Manacá - Língua Portuguesa, 1º ano

8.318 visualizações

Publicada em

Manacá - Língua Portuguesa, 1º ano

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.318
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6.151
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manacá - Língua Portuguesa, 1º ano

  1. 1. AUTORIA CLÁUDIA MIRANDA HILDA MICARELLO ILKA SCHAPPER EDIÇÃO MARIA HELENA RIBAS BENEDET CRÉDITOS DAS IMAGENS DE ABERTURA © EDITORA POSITIVO LTDA., 2014 1° ANO
  2. 2. LEITURA E ESCRITA VARIEDADE DE GÊNEROS INTERTEXTUALIDADE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO AVALIAÇÃO
  3. 3. OS SÍMBOLOS AO NOSSO REDOR
  4. 4. A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z COM QUE LETRA INICIA O NOME DOS MEUS AMIGOS? DE LETRA EM LETRA FORMAMOS O ALFABETO
  5. 5. > ? & # < ! % $ ; 9 8 7 6 5 4 3 2 1 B C D F G A E I O U LETRAS, SÍMBOLOS E SINAIS GRÁFICOS
  6. 6. VOCÊ CONHECE ESTE PERSONAGEM?©MauricioDeSousaEditoraLtda.
  7. 7. MAURICIO DE SOUSA. CEBOLINHA – BRINCADEIRAS. SÃO PAULO: GLOBO, 2006. TEXTOS PARA ENTRETER E DIVERTIR©MauriciodeSousaEditoraLtda
  8. 8. QUAL A FINALIDADE DESTE TEXTO? A ARTE DA FARINHA. CIÊNCIA HOJE DAS CRIANÇAS. DISPONÍVEL EM: <HTTP:// CIENCIA HOJE.UOL.COM.BR/A-ARTE-DA-FARINHA/>. ACESSO EM: 21 MAR. 2014.
  9. 9. TARSILA DO AMARAL. A FAMÍLIA. 1 ÓLEO SOBRE TELA. A LEITURA DE OBRAS DE ARTE ColeçãoToruatoSabóaPessoa,SãoPaulo/Dimensões:79CmX,101,5Cm
  10. 10. AO FAZER RIMAS, FAZEMOS VERSOS CORRE, CUTIA CORRE, CUTIA, NA CASA DA TIA. CORRE, CIPÓ, NA CASA DA AVÓ. LENCINHO NA MÃO CAIU NO CHÃO. MOÇA BONITA DO MEU CORAÇÃO. DOMÍNIO PÚBLICO ClaraGavilan
  11. 11. BOLA bola CAVALO cavalo CASA casa JANELA janela DESCOBRINDO AS LETRAS: MAIÚSCULAS E MINÚSCULAS
  12. 12. DE QUE TRATA ESSE TEXTO? ANGELA PAPPIANI. CRIATIVIDADE, CULTURA E CIDADANIA. BRASIL, MINISTÉRIO DA CULTURA. FORMARTE. [S.D.] (COLEÇÃO BRASIL DE TODOS OS POVOS). FABIOEUGENIO FAMÍLIA NAS COMUNIDADES INDÍGENAS, OS PAPÉIS SOCIAIS SÃO BEM DEMARCADOS. HÁ AS TAREFAS DOS HOMENS E AS DAS MULHERES. O PODER MASCULINO E O PODER FEMININO SE COMPLEMENTANDO, EM EQUILÍBRIO. A CASA É TERRITÓRIO FEMININO. ALI, AS MULHERES EXERCEM SEU PODER. SÃO ELAS QUE GERAM A VIDA, QUE ALIMENTAM A FAMÍLIA, QUE TRANSMITEM A CULTURA E OS CONHECIMENTOS MILENARES PARA AS CRIANÇAS. [...]
  13. 13. MARIA ANA LETRAS, SÍLABAS, PALAVRAS! Ática/Reprodução
  14. 14. NOME DA SÉRIE TÍTULO FALA PENSAMENTO IVAN ZIGG. REVISTA CIÊNCIA HOJE DAS CRIANÇAS. RIO DE JANEIRO: INSTITUTO CIÊNCIA HOJE, JAN./FEV. 2010 AUTORIA E PUBLICAÇÃO HISTÓRIAS EM QUADRINHOS: LEITURA PARA DIVERTIR IvanZigg
  15. 15. DESCUBRA ONDE ESTÃO OS NOMES DOS ANIMAIS Ilustrações:ClaraAvilan
  16. 16. QUAL A FUNÇÃO SOCIAL DESTE TEXTO? JulianaMedeirosdeAlbuquerque
  17. 17. O QUE A TURMA DA MÔNICA ESTÁ FAZENDO NESTE TEXTO? MAURICIO DE SOUSA. REVISTA MAGALI. SÃO PAULO: PANINI COMICS, N. 347, 2002. ©MauriciodeSousaEditoraLtda
  18. 18. O DESAFIO DO TRAVA-LÍNGUAS A CRUEL CRIATURA COMETEU UM GRANDE CRIME: ENTROU NA CASA E DEVOROU TRÊS VITROLAS, PREGOU TRINTA PREGOS NO VITRÔ, TRANÇOU O TRICÔ DA CREMILDA E ESTRAGOU TREZE TORTAS DE CREME. CREDO! EVA FURNARI. TRAVADINHAS. SÃO PAULO: MODERNA, 1994.
  19. 19. A PALAVRA É ... AMARELINHA POR FORA E BEM BRANQUINHA POR DENTRO. SOU MACIA, NUTRITIVA E FRUTA BEM BRASILEIRA. OS MACACOS GOSTAM DE MIM E AS CRIANÇAS TAMBÉM. VIVO EM CACHOS PENDURADA. VOCÊ NÃO SE ENGANA SOU A GOSTOSA ... MARA LÚCA GODOY. FRUTA NO PÉ. BELO HORZONTE: LÊ, 1985. B A N A N A ADIVINHA, UMA LEITURA DIVERTIDA! SidneyMeireles/GizdeCeraEstudio
  20. 20. CA RERE PE CA GUATI SOTUNO CA UR DA PAN JA DESCUBRA O NOME DESTES ANIMAIS RI
  21. 21. H h É COM H QUE A FILHA SAI DA FILA, QUE A MALHA SAI DA MALA. COM H A MANA FAZ MANHA. JOSÉ PA ULO PAES; KIKO FARKAS. UMA LETRA PUXA A OUTRA. SÃO PAULO: COMPANHIA DAS LETRINHAS, 1992. A LETRA “H” NAS PALAVRAS
  22. 22. A CULTURA POPULAR EM VERSOS O TATU É BICHO MANSO, NUNCA MORDEU A NINGUÉM; AINDA QUE QUEIRA MORDER O TATU DENTES NÃO TEM. [...] NINGUÉM VIU O QUE VI HOJE: UM MACACO FAZER RENDA, TAMBÉM VI UMA PERUA DE CAIXEIRA NUMA VENDA. MINHA GALINHA PINTADA, E MEU GALO CARIJÓ, SE MINHA GALINHA É BOA, O MEU GALO INDA É MIÓ. SÍLVIO ROMERO. QUADRINHAS BRASILEIRAS. SÃO PAULO: SCIPIONE, 2006. MirellaSpinelli

×