Filme ágora 1

559 visualizações

Publicada em

filme

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
559
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Filme ágora 1

  1. 1. 07/11/13 Ágora, o filme; Hipácia de Alexandria, a filósofa | Machina Speculatrix MACHINA SPECULATRIX Põe quanto és no mínimo que fazes. (Ricardo Reis) INÍCIO PROFISSIONAL POESIA FOTOGRAFIA QUADRADINHOS CONTACTO ÁOA OFLE HPCAD GR, IM; IÁI E AEADI,AFLSF LXNRA IÓOA DEZ 19 TEMAS: 9. POLIS, CINEMA, HIPATIA, HIPÁCIA, ÁGORA ✪ 1 COMMENT N Jri d o adm a Flsfa iooi poaoa rv rl 22-01-2013 u lvonv m ir oo Ágora, o filme, é oportuno. E deve merecer-nos aqui algumas palavras. O filme centra-se largamente na figura de Hipácia, uma filósofa da Alexandria (século IV - século V da era cristã), uma figura importante no panorama intelectual do seu tempo. Contudo, no aspecto biográfico, esqueçam: não se sabe praticamente nada sobre a sua vida e obra. Todas aquelas peripécias pessoais, tanto as amorosas (como o episódio do sangue menstrual para mostrar a um aluno apaixonado a baixeza do corpo) como as científicofilosóficas (como a antecipação da hipótese kepleriana, heliocêntrica com elipses em vez de círculo) são possibilidades, são um esforço dramático para fazer de uma pessoa um símbolo de um círculo cultural e social que devia ter também algum peso político. Nem sequer se sabe se na altura daqueles acontecimentos dramáticos Hipácia seria ainda bastante jovem e bela (amada e odiada tanto pela sua inteligência como pelo seu encanto e beleza) ou já uma mulher madura (nesse caso admirada e odiada pelo seu brilho e poder). (À esquerda: Hipácia de Alexandria, de Charles William Mitchell) Clicar na imagem para mais info Vídeo: Viriato Soromenho Marques na apresentação do livro Parece, contudo, ser altamente credível que Hipácia seria uma figura de topo de um círculo científico-filosófico com uma actividade importante (designadamente, em matemática e astronomia), a escola de Alexandria, independente e diferente da escola de Atenas, mas não sendo sequer certo que forma teria essa "escola" (por exemplo, se teria um reconhecimento e um apoio formal da administração imperial). A sua orientação filosófica seria neoplatónica, uma herdeira da grande cultura antiga, religiosa e culturalmente pagã, provavelmente maquinaespeculativa.blogspot.com.br/2009/12/agora-o-filme-hipacia-de-alexandria.html 1/7
  2. 2. 07/11/13 Ágora, o filme; Hipácia de Alexandria, a filósofa | Machina Speculatrix convivendo com práticas mais ou menos mágicas (o que faz com que os cristãos tivessem, tecnicamente, alguma razão em a acusar de "bruxaria"). (À direita: Hipácia de Alexandria, de Onorio Marinari) Tms ea 1. Ciências do Artificial (170) 2. Pensar a Ciência (136) 3. Corpos e Máquinas (27) 4. Indirectas e Retorcidas (753) 5. Pescar na Rede (1882) 6. Memórias e objectos (435) 7. Poesia (105) O que é certo, e isso o filme mostra bem, é que aquele foi um momento em que os cristãos agiram como bárbaros: porque agiram pelo braço brutal da populaça e com desprezo pela cultura (designadamente, os livros da segunda biblioteca da cidade); porque em termos religiosos estavam numa fase de exclusivismo (não queriam liberdade de culto, queriam que o seu culto fosse o único admitido); porque estavam a minar o Estado, tomando de assalto o poder pelo desvio da religião, sobrepondo a filiação religiosa à estrutura política da comunidade (fazendo um uso terrorista das "conversões" dos dignitários imperiais). Tudo isso é histórico e é oportuno lembrar, neste tempo em que muitos cristãos ocidentais acusam outras religiões dessas práticas. (Acusam com razão, não podem é falsear a história e esquecer que também os seus antecessores fizeram essas experiências.) 8. Fotografia (131) Do ponto de vista icónico, o filme faz (embora com rigor histórico, penso eu) uma identificação subtil entre a imagem dos cristãos militantes que "policiavam" a ofensiva (fazendo de tropa de choque do movimento) e a imagem que o ocidente tem hoje dos radicais islâmicos (o tipo físico e as roupas, nomeadamente, são comparáveis, o que não é de estranhar atendendo aos grupos étnicos que ocupam as paragens geográficas em causa). 9. Polis (1003) X. Banda Desenhada e outras imagens (23) Vídeo: O presidente do Centro Nacional de Cultura, Dr. Guilherme d'Oliveira Martins, abre a sessão de lançamento do livro. 3 de Maio de 2011 O filme é político, de forma mais estrita, ao fazer reflectir sobre o uso da religião para efeitos políticos. Quem, como eu, já teve a experiência de, numa aldeia do norte deste país, estar cercado numa escola, onde tinha ido para assistir a uma sessão de esclarecimento de um partido político de esquerda, partido esse que nem sequer era o meu, tendo de ser daí "resgatado", sente aquela fúria "religiosa" da populaça de uma maneira muito especial. O filme, como filme, não é brilhante. Mas vale a pena. É um filme útil para fazer pensar. O que, hoje em dia, faz muita falta. Leitura recomendada: Clelia Martínez Maza, Hipatia, Madrid, La Esfera de los Libros, 2009 Recomende isto no Google 1 COMMENT Kudy Banza ✪ 17 Maio, 2013 Vídeo de borrachaverde. Aaaod cbd e no meu ponto de vista doque esta esplanado sobre o resumo do filme ndiria que algumas ideas introduzidas nelas form exageradas,outras sao aquilo que temos visto nas culturas ocidentas islamicas.na minha opiniao nao afirmaria o mesmo pos nao se sabe exactamente o contexto e a realidade.mas contudo é mesmo um filme que vem exemplificando mas ou menos aquilo que a historia diz. maquinaespeculativa.blogspot.com.br/2009/12/agora-o-filme-hipacia-de-alexandria.html 2/7
  3. 3. 07/11/13 dzr ie Da Literatura ROBERT GALBRAITH Há 22 minutos A barbearia do senhor Luís Querido Barroso Há 25 minutos Ágora, o filme; Hipácia de Alexandria, a filósofa | Machina Speculatrix Enviar um comentário - LINKS PARA ESTA POSTA Criar uma hiperligação MENSAGEM MAIS RECENTE PÁGINA INICIAL MENSAGEM ANTIGA jugular E ainda vamos ver isto contabilizado no aumento da taxa de exportações Há 43 minutos 365 forte Mariana Trigo Pereira - A grande falácia das pensões mínimas Há 53 minutos Câmara Corporativa A grande falácia das pensões mínimas Há 1 hora Cirandando Centenário de Camus Há 1 hora Divina Comédia O ABSURDO Há 1 hora A Nossa Candeia Da Degradação Política à Qualidade de Vida... Há 3 horas Ladrões de Bicicletas «Aquilo que aconteceu tinha mesmo que acontecer, era sabido» Há 9 horas Macroscopio O "emplastro" em Bruxelas...e o mito do bom aluno Há 10 horas ABSORTO 60 CITAÇÕES DE ALBERT CAMUS - CENTENÁRIO Há 12 horas ana vidigal Nineirinho | (i love you girls) | estou no ir Há 12 horas O Germe Em teoria, devias ter acesso a tudo o que se pública no mundo inteiro Há 12 horas ematejoca azul É no Porto não é em Lisboa! Há 13 horas Bolas e Letras Menos ruído, mais, muito mais poesia Há 15 horas Terra dos Espantos "A cereja no topo do bolo" Há 17 horas Persona Sem título Há 17 horas NUBISA "Mistério dos Golfinhos Fofinhos" - Ciclo de Conferências 2013 Há 20 horas maquinaespeculativa.blogspot.com.br/2009/12/agora-o-filme-hipacia-de-alexandria.html 3/7
  4. 4. 07/11/13 Ágora, o filme; Hipácia de Alexandria, a filósofa | Machina Speculatrix viveraciencia.wordpress.com/ Reino Animal Há 23 horas Defender o Quadrado Chez nous Há 1 dia Avenida da Liberdade Em tempos de discussão sobre a reforma do estado Há 1 dia Esquerda Republicana Somos ricos, financiemos as máfias do ensino privado secundário Há 2 dias Páginas de Filosofia A importância dos filósofos présocráticos Há 2 dias Luís Quintais Lançamento de Depois da música Há 2 dias Mario.Ruivo Blog O que verdadeiramente nos mata Há 2 dias Mostrar todos Flsfa iooi Filosofia no Ensino Secundário Clorofila e resultados dos testes de filosofia Há 13 horas viveraciencia.wordpress.com/ Reino Animal Há 23 horas CyberCultura e Democracia Online Dossier Filosofia Médica (5) Há 1 dia Blog Investigação Φ Filosófica INFERENTIALISM IN EPISTEMOLOGY AND PHILOSOPHY OF SCIENCE Há 2 dias Dúvida Metódica Coimbra cantada por Zeca Afonso Há 2 dias Mostrar todos Crod us e Flsfad iooi a Cêca ini REPRESENTAÇÃO, REALISMO E LEIS CIENTÍFICAS: RUMO A UMA maquinaespeculativa.blogspot.com.br/2009/12/agora-o-filme-hipacia-de-alexandria.html 4/7
  5. 5. 07/11/13 Ágora, o filme; Hipácia de Alexandria, a filósofa | Machina Speculatrix METAFÍSICA DA NATUREZA Por Michel Ghins, físico e filósofo, Professor de Filosofia das Ciências na Universidade Católica de Louvain Curso em Agosto 2011 na Universidade Federal do Paraná Parte I - O que é uma teoria científica 1. Abstracção e atitude objectivante 2. Modelização e adequação empírica 3. Modelização e adequação empírica (II) 4. Requisitos de cientificidade 5. Concepção sintética das teorias 6. Explicação e mecanismo causal 7. Conclusão Parte II - A interpretação realista das teorias científicas 1. A objecção da perda da realidade 2. A objecção da perda da realidade(II) 3. Subdeterminação das teorias pelos dados 4. Paralelismo com a experiência ordinária 5. Retorno à explicação Parte III - Existem leis científicas? 1. Concepção regularista das leis 2. Concepção regularista das leis(II) 3. Concepção regularista das leis(III) 4. Concepção necessitarista das leis 5. Realismo científico Parte IV - Metafísica da Ciência 1. Propriedades disposicionais 2. Propriedades categóricas 3. Explicação categorial 4. Realismo categórico 5. Fundamento metafísico das leis: poderes causais 6. Conclusão: boa metafísica ou metafísica ruim? Follow this blog maquinaespeculativa.blogspot.com.br/2009/12/agora-o-filme-hipacia-de-alexandria.html 5/7
  6. 6. 07/11/13 Ágora, o filme; Hipácia de Alexandria, a filósofa | Machina Speculatrix Sgioe eudrs Aderir a este site. com o Google Rede Social Membros (164) Mais » Já é membro? Iniciar sessão Mcia ahn Seuarx pclti ____________________________________________ «O atraso de Portugal é grande. A economia é deficitária. Mesmo que se eliminassem todos os lucros da grande burguesia e se procedesse a uma melhor distribuição da riqueza, o produto nacional não asseguraria, ao nível actual, a acumulação necessária para um desenvolvimento rápido e uma vida desafogada para todos os portugueses. Para o melhoramento das condições de vida gerais será necessário aumentar a produção em ritmo acelerado. E isso obrigará não só a investir como a trabalhar mais e melhor.» Álvaro Cunhal, discurso ao VII Congresso do PCP, Outubro de 1974 ____________________________________________ Search Porfirio Silva TWITTER Ver o meu perfil completo FACEBOOK RSS FEED ARQUIVO Arquivo maquinaespeculativa.blogspot.com.br/2009/12/agora-o-filme-hipacia-de-alexandria.html 6/7
  7. 7. 07/11/13 Ágora, o filme; Hipácia de Alexandria, a filósofa | Machina Speculatrix 2011 MACHINA SPECULATRIX | BLOGGER TEMPLATES FOR TEXAS SATURDAY JOBS maquinaespeculativa.blogspot.com.br/2009/12/agora-o-filme-hipacia-de-alexandria.html SPONSORS: FLORIDA EVENT PLANNING JOBS, PARAPLEGIC SINGLES, VEGAN FORUMS 7/7

×