1
TÍTULO: Subtítulo (se houver)1
Aluno autor(a)2
Orientador(a)3
RESUMO
Texto texto texto texto texto texto Texto texto tex...
2
Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto
texto texto texto texto texto Texto texto ...
3
2 METODOLOGIA
Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto
texto texto texto texto text...
4
4 CONCLUSÃO
Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto
texto texto texto texto texto ...
5
REFERÊNCIAS
ALMEIDA JÚNIOR, O. F. de. Profissional bibliotecário: um pacto com excludente. In:
BAPTISTA, Sofia Galvão; M...
6
APÊNDICE A –TÍTULO
7
ANEXO A – TÍTULO
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Template artigo científico pós

151 visualizações

Publicada em

Template

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
151
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Template artigo científico pós

  1. 1. 1 TÍTULO: Subtítulo (se houver)1 Aluno autor(a)2 Orientador(a)3 RESUMO Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Palavras-chave: Palavra-chave 1. Palavra-chave 2. Palavra-chave 3. 1 INTRODUÇÃO Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. 1 Artigo apresentado à UniversidadePotiguar –UnP, como parte dos requisitos para obtenção do título de Especialista emnome do curso. 2 Especializanda emnome do curso pela UniversidadePotiguar -login@unp.br 3 Orientador.Doutor em nome do curso.Professor da UniversidadePotiguar - login@unp.br
  2. 2. 2 Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. DIVISÃO EXEMPLO Seção Primária 1 CAIXA ALTA E NEGRITO Seção Secundária 1.1 CAIXA ALTA E SEM NEGRITO Seção Terciária 1.1.1 Caixa baixa com negrito Seção Quaternária 1.1.1.1 Caixa baixa e sem negrito Seção Quinária 1.1.1.1.1 Caixa baixa e com grifo Sugere-se utilizar alíneas após seção quinária a) alínea Fotografia 1- Biblioteca Nascimento de Castro Fonte: Autor Figura 4 – Modelo de ilustração
  3. 3. 3 2 METODOLOGIA Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. 3 RESULTADOS E DISCUSSÃO Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Tabela – Pessoas residentes em domicílios particulares, por sexo e situação do domicílio - Brasil - 1980 Situação do Total Domicílio Total Mulheres Homens Total 117 117 117 Urbana 117 117 117 Rural 117 117 117 Fonte: IBGE Tabela 1 – Modelo de tabela
  4. 4. 4 4 CONCLUSÃO Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto. LITERATURE REVIEW: conceptualization of the differences ABSTRACT Text text text text text text. Text text text Text text text text text text. Text text text Text text text text text text. Text text text Text text text text text text. Text text text Text text text text text text. Text text text Text text text text text text. Text text text Text text text text text text. Text text text Text text text text text text. Text text text Text text text text text text. Text text text Text text text text text text. Text text text Text text text text text text. Text text text. Keywords: Keyword 1. Keyword 2. Keyword 3.
  5. 5. 5 REFERÊNCIAS ALMEIDA JÚNIOR, O. F. de. Profissional bibliotecário: um pacto com excludente. In: BAPTISTA, Sofia Galvão; MUELLER, Suzana Pinheiro. Profissional da informação: o espaço de trabalho. Brasília: Thesaurus, 2004. p.70-85. ASSOACIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6022: Informação e documentação – Artigo em publicação periódica científica impressa –Apresentação. Rio de Janeiro, 2003. (Válida a partir de 30.06.2003). KOCH , I. G. V. Desvendando os segredos do texto. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2011. LUZ, M. A. Cultura negra em tempos pós-modernos. 3. ed. Salvador: EDUFBA, 2008.181 p. Disponível em: <http://books.scielo.org>. Acesso em: 30 maio 2012. MARCUSCHI, L. A. Da fala para a escrita: atividades de retextualização. 10. ed. São Paulo: Cortez, 2010. 133p. SEVERINO, A. J. Metodologia do trabalho científico. 22. ed. São Paulo: Cortez, 2007.202p. SILVA, A. C. de S. Computação forense: análise das técnicas de combate AntiSpam. 2012. 220f. Monografia (Especialista em Computação Forense)- Universidade Potiguar, Natal, 2012. SILVA, S. L. da, et al. Leitura e produção de texto. Natal: EdunP, 2010. SOUZA, J.G.de. Maquete física residencial. In: CONGRESSO CIENTÍFICO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR .,9, 2007, Natal. Anais...Natal: Universidade Potiguar, 2007.p.44.
  6. 6. 6 APÊNDICE A –TÍTULO
  7. 7. 7 ANEXO A – TÍTULO

×