Evangelho segundo Joao 10

2.059 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Evangelho segundo Joao 10

  1. 1. A Palavra de Deus é o alimento para a nossa alma Medite agora neste lindo texto bíblico: Evangelho segundo João , capítulo 11 na versão Biblia Viva (BV) da Editora Mundo Cristão e na edição Revista e Atualizada (RA) da SBB
  2. 2. 1e2(BV)- Lembra-se de Maria, aquela que derramou o perfume caro nos pés de Jesus, e depois enxugou com os cabelos? Bem, estava doente o irmão dela, Lázaro, que morava em Betânia com Maria, e sua irmã Marta. 1(RA)- Estava enfermo Lázaro, de Betânia, da aldeia de Maria e de sua irmã Marta. 2(RA)- Esta Maria, cujo irmão Lázaro estava enfermo, era a mesma que ungiu com bálsamo o Senhor e lhe enxugou os pés com os seus cabelos. 3(BV)- Por isso as duas mandaram um recado a Jesus, dizendo: “ Senhor, seu amigo íntimo está doente, bem doente mesmo”. 3(RA)- Mandaram, pois, as irmãs de Lázaro dizer a Jesus: Senhor, está enfermo aquele a quem amas. João, 11 4(BV)- Mas quando Jesus ouviu isso, disse: “ O propósito da doença dele não é a morte, mas sim a glória de Deus. Eu, o Filho de Deus, serei glorificado com este caso”. 4(RA)- Ao receber a notícia, disse Jesus: Esta enfermidade não é para morte, e sim para a glória de Deus, a fim de que o Filho de Deus seja por ela glorificado.
  3. 3. 5(BV)- Embora Jesus gostasse muito de Marta, Maria e Lázaro, 6-(RA) ainda ficou onde estava os dois dias seguintes, depois de receber notícias da doença. 5(RA)- Ora, amava Jesus a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro. 6(RA)- Quando, pois, soube que Lázaro estava doente, ainda se demorou dois dias no lugar onde estava. 7(BV)- Só depois disto disse aos seus discípulos: “ Vamos para a Judéia”. 7(RA)- Depois, disse aos seus discípulos: Vamos outra vez para a Judéia. João, 11 8(BV)- Porém os discípulos não queriam. “ Mestre”, disseram, “apenas uns dias atrás os líderes judaicos da Judéia estavam tentando matar o Senhor. Como quer voltar lá?” 8(RA)- Disseram-lhe os discípulos: Mestre, ainda agora os judeus procuravam apedrejar-te, e voltas para lá? 9(BV)- Jesus respondeu: “ Há 12 horas de luz do sol todos os dias, e durante cada hora do dia um homem pode andar com segurança sem tropeçar. 9(RA)- Respondeu Jesus: Não são doze as horas do dia? Se alguém andar de dia, não tropeça, porque vê a luz deste mundo; 10(BV)- Só à noite é que há o perigo de tropeçar, por causa da escuridão”. 10(RA)- mas, se andar de noite, tropeça, porque nele não há luz. 11(BV)- Depois Ele disse: “ Lázaro adormeceu, mas agora Eu vou lá despertá-lo!” 11(RA)- Isto dizia e depois lhes acrescentou: Nosso amigo Lázaro adormeceu, mas vou para despertá-lo.
  4. 4. 12e13(BV)- Pensando que Jesus queria dizer que Lázaro estava tendo uma boa noite de repouso, os discípulos falaram: “ Isto quer dizer que ele está melhorando!” Mas Jesus sabia que Lázaro havia morrido. 12(RA)- Disseram-lhe, pois, os discípulos: Senhor, se dorme, estará salvo. 13(RA)- Jesus, porém, falara com respeito à morte de Lázaro; mas eles supunham que tivesse falado do repouso do sono. 14(BV)- Então Ele disse-lhes claramente: “ Lázaro está morto. 15(BV)- E por causa de vocês, alegro-me de que Eu não estivesse lá, porque isto vai dar mais uma oportunidade de vocês crerem em mim. Venham, vamos até lá”. 14(RA)- Então, Jesus lhes disse claramente: Lázaro morreu; 15(RA)- e por vossa causa me alegro de que lá não estivesse, para que possais crer; mas vamos ter com ele. João, 11 16(BV)- Tomé, apelidado “O Gêmeo”, disse aos discípulos seus colegas: “ Vamos até lá também e morramos com Ele”. 16(RA)- Então, Tomé, chamado Dídimo, disse aos condiscípulos: Vamos também nós para morrermos com ele.
  5. 5. 17(BV)- Quando eles chegaram a Betânia, disseram-lhes que Lázaro já estava no túmulo fazia quatro dias. 17(RA)- Chegando Jesus, encontrou Lázaro já sepultado, havia quatro dias. João, 11 18(BV)- Betânia ficava a apenas uns três quilômetros de distância de Jerusalém, 18(RA)- Ora, Betânia estava cerca de quinze estádios perto de Jerusalém. 19(BV)- e muitos dos líderes judaicos tinham vindo apresentar seus pêsames e consolar Marta e Maria pela perda que haviam sofrido. 19(RA)- Muitos dentre os judeus tinham vindo ter com Marta e Maria, para as consolar a respeito de seu irmão.
  6. 6. 20(BV)- Quando Marta recebeu a notícia de que Jesus estava chegando, foi ao encontro dele, porém Maria ficou sentada em casa. 20(RA)- Marta, quando soube que vinha Jesus, saiu ao seu encontro; Maria, porém, ficou sentada em casa. 21(BV)- Marta disse a Jesus: “ Se o Senhor estivesse aqui, meu irmão não teria morrido. 21(RA)- Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se estiveras aqui, não teria morrido meu irmão. João, 11 22(BV)- Porém, ainda não é tarde demais, pois eu sei que Deus fará meu irmão voltar à vida, se tão somente o Senhor pedir a Ele”. 22(RA)- Mas também sei que, mesmo agora, tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá. 23(BV)- Jesus disse: “ O seu irmão voltará a viver”. 23(RA)- Declarou-lhe Jesus: Teu irmão há de ressurgir. 24(BV)- “Sim”, disse Marta, “quando todo o mundo voltar, no dia da ressurreição”. 24(RA)- Eu sei, replicou Marta, que ele há de ressurgir na ressurreição, no último dia. 25(BV)- Jesus disse: “ Sou Eu quem levanta os mortos e dá a eles uma nova vida. Todo aquele que crê em mim, mesmo que morra como qualquer outro, viverá novamente. 25(RA)- Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; 26(BV)- Porque tem a vida eterna por crer em mim, e nunca morrerá. Você crê nisto, Marta?” 26(RA)- e todo o que vive e crê em mim não morrerá, eternamente. Crês isto? 27(BV)- “Sim, Mestre”, disse ela. “ Eu creio que o Senhor é o Messias, o Filho de Deus, aquele que há tempos estamos esperando”. 27(RA)- Sim, Senhor, respondeu ela, eu tenho crido que tu és o Cristo, o Filho de Deus que devia vir ao mundo.
  7. 7. 28(BV)- Nisto ela deixou Jesus, voltou a Maria e, chamando a irmã separadamente, disse: “ Ele está aqui, e quer falar com você”. 28(RA)- Tendo dito isto, retirou-se e chamou Maria, sua irmã, e lhe disse em particular: O Mestre chegou e te chama. 29(BV)- Então Maria levantou-se imediatamente e foi aonde Ele estava. 29(RA)- Ela, ouvindo isto, levantou-se depressa e foi ter com ele, João, 11 30(BV)- Ora, Jesus tinha ficado fora da aldeia, no lugar onde Marta havia se encontrado com Ele. 30(RA)- pois Jesus ainda não tinha entrado na aldeia, mas permanecia onde Marta se avistara com ele. 31(BV)- Quando os judeus que estavam na casa, procurando consolar Maria, viram que ela saiu depressa, pensaram que estivesse indo ao túmulo de Lázaro para chorar; por isso foram atrás. 31(RA)- Os judeus que estavam com Maria em casa e a consolavam, vendo-a levantar-se depressa e sair, seguiram-na, supondo que ela ia ao túmulo para chorar.
  8. 8. 32(BV)- Ao chegar ao lugar onde Jesus estava, Maria caiu aos pés dele, dizendo: “ Se o Senhor estivesse aqui, meu irmão ainda estaria vivo”. 32(RA)- Quando Maria chegou ao lugar onde estava Jesus, ao vê-lo, lançou-se-lhe aos pés, dizendo: Senhor, se estiveras aqui, meu irmão não teria morrido. 33(BV)- Quando Jesus viu Maria chorar, e os judeus também, ficou muito perturbado. 33(RA)- Jesus, vendo-a chorar, e bem assim os judeus que a acompanhavam, agitou-se no espírito e comoveu-se. João, 11
  9. 9. 34(BV)- “Onde é que ele está sepultado?” Perguntou. Eles disseram: “Venha ver”. 34(RA)- E perguntou: Onde o sepultastes? Eles lhe responderam: Senhor, vem e vê! 35(BV)- As lágrimas vieram aos olhos de Jesus. 35(RA)- Jesus chorou. João, 11 36(BV)- “Eles eram amigos íntimos”, disseram os judeus. “ Vejam como gostava dele”. 36(RA)- Então, disseram os judeus: Vede quanto o amava. 37e38(BV)- Mas alguns diziam: “ Este indivíduo curou um cego – por que não pode impedir Lázaro de morrer?” E outra vez Jesus ficou muito comovido. Nisso chegaram ao túmulo. Era uma gruta, com uma pedra pesada fechando a entrada. 37(RA)- Mas alguns objetaram: Não podia ele, que abriu os olhos ao cego, fazer que este não morresse? 38(RA)- Jesus, agitando-se novamente em si mesmo, encaminhou-se para o túmulo; era este uma gruta a cuja entrada tinham posto uma pedra.
  10. 10. 39(BV)- “Rolem a pedra para um lado”, disse Jesus. Porém Marta, a irmã do morto, falou: “ Mas o mau cheiro será terrível, porque ele está morto há quatro dias”. 39(RA)- Então, ordenou Jesus: Tirai a pedra. Disse-lhe Marta, irmã do morto: Senhor, já cheira mal, porque já é de quatro dias. 40(BV)- “Eu já não disse que se crer, você verá um maravilhoso milagre de Deus?” respondeu Jesus. 40(RA)- Respondeu-lhe Jesus: Não te disse eu que, se creres, verás a glória de Deus? João, 11 41(BV)- Rolaram então a pedra para um lado. Foi quando Jesus levantou os olhos ao céu e disse: “ Pai, graças dou ao Senhor, porque me ouviu. 41(RA)- Tiraram, então, a pedra. E Jesus, levantando os olhos para o céu, disse: Pai, graças te dou porque me ouviste. 42(BV)- Eu sei que o Senhor sempre me ouve, mas disse isto por causa destas pessoas que se encontram aqui, para que creiam que o Senhor me enviou”. 42(RA)- Aliás, eu sabia que sempre me ouves, mas assim falei por causa da multidão presente, para que creiam que tu me enviaste. 43(BV)- Então Jesus gritou bem alto: “ Lázaro, venha para fora!” 43(RA)- E, tendo dito isto, clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora!
  11. 11. 44(BV)- E Lázaro veio – preso com faixas e com o rosto envolto num pedaço de pano. Jesus disse: “Desamarrem as faixas e deixem que vá embora!” 44(RA)- Saiu aquele que estivera morto, tendo os pés e as mãos ligados com ataduras e o rosto envolto num lenço. Então, lhes ordenou Jesus: Desatai-o e deixai-o ir. João, 11 45(BV)- Assim, muitos dos judeus que estavam com Maria e viram isto acontecer, finalmente creram nele! 45(RA)- Muitos, pois, dentre os judeus que tinham vindo visitar Maria, vendo o que fizera Jesus, creram nele. 46(BV)- Porém alguns saíram, foram aos fariseus e contaram aquilo. 46(RA)- Outros, porém, foram ter com os fariseus e lhes contaram dos feitos que Jesus realizara.
  12. 12. 47(BV)- Então os sacerdotes principais e os fariseus convocaram uma reunião do Conselho para discutir a situação. “ Que vamos fazer?” Perguntavam uns aos outros, “pois este homem, evidentemente faz milagres. 47(RA)- Então, os principais sacerdotes e os fariseus convocaram o Sinédrio; e disseram: Que estamos fazendo, uma vez que este homem opera muitos sinais? 48(BV)- Se nós o deixarmos em paz, a nação inteira irá atrás dele e então o exército romano virá para nos matar e tomar conta do governo judaico”. 48(BV)- Se o deixarmos assim, todos crerão nele; depois, virão os romanos e tomarão não só o nosso lugar, mas a própria nação. João, 11 49(BV)- Então um deles, Caifás, que era o supremo sacerdote naquele ano, disse: “ Vocês não sabem coisa alguma! 49(RA)- Caifás, porém, um dentre eles, sumo sacerdote naquele ano, advertiu-os, dizendo: Vós nada sabeis, 50(BV)- - Que morra só esse homem pelo povo – por que morreria a nação inteira?” 50(RA)- nem considerais que vos convém que morra um só homem pelo povo e que não venha a perecer toda a nação. 51(BV)- Esta profecia de que Jesus deveria morrer pela nação toda foi feita por Caifás na qualidade de supremo sacerdote – ele não teve esta idéia por si mesmo, mas foi inspirado para dizer isso. 51(RA)- Ora, ele não disse isto de si mesmo; mas, sendo sumo sacerdote naquele ano, profetizou que Jesus estava para morrer pela nação 52(BV)- Foi uma predição de que a morte de Jesus seria não somente por Israel, mas por todos os filhos de Deus espalhados ao redor do mundo. 52(RA)- e não somente pela nação, mas também para reunir em um só corpo os filhos de Deus, que andam dispersos. 53(BV)- Por isso, daquela hora em diante, os líderes judaicos começaram a planejar a morte de Jesus. 53(RA)- Desde aquele dia, resolveram matá-lo.
  13. 13. 54(BV)- Então Jesus parou com o seu ministério público e deixou Jerusalém; foi para a beira do deserto, na aldeia de Efraim, onde ficou com os seus discípulos. 54(RA)- De sorte que Jesus já não andava publicamente entre os judeus, mas retirou-se para uma região vizinha ao deserto, para uma cidade chamada Efraim; e ali permaneceu com os discípulos. João, 11
  14. 14. 55(BV)- A Páscoa, uma festa judaica, estava próxima, e muita gente do campo chegou a Jerusalém dias antes, para poderem participar da cerimônia de purificação, antes de começar a Páscoa. 55(RA)- Estava próxima a Páscoa dos judeus; e muitos daquela região subiram para Jerusalém antes da Páscoa, para se purificarem. 56(BV)- Eles queriam ver Jesus, e nas conversas no templo perguntavam uns aos outros: “ Que acha? Será que Ele vem para a Páscoa?” 56(RA)- Lá, procuravam Jesus e, estando eles no templo, diziam uns aos outros: Que vos parece? Não virá ele à festa? João, 11 57(BV)- Enquanto isso os sacerdotes principais e os fariseus tinham anunciado publicamente que qualquer um que soubesse onde estava Jesus, deveria denunciar imediatamente, para que fosse preso. 57(RA)- Ora, os principais sacerdotes e os fariseus tinham dado ordem para, se alguém soubesse onde ele estava, denunciá-lo, a fim de o prenderem.
  15. 15. LEIA AGORA A CONTINUAÇÃO NO CAPÍTULO 12 DO EVANGELHO SEGUNDO S. JOÃO Se você não o tem em .pps, acesse o link do próximo slide
  16. 16. Envie este texto aos teus amigos que precisam de Deus tanto quanto eu e você Ele é nosso socorro bem presente na hora da angústia. Deus não está longe lá no céu sem se importar com você. Ele te ama de verdade! É apaixonado por você! Ele não abre mão de você não abra mão de Deus. Ele é maior que teus problemas! E não despreza um coração contrito e abatido. Leia a continuação deste texto no capítulo 12 do Evangelho segundo S. João. Se você não o tem, acesse o link abaixo. Para acessar a outros textos bíblicos da Bíblia Viva clique no link abaixo: http :// cid -a4febf73018ad203. skydrive . live .com/ browse . aspx /. res /A4FEBF73018AD203!122 clique sobre o texto pretendido, depois com o botão direito, em “salvar destino como”
  17. 17. www.mensagensvirtuais.com.br

×