SlideShare uma empresa Scribd logo
CS-615, Anexo 1, Rev.18/08/15
SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
Nº APR genérica: Possui anexo?
( ) Sim ( ) Não
PÁGINA
1 de 4
CONTRATADA CONSTRULOC Nº E LOCAL DO PROJETO 25081 - Maracanaú
Nº Controle PTEO: Nº Controle PTEC: Nº Controle PTE: Nº Controle PTEE:
DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE DESCARREGAMENTO E MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS COM USO DE CAMINHÃO MUNK
ELABORAÇÃO da APR EXECUÇÃO DAS ATIVIDADES
Nome: JOSÉ CARLOS Função: TST Data:
07h 00min às 19h 00min
19h 00min às 07h 00min
PARTICIPANTES DA DISCUSSÃO DAS ETAPAS DA ATIVIDADE (Analisado e Compreendido)
Nome Função Assinatura
* Caso necessário, anexar folha com nome, função e assinatura de demais profissionais envolvidos na discussão da tarefa.
CONTROLE DE REVISÃO DESTA APR
No
Rev. Hora da Revisão Motivo da Revisão
REVISADO/APROVADO POR
Supervisor da Contratada ou Designado Líder de Comissionamento/Partida Supervisor de Construções da WMGI/Praxair ou Designado
CS-615, Anexo 1, Rev.18/08/15
SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
Nº APR genérica: Possui anexo?
( ) Sim ( ) Não
PÁGINA
2 de 4
CÍRCULO DE SEGURANÇA
Análise dos perigos específicos do site/local da atividade
O “Círculo de Segurança” deve ser utilizado para identificar os perigos potenciais e as condições do entorno que possam afetar a segurança do trabalho
que será desenvolvido. Ele serve de ferramenta para a elaboração da APR que conterá os perigos específicos do local onde a atividade será executada.
CS-615, Anexo 1, Rev.18/08/15
SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
Nº APR genérica: Possui anexo?
( ) Sim ( ) Não
PÁGINA
3 de 4
EPI Todo pessoal: Capacete, Óculos de Segurança, Uniforme Adequado, Botas de Segurança, Luvas (couro ou algodão), Proteção Auditiva
(baseado nos resultados da análise de ruído)
Outros (Específicos do
local de trabalho)
Item Tarefa
Condição Potencialmente Perigosa ou
Comportamentos de Risco
Medidas Preventivas
Verificação
WMGI/Praxair
01 Deslocamento para Frente de
Serviço
Atropelamento/Colisão de Veículos –
Lesão em geral, Morte, danos materiais.
Queda do Mesmo Nível – Entorse, Luxação,
Fratura.
Batida Contra – Contusões, Ferimento
Corto-Contusos e Superficiais, Lesões,
traumatismo e Morte.
Exposição a Animais Peçonhentos –
Intoxicação, Irritação, Envenenamento.
Trabalho a Céu Aberto – Desconforto,
Stress Psicológico; Desidratação,
Insuficiência Cardíaca e Renal, Doenças
Respiratórias, Insolação, Gripes, Pneumonia
e Resfriados.
Exposição a Ruído – Perda gradual da
audição, surdez.
1-Somente operador qualificado, treinado e habilitado poderá conduzir
o equipamento na frente de serviço;
2-Antes de atravessar as vias de circulação verificar o trânsito de
veículos, máquinas e equipamentos respeitando sempre os
isolamentos da área;
3-Durante o trajeto nas frentes de serviço devem respeitar os limites de
velocidade estipulados pelo projeto 20 km ou 40 km nas sinalizações
de advertência;
4-Não improvisar passagens, utilizar somente acessos adequados;
5-Não passar sobre estruturas metálicas, vergalhões e materiais que
ofereçam risco de queda;
6-Os locais devem ser mantidos em permanente estado de
conservação, higiene e limpeza;
7-Os empregados e colaboradores devem ser orientados a verificarem
os utensílios pessoais e vestimentas antes da sua utilização;
8-Utilização de capas de chuva (EPIs) quando o serviço for executado
em períodos chuvosos;
9-Sobre chuvas torrenciais os serviços deverão ser paralisados.
02 Fluxo e Posicionamento do
caminhão munk
Atropelamento/Colisão de Veículos –
Lesão em geral, Morte, danos materiais.
Tombamento de Equipamento – Danos
Materiais, Lesão, Contusão, Fratura, Morte.
Queda do Mesmo Nível e Nível Diferente –
Entorse, Luxação, Fratura, Morte.
Exposição a Animais Peçonhentos –
Intoxicação, Irritação, Envenenamento,
Morte.
1-O motorista do veículo deverá verificar e analisar as condições de
acesso até o local de descarrego antes da execução do serviço;
2-Estender todo o mecanismo de patolamento para posicionar os
dormentes corretos para patolar em piso firme antes de iniciar o
içamento;
3-Quando a altura ultrapassar 1,80 metros o colaborador deverá ter
treinamento de NR-35 e fazer uso de cinto de segurança com talabarte
duplo e atraca-lo em uma linha de vida ou dispositivo de que anule o
risco de queda na atividade;
4-Não improvisar passagens, utilizar somente acessos adequados;
5-Não passar sobre estruturas metálicas, vergalhões e materiais que
ofereçam risco de queda;
6-Não expor membros superiores e inferiores no raio de pensamento
dos equipamentos;
7-Os locais devem ser mantidos em permanente estado de
conservação, higiene e limpeza.
CS-615, Anexo 1, Rev.18/08/15
SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
Nº APR genérica: Possui anexo?
( ) Sim ( ) Não
PÁGINA
4 de 4
Item Tarefa
Condição Potencialmente Perigosa ou
Comportamentos de Risco
Medidas Preventivas
Verificação
WMGI/Praxair
03 Amarração da Carga
(Carregamento/Descarregamento)
Prensamento – Machucado, Luxação,
Fratura, Esmagamento.
Queda do Mesmo Nível e Nível Diferente –
Entorse, Luxação, Fratura, Morte.
Exposição a Animais Peçonhentos –
Intoxicação, irritabilidade, Envenenamento,
Morte.
1-Não expor membros superiores e inferiores no raio de prensamento
dos equipamentos;
2-Não improvisar passagens, utilizar somente acessos adequados;
3-Não passar sobre estruturas metálicas, vergalhões e materiais que
ofereçam risco de queda;
4-Sempre utilizar quebra canto onde houver cantos vivos que
proporcione risco de rompimento;
5-Quando a altura ultrapassar 1,80 metros o colaborador deverá ter
treinamento de NR-35 e fazer uso de cinto de segurança com talabarte
duplo e atraca-lo em uma linha de vida ou dispositivo de que anule o
risco de queda na atividade.
04 Estocagem de Materiais Tombamento de Materiais – Machucado,
Luxação, Fratura, Esmagamento.
Queda do Mesmo Nível e Nível Diferente –
Entorse, Luxação, Fratura, Morte.
1-Não expor membros superiores e inferiores no raio de prensamento
dos equipamentos e materiais;
2-Manter os materiais em uma distância e altura segura no momento
da retirada e do estoque;
3-Não deixar as peças estocadas de forma que venha tombar;
4-Não fazer utilização de nenhum tipo de adornos;
5-Não improvisar ferramentas para alinhar materiais; utilizar ferramenta
ou dispositivo aprovado pelo projeto;
6-Fazer uso de EPI´s obrigatórios (capacete com jugular, óculos de
segurança, luva, protetor auricular, botina de segurança e outros se
necessário);
7-Não improvisar passagens, utilizar somente acessos adequados;
8-Não passar sobre estruturas metálicas, vergalhões e materiais que
ofereçam risco de queda.
05 Içamento de material Tombamento de Materiais – Machucado,
Luxação, Fratura, Esmagamento.
Queda do Mesmo Nível e Nível Diferente –
Entorse, Luxação, Fratura, Morte.
1-Não expor membros superiores e inferiores no raio de prensamento
dos equipamentos e materiais;
2-Manter os materiais em uma distância e altura segura no momento
da retirada e do estoque;
3-Não deixar as peças estocadas de forma que venha tombar;
4-Não fazer utilização de nenhum tipo de adornos;
5-Não improvisar ferramentas para alinhar materiais; utilizar ferramenta
ou dispositivo aprovado pelo projeto;
6-Fazer uso de EPI´s obrigatórios (capacete com jugular, óculos de
segurança, luva, protetor auricular, botina de segurança e outros se
necessário);
7-Não improvisar passagens, utilizar somente acessos adequados;
8-Não passar sobre estruturas metálicas, vergalhões e materiais que
ofereçam risco de queda.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apr modelo
Apr modeloApr modelo
Apr modelo
Antonio Ricardo
 
APR
APRAPR
Ordem de serviço operador de empilhadeira
Ordem de serviço operador de empilhadeiraOrdem de serviço operador de empilhadeira
Ordem de serviço operador de empilhadeira
EVALDO JUNIO SILVA DA GAMA
 
Treinamento betoneira
Treinamento betoneiraTreinamento betoneira
Treinamento betoneira
rafaele123
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
RogrioTorresTorres
 
Apr trabalho em altura
Apr trabalho em alturaApr trabalho em altura
Apr trabalho em altura
Célio Silva Oliveira Oliveira
 
Treinamento de operador de serra circular
Treinamento de operador de serra circularTreinamento de operador de serra circular
Treinamento de operador de serra circular
Léo César Oliveira
 
Apr 23 - pintura predial
Apr   23 - pintura predialApr   23 - pintura predial
Apr 23 - pintura predial
André Alves
 
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRAAPR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Analise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldasAnalise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldas
Jose Fernandes
 
Treinamento Esmerilhadeira
Treinamento EsmerilhadeiraTreinamento Esmerilhadeira
Treinamento Esmerilhadeira
Ane Costa
 
Campanha epi
Campanha epiCampanha epi
Campanha epi
Cosmo Palasio
 
Permissão Para Trabalho em Altura - NR 35
Permissão Para Trabalho em Altura  - NR 35Permissão Para Trabalho em Altura  - NR 35
Permissão Para Trabalho em Altura - NR 35
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Apr pintura
Apr   pinturaApr   pintura
Apr pintura
JonathanPessotti
 
Segurança em Trabalho com Solda
Segurança em Trabalho com SoldaSegurança em Trabalho com Solda
Segurança em Trabalho com Solda
Ivon Pereira
 
treinamento segurança uso da betoneira
treinamento segurança uso da betoneiratreinamento segurança uso da betoneira
treinamento segurança uso da betoneira
elianea
 
Check List Andaimes
Check List AndaimesCheck List Andaimes
Check List Andaimes
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Treinamento para operação de guincho
Treinamento para operação de guinchoTreinamento para operação de guincho
Treinamento para operação de guincho
Andressa Macedo
 
Prova treinamento-munck
Prova treinamento-munckProva treinamento-munck
Prova treinamento-munck
Lisyane Silveira
 
Modelo analise de risco
Modelo analise de riscoModelo analise de risco
Modelo analise de risco
Cristiano Mendes
 

Mais procurados (20)

Apr modelo
Apr modeloApr modelo
Apr modelo
 
APR
APRAPR
APR
 
Ordem de serviço operador de empilhadeira
Ordem de serviço operador de empilhadeiraOrdem de serviço operador de empilhadeira
Ordem de serviço operador de empilhadeira
 
Treinamento betoneira
Treinamento betoneiraTreinamento betoneira
Treinamento betoneira
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
 
Apr trabalho em altura
Apr trabalho em alturaApr trabalho em altura
Apr trabalho em altura
 
Treinamento de operador de serra circular
Treinamento de operador de serra circularTreinamento de operador de serra circular
Treinamento de operador de serra circular
 
Apr 23 - pintura predial
Apr   23 - pintura predialApr   23 - pintura predial
Apr 23 - pintura predial
 
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRAAPR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
 
Analise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldasAnalise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldas
 
Treinamento Esmerilhadeira
Treinamento EsmerilhadeiraTreinamento Esmerilhadeira
Treinamento Esmerilhadeira
 
Campanha epi
Campanha epiCampanha epi
Campanha epi
 
Permissão Para Trabalho em Altura - NR 35
Permissão Para Trabalho em Altura  - NR 35Permissão Para Trabalho em Altura  - NR 35
Permissão Para Trabalho em Altura - NR 35
 
Apr pintura
Apr   pinturaApr   pintura
Apr pintura
 
Segurança em Trabalho com Solda
Segurança em Trabalho com SoldaSegurança em Trabalho com Solda
Segurança em Trabalho com Solda
 
treinamento segurança uso da betoneira
treinamento segurança uso da betoneiratreinamento segurança uso da betoneira
treinamento segurança uso da betoneira
 
Check List Andaimes
Check List AndaimesCheck List Andaimes
Check List Andaimes
 
Treinamento para operação de guincho
Treinamento para operação de guinchoTreinamento para operação de guincho
Treinamento para operação de guincho
 
Prova treinamento-munck
Prova treinamento-munckProva treinamento-munck
Prova treinamento-munck
 
Modelo analise de risco
Modelo analise de riscoModelo analise de risco
Modelo analise de risco
 

Semelhante a 001 - APR -TRANSPORTE E MOVIMENTAO DE CARGA.docx

pdfcoffee.com_apr-fabricaao-e-montagem-de-tubulaao-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_apr-fabricaao-e-montagem-de-tubulaao-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_apr-fabricaao-e-montagem-de-tubulaao-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_apr-fabricaao-e-montagem-de-tubulaao-pdf-free.pdf
aureliofaria41
 
Mala
MalaMala
Mala
Cascuda
 
Apr canteiro geral de obra
Apr canteiro geral de obraApr canteiro geral de obra
Apr canteiro geral de obra
gabrielmc2
 
Npg man-305 apr
Npg man-305 aprNpg man-305 apr
Npg man-305 apr
Ucélio Melo
 
232107594-Treinamento-Serra-Policorte.pptx
232107594-Treinamento-Serra-Policorte.pptx232107594-Treinamento-Serra-Policorte.pptx
232107594-Treinamento-Serra-Policorte.pptx
MarcosJnio3
 
232107594 treinamento-serra-policorte
232107594 treinamento-serra-policorte232107594 treinamento-serra-policorte
232107594 treinamento-serra-policorte
ssuser3dd51f
 
O.+s.+caldeireiro
O.+s.+caldeireiroO.+s.+caldeireiro
O.+s.+caldeireiro
renansants
 
TREINAMENTO SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE SERRA POLICORTE.pptx
TREINAMENTO SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE SERRA POLICORTE.pptxTREINAMENTO SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE SERRA POLICORTE.pptx
TREINAMENTO SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE SERRA POLICORTE.pptx
JONATO1
 
APR Altura.doc
APR Altura.docAPR Altura.doc
APR Altura.doc
ARTHURDeoliveiraNeto
 
APR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docx
APR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docxAPR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docx
APR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docx
ManutenoMANUTENO
 
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdfAPRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
RaynaraGoes1
 
Analise preliminar de riscos 22
Analise preliminar de riscos 22Analise preliminar de riscos 22
Analise preliminar de riscos 22
ThaisCoimbra2
 
MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.docMONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
GeninhoFarias
 
Apresentação elcoeste
Apresentação elcoesteApresentação elcoeste
Apresentação elcoeste
Miguel_S
 
232107594 treinamento-serra bancada
232107594 treinamento-serra bancada232107594 treinamento-serra bancada
232107594 treinamento-serra bancada
ssuser3dd51f
 
St apr análise preliminar de risco 04 12-2009 rev1
St apr análise preliminar de risco 04 12-2009 rev1St apr análise preliminar de risco 04 12-2009 rev1
St apr análise preliminar de risco 04 12-2009 rev1
Ricardo Mardonado
 
Apr 01 - plantio de grama
Apr   01 - plantio de gramaApr   01 - plantio de grama
Apr 01 - plantio de grama
André Alves
 
O s motorista carreteiro
O s motorista carreteiroO s motorista carreteiro
O s motorista carreteiro
Dilcemar Mendes
 
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwnAst análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
TIAGO SAMPOGNA DE MORAES
 
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwnAst análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
TIAGO SAMPOGNA DE MORAES
 

Semelhante a 001 - APR -TRANSPORTE E MOVIMENTAO DE CARGA.docx (20)

pdfcoffee.com_apr-fabricaao-e-montagem-de-tubulaao-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_apr-fabricaao-e-montagem-de-tubulaao-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_apr-fabricaao-e-montagem-de-tubulaao-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_apr-fabricaao-e-montagem-de-tubulaao-pdf-free.pdf
 
Mala
MalaMala
Mala
 
Apr canteiro geral de obra
Apr canteiro geral de obraApr canteiro geral de obra
Apr canteiro geral de obra
 
Npg man-305 apr
Npg man-305 aprNpg man-305 apr
Npg man-305 apr
 
232107594-Treinamento-Serra-Policorte.pptx
232107594-Treinamento-Serra-Policorte.pptx232107594-Treinamento-Serra-Policorte.pptx
232107594-Treinamento-Serra-Policorte.pptx
 
232107594 treinamento-serra-policorte
232107594 treinamento-serra-policorte232107594 treinamento-serra-policorte
232107594 treinamento-serra-policorte
 
O.+s.+caldeireiro
O.+s.+caldeireiroO.+s.+caldeireiro
O.+s.+caldeireiro
 
TREINAMENTO SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE SERRA POLICORTE.pptx
TREINAMENTO SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE SERRA POLICORTE.pptxTREINAMENTO SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE SERRA POLICORTE.pptx
TREINAMENTO SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE SERRA POLICORTE.pptx
 
APR Altura.doc
APR Altura.docAPR Altura.doc
APR Altura.doc
 
APR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docx
APR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docxAPR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docx
APR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docx
 
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdfAPRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
 
Analise preliminar de riscos 22
Analise preliminar de riscos 22Analise preliminar de riscos 22
Analise preliminar de riscos 22
 
MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.docMONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
 
Apresentação elcoeste
Apresentação elcoesteApresentação elcoeste
Apresentação elcoeste
 
232107594 treinamento-serra bancada
232107594 treinamento-serra bancada232107594 treinamento-serra bancada
232107594 treinamento-serra bancada
 
St apr análise preliminar de risco 04 12-2009 rev1
St apr análise preliminar de risco 04 12-2009 rev1St apr análise preliminar de risco 04 12-2009 rev1
St apr análise preliminar de risco 04 12-2009 rev1
 
Apr 01 - plantio de grama
Apr   01 - plantio de gramaApr   01 - plantio de grama
Apr 01 - plantio de grama
 
O s motorista carreteiro
O s motorista carreteiroO s motorista carreteiro
O s motorista carreteiro
 
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwnAst análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
 
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwnAst análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
 

Último

AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
Consultoria Acadêmica
 
Elementos de Máquina aplicados na tornearia mecânica.ppt
Elementos de Máquina aplicados na tornearia mecânica.pptElementos de Máquina aplicados na tornearia mecânica.ppt
Elementos de Máquina aplicados na tornearia mecânica.ppt
Wagner Moraes
 
ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdf
ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdfÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdf
ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdf
RoemirPeres
 
Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...
Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...
Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...
pereiramarcossantos0
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...
Consultoria Acadêmica
 
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdfDimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
RodrigoQuintilianode1
 
AE03 - LOGISTICA EMPRESARIAL UNICESUMAR 52/2024
AE03 - LOGISTICA EMPRESARIAL UNICESUMAR 52/2024AE03 - LOGISTICA EMPRESARIAL UNICESUMAR 52/2024
AE03 - LOGISTICA EMPRESARIAL UNICESUMAR 52/2024
Consultoria Acadêmica
 
Segurança nos trabalhos em altura, normas SST
Segurança nos trabalhos em altura, normas SSTSegurança nos trabalhos em altura, normas SST
Segurança nos trabalhos em altura, normas SST
ClaudioArez
 
AULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdf
AULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdfAULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdf
AULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdf
MaxwellBentodeOlivei1
 
Apresentação concreto autodesempenho 123
Apresentação concreto autodesempenho 123Apresentação concreto autodesempenho 123
Apresentação concreto autodesempenho 123
GabrielGarcia356832
 
Aula Vigor de Sementes - Aula Vigor de Sementes
Aula Vigor de Sementes - Aula Vigor de SementesAula Vigor de Sementes - Aula Vigor de Sementes
Aula Vigor de Sementes - Aula Vigor de Sementes
WeltonAgostinhoDias1
 

Último (11)

AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
 
Elementos de Máquina aplicados na tornearia mecânica.ppt
Elementos de Máquina aplicados na tornearia mecânica.pptElementos de Máquina aplicados na tornearia mecânica.ppt
Elementos de Máquina aplicados na tornearia mecânica.ppt
 
ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdf
ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdfÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdf
ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL.pdf
 
Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...
Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...
Simbologia e Terminologia de Instrumentação da Norma ISA 5.1 - Simbologia_ISA...
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO UNICES...
 
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdfDimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
 
AE03 - LOGISTICA EMPRESARIAL UNICESUMAR 52/2024
AE03 - LOGISTICA EMPRESARIAL UNICESUMAR 52/2024AE03 - LOGISTICA EMPRESARIAL UNICESUMAR 52/2024
AE03 - LOGISTICA EMPRESARIAL UNICESUMAR 52/2024
 
Segurança nos trabalhos em altura, normas SST
Segurança nos trabalhos em altura, normas SSTSegurança nos trabalhos em altura, normas SST
Segurança nos trabalhos em altura, normas SST
 
AULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdf
AULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdfAULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdf
AULA LEI DOS SENOS OU COSSENOS - parte final (3) (1).pdf
 
Apresentação concreto autodesempenho 123
Apresentação concreto autodesempenho 123Apresentação concreto autodesempenho 123
Apresentação concreto autodesempenho 123
 
Aula Vigor de Sementes - Aula Vigor de Sementes
Aula Vigor de Sementes - Aula Vigor de SementesAula Vigor de Sementes - Aula Vigor de Sementes
Aula Vigor de Sementes - Aula Vigor de Sementes
 

001 - APR -TRANSPORTE E MOVIMENTAO DE CARGA.docx

  • 1. CS-615, Anexo 1, Rev.18/08/15 SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO Nº APR genérica: Possui anexo? ( ) Sim ( ) Não PÁGINA 1 de 4 CONTRATADA CONSTRULOC Nº E LOCAL DO PROJETO 25081 - Maracanaú Nº Controle PTEO: Nº Controle PTEC: Nº Controle PTE: Nº Controle PTEE: DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE DESCARREGAMENTO E MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS COM USO DE CAMINHÃO MUNK ELABORAÇÃO da APR EXECUÇÃO DAS ATIVIDADES Nome: JOSÉ CARLOS Função: TST Data: 07h 00min às 19h 00min 19h 00min às 07h 00min PARTICIPANTES DA DISCUSSÃO DAS ETAPAS DA ATIVIDADE (Analisado e Compreendido) Nome Função Assinatura * Caso necessário, anexar folha com nome, função e assinatura de demais profissionais envolvidos na discussão da tarefa. CONTROLE DE REVISÃO DESTA APR No Rev. Hora da Revisão Motivo da Revisão REVISADO/APROVADO POR Supervisor da Contratada ou Designado Líder de Comissionamento/Partida Supervisor de Construções da WMGI/Praxair ou Designado
  • 2. CS-615, Anexo 1, Rev.18/08/15 SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO Nº APR genérica: Possui anexo? ( ) Sim ( ) Não PÁGINA 2 de 4 CÍRCULO DE SEGURANÇA Análise dos perigos específicos do site/local da atividade O “Círculo de Segurança” deve ser utilizado para identificar os perigos potenciais e as condições do entorno que possam afetar a segurança do trabalho que será desenvolvido. Ele serve de ferramenta para a elaboração da APR que conterá os perigos específicos do local onde a atividade será executada.
  • 3. CS-615, Anexo 1, Rev.18/08/15 SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO Nº APR genérica: Possui anexo? ( ) Sim ( ) Não PÁGINA 3 de 4 EPI Todo pessoal: Capacete, Óculos de Segurança, Uniforme Adequado, Botas de Segurança, Luvas (couro ou algodão), Proteção Auditiva (baseado nos resultados da análise de ruído) Outros (Específicos do local de trabalho) Item Tarefa Condição Potencialmente Perigosa ou Comportamentos de Risco Medidas Preventivas Verificação WMGI/Praxair 01 Deslocamento para Frente de Serviço Atropelamento/Colisão de Veículos – Lesão em geral, Morte, danos materiais. Queda do Mesmo Nível – Entorse, Luxação, Fratura. Batida Contra – Contusões, Ferimento Corto-Contusos e Superficiais, Lesões, traumatismo e Morte. Exposição a Animais Peçonhentos – Intoxicação, Irritação, Envenenamento. Trabalho a Céu Aberto – Desconforto, Stress Psicológico; Desidratação, Insuficiência Cardíaca e Renal, Doenças Respiratórias, Insolação, Gripes, Pneumonia e Resfriados. Exposição a Ruído – Perda gradual da audição, surdez. 1-Somente operador qualificado, treinado e habilitado poderá conduzir o equipamento na frente de serviço; 2-Antes de atravessar as vias de circulação verificar o trânsito de veículos, máquinas e equipamentos respeitando sempre os isolamentos da área; 3-Durante o trajeto nas frentes de serviço devem respeitar os limites de velocidade estipulados pelo projeto 20 km ou 40 km nas sinalizações de advertência; 4-Não improvisar passagens, utilizar somente acessos adequados; 5-Não passar sobre estruturas metálicas, vergalhões e materiais que ofereçam risco de queda; 6-Os locais devem ser mantidos em permanente estado de conservação, higiene e limpeza; 7-Os empregados e colaboradores devem ser orientados a verificarem os utensílios pessoais e vestimentas antes da sua utilização; 8-Utilização de capas de chuva (EPIs) quando o serviço for executado em períodos chuvosos; 9-Sobre chuvas torrenciais os serviços deverão ser paralisados. 02 Fluxo e Posicionamento do caminhão munk Atropelamento/Colisão de Veículos – Lesão em geral, Morte, danos materiais. Tombamento de Equipamento – Danos Materiais, Lesão, Contusão, Fratura, Morte. Queda do Mesmo Nível e Nível Diferente – Entorse, Luxação, Fratura, Morte. Exposição a Animais Peçonhentos – Intoxicação, Irritação, Envenenamento, Morte. 1-O motorista do veículo deverá verificar e analisar as condições de acesso até o local de descarrego antes da execução do serviço; 2-Estender todo o mecanismo de patolamento para posicionar os dormentes corretos para patolar em piso firme antes de iniciar o içamento; 3-Quando a altura ultrapassar 1,80 metros o colaborador deverá ter treinamento de NR-35 e fazer uso de cinto de segurança com talabarte duplo e atraca-lo em uma linha de vida ou dispositivo de que anule o risco de queda na atividade; 4-Não improvisar passagens, utilizar somente acessos adequados; 5-Não passar sobre estruturas metálicas, vergalhões e materiais que ofereçam risco de queda; 6-Não expor membros superiores e inferiores no raio de pensamento dos equipamentos; 7-Os locais devem ser mantidos em permanente estado de conservação, higiene e limpeza.
  • 4. CS-615, Anexo 1, Rev.18/08/15 SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO Nº APR genérica: Possui anexo? ( ) Sim ( ) Não PÁGINA 4 de 4 Item Tarefa Condição Potencialmente Perigosa ou Comportamentos de Risco Medidas Preventivas Verificação WMGI/Praxair 03 Amarração da Carga (Carregamento/Descarregamento) Prensamento – Machucado, Luxação, Fratura, Esmagamento. Queda do Mesmo Nível e Nível Diferente – Entorse, Luxação, Fratura, Morte. Exposição a Animais Peçonhentos – Intoxicação, irritabilidade, Envenenamento, Morte. 1-Não expor membros superiores e inferiores no raio de prensamento dos equipamentos; 2-Não improvisar passagens, utilizar somente acessos adequados; 3-Não passar sobre estruturas metálicas, vergalhões e materiais que ofereçam risco de queda; 4-Sempre utilizar quebra canto onde houver cantos vivos que proporcione risco de rompimento; 5-Quando a altura ultrapassar 1,80 metros o colaborador deverá ter treinamento de NR-35 e fazer uso de cinto de segurança com talabarte duplo e atraca-lo em uma linha de vida ou dispositivo de que anule o risco de queda na atividade. 04 Estocagem de Materiais Tombamento de Materiais – Machucado, Luxação, Fratura, Esmagamento. Queda do Mesmo Nível e Nível Diferente – Entorse, Luxação, Fratura, Morte. 1-Não expor membros superiores e inferiores no raio de prensamento dos equipamentos e materiais; 2-Manter os materiais em uma distância e altura segura no momento da retirada e do estoque; 3-Não deixar as peças estocadas de forma que venha tombar; 4-Não fazer utilização de nenhum tipo de adornos; 5-Não improvisar ferramentas para alinhar materiais; utilizar ferramenta ou dispositivo aprovado pelo projeto; 6-Fazer uso de EPI´s obrigatórios (capacete com jugular, óculos de segurança, luva, protetor auricular, botina de segurança e outros se necessário); 7-Não improvisar passagens, utilizar somente acessos adequados; 8-Não passar sobre estruturas metálicas, vergalhões e materiais que ofereçam risco de queda. 05 Içamento de material Tombamento de Materiais – Machucado, Luxação, Fratura, Esmagamento. Queda do Mesmo Nível e Nível Diferente – Entorse, Luxação, Fratura, Morte. 1-Não expor membros superiores e inferiores no raio de prensamento dos equipamentos e materiais; 2-Manter os materiais em uma distância e altura segura no momento da retirada e do estoque; 3-Não deixar as peças estocadas de forma que venha tombar; 4-Não fazer utilização de nenhum tipo de adornos; 5-Não improvisar ferramentas para alinhar materiais; utilizar ferramenta ou dispositivo aprovado pelo projeto; 6-Fazer uso de EPI´s obrigatórios (capacete com jugular, óculos de segurança, luva, protetor auricular, botina de segurança e outros se necessário); 7-Não improvisar passagens, utilizar somente acessos adequados; 8-Não passar sobre estruturas metálicas, vergalhões e materiais que ofereçam risco de queda.