Programa Brasileiro de
Avaliação do Ciclo de Vida
Recursos
Manufatura
Distribuição
Descarte
Uso
Objetivo principal é aplicar a metodologia
Universidades e
Institutos de Pesquisa
o que
tem sido
pesqui
sado?
por
quem?
Ministérios
Institutos
Redes Leis
PBACV
• Implantar no País um sistema reconhecido em âmbito
internacional, capaz de organizar, armazenar e disseminar
infor...
Presidência
Secretaria
executiva
CT – Difusão e
Implementação
de ACV
CT – Formação
e Capacitação
em ACV
CT – Avaliação
de ...
Comitê Gestor do PBACV
• Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI);
• Ministério do Meio Ambiente (MMA);
• Ministério das ...
Comitê Gestor do PBACV
• Confederação Nacional da Indústria (CNI);
• Confederação Nacional da Agricultura (CNA);
• Serviço...
Como minha empresa pode participar?
• Há espaço para convidados nas reuniões do programa;
• Inserção de inventários;
• Mot...
Discussão.
Fiemg
Fiemg
Fiemg
Fiemg
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fiemg

251 visualizações

Publicada em

Apresentação FIEMG

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
251
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fiemg

  1. 1. Programa Brasileiro de Avaliação do Ciclo de Vida
  2. 2. Recursos Manufatura Distribuição Descarte Uso Objetivo principal é aplicar a metodologia
  3. 3. Universidades e Institutos de Pesquisa
  4. 4. o que tem sido pesqui sado?
  5. 5. por quem?
  6. 6. Ministérios Institutos Redes Leis
  7. 7. PBACV • Implantar no País um sistema reconhecido em âmbito internacional, capaz de organizar, armazenar e disseminar informações padronizadas sobre ICVs da produção industrial brasileira. • Disponibilizar e disseminar a metodologia de elaboração de inventários brasileiros • Elaborar os inventários base da indústria • Apoiar o desenvolvimento de massa critica em ACV • Disseminar e apoiar mecanismos de disseminação de informações sobre o pensamento do ciclo de vida • Intervir e influenciar nos trabalhos de normalização internacional e nacional afetos ao tema • Identificar as principais categorias de impactos ambientais para o Brasil
  8. 8. Presidência Secretaria executiva CT – Difusão e Implementação de ACV CT – Formação e Capacitação em ACV CT – Avaliação de Impactos do Ciclo de Vida CT – Inventários do ciclo de vida Sociedade Civil
  9. 9. Comitê Gestor do PBACV • Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI); • Ministério do Meio Ambiente (MMA); • Ministério das Relações Exteriores (MRE); • Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC); • Ministério de Minas e Energia (MME); • Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA); • Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro); • Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT); • Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA); • Agência Nacional de Águas (ANA) • Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL); • Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP);
  10. 10. Comitê Gestor do PBACV • Confederação Nacional da Indústria (CNI); • Confederação Nacional da Agricultura (CNA); • Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) • Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT); • Associação Brasileira do Ciclo de Vida (ABCV); • Comitês Assessores do Conmetro, com interesse no tema; • núcleos setoriais, em número de 4 (quatro); • associação industrial com destacados trabalhos no tema; • dois representantes da Academia, especialistas em ACV; • dois representantes de Institutos de Pesquisa, especialistas em ACV; • CONVIDADOS.
  11. 11. Como minha empresa pode participar? • Há espaço para convidados nas reuniões do programa; • Inserção de inventários; • Motivação da cadeia de fornecedores; • Parcerias em atividades específicas; • Patrocínio de eventos; Vantagens! • Treinamentos; • Utilização de inventários brasileiros; • Participação no processo de tomada de decisões e criação de políticas públicas; • Contribuição para a melhoria dos processos, gerando economia financeira e ambiental.
  12. 12. Discussão.

×