Seminário Protocolos
Telnet
20/07/2014 1
Instituto Federal do Rio Grande do Norte – Câmpus Zona Norte
Licenciatura Plenaem...
• O Telnet é um protocolo, ou seja, um conjunto de
regras e procedimentos que foram definidos a fim
de padronizar a comuni...
• A máquina distante é configurada em servidor e por
conseguinte espera que uma máquina lhe peça um
serviço. Assim, já que...
• Foi desenvolvido em 1969 pelas Forças Armadas
Americanas para transmissão de dados entre bases
militares;
• Disponibiliz...
O Telnet é um conjunto de regras e procedimentos
que foram definidos a fim de estandardizar a
comunicação sob Telnet. Assi...
• O protocolo baseia-se numa conexão TCP;
• A máquina que envia os dados fá-lo-á em pacotes;
• Envia os dados em formato A...
• O Telnet é fornecido em padrão em diversas
plataformas, entre as quais UNIX, Windows95,
WindowsNT e Linux.
• O comando p...
• É possível precisar a porta a utilizar enviando o IP
ou nome de servidor pelo número da porta:
telnet 125.64.124.77 80
2...
20/07/2014 9
Execução do Telnet
Telnet
• Apresentação
• Origem
• Protocolo e
Aplicação
• Execução do
Telnet
• Comandos
Sob...
• Uma vez ligado à máquina distante, um nome de
utilizador e senha ser-lhe-ão solicitados por.
• Os comandos que podem ser...
20/07/2014 11
Comando Descrição
? Ajuda
Close Termina a sessão Telnet
Display
Mostra no ecrã os parâmetros da conexão (tip...
• NVT (Network Virtual Terminal)
• Opções Negociadas
• Regras de Negociação
20/07/2014 12
Conceitos fundamentais
do Telnet...
No início da Internet, a rede (ARPANET) era
composta por máquinas cujas configurações eram
pouco homogéneas (teclados, jog...
Assim, em vez de criar adaptadores para cada
tipo de terminal para poder haver uma
interoperabilidade destes sistemas, dec...
• Caracteres de 7 bits ASCII;
• Três caracteres de controle;
• Cinco caracteres de controle opcionais;
• Um jogo de sinais...
O protocolo Telnet consiste assim em criar uma
abstração do terminal, permitindo a qualquer
hóspede (cliente ou servidor) ...
As opções negociadas permitem que alguns
terminais proponham serviços adicionais que não são
definidos nas especificações ...
Assim, cada extremidade pode negociar as opções,
quer dizer, definir as opções que ela:
• quer utilizar (DO)
• recusa util...
20/07/2014 19
A negociação de opções Telnet
Pedido Resposta Interpretação
DO
WILL O emissor começa utilizando a opção
WONT...
Regras de negociação de opções permitem evitar
situações de bloqueio (por exemplo, que uma das
partes envie pedidos de neg...
Os caracteres seguintes são comandos que
permitem controlar a afixação do terminal rede virtual
20/07/2014 21
Encomendas d...
Os caracteres seguintes são comandos que permitem controlar a
sessão Telnet.
Devem ser precedidos do carácter de escape IA...
• Este protocolo é um protocolo básico no qual se
baseiam outros protocolos da sequência TCP/IP
• As especificações do Tel...
• A transmissão de dados através de Telnet consiste
unicamente em transmitir bytes no fluxo TCP;
• Por default, o Telnet p...
Referências
20/07/2014 25
Instituto Federal do Rio Grande do Norte – Câmpus Zona Norte
Licenciatura Plenaem Informática
Re...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Telnet

1.042 visualizações

Publicada em

Telnet é um protocolo de rede utilizado na Internet ou redes locais para proporcionar uma facilidade de comunicação baseada em texto interativo bidirecional usando uma conexão de terminal virtual.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.042
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Telnet

  1. 1. Seminário Protocolos Telnet 20/07/2014 1 Instituto Federal do Rio Grande do Norte – Câmpus Zona Norte Licenciatura Plenaem Informática Redesde Computadores Docente: Francisco Júnior Discente: Odair Soares
  2. 2. • O Telnet é um protocolo, ou seja, um conjunto de regras e procedimentos que foram definidos a fim de padronizar a comunicação sob o mesmo. • Na maioria dos casos, é utilizado na Internet e em redes locais para estabelecer comunicação com hosts remotos; • Ou seja, permite emular um terminal à distância. Isto significa que permite executar comandos escritos no teclado sobre uma máquina distante. • É um protocolo antigo, existe há aproximadamente uns 50 anos. Ou seja, surgiu juntamente com os primórdios da Internet. Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet20/07/2014 2 Apresentação do Telnet
  3. 3. • A máquina distante é configurada em servidor e por conseguinte espera que uma máquina lhe peça um serviço. Assim, já que a máquina distante envia os dados a afixar, o utilizador tem a impressão de trabalhar diretamente sobre a máquina distante. • Está disponível em muitos sistemas operacionais e equipamentos de rede, como switches e roteadores, por exemplo, onde é utilizado para a configuração dos mesmos. 20/07/2014 3 Apresentação do Telnet Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  4. 4. • Foi desenvolvido em 1969 pelas Forças Armadas Americanas para transmissão de dados entre bases militares; • Disponibilizado ao público em 1977, tendo sido os radioamadores os primeiros a aproveitá-lo; • Utiliza software específico que codifica os dados para transmissão; • permiti utilizar centenas de portas definidas por nós; • Utiliza a arquitetura cliente-servidor; 20/07/2014 4 Origem Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  5. 5. O Telnet é um conjunto de regras e procedimentos que foram definidos a fim de estandardizar a comunicação sob Telnet. Assim, o Telnet foi aplicado rapidamente (adaptado a partir das especificações do protocolo) sob numerosas plataformas. 20/07/2014 5 O protocolo e sua aplicação Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  6. 6. • O protocolo baseia-se numa conexão TCP; • A máquina que envia os dados fá-lo-á em pacotes; • Envia os dados em formato ASCII codificado em 8 bits; • Fornece assim um sistema orientado para a comunicação, bidirecional (half-duplex*); *Este termo é usado em relação a placas de rede e outros dispositivos de comunicação. Operando neste modo, o dispositivo pode transmitir e receber dados, mas uma coisa de cada vez. É o oposto do modo full- duplex, onde existem dois canais de comunicação separados e o dispositivo pode enviar e receber simultaneamente. 20/07/2014 6 O protocolo e sua aplicação Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  7. 7. • O Telnet é fornecido em padrão em diversas plataformas, entre as quais UNIX, Windows95, WindowsNT e Linux. • O comando para iniciar uma sessão Telnet é geralmente o seguinte: telnet nom_du_server ou telnet 125.64.124.77 20/07/2014 7 Execução do Telnet Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  8. 8. • É possível precisar a porta a utilizar enviando o IP ou nome de servidor pelo número da porta: telnet 125.64.124.77 80 20/07/2014 8 Execução do Telnet Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  9. 9. 20/07/2014 9 Execução do Telnet Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  10. 10. • Uma vez ligado à máquina distante, um nome de utilizador e senha ser-lhe-ão solicitados por. • Os comandos que podem ser executados sob uma sessão Telnet são definidos pelo administrador da rede. Trata-se geralmente de comandos UNIX já que a maior parte dos servidores Telnet funciona sob está plataforma. • Os comandos standard são os seguintes: 20/07/2014 10 Comandos sob o Telnet Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  11. 11. 20/07/2014 11 Comando Descrição ? Ajuda Close Termina a sessão Telnet Display Mostra no ecrã os parâmetros da conexão (tipo de terminal, porta) Environ Permite definir as variáveis de ambiente do sistema de exploração Logout Permite desligar-se Mode Passa entre os modos de transferência ASCII e BINARY Open Permite lançar outra conexão a partir da conexão corrente Quit Sai da aplicação Telnet Set Altera os parâmetros IP da conexão unset Carrega os parâmetros de conexão por default Comandos sob o Telnet Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  12. 12. • NVT (Network Virtual Terminal) • Opções Negociadas • Regras de Negociação 20/07/2014 12 Conceitos fundamentais do Telnet Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  13. 13. No início da Internet, a rede (ARPANET) era composta por máquinas cujas configurações eram pouco homogéneas (teclados, jogos de caracteres, resoluções, comprimento das linhas de afixação). Por outro lado, as sessões dos terminais possuíam igualmente a sua própria maneira de controlar os fluxos de dados em entrada/saída. 20/07/2014 13 NVT – Terminal Virtual Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  14. 14. Assim, em vez de criar adaptadores para cada tipo de terminal para poder haver uma interoperabilidade destes sistemas, decidiu-se a criação de um interface standard, chamado NVT (Network Virtual Terminal, leia-se "Terminal rede virtual"), fornecendo uma base de comunicação standard, composta por: 20/07/2014 14 NVT – Terminal Virtual Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  15. 15. • Caracteres de 7 bits ASCII; • Três caracteres de controle; • Cinco caracteres de controle opcionais; • Um jogo de sinais de controle básico; 20/07/2014 15 NVT – Terminal Virtual Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  16. 16. O protocolo Telnet consiste assim em criar uma abstração do terminal, permitindo a qualquer hóspede (cliente ou servidor) comunicar com outro hóspede sem conhecer as suas características. 20/07/2014 16 NVT – Terminal Virtual Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  17. 17. As opções negociadas permitem que alguns terminais proponham serviços adicionais que não são definidos nas especificações básicas. Esses serviços adicionais permitem a utilização de funções avançadas em forma de opções, fazendo iniciar os pedidos para solicitar a autorização ao sistema distante a ativação desse serviço ou não. 20/07/2014 17 O princípio das opções Negociadas Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  18. 18. Assim, cada extremidade pode negociar as opções, quer dizer, definir as opções que ela: • quer utilizar (DO) • recusa utilizar (DON' T) • quer que a outra extremidade utilize (WILL) • recusa que a outra extremidade utilize (WON' T) 20/07/2014 18 O princípio das opções Negociadas Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  19. 19. 20/07/2014 19 A negociação de opções Telnet Pedido Resposta Interpretação DO WILL O emissor começa utilizando a opção WONT O emissor não deve utilizar a opção WILL DO O emissor começa utilizando a opção, após ter enviado DO DON’T O emissor não deve utilizar a opção DON’T WON’T O emissor assinala que desativou a opção WONT DON’T O emissor assinala que o emissor deve desativar a opção Desta maneira, cada uma das partes pode emitir um pedido de utilização de uma opção. A outra parte deve então responder se aceita ou não a utilização da opção. Se o pedido se refere a uma desativação de opção, o destinatário do pedido não deve recusar para ser totalmente compatível com o modelo NVT. O princípio das opções Negociadas Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  20. 20. Regras de negociação de opções permitem evitar situações de bloqueio (por exemplo, que uma das partes envie pedidos de negociação de opções a cada confirmação da outra parte). • Os pedidos devem ser emitidos apenas aquando de uma mudança de modo • Quando uma das partes recebe um pedido de mudança de modo, deve adotá-lo apenas se não se encontrar já no modo adequado • Um pedido deve ser inserido no fluxo de dados apenas no lugar onde tem efeito. 20/07/2014 20 As regras de negociação Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  21. 21. Os caracteres seguintes são comandos que permitem controlar a afixação do terminal rede virtual 20/07/2014 21 Encomendas de controle de afixação Número Código Nome Significado 0 NULL Null Este comando permite enviar dados ao hóspede distante sem que estes sejam interpretados (nomeadamente para assinalar que o hóspede local ainda está em linha) 1 LF Line Feed Este comando permite deslocar o cursor de impressão para a linha seguinte, na mesma posição horizontal 2 CR Carriage Return Este comando (Retour Chariot) permite deslocar o cursor de impressão para extrema esquerda da linha corrente Os caracteres de controle de saída Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  22. 22. Os caracteres seguintes são comandos que permitem controlar a sessão Telnet. Devem ser precedidos do carácter de escape IAC (Interpret As Command). 20/07/2014 22 Os caracteres de controle de sessão Número Código Nome Significado 240 SE Fim de negociação de sessão 241 NOP No Operation Este comando permite enviar dados ao hóspede distante sem que estes sejam interpretados 242 DM Data Mark Permite esvaziar o conjunto dos tampões entre o terminal rede virtual e o hóspede distante 243 BRK Break Carácter Break do terminal virtual 244 IP Interrupt Process Este comando permite suspender interromper ou abandonar o processo distante Os caracteres de controle de sessão Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  23. 23. • Este protocolo é um protocolo básico no qual se baseiam outros protocolos da sequência TCP/IP • As especificações do Telnet não mencionam autenticação porque o mesmo está totalmente separado das aplicações que o utilizam. • É um protocolo de transferência de dados não seguro, o que quer dizer que os dados circulam às claras na rede (de maneira não codificada); • É normalmente atribuído à porta 23. *As especificações básicas do protocolo Telnet estão disponíveis no RFC 854 enquanto as numerosas opções são descritas nos RFC 855 a RFC 861 20/07/2014 23 Especificações do Telnet * Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  24. 24. • A transmissão de dados através de Telnet consiste unicamente em transmitir bytes no fluxo TCP; • Por default, o Telnet precisa que os dados sejam agrupados num “tampão” antes de serem enviados. Isto significa que os dados são enviados linha por linha; • Quando o byte 255 é transmitido, o próximo deve ser interpretado como um comando. Por isso, byte 255 é chamado de IAC - Interpret As command (interpretar como um comando) 20/07/2014 24 Especificações do Telnet * Telnet • Apresentação • Origem • Protocolo e Aplicação • Execução do Telnet • Comandos Sob o Telnet • Conceitos fundamentais do Telnet • NVT • Opções negociadas • Regras de negociação • Caracteres de controle de saída • Caractere de controle de sessão • Especificações do Telnet
  25. 25. Referências 20/07/2014 25 Instituto Federal do Rio Grande do Norte – Câmpus Zona Norte Licenciatura Plenaem Informática Redesde Computadores Título: Telnet, Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Telnet>, Acessado em: 16/02/2013 Título: Introdução ao protocolo Telnet, Disponível em: <http://pt.kioskea.net/contents/internet/telnet.php3> Acessado em: 15/02/2013 Título: O protocolo Telnet, Disponível em: <http://support.microsoft.com/kb/231866/pt- br>, Acessado em: 13/02/2013

×