Prospecto Da Visita De Estudo Ii Blog

970 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
970
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prospecto Da Visita De Estudo Ii Blog

  1. 1. Acção de Formação: O Trabalho no Laboratório e na Oficina – Uma abordagem às Energias Renováveis VISITA DE ESTUDO Central de Valorização Energática da LIPOR II Casa -Laboratório Termicamente Optimizada e Parque Eólico da Serra da Boneca II 10 de Julho de 2009 LIPOR II Casa Solar Parque Eólico da Boneca II Itinerário 8:00h – Partida da Escola Secundária da Lixa 9:15h – Chegada à Central de valorização energética (LIPOR II) 9:45h - Visita à Central de valorização energética da LIPOR; 11h00 – Chegada à Casa - Laboratório Termicamente optimizada (Casa solar); 11:15h – Visita à Casa - Laboratório Termicamente optimizada; 13h30 – Almoço; 15H30 - Chegada ao parque eólico da Serra da Boneca II; 16H00 - Visita ao parque eólica da Serra da Boneca; 18H30 - Chega à Escola Secundária da Lixa.
  2. 2. Objectivo  Identificar formas de aproveitamento e gestão sustentável dos recursos renováveis e não renováveis. I) Central de valorização energética (LIPOR II) A Lipor -Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, é a entidade responsável pela gestão de resíduos sólidos urbanos produzidos por Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde. A Lipor desenvolveu uma estratégia integrada de valorização, tratamento e eliminação dos RSU’s, denominada Via Múltipla, que inclui: - O Sistema de Reciclagem Multimaterial que tem como peça fundamental o Centro de Triagem Lipor. - O Processo de Compostagem que tem como objectivo a recolha e tratamento da fracção orgânica dos resíduos, para produção de fertilizantes. - A Central de Valorização Energética Lipor II, que produz energia eléctrica, com a fracção de resíduos que não pode ser valorizada através dos processos de compostagem e reciclagem. Do lixo à Luz! A Central de Valorização Energética, situada na Maia, tem como objectivo a valorização, na forma de energia eléctrica, da fracção de resíduos que não possa ser aproveitada através dos processos de compostagem e reciclagem. Com duas linhas de tratamento em operação contínua e praticamente automática, a Central trata cerca de 1000 toneladas de resíduos por dia, produzindo 25MWH de energia eléctrica, suficiente para abastecer um aglomerado populacional de 150 mil habitantes
  3. 3. II) Casa-Laboratório Termicamente Optimizada A construção da Casa-Laboratório Termicamente Optimizada (CTO) iniciou-se em 1981, no Campus LNETI como primeiro laboratório na área da «Térmica de edifícios» em Portugal, num projecto pioneiro de cooperação institucional do INETI com a FEUP (Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto) com a coordenação do Prop. Oliveira Fernandes. Esta casa foi projectada tendo em conta um conjunto de conceitos e de propostas de solução, válidas no hemisfério Norte, que permitem assegurar as melhores condições de conforto com um baixo consumo energético. A CTO tem as seguintes características: • Consome um mínimo de energia para o aquecimento ambiente, em condições de conforto e de utilização normal; • Utiliza ao máximo os recursos energéticos do ambiente (sol, temperatura do ar, protecção do terreno); • Tem em conta as fontes de energia ”gratuita” no ambiente interno (pessoas, equipamento, iluminação, etc..); • Recorre a outras formas de energias renováveis disponíveis, como por exemplo a lenha, para satisfação das necessidades de ponta (horas de mais frio) do aquecimento ambiente; • Tem em conta a adequada distribuição da construção e dos espaços para a optimização da gestão energética. III) Parque eólico da Serra da Boneca II O parque está localizado no alto da serra da Boneca, na freguesia de Sebolido, do concelho de Penafiel no distrito do Porto. A zona de implantação do Parque situa-se a uma altitude superior a 500 m, cujo ponto mais alto se identifica pela presença do marco geodésico designado por Boneca. A produção de energia eléctrica é feita através de 6 aerogeradores, tendo 4 uma potência unitária de 2000 KW pertencentes à Eólica da Boneca, outro uma potência de 600 KW pertencente à Enercancelos e ainda utro com uma potência de 800 KW da Enercancelos II. A potência total instalada nestes parques é de 9400 KW. Sites interessantes http://engenhocasrenovaveis.blogspot.com http://www.renovaveis.tecnopt.com www.adeporto.eu www.lipor.pt www.energiasrenovaveis.com

×