Jornal Sto. Antônio - Ano 1 - nº2

796 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
796
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Sto. Antônio - Ano 1 - nº2

  1. 1. 1 ANO 1 - EDIÇÃO Nº2 - MAIO/2012 Informativo da Paróquia Santo Antônio - Agudos SP www.facebook.com/santoantonioagudos Tel.: (14) 3262-1423 E-Mail: stoantonioagudos.pascom@gmail.com www.stoantonioagudos.blogspot.com.br Nossa Identidade Maria, Mãe do Senhor Desde a sua origem, a Igreja católica tem Para falar de uma men- revelado muitos símbolos para mostrar sua identi- http://upload.wikimedia.org sagem sobre Nossa Senhora, re- dade e sua missão no mundo. Por exemplo, a cruz e cordo as palavras do Papa, na o peixe que estão presentes em nossa cultura de fé desde o começo. encíclica Deus Caritas Est: “Entre os santos, sobressai Maria, Mãe No mundo moderno a “logomarca” se tor- do Senhor e espelho de toda a nou um instrumento importante para uma empresa apresentar e vender o seu produto. Todos procuram santidade. Maria é grande, pre- encontrar um símbolo, um modo próprio de escrever cisamente porque não quer fa- para apresentar aos outros o que se quer mostrar. zer-se grande a si mesma, mas engrandecer a Deus. Resolvemos, então, criar um símbolo para Ela é humilde: não deseja ser mais nada senão a ser- nossa comunidade paroquial, os elementos são bem va do Senhor (cf. Lc 1,38.48). Sabe que contribui pa- conhecidos. Escolhemos cada um pela importância ra a salvação do mundo, não realizando uma obra que tem para nós, como Igreja e como devotos de sua, mas apenas colocando-se totalmente à disposi- Santo Antônio, padroeiro de nossa Paróquia. ção das iniciativas de Deus. É uma mulher de espe- Olhamos para nossa “marca”, vemos ao fun- rança – apenas porque crê nas promessas de Deus e do um grande círculo branco, representando a Eu- espera a salvação de Israel, o anjo pode vir falar caristia. É o alimento principal de nossa vida cristã, com ela e chamá-la para o serviço decisivo de tais porque Jesus está presente nele. Na Eucaristia, o Se- promessas. É uma mulher de fé: “Feliz de ti, que a- nhor nos ensina que devemos ser instrumento de co- creditastes, “diz-lhe Isabel (cf. Lc 1,45). Enfim, Maria munhão no meio dos homens e das mulheres de to- dos os tempos. Vemos também, o livro da Palavra é uma mulher que ama. E como poderia ser de ou- de Deus que está no centro da nossa experiência de tro modo? Enquanto crente que na fé pensa com os fé. Ela é o primeiro instrumento em todo projeto de pensamentos de Deus e quer com a vontade de evangelização da Igreja. É o Pão que recebemos na Deus, ela não pode ser senão uma mulher que a- celebração da Missa junto com o Pão da Eucaristia. ma”. Colocamos ainda dois símbolos franciscanos: o Tau na capa da Bíblia e os lírios, flores que simboli- Frei Angelo Cardoso zam a pureza e fazem parte da devoção a Santo Antônio. Destaques Mas falando de identidade é bom lembrar o Pág 2 - Dia do Trabalhador que nos diz São Paulo: “Revestir-vos do Homem Novo, criado segundo Deus, na justiça e santidade Pág 3 - Estamos em Reforma da verdade”. (Ef.4,24). 1ª Eucaristia - Setor Sto. Antônio Pág 4 - Aborto Mães que fazem a diferença1
  2. 2. 2 Agenda: Mês de Junho 05 - Dia da Ecologia. 26 - Dia Mundial do combate às drogas. 07 - Corpus Christi. 28 - Tríduo - festa de São Pedro, às 19h30. 10 - Past. Criança Celebração da vida de São Pe- 29 - Missa Festiva - Dia de São Pedro, às 19h30. dro, às 09h00. 30 - Eleição das coordenações da pastoral e movi- 15 - CPP: Reunião. mentos setoriais. 20 - Past. Social: Entrega das Cestas de São Pedro. Dona Alice: Dedicação e Amor Bodas Louvamos a Deus por ter- Nossos parabéns aos casais que fizeram bodas no mos convivido com dona Alice, mês de Abril e Maio. que agora no céu intercede por todos nós. Sua dedicação e amor Casal Jandira e Venceslau Poiato - são marcas deixadas na comuni- 50 Anos dade de São Pedro. Aparecida e Evandro - 51 Anos Regina e Zezinho - 31 Anos Encontro da RP3 em Agudos No dia 26 de abril, aconteceu no salão da Paróquia Santo Antônio, a reunião da RP3 Casal Terezinha e Sérgio Leão - 31 (Região Pastoral-3). Vários coordenadores compa- Anos receram, entre eles, Padres, Diácono e membros colaboradores de cada Setor. Foram discutidos as- suntos que abordam todo o cronograma da Dioce- Dia do Trabalhador se de Bauru. Acolhida feita pelo nosso pároco Frei No dia 1º às 19h30 tivemos a celebração eu- Angelo e a oração inicial pelo Diácono Marcos. Lo- carística em ação de graças ao dia do trabalhador. go em seguida o irmão Domingos fez uma expla- As carteiras de trabalho foram abençoadas pelo nação contextualizando a Igreja dentro da moder- Frei Angelo. Nesta mesma celebração, as crianças nidade, valorizando sempre a pessoa humana, co- João Gabriel e Maria Clara ofertaram suas econo- mo ser dinâmico atento às mudanças. mias em prol da reforma da Igreja. O Jornal “Diálogo” é editado pela Assessoria de Comunicação ORAÇÃO DO DIZIMISTA - Pai de misericórdia,/ quando vejo Jesus,/ o da PASCOM (Pastoral da Comunicação). Filho bem amado,/ pregado no alto da cruz,/ fico tocado diante da Responsável: Frei Angelo Cardoso. oferta das ofertas./ A oferta que salva a todos de tudo./ A oferta mais Assessoria de Comunicação: Ariel Lucas Barca, Diego Pires preciosa do coração do Pai: o Filho./ Desta oferta brota o dom do Rodrigues e Guilherme Luiz Gonçalves. Espírito Santo:/ a sabedoria,/ a força/ e o discernimento/ no cami- Colaboradora: Helena Aparecida Gica Arantes. nho para o coração do Pai./ Por exemplo, faço minha oferta do dízi- Impressão: Gráfica Agudos. Tiragem: 1000 exemplares. mo./ exercitando o meu coração;/ para a partilha que equilibra a vida Contato: Tel.: (14) 3262-1423 do mundo;/ para a generosidade que gera bênçãos e fecundidade./ E-Mail: stoantonioagudos.pascom@gmail.com Ofereço, Pai,/ de todo o coração,/ o tudo que posso./ Amém!2 2
  3. 3. 3 A nossa igreja estava precisando de alguns cuidados, por esse motivo iniciamos no dia 23/04 a restau- ração. Contamos com sua compreensão e seu apoio nas promoções. Louvamos a Deus pe- las suas doações e sua generosidade. Sto. Antônio interceda por todos. Pastelada 01/05 Bazar da Pechincha 12 e 19/05 1ª Eucaristia Setor Sto. Antônio No dia 19/05 , 14 crianças receberam pela pri- ANUNCIE meira vez, o corpo e o Sangue de Cristo na Santa Co- munhão. Agradecemos a Deus pela vida de cada u- ma delas e, também, pelos seus familiares e cate- AQUI quistas que não mediram esforços por este momento de ação de graças. ANUNCIE AQUI Rua 13 de Maio, 727 - Centro Rua 13 de Maio , 651 -Centro Rua Arcângelo Napoleone, 301, Agudos - SP Vila Honorina Agudos - SP Rodovia Marechal Rondon Km Agudos - SP. Fone: (14) 3261-2697 Fone: (14) 3262-2505 320 - Agudos - SP Fone: (14) 3262-1486 Fone: (14) 3261-32203 3
  4. 4. 4 Aborto Mães que fazem a diferença! No mês de Abril de 2012 o STF aprovou o a- borto de fetos anencéfalos e agora no Brasil são três os casos em que a legislação brasileira permite o aborto: no caso de estupro, quando a gravidez põe em risco a vida da mãe e nos casos de fetos anencéfalos. Sabemos que a questão do aborto é uma questão muito delicada e existem muitas opiniões contrárias; entretanto, a Religião Cristã, e particular- mente a Igreja Católica, sempre se pronunciará con- tra qualquer ação (ainda que tenha respaldo na lei) que vise pôr um fim prematuro na vida mais indefe- sa. Legalizar o aborto no Brasil, é descartar um ser humano frágil e indefeso. A ética cristã que proíbe a eliminação de um ser humano inocente não aceita exceções. O direito à vida é um direito fundamental do homem, porque é dele que decorrem todos os outros direitos. É também um direito natural, inerente à condição de ser humano. Por isso, a Constituição Fe- deral do Brasil declara que o direito à vida é inviolá- vel. Diz o artigo 5º da Constituição: “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros resi- dentes no País a inviolabilidade do direito à vida...” A vida, que se inicia no momento da concep- ção, é um direito inquestionável e inegociável e dian- te deste fato não existem não há argumentos que provem o contrário. E o Estado, através de seus legisladores, deveri- a ser, por múnus próprio, o primeiro a defender a vi- da humana, principalmente a mais indefesa, ou seja, o embrião ou feto em qualquer estágio da gestação. Todo ataque à vida do embrião ou feto significa uma Trezena de Sto. Antônio violação do direito à vida. Se os parlamentares, os homens e mulheres da No Dia 31/05, 5ª feira, às 19h30, iniciaremos a lei e o povo brasileiro não se preocuparem em apro- Trezena. Participem! Para cada dia teremos uma var leis que verdadeiramente promovam a felicidade reflexão e uma benção especial. e o engrandecimento do ser humano, sem violar os Participem também da nossa tradicional direitos fundamentais expressos na constituição, a so- Quermesse. ciedade brasileira está fadada ao fracasso. E apenas para refletir, deixo aqui uma frase do filósofo Montes- quieu, extraída do livro “O Espírito das Leis”, que diz: “Tal é o efeito das más leis, que é preciso fazer leis ainda piores para conter o mal das primeiras”. Pe. Milton César Carraschi Formado em Filosofia, Teologia e Le- tras, com pós graduação em Bioética. É professor de Filosofia e membro ti- tular a 11 anos do comitê de ética em pesquisas com seres humanos na FOB/ USP.4 4

×