Rodrigoleonardo

400 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
400
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rodrigoleonardo

  1. 1. Conquistando novas habilidades motoras Rodrigo Leonardo Matos Alves
  2. 2. O que já vi por aí..• Com o passar dos anos com aulas e treinos, tenho descoberto que as pessoas cada vez mais se “sabotam” fugindo de novas experiências procurando manter uma estabilidade/comodidade que considero preocupante.• Muito disso deve-se à não compreensão dos processos de aprendizagem.
  3. 3. Habilidades motoras• Uma habilidade onde busca-se sucesso e qualidade do movimento que o executante produz.
  4. 4. Habilidade discreta• Início e fim bem definidos, breve duração.
  5. 5. Habilidade seriada• Uma série de habilidades discretas que formam ações mais complexas.
  6. 6. Habilidade contínua• Conjuntos de ações repetitivas ou rítmicas por natureza. Início e fim não definidos.
  7. 7. Habilidade aberta• Ambiente imprevisível, requer adaptação dos próprios movimentos em resposta às propriedades dinâmicas do ambiente.
  8. 8. Habilidade fechada• Ambiente previsível que permite que as pessoas planejem seus movimentos com antecedência.
  9. 9. Aprendizagem motora• Estágio verbal-cognitivo: Erros grosseiros, muita informação, inconsistência, sabe que errou mas não sabe como corrigir.• Estágio motor-associativo: Diminuição de erros, refinamento de habilidade, detectando alguns de seus erros.• Estágio autônomo: Menor envolvimento cognitivo, não direciona atenção ao movimento completo, pode se ater a detalhes.
  10. 10. Com o tempo..• Vamos internalizando valores, normas e comportamentos.• Esses valores em muitas vezes nos ajudam a escolher os melhores caminhos, mas muitas vezes nos levam a evitar experiências novas.• Isso tudo porque temos um cérebro que quer o nosso bem.
  11. 11. Triângulo de Kanizsa
  12. 12. Cérebro preguiçoso?Obrigar o cérebro a mudançasReaprenderArcabouço de experiências
  13. 13. Senso comum que nos coloca contra novas experiências.• “Tempo é dinheiro.”• “Pare com a brincadeira que agora é sério.”• “Dedique-se ao máximo sempre! Não perca o foco.”
  14. 14. O que fazer?• Tentar racionalizar seus medos e veja se não está tentando apenas manter-se como sempre esteve.• Analisar se aquela situação de ameaça pode se tornar uma situação de desafio.
  15. 15. Como desafiar diversas gerações?
  16. 16. ARRISQUE-SE!rodrigoleonardo@gmail.comfacebook.com/rodrigogalegorodrigo-galego.blogspot.com

×