SlideShare uma empresa Scribd logo

P O R S E R A M O R

1 de 10
Baixar para ler offline
Por ser Amor izildinha
Pode chegar muito cedo, ou quase na partida. Se fazer no amanhecer, ou entardecer da vida. Pode ser calmo e  sereno.Pode ser arrebatador Pode vir disfarçado num furacão e seu furor Mas amor é amor! É nobre! Forte como uma muralha!Iguala rico e pobre!
Ao descobri-lo, descobre-se o novos sentidos. Numa só vida, novas vidas.Séculos vividos. Todos os passos mais certos.Sem nada temer Todas as horas mais leves.E se faz por merecer As curvas mais sinuosas em linha reta... Amor é o amparo na partida.O caminho.A seta
E com o desenrolar do tempo vai florescendo Ao delinear novos valores, ensina aprendendo Saudade, que nas horas distantes vem cobrar Sonho real.Que só se sonha ao acordar... Alento que corrige a solidão de mil anos Regra desregrada, que foge de todos os planos.
Vontade imensa de fazer bem a quem se ama. Há cheiro, vivência.Há vida que de vida chama Há defeitos indiferentes... Amanheceres, sem medo de futuras mentes Quando se vestem de amor.É tudo que tem Bocejos de estrelas sonolentas.O céu vestem bem.
. O campo afetivo é vasto, emoções passageiras Sem comparar.Sem modos e modas.Besteiras! Amor liberta! Encoraja!Dá licença Toma proporções.Esbanja crença!  É a semente que gera nova flor. E toda possibilidade.Cumplicidade e calor !

Recomendados

Som Do Silencio
Som Do SilencioSom Do Silencio
Som Do SilencioJNR
 
Em Algum Lugar Do Passado..
Em Algum Lugar Do Passado..Em Algum Lugar Do Passado..
Em Algum Lugar Do Passado..Beatris Lopes
 
Alex, eu te amarei durante toda minha
Alex, eu te amarei durante toda minhaAlex, eu te amarei durante toda minha
Alex, eu te amarei durante toda minhaSaleLuz
 
Para viver um grande amor - Carlos Drummond de Andrade
Para viver um grande amor - Carlos Drummond de AndradePara viver um grande amor - Carlos Drummond de Andrade
Para viver um grande amor - Carlos Drummond de AndradeMima Badan
 
Um dia, quem sabe ciducha e um dia talvez josé ernesto ferraresso
Um dia, quem sabe ciducha e um dia talvez josé ernesto ferraressoUm dia, quem sabe ciducha e um dia talvez josé ernesto ferraresso
Um dia, quem sabe ciducha e um dia talvez josé ernesto ferraressoLuzia Gabriele
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (19)

Minha Amizade
Minha AmizadeMinha Amizade
Minha Amizade
 
Baile Da Vida Ray Coniff
Baile Da Vida Ray ConiffBaile Da Vida Ray Coniff
Baile Da Vida Ray Coniff
 
So por amor
So por amorSo por amor
So por amor
 
Um amor eterno
Um amor eternoUm amor eterno
Um amor eterno
 
Ray conniff - o baile da vida
Ray conniff - o baile da  vidaRay conniff - o baile da  vida
Ray conniff - o baile da vida
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Trabalho de filosofia
Trabalho de filosofia Trabalho de filosofia
Trabalho de filosofia
 
AMOR À DISTÂNCIA /MANU CARLOS
AMOR À DISTÂNCIA /MANU CARLOSAMOR À DISTÂNCIA /MANU CARLOS
AMOR À DISTÂNCIA /MANU CARLOS
 
Estrela da tarde_fado_apaixonado Manuel Carlos
Estrela da tarde_fado_apaixonado Manuel CarlosEstrela da tarde_fado_apaixonado Manuel Carlos
Estrela da tarde_fado_apaixonado Manuel Carlos
 
Acorda menina
Acorda meninaAcorda menina
Acorda menina
 
Pra você
Pra vocêPra você
Pra você
 
O dom de voar - Lya Luft
O dom de voar - Lya LuftO dom de voar - Lya Luft
O dom de voar - Lya Luft
 
Ouvir
OuvirOuvir
Ouvir
 
Amor
AmorAmor
Amor
 
Amor
AmorAmor
Amor
 
Amor
AmorAmor
Amor
 
Sempre
SempreSempre
Sempre
 
Sempre
SempreSempre
Sempre
 
Viajei nas asas do tempo
Viajei nas asas do tempoViajei nas asas do tempo
Viajei nas asas do tempo
 

Destaque

Quando o céu se veste de estrelas
Quando o céu se veste de estrelas Quando o céu se veste de estrelas
Quando o céu se veste de estrelas Juliao Neto
 
Fotos diferentes e divetidas
Fotos diferentes e divetidasFotos diferentes e divetidas
Fotos diferentes e divetidasLilica
 
O Entardecer Da Vida
O Entardecer Da VidaO Entardecer Da Vida
O Entardecer Da VidaLilica
 
O homem que vinha ao amanhecer - José Eduardo Agualusa
O homem que vinha ao amanhecer - José Eduardo AgualusaO homem que vinha ao amanhecer - José Eduardo Agualusa
O homem que vinha ao amanhecer - José Eduardo AgualusaMima Badan
 
Projeto fotográfico autoral
Projeto fotográfico autoralProjeto fotográfico autoral
Projeto fotográfico autoralciclodefotografia
 
Ser - Carlos Drummond de Andrade
Ser - Carlos Drummond de AndradeSer - Carlos Drummond de Andrade
Ser - Carlos Drummond de AndradeMima Badan
 
O VER NA FOTOGRAFIA
O VER NA FOTOGRAFIAO VER NA FOTOGRAFIA
O VER NA FOTOGRAFIALu Vila
 
Como se constrói uma narrativa fotográfica? Fotografia e Cultura Material
Como se constrói uma narrativa fotográfica? Fotografia e Cultura MaterialComo se constrói uma narrativa fotográfica? Fotografia e Cultura Material
Como se constrói uma narrativa fotográfica? Fotografia e Cultura MaterialEliana Rezende
 
Projeto Fatos e Fotos um Novo Olhar
Projeto Fatos e Fotos um Novo OlharProjeto Fatos e Fotos um Novo Olhar
Projeto Fatos e Fotos um Novo OlharValquiria Bauer
 

Destaque (13)

Quando o céu se veste de estrelas
Quando o céu se veste de estrelas Quando o céu se veste de estrelas
Quando o céu se veste de estrelas
 
PercepçãO Da Cor1
PercepçãO Da Cor1PercepçãO Da Cor1
PercepçãO Da Cor1
 
Quero agradecer
Quero agradecerQuero agradecer
Quero agradecer
 
O amanhecer
O amanhecerO amanhecer
O amanhecer
 
Fotos diferentes e divetidas
Fotos diferentes e divetidasFotos diferentes e divetidas
Fotos diferentes e divetidas
 
O Entardecer Da Vida
O Entardecer Da VidaO Entardecer Da Vida
O Entardecer Da Vida
 
O homem que vinha ao amanhecer - José Eduardo Agualusa
O homem que vinha ao amanhecer - José Eduardo AgualusaO homem que vinha ao amanhecer - José Eduardo Agualusa
O homem que vinha ao amanhecer - José Eduardo Agualusa
 
Projeto fotográfico autoral
Projeto fotográfico autoralProjeto fotográfico autoral
Projeto fotográfico autoral
 
Ser - Carlos Drummond de Andrade
Ser - Carlos Drummond de AndradeSer - Carlos Drummond de Andrade
Ser - Carlos Drummond de Andrade
 
O VER NA FOTOGRAFIA
O VER NA FOTOGRAFIAO VER NA FOTOGRAFIA
O VER NA FOTOGRAFIA
 
Como se constrói uma narrativa fotográfica? Fotografia e Cultura Material
Como se constrói uma narrativa fotográfica? Fotografia e Cultura MaterialComo se constrói uma narrativa fotográfica? Fotografia e Cultura Material
Como se constrói uma narrativa fotográfica? Fotografia e Cultura Material
 
Simbolismo
Simbolismo Simbolismo
Simbolismo
 
Projeto Fatos e Fotos um Novo Olhar
Projeto Fatos e Fotos um Novo OlharProjeto Fatos e Fotos um Novo Olhar
Projeto Fatos e Fotos um Novo Olhar
 

Semelhante a P O R S E R A M O R

1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdf
1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdf1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdf
1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdfSimoneDrumondIschkan
 
1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdf
1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdf1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdf
1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdfSimoneDrumondIschkan
 
Antologia POETIZANDO ENTRE AMIGOS
Antologia POETIZANDO ENTRE AMIGOSAntologia POETIZANDO ENTRE AMIGOS
Antologia POETIZANDO ENTRE AMIGOSLuciana Rugani
 
Poemas Ilustrados
Poemas IlustradosPoemas Ilustrados
Poemas Ilustradosvales
 
AS HISTÓRIAS QUE EU CONTEI PRA MIM MESMO
AS HISTÓRIAS QUE EU CONTEI PRA MIM MESMOAS HISTÓRIAS QUE EU CONTEI PRA MIM MESMO
AS HISTÓRIAS QUE EU CONTEI PRA MIM MESMOMauricioSantini
 
Jornal íntimo mariajoaofranco poemas
Jornal íntimo mariajoaofranco poemasJornal íntimo mariajoaofranco poemas
Jornal íntimo mariajoaofranco poemasMaria Franco
 
30 Poemas De Amor Slide
30 Poemas De Amor Slide30 Poemas De Amor Slide
30 Poemas De Amor SlideHugo Pereira
 
O baile-da-vida3146
O baile-da-vida3146O baile-da-vida3146
O baile-da-vida3146Aldo Cioffi
 
Antologia Poética de um Segundo de Inspiração
Antologia Poética de um Segundo de InspiraçãoAntologia Poética de um Segundo de Inspiração
Antologia Poética de um Segundo de InspiraçãoRoberto Dalmo
 
Uma viagem por 800 anos da Poesia Portuguesa
Uma viagem por 800 anos da Poesia PortuguesaUma viagem por 800 anos da Poesia Portuguesa
Uma viagem por 800 anos da Poesia Portuguesacaxibiblioteca
 

Semelhante a P O R S E R A M O R (20)

Sinfonia Da Vida
Sinfonia Da VidaSinfonia Da Vida
Sinfonia Da Vida
 
1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdf
1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdf1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdf
1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdf
 
1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdf
1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdf1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdf
1 COLEÇÃO POEMAS DE SIMONE HELEN DRUMOND ISCHKANIAN.pdf
 
Escolhendo Poesias
Escolhendo Poesias Escolhendo Poesias
Escolhendo Poesias
 
Feras da Poetica
Feras da PoeticaFeras da Poetica
Feras da Poetica
 
Antologia POETIZANDO ENTRE AMIGOS
Antologia POETIZANDO ENTRE AMIGOSAntologia POETIZANDO ENTRE AMIGOS
Antologia POETIZANDO ENTRE AMIGOS
 
Cardápio DalheMongo
Cardápio DalheMongoCardápio DalheMongo
Cardápio DalheMongo
 
Poemas Ilustrados
Poemas IlustradosPoemas Ilustrados
Poemas Ilustrados
 
AS HISTÓRIAS QUE EU CONTEI PRA MIM MESMO
AS HISTÓRIAS QUE EU CONTEI PRA MIM MESMOAS HISTÓRIAS QUE EU CONTEI PRA MIM MESMO
AS HISTÓRIAS QUE EU CONTEI PRA MIM MESMO
 
Jornal íntimo mariajoaofranco poemas
Jornal íntimo mariajoaofranco poemasJornal íntimo mariajoaofranco poemas
Jornal íntimo mariajoaofranco poemas
 
Filipa Duarte
Filipa Duarte Filipa Duarte
Filipa Duarte
 
Baile
BaileBaile
Baile
 
FIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
FIGURAS DE LINGUAGEM.pptFIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
FIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
 
Grave-me atualizado.docx
Grave-me atualizado.docxGrave-me atualizado.docx
Grave-me atualizado.docx
 
30 Poemas De Amor Slide
30 Poemas De Amor Slide30 Poemas De Amor Slide
30 Poemas De Amor Slide
 
O baile-da-vida3146
O baile-da-vida3146O baile-da-vida3146
O baile-da-vida3146
 
O baile da vida
O baile da vidaO baile da vida
O baile da vida
 
Antologia Poética de um Segundo de Inspiração
Antologia Poética de um Segundo de InspiraçãoAntologia Poética de um Segundo de Inspiração
Antologia Poética de um Segundo de Inspiração
 
Uma viagem por 800 anos da Poesia Portuguesa
Uma viagem por 800 anos da Poesia PortuguesaUma viagem por 800 anos da Poesia Portuguesa
Uma viagem por 800 anos da Poesia Portuguesa
 
BIBLIOTECA VIRTUAL
BIBLIOTECA VIRTUALBIBLIOTECA VIRTUAL
BIBLIOTECA VIRTUAL
 

Mais de guest2c857d

O P R O I B I D O
O  P R O I B I D OO  P R O I B I D O
O P R O I B I D Oguest2c857d
 
O N D A M I S T A
O N D A  M I S T AO N D A  M I S T A
O N D A M I S T Aguest2c857d
 
I M P R O D U T I V I D A D E G E R A M A I S V I O LÊ N C I A
I M P R O D U T I V I D A D E  G E R A  M A I S  V I O LÊ N C I AI M P R O D U T I V I D A D E  G E R A  M A I S  V I O LÊ N C I A
I M P R O D U T I V I D A D E G E R A M A I S V I O LÊ N C I Aguest2c857d
 
O L I V R O D A M E MÓ R I A
O  L I V R O  D A  M E MÓ R I AO  L I V R O  D A  M E MÓ R I A
O L I V R O D A M E MÓ R I Aguest2c857d
 
O S GÓ T I C O S
O S  GÓ T I C O SO S  GÓ T I C O S
O S GÓ T I C O Sguest2c857d
 
O P R O G R E S S O
O  P R O G R E S S OO  P R O G R E S S O
O P R O G R E S S Oguest2c857d
 
N O V A M E N T E
N O V A M E N T EN O V A M E N T E
N O V A M E N T Eguest2c857d
 
N E C E S S I D A D E S
N E C E S S I D A D E SN E C E S S I D A D E S
N E C E S S I D A D E Sguest2c857d
 
F I N A L D E S E M A N A
F I N A L  D E  S E M A N AF I N A L  D E  S E M A N A
F I N A L D E S E M A N Aguest2c857d
 
N A T A L C O N T I G O
N A T A L  C O N T I G ON A T A L  C O N T I G O
N A T A L C O N T I G Oguest2c857d
 
M E U Q U E R I D O P A I
M E U  Q U E R I D O  P A IM E U  Q U E R I D O  P A I
M E U Q U E R I D O P A Iguest2c857d
 
D E V E R E S C U M P R I D O S SÃ O D I R E I T O S A D Q U I R I D O S
D E V E R E S  C U M P R I D O S  SÃ O  D I R E I T O S  A D Q U I R I D O SD E V E R E S  C U M P R I D O S  SÃ O  D I R E I T O S  A D Q U I R I D O S
D E V E R E S C U M P R I D O S SÃ O D I R E I T O S A D Q U I R I D O Sguest2c857d
 
J O V E N S A M O R E S
J O V E N S  A M O R E SJ O V E N S  A M O R E S
J O V E N S A M O R E Sguest2c857d
 
L U G A R G U A R D A D O
L U G A R  G U A R D A D OL U G A R  G U A R D A D O
L U G A R G U A R D A D Oguest2c857d
 
H O R I Z O N T E S
H O R I Z O N T E SH O R I Z O N T E S
H O R I Z O N T E Sguest2c857d
 
I M P E R F E IÇÃ O N A L I N H A
I M P E R F E IÇÃ O  N A  L I N H AI M P E R F E IÇÃ O  N A  L I N H A
I M P E R F E IÇÃ O N A L I N H Aguest2c857d
 

Mais de guest2c857d (20)

O P R O I B I D O
O  P R O I B I D OO  P R O I B I D O
O P R O I B I D O
 
O N D A M I S T A
O N D A  M I S T AO N D A  M I S T A
O N D A M I S T A
 
I M P R O D U T I V I D A D E G E R A M A I S V I O LÊ N C I A
I M P R O D U T I V I D A D E  G E R A  M A I S  V I O LÊ N C I AI M P R O D U T I V I D A D E  G E R A  M A I S  V I O LÊ N C I A
I M P R O D U T I V I D A D E G E R A M A I S V I O LÊ N C I A
 
O L I V R O D A M E MÓ R I A
O  L I V R O  D A  M E MÓ R I AO  L I V R O  D A  M E MÓ R I A
O L I V R O D A M E MÓ R I A
 
O S GÓ T I C O S
O S  GÓ T I C O SO S  GÓ T I C O S
O S GÓ T I C O S
 
O P R O G R E S S O
O  P R O G R E S S OO  P R O G R E S S O
O P R O G R E S S O
 
N O V A M E N T E
N O V A M E N T EN O V A M E N T E
N O V A M E N T E
 
N O V O
N O V ON O V O
N O V O
 
MÃ E
MÃ EMÃ E
MÃ E
 
N E C E S S I D A D E S
N E C E S S I D A D E SN E C E S S I D A D E S
N E C E S S I D A D E S
 
F I N A L D E S E M A N A
F I N A L  D E  S E M A N AF I N A L  D E  S E M A N A
F I N A L D E S E M A N A
 
N A T A L C O N T I G O
N A T A L  C O N T I G ON A T A L  C O N T I G O
N A T A L C O N T I G O
 
M E U Q U E R I D O P A I
M E U  Q U E R I D O  P A IM E U  Q U E R I D O  P A I
M E U Q U E R I D O P A I
 
LÓ G I C A
LÓ G I C ALÓ G I C A
LÓ G I C A
 
D E V E R E S C U M P R I D O S SÃ O D I R E I T O S A D Q U I R I D O S
D E V E R E S  C U M P R I D O S  SÃ O  D I R E I T O S  A D Q U I R I D O SD E V E R E S  C U M P R I D O S  SÃ O  D I R E I T O S  A D Q U I R I D O S
D E V E R E S C U M P R I D O S SÃ O D I R E I T O S A D Q U I R I D O S
 
J O V E N S A M O R E S
J O V E N S  A M O R E SJ O V E N S  A M O R E S
J O V E N S A M O R E S
 
L U G A R G U A R D A D O
L U G A R  G U A R D A D OL U G A R  G U A R D A D O
L U G A R G U A R D A D O
 
F O I
F O IF O I
F O I
 
H O R I Z O N T E S
H O R I Z O N T E SH O R I Z O N T E S
H O R I Z O N T E S
 
I M P E R F E IÇÃ O N A L I N H A
I M P E R F E IÇÃ O  N A  L I N H AI M P E R F E IÇÃ O  N A  L I N H A
I M P E R F E IÇÃ O N A L I N H A
 

Último

ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docxATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docxMAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docxjosecarlos413721
 
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docxATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docxMAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docxjosecarlos413721
 
Apresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de software
Apresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de softwareApresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de software
Apresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de softwareAleatório .
 
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docxMAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx2m Assessoria
 
Uniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdf
Uniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdfUniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdf
Uniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdfPatriciaAraujo658854
 
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docxATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docxjosecarlos413721
 
ATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docxATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docx2m Assessoria
 
Aula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptx
Aula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptxAula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptx
Aula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptxHugoHoch2
 
MAPA - DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docx
MAPA   -   DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docxMAPA   -   DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docx
MAPA - DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docxjosecarlos413721
 

Último (13)

ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docxATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docxMAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docxATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
 
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docxMAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
 
Apresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de software
Apresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de softwareApresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de software
Apresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de software
 
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docxMAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx
 
Uniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdf
Uniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdfUniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdf
Uniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdf
 
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docxATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docxATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docx
 
Aula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptx
Aula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptxAula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptx
Aula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptx
 
MAPA - DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docx
MAPA   -   DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docxMAPA   -   DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docx
MAPA - DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
 

P O R S E R A M O R

  • 1. Por ser Amor izildinha
  • 2. Pode chegar muito cedo, ou quase na partida. Se fazer no amanhecer, ou entardecer da vida. Pode ser calmo e sereno.Pode ser arrebatador Pode vir disfarçado num furacão e seu furor Mas amor é amor! É nobre! Forte como uma muralha!Iguala rico e pobre!
  • 3. Ao descobri-lo, descobre-se o novos sentidos. Numa só vida, novas vidas.Séculos vividos. Todos os passos mais certos.Sem nada temer Todas as horas mais leves.E se faz por merecer As curvas mais sinuosas em linha reta... Amor é o amparo na partida.O caminho.A seta
  • 4. E com o desenrolar do tempo vai florescendo Ao delinear novos valores, ensina aprendendo Saudade, que nas horas distantes vem cobrar Sonho real.Que só se sonha ao acordar... Alento que corrige a solidão de mil anos Regra desregrada, que foge de todos os planos.
  • 5. Vontade imensa de fazer bem a quem se ama. Há cheiro, vivência.Há vida que de vida chama Há defeitos indiferentes... Amanheceres, sem medo de futuras mentes Quando se vestem de amor.É tudo que tem Bocejos de estrelas sonolentas.O céu vestem bem.
  • 6. . O campo afetivo é vasto, emoções passageiras Sem comparar.Sem modos e modas.Besteiras! Amor liberta! Encoraja!Dá licença Toma proporções.Esbanja crença! É a semente que gera nova flor. E toda possibilidade.Cumplicidade e calor !
  • 7. Abre todas as prisões... Amor extingue competições, Quebra qualquer barreira... A chave da segurança.A risada corriqueira O portal da felicidade! Sem permissão.Sem tempo para maldade!
  • 8. O amor é forte, invencível, imbatível! Nada compara! Nem divide o indivisível! Não exige e nem cobra... O amor por si só, já tem reserva de sobra. Veste a mais bela melodia num instante... Alegoria da canção!Vício aconchegante!
  • 9. É a magia de se conquistar todos os dias... É a confiança na tempestade!Fúrias e ventanias Olhares alegres...Regredires em olhares brilhantes É a sonolência das tardes.Os milênios em instantes Todo acordar dando cor... A vida e seu valor!
  • 10. As histórias que põem lágrimas no olhar O lume especial .A hora de descansar! Todas as canções, os momentos das vidas, O jardim que se veste de margaridas, É muito mais que isso ,[por ser amor]... É a sensação e o vício de plantar flor! [email_address]