A certeza das três mensagens angélicas

753 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

A certeza das três mensagens angélicas

  1. 1. A Certeza das Três Mensagens AngélicasPor E. H . Steed (RA, fev/81)Desde o início do cristianismo Deus tem despertado mensageiros que clamem contra oenvolvimento da igreja com o mundo, contra a mistura da verdade com o erro. Aolongo dos séculos tem havido pessoas justas que se angustiam em face da mistura dobem e do mal, e estes têm clamado contra a iniqüidade como Ló o fez na cidade deSodoma.No último século Deus despertou Guilherme Miller. o qual se havia convencido de quea mistura do bem e do mal na igreja havia causado a perda da compreensão dosignificado do que Deus havia querido dizer. Miller estudou as profecias de Daniel,convencendo-se de que o Senhor tinha uma mensagem para ser dada ao povo detodas as partes do mundo: Estai preparados, pois vinda é a hora do Seu juízo.Alguns dizem que Miller e seus seguidores ficaram profundamente desapontados, ecertamente ficaram. Eles haviam compreendido corretamente a contagem de tempoprofético, mas aplicaram erradamente o acontecimento. Miller, todavia, teve umaimportante mensagem a ser proclamada: Estai preparados para a vinda de Jesus; nãopodeis consorciar-vos com o mundo.Os primitivos pioneiros adventistas não compreenderam tudo que se continha emApocalipse 14. Ellen White escreve: "Quando começamos a apresentar a luz sobre aquestão do sábado, não tínhamos idéia claramente definida da mensagem do terceiroanjo de Apocalipse 14." — Testimonies. vol. 1, pág. 78.A partir desse tempo Deus nos tem revelado luz cada vez maior. As mensagens quetinham grande significado naqueles dias devem ter importância maior ainda nos diasatuais.As três mensagens angélicas foram dadas com um propósito. São dadas num século decomprometimento. Às vezes podemos ser tentados a diminuir o tono das mensagenscaso haja alguém que não queira ouvir. Mas a Palavra de Deus nos diz que nãodevemos temer pessoas. A mensagem de Deus tem precedência sobre opiniões efilosofias humanas. Deus está chamando homens, mulheres, e crianças para a decisãofinal.A tríplice mensagem não é uma mensagem nova. Ela contém o evangelho eterno; fazao seu e ao meu coração aquele maravilhoso apelo que o evangelho sempre possui.Quem você escolherá? A quem servirá? Ao Criador e Redentor ou à besta e suaimagem?
  2. 2. Creio que se é certo que o mundo estava corrompido nos dias de Ló, é mais certoainda que está mais corrupto em nossos dias. Se estava corrompido nos dias de Eliasou de Ezequiel ou mesmo de Guilherme Miller, está 100 vezes mais corrompido hoje.Basta uma olhada ocasional ao nosso redor para nos convencer de que o mundo tendea abandonar cada vez mais os seus padrões de moral e tudo que há de mais digno. Estaa razão pela qual a serva do Senhor nos diz que "a mensagem do terceiro anjo é amensagem do evangelho para estes últimos dias, e de modo algum deve serobscurecida por outros interesses e feita parecer como não merecendo consideraçãoessencial." — Idem, vol. 6, pág. 241.Quando lemos sobre os três anjos da profecia, parece-nos difícil não considerá-loscomo anjos reais. Os anjos, é claro, estão cooperando conosco e esperandoansiosamente que façamos nossa parte. Mas a mensageira do Senhor nos diz que"esses anjos [os três anjos de Apocalipse 14] representam aqueles que recebem averdade, e com poder abrem o evangelho ao mundo." — Carte 79, 1900. Você e eutemos de nos ver a nós mesmos como homens e mulheres de Deus, como anjos deDeus. Se não levantarmos a voz, se não proclamarmos a mensagem, os anjos estarãoem silêncio.Sua Casa Estará Sendo DerruídaEm Testemunhos Seletos temos esta solene afirmação: "Quando a tempestade da irade Deus irromper sobre a Terra, quão terrível será a decepção daqueles cujas casashão de ser arrebatadas; por isso que estavam fundadas sobre areia! Dai-lhes aconhecer a divina advertência antes que seja tarde demais! Devemos sentir agora anossa responsabilidade de trabalhar com intenso ardor, a fim de comunicar a outros asverdades que Deus nos tem revelado para o tempo atual. Não podemos ser demasiadodiligentes." —Volume 2, pág. 371.Eu creio na mensagem dos três anjos como um esforço da parte de Deus para nosajudar a apreender a diferença entre o bem e o mal. num tempo em que o diabo estáde tal modo misturando os dois que a média das pessoas não sabem o que é bem e oque é mal. A mensagem de Apocalipse 14 é uma tentativa da parte de Deus para nosajudar a ver a diferença, a ver o contraste.Estas mensagens são ao mesmo tempo mensagem salvadora e mensagem deadvertência. Se obscurecermos, se ocultarmos, negligenciarmos ou embaraçarmosqualquer destes dois aspectos, deixaremos de dar a mensagem completa. Às vezes nosconcentramos quase que exclusivamente no aspecto de salvação da mensagem. MasDeus deseja que a advertência seja dada também, de modo que no dia do juízo cadapessoa compreenda que lhe foi dada uma oportunidade de ouvi-la.Temos que proclamar que há um fim para a misericórdia de Deus no que tange a estemundo. Sua misericórdia é longânima, mas a Bíblia nos diz que virá um dia em que elanão mais se estenderá ao mundo pecador.Deus nos diz também em Apocalipse 14 que nos devemos separar agora, sair agora damistura, em vez de nos misturarmos. Aqui encontramos um apelo de Deus para purezae santidade. Deus quer que nos separemos para Ele. Ellen White nos diz que "o próprioSatanás foi educado nas cortes celestiais, e possui conhecimento tanto do bem como
  3. 3. do mal. Ele mistura o precioso com o vil, e isto é o que lhe dá poder para enganar." —Testimonies, vol. 8, pág. 306.A palavra Babilônia identifica perfeitamente o que está acontecendo ao nosso redor.Ela significa confusão. Babilônia representa um estado de comprometimento, umamistura do bem e do mal, de modo que a pessoa é enganada. Em contraste a palavrapuro significa "não misturado" ou "separado".Uma ilustração da habilidade de Satanás para enganar se pode ver no debate sobre fé.Fé é tomar a Deus em Sua palavra. Por que precisamos contender sobre coisa assimtão simples? Mas o fato é que muitos de nós não parecem desejar querer tomar aDeus em Sua palavra. Queremos encontrar motivos para não fazê-lo. Ao lermos oslivros do Espírito de Profecia, verificamos que eles resumem do modo mais adequadoa mensagem que Deus está dando a Sua igreja. Parai de misturar, é-nos dito. Ponde aDeus do modo mais completo na educação, na medicina, na pregação, na filosofia, navida social. Este é o chamado de Deus. e é para onde a fé nos encaminhará.A tríplice mensagem angélica apresenta também um quadro do passado e do futuro.No livro de Jeremias encontramos uma profecia de condenação a Babilônia. Deusprocurou de todos os modos salvar Babilônia, mas ela não se mostrou respondente.Visto que ela não atendeu. Deus proclamou: "Caiu Babilônia". Num próximo futuroesta mesma condenação será pronunciada contra a Babilônia moderna. Agora estamosvivendo no estágio do juízo investigativo para que seja determinado de que ladoestamos. Por alguma razão parece que não ouvimos sermões sobre o juízoinvestigativo nos dias atuais. Mas a hora é chegada; o juízo está conosco. Nosso casopode ser apresentado em juízo logo. Estamos preparados? Fizemos a decisão correta?Vemos o juízo como coisa certa?Na tríplice mensagem Deus apela para que O temamos e Lhe demos glória emcontraste com a adoração da besta e sua imagem. Uma tradução chama esta besta "acriatura". Que espécie de criatura? Alguém que se proclama Deus em lugar do Deusverdadeiro.Hoje temos de deixar que Deus seja Deus. Não devemos enaltecer a organização maisdo que a Deus, nem enaltecer a humanidade acima de Deus. Não devemos brincarcom Deus. Precisamos, por nossa opinião e consenso, sempre voltar á revelação deDeus. Não importa quantos concordem com uma opinião; ela jamais está certa amenos que baseada na Palavra de Deus.O propósito do evangelho, como eu o vejo, é glorificai a Deus. A serva do Senhor nosdiz que glorificar a Deus é revelar Seu caráter em nosso próprio caráter e assim torná-Lo conhecido. Que desafio isto representa para o inimigo, isto é, possuir Deus um povoque reflita Sua imagem! Todavia algumas pessoas nos dizem que isto é impossível. Éimpossível na mera força humana, mas não no poder de Deus. Aquilo que Deuspromete Ele é capaz de cumprir. O que Ele está esperando é que você e eureclamemos Sua promessa.Há nestas mensagens um contraste muito belo, conquanto terrível, entre osvencedores e os que se têm entregue a bebedeiras e prostituição. Ao lermos aprimeira parte do capítulo 14, vemos que os vencedores obtiveram a vitória sobre a
  4. 4. besta e sua imagem. Assim Deus nos garante que estamos empenhados numa batalhaque não está destinada ao fracasso: ela terá sucesso. O Senhor será o vencedor, e nósseremos vencedores com Ele.Mas isto é apenas metade da história. Qualquer pessoa, homem ou mulher, que tenhasentido o poder do Espírito no coração e tenha sido liberta do poder do pecado pelosangue do Cordeiro clamará em alta voz e anunciará isto ao mundo. Se não o fizer,estará negando o seu Senhor. Isto é o que as Escrituras nos dizem. Nossa obediênciaserá evidente em contraste com a poluição, corrupção, e impurezas ao nosso redor.Há outro contraste — o contraste dos grandes acontecimentos que giram em torno dosinal da besta versus selo de Deus. Esta questão é se deixaremos que o Senhor dominesobre nós ou se permitiremos que a besta o faça. O teste final deste ponto virá com aquestão da observância do sábado do sétimo dia ou do domingo, primeiro dia dasemana, como dia do Senhor. A serva do Senhor diz: "A questão do sábado será oponto de controvérsia no grande conflito em que o mundo todo tomará parte." —Manuscrito 88, 1897.Se este é o caso, não devíamos estar pregando sobre o sábado mais amplamente?Ellen White acrescenta: "Separado o sábado das mensagens, esta perde o seu poder;mas quando conectado com a mensagem do terceiro anjo, acompanha-a um poderque convence os incrédulos e infiéis." — Testimonies, vol. 1, pág. 337.Outro contraste encontrado em Apocalipse 14 é o dos que cantam o cântico doCordeiro e os que recebem a destruição final pronunciada sobre os seguidores dabesta e sua imagem. Jesus disse que neste último grupo haveria pranto e ranger dedentes. Seria um tempo terrível para eles. Mas seria um tempo gracioso para os queescolhessem o Cordeiro. Para nós no presente, e ainda mais no futuro, isto podeparecer difícil, mas a verdade é que haverá um glorioso dia para aqueles que não seenvergonharam de Jesus.Precisamos ter ousadia ao nos lançarmos no trabalho em favor de Deus naproclamação desta mensagem hoje. Proclamá-la deve ser nosso supremo objetivo.Devemos estar dispostos a tudo fazer, a ir a qualquer lugar, a nos encontrarmos comquem for preciso, e nos gastarmos e deixarmo-nos gastar por Deus."Temei a Deus e dai-Lhe glória". Estas palavras são o coração da mensagem para estesúltimos dias. Este é o principal conceito da Oração do Senhor. "Pai nosso que estás noCéu. santificado seja o Teu nome . . . porque Teu é o reino, e o poder, e a glória". Semeditássemos na oração que o Senhor nos ensinou e realmente nela crêssemos eagíssemos em harmonia com ela diariamente, estou convencido de que teríamos umarenovação do Espírito do Senhor e poder para a vitória final.

×