07/11/13

Crítica: «Ágora» – Um filme Épico! | Ante-Cinema

Quem Somos

HOME

ESPECIAIS

NOTÍCIAS

ANTEVISÕES

CRÍTICAS

P...
07/11/13

Crítica: «Ágora» – Um filme Épico! | Ante-Cinema

possamos considerar um manifesto contra o extremismo. A única ...
07/11/13

Crítica: «Ágora» – Um filme Épico! | Ante-Cinema
É triste, muito triste termos que dizer que ‘nós mesmos’ criamo...
07/11/13

Crítica: «Ágora» – Um filme Épico! | Ante-Cinema

Nome*

Email*

Website

Enviar

O seu email não será publicado...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Filme ágora

677 visualizações

Publicada em

filme

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Filme ágora

  1. 1. 07/11/13 Crítica: «Ágora» – Um filme Épico! | Ante-Cinema Quem Somos HOME ESPECIAIS NOTÍCIAS ANTEVISÕES CRÍTICAS PASSATEMPOS TRAILERS Crítica: «Ágora» – Um filme Épico! Publicidade ANTECINEMA TV Equipa Contactos ANTECINEMA KIDS ESTREIA DA SEMANA - 10 Dezembro 2009 / 26 Comentários Agora Com um orçamento de 50 milhões de dólares, um elenco onde se salienta Rachel Weisz, elementos de acção equilibrados com momentos dramáticos e momentos onde o espectador é obrigado a usar o seu espírito crítico, o filme Ágora, de Alejandro Amenábar, tem tudo para ser considerado um filme épico. Uma história com séculos de idade, filmado em pleno Egipto com detalhes autênticos e um elenco de diversas nacionalidades, Ágora prima pela precisão, pelo entretenimento que oferece e carácter educacional que assume. Infelizmente, por não se tratar de um filme que aborde aspectos mais comerciais, talvez não venha a ter o retorno merecido, face a um orçamento dispendioso. Rachel Weisz é a protagonista com a sua personagem Hypatia, uma lendária filosofa e matemática da antiga Alexandria, numa altura em que o Império Romano começava a entrar em declínio e a aceitar o Cristianismo como a religião legal, sendo que a religião é um dos pontos chave do enredo do filme. Seria o confronto entre o Cristianismo e os interesses pagãos a despoletar uma revolta dos Cristãos. Na primeira parte do filme conhecemos Hypatia como professora, a ensinar matemática e astronomia aos seus discípulos e a tentar solucionar o enigma das órbitas planetárias em torno do Sol. Famosa por PASSATEMPOS guiar a sua vida pelas Ciências e não seguir cegamente uma religião, normalmente não fazia distinções revelasse algum desdém pelos escravos. Ao não revelar diferenças entre as duas religiões, originou uma Antestreia «O Fundamentalista Relutante»: Vencedores do Passatempo situação de um triângulo amoroso, entre o seu escravo Davus (Max Minghella) e Orestes (Oscar Isaac). - 20 Maio 2013 / Comentar entre os seus alunos, quer fossem Cristãos ou Pagãos, embora, em situações de maior pressão, No entanto, este aspecto não seria bem explorado, uma vez que a acção principal centra-se no Antestreia «Conspiração Explosiva»: Vencedores do Passatempo confronto entre as duas principais religiões da região. Na segunda parte do filme, verifica-se novo confronto entre ideiais religiosos, visto que grande parte dos Pagãos se converteram ao Cristianismo, os Cristãos focaram as suas atenções nos Judeus, uma religião emergente. - 28 Março 2013 / Comentar Antestreia no Porto de «O Expatriado»: Vencedores do Passatempo - 22 Março 2013 / por Fernando Ribeiro / Comentar TRAILERS Ágora viveu para as expectativas de um filme épico, muito simples, muitos bons pormenores na sua filmagem, perfeito equilíbrio entre a história e a dramatização, onde o elenco esteve soberbo, especialmente na performance de Max Minghella, onde a sua passagem de escravo a soldado Cristão é uma das imagens que será certamente recordada. Amenábar correu um risco deste filme poder ficar um manifesto anti – Cristianismo, com diversas cenas de violência, o que não foi um caso, embora www.ante-cinema.com/critica-«agora»-um-filme-epico/ 1/4
  2. 2. 07/11/13 Crítica: «Ágora» – Um filme Épico! | Ante-Cinema possamos considerar um manifesto contra o extremismo. A única crítica que se aponta deve-se ao facto de ter ficado por explorar de forma mais profunda o triângulo amoroso entre Hypatia e dois dos seus discípulos. Não seria o aspecto mais dominante num filme de forte componente histórica, religiosa e científica, no entanto, uma boa longa metragem não deve ter pontas soltas. Num filme com grande componente histórica e científica, à qual a figura de Hypatia tem obrigatoriamente de vir associada, existe o perigo de não corresponder à exigência de um público que prefira produções mais actuais e comerciais. Será Ágora muito avançado para o seu tempo? Talvez! ANTEVISÕES Antevisão: «O Hobbit: Uma viagem Inesperada» – O Regresso à Terra Média No entanto, o seu carácter épico, seja de que forma for, deixará uma importante marca em todos os espectadores. - 11 Dezembro 2012 NO TA: / por Renata Domingos / Comentar Antevisão: «As Voltas da Vida» marca retorno de Clint Eastwood ao grande ecrã JÁ EM EXIBIÇÃO NOS CINEMAS - 20 Novembro 2012 / por Susana Faria / Comentar Antevisão: «Aristides de Sousa Mendes – O Cônsul de Bordéus» foca herói português - 7 Novembro 2012 / por Susana Faria / Comentar PESQUISAR NO SITE Procurar Ante-Cinema Gosto Gostou deste artigo? Partilhe! Tw eet 0 Gosto Subscreva a nossa 0 7.538 pessoas gostam de Ante-Cinema. Categorias Agora 0 Alejandro Amenábar Max Minghella RSS Feed. Rachel Weisz ← Artigo Anterior Artigo Seguinte → Plugin social do Facebook OUTROS ARTIGOS F ernando Primeiro trailer e poster português de Os 10 Melhores F ilmes de Terror do «Oz: O Grande e Poderoso», Conheça a Rachel Weisz Rachel Weisz Meirelles apresenta imagens do lista de possíveis actrizes para junta-se a F ernando Meirelles no será Jackie Kennedy no próximo seu próximo filme «360» «Batman 3» seu novo filme filme de Aronofsky CRÍTICAS Crítica: «Spring Breakers: Viagem de Finalistas» – Korine vai aos esgotos fazer arte, parte 2 Século XXI - 3 Maio 2013 / por Pedro Ponte / 1 Comentário / Classificação: Festival IndieLisboa 2013: «Simon Killer» – Alienação em Paris - 23 Abril 2013 / por Pedro Ponte / Comentar / Classificação: de Sam Raimi 26 COMENTÁRIOS Festival IndieLisboa 2013: «No» – Chile, Pinochet e vídeo Gilmar - 22 Abril 2013 / por Pedro Ponte / Comentar / Classificação: 22 Janeiro 2011 at 06:52 Um dos filmes raros que nos fazem pensar. Acostumados com a montanha de filmes inúteis e de baixo nível que desfila pelo orbe terrestre, ao vermos filmes como este, podemos constatar estarrecidos, aonde chegamos como seres humanos, como seres pensantes. www.ante-cinema.com/critica-«agora»-um-filme-epico/ NOTÍCIAS 2/4
  3. 3. 07/11/13 Crítica: «Ágora» – Um filme Épico! | Ante-Cinema É triste, muito triste termos que dizer que ‘nós mesmos’ criamos todas estas monstruosas situações em que vivemos. A maioria não nota, não percebe mesmo, o quanto e como estamos cavando fundo com nossos próprios pensamentos, nossa própria extinção. Quando for “a hora”, quando chegar o momento de nos perguntarmos “o que está acontecendo, talvez nos lembremos de histórias como a contada e mostrada neste filme. Pena que muitos não terão tempo sequer de pensarem! Quando virem, já foi! – Estarão noutros planos de vida! A raça humana de forma estúpida e constante, escolheu ao longo dos séculos decidir seus próprios desígnios. Cada vez mais pensamos com menos qualidade, e cada vez mais nossas ações são destruidoras e mortais! Pudera filmes como este, fizessem e causassem em nós o despertar de nossas consciências!!! Mas já ‘é tarde”! - O nível intelectual transcendente está praticamente morto! No filme se vê com certa clareza, como a massa foi e é submissa aos mais idiotas e imbecis desta raça em fim de ciclo! Enfim, este filme mostra que pensar é coisa nobre, e se você pensa com clareza e nitidez, pondera e medita sobre “o sistema”, e dele se esforça para se libertar sem se esconder, vai ser crucificado, internado ou calado!!! Ó raça insana! Ó raça agonizante! – Esta “casa” não mais te pertence! Ligia 27 Março 2011 at 12:20 O filme é simplesmente envolvente e sério. realmente um épico. Uma forma de contar uma parte da história que de certa forma “ficou esquecida”. O que importa nesse filme, não é o triãngulo amoroso em si, embora seja componente interessante para avaliar a condição humana no que diz respeito àquilo que ainda não compreendemos verdadeiramene : O amor e as ilusões em torno dele. Importa compreender a questão da alteridade e colocar-se no lugar do outro, o respeito pelo pensar,pelo sentir e a impressão de que apesar da distãncia secular (infelizmente)a humanidade não está tão diferente daqueles tempos e anda a promover várias atrocidades. Podemos, também, nesse filme , refletir sobre os rumos do conhecimento enquanto educação, e percebermos o quanto se perdeu . O ensino está segmentado, as fórmulas matemáticas se repetem em sala de aula, mas falta a curiosidade filosófica para apreender, (aquele porque da infância) falta a práxis como investigação, onde se poderia descobrir, um pouco, a maravilha que é o universo em sua grandeza. Resta pensarmos, como educadores no quanto o conhecimento é algo que abre nossas consciências e pensar a grande e difícil tarefa que é Educar. Dyeison 1 Abril 2011 at 01:05 Filme bem produzido, mas com graves erros históricos e principalmente teológico, sendo assim até proibido em alguns países pela sua repercursão. Raquel 5 Abril 2011 at 04:23 Lindo e apovoroso. Ciência e religião até hoje não se combina. Vander Soares 29 Setembro 2011 at 04:59 soberbo…intrigante e revelador… com aspectos do conflito fundamentalista do discurso cristão e do discurso filosófico defendido por uma mulher, o filme automaticamente assume um papel educativo. ← Anterior 1 … 3 4 5 DEIXAR UMA RESPOSTA Indique por favor a sua classificação para este artigo: www.ante-cinema.com/critica-«agora»-um-filme-epico/ 3/4
  4. 4. 07/11/13 Crítica: «Ágora» – Um filme Épico! | Ante-Cinema Nome* Email* Website Enviar O seu email não será publicado. Campos de preenchimento obrigatórios * Notify me of followup comments via e-mail 2012 © // Best Take // All Rights Reserved www.ante-cinema.com/critica-«agora»-um-filme-epico/ AnteCinema TV AnteCinema Kids Facebook Twitter Vimeo YouTube 4/4

×