FÁCIL:
izildinha
Fácil, encarar tudo, mas o frio é
              cortante
E a rua, por isso, fica muito deserta
    A vida parece, fugir ou...
Fácil, se há tempestade, há amor
    E dá para ouvir música, na
             enxurrada
       A grande arte de todo
      ...
Fácil, para quem ri enquanto você
   Ainda procura.Tateia algo no
               escuro
 Coisas, que depois ás claras se v...
Fácil, perceber a certeza no frio
   Se é preciso ver o gelo polar
  Dessas águas, se compõe o rio
Da junção dos rios.Tamb...
Fácil, compreender a voz dos dias




                                       izisoldi@hotmail.com
No silêncio de todas as ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

FÁ C I L

236 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
236
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

FÁ C I L

  1. 1. FÁCIL: izildinha
  2. 2. Fácil, encarar tudo, mas o frio é cortante E a rua, por isso, fica muito deserta A vida parece, fugir ou ficar distante De outro lado porém, alguém te desperta E para o frio nada aconchegante Te reserva sempre a melhor coberta.
  3. 3. Fácil, se há tempestade, há amor E dá para ouvir música, na enxurrada A grande arte de todo transformador Revela as melhores raridades, quase do nada Que recolhidas do riso á dor Jóia rara, esculpida e conquistada.
  4. 4. Fácil, para quem ri enquanto você Ainda procura.Tateia algo no escuro Coisas, que depois ás claras se vê Porém precisa, sair de cima do muro Embora pareça tarde.Mas para quem crê Mostra sempre o lugar mais seguro.
  5. 5. Fácil, perceber a certeza no frio Se é preciso ver o gelo polar Dessas águas, se compõe o rio Da junção dos rios.Também o mar Quando tudo, parece estar por um fio Não tarda um novo.É hora de recomeçar!
  6. 6. Fácil, compreender a voz dos dias izisoldi@hotmail.com No silêncio de todas as indiferenças Depois de madrugadas frias Aparece um sol e aquece as crenças Entre tantas taças vazias A maior, e mais singela recompensa.

×