Apres 3 t10 port

404 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
404
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
83
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apres 3 t10 port

  1. 1. ResultadosResultados 3T103T10 1010 dede outubrooutubro de 2010de 2010
  2. 2. AGENDAAGENDA DESTAQUESDESTAQUES RESULTADOSRESULTADOSRESULTADOSRESULTADOS PERSPECTIVASPERSPECTIVAS 2 Providência USA
  3. 3. DESTAQUES Estabilidade nos preços de mercado de nossa principal matéria prima, o polipropileno, o que contribuiu para melhoria de nossas margens ao longo deste trimestre. Contratação de financiamento à Exportação junto ao BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, por meio do Programa BNDES-Exim Pré- Embarque, no montante de R$ 150 milhões, com taxa de juros pré-fixada de 7,0% ao ano e prazo de pagamento de 18 meses. Os recursos provenientes deste financiamento serãoe prazo de pagamento de 18 meses. Os recursos provenientes deste financiamento serão utilizados pela Companhia nas operações de exportação e foram disponibilizados no mês de outubro; Distribuição de dividendos antecipados referente a 100% sobre o lucro líquido ajustado do período findo em 30 de junho de 2010, no montante de R$ 11,1 milhões, correspondente a R$ 0,13884220 por ação ordinária, pagos através do Banco Bradesco S.A com ex-dividendo em 19/11/2010 e pagamento em 26/11/2010, sem retenção de imposto de renda na fonte e sem incidência de correção monetária ou juros; 3
  4. 4. DESTAQUESDESTAQUES RESULTADOSRESULTADOS AGENDAAGENDA RESULTADOSRESULTADOS PERSPECTIVASPERSPECTIVAS 4
  5. 5. VOLUME DEVOLUME DE VENDASVENDAS ((emem milharesmilhares dede toneladastoneladas)) Crescimento de 2,4% no volume de nãotecidos quando comparado com o 3T09 e redução de 3,2% em relação ao 2T10; 18,7 18,1 1,4 1,3 1,6 19,1 20,0 19,7 5 Continuamos operando a plena capacidade, aproximadamente 20 mil toneladas por trimestre. 17,7 18,7 18,1 3T09 2T10 3T10 Nãotecidos Outros
  6. 6. RECEITA LÍQUIDARECEITA LÍQUIDA NÃOTECIDOSNÃOTECIDOS (em milhões de Reais)(em milhões de Reais) Na comparação com o 3T09, registramos um aumento de R$ 13,4 milhões, equivalente a 13,3%. Os principais fatores para o aumento na receita líquida foram o volume de vendas, realinhamento de preços evendas, realinhamento de preços e efeito câmbio; Em relação ao 2T10, mostramos estabilidade, mesmo em relação a oscilação do câmbio durante este período. 6 100,7 114,8 114,1 3T09 2T10 3T10
  7. 7. A redução em termos absolutos de 5,6% na comparação com o 2T10 se deve, principalmente, a um recuo no preço do polipropileno neste último trimestre; CPV (Custo dos Produtos Vendidos)CPV (Custo dos Produtos Vendidos) NÃOTECIDOSNÃOTECIDOS 67,1 76,4 72,1 Ao longo do 3T10 tivemos estabilidade no preço do polipropileno; 7 R$ 3,51 R$ 3,82 R$ 3,66 3T09 2T10 3T10 CPV(R$ mil) CPVunitário (R$/Kilo) Nota: O CPV referente ao 3T09, foi ajustado para fins de comparabilidade. Durante o 3T09, foi realizado o ajuste da depreciação acumulada até o mês de setembro de 2009 (CPC 13), o qual foi contabilizado integralmente por revisão da vida útil dos bens do ativo imobilizado. Desta forma, o valor do CPV seria R$ 56,0 milhões.
  8. 8. EBITDA (R$EBITDA (R$ milhõesmilhões)) ee MARGEMMARGEM EBITDA (%)EBITDA (%) O Ebitda fechou o 3T10 , com um acréscimo de 21,1% ou R$ 5,2 milhões em relação ao 2T10 e 15,6% em relação ao mesmo período do ano anterior; 26,1 24,9 30,1 25,1% 21,4% 25,8% 30,0% 40,0% 50,0% A Margem Ebtida, atingiu 25,8% neste trimestre, representando um incremento de 4,4 p.p na comparação com o 2T10 e 0,8 p.p. com o 3T09. 8 21,4% 10,0% 20,0% 3T09 2T10 3T10 Ebitda Margem Ebitda(%)
  9. 9. LUCRO LÍQUIDO (LUCRO LÍQUIDO (R$R$ milhõesmilhões)) E MARGEM LÍQUIDAE MARGEM LÍQUIDA (%)(%) Neste trimestre, o lucro líquido atingiu um crescimento de 98,3% em comparação com o 2T10 e 33,1% em 10,7 7,2 14,2 9,0 14,0 9 relação ao 3T09. Estes resultados estão ligados a recomposição de margens e menor despesa financeira. 7,2 10,3% 6,2% 12,2% (1,0) 4,0 3T09 2T10 3T10 Lucro Líquido Margem Líquida (%) Nota: O Lucro Líquido referente ao 3T09, foi ajustado para fins de comparabilidade. Durante o 3T09, foi realizado o ajuste da depreciação acumulada até o mês de setembro de 2009 (CPC13), o qual foi contabilizado integralmente por revisão da vida útil dos bens do ativo imobilizado. Desta forma, o valor do Lucro Líquido seria R$ 18,0 milhões.
  10. 10. CAIXA E APLICAÇÕES FINANCEIRAS (em milhões de Reais) O Caixa da Companhia reduziu 14,4% ou R$ 39,1 milhões, na comparação com o 3T09, principalmente em função de pagamento de dividendos, juros e principal da dívida; Quando comparado com o 2T10, o caixa aumentou 3,2%, equivalente a R$ 7,2 milhões, com destaque a geração de caixa operacional. 10 272,0 225,8 233,0 3T09 2T10 3T10
  11. 11. A Dívida Líquida da Companhia teve um incremento de R$ 38,0 milhões na comparação com o 2T10, tendo como destaque a captação de recursos para DÍVIDA LÍQUIDA (em milhões de Reais) 192,5 230,5 financiamento da nova linha de produção nos EUA; 62% do endividamento é baseado em moeda local e 38% em moeda estrangeira. 11 161,2 192,5 3T09 2T10 3T10
  12. 12. ENDIVIDAMENTO/ENDIVIDAMENTO/ CAIXACAIXA Dívida Líquida ConsolidadaDívida Líquida Consolidada R$ (MM) 30/09/2009 30/09/2010 Var 3T10 / 3T09 Dívida Total Financiamento Curto Prazo 60,8 145,3 139,1% Financiamento Longo Prazo 372,5 318,1 -14,6% 12 Total 433,2 463,4 7,0% Caixa 272,0 233,0 -14,4% Dívida Líquida 161,2 230,5 43,0% Dívida Líquida / Ebitda Ajustado 1,4 2,5 78,6% Patrimônio Líquido 508,0 521,0 2,6%
  13. 13. DESTAQUESDESTAQUES RESULTADOSRESULTADOS AGENDAAGENDA RESULTADOSRESULTADOS PERSPECTIVASPERSPECTIVAS 13
  14. 14. Forte expectativa no 4º trimestre de 2010 de manutenção da plena capacidade de produção, corroborada pelos pedidos de vendas já existentes; Expectativa de estabilidade nos preços de nossa principal matéria prima, o polipropileno, o que deve contribuir para manutenção de margens no próximo trimestre; PERSPECTIVASPERSPECTIVAS trimestre; O principal projeto de investimento da Companhia neste ano, a planta nos Estados Unidos, está sendo desenvolvido dentro do cronograma previsto, tanto do ponto de vista operacional quanto financeiro. A montagem esta em pleno andamento e a comercialização deverá ocorrer ainda no 1T11. 14
  15. 15. CEO: Hermínio V. S. de Freitas CFO: Eduardo Feldmann CostaCFO: Eduardo Feldmann Costa RI : Gizele Rigoni Tel: +55 (41) 3381-8673 Fax: +55 (41) 3283-5909 São José dos Pinhais – PR www.providencia.com.br/ri www.twitter.com/providencia_ri AsAs palavraspalavras “acredita”,“acredita”, “antecipa”,“antecipa”, “espera”,“espera”, “estima”,“estima”, “irá”,“irá”, “planeja”,“planeja”, “pode”,“pode”, “poderá”,“poderá”, “pretende”,“pretende”, “prevê”,“prevê”, “projeta”,“projeta”, entreentre outrasoutras palavraspalavras comcom significadosignificado semelhante,semelhante, têmtêm porpor objetivoobjetivo identificaridentificar estimativasestimativas ee projeçõesprojeções.. EstimativasEstimativas ee projeçõesprojeções futurasfuturas envolvemenvolvem incertezas,incertezas, riscosriscos ee premissas,premissas, poispois incluemincluem informaçõesinformações relativasrelativas aosaos nossosnossos resultadosresultados operacionaisoperacionais futurosfuturos possíveispossíveis ouou presumidos,presumidos, estratégiaestratégia dede negócios,negócios, planosplanos dede financiamento,financiamento, posiçãoposição competitivacompetitiva nono mercado,mercado, ambienteambiente setorial,setorial, oportunidadesoportunidades dede crescimentocrescimento potenciais,potenciais, efeitosefeitos dede regulamentaçãoregulamentação futurafutura ee efeitosefeitos dada competiçãocompetição.. DevidoDevido aosaos riscosriscos ee incertezasincertezas descritosdescritos acima,acima, osos eventoseventos estimadosestimados ee futurosfuturos discutidosdiscutidos nestanesta apresentaçãoapresentação podempodem nãonão ocorrerocorrer ee nãonão sãosão garantiagarantia dede acontecimentoacontecimento futurofuturo.. AA ProvidênciaProvidência nãonão sese obrigaobriga aa atualizaratualizar essaessa apresentaçãoapresentação mediantemediante novasnovas informaçõesinformações e/oue/ou acontecimentosacontecimentos futurosfuturos.. 15

×