Informativo 7ª cre abril

1.823 visualizações

Publicada em

Veja nossas as atividades desenvolvidas nas páginas 6 e 7.

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.823
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Informativo 7ª cre abril

  1. 1. J O R N A LINFOR A b r i l 2 0 1 2 - E d i ç ã o 7 7 - A n o X Abril é mês de PÁSCOA Alunos premiados no Simulado É tempo de meditar, de buscar, Zuuum@Educopédia de agradecer, de plantar a paz. Tempo de oração! No dia 30/03, no Clube Tempo de abrir os braços, de abrir as mãos Monte Líbano, aconteceu a e de ser mais irmão. cerimônia de entrega dos Tempo de recomeçar! prêmios do Desafio Tempo de concessão, de compromisso, de salvação. Rioeduca Simulado Tempo de perdão. Zuuum@Educopédia e Tempo de libertar, de libertação, também do Mérito Escolar. de passagem, de passar... No Zuuum foram Para onde? contemplados 51 alunos, Para a luz, para o amor, para a vida que é eterna! do 5º ano, e 56 alunos, do É Tempo de recomeçar! 9º ano, em todas as CREs. Vejam os contemplados da 7ª CRE:Go r d ead o rb- I gin e z in M o nee i r ot a n tesCo na a ta t D a E. M. Francis Hime - 5º Ano - CRISTINA DA SILVA GONÇALVESe.mail: ignezitadantas@rioeduca.net - tel.: 3325-9470 9º Ano - MATEUS MARTINHO DE OLIVEIRA 9º Ano - BRUNA SOARES LADISLAU Resultado da Prova Rio 2011 na 7ª CRE E. M. Virgilio Várzea - 5º Ano - GILSON CARDOSO DE SOUZAMATEMÁTICA E. M. Juliano Moreira -3º ano: BURLE MARX, DIDIA MACHADO FORTES, MANO 9º Ano - RAFAELLA GONÇALVES CARNEIRODÉCIO DA VIOLA, MADRE TEREZA DE CALCUTÁ e E. M. Silveira Sampaio -FRANCIS HIME; 9º Ano - JOÃO HENRIQUE DA SILVA AGUIAR4º ano: PABLO NERUDA, BURLE MARX, DIDIA MACHADO E. M. Pedro Américo -FORTES e N. SRA. DO LORETO; 5º Ano - VITOR GOMES DE FARIA7º ano: BURLE MARX, FRANCIS HIME, RODRIGUES E. M. Vitor Meireles -ALVES, ZULEIKA N. DE ALENCAR, LINDOLPHO COLLOR, 5º Ano - CATARINE XAVIER MOREIRAPIO X e DOM PEDRO I; E. M. Profª Felicidade de Moura Castro -8º ano: BURLE MARX, FRANCIS HIME, ZULEIKA N. DE 9º Ano - UBIRAJARA GONZAGA DOS SANTOS JR.ALENCAR e DOM PEDRO I. E. M. Pio X - 9º Ano - HENRIQUE LOPES DE PAULAPORTUGUÊS 9º Ano - VIVIAN VECCHI RUIZ T. DOS SANTOS3º ano: MADRE TEREZA DE CALCUTÁ, BURLE MARX, E. M. José Enrique Rodó -DÍDIA M. FORTES, N. SRA. DO LORETO, MANO DÉCIO DA 5º Ano - MATHEUS FELLIPE FERREIRA FRANÇAVIOLA e FRANCIS HIME; E. M. Cândido Campos -4º ano: PABLO NERUDA, N. SRA. DO LORETO, DIDIA 9º Ano - DOUGLAS MARTINS MENDES BRAGAMACHADO FORTES, FRANCIS HIME, JULIO VERNE e 9º Ano - MARCOS VINICIUS ARAUJO ALEIXOBURLE MARX; E. M. Roberto Burle Marx7º ano: BURLE MARX, LINDOLPHO COLLOR, 9ª Série - PABLO HENRIQUE MONTEIRO DANTASRODRIGUES ALVES, FRANCIS HIME, ZULEIKA N. DE CIEP Pablo NerudaALENCAR, PIO X e DOM PEDRO I; 5ª Série - LUAN CANUTO COLOMBO8º ano: BURLE MARX. E. M. Professor Albert Einstein 9ª Série - HYLANA PEREIRA SILVA 1
  2. 2. I N F O R A T I VE. M. Dom Pedro I No final, bolas caíram sobre os alunos que comemoram ao 9ª Série - RODRIGO DOS SANTOS BARBOSA lado de seus responsáveis, professores e diretores.E. M. Frederico Trotta 9ª Série - LUCAS HENRIQUE DA SILVA AZEVEDO Encontro de Oficineiros do Escola AbertaPelo Mérito Escolar, 21 estudantes receberam o prêmio por O encontro, realizado emterem concluído o Ensino Fundamental em 2011 com notas 04/02, no CIEP Dr. Antonieentre 9 e 10 e conceito MB (muito bom) em todas as M. Torres Filho (2ªCRE, nodisciplinas ao longo do 9° Ano. Todos os alunos ganharam um Borel), teve como objetivoNetbook. Nossa aluna Hylana Pereira, da E. M. Professor a troca de experiências deAlbert Einstein, também recebeu um Ipad por ter se sucesso entre as escolasdestacado nas duas premiações. que integram o Programa O evento contou com a Escola Aberta e o "Mais apresentação da jornalista Educação". Contando com Márcia Prado e do ator a participação de Daniel Del Sarto, com os Diretores, Coordenadores discursos do Subsecretário do programa, oficineiros, de Novas Tecnologias representantes do Nível Educacionais, Rafael Central e da 7ª CRE, foram Parente, e da apresentados vídeos com depoimentos de gestores de várias unidades escolares dos estados brasileiros, destacando a importância do Programa Escola Aberta para a comunidade e para a melhoria do IDEB. A 7ª CRE foi representada pela E. M Victor Hugo, CIEP Carlos Drummond de Andrade e CIEP Dr. Joaquim Pimenta. Os trabalhos expostos demonstraram criatividade, sensibilidade e organização. Agradecemos a todos pela excelência do trabalho desenvolvido. Parabéns!Subsecretária de Ensino, Helena Bomeny, e com o show dohumorista Rodrigo Santana. Na primeira foto, profª Concurso de Ilustrações Rioeduca vai premiar Ignezita Monteiro Dantas e com Ipads! o aluno Mateus, da E. M. Farncis Hime, que subiu ao A SME, através da Subsecretaria de Novas Tecnologias palco com nossa Educacionais e o Portal Rioeduca.net promovem o I coordenadora, Concurso de Ilustrações Rioeduca, nas modalidades aluno, representando os demais educador e ilustrador. O concurso tem como objetivo alunos. E na segunda foto, estimular a produção artística de nossos alunos, educadores da esquerda para direita: da rede e ilustradores diversos (funcionários ou não deHylana, da E. M. Prof. nossas escolas). Para participar, os interessados de qualquerAlbert Einstein, Lucas modalidade deverão enviar um cartaz ilustrativo temáticoRibeiro, da E. M. Frederico sobre um destes projetos: Escola 3.0, Rioeduca, Educopédia,Trotta, e Carolina, da E. M. Educoteca ou Educomundo. Ao final do Concurso, 15 felizesComunidade de Vargem ganhadores serão contemplados com um Ipad! Saiba maisGrande, também no site:premiados. http://www.rioeduca.net/programasAcoes.php?id=46 2
  3. 3. I N F O R A T I V VIROUACONTECEU MANCHETE A C. M. Sempre Vida Josué iniciou o ano com muitas que enfatizou a importância daideias e propostas para os pequeninos. Sem tempo para escovação. A equipe apresentou parachorar, nem para a chupeta, as crianças entraram na creche, as crianças os amiguinhos dos nossoscolocando a mão na massa. A equipe iniciou o projeto: dentes: a escova, o fio e a pasta dental,“Identidade”, passando explicando como eles devem serpela cultura do país, usados para que todos tenham umfestejos e musicalidades: sorriso saudável e lindo. Foi muito“Terra do Samba e das produtivo!lindas canções”, onde ospróprios alunos A C. M. Amigui-confeccionaram seus n h o s d a Vi l a S a p êinstrumentos, perceberam começou o ano com muitaos diferentes tipos de sons, alegria no seu Baile de cantaram e dançaram. O Carnaval. As crianças se Brasil, cruzando fronteiras, divertiram com as foi indicado para o OSCAR marchinhas e dançaram e os alunos curtiram uma muito. Iniciando o projeto: “Semeando Arte, Reinventando o sessão de cinema com o Mundo”, as crianças tiveram contato com as obras do artista desenho animado: “Rio, Romero Britto e confeccionaram máscaras com diferentes uma Cidade mais que materiais e técnicas, sob a influência do pintor. Foi um Maravilhosa”, ficando primeiro contato com o universo das artes visuais, mais encantados com o colorido trabalhadas durante o subprojeto: “Mãos à Obra”, quefascinante e a música animada da buscará desenvolver ahistória da ararinha azul. Na segunda sensibilidade em apreciar,etapa do projeto: “Identidade”, r e f l e t i r, c o n h e c e r,abordaram o ato de “cuidar”, das ampliando a visão dofamílias em relação às crianças. Os mundo, possibilitando oalunos projetaram situações do trabalho com a imaginaçãocotidiano, inclusive, percebendo seu e percepção, tornando ocorpo através do espelho. Foi muito bom período de acolhimentoperceber a curiosidade da criança mais alegre e colorido.descobrindo que faz parte do Mundo! Creche é alegria. “Olha o Carnaval Creche é “FelizCidade”! Oaí, gente!” Na C. M. Tia acolhimento na C. M.Auta, o Carnaval trouxe Margarida Gabinal foi umbrincadeiras divertidas e momento de muitosmuita alegria! Durante o encontros: das criançasbaile dançaram e com os colegas edesfilaram fantasias ao educadores, dossom das marchinhas educadores com as famílias e a comunidade e de toda atradicionais. creche com projeto: “Rio, de Janeiro a Dezembro”, queJá no dia 15/03, a C. M. Tia Auta recebeu a equipe de pretende partilhar o amor à cidade do Rio de Janeiro, suasdentistas e agentes comunitários de saúde do CMS (Centro belezas, a generosidade, o bom-humor, o jogo-de-cintura, aMédico de Saúde) Santa Maria para uma divertida atividade musicalidade, tudo, enfim, que a “carioquice” tem de bom e de 3
  4. 4. I N F O R A T I V VIROUACONTECEU MANCHETE melhor. Começando a 2012 começou como a música do momento: “Nossa... conhecer a cultura do Rio delícia!...”. com curiosidade e gostinho de quero mais, a criançada No início do mês de março, as turmas do Maternal da recebeu o subprojeto: C. M. Sempre Vida Nise da Silveira tiveram a oportunidade “Gentileza gera gentileza” de vivenciar uma experiência enriquecedora. Partindo da de braços abertos, assim creche em direção ao CIEP Luiz Carlos Prestes, observaram como nossa cidade e seu a comunidade: casas, ruas, pessoas, automóveis, animais,povo, sob os pés do Cristo Redentor. todo o entorno. AoComemorando o Carnaval, c h e g a r e m n o C I E P,a festa mais carioca de visitaram a exposiçãotodas, ensaiaram a bateria sobre o Corpo Humano,para o desfile do bloco oferecida pela FIOCRUZ,“Fala Margarida”. participando de atividadesAqueceram os repiques e onde puderam explorartamborins, cantando alguns órgãos do nossomarchinhas carnavalescas, explorando ritmos, criando corpo e tomarinstrumentos de percussão e tocando diferentes conhecimento das suasinstrumentos musicais. O bloco “Coroado de Jacarepaguá” funções. A creche, felizemprestou seus ritmistas para se juntar aos pequenos da com a parceria creche e animar o desfile. A conquistada, agradece à comunidade participou equipe do CIEP Luiz Carlos com toda a animação, Prestes pelo convite e demonstrando como é acolhimento carinhoso. alegre e de bem com a vida o povo carioca e que o O pó do “pirlim plim carnaval é uma verdadeira plim” causou magia à C. M. expressão da cultura Criança do Futuro no mês carioca. de março. Emília,Ao retornarem do desfile, naquele calorão, as crianças se Narizinho, Pedrinho edivertiram com um refrescante banho coletivo de mangueira. companhia levaram oToda a folia foi registrada pelos famosos fotógrafos mirins dacreche, que já começaram a clicar os acontecimentos.Comemoraram ainda oaniversário da cidade aosom da bossa nova e com Grande Circo para osum criativo desfile de “tipos alunos... Tiveram mágico,cariocas”: o surfista e os palhaço e até bailarinabanhistas, o malandro para animar a criançada!carioca, a vizinha faladeira,o sambista, a mulata... A O EDI Dra Zilda Arns começou o ano com piqueturminha também adorou total, no clima de sucesso do projeto 2011: “Histórias que oconhecer os pontos turísticos do Rio através de fotos, corpo conta”: anamnese com os responsáveis das criançaspintando murais e aguardando com ansiedade os passeios novas; acolhimento das crianças e dos responsáveis com apara conhecê-los. apresentação do projeto 2012: “Imagens que contam histórias” e a presença da terapeuta holística Martha Júlia, 4
  5. 5. I N F O R A T I V VIROUACONTECEU MANCHETE que reuniu as 3 gerações, Na semana da vivenciando a shantala e Alimentação yoga; crianças com lindas Saudável, as f a n t a s i a s , crianças fizeram caprichosamente arruma- lindos trabalhos das por sobre a obe- s e u s sidade infantil. respon- Tiveram até asáveis, vivenciando o Carnaval num clima visita de umade pura alegria; o aniversário de 2 aninhos boneca “obesa”,do EDI, quando os alunos participaram indo às salas eliteralmente da produção do bolo e saíram contando sobre a importância da alimentação saudável.a caráter. E a festa continua: aniversário do Aproveitaram para reunir alguns responsáveis com pesoRio, levando o aluno a conhecer quem sou, acima ou abaixo da tabela para orientá-los sobre aonde moro, com quem moro e com quem necessidade deconvivo. garantirmos às criançasEm março, o EDI Dra Zilda Arns, inspirado na música “Águas uma alimentação correta.de março”, desenvolveu lindas atividades, dando Para terminar, fizeram umcontinuidade ao projeto 2012: “Imagens que contam piquenique saudável, ondehistórias”. 31 dias foram poucos: até a turminha do berçárioFoi a vez de “significar a participou.própria imagem”, Quantas imagens legaisconhecendo o corpo, tiveram!respeitando as diferenças Ve r o n o s s o querido Rio de Janeiro e, é claro, cuidando bem da através das diferentes saúde, aproveitando a linguagens pelas quais a parceria do EDI com o PSE criança se expressa é, sem com muitas ações dúvida, uma experiência importantes para todos. fascinante. No dia 01/03, em comemoração aos 447 anos da nossa cidade, as turmas do Maternal I e do Maternal II, do EDI Professora RuthHouve a eleição da Cardoso, assumiram diversas “personalidades” e“Maravilha” do EDI, quando representaram diferentes papéis: ora o “Maracanã”, o “Cristo Redentor”, ora um “sol”, um “turista”. Expressando-se de diferentes maneiras e com inventividade, até mesmo com a ajuda de binóculos e máquina fotográfica, os alunos demonstraram, através do “jogo simbólico”, como toda a comunidade escolar escolheu a “Sala de Leitura”. O espaço também viveu dias Hollywoodianos, com a gravação do vídeo para a propaganda da Prefeitura sobre os EDIs. 5
  6. 6. I N F O R A T I V VIROUACONTECEU MANCHETEcompreendem e se relacionam com o mundo. Através da No aniversário da nossa cidade, os alunos construíram umimaginação e da fantasia, numa forma diferente e lúdica de mural coletivo que retratava os pontos turísticos maisrepresentar os pontos turísticos desta cidade maravilhosa, as visitados. A turma do Maternal I confeccionou o Pão decrianças expressaram todo o amor que sentem pelo Rio. Açúcar, o Maternal II fez um lindo Cristo Redentor e a turma de pré-escola ficou responsável pelo calçadão de O EDI Rodrigo Copacabana. Ao ver o mural pronto, todos vibraram. ParaLopes da Silva realizou, conhecerem melhor cada ponto, assistiram o filme: “Rio”,no dia 16/02, o seu “I Baile quando foi possível perceber o encatamento dos pequenosde Carnaval do Tikinho”, por nossas belezas naturais.dando continuidade ao Já em comemoração peloacolhimento realizado no Dia Internacional dainício do ano letivo. O evento foi prestigiado pelo G.R.E.S. Mulher e em respeito aUnião Parque Curicica, o que foi oportuno para vivenciarem o essa figura tão importanteprojeto 2012: “Em sintonia com a música... O melhor da vida na vida de cada um de nós,vai começar!”, curtindo a explosão de ritmos e sons que essa foi construído outro muralfesta popular representa. As crianças amaram assistir ao coletivo, sendo esseshow dos ritmistas e das passistas mirins. recheado de imagens de diferentes tipos de O mês de março no EDI Jardim do Amanhã foi cheio mulheres, que foramde atividades: pesquisadas pelos alunos que ainda confeccionaram umaReceberam a visita da ONG Alfazendo, que atua na carinhosa lembrança para ser entregue a mulher maiscomunidade, visando conscientizar sobre a importância da especial da vida deles.reciclagem do lixo. Os educadores da ONG realizaram uma O Dia do Circo também nãocontação de história diferente, utilizando um fantoche foi esquecido. Osconfeccionado com caixa de leite, manipulado pelos pequenos se divertiram prapersonagens reais, o palhaço e a boneca, que encantaram a valer ao tentar imitar o quegarotada. Após se faz cada profissionaldivertirem com a contação, circense e ficou na cara,os pequenos brincaram literalmente, que ocom brinquedos de sucata profissional preferido pelafeitos pela ONG em seus maioria é o palhaço,projetos. Para encerrar demonstrado através das caracterizações de lindosesse maravilhoso dia, as palhacinhos. E o trabalho foi além de pintar o chapéu docrianças receberam um palhaço e enfeitar sua gravata... Armaram uma tenda de circodedoche feito com caixa de repleta de papéis coloridos no mural de entrada que dava atéleite. vontade de entrar!Comemorando a Semana da Saúde e com o objetivo de No dia 26, receberam a visita da equipe do Corpo de conscientizar os pequenos Bombeiros que conversou com os responsáveis, mostrando sobre a importância de que combater a Dengue é papel de todos e se cada um uma alimentação saudável dedicar 10 minutos da sua para a promoção da saúde, semana podemos afastar o fizeram uma deliciosa perigo dessa doença. Os degustação de frutas, responsáveis estavam estimulando também a interessados, relataram prevenção da obesidade. experiências vividas, 6
  7. 7. I N F O R A T I V VIROUACONTECEU MANCHETEfizeram perguntas e se comprometeram em colaborar, O acolhimento docolocando em prática as dicas que receberam. O EDI GEC Carlos Lacerda foiagradece aos bombeiros e pais por essa parceria que trás coroado de boas novas. Asganhos para todos. atividades desenvolvidas pelos alunos protagonistas O EDI Ana Carolina Pacheco da Silva gostaria decompartilhar com todos a sua “Escola de Pais”, que transcorreram com muitaaconteceu no sábado, 31/03, com o tema “Alimentação alegria, descontração e,Saudável”. Primeiramente, as gestoras deram boas vindas e sobretudo, harmonia entreinformaram sobre as demais reuniões que acontecerão todos.mensalmente, aos sábados, e as bimestrais, bem como O 7º ano se divertiu com osobre o Programa filme RIO, com a beleza,Projovem. Aproveitando o história e mensagem que atema trabalhado em março obra encerra.com os alunos, fizeram um Já para o 8º ano, foi providencial o filme sobre Susan Boyle.encontro com os Aquela senhora de 47 anos, simplória, não privilegiada pelaresponsáveis voltado para beleza física que, diante de todos, confessou que “nunca forao mesmo assunto, na beijada", uma mulher em quem não depositaram nenhumcerteza de que se o EDI se crédito no concurso de música, alvo de chacota, mas que,propõe a oferecer uma mesmo assim, corajosamente lutou para realizar seu sonhorefeição saudável diária, precisam da parceria dos pais nessa de cantar para uma grande plateia, surpreendendo a todos erotina.Realizaram: dinâmica de grupo com recorte e colagem mostrando com maestria e perfeição seu dom, seduzindo opara a confecção de cartazes: “Na minha família público que, de pé, aplaudiu maravilhado, bem como oscomemos...”; Roda de Conversa com apresentação do Guia jurados que, envergonhados e emocionados, não pouparamde Alimentação do Ministério da Saúde sobre a alimentação elogios após a incrível performance. O vídeo escolhido sobrepara crianças menores de 2 anos; com o DVD do PIC, a cantora escocesa deixou claro para os alunos que o“Comida, diversão e arte”, informaram sobre os preconceito não deve imperar na sociedade, já que todos têmprocedimentos alimentares no EDI (cardápios que podem ser um potencial, e que cada um deve acreditar no seu sonho,lidos semanalmente no mural, manipulação dos gêneros, lutar por ele, e, desta forma, conquistar seu espaço nooferecimento de verduras e legumes que muitas vezes mundo.pensamos que as crianças não comem...); um tour pelo EDI O 9º ano, por sua vez, ficou vidrado na tela durante a exibiçãopara observar as atividades desenvolvidas pelos alunos do vídeo sobre Steve Jobs, mostrando que mesmo diante desobre o tema (confecção de salada de frutas, sucos de frutas, tantas adversidades, a vida pobre, a mãe solteira, a adoção e, salada verde, gráficos...), principalmente, o câncer, o grande ícone da empresa Apple mostrando que as crianças não se deixou abater e seguiu em frente, pois, como ele sentiram novos sabores e mesmo disse, "amava o seu trabalho e, por isso, não que a família deve ser a desistiria nunca de seus objetivos". A figura carismática de principal responsável pelos Steve comoveu a todos com a sensibilidade e sinceridade de seus hábitos alimentares; sua fala. entregaram um folder Talvez alguns dos jovens já conhecessem aqueles vídeos, sobre alimentação entretanto, mantiveram-se em silêncio, profundamentesaudável, confeccionado pela direção; e, por fim, ofereceram tocados pela essência e mensagem que os filmesuma deliciosa salada de frutas aos pais. A manhã foi muito transmitiam. E esta era a real intenção: fazê-los refletir sobretranquila e importante para o estreitamento dos laços com os as questões apresentadas, aprendendo com elas. O desejoresponsáveis da equipe do GEC é que o ano seja fantástico e inesquecível para alunos e professores. 7
  8. 8. I N F O R A T I V VIROUACONTECEU MANCHETE A E. M. Profª Na 1ª reunião (aulaHelena Lopes Abranches inaugural) da E. M.está desenvolvendo o Maestro Lorenzoprojeto: “Retrato do Rio sob Fernandes, a direção dao olhar de nossas crianças” UE recebeu os professorese aproveitou o período de com o habitual carinho e Carna- muita alegria pelo val para recomeço de mais um ano estudar letivo juntos, dando boas vindas a todos! as características desta festa em nossa Ainda em fevereiro, o cidade e cantar a marchinha “Cidade carnaval foi comemorado Maravilhosa”. A escola organizou um baile com grande animação! com confete, adereços feitos pelos alunos, Com desfile de fantasias, fantasias e muita música visando levar muita dança e alegria, divertimento às crianças. alunos, professores e funcionários entraram no No dia 21/03, a E. clima carnavalesco.M. Eng. Álvaro Sodré teveo prazer de receber a Após uma contação decoordenadora pedagógica histórias com os livros "Tequinhoda E. M. Renato Leite, profª e o ensaio da bateria" e "ReiTatiana, que também é bigodeira e sua banheira", osuma das elaboradoras da professores da E. M. ParoquialEducopédia. Tatiana contou que o aparelho de data show foi Nossa Senhora do Loretoum sucesso com os alunos, pois tornou a sua aula mais desenvolveram diversasdinâmica. Ela trabalhou com os cadernos pedagógicos, atividades relacionadas ao tema:vídeos e fotos e sua fala fez lembrar um slogan: "Uma Carnaval. Os alunosimagem vale mais que mil palavras!". confeccionaram máscarasA Semana da Alimentação também foi vivenciada e prepararam aintensamente na escola: a culminância que teveturma 1302, da profª Alba desfile do bloco “Unidos daCardoso, conheceu os Loreto”, gincana, concursodiversos tipos de frutas, de fantasias e baile desuas propriedades, cores e Carnaval.s a b o r e s . To d o s s e A Sala de Leitura da E. M.deliciaram com uma Paroquial Nossa Senhora do Loreto realizou muitasmaravilhosa salada de atividades durante o mêsfrutas e perceberam a de março: contação deimportância de terem uma história do livro: "O meninoalimentação saudável. e o Jacaré" com oficina; doMulher, mãe, professora, esposa, namorada, amiga, irmã, conto: "As serpentes queavó... Quantos papéis podem estar em uma só pessoa! Será roubaram a noite e outrosmágica ou dom natural? A UE não poderia deixar de mitos"; vídeo com o clip dahomenagear as mulheres no Dia Internacional da Mulher. música “Indiozinhos” e dedoches indígenas. 8
  9. 9. I N F O R A T I V VIROUACONTECEU MANCHETE É com muita satisfação que a E. E. M. Profª Maria rua da nossa cidade: a bebida alcóolica e o xixi nas ruas!Therezinha de Carvalho compartilha os seus momentos de Em salas de aula decoradas com máscaras gigantes ealegria e dedicação. E começando o ano: o Carnaval, serpentinas por todo o lado, os alunos assistiram aoscaminho para mais uma ação educativa. Tudo começou com comerciais de 2 marcas de cerveja e fizeram suas críticas.uma atividade que relacionou Artes Visuais e Literatura. Num deles, a atriz e cantora internacional Jennifer Lopez eraIntegrados, os alunos da Educação Especial e da Educação convidada a passar o carnaval no Rio e claro que ela não iaInfantil ouviram uma narração de histórias com a profª Silvia querer ficar numa cidade fedendo a xixi! Castro, da Sala de Leitura, Logo os alunos se manifestaram, afirmando que urinar na rua que contou uma versão de é crime, e lembraram que a bebida alcóolica aumenta a como surgiu o Carnaval e vontade de fazer xixi. Surgiram, então, muitas histórias e como essa grande festa relatos sobre o dia a dia, mencionando também que beber faz chegou ao Brasil. A história as pessoas brigarem e que não se pode beber e dirigir. foi pontuada por Para que ninguém mais urinasse na rua, os alunos criaram marchinhas clássicas que placas e desenhos com mensagens sobre a proibição do xixi. acabaram por se tornarem Entenderam que este ato é um crime, pois as pessoas ficam,o próprio enredo do evento. Histórias para o deleite dos de certa forma, peladas na rua, porque estraga muros,alunos que vibravam e pulavam embalados pela narrativa. canteiros, deixando tudoNo final, um convite: todos os alunos escolheram um fedorento, e porque é faltainstrumento musical e cantaram juntos um “viva” ao de educação e de higiene!Carnaval! Para finalizar, aprenderamCom esse cenário pronto, a música: “Se você querchegou a vez de dar asas à fazer xixi, não faça aqui”, aimaginação com a marchinha maisatividade de artes, liderada consciente do carnavalpela profª Carolina carioca de 2012!Rodrigues que apresentou Tiveram também outras atividades com um pouco de história:aos pequenos um livro com após a leitura do poema Aula de Carnaval, de Ricardofotos do Carnaval e Azevedo, os alunos foram convidados para uma releitura embelíssimas alegorias. Na forma de jogral. Cada grupo foi lendo uma estrofe e a leiturasequência, Carolina, abriu espaço para a criação, foi ficando bem animada. Eles se envolveram com a formadistribuindo máscaras para que os alunos decorassem com que o autor utilizou para falar de novos e velhos, ricos emuita imaginação. Não faltou lápis cera, cola e enfeites pobres, das diferenças, e de como o carnaval pode ser umadiversos. festa para todos.Coroando as atividades, todos participaram de um animado Assistiram ao vídeo produzido pela MultiRio: “Cantos do Rio”,baile de máscaras que propiciou, sobretudo, encantamento onde a cantora Joyce encontra-se com Dona Ivone Lara, emdiante da festa que serviu de mote para o “educar”. E viva o plena quadra da escola de samba Império Serrano, e estaCarnaval! conta como foi ser a primeira mulher a fazer um samba- enredo e levar sua escola ao 1º lugar no desfile. Os alunos O ano começou com muita agitação na E. M. Madre ficaram encantados com o relato. E ainda viram muitas fotosTereza de Calcutá. Alguns dias antes do carnaval, os alunos dos festejos de rua desta data no Brasil, em Olinda,puderam visitar a Sala de Leitura e conhecer um pouco mais Pernambuco, conhecendo os “bonecos de Olinda”. Comsobre a história do Carnaval e os vilões que rondam as ruas muitos sorrisos, alguns disseram que já os conheciam, porem dias de folia, já que este ano vão falar sobre os super- terem visto na televisão, outros acharam a ideia muito legal!heróis e vilões que estão presentes nas nossas vidas. Surgiu, então, a proposta de construir um boneco, só queComeçaram por descobrir alguns dos vilões do carnaval de bem menor que os de Olinda, feito de saco de pão, revista e da criatividade de cada um na construção da fantasia. Foi 10! 9
  10. 10. I N F O R A T I V VIROUACONTECEU MANCHETEO retorno do “Almanaque de Férias” da E. M. Madre Tereza Inaugurado o novo espaço da Sala de Leiturade Calcutá pedia uma recepção em grande estilo. Para que Monteiro Lobato, da E. M. Mano Décio da Viola. Quase umtudo corresse bem, convidaram o “Sr. Caderno” para que cinema: tela de 46”. Na melhor data possível: aniversário davisitasse os alunos e recolhesse os cadernos, conferindo Cidade Maravilhosa! A UE indica:direitinho como foram as férias em companhia do DVD MultRio Mestre doAlmanaque. tempoA diretora da UE foi às Título: Rio de Janeiro, asalas avisar que tinham Cidade Maravilhosavisita, deixando todos DVD Multikit Um jeito decuriosos. Foi então que o ver o Rio (Ivo Pitanguy)“Sr. Caderno” entrou, Título: Meus Rios (Angeladevidamente uniformizado leite de Souza)e com sua mochila, parasaber como tinha sido a realização das atividades doAlmanaque e recolher os mesmos. Os alunos da E. M. Em cada turma uma situação: em Álvaro Alberto algumas, muita empolgação com mergulharam literalmente as tarefas prontas; em outras, o no projeto da escola: registro de algumas dificuldades; e “Construindo um ser global alguns alunos ainda fizeram para um mundo questão de relatar que os pais e globalizado”, na semana em que comemoramos o Dia irmãos mais velhos ajudaram na Mundial da Água. Navegaram virtualmente por oceanos, tarefa. Quem não terminou lagos e rios, através de vídeos como: “Terra, planeta Água”, prometeu terminar tudo logo e os de Guilherme Arantes, e viajaram no mundo das águas alunos novos também ganharam o através do Discovery Science. Foi uma explosão de emoção, Almanaque para fazer e devolver luz e cor, uma festa para os sentidos. Compreenderam que os quando estiver tudo pronto. recursos hídricos não são inesgotáveis e que somosAlgumas turmas responsáveis por nosso futuro noreceberam o “Sr. Caderno” planeta. A Sala de Leitura entrou noem pleno ar livre, no pátio barco com o tema: “Gentileza geraexterno, e tiveram mais gentileza”, lembrando da importânciatempo para contar como de ser gentil com o planeta etinham sido as férias com o trabalhando o livro: “O MundinhoAlmanaque. Teve aluno Azul”. Os alunos confeccionaramque até o encapou. cartazes com textos que informavamJunto com o Almanaque, e alertavam a respeito do usoos alunos que estavam no 3º ano, em 2011, ganharam consciente da água.também 2 livros de literatura. Eles relataram que gostaram deganhar os livros e das suas histórias. A aluna Evelyn Em 12/03, quandorecontou: “Brincadeira de sombra”, da Ana Maria Machado, e a E. M. Frederico Eyeroutros alunos falaram o que tinham achado deste livro, completou 41 anos, esteveressaltando também a história do “Jabuti esperto e do presente o Sr. Cláudio,Macaco”, da mesma autora. representante do BancoO Almanaque foi uma atividade bacana, pois a maioria dos Santander, paraalunos e seus responsáveis perceberam a sua importância. apresentar a proposta de parceria firmada entre o 10
  11. 11. I N F O R A T I V VIROUACONTECEU MANCHETE Banco e a escola, que fora 1704, 1705 e 1706, um escolhida em virtude do mural comemorativo, gerente ter sido ex-aluno, buscando avaliar bem como pela atuação da habilidades e possíveis UE junto à comunidade e deficiências na construção pelo IDEB. A proposta foi de pequenos textos, considerada inovadora incentivar o trabalho porque propõe um apoio à coletivo, desenvolver oDireção, a criação de oficinas ministradas por um grupo de 15 espírito crítico e valorizar a produção das turmas através davoluntários funcionários do Banco, além da ajuda financeira. montagem do mural. A profª ainda instigou os alunos aTodos têm a certeza de que esta parceria ficará na história da pensarem em um presente para a cidade do Rio de Janeiro,comunidade, viabilizando sonhos e contribuindo para o no dia do seu aniversário, e justificar o motivo da escolha.desenvolvimento humano em todas as suas dimensões. Eles produziram pequenos textos felicitando a cidade, enaltecendo suas belezas e sugerindo algumas ações para Saber ler! Que prazer! Essa é a melhorar a qualidade de vida dos cidadãos cariocas:dinâmica da Casa de Alfabetização da segurança - mais policiamento através das UPPs; meioE. M. Prof. Carlos Delgado de ambiente - como evitar o desmatamento, a poluição eCarvalho. Conduzir os pequeninos ao incentivar o programa seletivo do lixo; questões sociais -mundo do letramento é a meta da salários dignos para motoristas e cobradores de ônibus eescola e, para isso, criaram um “espaço igualdade social; questões de saúde - mais hospitais ede ler” que incentiva todos a médicos; e mais atenção para os idosos e pessoas comdesenvolverem suas potencialidades. necessidades especiais. Os alunos justificaram que precisamos cuidar da cidade, pois é o lugar onde vivemos, destacando que precisamos nos preparar Individualmente e em para sediar as Olimpíadas. grupo, os alunos foram “O Rio precisa de paz desafiados a mostrar e sempre para ser uma das demonstrar o que já melhores cidades”, frase sabiam e/ou estavam da aluna Larissa Castro, T. a p r e n d e n d o , 1703.oportunizando aos outroscaminharem também. Foi Os alunos das turmas do 6º ano da E. M. Nelsondesafiadora, mas Rodrigues, sob a regência do prof. Alberto Dantas, degratificante, a caminhada Educação Musical, estão trabalhando ritmo corporal comconjunta no universo da músicas e objetos do cotidiano, usando o “Lenga La Lenga”leitura e escrita. Devemos que é um trabalho elaborado pelos professores Vivianenos lembrar de Monteiro Beineke e Sérgio Paulo Ribeiro. Com um simples copo deLobato: “Um país se faz plástico produzem umcom homens e livros”. ritmo complexo e divertido. A UE parabeniza a A cidade do Rio de Janeiro completou mais uma iniciativa do prof. Alberto.primavera, fez 447 anos em 1º de março de 2012, “cheia de Mais informações sobre osencantos mil”. Para comemorar, a profª de História da E. M. D. autores do projeto no site:Pedro I, Ana Cristina Bouças, elaborou com as turmas 1703, www.lengalenga.com.br 11
  12. 12. I N F O R A T I V VIROUACONTECEU MANCHETE Em 2012, o CIEP bonecas de pano. OsPablo Neruda está alunos do EDInavegando pelas ondas do começaram asrádio, sem deixar de atividades com aestabelecer relações com leitura do livro: “E otodos os outros tipos de Palhaço o que é?”, domídia. O Baile de Carnaval foi uma excelente oportunidade autor Guto Lins. Cadade relembrar as grandes marchinhas e os sambas do professora aproveitouCarnaval de rua do Rio de Janeiro, que vem ganhando força, ao máximo asa cada ano, com um trabalho de incentivo da Prefeitura da possibilidades que onossa cidade. Os alunos do EDI ao 6º ano dançaram e tema ofereceu paracantaram ao som remixado de marchinhas e sambas, unindo desenvolver atividades criativas e super animadas com suasos grandes Carnavais do passado aos trios elétricos de hoje. turmas. A profª Alessandra trabalhou com figuras Foi um dia de muita geométricas para montar palhaços, trabalhando também as animação, compartilhado cores diferentes. Para entrar realmente no clima, ela por todos os funcionários conseguiu uma participação mais que especial. Um dos da Unidade Escolar que alunos da turma, João Pedro, caracterizado de palhacinho, colocaram acessórios visitou toda a escola, mostrando a alegria do circo para todos, especiais para um dia de sem deixar de dar um grande beijo na Tia Jô, a querida folia. Diretora. Já a profª Raquel O aniversário da cidade do fez uma aparição especialRio de Janeiro também virou um grande acontecimento no para as turmas do EDI: seCIEP Pablo Neruda. Incentivados pela indicação da trilha transformou na palhacinhasonora do filme “RIO” para o Oscar 2012, os alunos mais fofa que os alunos jáassistiram ao filme, trocaram ideias sobre a linda história e, viram. Não faltoumesmo sabendo que a animação não ganhou a estatueta, animação!elegeram “o filme do ano”. A letra da música tema da ararinhaazul foi cantada, trabalhada e virou gancho de atividades Pensando em sustentabilidade e saúde, o CIEP Drdiversas na escola. A sugestão dos alunos foi de que todos Adelino da Palma Carlos aproveitou para trabalhar acantassem a música no dia 1º de março, comemorando o Semana da Alimentação e o Dia Mundial da Águaaniversário da cidade, paralelamente à propostaapós a execução do Hino do PSE, que nesseNacional Brasileiro, que bimestre visa questõesacontece semanalmente. sobre obesidade e saúdeUma homenagem com a d a m u l h e r. Houve:cara do RIO! palestra sobre alimentação No mês de março teve e obesidade infantil para os ainda marmelada no CIEP responsáveis, com vídeo e Pablo Neruda? Teve, sim interatividade, usando a senhor! O circo fez parte do internet; montagem de projeto do CIEP e causou uma pirâmide alimentar uma grande agitação entre com alimentos de verdade;os alunos. Foram muitos momentos de prazer: livros, vídeos, preparo de uma deliciosamúsicas e atividades diferenciadas como caminhar na corda salada de frutas e umabamba feita de fita adesiva e brincar de malabarismo com nutritiva vitamina; pesquisa 12
  13. 13. I N F O R A T I V VIROUACONTECEU MANCHETE PROJETO NOTA10de gravuras de diversos alimentos para montagem de Projeto “Carnaval: acartazes com informações nutricionais, destacando a festa do Faz de Conta!”importância da alimentação saudável; uma encenação sobre C. M. Maria daalimentação, com as turmas da escola para os responsáveis; Conceiçãopreparo de uma “mini” horta com sementes de frutas,verduras e legumes em copinhos de iogurte e potes de Este projeto foi um convitesorvete; e a pesagem mensal dos alunos com registro numa à equipe, às crianças etabela para que acompanhem seu peso. suas famílias para entrarem no mundo No dia 20/03, a mágico do Carnaval. Todos foram transportados para oCasa de Alfabetização do mundo da alegria e do “faz de conta”CIEP Luiz Carlos presente nas marchinhasPresteS, realizou a carnavalescas, nas fantasias, nosprimeira reunião das blocos e no desfile das escolas deturmas do 1º ano, com a samba. Através do personagem Zéparticipação dos Carioca, a creche convidou aresponsáveis, professores comunidade escolar a perceber ae direção da UE. Nesta reunião, os assuntos abrangidos magia da festa mais popular daforam: o projeto a partir da história "O sanduíche da nossa cidade, o Carnaval. ZéMaricota", de Avelino Guedes; rotina da Casa de Carioca apresentou as “marchinhas”Alfabetização; a importância da frequencia, assiduidade e carnavalescas, os personagens dosparceria com responsáveis, que compareceram em sua blocos de ruas e o desfile das escolasgrande maioria. Esse encontro foi bastante significativo, já de sambas, convidando todos a vivenciar o mundo do “faz deque os pais puderam interar-se a cerca da vida escolar de conta”, brincando de “Pirata da perna deseus filhos e, assim, estreitar o laço entre família e escola. pau”, “Beduíno do deserto de Saara”, “Zezé e sua cabeleira”, “Francesinha”, O Clube Escolar “Chiquita Bacana”, “Colombina”, “PierrôCidade de Deus, que apaixonado” e “Índio”. A culminância doatualmente funciona no projeto aconteceu na última sexta-feiraCIEP Rubens Paiva, do mês de fevereiro com o convite àiniciou o ano letivo de 2012 comunidade escolar para acompanhar ocom muita alegria e “Bloco do Zé Carioca” pelas ruas doanimação. A profª Elaine, entorno da creche.de Ginástica Artística, como objetivo de divulgar as oficinas do Clube Escolar e Projeto “Leitura em Cena” comemorar o Dia do Circo, E. M. Barão da Taquara juntamente com os demais professores, apresentaram A E. M. Barão da Taquara foi uma das escolas premiadas no a esquete circense: "O concurso “Escola de Leitores”, organizado pelo Instituto C&A circo vai ao Clube" para em parceria com as Secretarias Municipais de Educação das todos os alunos do turno da cidades participantes, como o Rio de Janeiro. A iniciativa está tarde e o evento foi um vinculada ao programa “Prazer em Ler” e visa fortalecer a sucesso! mobilização de comunidades escolares para a implementação, aprimoramento e consolidação de projetosEnviem ao Gabinete da 7ª CRE informações e fotos de EVENTOS da de promoção da leitura literária e de formação de leitores emsua UE para serem divulgados nesta seção. redes municipais de ensino. 13
  14. 14. I N F O R A T I VPROJETO NOTA10Os vencedores receberão até R$ 12 mil para odesenvolvimento do projeto, além de formação e elaborado o subprojeto: "Identidade: todo mundoacompanhamento técnico entre março de 2012 e fevereiro de tem um nome!", para que2013. E ainda, dois professores de cada escola premiada as crianças, durante ofarão uma viagem à Colômbia, país conhecido por sua período de acolhimento,política de promoção da leitura literária. Os selecionados do desenvolvessemconcurso também terão oportunidade de apresentar e atividades relacionadas aodivulgar seus projetos em seminários e congressos sobre o seu nome, no intuito detema. reconhecerem a si próprios, assimO projeto “Leitura em Cena”, desenvolvido a partir da vivência como de descobrirem os limites nade atividades leitoras, articuladas às diferentes áreas do relação com o outro, desenvolvendo osaber, faz a leitura assumir uma nova faceta: ela entra em respeito. Como proposta de trabalho,cena. Acreditando que a leitura é um instrumento de através dos nomes, os conteúdosformação, de construção do conhecimento e de cidadania, o pedagógicos relacionados a essaacesso a diferentes leituras proporciona ao aluno a temática foram executados e fizerampossibilidade de interagir em sua realidade social, sendo muito sucesso.sujeito da transformação social. A música tema do subprojeto foiColocar a leitura em cena é o maior objetivo do projeto. “Gente tem sobrenome”, de ToquinhoResgatar a história de uma escola pública de qualidade e e Elifas Andreato:alavancar os resultados no desempenho escolar através denovos caminhos são metas da escola. Projeto “Rio, Cidade Maravilha!”Todo o copo docente e a comunidade escolar estão E.M. Gastão Monteiro Moutinhoenvolvidos em diversas atividades: Evento Literário, Roda deLeitura, Contação de Histórias, entre outras, e estão muito A escola desenvolveu o projeto: “Rio, Cidade Maravilha”,felizes com o reconhecimento do trabalho no Concurso visando resgatar a cidadania e construir valores cívicos.Escola de Leitores. O maior objetivo é continuar promovendo Acreditando que a base da formação do cidadão vem doações leitoras no espaço escolar, onde a Leitura será o ponto respeito, da valorização e motivação para mudança, a escolaconvergente e principal das ações pedagógicas, resultando resolveu não apenas comemorar o aniversário da cidade donum ato de transformação social. Rio de Janeiro, mas, sim, lançar um subprojeto que fizesseC o n h e ç a m o b l o g d a e s c o l a : chegar aos alunos a oportunidade do encantamento, além dohttp://www.embaraodataquara.blogspot.com/ conhecimento. Através do projeto: “Rio, Cidade Maravilha”,Para saber mais sobre o Escola de Leitores: tiveram a oportunidade de conhecer, através de pesquisa, oshttp://www.escoladeleitores.org.br/ pontos turísticos da cidade, observando a realidade do entorno, desde a Projeto “Identidade: todo mundo tem um nome” comunidade em que estão E. M. Gastão Monteiro Moutinho inseridos até o levantamento de questõesO PPP da escola Gastão: "Para que a escola nos dê que os fizeram repensarcidadãos" visa a conscientização de quem somos, a atitudes e condutas.estruturação do auto-conhecimento e a construção de uma Julgando importante obase firme para a formação do indivíduo. Pensando assim, foi desenvolvimento do 14
  15. 15. I N F O R A T I VPROJETO NOTA10 espírito cívico, inserido no PPP da UE: ”Para que a dos PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais), Escola nos dê cidadãos”, objetivando respeito e além das atividades cidadania diante do meio diferenciadas elaboradas ambiente. Em razão da UE por cada professora estar situada a 500m da regente e pela Sala de orla marítima e de seus alunos residirem em áreas vizinhas à mata atlântica, seus projetos pedagógicos estão fortementeLeitura, trabalharam os ligados ao ecossistema da região.livros: “Meus Rios”, O prof. de Geografia da escola, Vinicius Gouvêa, é um grande“História de uma Cidade” e incentivador da conscientização e preservação do“Rio através dos tempos” e ecossistema, assim como, da questão da sustentabilidadebuscaram resgatar o Rio que envolve o meio ambiente. Motivado pelos alunos, levou aAntigo, na “Semana turma para uma aula-passeio, apoiado na teoria de Freinet: “oCarioca”, informando e interesse da criança não estava na escola e sim fora dela”, aoformando opiniões críticas, Jardim Botânico, visando uma forma significativa e maisprincipalmente nas turmas de 5º e 6º ano, sobre o Rio de autêntica de aprendizagem. O professor fez o curso deamanhã e a parcela de responsabilidade que cada um tem no Educação Ambiental oferecido pela instituição para subsidiarfuturo de nossa cidade. a visitação com a turma.Incluíram nas atividades as músicas inspiradas no Rio e Rumo ao destino, “na tentativa de superar a fragmentação dopoetizadas por autores como Tom Jobim e Vinícius de conhecimento e criar uma relação entre o conhecimento e aMoraes, assim como, no momento do Hino Nacional, a realidade do aluno” (Wikipédia), a profª de História, Danielecanção: "Cidade Maravilhosa". Pereira, apresentou os aspectos históricos deste parque,Confeccionaram ainda dois varais com os temas "Rio de seus fatos e consequências para nossa cidade, com umontem e de hoje", onde todos puderam trabalhar e perceber a enfoque ambiental.evolução dos tempos, e "Locais do meu Rio de Janeiro", Durante o passeio, os professores puderam explorar váriosonde, além das imagens, a história de cada ponto turístico conteúdos: educação ambiental; sensibilização ambiental;complementava o trabalho. O 6º ano refletiu sobre muitos cartografia básica; localização e orientação geográficas;aspectos da nossa cidade e, fazendo uso de manchetes de atividades sensoriais (as plantas e seus cheiros, cores ejornais e revistas, apresentou suas concepções nos murais texturas); geografia urbana do Rio de Janeiro; e a história doda escola. Jardim Botânico.Para fechar o projeto, aconteceu uma sessão de cinema com A profª de Ciências, Mariângelao filme: “Rio”, abrindo uma mesa redonda que objetivou o Valgode, levou os alunos adebate sobre a repercussão da nossa cidade no mundo. observarem o parque como umaRealmente, um grande trabalho! reserva da biosfera ao vivo, isto é, onde os conteúdos de Ciências se Projeto “Visita ao Jardim Botânico” materializam. A profª de Espanhol, E. M. Dom Pedro I Vânia Bosignoli, se encantou junto dos alunos com a importânciaO PPP da escola contempla propostas pedagógicas voltadas histórica, cultural, científica epara a Educação Ambiental, conforme os temas transversais paisagística deste espaço verde. 15
  16. 16. I N F O R A T I VPROJETO NOTA10Os alunos puderam fotografar e registrar na memória estecenário científico, vibrando com a aula-passeio, além da morro do Corcovado foi pintado coletivamente, os alunos desenharam ovelhas, decoraram com algodão, recortaram eaprendizagem acadêmica. O prof. Vinicius avaliou: “acredito colaram no morro.que as atividades de conscientização e sensibilização Todo o trabalho foi desenvolvido com muita alegria eambientais foram os objetivos principais do trabalho. Partindo criatividade, integrando vários conteúdos numa mesmadelas, podemos trabalhar temas relacionados das disciplinas atividade.e aos temas transversais”. Projeto “Baile da amizade” Projeto “Identidade” E. M. Dom Armando LombardiE. M. Roberto Burle Marx O projeto surgiu daEm 01/03, iniciando o necessidade emprojeto com as turmas de proporcionar atividadesEducação Infantil (EI 10 e motivadoras de convívioEI 11) das professoras Ana social que envolvessemLuisa Caldeira e prazerosamente alunos eRosangela Augusto, realizaram a leitura do livro “Maria vai equipe escolar, no períodocom as outras”, de Sylvia Orthof, quando os alunos puderam de acolhimento. Assim,perceber a importância dos nomes como forma de respeitando a individualidade e religiosidade da comunidade,identificação. Depois, através de uma pesquisa com seus os professores e a Coordenação da escola elaboraramresponsáveis, descobriram o motivo da escolha de seus atividades de resgate da nossa história e cultura, envolvendonomes e os seus significados. as comemorações do Carnaval. As fotos representam aEm 2011, as turmas do 4º ano (1401 e 1402) das professoras culminância das atividades com o “Baile da amizade”. Érica Pires e Ana Paula Esteves produziram, em Projeto “Sustentabilidade” parceria com a Sala de E. M. República da Colômbia Leitura e sob orientação da profª Alessandra de Pinho, O avanço tecnológico e as uma animação em DVD ações desregradas dos baseada no mesmo livro, a seres humanos têm qual foi exibida para os provocado profundas alunos deste ano. Em uma alterações ambientais, determinada parte da levando o meio ambiente ahistória, as ovelhas vão até um estado de depreciaçãoo Morro do Corcovado, as nunca visto antes. O consumismo, a super exploração dosprofessoras aproveitaram recursos naturais, o consequente aumento da temperaturapara explorar os pontos global, mudando o clima e afetando os ecossistemas doturísticos do Rio de planeta, foram algumas questões levantadas.Janeiro, aproveitando a Diante deste quadro, perceberam a necessidade de açõesdata do aniversário de 447 urgentes, levando-se em conta que se devemos agirda cidade. Um grande localmente para que os resultados sejam globais. Um dos 16
  17. 17. I N F O R A T I VPROJETO NOTA10caminhos encontrados para minimizar os efeitos dessa criseé a sensibilização e conscientização de todos em relação à Dança, Canto Coral, Educação Física eSustentabilidade. Informática, além daSabendo que, em 2012, acontecerá em nossa cidade a Educadora Comunitária“Rio+20 - Conferência das Nações Unidas em Rejane, os alunosDesenvolvimento Sustentável” e reconhecendo a despertam para um mundoimportância deste evento para o nosso planeta, a E. M.República da Colômbia se propôs a contribuir e trabalhar a de atividades lúdicas queSustentabilidade, dando continuidade a projetos que já fazem a diferença notiveram início em 2010. desenvolvimento de cadaNo dia 03/02, a profª Marynês Meirelles, especialista no um em sala de aula.ensino de Ciências da Saúde e Meio Ambiente, apresentou apalestra: “Práticas de Sustentabilidade na Educação”. Foi ummomento de sensibilização e conscientização sobre o A outra atividade de sucesso foifenômeno do aquecimento global e seus impactos no desenvolvida pela parceiraplaneta, levantando também algumas sugestões que Gisele, do Bairro Educador,contemplam a Sustentabilidade em todos os seus aspectos: juntamente com a Técnica deambiental, social e econômico. Saúde Vera, do PSE. ElasA partir disso, professores puderam debater e propor novas realizaram atividades de higieneações que muito contribuirão para o desenvolvimento do e saúde com os alunos do EDI,projeto da escola, esperando poder contribuir para a mostrando a maneira correta deformação de cidadãos conscientes, multiplicadores destaproposta, ajudando na formação de um mundo melhor. escovar os dentes, Projetos “Espaço Mais Educação” e “Saúde bucal” fazendo ainda recorte e CIEP Pablo Neruda colagem, desenho e pintura.No mês de março, dois Grandes projetos quegrandes Projetos renderam grandesproduziram grandes contribuições para toda aatividades no CIEP Pablo comunidade escolar.Neruda. O Programa “MaisEducação” iniciou no CIEP com a inauguração do “Espaço Mais Educação”, onde os alunos e monitores podem aproveitar ao máximo as oficinas. Contando com a parceria de monitores de Enviem ao Gabinete da 7ª CRE informações e fotos de PROJETOS da sua UE para serem divulgados nesta seção. Letramento, Matemática, 17
  18. 18. I N F O R A T I VPESSOA NOTA10 Gari Cláudia da Silva Horácio GEC Gov. Carlos Lacerda estrela tem moradas deslumbrantes que eles guardam para os poucos Cláudia da Silva Horácio é gari do GEC, capazes de os sentir e participante do Projeto ESCOLA entender”, Arthur da LIMPA, da Comlurb. Trabalha na escola Távola. É desta forma desde 2005 e destaca-se pela simpatia, que a E. M. Frederico solicitude, empenho e total Eyer compreende os seus alunos do PEJA, como comprometimento. É respeitada e pessoas com vontade de fazer a diferença, de vencer querida por todos: funcionários, barreiras internas e externas com um esforço que professores e alunos, além de deslumbra a quem enxerga. Da mesma forma, é educadora em essência, auxiliando, deslumbrante ver os professores que se dispõe a conversando, acolhendo, sendo trabalhar com esses alunos buscarem o “diferente” nas sempre procurada pelos alunos para ações, atitudes e pensamentos dos educandos, conselhos. Claudinha, como é buscando sempre conduzi-los aos seus sonhos. chamada carinhosamente, é LUZ sempre. Ela merece nota 10! Alunos e Responsáveis CIEP Pablo Neruda Profª Angela Rezende E. M. Eng. Álvaro Sodre A equipe de funcionários da UE elegeu seusA turma 1301 da E. M. Eng. Álvaro alunos e responsáveisSodré ganhou um presente: uma como as “Pessoas Notaprofessora alegre, carinhosa e 10” no mês de fevereiro.muito dedicada. Num de seus Todo o trabalho daprojetos, “Comemorar para se equipe visou umaintegrar”, a professora faz uma festa chegada feliz, criandopara comemorar os aniversariantes um ambiente alegre e familiar, facilitando a adaptação dedo mês e, com isso, recebe outros alunos novos, principalmente do EDI. Foi planejada umapresentes: o brilho no olhar dos visita dirigida com os responsáveis para que elesalunos, o reconhecimento das conhecessem todo o espaço carinhosamente preparadofamílias e uma melhor relação entre os alunos. para atender os pequenos. A Equipe da Direção fezMomentos que fazem a diferença para todos. questão de mostrar salas de aula, mobiliário, Alunos e professores do PEJA materiais pedagógicos, E. M. Frederico Eyer banheiros, corredores, enfim, todas as“A alma dos diferentes é feita de uma luz além. Sua instalações adaptadas 18
  19. 19. I N F O R A T I V RECADO DAS UEsPESSOA NOTA10para o EDI que são tão importantes para a UE, além de O blog da E. M. Gastão Monteiro Moutinho está de volta e atualizado com muita dedicação! Visitem, acompanhem o trabalho e comentem: www.emgastao.blogspot.com . Participem também, deixando sugestões de nomes para osmostrar a parte administrativa. Os responsáveis mascotes da Educação Infantil no post de 07 de fevereiro.amaram a visita e realmente sentiram-se em casa,fazendo parte de uma grande família e acolhidos. Atenção, escolas! Estão abertas as inscrições para a Olimpíada de Língua Portuguesa - Escrevendo o Futuro - 3ª Profª Maria Eduarda edição: http://escrevendo.cenpec.org.br! CIEP Pablo Neruda Dando continuidade ao projeto: “Identidade: todo mundo temTrabalhando sempre o conceito de um nome”, a E. M. Gastão Monteiro Moutinho convida asustentabilidade, parte integrante do todos para a eleição dos nomes dos mascotes. Vejam comoprojeto pedagógico do CIEP Pablo eles são fofos! Participem com sugestões de nomes no blogNeruda, a professora Maria da UE: www.emgastao.blogspot.comEduarda, do EDI, transformou suasala de aula em uma grande oficina Parabenizamos alunos do 9º ano, em 2011, do GEC Carlosde reciclagem, trabalhando o Dia Lacerda: 10 passaram pra FAETEC, 1 pra Fiocruz e 2 pro NAVE. Estamos felizes com este sucesso!Mundial da Água. Ela mostrou aosseus alunos que a água faz parte do O espaço virtual da Sala de Leitura Ziraldo, da E. M. Octaviopatrimônio do planeta e que cada Frias de Oliveira, foi criado no início de 2012, em fevereiro. continente, povo, nação, região, Inaugurada em 2010, a sala dispõe de um acervo com, cidade, cada cidadão é aproximadamente, 2.500 livros. Nesse espaço, busca-se plenamente responsável pelo incentivar o hábito pela leitura, algo que é considerado muito destino da Terra e a vida que nela importante para formação integral dos alunos da escola. No existe. Os alunos montaram um blog é possível ver os projetos que serão trabalhados do 1º ao grande rio, fazendo pinturas, 4ºano a partir de livros que fazem parte do acervo da sala de colagens e utilizando materiais l e i t u r a . A c e s s e m : recicláveis trazidos de suas http://www.saladeleituraziraldo.blogspot.com.br/ residências. O objetivo maior da A E. M. Gastão Monteiro Moutinho avisa: “Nossos profª Maria Eduarda é fazer com mascotes agora tem nome: Pedro Sol e Maria Flor! Obrigada que seus a todos que votaram”.pequeninos alunos sejammultiplicadores das práticas A diretora do CIEP Lindolpho Collor, profª Heloísa, foisustentáveis, levando suas destaque no site Rioeduca, de 29/03. Confiram:experiências para seus http://www.rioeduca.net/blogViews.php?id=2015familiares e vizinhos.É o CIEP sempre trabalhando porum mundo melhor! Publicação mensal da 7ª CRE - Coordenadoria Regional de Educação SME - Prefeitura do RIO E.mail: informativo.cre07@gmail.com End: Av Ayrton Senna, nº 2001 - bl A - Barra da TijucaEnviem ao Gabinete da 7ª CRE informações e fotos Tel./FAX: 3325-9470 / 3325-3228de PESSOAS da sua UE que merecem destaque nesta seção. Distribuição via INTRANET 19

×