Africafinalg7

198 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
198
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Africafinalg7

  1. 1. Imperialismo na África imperialista realizado Corrida por países europeus se inicia com a França nos territórios: Argélia, Tunísia e Marrocos. Países europeus partilharam o continente africano entre si e disputaram as colônias com o interesse de: Riquezas naturais: ouro, cobre e diamantes. Regiões localizadas próximas ao Mar Mediterrâneo (ex:Egito) para garantir o acesso a navegação e ao comércio marítimo.
  2. 2. ARTE NA AFRICA Há muito trabalho nos meios tradicionais, com os artistas constantemente a desenvolver o reportório das artes e ofícios africanos. Vão desde bonitos serviços de mesa, a decorações de árvores de Natal e tecidos maravilhosamente bordados, passando pelos artigos mais simples, como porta-chaves e castiçais. Com um poder de invenção muito próprio, os sul africanos adaptaram todos e quaisquer meios ao seu alcance a um mercado que alimenta tanto os locais como os turistas estrangeiros.
  3. 3. DICIPLINA::HISTORIA ALUNA:PRISCILA SOUZA SERIE:8° ÚNICA PROFESSORA:JÚLIA
  4. 4. Imperialismo na Asia Antes do século XIX, as relações entre a Ásia e o mundo ocidental se resumiam ao contato estabelecido entre as cidades portuárias e as embarcações comerciais europeias. Algumas poucas experiências coloniais se desenvolviam nas regiões do Macau (China), Damão, Goa e Diu (Índia), e Timor (Indonésia), todas elas controladas pelos portugueses. Além disso, os espanhóis exploravam as Filipinas e os holandeses se fixaram nas regiões de Java e Sumatra. Colégio francisco p. franco Aluna: Priscila souza Serie: 8° a

×