes.com Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes Facebook: www.facebook.com/prof.cristianolopes ! DICA 22 – São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma da Constituição Federal. DICA 23 – São considerados brasileiros natos os nascidos na República Federativa do Brasil, ainda que de pais estrangeiros, desde que estes não estejam a serviço de seu país; bem como, os nascidos no estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira, desde que qualquer deles esteja a serviço da República Federativa do Brasil. DICA 24 – São privativos de brasileiro nato os cargos de Presidente e Vice-Presidente da República, de Presidente da Câmara dos Deputados, de Presidente do Senado Federal, de Ministro do Supremo Tribunal Federal, da carreira diplomática, de oficial das Forças Armadas e de Ministro de Estado da Defesa. DICA 25 – A soberania popular será exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para todos, e, nos termos da lei, mediante plebiscito, referendo e iniciativa popular. DICA 26 – São inelegíveis, no território de jurisdição do titular, o cônjuge e os parentes consanguíneos ou afins, até o segundo grau ou por adoção, do Presidente da República, de Governador de Estado ou Território, do Distrito Federal, de Prefeito ou de quem os haja substituído dentro dos seis meses anteriores ao pleito, salvo se já titular de mandato eletivo e candidato à reeleição. DICA 27 – Os Estados podem incorporar-se entre si, subdividir-se ou desmembrar-se para se anexarem a outros, ou formarem novos Estados ou Territórios Federais, mediante aprovação da população diretamente interessada, através de plebiscito, e do Congresso Nacional, por lei complementar. DICA 28 – Compete privativamente à União legislar sobre direito civil, comercial, penal, processual, eleitoral, agrário, marítimo, aeronáutico, espacial e do trabalho e compete à União, aos Estados e ao Distrito Federal legislar concorrentemente sobre direito tributário, financeiro, penitenciário, econômico, urbanístico e orçamento. DICA 29 – São reservadas aos Estados as competências que não lhes sejam vedadas na Constituição Federal. DICA 30 – A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. DICA 31 – O Congresso Nacional reunir-se-á, anualmente, na Capital Federal, de 2 de fevereiro a 17 de julho e de 1º de agosto a 22 de dezembro. As reuniões marcadas para essas datas serão transferidas para o primeiro dia útil subsequente, quando recaírem em sábados, domingos ou feriados. DICA 32 – As comissões parlamentares de inquérito, que terão poderes de investigação próprios das autoridades judiciais, além de outros previstos nos regimentos das respectivas Casas, serão criadas pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, em conjunto ou separadamente, mediante requerimento de um terço de seus membros, para a apuração de fato determinado e por prazo certo, sendo suas conclusões, se for o caso, encaminhadas ao Ministério Público, para que promova a responsabilidade civil ou criminal dos infratores.
  • 6. ! ! ! 6! PROF. CRISTIANO LOPES Site: www.cristianolopes.com Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes Facebook: www.facebook.com/prof.cristianolopes ! DICA 33 – A Constituição poderá ser emendada mediante proposta de um terço, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados ou do Senado Federal ou do Presidente da República ou de mais da metade das Assembleias Legislativas das unidades da Federação, manifestando-se, cada uma delas, pela maioria relativa de seus membros. DICA 34 – A proposta de Emenda à Constituição será discutida e votada em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, considerando-se aprovada se obtiver, em ambos, três quintos dos votos dos respectivos membros. A emenda à Constituição será promulgada pelas Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, com o respectivo número de ordem. DICA 35 – A matéria constante de proposta de emenda rejeitada ou havida por prejudicada não pode ser objeto de nova proposta na mesma sessão legislativa. No entanto, a matéria constante de projeto de lei rejeitado somente poderá constituir objeto de novo projeto, na mesma sessão legislativa, mediante proposta da maioria absoluta dos membros de qualquer das Casas do Congresso Nacional. DICA 36 – As leis delegadas serão elaboradas pelo Presidente da República, que deverá solicitar a delegação ao Congresso Nacional. No entanto, em caso de relevância e urgência, o Presidente da República poderá adotar medidas provisórias, com força de lei, devendo submetê-las de imediato ao Congresso Nacional. DICA 37 – Conforme estabelece o art. 83 da CRFB/88, o Presidente e o Vice-Presidente da República não poderão, sem licença do Congresso Nacional, ausentar-se do País por período superior a quinze dias, sob pena de perda do cargo. DICA 38 – O Presidente da República poderá delegar algumas de suas atribuições aos Ministros de Estado, ao Procurador-Geral da República ou ao Advogado-Geral da União. DICA 39 – Admitida a acusação contra o Presidente da República, por dois terços da Câmara dos Deputados, será ele submetido a julgamento perante o Supremo Tribunal Federal, nas infrações penais comuns, ou perante o Senado Federal, nos crimes de responsabilidade. DICA 40 – São crimes de responsabilidade os atos do Presidente da República que atentem contra a Constituição Federal e, especialmente, contra: a existência da União, o livre exercício do Poder Legislativo, do Poder Judiciário, do Ministério Público e dos Poderes constitucionais das unidades da Federação, o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais, a segurança interna do País, a probidade na administração, a lei orçamentária, o cumprimento das leis e das decisões judiciais. DICA 41 – De acordo com o art. 94 da CRFB/88, um quinto dos lugares dos Tribunais Regionais Federais, dos Tribunais dos Estados, e do Distrito Federal e Territórios será composto de membros, do Ministério Público, com mais de dez anos de carreira, e de advogados de notório saber jurídico e de reputação ilibada, com mais de dez anos de efetiva atividade profissional, indicados em lista sêxtupla pelos órgãos de representação das respectivas classes. DICA 42 – O juízes gozam das seguintes garantias: Vitaliciedade, adquirida após dois anos de efetivo exercício; Inamovibilidade, já que juízes não podem ser removidos de ofício, salvo se houver motivo de interesse público, por decisão da maioria absoluta dos membros do Tribunal ou
  • 7. ! ! ! 7! PROF. CRISTIANO LOPES Site: www.cristianolopes.com Twitter: http://twitter.com/_cristianolopes Facebook: www.facebook.com/prof.cristianolopes ! do CNJ e a Irredutibilidade de subsídio, observado o teto do funcionalismo e o pagamento de tributos. DICA 43 – Somente pelo voto da maioria absoluta de seus membros ou dos membros do respectivo órgão especial poderão os tribunais declarar a inconstitucionalidade de lei ou ato normativo do Poder Público. DICA 44 – O Supremo Tribunal Federal poderá, de ofício ou por provocação, mediante decisão de dois terços dos seus membros, após reiteradas decisões sobre matéria constitucional, aprovar súmula que, a partir de sua publicação na imprensa oficial, terá efeito vinculante em relação aos demais órgãos do Poder Judiciário e à administração pública direta e indireta, nas esferas federal, estadual e municipal, bem como proceder à sua revisão ou cancelamento, na forma estabelecida em lei. DICA 45 – Do ato administrativo ou decisão judicial que contrariar a súmula aplicável ou que indevidamente a aplicar, caberá reclamação ao Supremo Tribunal Federal que, julgando-a procedente, anulará o ato administrativo ou cassará a decisão judicial reclamada, e determinará que outra seja proferida com ou sem a aplicação da súmula, conforme o caso. DICA 46 – O Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis. DICA 47 – A Advocacia-Geral da União é a instituição que, diretamente ou através de órgão vinculado, representa a União, judicial e extrajudicialmente, cabendo-lhe, nos termos da lei complementar que dispuser sobre sua organização e funcionamento, as atividades de consultoria e assessoramento jurídico do Poder Executivo. DICA 48 – A Defensoria Pública é instituição essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a orientação jurídica e a defesa, em todos os graus, dos necessitados, na forma do art. 5º, LXXIV da CRFB/88. DICA 49 – O Presidente da República pode, ouvidos o Conselho da República e o Conselho de Defesa Nacional, decretar estado de defesa para preservar ou prontamente restabelecer, em locais restritos e determinados, a ordem pública ou a paz social ameaçadas por grave e iminente instabilidade institucional ou atingidas por calamidades de grandes proporções na natureza. DICA 50 – O Presidente da República pode, ouvidos o Conselho da República e o Conselho de Defesa Nacional, solicitar ao Congresso Nacional autorização para decretar o estado de sítio nos casos de: comoção grave de repercussão nacional ou ocorrência de fatos que comprovem a ineficácia de medida tomada durante o estado de defesa e declaração de estado de guerra ou resposta a agressão armada estrangeira.