Revista papodebonecap blog

1.782 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.782
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.003
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revista papodebonecap blog

  1. 1. centercenter00<br />Índice<br />Índice2<br />Entrevista3<br />Exposição4 à 5<br />Barbie6 à 8<br />Pullip9<br />Monter High10 à 12<br />BJDolls 13<br />Entrevista<br />Temos aqui uma Entrevista com Carlos Keffer, o maior colecionador de Barbies do Brasil, que cedeu uma entrevista para nós da Revista Papo de Boneca!<br />Vocabulário:<br />Play Line: Aquelas bonecas Barbies que você vê sempre nas lojas de brinquedos.<br />Collector: Bonecas Barbie que são feitas na maioria das vezes para Colecionadores da Boneca.<br />(Entrevistadora) Como começou sua coleção de bonecas Barbies? <br />(Carlos Keffer) Começou pela paixão pelos clássicos do cinema. No inicio dos anos 1990 foi lançada uma linha de bonecas Barbie de coleção limitada chamada Lendas de Hollywood. Fiquei apaixonado quando vi em uma vitrine, em uma lojinha de produtos importados aqui em São Paulo. A primeira que comprei foi Barbie inspirada em uma cena clássica do musical My Fair Lady. Depois veio Scarlett O'Hara de E o Vento Levou depois o Mágico de Oz. Com o passar dos anos minha coleção se deslocou para a história da moda, que também sempre foi uma paixão minha. Queria ter em casa não só a história do cinema, mas as principais transformações da moda. E assim fui pesquisando bonecas Barbie que retratassem os estilos dos anos 1920, 1930, 1940...<br />(Entrevistadora) Quantas Barbies você tem hoje em seu acervo? <br />(Carlos Keffer) Hoje são 792 bonecas da família Barbie. A coleção cresceu nos últimos anos, muito por conta das exposições itinerantes. Tenho criado novos temas a cada ano, ou a cada dois anos, e com isso sempre procuro adquirir novas peças que surpreendam o público. A minha coleção é considerada uma das mais valiosas do Brasil, pois apresenta raridades como um exemplar original da primeira Barbie de 1959, do primeiro Ken de 1961, da primeira amiga Midge, da primeira versão de Skipper, a irmã mais velha, e de todas as principais transformações de Barbie: a primeira que dobrou o joelho (Miss Barbie), a primeira que tinha cabelos pintados na cabeça (Fashion Queen), a primeira hippie (Live Action), a primeira negra (Black Barbie) e assim por diante. (Entrevistadora) Qual grupo de Barbies você gosta mais, as Collectors ou as Play line?<br /> (Carlos Keffer) Gosto mais das de coleção, apesar de que aos poucos as play lines vem me conquistando. Demorou a que eu comprasse as play lines, mas descobri sua importância histórica e de como retratam o sonho das meninas de cada década. Minhas grandes paixões são hoje as Vintage (tanto play line como as reproduções que são lançadas em edições para colecionadores), as Celebridades (e ai estão as atrizes e atores de cinema) e a linha Fashion Model Collection. (Entrevistadora) Faz quantos anos que você se apaixonou pela boneca Barbie, e começou a colecioná-la? <br />(Carlos Keffer) Acho que sempre fui um apaixonado pela Barbie e por tudo que ela representa. Desde criança tenho uma fascinação pela boneca. Mas nunca tive uma, e só comprei uma há 15 anos atrás, quando já tinha mais de 20 anos. A partir dai, já comecei minha coleção!(Entrevistadora) Você gosta de outra boneca, a não ser a Barbie? (Se Sim, qual?). <br />(Carlos Keffer) Gosto das bonecas fabricadas pela Mattel que representam as princesas da Disney são adoráveis. Eu sempre tive uma ligação muito forte com contos de fadas, na infância adorava ir ao cinema ver Cinderela, Branca de Neve...<br />(Entrevistadora) O que você diz para pequenas colecionadoras e amadoras de Barbie? <br />(Carlos Keffer) Aproveitem a diversão! Existem tantas bonecas maravilhosas, busquem as que mais gostam que mais se identifiquem, e cuidem bem delas: sempre guardar em uma caixa, ou numa vitrine, isto faz preservar as bonecas perfeitas por muito tempo.<br />Exposição<br />A Exposição Black Barbie, que está acontecendo em várias cidades está ficando muito conhecido. Além de a Exposição mostrar os cinquenta anos da primeira boneca Barbie negra em todo o mundo, a exposição que está passando por várias cidades, principalmente no estado de São Paulo está mostrando várias bonecas que mostram o crescimento e reconhecimento das bonecas negras. Muitos colecionadores tem sim uma especialização em Barbies negras, mas, nem todos. Além do que, para os colecionadores brasileiros é bem mais difícil, já que aqui no Brasil menos Barbies negras são lançadas. Mas, o mais legal desta exposição que pessoas de todas as idades estão parando para ver, parando para tirar fotos e filmar. Eu mesma fui e gostei muito da exposição em Campinas-SP, no Campinas Shopping. Eu fui no último dia, e devo confessar que lá estava muito cheio! No local, tem um lugar, fechado, para que as meninas brinquem de Barbie. Lá tem Barbies negras e Brancas, bem diversificado. E as pequenas amantes de Barbie estavam amando! A fila estava bem grande, acredito que tinha mais de vinte pessoas na fila. Em outro local, havia uma mesa (de vidro), que podíamos ver, e não pegar, revistas que mostram a Black Barbie, e algumas revistas com famosos negros, mostrando que o mundo é de todos. Algo que eu achei lindo! Uma boa idéia que fizeram, é que para trabalhar no local da Exposição só haviam mulheres negras, que mostravam que elas tinham grande força sobre todo o país. Várias bonecas que achamos facilmente na internet, eu pude ver lá, e me maravilhei. A que eu mais gostei foi ver a Barbie Diva, de 2000, que sempre foi um sonho. E sim, realizei-o. Apesar da distância de uma camada de vidro, vê-la de perto foi um sonho realizado! <br />Por Caroline Prudente.<br />Exposição<br />Barbie<br />No Mundo da boneca mais famosa no mundo, nunca falta notícia. As bonecas novas vão sempre chegando, de ano em ano. A Boneca que foi lançada em 1959, exatamente no dia de nove de Março, fez, e está fazendo muito sucesso. Com duas linhas, Play Line (linha normalmente encontrada em lojas de brinquedos, para qualquer idade) e Collector (Linha de colecionadores, que tem bonecas com mais detalhes, dificilmente encontrada em lojas de brinquedos). A Boneca de Malibu na Califórnia (EUA) é mais conhecida pela linha Play Line, e muitas vezes quando as pessoas veem amantes de Barbie já mais velhos e se assustam, pois não sabem que existem as bonecas Barbie Collector. Ao Lado, na primeira imagem, uma boneca Collector nova, lançada neste mesmo mês aparece. Já na segunda imagem, foi uma das primeiras Barbies de Colecionadores! Lançada em 1984, a boneca com certeza deve ser uma raridade!<br />centercenter00<br />Barbie<br />Como muitos colecionadores de qualquer boneca, as Barbies também são muito personalizadas. Isso quer dizer, mudar a cor do cabelo da boneca, fazer o rosto dela, mudar a roupa, mudar tudo!<br />Muitas vezes, os personalizadores colocam roupas de uma marca de bonecas diferente, em outra marca! Ao lado desta matéria, imagens de personalizações simples, mas que mesmo assim deixam a boneca ainda mais especial. Em todas as imagens, os vestidos foram feitos por pequenas costureiras, como que várias vezes vemos em feiras. <br />Por Caroline Prudente.<br />Pullip<br />Falando um pouco mais de Pullip, boneca colecionável criada por uma companhia coreana, e colocado ao mercado pela Jun Planning. As bonecas, menos conhecida no Brasil são com um preço relevante as Barbies, e outras bonecas. As Pullips, também são facilmente personalizadas, pois podem ser tiradas suas cabeças facilmente (diferente das Barbies, que, podem sim ser tiradas as cabeças, mas é muito mais difícil). <br />Uma das coisas mais diferentes das Pullips, é que além de serem japonesas (com olhos maiores, como de costume para japoneses) nelas existem muito mais articulações do que nas Barbies, ou em qualquer boneca do gênero. Além de terem articulações nos braços, nos pulsos, e nos joelhos, as Pullips têm ainda mais, em mais uma parte do braço, a baixo dos peitos, e nos pés. No mundo das Pullips, não existe só a Pullip. Podemos dar o exemplo de Barbie, que é o nome da marca e é a principal da série. No mundo destas bonecas colecionáveis também existe o Taeyang, um menino da série. Abaixo, coloquei imagens da Pullip e do Taeyang bem novas.<br />Por Caroline Prudente.<br />Monster high<br />Agora, falando de Monster High. Mais conhecida do que todas as bonecas (menos Barbie, claro) Monster High é uma linha de bonecas da Mattel lançada em 2010. A Linha de bonecas possui um desenho, que é mais passado nos Estados Unidos, mas às vezes pode ser visto em algum canal aqui no Brasil. As bonecas não tem uma linha especial para colecionadores, como Barbie, e é uma linha para todas. <br />Monster High, que no começo não fez muito sucesso, agora está conquistando o mundo. Aquelas meninas que não gostam de coisas fofas, vão para Monster High. Outros mais velhos se queixam de que quando crianças não tinham essas bonecas monstros e claro, ficam tristes. Mesmo as meninas mais fofas, também estão sendo conquistadas por Monster High. A linha de bonecas Monster High contém bonecas monstros, que são filhas dos monstros mais famosos do mundo! Como Drácula, que tem sua filha chamada Draculaura (pela Monster High), ou Frankenstein, que pela Monster High sua filha é chamada Frankie Stein. Também tem a filha da múmia, e muitos outros monstros. Monster High, cujo significado em português é Escola de Monstros, é sim uma escola. No desenho, eles mostram uma Escola de Monstros onde tem aula, tem tudo que uma escola normal tem!<br />centercenter00<br />Monster high<br />As Monster Highs, também são personalizadas como as Barbies, o que começou a ficar muito normal para Todas, sem exceção de bonecas. <br />As Monster Highs se marcam pelo tanto de coleções que veio surgindo este ano, que não chegavam ao Brasil e deixavam os colecionadores da boneca aflitos. Pois, se a boneca não fizesse sucesso, poderia ter sua coleção não sendo mais vendida no Brasil. Mas, enfim chegou as coleções e percebemos ainda mais que as bonecas tiveram um imenso aumento de compras! <br />As Bonecas Monster Highs, surpreenderam bastante pelas articulações, que existem no mesmo número das Barbies Fashionistas (linhas de Barbies que tem várias articulações, feitas especialmente para poses). Isso quer dizer, tem articulação no braço, no pulso, nas pernas e nos joelhos. As bonecas são vendidas em qualquer loja de Brinquedos. Abaixo, a primeira imagem dos protótipos das bonecas antes do lançamento da linha Monster High. <br />Por Caroline Prudente. <br />bjdolls<br />Agora, falando das BJD, bonecas de colecionadores adultos. As Ball Jointed Doll, são bonecas colecionáveis de origem Asiática que também podem ser chamadas ABJD, isto quer dizer, Asian Ball Jointed Doll. É bem difícil acha-las, podendo ser até impossível achar uma loja que venda uma dessas aqui no Brasil, dificultando os poucos colecionadores da boneca. As bonecas, são muito frágeis pois são feitas de resina, e por isso pode amarelar com o tempo. A maquiagem da boneca também sai com o tempo, deixando a boneca ainda mais desvalorizada... <br />Mas as BJDs também tem seu lado bom, claro. Elas tem articulações em tudo! Além delas terem um tamanho variado dependendo da loja. Algumas, podem variar de 10cm a 80cm! Os mais vendidos são os de 45cm ou 60. São chamadas de Ball Jointed Doll por suas articulações serem bolas, deixando suas poses ainda mais reais. Na maioria das vezes que os colecionadores compram suas bonecas, rapidamente colocam um nome nelas, como se ela fosse realmente um bebê, acabando de nascer e tendo que ter vários cuidados. Por Caroline Prudente.<br />

×