ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO UNIDOS PELA VIDA

57 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
57
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO UNIDOS PELA VIDA

  1. 1. CONFIDENCIAL / CREATE BY LivioPereira Page 1 ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO UNIDOS PELA VIDA CAPITULO I Artigo 1 Designação O nome oficial da Associação é “ UNIDOS PELA VIDA “ Artigo 2 A Associação é “ UNIDOS PELA VIDA “ é uma Organização de carácter humanitário, sem fim lucrativo de âmbito nacional e goza de uma autonomia financeira. Artigo 3 Sede A Associação é “ UNIDOS PELA VIDA “ tem sua sede na província de Nampula. Sem prejuízo do seu carácter provincial a Associação é “ UNIDOS PELA VIDA “ pode realizar actividades em parceria com outras organizações e Instituições noutros pontos do Pais. Artigo 4 Símbolo O símbolo da Associação é “ UNIDOS PELA VIDA “ é constituído por uma figura representativa de três pessoa com mãos levantadas e por baixo da imagem consta as letras iniciais da Associação é “ UNIDOS PELA VIDA “ – AUVI. O símbolo referido vem em anexo e faz parte do presente Estatuto.
  2. 2. CONFIDENCIAL / CREATE BY LivioPereira Page 2 Artigo 5 Objectivos Dar assistência a crianças e famílias necessitadas, promover desenvolvimento sustentável das comunidades. Artigo 6 Membros Pode ser membro da Associação é “ UNIDOS PELA VIDA “ todo cidadão Moçambicano interessado, com idade igual ou superior a 18 anos de idade sem qualquer tipo de descriminação. Artigo 7 Categorias dos membros Os membros da Associação “ UNIDOS PELA VIDA “ estão organizados nas seguintes categorias: a) Membros do corpo directivo b) Membros da brigada provincial de assistência social c) Agentes comunitários de assistência social Artigo 8 Corpo de Direcção 1. É o órgão responsável pela coordenação de todas as actividades da Associação. 2. São membros do corpo de direcção a) Presidente da Associação b) Chefe do grupo de estatística e logística. c) Chefe do grupo de contabilidade e finanças
  3. 3. CONFIDENCIAL / CREATE BY LivioPereira Page 3 Artigo 9 Competências do Presidente 1. Compete ao presidente da Associação: a) Convocar e presidir as reuniões do corpo de direcção b) Convocar e presidir as reuniões da Associação c) Representar a Associação no Plano Provincial, Nacional e Internacional d) Elaborar o Programa anual de actividades e submeter ao corpo de direcção e) Elaborar relatórios semestrais e anuais das actividades f) Zelar pelo cumprimento dos princípios de humanismo, solidariedade e compaixão por parte dos membros da associação. g) Propor corpo de direcção medidas disciplinares aos membros que ponham em causa os nobres princípios que regem a associação. h) Solicitar assessoria e consultoria para a associação i) Celebrar acordos de parceria com outras organizações, associações ou Instituições. Artigo 10 Substituição do Presidente Nas suas ausências e impedimentos, o presidente da associação é substituído pelo chefe do grupo de contabilidade e finanças. Artigo 11 Direitos dos membros da Associação a) Participar nas actividades da associação que lhes sejam destinadas b) Ocupar cargos de responsabilidade dentro da associação c) Apresentar contribuições para melhoria do desempenho da associação d) Ter acesso aos meios da associação para o desempenho adequado das actividades da Associação e) Ter apoio e solidariedade da direcção da associação e outros colegas no exercício das duas actividades.
  4. 4. CONFIDENCIAL / CREATE BY LivioPereira Page 4 Artigo 12 Deveres dos membros da Associação a) Não faltar nas actividades da associação, excepto em casos devidamente justificados b) Não ter atitudes e práticas que prejudicam o bom desempenho da associação c) Colaborar com a direcção e outros colegas para o sucesso das actividades da associação d) Agir sempre movido pelo espírito humanitário, solidariedade e compaixão. Artigo 13 Formas de Financiamento As actividades da Associação são financiadas através de fundos e meios obtidos por contrubuições, doações dos seus membros e de outras entidades não governamentais que se identifiquem com os nossos objectivos. Artigo 14 Cooperação A Associação UNIDOS PELA VIDA coopera com outras associações ou organizações, assim como Instituições Nacionais e Estrangeiras, respeitando com rigor os seus princípios humanitários Artigo 15 O presente estatuto entra em vigor imediatamente após a sua aprovação pela entidade competente

×