SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 51
Pronomes
• Classe de palavras que acompanha ou
substitui o substantivo e que dá indicações
sobre aquilo que este expressa, limitando ou
concretizando o seu significado. Concordam
em gênero e número com o substantivo a que
se referem.
Meu irmão chegou tarde em casa. — meu:
pronome adjetivo, pois acompanha um
substantivo.
# Ele estudou muito para fazer a prova. — ele:
pronome substantivo, pois substitui um
substantivo.
Pronomes pessoais
• Classe de palavras que representa no discurso
as três pessoas gramaticais, indicando, por
isso, quem fala, com quem se fala e de quem
se fala.
Caso reto
• São do caso reto os pronomes que nas
orações desempenham a função de sujeito ou
predicativo do sujeito. eu, tu, ele/ela, nós,
vós, eles/elas.
• Exemplos:
• Eu entreguei a requisição hoje. (sujeito)
• A felizarda é ela. (predicativo)
• São os pronomes pessoais retos que, no
discurso, indicam:
• Quem fala: primeira pessoa do singular (eu)
ou do plural (nós).
• Com quem se fala: segunda pessoa do
singular (tu) ou do plural (vós).
• De quem se fala: terceira pessoa do singular
(ele, ela) ou plural (ele, elas).
• Muitas vezes, esses pronomes são omitidos
nas orações. Isso porque a desinência verbal
já dá a indicação da pessoa a que se refere:
• (Eu) Falo com todo mundo.
(Tu) Cantas todo o dia.
(Ele) Costuma ser crítico.
(Nós) Vamos ao teatro hoje?
(Vós) Sabeis o que dizes?
(Eles) Foram embora?
Caso oblíquo
• São do caso oblíquo os pronomes que nas
orações desempenham funções de
complemento verbal ou complemento
nominal. As formas dos pronomes pessoais do
caso oblíquo variam de acordo com a
tonicidade com que são pronunciados,
dividindo se em átonos e tônicos.
• Ex: me, mim, te, ti, o, a, se, lhe, ele, ela, si,
nos, nós, vos, vós, os, as, lhes, eles, elas.
• Eles são usados como objeto direto, objeto
indireto, complemento nominal, agente da
passiva e adjunto adverbial.
• Exemplos:
• Não te contaram a novidade?
• Foi ela que me disse.
• Fique longe de mim.
Pronomes de tratamento
• São usados no trato formal, quando não deve
haver intimidade.
• Os pronomes de tratamento apresentam
certas peculiaridades quanto à concordância
verbal, nominal e pronominal. Embora se
refiram a segunda pessoa gramatical (à pessoa
com quem se fala, ou a quem se dirige a
comunicação), levam a concordância para a
terceira pessoa.
• Há mais dois pontos a esclarecer acerca dos
pronomes de tratamento:
• 1. Ao se dirigir respeitosamente a uma
autoridade, você usa o "Vossa".
• Ex.: Vossa Excelência foi muito útil na
resolução do problema.
• Ao se dirigir a outra pessoa, referindo-se
àquela mesma autoridade, você usa o "Sua".
Ex. Sua Excelência, o deputado José, foi muito
útil na resolução do problema.... -
• 2. Ao usar o pronome de tratamento como
vocativo (para chamar, avisar, interpelar),
dispensa-se o pronome possessivo (Vossa,
Sua).
• Ex.: Cuidado, Excelência!
• Perdão, Alteza!
• Atenção, Majestade!
Pronomes demonstrativos
• Classe de palavras que, substituindo ou
acompanhando os nomes, indica a posição
dos seres e das coisas no espaço e no tempo
em relação às pessoas gramaticais.
• Uso dos pronomes demonstrativos
• Os pronomes demonstrativos variam em
gênero (masculino ou feminino) e em
número (singular ou plural), a depender do
nome ao qual se referem. Além disso, seu uso
leva em conta uma das pessoas do discurso
como referência, conforme vimos no quadro
anterior.
• → “Este” e suas variáveis
• Segundo a gramática tradicional, o pronome
“este” e suas variáveis são usados:
• - para referir-se a seres ou coisas que estejam
próximos da 1ª pessoa do discurso (aquela que
fala);
• - para referir-se a períodos que estejam próximos
do momento em que se fala (tempo presente);
• - para substituir o termo mais próximo no
enunciado (isto é, o último mencionado),
evitando repetição.
• Veja nos exemplos:
• Estas obras que tenho em mãos são minhas
preferidas.
• É uma honra receber este prêmio. Este é um
momento muito especial para mim.
• Isto aqui está uma bagunça!
• Gosto mais de cães do que de gatos, mas acho
que estes [os gatos] dão menos trabalho.
• → “Esse” e suas variáveis
• Segundo a gramática tradicional, o pronome
“esse” e suas variáveis são usados:
• - para referir-se a seres ou coisas mais
próximos da 2ª pessoa do discurso (aquela a
quem se fala) ou, pelo menos, um pouco
distantes da 1ª pessoa;
• - parar referir-se a períodos um pouco
distantes do momento em que se fala
(passado ou futuro próximos).
• Veja os exemplos:
• Você me empresta esse livro?
• Essa sua história está mal contada...
• Isso não é nada perto do que eu vi.
• Esses últimos meses foram difíceis.
• → “Aquele” e suas variáveis
• Por fim, “aquele” e suas variáveis são usados:
• - para indicar seres ou coisas muito distantes da 1ª
pessoa;
• - para referir-se a períodos (passado ou futuro) muito
distantes do tempo em que se enuncia (tempo
presente);
• - caso haja 3ª pessoa no discurso, é possível usar esse
pronome para coisas próximas da 3ª pessoa;
• - além disso, assim como ocorre com o pronome
“este”, o pronome “aquele” pode ser usado para
substituir um termo no enunciado, evitando repetição.
No entanto, é usado para substituir o termo mais
distante (isto é, o primeiro a ser mencionado).
• Vejamos mais alguns exemplos:
• Aquelas árvores mais distantes estão muito mal
cuidadas...
• Veja aquele vestido que ela está usando! É lindo!
• Que saudades de minha infância... Aquele tempo
era tão bom!
• O que é aquilo?
• Gosto mais de cães do que de gatos, mas acho
que estes [os gatos] dão menos trabalho do
que aqueles [os cães].
Pronomes relativos
• Classe de palavras que estabelece uma relação
entre uma palavra antecedente que
representa e aquilo que a seu respeito se vai
dizer na oração que introduz, ou que
estabelece uma relação entre um nome que
determina e um antecedente.
• São eles: que, quem, quando, como, onde e
suas variáveis.
• 1. que, o qual, os quais, a qual, as quais:
• E você era a princesa que eu fiz coroar. (Chico
Buarque)
• Os temas sobre os quais falamos são bastante
complexos.
• A Carta de Caminha, a qual inaugura a
literatura no Brasil, foi redigida no dia 1º de
maio de 1500.
• 2. quem, cujo, cujos, cuja, cujas
• Ela era minha professora, a quem admirei ao
longo do meu percurso.
• O funcionário, cujo currículo desconheço, foi
promovido.
• Os trabalhos, cujas interpretações não tenham
sido feitas, serão prejudicados.
• 3. quando, quanto, quantos, quantas
• É a hora quando eu consigo parar para pensar.
• Comeu tudo quanto tinha vontade.
• Farei tantas exigências quantas forem
necessárias.
• 4. como
• Não gosto da forma como ele ensina.
• 5. onde
• O lugar é ali onde eu informei.
Pronomes interrogativos
• Classe de palavras que, substituindo ou
acompanhando os nomes, é empregada para
formular uma pergunta direta ou indireta.
• São eles: que, quem, qual, quais, quanto,
quanta, quantos, quantas.
• Exemplos de orações interrogativas diretas:
• Que dia é hoje?
• Quem fez esse bolo?
• Qual dos dois é mais bonito?
• Quanto custa a entrada para o cinema?
• Exemplos de orações interrogativas indiretas:
• Perguntei que dia é hoje.
• Queria saber quem fez esse bolo.
• Diga, na sua opinião, qual dos dois é mais
bonito.
• Informe quanto custa a entrada para o
cinema.
• Os pronomes interrogativos que e quem são
invariáveis. Já o pronome qual flexiona-se em
número (quais) e o pronome quanto flexiona
em gênero
(quanto, quanta, quantos, quantas).
• Pronome interrogativo que
• 1. O pronome interrogativo que pode ser um
pronome substantivo quando tem o sentido
de "que coisa".
• Exemplos:
• Que foi aquilo?
• Que teria acontecido?
• Não sei que disse a aluna à professora.
• . O pronome interrogativo que pode ser um
pronome adjetivo, quando tem o sentido de
"que espécie de".
• Exemplos:
• Que vendaval passou por aqui?
• Que sentimento é esse?
• Não sei que pessoa era capaz de fazer isso.
• Pronome interrogativo quem
• 1. O pronome interrogativo quem pode ser
um pronome substantivo.
• Exemplos:
• Quem será aquele cantor?
• Não ignore quem te sustentou.
• Perguntei quem era o responsável por aquela
confusão.
• O pronome interrogativo quem pode ser
empregado como predicativo do sujeito (de
um sujeito que esteja no plural) em orações
que contenham o verbo ser.
• Exemplo:
• Quem sois?
• Quem eram os visitantes?
• Você sabe quem são os visitantes?
• Pronome interrogativo qual
• O pronome interrogativo qual geralmente é
usado como pronome adjetivo.
• Exemplos:
• Qual a razão desse comportamento?
• Qual é o objetivo da fofoca?
• Diga-me qual desses alunos falou com você.
• Pronome interrogativo quanto
• O pronome interrogativo quanto pode ser
tanto um pronome substantivo como um
pronome adjetivo.
• Exemplos:
• Quantos são vocês?
• Quantos anos fez?
• Verifique quantas caixas serão necessárias
para a mudança.
• Emprego exclamativo dos pronomes
interrogativos
• Os pronomes interrogativos também podem
ser usados em orações exclamativas.
• Exemplos:
• Que alegria!
• Quem diria!
• Quanta formosura!
Pronomes indefinidos
• Classe de palavras que designa ou determina a
3ª pessoa gramatical (seres ou coisas) de
modo vago e impreciso
• Alguém pode explicar o que aconteceu?
• Todos ficaram felizes com a tua chegada.
• Qualquer um serve.
Pronomes possessivos
• Classe de palavras que exprime a posse em
relação às três pessoas gramaticais.
• Alguns exemplos se pronomes possessivos
são: meu, minha, teu, tua, seu sua, nosso,
nossa, vosso e vossa.
• Todos viram meu carro novo.
• • A minha casa é logo ali.
Nota-se que, no primeiro exemplo, o termo
“meu” refere-se ao objeto “carro” no sentido
de posse. Portanto, o “meu” é o possuidor e
“carro” é a coisa possuída. Da mesma forma,
o segundo exemplo, o termo "minha" denota
o sentido de possuidor de algo.
COLOCAÇÃO PRONOMINAL
Pronomes.pptx

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Pronomes.pptx

7 estude-o-uso-dos-pronomes-faça-o-download-do-anexo-07
7 estude-o-uso-dos-pronomes-faça-o-download-do-anexo-077 estude-o-uso-dos-pronomes-faça-o-download-do-anexo-07
7 estude-o-uso-dos-pronomes-faça-o-download-do-anexo-07
marcelestevao
 
Camtasia Getting Started Guide,2 0
Camtasia Getting Started Guide,2 0Camtasia Getting Started Guide,2 0
Camtasia Getting Started Guide,2 0
ana paula
 
Cefet/Coltec Aula 8 Especial: Pronomes
Cefet/Coltec Aula 8  Especial: PronomesCefet/Coltec Aula 8  Especial: Pronomes
Cefet/Coltec Aula 8 Especial: Pronomes
ProfFernandaBraga
 
Resumos gramática inglês
Resumos gramática inglêsResumos gramática inglês
Resumos gramática inglês
Luciana Viter
 
Resumos Inglês
Resumos InglêsResumos Inglês
Resumos Inglês
roki98
 

Semelhante a Pronomes.pptx (20)

7 estude-o-uso-dos-pronomes-faça-o-download-do-anexo-07
7 estude-o-uso-dos-pronomes-faça-o-download-do-anexo-077 estude-o-uso-dos-pronomes-faça-o-download-do-anexo-07
7 estude-o-uso-dos-pronomes-faça-o-download-do-anexo-07
 
Pronome 2
Pronome 2Pronome 2
Pronome 2
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Pronomes 2
Pronomes 2Pronomes 2
Pronomes 2
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Pronome
PronomePronome
Pronome
 
Pronomes - Prof. Ana Glades
Pronomes - Prof. Ana GladesPronomes - Prof. Ana Glades
Pronomes - Prof. Ana Glades
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
3450-classes-de-palavras-morfologia-zambeli.pdf
3450-classes-de-palavras-morfologia-zambeli.pdf3450-classes-de-palavras-morfologia-zambeli.pdf
3450-classes-de-palavras-morfologia-zambeli.pdf
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
3450 classes-de-palavras-morfologia-zambeli
3450 classes-de-palavras-morfologia-zambeli3450 classes-de-palavras-morfologia-zambeli
3450 classes-de-palavras-morfologia-zambeli
 
trab
trabtrab
trab
 
Camtasia Getting Started Guide,2 0
Camtasia Getting Started Guide,2 0Camtasia Getting Started Guide,2 0
Camtasia Getting Started Guide,2 0
 
Cefet/Coltec Aula 8 Especial: Pronomes
Cefet/Coltec Aula 8  Especial: PronomesCefet/Coltec Aula 8  Especial: Pronomes
Cefet/Coltec Aula 8 Especial: Pronomes
 
Resumos gramática inglês
Resumos gramática inglêsResumos gramática inglês
Resumos gramática inglês
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Pronome simplificado
Pronome simplificadoPronome simplificado
Pronome simplificado
 
Pronomes marlos
Pronomes marlosPronomes marlos
Pronomes marlos
 
Resumos Inglês
Resumos InglêsResumos Inglês
Resumos Inglês
 
Pronome.pdf
Pronome.pdfPronome.pdf
Pronome.pdf
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
sfwsoficial
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
andreaLisboa7
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 

Último (20)

Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 

Pronomes.pptx

  • 2. • Classe de palavras que acompanha ou substitui o substantivo e que dá indicações sobre aquilo que este expressa, limitando ou concretizando o seu significado. Concordam em gênero e número com o substantivo a que se referem.
  • 3. Meu irmão chegou tarde em casa. — meu: pronome adjetivo, pois acompanha um substantivo. # Ele estudou muito para fazer a prova. — ele: pronome substantivo, pois substitui um substantivo.
  • 4. Pronomes pessoais • Classe de palavras que representa no discurso as três pessoas gramaticais, indicando, por isso, quem fala, com quem se fala e de quem se fala.
  • 5.
  • 6. Caso reto • São do caso reto os pronomes que nas orações desempenham a função de sujeito ou predicativo do sujeito. eu, tu, ele/ela, nós, vós, eles/elas. • Exemplos: • Eu entreguei a requisição hoje. (sujeito) • A felizarda é ela. (predicativo)
  • 7. • São os pronomes pessoais retos que, no discurso, indicam: • Quem fala: primeira pessoa do singular (eu) ou do plural (nós). • Com quem se fala: segunda pessoa do singular (tu) ou do plural (vós). • De quem se fala: terceira pessoa do singular (ele, ela) ou plural (ele, elas).
  • 8. • Muitas vezes, esses pronomes são omitidos nas orações. Isso porque a desinência verbal já dá a indicação da pessoa a que se refere: • (Eu) Falo com todo mundo. (Tu) Cantas todo o dia. (Ele) Costuma ser crítico. (Nós) Vamos ao teatro hoje? (Vós) Sabeis o que dizes? (Eles) Foram embora?
  • 9.
  • 10. Caso oblíquo • São do caso oblíquo os pronomes que nas orações desempenham funções de complemento verbal ou complemento nominal. As formas dos pronomes pessoais do caso oblíquo variam de acordo com a tonicidade com que são pronunciados, dividindo se em átonos e tônicos. • Ex: me, mim, te, ti, o, a, se, lhe, ele, ela, si, nos, nós, vos, vós, os, as, lhes, eles, elas.
  • 11. • Eles são usados como objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, agente da passiva e adjunto adverbial. • Exemplos: • Não te contaram a novidade? • Foi ela que me disse. • Fique longe de mim.
  • 12. Pronomes de tratamento • São usados no trato formal, quando não deve haver intimidade. • Os pronomes de tratamento apresentam certas peculiaridades quanto à concordância verbal, nominal e pronominal. Embora se refiram a segunda pessoa gramatical (à pessoa com quem se fala, ou a quem se dirige a comunicação), levam a concordância para a terceira pessoa.
  • 13.
  • 14.
  • 15. • Há mais dois pontos a esclarecer acerca dos pronomes de tratamento: • 1. Ao se dirigir respeitosamente a uma autoridade, você usa o "Vossa". • Ex.: Vossa Excelência foi muito útil na resolução do problema. • Ao se dirigir a outra pessoa, referindo-se àquela mesma autoridade, você usa o "Sua". Ex. Sua Excelência, o deputado José, foi muito útil na resolução do problema.... -
  • 16. • 2. Ao usar o pronome de tratamento como vocativo (para chamar, avisar, interpelar), dispensa-se o pronome possessivo (Vossa, Sua). • Ex.: Cuidado, Excelência! • Perdão, Alteza! • Atenção, Majestade!
  • 17.
  • 18. Pronomes demonstrativos • Classe de palavras que, substituindo ou acompanhando os nomes, indica a posição dos seres e das coisas no espaço e no tempo em relação às pessoas gramaticais.
  • 19.
  • 20. • Uso dos pronomes demonstrativos • Os pronomes demonstrativos variam em gênero (masculino ou feminino) e em número (singular ou plural), a depender do nome ao qual se referem. Além disso, seu uso leva em conta uma das pessoas do discurso como referência, conforme vimos no quadro anterior.
  • 21. • → “Este” e suas variáveis • Segundo a gramática tradicional, o pronome “este” e suas variáveis são usados: • - para referir-se a seres ou coisas que estejam próximos da 1ª pessoa do discurso (aquela que fala); • - para referir-se a períodos que estejam próximos do momento em que se fala (tempo presente); • - para substituir o termo mais próximo no enunciado (isto é, o último mencionado), evitando repetição.
  • 22. • Veja nos exemplos: • Estas obras que tenho em mãos são minhas preferidas. • É uma honra receber este prêmio. Este é um momento muito especial para mim. • Isto aqui está uma bagunça! • Gosto mais de cães do que de gatos, mas acho que estes [os gatos] dão menos trabalho.
  • 23. • → “Esse” e suas variáveis • Segundo a gramática tradicional, o pronome “esse” e suas variáveis são usados: • - para referir-se a seres ou coisas mais próximos da 2ª pessoa do discurso (aquela a quem se fala) ou, pelo menos, um pouco distantes da 1ª pessoa; • - parar referir-se a períodos um pouco distantes do momento em que se fala (passado ou futuro próximos).
  • 24. • Veja os exemplos: • Você me empresta esse livro? • Essa sua história está mal contada... • Isso não é nada perto do que eu vi. • Esses últimos meses foram difíceis.
  • 25. • → “Aquele” e suas variáveis • Por fim, “aquele” e suas variáveis são usados: • - para indicar seres ou coisas muito distantes da 1ª pessoa; • - para referir-se a períodos (passado ou futuro) muito distantes do tempo em que se enuncia (tempo presente); • - caso haja 3ª pessoa no discurso, é possível usar esse pronome para coisas próximas da 3ª pessoa; • - além disso, assim como ocorre com o pronome “este”, o pronome “aquele” pode ser usado para substituir um termo no enunciado, evitando repetição. No entanto, é usado para substituir o termo mais distante (isto é, o primeiro a ser mencionado).
  • 26. • Vejamos mais alguns exemplos: • Aquelas árvores mais distantes estão muito mal cuidadas... • Veja aquele vestido que ela está usando! É lindo! • Que saudades de minha infância... Aquele tempo era tão bom! • O que é aquilo? • Gosto mais de cães do que de gatos, mas acho que estes [os gatos] dão menos trabalho do que aqueles [os cães].
  • 27.
  • 28. Pronomes relativos • Classe de palavras que estabelece uma relação entre uma palavra antecedente que representa e aquilo que a seu respeito se vai dizer na oração que introduz, ou que estabelece uma relação entre um nome que determina e um antecedente. • São eles: que, quem, quando, como, onde e suas variáveis.
  • 29.
  • 30. • 1. que, o qual, os quais, a qual, as quais: • E você era a princesa que eu fiz coroar. (Chico Buarque) • Os temas sobre os quais falamos são bastante complexos. • A Carta de Caminha, a qual inaugura a literatura no Brasil, foi redigida no dia 1º de maio de 1500.
  • 31. • 2. quem, cujo, cujos, cuja, cujas • Ela era minha professora, a quem admirei ao longo do meu percurso. • O funcionário, cujo currículo desconheço, foi promovido. • Os trabalhos, cujas interpretações não tenham sido feitas, serão prejudicados.
  • 32. • 3. quando, quanto, quantos, quantas • É a hora quando eu consigo parar para pensar. • Comeu tudo quanto tinha vontade. • Farei tantas exigências quantas forem necessárias.
  • 33. • 4. como • Não gosto da forma como ele ensina. • 5. onde • O lugar é ali onde eu informei.
  • 34. Pronomes interrogativos • Classe de palavras que, substituindo ou acompanhando os nomes, é empregada para formular uma pergunta direta ou indireta. • São eles: que, quem, qual, quais, quanto, quanta, quantos, quantas.
  • 35. • Exemplos de orações interrogativas diretas: • Que dia é hoje? • Quem fez esse bolo? • Qual dos dois é mais bonito? • Quanto custa a entrada para o cinema?
  • 36. • Exemplos de orações interrogativas indiretas: • Perguntei que dia é hoje. • Queria saber quem fez esse bolo. • Diga, na sua opinião, qual dos dois é mais bonito. • Informe quanto custa a entrada para o cinema.
  • 37. • Os pronomes interrogativos que e quem são invariáveis. Já o pronome qual flexiona-se em número (quais) e o pronome quanto flexiona em gênero (quanto, quanta, quantos, quantas).
  • 38. • Pronome interrogativo que • 1. O pronome interrogativo que pode ser um pronome substantivo quando tem o sentido de "que coisa". • Exemplos: • Que foi aquilo? • Que teria acontecido? • Não sei que disse a aluna à professora.
  • 39. • . O pronome interrogativo que pode ser um pronome adjetivo, quando tem o sentido de "que espécie de". • Exemplos: • Que vendaval passou por aqui? • Que sentimento é esse? • Não sei que pessoa era capaz de fazer isso.
  • 40. • Pronome interrogativo quem • 1. O pronome interrogativo quem pode ser um pronome substantivo. • Exemplos: • Quem será aquele cantor? • Não ignore quem te sustentou. • Perguntei quem era o responsável por aquela confusão.
  • 41. • O pronome interrogativo quem pode ser empregado como predicativo do sujeito (de um sujeito que esteja no plural) em orações que contenham o verbo ser. • Exemplo: • Quem sois? • Quem eram os visitantes? • Você sabe quem são os visitantes?
  • 42. • Pronome interrogativo qual • O pronome interrogativo qual geralmente é usado como pronome adjetivo. • Exemplos: • Qual a razão desse comportamento? • Qual é o objetivo da fofoca? • Diga-me qual desses alunos falou com você.
  • 43. • Pronome interrogativo quanto • O pronome interrogativo quanto pode ser tanto um pronome substantivo como um pronome adjetivo. • Exemplos: • Quantos são vocês? • Quantos anos fez? • Verifique quantas caixas serão necessárias para a mudança.
  • 44. • Emprego exclamativo dos pronomes interrogativos • Os pronomes interrogativos também podem ser usados em orações exclamativas. • Exemplos: • Que alegria! • Quem diria! • Quanta formosura!
  • 45. Pronomes indefinidos • Classe de palavras que designa ou determina a 3ª pessoa gramatical (seres ou coisas) de modo vago e impreciso • Alguém pode explicar o que aconteceu? • Todos ficaram felizes com a tua chegada. • Qualquer um serve.
  • 46.
  • 47. Pronomes possessivos • Classe de palavras que exprime a posse em relação às três pessoas gramaticais. • Alguns exemplos se pronomes possessivos são: meu, minha, teu, tua, seu sua, nosso, nossa, vosso e vossa.
  • 48. • Todos viram meu carro novo. • • A minha casa é logo ali. Nota-se que, no primeiro exemplo, o termo “meu” refere-se ao objeto “carro” no sentido de posse. Portanto, o “meu” é o possuidor e “carro” é a coisa possuída. Da mesma forma, o segundo exemplo, o termo "minha" denota o sentido de possuidor de algo.
  • 49.