Administração                             Música e         Lixeiras para
                 Ballin/Bira:                    ...
2    O REPÓRTER
                                                                                             O REPÓRTER   ...
SÁBADO, 4 de julho de 2009
                                                                         O REPÓRTER            ...
4    O REPÓRTER
                                                                                       POLÍTICA           ...
SÁBADO, 4 de julho de 2009
                                                                                               ...
6   O REPÓRTER                                                                                                            ...
SÁBADO, 4 de julho de 2009
                                                                                 RURAL         ...
8   O REPÓRTER
                                                                                  GERAL                    ...
SÁBADO, 4 de julho de 2009
                                                                                    GERAL      ...
10   O REPÓRTER
                                                                          HISTÓRIA                        ...
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Paginas Para Internet Screen
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Paginas Para Internet Screen

2.803 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.803
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
39
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Paginas Para Internet Screen

  1. 1. Administração Música e Lixeiras para Ballin/Bira: leitura como coleta seletiva avaliação sem estímulo para no Parque de novidades as crianças Exposições Geral 9 Educação 21 Meio Ambiente 23 O REPÓRTER Ano 2 - Nº 130 IJUÍ, SÁBADO, 4 DE JULHO DE 2009 R$ 1,50 Os extremos da violência Geral 8 e 22 Vereador Barriquello Bombeiros simulam quer o fim das discussões resgate na pessoais na Câmara comemoração do seu dia Política 4 Polícia 27 Presidente do Elizabeth Sesi de Ijuí recebe reforça pedidos inscrições para à prefeitura Descobrindo Talentos Bairro 5 Cultura 13 CMYK
  2. 2. 2 O REPÓRTER O REPÓRTER SÁBADO, 4 de julho de 2009 A volta da paisagem do frio Toma posse novo gerente do Banrisul Começou a atuar na última quarta-feira como gerente do Ban- risul de Ijuí, José Ricardo Constantino. Ele assumiu no lugar de Ivens Cigana, transferido para a cidade de Erechim. O novo ge- rente tem 33 anos de profissão e desde 1990 atua no Banrisul, onde passou pelas agências de Rio Grande, Bento Gonçalves e Farroupilha, de onde veio para Ijuí. Ele confirmou que a agência de Ijuí apresenta um quadro saudável e positivo, no que diz res- peito a metas e balanços gerais. O novo gerente disse que os primeiros dias têm servido para se inteirar dos assuntos da agên- cia. Ao falar sobre metas, garantiu que a fidelização das folhas de pagamento das prefeituras continuará sendo um objetivo a ser buscado como ocorreu com Ijuí, Bozano e Coronel Barros. Definidas ações do Comitê do Grande Ijuí do Projeto de Qualidade O Comitê Regional da Qualidade Grande Ijuí, presidido por Marcos Henkes, realizou encontro da diretoria e definiu algu- mas atividades a serem desenvolvidas nos próximos meses. Atu- almente, o Comitê conta com 120 empresas integrantes do PGQP. Porém, pouco mais de 20 delas estão com o Programa em anda- mento. Na reunião foi discutida a participação do Comitê no 10º Congresso Internacional da Qualidade para Competitividade nos dias 20,21 e 22 de Julho de 2009 na Fiergs em Porto Alegre. Novamente, com a queda da temperatura, voltou a paisagem típica de inverno. As tem- Entre as ações, o Comitê promoverá no dia 12 de agosto, no peraturas, no entanto, ficam baixas no início da manhã e, com o aparecimento do sol, se Sesc de Ijuí, um Show Case da Qualidade. Na ocasião estão pre- elevam à tarde. vistas palestra técnica e um case prático. O palestrante ainda não foi definido. Novas adesões - No dia 18 de agosto, das 8h às 18h, será reali- zado um plantão para as empresas interessadas em realizar o PONTOS DE VENDA Aposentados e Governo firmam acordo curso do Sistema de Avaliação 2009. O plantão será no Senai. JORNAL O REPÓRTER Cursos – O Curso Presencial do Sistema de Avaliação 2009 que envolve o curso de Interpretação de Critérios e o Curso de • BIG MERCADO Avaliador irá acontecer nos dias 26, 27 e 28 de agosto na Associ- ação Comercial e Industrial de Ijuí. • BIOFARMA CENTRO • BIOFARMA IMIGRANTES • BIOFARMA MATRIZ • COTRIJUI Curso de Cabeleireiro profissionaliza mão-de-obra • FARMÁCIA MODELO • FARMÁCIA SÃO LUCAS O Curso de Ca- beleireiro teve iní- • FRANGOS IJUÍ cio no dia 29 de • FRUTEIRA SANTA FÉ junho. Estão par- • LIVRARIA PROGRESSO ticipando 20 pes- • LOTÉRICA TIO PATINHAS soas, pertencen- Ficou para o início do mês de agosto a votação em plenário do tes à comunida- • MERCADO CARDOSO Projeto de Lei nº 001/2007, do senador Paulo Paim (PT-RS), que des e a Clube de • MERCADO PONTO ECONÔMICO Mães. A coorde- estabelece a correção das aposentadorias de acordo com o salá- • MERCADO TIA LUCINDA rio mínimo. Numa reunião realizada na quarta-feira com o líder nadora do Clube • PADARIA DAMIÃO do Governo na Câmara, deputado Henrique Fontana (PT-RS), as de Mães, Rosane lideranças nacionais e estaduais dos aposentados resolveram Stulp, explica que • PADARIA LA BAGETI aceitar a proposta do Governo de adiar a votação da matéria para as participantes • POSTO BURMANN do curso estão agosto. O deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), que vem lide- • POSTO DO GANSO rando as negociações na Câmara, disse que a reunião foi dura. aprendendo to- Eliana Elautério dos Santos está ministrando o curso para 20 pessoas • POSTO TIGRÃO dos os tipos de cortes com navalha, tesoura e máquina, além de • QUIOSQUE escova. O curso está sendo ministrado por Eliana Elautério dos • SAGA VIDEO Curiosidade: Santos. O curso acontece de segunda-feira a sexta-feira, pela manhã e LOCADORA (Ajuricaba) possui duração de dois meses. Após a conclusão deste curso • POSTO STADLER (Ajuricaba) Nesta semana, o leitor Cláudio Wesendonck, enviou à redação será ministrado outro sobre química de cabelos. “O curso tem • COTRIJUI (Augusto Pestana) do O Repórter uma curiosidade: entre os objetivos profissionalizar os participantes no ramo da Às quatro horas, cinco minutos e seis segundos do dia 7 de beleza. Ele possui duração rápida e é dinâmico”, ressaltou Rosa- • MERCADO E AÇOUGUE agosto deste ano o tempo e a hora serão: ne. As participantes aproveitam a demanda de pessoas que cir- AOZANI (Bozano) • CASA COLONIAL SABOR E SAÚDE 04:05:06 07/08/09 culam na Secretaria de Desenvolvimento Social para praticarem os cortes de cabelo. Os cursos são promovidos pelo Gabinete Esta sequência nunca acontecerá de novo. da Primeira Dama. O REPÓRTER Diretor Administrativo: Enzo Luis Mânica REDAÇÃO Envie sugestões, comentários, críticas e dúvidas para a redação pelo e-mail PARA ANUNCIAR Escreva para comercialoreporter@yahoo .com.br ou pelo telefone (55) 3333 7426. Os artigos publica- dos com assinatura não traduzem ne- Impressão: E.L. Mânica e Cia Ltda. E.L. Mânica e Cia Ltda. Editor Chefe: redacaooreporter@yahoo.com.br; para cessariamente a CNPJ: 09.475.474/000164 Av. David José Martins, 1356 - Ijuí - RS - CEP.: 98700-000 Sandro Silvello o endereço Av. David José Martins, 1356, PARA ASSINAR opinião do jornal e CEP 98700-000, Ijuí, RS; ou pelo telefone Para receber o jornal O REPÓRTER em são de inteira res- Telefone geral: (55) 3332 2000 (55) 3332 5985. casa ligue para (55) 3333 7426 ponsabilidade de seus autores.
  3. 3. SÁBADO, 4 de julho de 2009 O REPÓRTER O REPÓRTER 3 Presidente da Câmara de Vereadores acompanhou a construção Central de projetos captou mais de R$ 4 das lombadas no Distrito de Vila Chorão milhões em recursos O vice-prefeito de Ijuí, Ubirajara Teixeira, disse que a Central de Projetos da Prefeitura já captou R$ 4 milhões. Segundo ele, 50 projetos foram enviados à Câmara de Vereadores. A perspectiva é de que, até o final do ano, pelo menos R$ 10 milhões sejam captados. Conforme o vice-prefeito, atualmente existem 34 pro- jetos que estão sendo trabalhados na prefeitura, sendo que o montante de recursos seja de R$ 14 milhões. Ubirajara Teixeira disse que quanto a geração de empregos no município, existe uma estatística comparativa com maio do ano passado indican- do que dobrou o número de vagas preenchidas em Ijuí, em par- ceria com o Sistema Nacional de Empregos. Técnicos da Infraero devem vir a Ijuí Nos próximos dias deve ser confirmada a data que técnicos da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária – Infraero deverão vir a Ijuí para avaliar as condições do aeroporto João O Vereador do PDT e presidente da Câmara, Valmir Elton Seifert, acompanhou na quinta-feira pela Batista Bós Filho. O prefeito de Ijuí, Fioravante Ballin, destacou manhã na RS 155, proximidades da Vila Chorão, a construção de duas lombadas físicas. A solicita- a importância da vinda dos técnicos para fazer avaliação, tendo ção feita pelo presidente da Câmara ao DAER, era para que fosse construída uma lombada eletrôni- em vista o interesse da prefeitura em conseguir recursos para ca naquele local, mas como está em processo licitatório, o Departamento Autônomo de Estradas de melhorar a infraestrutura e ampliar a pista do aeroporto. Ballin Rodagem trabalhou na implantação de duas lombadas físicas, o que, segundo Seifert, já é importan- disse que a prefeitura está tentando agilizar, junto ao departa- te, pois constantemente ocorre a travessia de pessoas pela rodovia, devendo o fluxo aumentar em mento Aeroportuário do estado, a liberação de R$ 326 mil oriun- função da construção de um ginásio de esportes. dos da consulta popular de 2006, a ser utilizado na reforma da casa de passageiro e no cercamento. Também estão sendo bus- cados recursos de R$ 566 mil na consulta popular que ocorre no mês de agosto. Este valor seria utilizado na iluminação e amplia- Fidene comemora seus 40 anos na terça-feira ção da pista. Uma importante data será comemorada no próximo dia 7 de julho pela Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, a Fidene: os 40 anos de criação da Fundação, que hoje mantém a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí); o Centro de Educação Básica Francisco de Assis (EFA); o Museu Antropo- lógico Diretor Pestana (MADP); e a Rádio Unijuí FM. A escritura pública de criação da Fidene foi registrada em 7 de julho de 1969. Para marcar essa importante data, está sendo organizada uma programação especial, envolvendo principalmente o público interno da Fundação. Na data referida, às 16h, na Sala dos Conselhos, será realizada Ses- são Solene da Assembleia Geral da Fidene em comemoração aos 40 anos da Fundação e para a “Inauguração da Galeria dos Ex-Presidentes”, às 17h do mesmo dia, em todos os campi da Univer- sidade, para todos os professores e técnico-administrativos e de apoio vinculados à Fidene. Já às 20h, no Salão de Atos, haverá a pré-estréia do espetáculo “Dos Cinco Cantos do Brasil”, com a gravação ao vivo do novo CD do Coral da Unijuí. Esta atividade é organizada em parceria com a Rádio Unijuí FM e aberta à comunidade externa. A TOCA DA ONÇA Larry Antonio Wizniewsky (Sãr)ney que o avô do atual nele moraram e aparentemen- duo. Mas, num senado falido, Lula impõe ao PT a defesa de Brasil, Tudo pelo José, grilheiro de 40% das te, nele ainda mandam. Sarney reina há 40 anos, de for- Sarney, e por extensão do terras maranhenses, adotou Em 1985 por um golpe do ma direta e indireta. Sarney PMDB, outorga a si próprio o Social? como sobrenome para eno- destino, José Sarney virou pre- chegou a incorporar o Rei Sol título de Rei Sol II de uma bi- brecer-se e homenagear um sidente do Brasil, e como é do ao dizer que o problema não zarra monarquia tupiniquim. O complexo de nobreza, san- nobre inglês (totalmente fa- seu feitio, arrastou-nos para o era ele, mas sim o senado, do Só faltou exigir de seus cava- gue azul, superioridade é um lido), que dera com os cos- caos da mega inflação e dos mesmo modo como o monar- lheiros que beijassem a espa- estigma que a sociedade bra- tados no Maranhão sarnaico. planos Cruzado I e II, verão, in- ca francês já avisara que “o es- da, a título de submissão. Eis- sileira adquiriu há 200 anos e, Ladrão de terras, ladrão de verno, etc etc. até que, na saí- tado sou eu”. Depois, é claro, nos de volta à monarquia par- a cada vez que se manifesta nomes, ao menos o avô de da, presenteou-nos com Collor. perdeu a cabeça. lamentarista, regime em que, em sua indigna soberania, hu- José Sarney teve o cuidado As maiores vozes discordantes Logo, quando Lula diz no como é sabido, o rei reina, milha, expõe e avilta a pseu- pátrio de aportuguesar o e ativas contra todos os des- Cazaquistão que, não leu as mas não governa. do-democracia em que vive- nome furtado a título de ho- calabros de Sarney eram a im- notícias sobre Sarney, mas Lula reina, pontifica, faz mé- mos. Fatos recentes de nossa menagem. prensa brasileira e o Partido que ele tem um nome e não dia mas agora, oficialmente, vida pública, ilustram à perfei- O resultado genético foi a dos Trabalhadores. Nele, des- pode ser tratado como uma quem governa mesmo é o ção esta faceta herdada dos nobre família Sarney, o está- tacavam-se Luiz Inácio da Sil- pessoa comum, mergulha o PMDB. Resta para nós, súdi- tempos de colônia. gio mais próximo a que pude- va, Aloísio Mercadante e Tar- Brasil novamente no delírio tos comuns, esperar para ver A principal e não poderia mos chegar, não da nobreza so Genro. da monarquia. Nome, para quem fará o papel de prínci- deixar de ser, refere-se a Sir britânica, mas sim da máfia, De lá para cá, Jose Sarney só Lula, é aqui o equivalente a pe Charles e de Camila Pa- Ney, sanguessuga de nossas da camorra e da yakuza. A fa- fez piorar e proliferar, espa- um título de nobreza. Para ele rker-Bowles nesta nada nobre pobres hemácias há mais de 5 mília Sarney deixa qualquer lhando seus genes e sua heran- Sarney (que não é um homem lambança. Eu já tenho o meu décadas. Como todos sabem, mafioso estrangeiro no chine- ça nefasta pela vida pública do comum) é um título nobiliár- palpite: Dilma e Aécio, na pe- o nome Sarney é uma corrup- lo, pois conseguiram roubar país. Seriam necessárias cente- quico igual aos nobres ingle- dra. Ou melhor, no trono. Cas- tela (adaptação corrupta se- e apossar-se do próprio palá- nas de colunas, só para resu- ses do qual o título foi surru- telo já tem, e fica estrategica- gundo o Aurelião) de Sir cio presidencial do Brasil, mir a ficha corrida do indiví- piado. Logo, agora, quando mente em Minas Gerais.
  4. 4. 4 O REPÓRTER POLÍTICA SÁBADO, 4 de julho de 2009 Barriquello defende que discussão entre vereadores fique restrita ao campo político O vereador do PDT diz situação e oposição fique ape- houve menção a questões pes- nas no campo político, se dei- soais, reiterando que este tipo que o ideal é que as xando questões pessoais de de postura não vai contribuir discussões em plenário lado. Barriquello fez referência no desenvolvimento do traba- à recente discussão entre Sér- lho do legislativo e sim, apenas entre vereadores da gio Pires (PT) e Gladimir Ribei- desgastar a imagem do poder. situação e oposição se ro (PSDB). O vereador do PDT Barriquello disse que a partir comentou que é preciso a utili- da reforma da lei orgânica e resumam a temas zação de argumentos e ideias com base em informações co- políticos que possam contribuir para o lhidas em cursos sobre o regi- desenvolvimento, fazendo-se mento interno das Câmaras, política com transparência, vai ser possível se promover mas com respeito aos que di- mudanças que venham a coi- O líder do governo na Câ- vergem de opiniões pessoais. bir este tipo de atitude. Segun- mara, Marcos Barri- O líder de governo disse que do Barriquello, se deve primar quello defende que a muitas discussões já ocorre- pelo desenvolvimento do tra- discussão entre vereadores da ram na câmara, mas jamais balho em prol da comunidade. Barriquello defende que as discussões entre os vereadores na Câmara se restrinjam a projetos e questões políticas PP define data de eleição Perondi destaca necessidade de conclusão de obras de sua executiva Descaso e incompetência da ad- ministração municipal no caso das obras inacabadas em Ijuí.A frase é do vereador do PMDB, Daniel Pe- rondi, durante manifestação na tribuna da Câmara de Vereadores. O vereador peemedebista lem- brou as obras inacabadas das ruas Tiradentes, trecho entre Venâncio Aires e 14 de Julho e ainda o asfal- to na 12 de Outubro e Siqueira Couto. Perondi pediu agilidade e planejamento à administração, que, segundo ele, precisa respei- tar cronogramas. Lembrou que os vereadores pedem informações sobre o andamento das obras, mas não são atendidos pela admi- nistração. O peemedebista disse que a cobrança não se trata de po- liticagem, rebatendo informações Toniazzo confirma para o dia 15 de agosto a realização da convenção do partido de que estaria defendendo interes- ses familiares. Ele concluiu dizen- O Partido Progressista vai sista. Em relação a executiva, do que legisla pelo bem da comu- escolher a sua nova executiva Toniazzo disse que a preferên- nidade. Vereador Perondi diz que é preciso ação para se concluir as obras de asfalto em Ijuí no dia 15 de agosto, conforme cia é para que ocorra renova- informação prestada pelo atu- ção. No entanto, ele não des- al presidente da sigla, João Re- carta a hipótese de continuar Bohn Gass diz que conteúdo do balanço é fantasioso nato Toniazzo. Ele destaca que à frente do partido, caso não serão realizadas reuniões apareçam interessados. Ele O líder da bancada do PT na ples”, analisou. centuais destinados à Manu- quinzenais, até a escolha de disse que o PP começa já a re- Assembleia Legislativa disse Uma estrutura composta por tenção e Desenvolvimento do agosto, que vai incluir ainda a alizar ações em relação a elei- que o balanço dos 30 meses de dois telões e seis televisões Ensino. Só no ano passado, o Juventude e a Mulher Progres- ção de 2010. administração tucana no Rio LCD foi montada no Salão Ne- governo deixou de aplicar R$ Grande do Sul, apresentado grinho do Pastoreio, no Palá- 1,3 bilhão na área. Aprovado projeto que cria política de nesta semana pela governado- ra, tem pouco vínculo com a re- cio Piratini, para que a gover- nadora apresentasse à base O líder petista afirmou, ain- da, que o discurso da retoma- saúde vocal aos professores no RS alidade e é permeado por for- te conteúdo fantasioso. Elvino aliada e à imprensa os resulta- dos obtidos por sua adminis- da dos investimentos do Es- tado também não correspon- Por 40 votos a favor e nenhum ção e de uma justa reivindica- Bohn Gass considera que, no tração até agora. O destaque de à realidade. Em 2007 e contrário, a Assembleia Legis- ção dos professores, que se res- mínimo, Yeda Crusius exage- foi déficit zero, principal ele- 2008, conforme o deputado, o lativa aprovou na terça-feira, o sentem de um cuidado maior rou ao declarar que “o gover- mento da propaganda oficial Executivo investiu apenas projeto de lei que institui a po- por parte do Estado no que diz no está encerrando o semestre da gestão tucana. metade do previsto no orça- lítica de saúde vocal do profes- respeito a um dos seus princi- com a autoestima elevada, com Na tribuna da Assembleia mento. Para 2009, há R$ 1,2 sor. A iniciativa, de autoria do pais instrumentos de trabalho, o Brasil olhando para nós de Legislativa, Bohn Gass contes- bilhão disponível, mas até deputado Adroaldo Loureiro a voz. “Em geral, os cursos de forma positiva”. “Trata-se de tou a versão do ajuste fiscal agora o governo só empe- (PDT), pretende assegurar preparação de professores não uma declaração espantosa promovido pelo governo gaú- nhou R$ 212 milhões. “Os nú- ações preventivas e de orienta- oferecem informações sobre o para a chefe de um governo cho. Segundo o petista, dados meros mostram a execução ção sobre o uso adequado da uso adequado da voz, apesar de paralisado por denúncias de ir- do Balanço Geral do Estado de do menor patamar de inves- voz. a mesma ser imprescindível regularidades e que tem mos- 2008 demonstram que a redu- timento da administração pú- O deputado ressalta que o para o bom desempenho pro- trado dificuldade para dar res- ção do déficit foi promovida blica da história do Rio Gran- projeto surge de uma constata- fissional”, comenta Loureiro. postas às questões mais sim- por uma queda brusca nos per- de do Sul”, sustentou.
  5. 5. SÁBADO, 4 de julho de 2009 BAIRRO O REPÓRTER 5 Elizabeth recebe mais uma Uabi e prefeitura acertam mudanças no Festival de Talentos etapa do projeto “Nosso O presidente da União das Associações Bairro, Nossa Gente” de Bairros de Ijuí, César Amaral, confirmou que manteve contato com a coordenadora de cul- tura, Roseli Corrêa. O objetivo foi acertar de- talhes que vão permi- tir que a Uabi se inte- gre dentre as entidades que estão organizando o Festival de Talentos. “Vamos denominar o evento de “Festival de Talentos Canta, Meu Bairro, Canta”, comen- tou o dirigente de bair- ro. Conforme César Amaral, o Ele observa que o “Festival de objetivo é fazer com que o Talentos Canta Meu Bairro Can- evento tenha maior visibilida- ta”, será desenvolvido a partir de, permitindo também que dos dias 25 e 26 de setembro. ocorra uma ampliação de par- “Queremos um destaque mai- ticipação por parte dos talen- or em termos de organização e tos dos bairros. “Como promo- participação”, comentou o pre- vemos o ‘Festival Canta, Meu sidente da Uabi. A partir de Bairro ,Canta’, nada mais natu- agora a União das Associações ral de que nos uníssemos com de Bairro vai se integrar às de- o festival a ser promovido”, mais entidades participantes disse Cesar Amaral. do evento. Equipe da prefeitura permaneceu no Bairro Elizabeth por cinco dias, para mais uma etapa do Projeto “Nosso Bairro, Nossa Gente” O presidente da vel o desenvolvimento de uma Darós cita como exemplo a série de atividades que permi- necessidade de reperfilamento Associação de tem uma melhor condição de do asfalto da Rua Emílio Frede- Moradores, Rodrigo vida àquela comunidade. rico Buhrer, via utilizada pelo Darós acentua que, dentre as transporte coletivo. A preocu- Darós acentua, no atividades desenvolvidas, pação principal, no entanto, entanto, que existem constam a limpeza de fossa e diz respeito à necessidade de também a retirada de entulhos colocação de um redutor de outras obras que ainda de diversos locais. Darós des- velocidade na Avenida Brasil, devem ser executadas tacou que as equipes da pre- tendo em vista que a via está feitura também efetuaram a asfaltada e que os estudantes poda de árvores, bem como a acabam utilizando para se des- M ais uma etapa do pro pintura de cordões em diversas locar até a escola do bairro. jeto “Nosso Bairro, ruas. Ele enfatiza, no entanto, “Esta é a nossa principal reivin- Nossa Gente” foi de- que o mutirão serviu para re- dicação, inclusive já colocada senvolvida durante esta sema- solver os problemas emergen- no PPA”, comentou. Darós se na no Bairro Elizabeth. O presi- ciais daquele núcleo. “Temos diz preocupado com o exces- dente da Associação de Mora- outras reivindicações que pre- so de velocidade que é prati- dores, Rodrigo Darós, disse que cisarão ser agora atendidas cado por determinados moto- a equipe da prefeitura permane- pela prefeitura”, comentou o ristas naquele local. Ele enfati- ceu naquele núcleo habitacio- presidente da Associação de za ainda que melhorias na sede nal por cinco dias, sendo possí- Moradores do Bairro Elizabeth. também serão reivindicadas. CMYK
  6. 6. 6 O REPÓRTER SÁBADO, 4 de julho de 2009 ECONOMIA Real completa 15 anos de implantação Há 15 anos, no dia 1º de julho Fundo Social de Emergência que hoje é chamado de Desvinculação das Recei- de 1994, entrava em circulação tas da União que era uma condição para o Real, mais uma tentativa de se ter o orçamento de 1994 equilibra- do. Em seguida, em abril passou a Lei derrubar definitivamente a da Unidade Real de Valor (URV) que é inflação no Brasil o sistema que permitiu a unificação das indexações dos sistemas que existiam no país. A última etapa aconteceu no O economista Edmar Bacha, um mês de junho, quando foi aprovada a dos criadores do Real falou so Lei do Real que criou a nova moeda. bre os 15 anos da criação do As pessoas tiveram que ser adaptar Plano e por que deu certo. Ele lembrou e aprender a converter as URV em Real. que primeiramente houve um aprendi- “A razão pela qual a gente introduziu a zado de como iria funcionar o plano. O URV foi para permitir que todo o siste- Plano Real foi o único a ser pré-anunci- ma muito complexo de elevação de pre- ado com 7 meses de antecedência sen- ços e salários dos mais diferentes ativi- A moeda Real está há 15 anos circulando no país. Para Plano Real ser instituído foi necessária a aprovação de três leis do que todas as etapas que o compu- dades e dos setores que pudessem to- seram foram integralmente negociadas dos convergir e com base para serem com o Congresso Nacional. Segundo o reajustadas na URV diariamente, mas a Emenda Constitucional daríamos segui- lativa para passar para a etapa seguin- economista foi um Plano que não teve gente conseguiu isso se tudo mundo mento a próxima etapa poderia fracas- te com foi o caso”, lembrou o econo- nenhum caráter tecnocrático, como os estava em URV quando estava em Real. sar porque não obteve aprovação legis- mista. Planos que surpreendiam a Nação na Não precisava cortar zeros e já estáva- segunda-feira. “Todos sabiam como fa- mos com uma moeda forte por defini- zer inclusive surpreendentemente a ção inclusive por sua ligação inicial com Correção população soube como dividir os seus o dólar”, frisou o Edmar Bacha. Na edição de quarta-feira, nesta página, na reportagem “Cesta Básica em Ijuí cruzeiros reais por 2.750 para obter R$ Pela equipe que criou o Plano Real, a obteve uma variação de 3,84%” foi dada a seguinte informação: “para a aquisi- 1”, ressaltou Edmar Bacha. expectativa era caso o Congresso Naci- ção de todos os produtos da Cesta Básica seria necessário uma renda mensal Para o Plano Real foram necessárias onal não aprovasse o Fundo Social de de R$ 1.421,58”. No entanto, o custo total é de R$ 663,40. O valor mencionado a criação de três leis. Em fevereiro, o Emergência. Este permitiu ter o orça- de R$ 1.421,58 se refere ao salário mínimo necessário. Congresso Nacional passou a Lei do mento equilibrado. “Se não houvesse a TENDÊNCIAS Prof. Dr. Argemiro Luís Brum (CEEMA/DECon/UNIJUÍ) mão do clima nos EUA o qual, por en- inverno nos EUA). Enfim, fica o regis- momento, à custa de forte inadimplên- RELATÓRIO DE PLANTIO quanto, está normal. tro igualmente de que a área semeada cia que compromete o futuro. com algodão naquele país foi reduzida NOS EUA - SOJA em 4%, ficando em 3,66 milhões de hec- O mercado da soja esperava com ex- RELATÓRIO DE PLANTIO tares. ARGENTINA: O pectativa o relatório definitivo de plan- tio da nova safra dos EUA. O mesmo NOS EUA – MILHO E TRIGO POPULISMO SOB saiu nesse último dia 30 de junho e trou- O mesmo relatório do USDA, divulga- A INADIMPLÊNCIA xe algumas pequenas surpresas, embo- do no dia 30 de junho, indicou igualmen- COBRANÇA ra nada que o mercado já não anteci- te a área semeada de milho, trigo e al- PREVISTA Demorou mas chegou o momento passe. Em primeiro lugar, a área seme- godão, além de outras culturas. No caso Se por um lado é positiva a atitude do desastrado governo argentino, cal- ada com soja foi realmente revista para do milho, a área semeada chega a 35,2 do governo em prorrogar a redução dos cado num populismo retrógrado, pa- cima, crescendo 2% em relação ao ano milhões de hectares, surpreendendo o impostos incidentes sobre determina- gar a conta. As eleições parlamenta- anterior (lembramos que a intenção de mercado, pois confirma um crescimen- dos setores da economia nacional, caso res do final de junho levaram a uma plantio, em março, apontava um incre- to de 1% sobre o ano anterior, quando dos automóveis, eletrodomésticos, derrota importante do casal Kirchner mento de apenas 0,5% nessa área). As- todos esperavam área menor. Esta área construção civil etc..., visando manter que, ao estilo Chavez e outros, sim, a mesma é de 31,4 milhões de hec- de 2009 é a segunda maior área desde o consumo e, com isso, evitar uma que- deseja(va) se perpetuar no poder do tares. Por sua vez, a área a ser colhida 1946, perdendo apenas para o ano de da maior no PIB deste ano no Brasil, vizinho país. O caos que a condução com a oleaginosa sofreu um incremen- 2007. Quanto a área a ser colhida, o re- por outro lado se confirma o risco de político-econômica dos Kirchner con- to de 3%, devendo alcançar 31 milhões latório projeta 32,4 milhões de hecta- tal movimento acelerar a inadimplên- duziu a Argentina, com inflação em de hectares. Portanto, estamos diante res, ou seja, 2% acima do colhido em cia do consumidor nacional, gerando disparada, falta de crédito, confiscos de uma área recorde nos EUA a qual, 2008. Nessas condições, em clima nor- um bloqueio futuro da economia. Esse sobre a produção, desabastecimento em caso de clima normal até a colhei- mal, o volume da colheita de milho nos alerta que se vinha dando desde o ano de produtos tradicionais como a car- ta, poderá gerar igualmente uma safra EUA poderá chegar a algo entre 310 e passado, começa a se verificar na prá- ne, leite e mesmo gasolina, somado ao recorde, projetada entre 87 e 88 milhões 320 milhões de toneladas. Esse fato tica. O alto consumo de automóveis no descontrole da saúde pública diante de toneladas de soja. Nestas condições, derrubou as cotações do cereal em final do ano passado, na esteira do con- da gripe A, terminaram por trazer à as cotações em Chicago reforçaram a Chicago, mesmo nos primeiros meses vite oficial para que o brasileiro consu- razão a maioria do eleitorado. Como tendência que sinalizamos no comen- cotados. Quanto ao trigo, o relatório misse, esbarrou num processo consu- a história sempre nos ensinou, dian- tário da semana passada. Os preços no reduziu a área semeada nos EUA em 5%, mista sem responsabilidade. Ou seja, te do populismo, o povo ganha algu- presente se mantiveram elevados, po- trazendo-a para 24,2 milhões de hecta- muitos saíram a consumir sem ter as ma coisa no presente, porém, hipote- rém, para os meses futuros há forte re- res. Esse recuo na área naturalmente condições para bancar as dívidas fei- ca seu bem-estar futuro, ganhando cuo, com um aumento na diferença en- traz uma projeção de forte redução na tas. Aliás, algo que continua a ocorrer como herança uma conta difícil de ser tre, por exemplo, o cotado entre julho produção local do cereal. A mesma de- ainda hoje. No setor automobilístico, o paga. A tendência atual é de que uma e novembro (momento da colheita nos verá registrar cerca de 10 milhões de mês de maio passado registrou 5,4% de nova geração de argentinos será “sa- EUA). Tal diferença chega agora ao re- toneladas a menos do que o colhido no calote nos empréstimos feitos para a crificada” num momento em que a dor de US$ 2,50 por bushel. Isso, dian- ano passado. Mesmo assim, as cota- compra de carros (parcelas com atra- maioria dos países, dentre eles o Bra- te de um Real que voltou a se valorizar, ções do trigo em Chicago encontram so de pelo menos 90 dias). Foi o maior sil, melhora sua posição no cenário aponta para preços menores para o dificuldades para subir para além do percentual da série histórica! Em outros mundial. Isso porque soubemos con- produtor brasileiro no final do segun- que já alcançaram, havendo mesmo setores a situação chega a ser ainda servar e ampliar os ganhos que o Pla- do semestre, podendo tal tendência recuos nesse início de julho (estamos mais grave! Assim, estamos impedindo no Real nos trouxe, após 15 anos de continuar para 2010. Tudo agora fica na em momento de colheita do trigo de um recuo ainda maior na economia no estabilização econômica.
  7. 7. SÁBADO, 4 de julho de 2009 RURAL O REPÓRTER 7 Governo estadual encaminha reivindicações do Grito da Terra Durante encontro que O encontro, que reuniu mais ente, Berfran Rosado elogiou a de uma centena de lideranças forma de ação das lideranças reuniu representantes representantes das 23 regio- da Fetag, na busca de grandes das 23 regionais nais sindicais da Fetag no Es- conquistas para o homem do tado, contou com a participa- campo e anunciou a assinatu- sindicais da Fetag, o ção do presidente da entidade, ra de portaria que cria o Bal- governo do estado Elton Weber, e da diretoria da cão Fetag, com cadastro flores- Federação, além de represen- tal. “Trata-se de um grande apresentou respostas e tantes do Governo do estado. passo do governo do Estado no encaminhamentos à De acordo com o coordena- atendimento das principais rei- dor regional da Fetag, Carlos vindicações do produtor rural, Pauta Estadual do Grito Karlinski, algumas das ques- dando-lhe segurança e tranqui- da Terra tões discutidas durante o en- lidade através de um rito regu- contro já estavam acertadas. lamentar, também para quali- “A reunião centralizou mais a ficar a produção no Rio Gran- O governo do estado questão do meio ambiente. de do Sul”, afirmou. apresentou, durante Essa questão ambiental vai Com o acordo, o agricultor encontro com lideran- atingir mais determinadas re- familiar que planta floresta exó- ças da Federação dos Traba- giões, principalmente onde a tica - acácia, eucalipto e pinus lhadores na Agricultura do Rio silvicultura é mais acentuada. - não precisará se deslocar até Grande do Sul (Fetag/RS), na Essa reunião é um avanço po- Porto Alegre a cada seis meses. quarta-feira, respostas e enca- sitivo às reivindicações do Gri- O cadastro será feito nos pró- minhamentos à Pauta Estadu- to da Terra. Mas ainda têm prios sindicatos dos trabalha- al do Grito da Terra 2009, en- mais exigências que precisam dores rurais (STTRs). Cerca de tregue pela categoria há dois ser atendidas”. 30 a 40 mil famílias serão be- meses ao Palácio Piratini. O secretário de Meio Ambi- neficiadas. Karlinski disse que encontro foi positivo às reivindicações do Grito da Terra Emater-RS autorizada a fazer Coordenador nacional do Programa Mais licenciamento ambiental Alimentos estará em Ijuí segunda-feira A Emater-RS foi autorizada, na mento, significa um avanço real Será realizada na próxima segunda-feira, sentantes de sindicatos rurais, cooperativas, quarta-feira, a realizar licenciamen- para desenvolver e potencializar a a partir das 15h, no Auditório da ACI, a pri- associações e entidades ligadas à agricultu- tos ambientais nas propriedades agricultura familiar no Rio Grande meira reunião de interiorização no Rio ra, que vão discutir sobre os seguintes as- com até quatro módulos rurais. O do Sul. “É muito importante esta Grande do Sul do Programa Pronaf Brasil suntos: perspectiva do Programa Pronaf processo será feito pela Emater, atitude do governo porque irá agili- Mais Alimentos. Estarão presentes o coor- Mais Alimentos para safra 2009/2010; avali- que será responsável pelo apoio zar os processos ambientais para denador nacional do Ministério do Desen- ação do Programa Mais Alimentos no Rio técnico através da execução do le- que o Estado cumpra seu papel e volvimento Agrário MDA/SAF - Mais Alimen- Grande do Sul; política de enquadramento vantamento sócio-econômico e am- oriente melhor os agricultores”, tos, Ercílio Matos, e o delegado do MDA de produtos novos no Mais Alimentos; even- biental da propriedade quanto às destaca. A portaria foi firmada com para o Rio Grande do Sul, Nilton de Bem. to na Expointer 2009; Fundo Garantidor de condições e restrições para ade- a presença dos secretários de Meio Eles estarão reunidos com empresários do Investimento; espaço para reivindicações da quação da mesma à legislação am- Ambiente, Berfran Rosado, Agricul- setor de implementos agrícolas, agentes fi- região, relacionadas ao Programa Pronaf biental. tura, João Carlos Machado, e pelo nanceiros e Emater. Mais Alimentos; política de tabela de fretes A assinatura da portaria, de acor- chefe da Casa Civil, José Alberto Na reunião também estarão presentes au- para o Rio Grande do Sul; enquadramento do com o presidente Mário Nasci- Wenzel. toridades do município e da região, repre- de empresas do setor animal. DO ÓCIO AO NEGAÓCIO Roberto Macagnan robertomacagnan@hotmail.com ço final dos eletrodomésticos. O gover- curta, média e longa distância. A redu- REDUÇÃO DO IPI DEVE no tinha “medo” de que o desconto fos- ção não ocorreu de forma homogênea. DE 40 HORAS! se apropriado pelos empresários ao in- Ou seja, alguns destinos tiveram redu- Está muito próxima a votação, no CONTINUAR vés de repassá-lo aos consumidores. ção maior do que outros. A principal Congresso Nacional, a proposta de re- O governo federal tomou a decisão Com certeza é uma experiência exitosa causa apresentada foi de que houve um dução da jornada de trabalho de 44 política de manter a redução do IPI – de redução de imposto, tanto que o grande aumento no número de automó- para 40 horas semanais. Caso seja apro- Imposto Sobre Produtos Industrializa- governo está sendo pressionado por veis. Acrescente-se a este, os preços vada, a medida tende a aumentar signi- dos - para os eletrodomésticos (a cha- outros setores para que estenda a me- das passagens. Se as pessoas preferem ficativamente o número de empregos na mada linha branca) por mais um tem- dida. Num contexto de crise, o gover- utilizar o automóvel, ao invés do ôni- economia brasileira. Na grande maio- po e pretende ampliar a medida para no pode e deve utilizar este tipo de ins- bus, parece lógico que o fator econo- ria dos países desenvolvidos a jornada outros setores da economia. Esta me- trumento para dinamizar a economia. mia está presente. É de se perguntar já é de 40 horas há muito tempo, em dida, tomada inicialmente no ano pas- como se pode viabilizar o uso do auto- alguns é até de 38 a 36 horas. sado, busca enfrentar, em parte, os efei- móvel com 4 ou 5 passageiros, do pon- tos da crise global sobre a economia AS PESSOAS ESTÃO to de vista econômico, contra o ônibus interna. A decisão do governo, de pror- que carrega 38, 40 ou até mais passagei- PENSANDO rogar o benefício ao setor, tem duas mo- ANDANDO MENOS DE ros? Está mais do que na hora de que os Será que algum dia teremos uma so- tivações fundamentais: a primeira por- preços das passagens sejam revistos. É ciedade, na qual o trabalho servirá para que é muito difícil retirar um benefício ÔNIBUS INTERMUNICIPAL verdade que o ônibus é mais seguro, é con- que possamos usufruir de melhores pa- que reduziu imposto; a segunda, por- Em entrevista a uma rádio local, o fortável e reduz o fluxo de veículos nas drões de vida, de forma igualitária? que a medida trouxe resultados positi- gerente da Estação Rodoviária de Ijuí estradas, mas isso não basta, faz-se neces- vos para o setor e para a economia apresentou dados significativos sobre sário também a racionalidade econômica. como um todo, pelos efeitos provoca- vendas de passagens de ônibus de li- INDICADORES RURAIS dos em outros setores. Merece desta- nhas intermunicipais. Segundo ele, nos que o segundo motivo, porque este é últimos 5 anos ocorreu uma redução de PODE ESTAR CHEGANDO A Soja ........ R$ 46,00 Trigo ....... R$ 24,00 Valores cotados pela Cotrijui no dia 3 de econômico. Boa parte do desconto do em torno de 67.000 passagens vendidas IPI teve como efeito a redução do pre- na Estação Rodoviária nos trajetos de JORNADA DE TRABALHO Milho ..... R$ 17,50 julho
  8. 8. 8 O REPÓRTER GERAL SÁBADO, 4 de julho de 2009 Polícia solicita prisão para acusado de violência praticada contra criança de 6 anos O fato ocorreu no Bairro esta pessoa teria fugido da ci- dade um dia após termos soli- Getúlio Vargas, tendo citado sua prisão preventiva”, sido encaminhado à comentou a delegada. Um segundo caso que passa Delegacia da Mulher. a ser investigado por parte da Outro registro de abuso Delegacia da Mulher foi regis- trado na quinta-feira na Dele- sexual contra criança foi gacia de Polícia. A delegada registrado na quinta- Carla Mussi observou que ain- da não possui mais informa- feira na Delegacia ções do caso, tendo em vista que foi registrado na DP, após a mãe da criança ter compa- recido ao Conselho Tutelar. U m fato que foi investiga- “O fato foi comunicado na DP, do pela Delegacia da mas vamos também instaurar Mulher de Ijuí é de aten- inquérito para averiguar o tado violento ao pudor contra que realmente acabou ocor- uma criança no Bairro Getúlio rendo”, relatou a delegada. Vargas. A delegada Carla Mus- Questionada sobre os moti- si disse que o caso foi investi- vos que levam pessoas a mo- gado a partir de denúncias lestar crianças, a delegada dis- apresentadas e já existe, inclu- se que isso sempre ocorreu. “O sive, o pedido, que está trami- que tínhamos antes era o medo Crianças sofrem agressões e abuso sexual, conforme a delegada Carla Mussi, geralmente por membros da família e pessoas próximas tando junto ao Poder Judiciá- da denúncia, tendo em vista rio, para que o responsável que os casos de violência do- trevistas que era molestado a delegada. Ela acentua que quem estiver seja preso. A delegada disse méstica ou abuso sexual geral- por seu pai. “Pode ser um Carla Mussi disse ainda que sabendo de fatos ligados a que neste caso já está compro- mente são praticados por fami- exemplo que muitos conside- se constata de algum tempo abusos, como os que foram vado, por prova pericial, de liares ou pessoas próximas da rem piegas, mas na realidade, para cá, em função de campa- registrados nesta semana, que ocorreu realmente o aten- vítima”, comentou a delegada. o que temos é a constatação de nhas e de denúncias que es- contra idosos e crianças, tado violento ao pudor, que foi Ela citou o exemplo do cantor que a violência e o abuso se- tão ocorrendo, é que as pes- deve procurar os órgãos com- cometido pelo padrinho da me- Michael Jackson, recentemen- xual são praticados sempre soas estão perdendo o medo petentes para que a denúncia nina. “Sabemos inclusive que te falecido, que admitiu em en- por pessoas próximas”, frisou e vêm denunciando os fatos. seja feita. Sindilojas ingressa na justiça FATORAMA Hélio Lopes Somente na próxima semana gislação aprovada na Câmara fatorama.reporter@gmail.com a assessoria jurídica do Sindi- de Vereadores foi fruto de um lojas de Ijuí vai ingressar com entendimento envolvendo os Porto Alegre, é de que alguns quinzena de agosto uma pro- Ação de Inconstitucionalidade da Lei, aprovada pela Câmara sindicatos patronal e de traba- lhadores. Ninguém vai mudar Solidariedade equipamentos para as ambu- posta concreta sobre dois pro- de Vereadores, que estabelece nada agora. Vamos cumprir a Os gremistas espoucaram lâncias ainda não foram adqui- jetos em tramitação na Câma- autorização para que as lojas lei e quem desobedecê-la vai foguetes na noite do jogo do ridos pelo município. ra, de interesse dos aposenta- funcionem à tarde somente nos ser autuado e terá que pagar Inter com o Corinthians ( 2x2) dos e dos trabalhadores que dois primeiros sábados de multa”, comentou o prefeito. e os colorados iluminaram a O domingo é de Vestibular pagam INSS. Tratam-se de pro- cada mês. A informação foi A discussão sobre o horário noite do jogo Grêmio 2x2 Cru- na Unijuí, com a prova de Re- jetos que acabam com o fator confirmada pelo advogado An- do comércio também repercu- zeiro. Igualdade acima de dação sendo aplicada das 9h previdenciário e estende a to- tonio Carlos Burtet. Ele acen- tiu na Câmara de Vereadores. tudo. Bonito. as 11h. A lista dos aprovados dos os aposentados os reajus- tua que as lojas que, porven- Os vereadores estão estra- será divulgada na quarta-fei- tes concedidos ao salário mí- tura, tenham sido multadas nhando a posição do Sindilo- O Inter perdeu o título da ra, dia oito. nimo. Não havendo entendi- por abrirem à tarde nos dois jas em ingressar na justiça Copa do Brasil e agora busca mento sobre essas duas maté- sábados anteriores, terão pri- com liminar, buscando derru- o caminho da Libertadores Com será a movimentação do rias, os projetos irão a votação meiro que recorrer administra- bar a lei. A vereadora Rosane através do Campeonato Brasi- comércio de Ijuí neste sábado ainda nomes de agosto, garan- tivamente da decisão. “Poste- Simon (PCdoB) sugeriu que leiro. O grêmio sonhava com o à tarde? A Assessoria Jurídica tiu Paim. riormente, caso se obtenha fosse feita nova reunião entre Tri da Libertadores e agora da prefeitura informou que vai êxito na liminar que for busca- o sindicato e os vereadores, terá de se recuperar no Brasi- continuar a fiscalização. O prefeito de Coronel Bar - da junto ao Tribunal de Justi- além do executivo, para con- leirão. ros, Olivar Scherer está eu- ça do Estado, estas autuações testar a posição do Sindilojas. Trabalhadores dos Correios fórico. Recebeu ligação do vão perder o efeito”, comentou Já o vereador Sérgio Pires (PT) Amanhã tem Grêmio x Atlé- de Ijuí estarão segunda-feira Dnit autorizando a abertura o assessor jurídico. Nos sába- discordou da posição da vere- tico Paranaense, no Olímpico, na Câmara de Vereadores de licitação para a constru- dos em que não era permitida adora, sustentando que é ne- as 16h e Náutico Inter, nos para pedir apoio formal con- ção de uma rótula na entra- a abertura pela lei, dias 20 e 27, cessário existir mais respeito Aflitos, às 18h30. tra um projeto que está sendo da da cidade e de uma pas- ocorreram 20 notificações e às decisões do executivo e do debatido no Congresso Naci- sarela na BR 285. Este pleito duas autuações, de empresas legislativo, até porque ocorreu E continua a novela Samu/ onal. Eles não querem a pri- vem de muito anos, acres- que decidiram por trabalhar. consenso entre os sindicatos. Salvar. Inicialmente programa- vatização dos serviços. centou Olivar. A decisão do Sindilojas, de “Está beirando à molecagem a do para o dia 9 de julho agora recorrer ao Tribunal de Justi- postura de integrantes do sin- passa, provavelmente para o O senador Paulo Paim infor- Fatorama Saúde – hoje, às ça do Estado, também reper- dicato, que não suportam 15 de julho o início dos traba- mou que o líder do governo na 10 horas, na Mais Popular, cutiu na prefeitura. O prefeito pressões e ainda querem con- lhos. A informação vinda da Câmara, deputado Henrique participação da médica Chei- Fioravante Ballin reiterou que correr a cargos eletivos no direção do Serviço de Atendi- Fontana garantiu que o gover- la Eickhoff, da área de hema- deve ser cumprida a lei. “A le- próximo ano”. mento Médico de Urgência, em no irá apresentar na primeira tologia.
  9. 9. SÁBADO, 4 de julho de 2009 GERAL O REPÓRTER 9 Avaliação dos seis meses da administração não apresenta novidades significativas O prefeito de Ijuí, avaliação vai ser continua. Se houver necessidade, vamos Fioravante Ballin, o vice, fazer de uma forma muito nor- Ubirajara Teixeira e mal. Qual a perspectiva de avan- secretários se reuniram ços nos próximos meses? Nos- com representantes dos sa relação com os governos do estado e federal demonstra meios de comunicação que poderemos avançar ainda na quinta-feira pela mais. Seguramente, para além do que já foi feito, teremos manhã. O objetivo foi mais investimentos no municí- avaliar os seis primeiros pio, criando mais empregos e renda. Este é o nosso maior meses da atual objetivo, com as ações princi- administração e pais convergindo para este fim. A integração é a palavra projetar novas metas desta administração? Sem dú- vida. O que queremos é a inte- gração comunitária , buscando a melhoria da qualidade de O senhor fala em avaliação vida do cidadão este é o nosso constante de seus colaborado- maior objetivo. res ? Temos uma avaliação di- Existe a necessidade de me- ária, especialmente os secretá- lhorar os serviços prestados? rios e coordenadores. Então, Nós estamos avaliando perma- diariamente e continuamente nentemente a nossa relação do ocorre a avaliação. A reavalia- município com a comunidade. ção se processa de uma forma É bem verdade que poderão Ballin diz que objetivo principal da administração é aumentar a geração de emprego e renda no município efetiva, mas no decorrer do ser incluídos novos órgãos ou tempo, se houver necessidade agregados nos setores da ad- de mudanças, somente o tem- ministração. Isso tudo está entre julho e agosto. No entan- pessoas e instituições. O se- mos uma relação de respeito po vai nos dizer. Até este mo- sendo debatido internamente, to, quero dizer que é possível nhor teria exemplo de alguma com os poderes constituídos. mento a equipe continua a juntamente com o vice prefei- avançar sempre naquilo que é instituição onde existia ruído Apenas em um projeto, de 52 mesma, pois temos uma rela- to, secretários e representan- possível, para além dos com- e que se acabou avançando? que foram encaminhados pela ção forte e presente. Não exis- tes dos partidos que integram promissos constitucionais e Com o poder legislativo por prefeitura, ocorreu modifica- te pelo menos inicialmente pre- a Frente Popular Trabalhista. obrigatórios. Temos que ver o exemplo. Nós , através de nos- ção. Os demais todos foram visão de mudanças na parte de Poderá ocorrer no entanto, al- que é possível investirmos sa bancada, estivemos lá des- aprovados. Estabelecemos no- pessoal. Já realocamos alguns guma mudança e agrupamen- mais. de o início do ano reuniões vas relações com diversas ins- servidores em secretarias. A to de setores. Vamos avaliar Mudou a relação entre as com todos os vereadores,. Te- tituições da comunidade. Jagmin: “vou passar a cobrar e apontar os problemas após a trégua” O vereador Rubem Jagmin ra varia de semáforo para se- terior disse que a casa foi dei- (PCdoB) realizou no Fatorama máforo. xada em dia para a atual admi- desta semana uma avaliação Jagmin , em relação ao tran- nistração. dos 180 dias da administração sito, lembrou que há quase 30 O vereador comentou em Ballin/Bira. Jagmin comentou anos se prometeu a pavimen- relação ao Demei, observan- “que vai começar a intensificar tação da Rua Ernesto Alves, en- do que apresentou uma série o seu trabalho, indo atrás dos tre a Rua 24 de Fevereiro até a de pedidos. Ele citou a ques- problemas que existem na ci- 19 de Outubro. “São situações tão dos problemas ocorridos dade, tanto no centro quanto históricas, que vem de anos e nesta semana,quando aconte- no interior”. Jagmin citou que que nunca ninguém acabou ceu a falta de luz. Jagmin dis- recebeu resposta de um pedi- tentando resolver. Existe a pro- se que “está batendo e co- do de informação, referente a messa de que agora vai ser fei- brando quanto a iluminação taxões e outros obstáculos to. Realmente esperamos que pública, pois segundo ele, existentes em algumas ruas isso aconteça”, disse o verea- existem alguns lugares que a que trazem prejuízo para a sus- dor. Jagmin acrescentou que via publica está na penum- pensão dos veículos. A respos- outra situação diz respeito é a bra”. O vereador comenta que ta recebida era de que, segun- Rua Venâncio Aires, onde cir- as lâmpadas têm um tempo do Jagmin, imediatamente isso culam os ônibus que se deslo- de uso, estando a iluminação seria resolvido de forma breve. cam até a Estação Rodoviária. sucateada. “Precisamos in- No entanto, Jagmin acentua Jagmin disse que “nos seis vestir urgentemente em ter- que até agora nada foi feito. meses foi feito pouco, muito mos de iluminação pública e “Existem tantos problemas no pouco por parte da atual admi- produção energética. Segun- trânsito, é só conversa e não nistração”. O vereador acres- do ele, a perda em 2008 foi de se resolve quase nada”, disse centou que a bancada de situ- 12% em termos de energia. o vereador. No caso das sina- ação afirma sempre que a situ- Jagmin disse que de nada adi- leiras, Jagmin disse que exis- ação é de dificuldade, obser- anta ter dinheiro em caixa e tem várias situações que preo- vando que estranha tal posici- não se prestar serviço de qua- cupam, pois o tempo de espe- onamento, pois o prefeito an- lidade para a comunidade. Vereador fez uma avaliação dos seis primeiros meses da administração Ballin/Ubirajara e disse que pouco foi feito
  10. 10. 10 O REPÓRTER HISTÓRIA SÁBADO, 4 de julho de 2009 ADEMAR CAMPOS BINDÉ Desde jovem sua paixão era ser barbeiro Fotos: Acervo de Vicente Koslowski Há 50 anos, Vicente 19, é que tais práticas lhes eram proibi- das, sob pena de incidirem em infrações Koslowski vem exercendo a legais no caso de continuarem o seu profissão de barbeiro, sendo exercício. Mas o tempo foi passando, os costu- um dos mais antigos mes se adaptando aos modismos de profissionais dessa área cada época, e assim, aos poucos, sur- giu no mercado de cuidados pessoais a em atividade em nossa figura do cabeleireiro, palavra que no cidade. Nos dias atuais, vocabulário brasileiro também designa- va originalmente o cortador de cabelos como se sabe, o barbeiro masculinos, ou seja, o próprio barbei- tradicional vem perdendo ro, mas que por razões ainda não expli- cadas satisfatoriamente passou a indi- espaço no mercado de car os profissionais trabalhando em trabalho para os modernos salões destinados ao público feminino. O certo é que a moda pegou de tal for- salões de beleza. Por essa ma, que é cada vez maior o número de razão, achamos oportuno cidadãos disputando vagas com as ci- dadãs, nos estabelecimentos dedicados conhecer um pouco da a essa atividade reconhecidamente em- história de um desses belezadora. Pois a história do barbeiro Vicente especialistas no corte de Koslowski e suas experiências vividas cabelos e barbas dos nos seus 50 anos de atividades, pode- homens mos constatar, tem um pouco de tudo aquilo que está descrito nas linhas aci- ma. Ele começou ainda muito jovem, D esde a mais remota antiguida- com uns 15 anos de idade, quando tra- de, pois a história registra que balhava na antiga Madeireira Silva. Nos a profissão de barbeiro surgiu fins de semana, aproveitava para fazer na Grécia Antiga, antes do século 16, seu aprendizado, cortando o cabelo da Vicente Koslowski é barbeiro há 50 anos que o uso de barbear e cortar o ca- gurizada que trabalhava na firma Arte- belo tornou-se habitual entre os ho- fatos de Madeira Schmidt, localizada ley Agostinho Burmann, o ex-de- mens. Segundo revelam os pesquisa- nas proximidades, acima dos trilhos da putado Amaury Müller, os radia- dores, os gregos daquela época ide- Viação Férrea. Vicente recorda que, na listas Luís Paulo Borghetti, Hélio alizavam suas divindades como figu- época, eram poucos os barbeiros na ci- Lopes e Milton Nivaldir Silva, en- ras de rara beleza e perfeição cor- dade e “eu tinha paixão pela profissão”. tre tantos outros. Dos mais anti- poral, o que eles expressavam atra- Não demorou muito, ele resolveu se gos que ainda frequentam sua vés de alguns tipos de estátuas de- estabelecer por conta própria. Como barbearia, cita Décio Barriquello nominadas kouros, representando era menor de idade, não tinha ainda 18 e Erwino Atkinson. jovens do sexo masculino. Em algu- anos, o Darnes Beal, funcionário da Pre- Nas suas recordações, Vicente mas lojas de Atenas onde essas es- feitura, não queria lhe dar o alvará. Vi- guarda muitas histórias e fatos culturas eram encontradas, foram cente Koslowski disse que iria trabalhar pitorescos. Entre estes, lembra sendo instalados espaços adequa- de qualquer jeito, com ou sem licença. de que, uma vez, um jovem che- dos ao tratamento de beleza, e foi as- Terminou conseguido o alvará e insta- gou na barbearia, sentou na ca- sim que surgiu o salão e a profissão lou sua pequena barbearia nas proximi- deira e quando ele lhe perguntou de barbeiro, exclusiva do sexo mas- dades da antiga Fábrica de Bebidas de se queria cortar o cabelo, obte- culino. Ernesto Werner, perto de onde atual- ve como resposta: “Não, eu que- Os relatos a esse respeito dão con- mente se localiza o edifício do Forum. ro que o senhor me arranque um ta de que os nobres e guerreiros de Depois, convidado pelo Antenor dente”. Quando Vicente disse então usavam cabelos compridos, Rückert, foi trabalhar no Salão do Co- que ele era apenas barbeiro, o sustentados por faixas, correntes ou mércio, onde atuou uns três anos. Após, jovem explicou que sua mãe ha- condecorações; os jovens, por sua integrou por 15 anos a equipe de profis- via lhe mandado, achando que ali vez, copiavam os penteados de Apo- sionais do Salão dos Viajantes, de Otá- também se arrancava dente. lo e Arquimedes; os velhos e filóso- vio Vetoratto, na Benjamin Constant, ao Com 67 anos de idade e atuan- fos deixavam crescer a barba e os lado da Praça da República. Quando o do há meio século como barbei- cabelos, como símbolo de sabedo- Vetoratto se aposentou, ficou mais dois ro, Vicente Koslowski ainda dei- ria, enquanto os escravos apresen- anos no mesmo local, no Salão da Rosa. xa transparecer sua paixão pela tavam os seus cabelos curtos e lisos, Então, foi viver uma experiência nova, profissão: “Tenho uma clientela não lhes sendo permitido o uso de no Salão de Beleza Dorinê, onde traba- formada, o que me dá a possibi- barba nem bigodes. lhou por 18 anos, atendendo o setor lidade de ganhar o suficiente para Além dessa atividade que exerci- masculino. Nos últimos oito anos, está garantir o sustento da minha fa- am e que lhes dava o nome, os anti- instalado por conta própria com sua mília”. gos barbeiros, também praticavam barbearia na rua 14 de Julho, proximi- Com este destaque de Vicente Vicente ao lado de seu antigo patrão e amigo Otávio Vetoratto pequenas cirurgias, podendo san- dades do consultório do dr. José Obara. Koslowski, queremos estender a grar e extrair dentes. Ainda nos sé- Vicente Koslowski se orgulha de ter nossa homenagem a todos os como Laureano Medeiros, Luiz Hocevar, culos 17 e 18, o barbeiro era consi- tido fregueses como os antigos médicos barbeiros ijuienses, dos quais Otávio Vetoratto, Alfredo Rückert, Lau- derado um verdadeiro prático no seu João Craidy, Amadeu Ferreira Wein- lembramos alguns já desapareci- delino Moraes, Antenor Rückert, Paulo mister de cirurgião e sangrador, e mann e Osório Trindade, os ex-prefei- dos e outros que ainda trabalham Covari, Osmar Nodari, Eloy Carlos Renz, somente mais adiante, já no século tos Wilson Maximino Mânica e Wander- ou não mais exercem a profissão, João Maria de Aguiar e Pedro Fogaça.

×