Audiência do ministro Jaques Wagner

12.902 visualizações

Publicada em

Nesta quinta (21), ele esteve na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) do Senado.

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.902
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10.562
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Audiência do ministro Jaques Wagner

  1. 1. Audiência Pública com o Ministro de Estado da Defesa, Jaques Wagner Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal
  2. 2. Agenda  Cenário Internacional: a necessidade do Brasil investir em defesa  Cenário interno: demandas e oportunidades inerentes aos investimentos em defesa  Orçamento brasileiro de defesa e a importância dos projetos estratégicos
  3. 3. Cenário Internacional: a necessidade do Brasil investir em defesa
  4. 4. Cenário Internacional: a necessidade do Brasil investir em defesa  Um mundo multipolar e instável: riscos de conflitos  Um mundo interdependente carece de instituições legítimas e eficazes  Tensões na Europa, na Ásia, no Oriente Médio, nos mares do sul da China...
  5. 5. Tensões e fluxos no cenário internacional
  6. 6. Participação em Operações de Paz
  7. 7. Participação em operações de paz
  8. 8. Painel de Alto Nível da ONU - Salvador
  9. 9. Entorno Estratégico: integração, segurança e desenvolvimento
  10. 10. Estratégia Nacional de Defesa: América do Sul e Atlântico Sul  Integração regional: crescimento sustentável, desenvolvimento social  Combate a ilícitos  UNASUL e ESUDE: reconhecimento  Atlântico Sul: paz e cooperação
  11. 11. Cenário Interno: demandas e oportunidades para o desenvolvimento socioeconômico
  12. 12. Atuação em grandes eventos Controle aéreo na Copa do mundo 2014 Controle Aéreo - Galeão
  13. 13. Grandes eventos Preparação para os Jogos Olímpicos Rio 2016 38 MILMILITARES DAS FORÇAS ARMADAS 580 MILHÕES ORÇAMENTO PREVISTO EM 3 ANOS (2014 A 2016) 100 ATLETASLIGADOS AS FORÇAS ARMADAS DEVEM PARTICIPAR DAS OLIMPÍADAS 10 MEDALHASPREVISÃO DE CONQUISTAS DE ATLETAS LIGADOS AS FORÇAS ARMADAS
  14. 14. Atuação em grandes eventos Treinamento para as Olimpíadas 2016 Campo de treino
  15. 15. Atuação em operações de Garantia da Lei e da Ordem  Ação prevista na Constituição Federal  Atuação excepcional: clara definição de limites no tempo e no espaço  A pedido de governos estaduais  Recurso de última instância
  16. 16. GLO Atuação em áreas de pacificação Complexo da Maré – Rio de Janeiro
  17. 17. Operação Ágata
  18. 18. Operação Amazônia Azul
  19. 19. Ações Subsidiárias – Operação Carro Pipa
  20. 20. Ações Subsidiárias – Operação gota
  21. 21. Projetos Sociais CALHA NORTE RONDON SOLDADO CIDADÃO
  22. 22. Igualdade de Gênero
  23. 23. Igualdade de Gênero
  24. 24. Indústria Nacional de Defesa
  25. 25. Base Industrial de Defesa (BID) Indústria Nacional de Defesa em pleno processo de renovação Esforço do Governo Federal em associar a necessidade de recompor a capacidade operativa das Forças Armadas à criação de oportunidades para as indústrias brasileiras de defesa
  26. 26. Base Industrial de Defesa (BID) Geração de empregos e recursos 30 MILEMPREGOS DIRETOS GERADOS $1,5 TRILHÃO MERCADO ESTIMADO POR ANO EM DOLARES $3 BILHÕESGERADOS PELA INDÚSTRIA DE DEFESA NO BRASIL POR ANO EM DOLARES 40 MIL NOVOS POSTOS DE TRABALHO NO BRASILATÉ 2020 Números: ABIMDE
  27. 27. LAAD Defense & Security 2015 – Rio Centro
  28. 28. Projetos Estratégicos SGDC R$ 489 MILHÕES PREVISÃO DE TÉRMINO EM 2017 VALOR TOTAL:
  29. 29. Projetos Estratégicos KC-390 R$ 12 BILHÕESPREVISÃO DE TÉRMINO EM 2025 VALOR TOTAL: * Desenvolvimento e aquisição
  30. 30. Projetos Estratégicos FX-2 GRIPEN R$21 BILHÕESPREVISÃO DE TÉRMINO EM 2024 VALOR TOTAL:
  31. 31. Projetos Estratégicos PROSUB R$ 31 BILHÕESPREVISÃO DE TÉRMINO EM 2025 VALOR TOTAL:
  32. 32. Projetos Estratégicos PNM – PROJETO NUCLEAR DA MARINHA R$ 5 BILHÕESPREVISÃO DE TÉRMINO EM 2030 VALOR TOTAL:
  33. 33. Projetos Estratégicos SISFRON – SISTEMAINTEGRADO DE MONITORAMENTO DE FRONTEIRAS R$ 11 BILHÕESPREVISÃO DE TÉRMINO EM 2035 VALOR TOTAL:
  34. 34. Projetos Estratégicos ASTROS 2020 R$ 1,4 BILHÕESPREVISÃO DE TÉRMINO EM 2019 VALOR TOTAL:
  35. 35. Projetos Estratégicos GUARANI PREVISÃO DE TÉRMINO EM 2035 VALOR TOTAL: R$ 20,8 BILHÕES
  36. 36. Projetos Estratégicos H-XBR R$ 6 BILHÕESPREVISÃO DE TÉRMINO EM 2019 VALOR TOTAL:
  37. 37. Orçamento brasileiro de defesa e a importância dos projetos estratégicos
  38. 38. Investimentos do Brasil em Defesa Gastos Militares em % do PIB – Países SelecionadosAno de Referência 2013 BRICS PAÍSES SELECIONADOS 4,2 2,4 2,1 1,4 1,2 3,8 2,3 2,2 1,3 1,0 0,6 RÚSSIA INDIA CHINA BRASIL AFRICA DO SUL EUA TURQUIA FRANÇA ALEMANHA JAPÃO MÉXICO
  39. 39. Investimentos da América do Sul em Defesa em relação ao resto do mundo $62,2 $66,3 $65,2 $69,3 $70,4 $1.708 $1.736 $1.745 $1.742 $1.709 2009 2010 2011 2012 2013 Gastosmilitares(emUS$bilhões,preços constantesde2011) Mundo América do Sul Gastos militares no mundo e na América do Sul (2009-2013) Fonte: Instituto Pandiá Calógeras, com base no SIPRI Military Expenditure Database, 2014
  40. 40. Na América do Sul, o Brasil investe menos em Defesa (em % do PIB) do que a média dos países Gasto militar por país como percentual do PIB (2009-2013) Obs.: Não há dados para o Suriname. Fonte: Instituto Pandiá Calógeras, com base no SIPRI Military Expenditure Database, 2014 0 0,5 1 1,5 2 2,5 3 3,5 4 4,5 GastomilitarcomopercentualdoPIB Argentina Bolívia Brasil Chile Colômbia Equador Guiana Peru Paraguai Uruguai Venezuela
  41. 41. Evolução Orçamentária de Defesa (2000-2015 em R$ milhões)
  42. 42. Despesa por orgão (União, Despesa total, exceto refinanciamento da dívida Pública, em R$ bilhões) Previdência Saúde Educação Defesa Desenvolvimento Social Trabalho Transportes Encargos Financeiros/Operações de Crédito Transferências Estados e Municípios Demais TOTAL ORGÃO PLOA 2015 LOA 2015% % 450,6 109,2 101,3 78,7 75,4 73,4 19,3 546,8 244 259,4 1.958,1 23,0% 5,6% 5,2% 4,0% 3,9% 3,7% 1,0% 27,9% 12,5% 13,2% 100,0% 450,7 121,0 103,4 81,5 75,3 16,7 19,9 536,2 241,8 371,6 2.018,0 22,3% 6,0% 5,1% 4,0% 3,7% 0,8% 1,0% 26,6% 12,0% 18,4% 100,0%
  43. 43. PAC Defesa 2015 Defesa Administração - Projeto H-XBR Aeronáutica - Aquisição de Caças FX- 2 Aeronáutica - Aquisição de Cargueiro Tático Militar KC-390 Aeronáutica - Projeto Desenvolvimento KC-X Exército - Blindados Guarani Exército - SISFRON Total Exército - Sistema de Defesa Estratégico ASTROS 2020 Marinha - PROSUB Marinha - Tecnologia Satélite Geoestacionário de Defesa e 6,15 0,60 1,00 0,40 0,77 0,33 0,50 0,12 1,77 0,35 0,32 ORGÃO PLOA 2015 LOA 2015 5,73 0,54 1,00 0,40 0,77 0,20 0,29 0,09 1,77 0,32 0,35
  44. 44. Entre outros resultados, os Investimentos do PAC em Defesa  Geram milhares de empregos diretos e indiretos, alguns de nível muito sofisticado;  Incorporam tecnologias inovadoras e de ponta;  Ampliam investimentos estratégicos no setor, que “transbordam” para outros segmentos da economia;  Aprimoram a formação de servidores, técnicos e universitários nos setores público e privado.
  45. 45. defesa.gov.br

×