UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP 
Centro de Educação a Distância 
UNIDADE: 
Curso: Ciências Contábeis 
Disciplina: Estatí...
AUTORIA: LUANA F. QUEIROZ 
Principais Conceitos e Possibilidades de Aplicação da Estatística 
na Administração 
Estatístic...
variáveis diferentes a variáveis econômicas tais como: Comércio exterior, produção de bens e 
de alimentos. 
Com o desenvo...
lugar no mercado de trabalho para que tenha em suas características profissionais a 
capacidade de lidar com suas realidad...
12 498g 37 500g 
13 500g 38 497g 
14 500g 39 500g 
15 500g 40 500g 
16 498g 41 500g 
17 498g 42 497g 
18 500g 43 498g 
19 ...
PESO f fr f% 
497g 4 0,08 0,08% 
498g 10 0,2 0,2% 
499g 3 0,06 0,06% 
500g 31 0,62 0,62% 
501g 2 0,04 0,04%
50 
45 
40 
35 
30 
25 
20 
15 
10 
5 
0 
Média: 
Frequência Absoluta 
497g 498g 499g 500g 501g 
Frequência Relativa 
A so...
Moda: 
PESO (gramas) Frequência 
497 4 
498 10 
499 3 
500 31 
501 2 
A moda é igual a 500 ( frequência 31). 
Mediana: 
50...
Variância: 
CV = 100 * Ơ => 100* 1,58 => 63,29% 
M 499 
O resultado do desvio padrão foi de 1,58, sendo assim, o lote de p...
pNWM0Y2Y5NTAtZmVhNy00NmRhLTkxNWItNWI5YWE1OTkzZDM5&hl=pt_BR>. 
Acesso em: SET. 2014.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Atps estatistica

729 visualizações

Publicada em

Trabalho de Ciências Contábeis, matéria de Estatística. Universidade Anhanguera UNIDERP

Publicada em: Dados e análise
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
729
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atps estatistica

  1. 1. UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP Centro de Educação a Distância UNIDADE: Curso: Ciências Contábeis Disciplina: Estatística ALUNOS/RA BRUNO CASTRO ESTANISLAU/430614 JARDEL ARAUJO SILVA/421509 JEANE DE OLIVEIRA COSTA/424296 LUANA FERREIRA QUEIROZ/421915 Profa. Mariana Tutora. Elaine Vieira Gonçalves Feira de Santana, 15 de Setembro de 2014.
  2. 2. AUTORIA: LUANA F. QUEIROZ Principais Conceitos e Possibilidades de Aplicação da Estatística na Administração Estatística é um segmento da Matemática Aplicada surgida nas questões de estado e governo. O nome Estatística é originário do termo latino status. O que modernamente se conhece como Estatística, "é um conjunto de técnicas e métodos de pesquisas que entre outros tópicos envolve o planejamento do experimento a ser realizados, a coleta qualificada dos dados, a inferência, o processamento, a análise e a disseminação das informações”. (ENCE, 2011, s/p). Para Ramos (2007), os métodos estatísticos modernos foram uma mistura de ciência, tecnologia, e lógica para que os problemas de várias áreas do conhecimento humano sejam investigados e solucionados. Ela é reconhecida como um campo da ciência e é uma tecnologia quantitativa para a ciência experimental e observacional em que se pode avaliar e estudar as incertezas e os efeitos de algum planejamento e observações de fenômenos da natureza e principalmente os da sociedade. Inesul (2007) destaca que foi somente no século XX, que a estatística começou a ganhar importância nas diversas áreas do conhecimento. E a partir de século XX começou a ser aplicada nas grandes organizações, quando os japoneses começaram a falar em qualidade total. Para Ramos (2007), a estatística é uma ciência multidisciplinar que abrange praticamente todas as áreas do conhecimento humano. A Estatística passou a ser usada para explicar resultados de pesquisas de forma simples e dinâmica. Tomou força no século XX, mas já era utilizada pelos povos na antiguidade, onde operações de contagem populacional já eram utilizadas para obtenção de informações sobre habitantes, riquezas e poderio militar dos povos. Após a idade média, os governantes na Europa Ocidental, preocupados com a difusão de doenças endêmicas, que poderiam devastar populações e, também acreditando que o tamanho da população poderia afetar o poderio militar e político de uma nação, começaram a obter e armazenar informações sobre batizados, casamentos e funerais. Entre os séculos XVI e XVIII as nações, com aspirações mercantilistas, começaram a buscar o poder econômico como forma de poder político. Os governantes, por sua vez, viram a necessidade de coletar informações estatísticas referentes a
  3. 3. variáveis diferentes a variáveis econômicas tais como: Comércio exterior, produção de bens e de alimentos. Com o desenvolvimento da estatística, foi possível obter dados a analisá-los de forma mais eficaz, permitindo assim, o controle e o estudo adequado de fenômenos, fatos, eventos e ocorrências em diversas áreas do conhecimento e fornecer métodos e técnicas para lidarmos racionalmente, com situações sujeitas e incertezas. Mas é nas organizações que ela demonstra toda a sua força. Gráficos e tabelas são apresentados na exposição de resultados de uma empresa. Dados numéricos são usados para aprimorar e aumentar a produção. Censos demográficos ajudam o Governo a entender melhor sua população e a organizar seus gastos com saúde e assistência social. Com a velocidade da informação a estatística passou a ser uma ferramenta essencial na produção e atuação do conhecimento. A estatística está presente em várias situações que dizem respeito à Administração, por mais simples que pareçam ser. Por exemplo: Um empreendedor que desejar entrar na área empresarial, primeiramente deve procurar fazer um plano de negócios, nele tende-se a fazer várias pesquisas para decidir qual área é mais viável investir, e outros detalhes que se referem a criação de uma empresa como, melhor público alvo, localidade da empresa física, fornecedores, pesquisas de mercado. Todas essas pesquisas vêm em forma de estatística, onde é feita a coleta e análise de informações para se fazer escolhas mais eficazes e não haver equívocos que possam afetar esta empresa futuramente. A estatística ajudará em tal trabalho, como também na seleção e organização da estratégia a ser adotada no empreendimento e na escolha das técnicas de verificação e avaliação da quantidade e da qualidade do produto e mesmo dos possíveis lucros e/ou perdas. Mesmo durante a gestão da empresa a estatística permanece presente, pois o conhecimento e o uso da mesma facilitarão para o gestor a tarefa de tomada de decisões e o trabalho de organizar, dirigir e controlar a empresa, seja ela de qualquer tipo, incluindo as estatais e governamentais. Por meio da coleta de dados pode-se conhecer a realidade geográfica e social, os recursos naturais e financeiros disponíveis, as expectativas da comunidade sobre a empresa, e estabelecer suas metas, seus objetivos com maior possibilidade de serem alcançados a curto, médio ou longo prazo. Tudo o que se pensou e planejou, precisa ficar registrado, documentado para evitar esquecimento, a fim de garantir o bom uso do tempo, da energia e do material e, ainda, para o controle eficiente do trabalho. A utilização da estatística deve ser estudada por todo e qualquer profissional que queira ter
  4. 4. lugar no mercado de trabalho para que tenha em suas características profissionais a capacidade de lidar com suas realidades. Uma característica muito importante da estatística é a diversidade de atuação onde pode promover em quase todas as áreas do conhecimento a melhoria da eficácia e também a solução de vários problemas práticos importantes. Atualmente quase todos os meios de comunicação, como revistas, jornais, rádio, televisão e internet lançam mão de modelos estatísticos como gráficos, diagramas, tabelas e pesquisas para integrar e enriquecer seus conjuntos de informações a serem divulgadas para a população. E nisso inclui o sistema empresarial que se utiliza da estatística como ferramenta para gerenciar seus atos comerciais. AMOSTRA PESO AMOSTRA PESO 1 500g 26 500g 2 498g 27 500g 3 500g 28 497g 4 500g 29 498g 5 500g 30 498g 6 497g 31 498g 7 499g 32 500g 8 501g 33 500g 9 500g 34 500g 10 500g 35 500g 11 499g 36 500g
  5. 5. 12 498g 37 500g 13 500g 38 497g 14 500g 39 500g 15 500g 40 500g 16 498g 41 500g 17 498g 42 497g 18 500g 43 498g 19 500g 44 498g 20 500g 45 499g 21 500g 46 501g 22 498g 47 500g 23 500g 48 500g 24 500g 49 500g 25 500g 50 500g Os dados acima foram obtidos em uma pesquisa de mercado, através de uma amostragem referente a pesagem de pacotes de café de 500 gramas aleatórios, com o auxilio de uma balança digital. A pesagem foi feita com 50 pacotes de café da marca Maratá no supermercado São Roque na cidade de Feira de Santana.
  6. 6. PESO f fr f% 497g 4 0,08 0,08% 498g 10 0,2 0,2% 499g 3 0,06 0,06% 500g 31 0,62 0,62% 501g 2 0,04 0,04%
  7. 7. 50 45 40 35 30 25 20 15 10 5 0 Média: Frequência Absoluta 497g 498g 499g 500g 501g Frequência Relativa A soma de todos os pacotes divididos pela quantidade, então: Total: 24,967kg Quantidade: 50 pacotes 24,967 / 50 = 499,34 gramas Frequência Absoluta Podemos concluir que a média dos pacotes é de 499,34 gramas 497g 498g 499g 500g 501g 0,62% 0,04 0,08% 0,2% 0,06%
  8. 8. Moda: PESO (gramas) Frequência 497 4 498 10 499 3 500 31 501 2 A moda é igual a 500 ( frequência 31). Mediana: 500 + 500 / 2 = 500 gramas Desvio Padrão: 497 - 499 = -2 => X₁ 498 – 499 = -1 => X₂ 499 - 499 = 0 => X₃ 500 – 499 = 1 => X₄ 501 – 499 = 2 => X₅ Ơ² = (497-499)² + (498-499)² + (499-499)² + (500-499)² + (501-499)² => 5-1 Ơ² = (-2) + (-1) + (0) + (1) + (2) => Ơ² = 4 + 1 + 0 + 1 + 4 => Ơ² = 10 => 2,5 4 4 4 O desvio padrão é a raiz quadrada da variância. Logo √2,5 = 1,58
  9. 9. Variância: CV = 100 * Ơ => 100* 1,58 => 63,29% M 499 O resultado do desvio padrão foi de 1,58, sendo assim, o lote de pacotes de café de 500g no qual foi feito a pesagem está APROVADO por não ter um desvio padrão maior que 0,05, ou seja, 0,5g. Então compreende a quantidade informada no pacote e atende a população nas informações apresentadas. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICA • SOUZA, Gueibi Peres. Aplicação dos conceitos de Controle Estatístico de Processo (CEP)em uma indústria de fundição do Norte Catarinense. Disponível em: <https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=explorer&chrome=true&srcid=0B0EMRzdACiX pOTA0NjgxYmQtNTYwMS00NjA1LTk0NmYtODk4YzM2MTUzZDJh&hl=pt_BR> . Acesso em: SET. 2014. •Conceito e aplicações da Estatística. Disponível em: <https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=explorer&chrome=true&srcid=0B0EMRzdACiX
  10. 10. pNWM0Y2Y5NTAtZmVhNy00NmRhLTkxNWItNWI5YWE1OTkzZDM5&hl=pt_BR>. Acesso em: SET. 2014.

×