Equipamentos

249 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
249
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Equipamentos

  1. 1. ESCOLA BÁSICA INTEGRADA QUINTA DO CONDE – 11/12 CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS – NÍVEL SECUNDÁRIO CULTURA, LÍNGUA E COMUNICAÇÃO EFA – NS – 2º AnoUNIDADE DE FORMAÇÃO DE CLC 1 – Equipamentos – impactos culturais e comunicacionais CURTA DURAÇÃO -A Língua como factor de apropriação dos equipamentos e sistemas técnicos; CONTEÚDOS -Reflexos da evolução dos equipamentos e sistemas técnicos no perfil comunicacional das relações interpessoais.FORMADORA: Ana Carriço FORMANDO/A: Judite Salgueiro DATA: 14/2/2012 EquipamentosTarefa AOrdene de 1 a 16 os equipamentos de acordo com a importância que eles têm na sua vida diária ena da sua família. (1 + importante; 16 – importante)Justifique a sua resposta, explicando em que circunstâncias, por quem e durante quanto tempodiária ou semanalmente esses equipamentos são utilizados. Tarefa A7 Máquina de lavar roupa9 Máquina de lavar loiça3 Telemóvel6 Televisão Enumerei os equipamentos de acordo com aRádio importância que eles representam nas vivências diárias minha4 Telefone fixo e da minha filha, sendo os mesmos utilizados5 Aspirador indiferenciadamente pelas duas.8 Forno micro-ondas Como equipamento essencial utilizamos o frigoríficoAr condicionado para a conservação indispensável dos alimentos, seguido do1 Frigorífico fogão destinado à sua confeção.Painel solar de aquecimento de O telefone fixo e o telemóvel são também utilizadoságua diariamente para me comunicar com a minha mãe que é idosa10 Leitor de DVD e vive sozinha, com a minha filha, com empresas, a fim de11 Máquina fotográfica digital conseguir emprego, ou simplesmente para falar com alguém eImpressora quebrar um pouco a solidão.2 Fogão Seguidamente utilizamos, diariamente, o aspiradorGPS devido à queda de pêlo do gatinho que temos. A televisão é ligada diariamente, à noite, para assistir a uma ou outra série cinematográfica, sendo a máquina de lavar roupa utilizada duas vezes por semana. O forno micro-ondas é utilizado em média 1 vez por semana, no caso de alguma refeição ter esfriado. Devido à escassa loiça que existe para lavar, só se justifica utilizar a máquina em média, também, 1 vez por semana, nomeadamente quando aparecem amigos em casa ao sábado, para jantar, sendo nessas ocasiões que assistimos a um filme gravado em DVD. A máquina fotográfica digital só é utilizada se, eventualmente, nos deslocarmos a um local cujas paisagens e momentos aí passados sejam dignos de registo. Os restantes equipamentos não foram referidos porque não fazem parte da minha vida diária, sendo que alguns deles, nomeadamente a impressora e o painel solar de aquecimento de água, gostaria que fizessem parte dela, mas não é possível, de momento, adquiri-los.
  2. 2. ESCOLA BÁSICA INTEGRADA QUINTA DO CONDE – 11/12 CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS – NÍVEL SECUNDÁRIO CULTURA, LÍNGUA E COMUNICAÇÃO EFA – NS – 2º AnoTarefa BCom cerca de 400 palavras, elabore um texto criativo autobiográfico sobre a sua vida diária (real ouimaginada) onde terá que incluir obrigatoriamente referência à utilização dos equipamentos acimamencionados. Ainda é cedo, mas já tenho o estômago a “roncar” … bem, lá terá que ser, vou-me levantar ever o que há no frigorífico que me acalme estes “barulhinhos” incomodativos. Mas que raio! Parece que esperam que eu entre para dentro da banheira, para ligarem parao telemóvel. Estou sempre em sobressalto porque a minha mãe vive só, já é idosa e com pouca saúde.Tenho receio que algo lhe aconteça. Afinal a chamada era de uma amiga a convidar para beber umcafé. Vou-me vestir, mas antes de sair de casa não posso esquecer de ligar à minha mãe parasaber como passou a noite. Saio de casa mais despreocupada, porque hoje a minha mãe está bem disposta e até nemse queixou das dores que a costumam afligir. Está a chegar a hora de almoço. Tenho uns bifes de frango que vou grelhar no fogão, comuma salada a acompanhar e está o almoço feito. Toca novamente o telemóvel (odeio que me interrompam a hora das refeições). Já devolvo achamada quando acabar de saborear o almocito. Conversas da “treta”, outra amiga a desabafar os arrufos com o namorado … haja paciência !Ó Óscar, Óscar, gosto tanto de ti, mas tanto pêlo que largas bichano, tiras-me do sério, outra vez aaspirar, não há costas que resistam… Bem, acabei. Vou aproveitar um pouco para relaxar e ler um livro. As horas “voam”, daqui apouco lá tenho que me encostar ao fogão novamente. Chegou a filhota, vamos jantar. Ligo a televisão para assistirmos à novela da Sic, e logo após, mudar o canal para o Axn queé o nosso preferido. Entretanto, vou aproveitar para ligar a máquina de lavar roupa, enquanto não começa a sérieno Axn. Vou também aquecer um pouco de água no micro ondas para fazer um chá de camomila,hoje estou um pouco nervosa e nem sei o motivo. Amanhã é sábado, devo ter a minha prima e o namorado para jantar. Adoro estes jantares. Chegou o sábado. Vamos dar um passeio juntamente com a minha prima e o namorado. Voulevar a máquina digital, já há algum tempo que não tenho fotos recentes.
  3. 3. ESCOLA BÁSICA INTEGRADA QUINTA DO CONDE – 11/12 CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS – NÍVEL SECUNDÁRIO CULTURA, LÍNGUA E COMUNICAÇÃO EFA – NS – 2º Ano O passeio foi ótimo e não menos bom o jantar. Uii ! Tanta loiça, vou ligar a máquina paralavá-la. Finalmente acabamos todos aconchegados no sofá a assistir, no leitor de Dvd, a um thrillerque a minha prima trouxe.Tarefa CCom cerca de 400 palavras, elabore um texto criativo autobiográfico sobre a vida diária de umapersonagem que tenha vivido numa época em que ainda não tinha sido inventado nenhum dosequipamentos acima mencionados. Para o efeito, deverá fazer uma pesquisa na internet sobre aépoca que escolheu, de modo a ser o mais rigoroso possível no que diz respeito às atividadesdiárias da sua personagem.ROBINSON CRUSOE Nasci em 1632, na cidade de York, Inglaterra. O nome de Robinson teve origem no nomedos pais da minha mãe, que assim se chamavam. Esta família era uma das melhores da região. Como não aprendi qualquer ofício, cedo começaram a forjar-se na minha mente muitosprojectos, apesar do meu pai me ter proporcionado a melhor educação, mandando-me para asescolas. Queria que eu seguisse o caminho das leis, mas o meu desejo de ir para o mar era superiora tudo. Esta enorme vontade predispunha-me contra as ordens do meu pai e ficava surdocompletamente aos prementes pedidos e admoestações da minha mãe. Apesar dele ter tido comigo um longo discurso sobre o meu suposto futuro caso acatasse asordens e conselhos dele, nada me demoveu de abandonar as minhas origens e seguir o rumo devida que permanentemente me chamava. Um dia encontrei um dos meus camaradas que se preparava para embarcar para Londres,no navio do pai. Perguntou-me se eu queria partir com ele, e, para me convencer, disse que nadateria que pagar pela minha passagem. Sem me despedir de ninguém, nem dar-me ao trabalho de comunicar notícias minhas, semsequer pensar nas consequências, embarquei no navio para Londres. Neste dia de Setembro de 1651, mal o navio partiu, começou o vento a soprar e o mar aencrespar-se, de uma forma assustadora. Como era a primeira vez que navegava, senti um enormemau estar e um terror imenso. Fiquei tão angustiado que comecei a pensar que aquilo era a obradivina que me punia por ter sido desobediente e ter feito sofrer os meus pais desta forma.
  4. 4. ESCOLA BÁSICA INTEGRADA QUINTA DO CONDE – 11/12 CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS – NÍVEL SECUNDÁRIO CULTURA, LÍNGUA E COMUNICAÇÃO EFA – NS – 2º Ano No meio de toda esta angústia, fiz a promessa a Deus que, se me salvasse daquela viageminfernal, nunca mais poria os pés num barco e que iria de imediato para casa. No dia seguinte, terminada a borrasca, o mar amainou, a tarde pôs-se maravilhosa,solarenga e comecei a habituar-me. Depressa me esqueci das promessas que fizera levado pelo terror. Por vezes ainda me assolavam os bons sentimentos e remorsos, mas depressa os repelia.Para isso tentava beber mais da conta e estar sempre acompanhado. Depois de várias batalhas travadas com as tempestades, quis uma delas que a águaenfurecida invadisse o porão por uma brecha que abrira. Apesar dos inúmeros homens que foramchamados para “dar à bomba” não foi possível salvar o navio. Desta forma, o patrão mandou disparar um tiro de canhão para assinalar que estávamos emperigo.Nota: Ao terminar as tarefas até aqui, deverá imprimir este guião e entregá-lo àformadora para correção e avaliação. Observações: _____________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________________ Data de Correção: ________________ A Formadora: ___________________________Tarefa DElabore uma apresentação em PowerPoint sobre a origem, o funcionamento e a evolução de umequipamento da lista apresentada anteriormente.O PowerPoint deverá ter entre 10 a 15 diapositivos (incluindo capa e fontes), imagens adequadas e,caso seja possível, a inclusão de publicidade de várias épocas relativas ao equipamento em causa.Não poderá ter mais do que 2 linhas de texto em cada diapositivo (excepto a capa e as fontes). Aapresentação oral não poderá ultrapassar os 10 minutos e será agendada oportunamente.Quando terminar, deverá enviar o seu PowerPoint por email para a formadora.Nota: de modo a que seja possível o envio, se adicionar vídeos, estes deverão ser incluídos apenasatravés de links. BOM TRABALHO!

×