iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004
iSeries 400 - QUERY <ul><li>O que é o Query / 400? </li></ul><ul><li>O Query 400 é uma funcionalidade do iSeries de apoio ...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   <ul><li>O Query é … </li></ul><ul><li>Um programa interactivo com ecrans de pedido...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   <ul><li>INICIAR O QUERY/400 </li></ul><ul><li>Através da linha de commandos </li><...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   MENU DO QUERY
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   <ul><li>PRINCIPAIS FUNÇÕES DO QUERY/400 </li></ul><ul><li>Criar uma consulta </li>...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   <ul><li>OPÇÕES DE TRABALHO </li></ul><ul><li>1 = Criar </li></ul><ul><li>2 = Alter...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   Criar / Alterar <ul><li>Preencher : </li></ul><ul><li>1 = Criar </li></ul><ul><li>...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   Especificar selecções de ficheiros  Seleccionar um ficheiro único
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   ESPECIFICAR SELECÇÕES DE FICHEIROS <ul><li>Seleccionar ficheiros múltiplos (F9) </...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   ESPECIFICAR SELECÇÕES DE FICHEIROS <ul><li>Junção de ficheiros </li></ul><ul><li>R...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   Definir campos de resultados  <ul><li>Operadores : </li></ul><ul><li>Operações ari...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   SELECCIONAR E SEQUENCIAR CAMPOS Identificar os campos e a sequencia em que deverão...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   SELECCIONAR REGISTOS <ul><li>A selecção pode ser efectuada por : </li></ul><ul><li...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   SELECCIONAR CAMPOS DE ORDENAÇÃO <ul><li>Máximo 32 campos de ordenação </li></ul><u...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   FORMATAÇÃO DE COLUNAS DE RELATÓRIO <ul><li>A cada coluna de relatório poderá ser a...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   FORMATAÇÃO DE COLUNAS DE RELATÓRIO Presentação da consulta após formatação de colu...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   FUNÇÕES DE RESUMO DE RELATÓRIO <ul><li>Tipos de funções de resumo : </li></ul><ul>...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   DEFINIR QUEBRAS DE RELATÓRIO Terá de definir como devem aparecer as quebras de pág...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   DEFINIR QUEBRAS DE RELATÓRIO
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   TIPO E FORMA DE OUTPUT Tipo de output Écran Impressora Ficheiro de base de dados F...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   TIPO E FORMA DE OUTPUT <ul><li>Ecran </li></ul>Apresentação
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   TIPO E FORMA DE OUTPUT <ul><li>Impressora </li></ul>
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   TIPO E FORMA DE OUTPUT <ul><li>Impressora </li></ul>Definir dados página introdutó...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   TIPO E FORMA DE OUTPUT <ul><li>Ficheiro de Base de Dados </li></ul><ul><li>Indicar...
iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004   SAIR DA CONSULTA <ul><li>Ao sair da consulta, para que a possamos reutilizar,  </l...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

I Series 400 Query

1.185 visualizações

Publicada em

Education Course

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.185
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Curso de iSeries QUERY
  • I Series 400 Query

    1. 1. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004
    2. 2. iSeries 400 - QUERY <ul><li>O que é o Query / 400? </li></ul><ul><li>O Query 400 é uma funcionalidade do iSeries de apoio e suporte à decisão, iste é, possibilita a recolha de informações das bases de dados do sistema, quer por uma leitura directa, quer por cruzamento com outras bases de dados a ela relacionadas, num máximo de 32. </li></ul><ul><li>Não é uma linguagem de programação, pelo que a sua utilização não põe nunca em risco a integridade dos dados </li></ul><ul><li>Para além da visualização em ecran, também possibilita a produção de relatórios impressos ou ficheiros em disco, disponíveis para serem exportados para folhas de cálculo de Excel. </li></ul>© Luis Panao 2004
    3. 3. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 <ul><li>O Query é … </li></ul><ul><li>Um programa interactivo com ecrans de pedido </li></ul><ul><li>Um programa temporário ou permanente </li></ul><ul><li>Um programa executado interactivamente ou por lotes </li></ul><ul><li>Não utiliza nenhuma linguagem de programação </li></ul><ul><li>Não altera a informação das bases de dados </li></ul><ul><li>Os resultados são produzidos para ecran, relatório </li></ul><ul><li>impresso ou ficheiro, que pode ser exportado para o </li></ul><ul><li>Excel ou ser reutilizado em consultas posteriores </li></ul>
    4. 4. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 <ul><li>INICIAR O QUERY/400 </li></ul><ul><li>Através da linha de commandos </li></ul><ul><li>Comandos : </li></ul><ul><li>WRKQRY (Menu Trabalhar com Consultas) </li></ul><ul><li>STRQRY (Menu Query) </li></ul><ul><li>GO QUERY (Menu Query) </li></ul>
    5. 5. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 MENU DO QUERY
    6. 6. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 <ul><li>PRINCIPAIS FUNÇÕES DO QUERY/400 </li></ul><ul><li>Criar uma consulta </li></ul><ul><li>Especificar selecções de ficheiros </li></ul><ul><li>Definir campos de resultados </li></ul><ul><li>Seleccionar e sequênciar campos </li></ul><ul><li>Seleccionar registos </li></ul><ul><li>Seleccionar campos de ordenação </li></ul><ul><li>Seleccionar sequência de ordenação </li></ul><ul><li>Especificar formatação de colunas de relatório </li></ul><ul><li>Seleccionar funções de resumo de relatório </li></ul><ul><li>Definir quebras de relatório </li></ul><ul><li>Seleccionar tipo e forma de output </li></ul><ul><li>Especificar opções de processamento </li></ul>
    7. 7. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 <ul><li>OPÇÕES DE TRABALHO </li></ul><ul><li>1 = Criar </li></ul><ul><li>2 = Alterar </li></ul><ul><li>3 = Copiar </li></ul><ul><li>4 = Eliminar </li></ul><ul><li>5 = Visualizar </li></ul><ul><li>6 = Imprimir definição </li></ul><ul><li>8 = Executar por lotes </li></ul><ul><li>9 = Executar </li></ul>
    8. 8. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 Criar / Alterar <ul><li>Preencher : </li></ul><ul><li>1 = Criar </li></ul><ul><li>2 = Alterar </li></ul><ul><li>Nome da Consulta </li></ul><ul><li>Biblioteca onde será/está gravada a consulta : </li></ul>
    9. 9. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 Especificar selecções de ficheiros Seleccionar um ficheiro único
    10. 10. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 ESPECIFICAR SELECÇÕES DE FICHEIROS <ul><li>Seleccionar ficheiros múltiplos (F9) </li></ul><ul><li>Inserir o nome de cada um dos ficheiros a utilizar na consulta </li></ul>
    11. 11. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 ESPECIFICAR SELECÇÕES DE FICHEIROS <ul><li>Junção de ficheiros </li></ul><ul><li>Registos concordantes </li></ul><ul><li>Registos concordantes com ficheiro primário </li></ul><ul><li>Registos não concordantes com ficheiro primário </li></ul><ul><li>Seleccionar os campos e critérios de junção </li></ul>
    12. 12. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 Definir campos de resultados <ul><li>Operadores : </li></ul><ul><li>Operações aritméticas (+ ; - ; * ; /) </li></ul><ul><li>Subcadeias de caracteres (SUBSTR) </li></ul><ul><li>Concatenar informação (||) </li></ul><ul><li>Conversão de dados (CHAR; DIGITS; VALUE) </li></ul><ul><li>Valores de Sistema (DATE; TIME ; CURRENT) </li></ul>
    13. 13. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 SELECCIONAR E SEQUENCIAR CAMPOS Identificar os campos e a sequencia em que deverão ser apresentados
    14. 14. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 SELECCIONAR REGISTOS <ul><li>A selecção pode ser efectuada por : </li></ul><ul><li>Testes de comparação (EQ ; NE ; LE ; GE ; LT ; GT) </li></ul><ul><li>Definição de limites (RANGE) </li></ul><ul><li>Lista de valores (LIST/NLIST) </li></ul><ul><li>Partes de literal (LIKE/NLIKE) </li></ul>
    15. 15. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 SELECCIONAR CAMPOS DE ORDENAÇÃO <ul><li>Máximo 32 campos de ordenação </li></ul><ul><li>Prioridade de ordenação </li></ul><ul><li>Ascendente </li></ul><ul><li>Descendente </li></ul>
    16. 16. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 FORMATAÇÃO DE COLUNAS DE RELATÓRIO <ul><li>A cada coluna de relatório poderá ser atribuída uma </li></ul><ul><li>formatação especifica, como: </li></ul><ul><li>Espacejamento entre as colunas de relatório </li></ul><ul><li>Titulo de cada coluna </li></ul><ul><li>Comprimento e casas decimais </li></ul><ul><li>Edição de campos numéricos (pontuação, </li></ul><ul><li>símbolo monetário, etc.) </li></ul><ul><li>Esta formatação aplica-se apenas para consultas em ecran </li></ul><ul><li>ou relatórios impressos </li></ul>
    17. 17. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 FORMATAÇÃO DE COLUNAS DE RELATÓRIO Presentação da consulta após formatação de colunas
    18. 18. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 FUNÇÕES DE RESUMO DE RELATÓRIO <ul><li>Tipos de funções de resumo : </li></ul><ul><li>Total de coluna (1) </li></ul><ul><li>Média de coluna (2) </li></ul><ul><li>Valor Mínimo (3) </li></ul><ul><li>Valor Máximo (4) </li></ul><ul><li>Contagem de linhas (5) </li></ul>Apresentação após definições de resumo de relatório
    19. 19. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 DEFINIR QUEBRAS DE RELATÓRIO Terá de definir como devem aparecer as quebras de página (ecrans seguintes)
    20. 20. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 DEFINIR QUEBRAS DE RELATÓRIO
    21. 21. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 TIPO E FORMA DE OUTPUT Tipo de output Écran Impressora Ficheiro de base de dados Forma de output Detalhado Resumido Translineação Largura da translineação Registo numa página
    22. 22. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 TIPO E FORMA DE OUTPUT <ul><li>Ecran </li></ul>Apresentação
    23. 23. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 TIPO E FORMA DE OUTPUT <ul><li>Impressora </li></ul>
    24. 24. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 TIPO E FORMA DE OUTPUT <ul><li>Impressora </li></ul>Definir dados página introdutória e cabeçalhos do output impresso
    25. 25. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 TIPO E FORMA DE OUTPUT <ul><li>Ficheiro de Base de Dados </li></ul><ul><li>Indicar o nome do ficheiro </li></ul><ul><li>Biblioteca </li></ul><ul><li>Forma de gravação (opção 2 recomendada) </li></ul><ul><li>Texto descritivo do conteúdo do ficheiro </li></ul>Ficheiro produzido
    26. 26. iSeries 400 - QUERY © Luis Panao 2004 SAIR DA CONSULTA <ul><li>Ao sair da consulta, para que a possamos reutilizar, </li></ul><ul><li>mudando ou não os críterios de execução : </li></ul><ul><li>Cálculos </li></ul><ul><li>Campos utiliuzados </li></ul><ul><li>Selecções de dados </li></ul><ul><li>Ordenação </li></ul><ul><li>Funções de Resumo </li></ul><ul><li>Formatação de Colunas </li></ul><ul><li>Tipo de output a prduzir (ecran, relatório ou ficheiro) </li></ul>Teremos de proceder à sua salvaguarda <ul><li>Nome da consulta </li></ul><ul><li>Biblioteca (a nossa biblioteca de trabalho) </li></ul><ul><li>Texto explicativo das funções e objectivos da consulta </li></ul>

    ×