Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros
do Estado do Amazonas (Sinetram) - Avenida Constantino Nery, 476, Cent...
www.facebook.com/Sinetram

Empresas
sanam finanças
junto à Caixa
A Caixa Econômica Federal
(CEF) aceitou o pedido de parce...
OUTUBRO - 2013

Sinetram investe na agilidade
Visando melhorar ainda mais
o sistema de transporte em Manaus,
o Sindicato d...
www.facebook.com/Sinetram

BRS chega trazendo rapidez
multa para quem for pego desrespeitando a norma, segundo o Instituto...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Informativo sinetram

530 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
530
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Informativo sinetram

  1. 1. Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) - Avenida Constantino Nery, 476, Centro CEP: 69.010-160 - Manaus - AM / Telefone: (92) 2123-0700 / www.sinetram.com.br ----------------------------------------------------------Edição 1 - ano 1 / Tiragem 10.000 exemplares OUTUBRO / 2013 SINETRAM INVESTE NA AGILIDADE Empresas fecham acordo operacional para cobrir zonas mais carentes e diminuir o tempo de espera dos usuários do transporte. Trabalhador não será prejudicado EMPRESAS SANAM FINANÇAS JUNTO À CAIXA AÇAÍ VAI ALÉM DO TRANSPORTE BRS CHEGA TRAZENDO RAPIDEZ EUCATUR ADERE AO ‘OUTUBRO ROSA’ Ônibus da linha 640 da Eucatur será envelopado de rosa para levar informação à população
  2. 2. www.facebook.com/Sinetram Empresas sanam finanças junto à Caixa A Caixa Econômica Federal (CEF) aceitou o pedido de parcelamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) das quatro empresas de transportes coletivos que estavam com pendências junto ao fundo. A informação é do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram). De acordo com a assessoria jurídica do Sinetram, as empresas Global Green, Transtol Transportes, Viação Nova Integração, Rondônia Transportes, as empresas irão quitar suas dívidas em 180 meses. Vale lembrar que os depósitos recentes estão sendo feitos sem qualquer impedimento. Além disso, o trabalhador que precisar receber o FGTS poderá procurar uma agência da CEF que receberá o pagamento de forma integral e não parcelado. “As empresas estão dispostas a cumprir com seus deveres. p Como o valor da dívida era alto, o banco teve que fazer uma série de procedimentos e por isso demandou certo tempo. A partir de agora serão depositados os valores retro- ativos do FGTS dos trabalhadores. É preciso ressaltar que o trabalhador deve saber exatamente em quais situações tem direito a sacar os recursos. Portanto, os valores apenas podem ser sacados em situações especiais”, informa o assessor jurídico do Sinetram, Fernando Borges. No caso de demissão sem justa causa, a solicitação para o saque dos recursos do FGTS é feita pelo próprio empregador, e o trabalhador deve ir a uma agência da Caixa para receber o benefício, em um prazo de cinco dias. Na demissão sem justa causa, a multa de 40% que é devida pelo empregador sobre o saldo do FGTS daquele contrato de trabalho também é depositada na conta do FGTS do trabalhador. Nas demais situações, no entanto, cabe ao trabalhador fazer o pedido. No último dia 30 de agosto, o Sinetram, representantes das empresas de transporte coletivo, o prefeito de Manaus, Arthur Neto, o Sindicato dos Rodoviários e a procuradora do trabalho, Alzira Melo, se reuniram para divulgar o decreto 2.541, que regulamenta que o subsídio destinado às empresas de transportes, seja para o pagamento da dívida do FGTS dos trabalhadores. Empresa adere ao ‘Outubro Rosa’ O ‘Outubro Rosa’ está chegando. E para levar informações aos usuários do transporte coletivo sobre os principais tipos de câncer que atingem as mulheres, a empresa Eucatur cederá um ônibus da linha 640, que circulará em Manaus com o lema ‘Uma viagem contra o câncer de mama’. Envelopado na cor rosa, o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) espera que a população se conscientize sobre os males que atingem as mulheres. Além do ônibus envelopado, que ganha as ruas já a partir do dia 1º de outubro, os demais carros da empresa estarão circulando pelas ruas de Manaus com uma fita cor de rosa presa ao retrovisor, representando o laço da referida cor, símbolo da campanha. A linha 640 foi escolhida para fazer parte da campanha pelo fato de ter um percurso mais extenso de viagem. Pelo itinerário, o ônibus sai do Terminal 4 (T4), no bairro Jorge Teixeira, na zona Leste de Manaus, passa pela Cidade Nova, na zona Norte, e por todo o corredor da avenida Torquato Tapajós em direção ao Centro da cidade. “Devido ser um ônibus “diferente” do que todos estão acostumados a ver nas ruas, ele chama atenção por onde passa pela sua cor e decoração, fazendo as pessoas que estão no trânsito se interessem pelo assunto e passem a buscar informações, abrangendo assim um número bem maior de pessoas. Os colaboradores do grupo Eucatur também são multiplicadores desta causa”, informa a coordenadora da campanha, Nara Picanço. Em 2012, o ônibus rosa surpreendeu os usuários do transporte coletivo da cidade, que elogiaram a iniciativa da empresa. Isso porque, assim como no ano passado, em 2013 também serão distribuídos entre os passageiros da linha materiais informativos sobre a importância dos exames e da prevenção ao cân- cer de mama – cedido pela Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon). Nos horários normais a linha circula com uma média de 100 passageiros e nos momentos de pico em torno de 200 usuários são atendidos pela linha 640. Além dos usuários do sistema de transporte coletivo, as funcionárias da empresa, participarão de palestras e atividades relacionadas ao tema.
  3. 3. OUTUBRO - 2013 Sinetram investe na agilidade Visando melhorar ainda mais o sistema de transporte em Manaus, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) está criando alternativas para equilibrar o sistema, e adequá-lo a necessidade dos usuários. A ação faz parte de uma parceria com as dez empresas que operam o sistema de transporte coletivo e a Superintendência Municipal dos Transportes (SMTU), órgão da Prefeitura de Manaus. Para isso, o Sinetram e as empresas estão formalizando um Acordo Operacional, onde serão estabelecidos parâmetros para redução do tempo de espera dos usuários nos pontos de ônibus, aumento do número de veículos, ou até mesmo de linhas. Essa reformulação também vai evitar desnecessárias superposições de percursos e horários, com intuito de beneficiar os passageiros. “Através desse acordo, se uma empresa não tiver capacidade de cobrir determinada zona onde opera, outra empresa suprirá esta necessidade e assim o usuário não será prejudicado com a falta ou número reduzido de ônibus. Com essa alternativa teremos um sistema equilibrado e com TIRE SUAS DÚVIDAS O dia a dia do trabalhador será alterado? Os trabalhadores podem ficar tranquilos quanto a isso, pois nada será alterado, e terão as mesmas condições de trabalho atuais. Haverá demissões por causa desse acordo? Hoje toda a mão de obra que as empresas possuem é suficiente para trabalhar após a implantação desse acordo. Portanto, não terão demissões. maior eficiência. Isso trará benefícios tanto para as empresas, quanto para os usuários”, destaca o presidente do Sinetram, Algacir Gurgacz. Ainda de acordo com o Sinetram, será feito um estudo, juntamente com a SMTU, para que as intervenções operacionais nas linhas sejam feitas de forma adequada, sem alterar o horário das linhas. A partir do estudo, será feita a redistribuição de linhas e ônibus, caso haja necessidade. A mudança faz parte de uma nova fase do Sinetram, que vem buscando novos caminhos para aproximar ainda mais as empresas dos usuários e funcionários do sistema. Açaí vai além do transporte De acordo com o diretor da Açaí Transportes, Carmine Furlleti, a ideia de patrocinar os atletas surgiu para a divulgação, tanto da empresa, quanto da modalidade, que tem um nível elevado de atletas no Amazonas. Os atletas treinam em quadras de areia, construídas dentro da garagem da empresa, e são acompanhados por técnicos e preparadores físicos. “Nossa empresa sempre foi preocupada com o incentivo à prática de esportes e mostrar que o Grupo Açaí é relacionado a algo Além de atuar no transporte coletivo de Manaus, a empresa Açaí Transporte também incentiva a prática de esportes. Acreditando na potencialidade dos atletas locais de futevôlei, a empresa decidiu patro- cinar o trio de irmãos amazonenses, Guilherme Leite Perrone, o ‘Guigui’, David Leite Perrone, o ‘Vivico’, e Heber Leite Perrone, o ‘Preto’, conhecidos nacionalmente no esporte praticado nas quadras de areia. Cada trabalhador permanece na mesma empresa? Deixamos claro, também, que nenhum trabalhador será trocado de empresa. A rotina de trabalho dos funcionários não será alterada. Por isso, os trabalhadores não devem se preocupar quanto a isso. Os funcionários trabalharão mais? Os trabalhadores irão fazer as mesmas coisas que já fazem hoje. Nada será acrescentado ou diminuído. Estamos tomando todas as precauções para dar conformo a eles também. saudável. Há um ano patrocinamos estes atletas de futevôlei e essa parceria tem dado muito certo. Além de divulgar nossa empresa no Brasil, eles também já foram disputar campeonatos no exterior”, informa Furlleti. Ainda de acordo com o diretor, a empresa patrocina outros atletas em modalidades diferentes, como futebol, jiu-jitsu e judô. Os funcionários também participam de campeonatos internos, para ajudar na socialização dos mesmos.
  4. 4. www.facebook.com/Sinetram BRS chega trazendo rapidez multa para quem for pego desrespeitando a norma, segundo o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) será de R$191,54, além da perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Um levantamento feito pela Datafolha em São Paulo, que já tem faixas exclusivas para ônibus, constatou que 88% dos entrevistados se mostraram favoráveis às faixas exclusivas. A pesquisa foi feita apenas com motoristas. TRANSPORTE CLANDESTINO A velocidade dos ônibus em Manaus, que hoje é de menos de 10 km/h, em média, deve triplicar com a implantação do Bus Rapid Service (BRS). A estimativa é do Sinetram, que vem fazendo estudos mais detalhados para melhorar o transporte coletivo na capital com a implantação do novo modelo de locomoção. Além disso, o número de passageiros pode sofrer um aumento em até 30%. O Sinetram sugeriu à Prefeitura de Manaus que o BRS seja implantado nas seguintes vias: Avenidas Constantino Nery, Djalma Batista, Getúlio Vargas, Brasil, Torquato Tapajós, Max Teixeira, Cosme Ferreira, André Araújo, Noel Nutels, Grande Circular, Autaz Mirim, Monsenhor Pinto, Das Torres, Mário Ypiranga e Humberto Calderaro. “O BRS se aplica somente às troncais e troncais vêm justamente de tronco, como numa árvore. São as vias de maior fluxo, que distribuem passageiros para as demais. Quando aumenta-se a velocidade dos ônibus diminui o tempo para percorrer a mesma distância e esta é a vantagem do modelo”, explica o presidente do Sinetram, Algacir Gurgacz. De acordo com a Prefeitura de Manaus, até 2014 a cidade terá mais de 80 quilômetros de corredores exclusivos para ônibus na cidade. Com o BRS, o percurso Centro-Grande Circular, que hoje leva uma hora e meia, por exemplo, passará a ser percorrido em 45 minutos. Na demais vias o Sinetram espera que o cálculo seja semelhante. Para o diretor da Global Green, Rosano Conte, uma das empresas que terão mais linhas nas paradas, como os veículos passarão a trafegar com mais intensidade, o sistema trará mais vantagens. “Temos a linha 650, que sai do terminal 4, na Zona Leste, e vai até o terminal central da cidade. Essa linha faz esse trajeto hoje em aproximadamente 2h10, com o BRS o percurso poderá ser feito em 1h40, o que com certeza vai melhorar e muito para os usuários que dependem dessa linha. Esse sistema trará muito mais conforto para nossos passageiros”, informa Conte. Além disso, o Sinetram também espera que o poder público Para o Sinetram, um dos entraves que ainda preocupa o sistema de transporte coletivo em Manaus é o transporte clandestino, como mototaxistas, alternativos e executivos, que acabam subtraindo passageiros do sistema. Um estudo recente realizado pelo Sinetram sobre o transporte clandestino revelou que na cidade existem 697 veículos clandestinos. Eles transportam uma média de 297,7 mil passageiros por dia e faturam aproximadamente R$ 818 mil diariamente. “Os meios de transporte clandestinos são os predadores do sistema convencional. Se bem pensado pela população, eles não usariam este tipo de serviço, pois além de mal estruturado, eles fazem aumentar o valor da passagem. No sistema BRT ou BRS, os ônibus são bem equipados e modernos, justamente para dar conforto aos nossos usuários. Tudo que o passageiro quer hoje é o menor tempo de espera nas paradas e conforto dentro dos ônibus. Temos certeza que a prefeitura vai se empenhar e diminuir com esse alto número de predadores e nossa cidade”, destaca Gurgacz. iniba os veículos que insistirem em circular nas faixas exclusivas de ônibus. Isso porque, com a segregação das pistas, carros menores serão terminantemente proibidos de utilizar a via dedicada aos coletivos. A DADOS DO SISTEMA CLANDESTINO DE TRANSPORTE TRANSPORTE CARROS USUÁRIOS ALTERNATIVOS 210 115 MIL EXECUTIVOS 424 169,6 MIL KOMBI/VANS/ÔNIBUS 63 12,6 MIL MOTOTAXI 15 MIL DADO INCALCULÁVEL TOTAL 697 297,7 MIL FONTE SINETRAM. Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) Avenida Constantino Nery, 476, Centro CEP: 69.010-160 - Manaus - AM Telefone: (92) 2123-0700 www.facebook.com/Sinetram

×