O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

O cego de_paris_na_primavera

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
O poder das_palavras
O poder das_palavras
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 15 Anúncio

O cego de_paris_na_primavera

Baixar para ler offline

Um cego em Paris pedia esmolas com uma plaquinha escrita dizendo ser cego, porém a informação não lhe rendia boas esmolas até que um publicitário alterou a sua mensagem sem mudar o sentido da informação usou outras palavras mais contundentes que multiplicaram a sua arrecadação.

Um cego em Paris pedia esmolas com uma plaquinha escrita dizendo ser cego, porém a informação não lhe rendia boas esmolas até que um publicitário alterou a sua mensagem sem mudar o sentido da informação usou outras palavras mais contundentes que multiplicaram a sua arrecadação.

Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Semelhante a O cego de_paris_na_primavera (20)

Mais de Presentepravoce SOS (20)

Anúncio

Mais recentes (20)

O cego de_paris_na_primavera

  1. 1. Havia um cego sentado numa calçada em Paris, com um boné a seus pés e um pedaço de madeira escrito com giz branco:
  2. 2. Voltou a colocar o pedaço de madeira aos pés do cego e foi embora.
  3. 3. Seu boné, agora, estava cheio de notas e moedas.
  4. 4. O cego reconheceu as pisadas do publicitário e lhe perguntou se havia sido ele quem reescrevera o cartaz, sobretudo querendo saber o que ele havia escrito.
  5. 5. O publicitário respondeu: “Nada que não esteja de acordo com o seu anúncio, mas com outras palavras”.
  6. 6. E, sorrindo, continuou o seu caminho.
  7. 7. O cego não ficou sabendo o que estava escrito no cartaz que dizia:
  8. 8. “Hoje é primavera em Paris, e eu ... não posso vê-la”
  9. 9. Sempre é bom mudarmos de estratégia quando nada nos acontece.
  10. 10. quinta-feira, 13 de outubro de 20162:02:25 Link’s para outras Mensagens “O pior cego é aquele que não quer ver”

×