Qualidade de Vida das Pessoas Surdas

535 visualizações

Publicada em

Apresentação do Meu TCC - NOV./ 2013

Publicada em: Esportes
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
535
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Qualidade de Vida das Pessoas Surdas

  1. 1. Qualidade de Vida das Pessoas Surdas da Região Metropolitana de Florianópolis Acadêmica: Camila Faustino Orientador: Tiago Costa Baptista, Me. Curso: Educação Física e Esporte
  2. 2. Introdução - Contextualização do tema e problema: • Classificação Def. Auditiva; • Classificação Surdez; • Def. Auditiva x Surdo; • Qualidade de Vida e seus domínios; • Saúde.
  3. 3. Problema? Como está a qualidade de vida das pessoas surdas da Região Metropolitana de Florianópolis?
  4. 4. Objetivo Geral • Verificar a qualidade de vida das pessoas surdas.
  5. 5. Objetivo Específico • Verificar a percepção subjetiva dos indivíduos surdos em relação: 1) À sua capacidade funcional; 2) Aos seus aspectos físicos; 3) A dor; 4) Ao seu estado geral de saúde; 5) À sua vitalidade; 6) Aos aspectos sociais; 7) Aos aspectos emocionais; 8) À sua saúde mental.
  6. 6. Revisão de Literatura • Classificação de Deficiência Auditiva; • Classificação da Surdez; • Surdos x Deficiência Auditiva; • Qualidade de Vida e seus domínios; • Saúde.
  7. 7. Método Pesquisa Básica Pesquisa Quantitativa Tipo Descritiva Identificada de Campo
  8. 8. Sujeito da pesquisa e amostra: Pessoas Surdas 18 anos à 60 anos UFSC e SSSJ Setembro 2013
  9. 9. Amostra: Amostra Intencional 30 sujeitos
  10. 10. Instrumento de Pesquisa • Questionário da Qualidade de Vida SF-36; • 11 Perguntas e 36 alternativas fechadas de resposta; • 8 domínios;
  11. 11. Procedimentos de Coleta de Dados: • Responderam um questionário fechado; • Coletado em setembro/2013; • Contato: Via e-mail. • Projeto da pesquisa foi aprovado pelo CEP da Unisul. • Projeto de Pesquisa aprovado pela UFSC E SSSJ, com a assinatura do TCLE dos sujeitos participantes.
  12. 12. Análise de Dados: • Estatística Descritiva – Uso de média, mediana, valor máximo, valor mínimo e Desvio Padrão em cada domínio e geral; • Banco de dados e cálculos no programa Excel. • Resultados apresentados por gráfico e tabela.
  13. 13. Forma de cálculos: 1) Pontuação de Cálculos (CIRCONELLI, 1999); 2) Cálculo do Raw Scale (CIRCONELLI, 1999). Para cada domínio: Valor da questão – limite inferior ___________________________ x 100 Variação (Score Range)
  14. 14. Apresentação e Discussão dos Resultados: • Resultados Objetivos Específicos; • Perfil de amostra e 8 domínios da Q.V.;
  15. 15. Tabela 01 • Foi verificada a estatística dos grupos, referente aos domínios da qualidade de vida dos participantes. Dimensões Média Mediana Mín. Máx. DP Capacidade Funcional 69,2 75,0 10,0 100,0 26,1 Aspecto Físico 58,3 50,0 0,0 100,0 31,0 Dor 64,1 60,0 20,0 100,0 23,1 Estado Geral da Saúde 59,9 62,0 17,0 72,0 11,6 Vitalidade 52,3 55,0 20,0 80,0 13,2 Aspecto Social 67,1 62,5 12,5 100,0 24,7 Aspecto Emocional 64,4 66,7 0,0 100,0 39,1 Saúde Mental 66,0 64,0 32,0 92,0 14,2
  16. 16. Gráfico 01 • Comparação dos domínios da qualidade de vida dos surdos.
  17. 17. Discussão e Resultados • Explicar os resultados dos domínios desta pesquisa; • Capacidade Funcional dos Surdos e outra pesquisa da Kraemer (1999); • Vitalidade dos Surdos e outra pesquisa da Costa (2001).
  18. 18. Conclusão / sugestão O resultado foi de acordo com o objetivo específico. A comparação de todas as pesquisas com os surdos, como foi. É recomendado a realizar outra pesquisa sobre surdos desta qualidade de vida em outros estados para poder ver se há alguma diferença.
  19. 19. Obrigada!

×