Sistema locomotor

165 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
165
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema locomotor

  1. 1. O Sistema Locomotor.  O sistema de locomoção humano compreende os ossos e os músculos, que se articulam de tal maneira que permitem todos os movimentos do corpo;  Um osso pode ligar-se a outro(s) osso(s) através das articulações. Os músculos, tendões e ossos produzem diversos tipos de movimentos através do trabalho que realizam em conjunto permitindo a nossa locomoção.  A composição dos ossos: Tecido Ósseo. • Ossos são órgãos muito duros que constituem o esqueleto (são considerados órgãos pois são formados por diversos tecidos, sendo o principal o tecido ósseo); • O tecido conjuntivo ósseo é constituído por uma matriz óssea (substância intercelular) rica em sais minerais de Cálcio (torna os ossos rígidos) e pela proteína colágeno (dá uma certa maleabilidade). Também encontramos 3 tipos de células:  Osteoblastos: células jovens que formam osteócitos;  Osteócito: células adultas que produzem a matriz óssea;  Osteoclastos: retiram cálcio do osso para enviá-lo ao sangue e músculos e/ou facilitar a regeneração óssea (no caso de fraturas).  Tipos de Tecido Ósseo: Tecido Ósseo Compacto Tecido Ósseo Esponjoso Apresenta pouco espaçamento entre os componentes dando proteção e suporte. Ocorre no meio dos ossos longos. Apresenta muitos espaços (semelhante a esponjas). Ocorre na extremidade de ossos longos e nos ossos chatos e irregulares.  Os ossos podem ser classificados quanto à sua forma em 3 tipos básicos: a) Ossos longos. Ex.: Fêmur (osso da coxa) e úmero (braço); b) Ossos curtos. Ex.: Ossos do carpo; c) Ossos Laminares ou planos. Ex.: Frontal e Parietal (Ossos do crânio) e Escápula.  Os ossos longos apresentam a seguinte estrutura: • Epífises: extremidades ósseas. Nelas predominam o tecido ósseo esponjoso. Em seu interior encontramos a medula óssea vermelha (produtora de clls sanguíneas); • Diáfise – região central dos ossos longos. Nela predomina o tecido ósseo compacto. Em seu interior encontramos a medula óssea amarela (gordura).  O processo de ossificação é o processo de formação dos ossos, e ocorre na formação fetal ou na regeneração de fraturas. Também permite o crescimento dos ossos.  As divisões do esqueleto: • o esqueleto que possui 206 ossos. Está dividido em esqueletos axial (ossos da cabeça, pescoço e tronco) e apendicular (membros superiores e inferiores). Desempenha funções de sustentação do corpo, locomoção (associado aos músculos) e proteção de órgãos internos (caixa torácica e caixa craniana).
  2. 2.  As articulações: conexões existentes entre dois ou mais ossos, podendo ser móveis, semimóveis e imóveis: • De acordo com suas funções algumas articulações podem possuir ligamento, menisco, cartilagem; • Também há a presença do líquido sinovial que lubrifica os ossos e absorve choques, auxiliando na proteção e facilitando os movimentos.

×