A Metodologia MSF Agilee o Visual Studio TeamSystemFábio CâmaraProgram Manager e MSF PractitionerMAS
Agenda Metodologias Ágeis MSF Agile Visual Studio Team System   Source Control   Build Automation   Project Site   Work It...
Metodologias Ágeis Agile Software Alliance é fundada por 17 metodologistas em 2001 Criaram um manifesto para desenvolver d...
Os Princípios Ágeis Valorizam mais o conteúdo do que a forma Trata o time de projeto como fundamental responsável pelo suc...
Por que ser ágil?Os processos são complexos Produtividade                       Previsibilidade                 • Controle...
MSF Agile É um guia qualitativo de como operar em um projeto Possui uma abordagem que permite criar processos adaptativos ...
Os Princípios do MSF Agile Confiar nas pessoas O valor do resultado Parceiros como clientes Adaptativo a mudanças
MSF Agile define: Papéis Responsabilidades Tarefas Resultados esperados Guia (processos e artefatos)
O time MSF Agile O processo de desenvolvimento   Gerente de projeto              Dev                Analista de negócios  ...
O time do projeto: definindoNeide Câmara                 Victor Câmara              Claudio CâmaraGerente de Projeto      ...
Cria a documentaçãoDefine Personas Create Scenario List      Prioritize Scenario List    Write Scenarios        Review Sce...
Ciclo de vida (resumido)
O process template doMSF AgileFábio CâmaraProgram ManagerMAS
Visual Studio Team System“É um marco histórico para os projetos de  software. Será o fim da relação artesanal  entre proce...
Sucesso é raro…       Fracasso                 Prazo estourado                    Sucesso2004     15%                     ...
O Arsenal VSTS Team Foundation Server Visual Studio Team Edition for:   Arquitetos   Desenvolvedores   Analista de testes ...
O coração do VSTS             So               ur                 ce         C on      tr        ol      W          Report...
Source ControlForte integração com todas asferramentas do Visual Studio TeamSystemMuito mais completo em comparação aoVisu...
Funcionalidades do SC                               Yes NoIntegração com VS 2003Checkout compartilhadoCritérios para check...
Source Control -ShelvingFábio CâmaraProgram ManagerMAS
Build AutomationO objetivo é fazer com que seja trivialBoas práticas de build são difícieis dealcançarPor que builds autom...
Project SiteComunicação, é importante?Objetivo: Facilitar a comunicação do time  Especificações, discussões, anúncios e li...
Project SiteFábio CâmaraProgram ManagerMAS
Work Items TrackingWork Items em todo lugar!!!!!Você pode construir as tarefas no MSExcelVocê pode atribuir as tarefas no ...
ReportingProvê total integração das ferramentasVSTSVocê pode criar “customizados” eadicionar outrosConstruído pelo SQL Ser...
Como funciona - Reporting                                                     MyHICPortal - Microsof t Internet Exp lorer ...
Pré-Requisitos Imprescindível:   Ter conceitos práticos sobre Software   Engineering Process   Compreender o que é SDLC   ...
Resumo Metodologia não se compra, se implanta VSTS é um produto gigantesco VSTS requer sérios investimentos em treinamento...
Para Maiores InformaçõesMSDN USA: http://www.msdn.comMSDN Brasil: http://www.msdn.com.brBlogs oficial dos produtos da Micr...
Sua Avaliação éImportante!Por Favor, Não Esqueça dePreencher a Ficha de Avaliaçãopara esta sessão
Seu potencial. Nossa inspiração.                                                                                     MR   ...
Teched Brasil 2005 -  A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team System
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Teched Brasil 2005 - A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team System

934 visualizações

Publicada em

O que é MSF Agile? Como utilizá-lo com a ferramenta Visual Studio Team System da Microsoft?

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
934
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
98
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary. Os padrões rígidos não são necessariamente definidos pelo princípios ágeis, mas são fundamentais na minha leitura ao sucesso do projeto. São os procedimentos definidos que não devem permitir que os outros fiquem pensando em como alterá-los. É para fazer assim e ponto. Exemplo: Code Patterns e policies (critérias para determinadas conclusões sobre atividades).
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary. Explicar algumas interseções no ciclo de vida (papéis e cenários)
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary. As metodologias ágeis são uma cultura de orientação ao conteúdo contudo não desprezam a forma. Você pode ser certificado CMMI ou utilizar processos unificados no RUP e mesmo assim praticar processos ágeis. Muitas pessoas acham que ser ágeis é não fazer artefatos.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • 09/13/12 00:35 © 2005 Microsoft Corporation. All rights reserved. This presentation is for informational purposes only. Microsoft makes no warranties, express or implied, in this summary.
  • Teched Brasil 2005 - A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team System

    1. 1. A Metodologia MSF Agilee o Visual Studio TeamSystemFábio CâmaraProgram Manager e MSF PractitionerMAS
    2. 2. Agenda Metodologias Ágeis MSF Agile Visual Studio Team System Source Control Build Automation Project Site Work Item Tracking Reporting
    3. 3. Metodologias Ágeis Agile Software Alliance é fundada por 17 metodologistas em 2001 Criaram um manifesto para desenvolver de forma direta e menos burocrática Exemplos: eXtreme Programming, SCRUM e FDD (Feature Driven Development)
    4. 4. Os Princípios Ágeis Valorizam mais o conteúdo do que a forma Trata o time de projeto como fundamental responsável pelo sucesso Modelos para pessoas inteligentes, padrões rígidos para pessoas “teimosas”
    5. 5. Por que ser ágil?Os processos são complexos Produtividade Previsibilidade • Controles burocráticos • Desconectado Desafios • Fazer as pessoas conhecer os processos • Fazer as pessoas praticar os processos
    6. 6. MSF Agile É um guia qualitativo de como operar em um projeto Possui uma abordagem que permite criar processos adaptativos Nasceu totalmente integrado ao Visual Studio Team System Poucos processos precisam de pessoas extraordinárias para resultados comuns, muitos processos exigem as mesmas pessoas extraordinárias para os mesmos resultados comuns.
    7. 7. Os Princípios do MSF Agile Confiar nas pessoas O valor do resultado Parceiros como clientes Adaptativo a mudanças
    8. 8. MSF Agile define: Papéis Responsabilidades Tarefas Resultados esperados Guia (processos e artefatos)
    9. 9. O time MSF Agile O processo de desenvolvimento Gerente de projeto Dev Analista de negócios Test Arch Arquiteto Desenvolvedor PM Analista de testes Analista de Negócios
    10. 10. O time do projeto: definindoNeide Câmara Victor Câmara Claudio CâmaraGerente de Projeto Desenvolvedor Analista de Negócios Alberto Câmara Gisele Câmara Arquiteto Analista de testes
    11. 11. Cria a documentaçãoDefine Personas Create Scenario List Prioritize Scenario List Write Scenarios Review Scenarios Storyboard a Scenario Divide Scenario into Tasks Decompose System Determine Interfaces Create Architectural PrototypeCria a soluçãoarquitetônica Estimate Scenario Cost a Development Task Implementa as tarefas de desenvolvimento Schedule Scenario Write Code Cria o plano de trabalho Write and Perform Unit Tests Review Code Elabora e executa os testes Write Validation Tests Integrate Run Test Identify a Bug
    12. 12. Ciclo de vida (resumido)
    13. 13. O process template doMSF AgileFábio CâmaraProgram ManagerMAS
    14. 14. Visual Studio Team System“É um marco histórico para os projetos de software. Será o fim da relação artesanal entre processos, gestores e desenvolvedores para as tarefas de um projeto.” Fábio Câmara Tecnicamente: É uma ferramenta de controle automático e integrado de tarefas
    15. 15. Sucesso é raro… Fracasso Prazo estourado Sucesso2004 15% 51% 34%2000 23% 49% 28% Source: The Standish Group International, Extreme Chaos, The Standish Group International, Inc., 2004 de ferramentas integradas Ausência Separação de negócioestourado: Valor e tecnologia 45% Problemas de comunicação Tempo estourado: Tarefas não63% gerenciáveis Funcionalidades combinadas: Processos imaturos ou inflexíveis 67% Standish Group Sem balanceamento entre produtividade e previsibilidade
    16. 16. O Arsenal VSTS Team Foundation Server Visual Studio Team Edition for: Arquitetos Desenvolvedores Analista de testes Gerentes de projetos
    17. 17. O coração do VSTS So ur ce C on tr ol W Reporting or Pk tion ro Ite a je m ct Tr om S i ac Aut te kin g ild Bu
    18. 18. Source ControlForte integração com todas asferramentas do Visual Studio TeamSystemMuito mais completo em comparação aoVisual SourceSafeIntegrated Check in Experience Combina alterações, comentários, tarefas, regras (policy) e e-mail Os dados são mantidos e capturados com seus relacionamentos
    19. 19. Funcionalidades do SC Yes NoIntegração com VS 2003Checkout compartilhadoCritérios para checkinShelving - adiamentoE-mail checkin (notificação)Acesso remotoArquivo grande (>4GB)Comparação de diferenças
    20. 20. Source Control -ShelvingFábio CâmaraProgram ManagerMAS
    21. 21. Build AutomationO objetivo é fazer com que seja trivialBoas práticas de build são difícieis dealcançarPor que builds automáticos? Builds são reproduzíveis Os projetos VS são compilados normalmente Um relatório de builds é centralizado para o projetoMETA: Estreitar ao máximo a relaçãoentre as ferramentas do VSTS
    22. 22. Project SiteComunicação, é importante?Objetivo: Facilitar a comunicação do time Especificações, discussões, anúncios e listas Tarefas (work items), relatórios e buildsAcesso fácil para “stakeholders”Construído pelo Microsoft SharePointServices
    23. 23. Project SiteFábio CâmaraProgram ManagerMAS
    24. 24. Work Items TrackingWork Items em todo lugar!!!!!Você pode construir as tarefas no MSExcelVocê pode atribuir as tarefas no MSProjectAs tarefas serão visualizadas no VisualStudio conforme o usuárioO status do projeto pode ser conferido noMS Excel ou no MS Project
    25. 25. ReportingProvê total integração das ferramentasVSTSVocê pode criar “customizados” eadicionar outrosConstruído pelo SQL Server ReportingServices
    26. 26. Como funciona - Reporting MyHICPortal - Microsof t Internet Exp lorer http:/ /humongous/myprojectportal/default.aspx  Home Project Counsel Discussions Documents Policy Search Portal I need to... -- select from list -- Home Project Portal SQL Server Modify My Page  SQL Server Pr oj ects Overview 450 Defect Trends 90 % Ho me Q u i c k La un c h 400 80 % Project Portal web site provides role-based views of t he development project. I n addition t o providing useful 350 300 70 % 60 % Create New Project inf ormation directly (such as t he plan of record, defect trends, and other reports), it also serves as a launching 250 50 % 200 40 % point f or various other tools. 150 30 % D efects Ope n Do cum en ts 100 20 % Tes t C as es R u n 50 10 % Stat us Reports 0 0% D ef ects/TC Present ations Pr oj ects St at us Project X er ker in C ore ndl Tic e r ASP Log oney Ha FX FX Specs Def ects I ssu es Risks Due Date Signof f M Tr ansf Requirements Envisioning 0 4 /4 2 /2 1 /1 6/5/ 03 Yes Reporting Rep ort s Links  Planning Reporting Standard Reports FX Hander Project Management Console Public Reports 2 of 2 4 of 12 3 of 3 7 of 8 7/1 5/03 No Create a new report Def ect Tracking Tool FX Ticker 8 of 8 2 1 of 55 3 of 3 1 o f 10 7/2 5/03 No MSWor d Requirements Template Workf low Transfer ASP 3 of 3 1 2 of 15 2 of 4 9 of 9 8/ 1/03 No Humongous Project Guidelines Project Schedule Developing 3 of 4 5 of 7 9 of 10 6 of7 9/ 1/03 No Stabilizing Add New Link Roles Manag er 1 of 9 8 of 9 17 of 2 0 8 of 10 10/1/03 No Team Deploying 6 of 7 0 of 0 0 of 0 0 of 0 11/1/03 No Services Alias Cont act s  Services Member s We ekl y Ex ecut ive Summar y  Over the past few weeks, teams hav e done extraordinary work getting bugs resolved, triaging hard, and  Jacqueline Ackerman - Project Man ager Communications Su bscript ion consistently getti ng closer and closer to meeting our milestone exi t criteria. Ask mode has helped in keeping the Endicott Smith - VP Sales, Project Sponsor builds working, and were ready to start group checkins, after the mass integration last week (Lab21, Lab22 and Stat us reports Lab25 RIed in one day!). However, this is about a week and a half behind the original schedule. Anna Jones - Business Analyst Gi ven our active bug count and incoming rates, its become appar ent that we are not ready to start our final test Bert Lewis - Development Manager pass today ( 6/16). Therefore, our new M2 exit path is as follows:  M2 Fork: TBD (see below) Barbara Baker - Test Manager  Final test pass start: 6/30 (see below) Add New Link  Sign off: 7/11  Re cen tly upd at ed Docu ment s  Standard Form s  Type Name Modified By Vision Documen t Vision Document Fiona Business Requirements Business Requiremen ts Betty Functional Requirement s MyHIC Functional Requirements Paula Feat ure Specifications Reporting Warehouse Customer Interviews Betty Stat us Reporting  Add New Document Creat e a new Form Excel Excel Reporting Warehouse Custom Custom Reporting Reporting Object Model Object Test/Build Test/Build Work Item Work Item Source Code Source Code Add-on Add-on Adapter Adapter Adapter Adapter Adapter Adapter Adapter Adapter Build Build Work Item Work Item Source Code Source Code Partner Tool Partner Tool Database Database Tracking Tracking Control Control A A
    27. 27. Pré-Requisitos Imprescindível: Ter conceitos práticos sobre Software Engineering Process Compreender o que é SDLC Entender os papéis sugeridos pelo VSTS (Project Manager, Architect, Developer e Tester) Desejável: Compreender a diferença entre processos prescritivos e processos ágeis
    28. 28. Resumo Metodologia não se compra, se implanta VSTS é um produto gigantesco VSTS requer sérios investimentos em treinamento e implantação VSTS não funciona se você não tiver processos formais (SDLC)
    29. 29. Para Maiores InformaçõesMSDN USA: http://www.msdn.comMSDN Brasil: http://www.msdn.com.brBlogs oficial dos produtos da Microsoft:http://blogs.msdn.comAgile Alliance: http://www.agilealliance.orgSites pessoais: http://www.csharpbr.com.brou http://www.mas.com.br
    30. 30. Sua Avaliação éImportante!Por Favor, Não Esqueça dePreencher a Ficha de Avaliaçãopara esta sessão
    31. 31. Seu potencial. Nossa inspiração. MR © 2005 Microsoft Corporation. Todos os direitos reservados.O propósito desta apresentação é apenas informativa. Microsoft não faz nenhuma garantia expressa ou implícita nesta apresentação.

    ×