Informativo semec 1

37.365 visualizações

Publicada em

Esse é o Inforativo 1 da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Colorado do oeste em Rondônia

Publicada em: Educação, Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
37.365
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
34.860
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Informativo semec 1

  1. 1. MARÇO DE 2011 VOLUME 1, EDIÇÃO 1 ESCOLA PLANALTO EM DESTAQUE sua brilhante participa- Veja nesta edição ção no evento e entre- nas dependências da gando-lhe um Diploma enviado pela Secretária FAROL. DESTAQUES Municipal de Educação O tema abordado foi a Fatima Notaro.  CONHEÇA A ESCO- ―PSICOGÊNESE DA Parabéns Graciele!!! LINGUA ORAL E LA ATIVA Na 6ª Olimpía- _________________ ESCRITA‖ com dura-  PROJETOS DAS ES-da Brasileira de Mate- ção de 8 horas. PROFESSORES COLAS MUNICIPAISmática das Escolas Pu-blicas – OBMEP de A Equipe Pedagógica PA R T I C I PA M da SEMEC está de  MERENDA ESCO-2010, tivemos a gratasatisfação de ver entre DE OFICINA parabéns por mais esta LARos premiados, a aluna PEDAGÓGICA . iniciativa que muitoGRACIELE DINA DA contribui para o enten-  AGENDA DAS OFI-SILVA FARIA, aluna da No dia 11 de março CINAS PEDAGOGI- dimento da aprendiza-E.M.E.F. PLANALTO. de 2011, os professo-A jovem é aluna do Pro- gem dos nossos alu- CAS res municipais de Co- nos.fessor Maximino Viani-ni e cursa o 9º ano. lorado participaram de  INCLUSÃO DIGITAL A diretora da uma Oficina Pedagógi-escola, Elenice Macha- ca com os Professoresdo, no dia da Reunião Moises J. Rosa e M.com os Pais, homenage- Aparecida Custódioou a aluna, enaltecendoCARTAZ PREMIADO VEM DA D. JOÃO VI Nesta edição: No ultimo dia 23 de 22 DE MARÇO IFRO, SEDAM por março de 2011, nas DIA MUNDIAL DA esse maravilhoso Palavra da Secretária 2 dependências do ÁGUA trabalho em prol da IFRO, durante a vida. comemoração do Projetos das Escolas 2 Dia Mundial da Agua, tivemos a grata satisfação de Escola Ativa 3 ver os jovens AN- DRESSA, JOSI- LAINE E JONAS, Merenda nota 10 4 alunos da E.M.E.F. D. JOÃO VI, serem Dica de Leitura 5 premiados por te- rem elaborado o PARABENS AOS cartaz oficial da Aniversariantes 6 ALUNOS, PROFES- campanha. Parabens SORES E DIREÇÃO a SEDUC SEMEC, DA ESCOLA D. Aprende Brasil 6 JOÃO VI!!!
  2. 2. Página 2 PALAVRA DA SECRETÁRIA Criar condições para dade, buscamos, to- que as crianças e os dos juntos, fazer um jovens que vivem na espaço de educação cidade de Colorado para a vida. do Oeste possam a- prender mais, é a principal tarefa da E- ducação. A Rede Municipal conta com 187 servi- dores entre professo- FATIMA A. NOTARO Secretária da Educação res, coordenadores,AGUARDEM!! Professora formada em Letras diretores, superviso- Fatima foi eleita Vice- com Habilitação em Latim e res, pessoal adminis- Presidente da UNDIME- suas Literaturas Especialista em Gestão Esco- trativo e de apoio . União de Dirigentes Munici- lar Administrativa pela UNIR Com a participação pais para o exercício 2011- VEM AI O Especialista em Educação Infantil pela FAROL dos pais e da comuni- 2012 no dia 18/03 na cidade de Ji-Paraná.CONCURSO MISS E PROJETO DA ESCOLA MUNICIPAL CLAIR MISTER Projeto: O ALUNO COMO SER Projeto: MUSICA E POESIA valorizando a poesia como obraCAIPIRINHA ATIVO NO MUNDO DA ES- NA ESCOLA de arte e aprimorando as habili- dades e o interesse para a leitu-DA E.M.E.I.F. CRITA Este projeto que envolve todos ra , compreensão e produçãoTARSILA DO Este projeto que insere todos os os alunos da escola, foi elabo- textual. http://telecentro-col.blogspot.com alunos do 1º ao 5º da escola rado pelo professor Nilton AMARAL com o objetivo de despertar Cesar de Souza. Por se tratar e “A EDUCAÇÃO EXIGE desde cedo à vontade e o gosto um a ação abrangente e inter- OS MAIORES CUIDA- pela produção textual, usando disciplinar , todos os profissio- metodologia simples e adequada nais da escola estão envolvidos DOS, PORQUE INFLUI a realidade de cada aluno.tem com o mesmo objetivo que é SOBRE TODA A VIDA” como mentora a professora do 3º de despertar a sensibilidade Sêneca ano Márcia de Oliveira. para a arte musical e poética, PROJETO DA ESCOLA MUNICIPAL GETULIO VARGAS : CADERNINHO DE LEITURA de que muitas crianças se inte- ressavam a ler “leitura” de tex- O projeto foi criado tendo em tos que já sabiam de cor (músicas, poemas, parlendas, A ESCOLA É UM EDI- vista a dificuldade que alguns piadas, listas de nomes de fami- alunos apresentavam na leitura e FÍCIO COM QUATRO liares e amigos e outros textos escrita, verificando-se a necessi- de conteúdo conhecido). A ob- dade de criar o hábito de leitura, servação dessa prática motivou a PAREDES E O AMA- sanando a defasagem da assimi- proposta de organizar um ca- lação, interpretação e compreen- derno de leitura contendo dife- NHÃ DENTRO DELE. são de vários gêneros textuais. rentes tipos de textos conhecidos das crianças, como apoio à alfa- A necessidade do caderninho George Bernard Shaw betização. de leitura surgiu da observação http://escolagetuliovargascol.blogspot.com
  3. 3. Página 3 VOLUME 1, EDIÇÃO 1CONHEÇA A ESCOLA ATIVAO programa Escola Ativa ra. de Ensino Rural Maria Professora formada empropõe uma estratégia meto- Jose de Brito, que recebe as Letras/Literaturas peladológica, voltada para gestão formações da equipe do SE-de classes multisseriadas, UNIR. Especialista em CAD/SEDUC/MEC e repas-que combina uma série de Gestão Educacional comelementos de caráter sócio- sa para os professores empedagógico e administrativo, forma de oficinas. ênfase em Orientação ebuscando aumentar a quali- Supervisão. está se Espe-dade da educação oferecida cializando em Coordena-naquelas classes, situadas nazona Rural. O programa Es- ção Pedagógica, Técnicacola Ativa promove relações Municipal do Programaestreitas com a comunidade Escola Ativa, foi Tutora dovisando à formação integraldo aluno, com atividades curso Pró-letramento decurriculares relacionadas á Alfabetização e Lingua-sua vida diária e a seu ambi- gem, programa oferecidoente natural e social. Maria José de Brito trabalhaO Programa tem como técni- no departamento pedagógico pelo MEC para as sériesca municipal a Coordenado- rural da SEMEC. iniciais, “acredito que ser um educador hoje éPROJETO AFRO BRASILIDADE estar aberto a mudanças e aos. Projeto AFRO BRASILI-O novos desafios lham neste projeto as ques- A EDUCAÇÃO propostos a cada diaDADE é comum á todas as tões religiosas, culturais, DESENVOLVE AS transformando essesescolas e tem como objetivo desafios em educacionais, aspectos inte- QUALIDADES, possibilidades deformentar o gosto pela ne- aprendizagem.” lectuais técnicos e recreati- NÃO AS CRIA.”cessidade de conhecer, valo- vos do folclore brasileiro. Maria José de Britorizar e preservar as raízes Luc de Clapiers Vauve-culturais de um povo. Traba- narguesPROJETO DA ESCOLA MUNICIPAL GILBERTO AMADO A MPORTÂNCIA DA LEI- permita elaboração, desco- TURA E DA INTERPRE- berta de soluções e capaci- TAÇÃO NA DISCIPLINA dade de concluir associan- DE MATEMATICA do a aprendizagem da matemática como algo “AS CRIANÇAS TEM O objetivo deste projeto é agradável e prazeroso, MAIS NECESSIDADES desenvolver no aluno desmistificando o mito de hábitos de estudo, vigor, “genialidade” DE MODELOS DO QUE precisão, ordem, clareza, Este projeto foi elaborado DE CRÍTICAS” concisão, iniciativa, racio- pelos professores Paulo JOSEPH JOUBERT cínio, perseverança, res- Elcio Klein e Anderson F. ponsabilidade, coopera- Araujo ção, critica, discussão e uso correto da linguagem http://projetosgilbertoamado.blogspot.com . que desenvolva um pensa- mento reflexivo que lhe
  4. 4. Página 4 MERENDA ESCOLAR NOTA 10 O Município de Colorado do alimento oferecida por alu- desempenho e rendimento no Oeste, através da Secretaria no) adequado à faixa etária. processo de aprendizagem. Municipal de Educação e É importante ressaltar tam- Cultura, vem ofertando aos bém o projeto da horta esco- seus alunos uma alimentação lar implantado nas escolas escolar baseada na variedade localizadas na zona rural, no qualidade dos alimentos, em Enviado por Viviane Lorena qual os alunos da disciplina consonância com os princí- do Nascimento de Técnicas Agrícolas auxili- pios da nutrição e à resolu- am no cultivo de verduras e Nutricionista da SEMEC ção CD/FNDE nº 38, de 16 legumes que serão utilizados de julho de 2009. O cardápio na alimentação dos mesmos, balanceado, devidamente enriquecendo a oferta de um elaborado por nutricionista, é grupo de alimentos funda- composto por fontes de car- mentais para o desenvolvi- boidratos, proteínas, frutas, mento psicomotor e, conse- VOCÊ SABIA ... verduras e legumes, sendo o qüentemente, melhorando o per capita (quantidade de ...QUE UMA ALIMENTAÇÃODEFICIENTE AFETA VOCÊ SABIA QUE ...A CAPACIDADE DE ...um bom programa de ali- diária? brasileira e, desse modo, APRENDER A mentação é muito importan- ..que essa única refeição pode ajudar a diminuir os te, porque é um ótima opor- deve suprir as necessidades altos índices de evasão e APROVEITAR AS tunidade de complementar a alimentares mínimas desses repetência? NOVAS alimentação que os alunos alunos? recebem em casa e, também ...que uma alimentação de-EXPERIÊNCIAS DA uma oportunidade de desen- ficiente afeta a capacidade ESCOLA? volver uma educação ali- de aprender a aproveitar as mentar? novas experiências da esco- ...no Brasil, muitos meninos la? e meninas ainda dependem ...que uma boa alimentação da alimentação da escola, às escolar estimula a perma- vezes como única refeição nência dos alunos na escola PROINFANTIL 2011 NA RETA FINAL Colorado do Oeste está e Pré Escola. As alunas Parabéns às cursistas por na reta final da forma- são funcionárias munici- esta bonita vitória. ção inicial para profes- pais que atuam como sores em Educação professoras auxiliares e Infantil – grupo III. Este fazem um trabalho con- é o segundo grupo que junto com as docentes se habilita para este titulares de turma focado nível de ensino. Temos nos eixos de educar e 15 professoras cursis- cuidar. Esta era uma das tas que em junho con- metas da Administração cluem o curso e esta- “Unidos por Colorado”. rão aptas para o exercí- Alunas no reforço da PB cio docente na Creche
  5. 5. Página 5 VOLUME 1, EDIÇÃO 1INCLUSÃO DIGITAL NA BIBLOTECA MUNICIPAL Na Biblioteca Pública AMECOL, presidida pelo Municipal Rui Barbosa empresário paranaense foram implantados em Mattielo que durante dois anos foi sócio majoritário 2009 seis computadores do grupo Couros da Ama- conectados à internet zônia que dirigiu o Curtu- para atender a popula- me em Colorado do Oes- ção em geral com pes- te. Em parceria com a quisas escolares e aces- Prefeitura, a AMECOL sos a sites para estudos instalou os seis computa- visando a inclusão digital dores que tem beneficiado os usuários da Biblioteca de modo mais amplo. com mais 60 acessos diá- Este projeto é iniciativa Alunos de diversas esco- rios, sendo os estudantes las, fazendo suas pesqui- da Associação de Apoio das redes pública, privada sas. ao Menor Carente – e federal os mais freqüen- tes. “livro éSUGESTÃO DE LEITURA instrumento Quarup ples seres que vivem, so- fundo o conturbado mo- frem, anseiam, e por vezes mento da vida brasileira de liberdade Antonio Callado representado pelo final da são felizes. década de 60, tão cheio deQuarup é o romance do dra- Esse mergulho existencial o e poder”ma existencial de Nando, o incertezas quanto a alma do leva a deixar o hábito, aban- jovem padre.jovem padre que mergulha donando seus preconceitos Este livro encontra-se nanuma profunda descoberta e temores, para se transfor- prateleira de Romancesde si mesmo, de sua perso- mar num amante, num guer- brasileiros da Biblioteca Pu-nalidade como homem, e de rilheiro e num mártir. A his- blica Municipal Rui Barbosa-seus semelhantes como sim- tória tem como pano-de-ACEITANDO DESAFIOSQuando recebi a incumbência Infantil e depois como Técni-de fazer a divulgação das a- ca. Também trabalhei nações da SEMEC fiquei muito Biblioteca Publica Rui Bar-feliz, pois assim poderia exer- bosa, onde fiz muitos amigoscitar o aprendizado que obtive entre as pessoas que ali iamno curso “MIDIAS NA EDU- estudar e pesquisar .CAÇÃO” do MEC. Estou Também sou professora esta-quase terminando esse curso dual trabalhando atualmenteque me permitiu aprender a na REN como Coordenadoratrabalhar com as Tecnologias de Língua Espanhola, TVde Informação e Comunicação Escola e Ensino Religio- Maria das Graças Barbosa Tava-- TICs- como Rádio, Jornal, so.agora me vejo envolvida res - professora Habilitada emTV, Computador, entre outras, com esse novo projeto. Letras Português/Inglês. Especia-tudo voltado para uso na esco- Posso garantir que estou lista em Lingüística Aplicada aola. adorando esse novo desafio Ensino da Língua Portuguesa.Trabalho nesta Secretaria Especialista em Proeja. Terminan- mesmo sabendo que há muitodesde 1998, primeiramente do “Midias na Educação” que aprender . gracabt2011@gmail.comcomo professora de Educação
  6. 6. „NÃO EXISTE UM CAMINHO NOVO. O QUE EXISTE DE NOVO É O JEITO DE CAMINHAR‟ THIAGO DE MELO PREFEITURA MUNICIPAL DE COLORADO DO OESTE SECRETARIA MUNICIPAL DE ANIVERSARIANTES EDUCAÇÃO E CULTURA Avenida Paulo de Assis Ribeiro 3956 MARÇO 06- Iones Trindade Pereira 16-Anderson O. da Silva Tel: 69-33414467 06- Maria das Graças B. Ta- 17-Jose Aparecido Dias Fax: 69 33412732 vares 19-Erondina Neves Email: 06- Aparecida G. de Olivera 19-Terezinha R.Vieira semec.colorado@bol.com.br 21-Alenilza R. de Souza 07-Maria Helena Teles S. 08- Valdese Alves Moreira 23-Selma A. Guedes 08- Margarida P. de Souza 24- Janis da Silva Gomes 24-Claudair da Silva estamos na 08- Ednaldo S. de Souza 25-Marcia de Oliveira 08- Daiane C. da Silva web: 09 Margarete Luiza Bem 25- Vera Lucia da Silva PARABÉNS A TODOS 10- Simon Rodrigues 27- Ileide Souza C. Lucio 27- Maria Jose de Brito OS FUNCIONARIOS . 11-Maximino Vianini QUE DEUS CONTINUEhttp://semecol.blogspot.com 12 -Elci Xavier dos Reis 28- Wanderly V. Januario 30- Ademir Lucas Santana ILUMINANDO OS VOS- 13- Wanderley P. Souza SOS CAMINHOS . OFICINAS PEDAGOGICAS TARSILA ADOTA APRENDE BRASIL MARÇO *Psicogênese da Língua Oral e implantando-o na EMEIF Escrita—Prof. Moises e Profª. CHEGOU O SISTEMA Tarsila do Amaral, benefi- Cida Custódio APRENDE BRASIL DE ciando cerca de 300 alu- ENSINO/ POSITIVO NA nos mais os profissionais *Apresentação e uso do material que estão lotados na Pré da escola Ativa – Prof.ª Maria Jose TARSILA DO AMARAL Escola com capacitação, *Formação pela Escola—Módulo recursos modernos e in- O Sistema de Ensino A- formatizados. PDDE—Tutora Ileide Coutinho prende Brasil foi criado É a Educação Infantil de com o objetivo de potenci- nossa cidade saindo na alizar as qualidades das frente rumo ao sucesso e ABRIL escolas nos municípios. É qualidade no ensino de um sistema de ensino com- nossas crianças. Para- *06-TV Escola—Profª Graça pleto, desenvolvido pela béns ao Prefeito Anedino * 07 -A Leitura e suas Implicações Editora Positivo e, atual- e a Secretária de Educa- na Aprendizagem - Prof. Moises mente, 21 das 27 Unidades ção Fátima Notaro pela Lucia Maria S. Borges. Federativas brasileiras uti- maravilhosa opção. Pedagoga da SEMEC, Pro- *19 -Encerramento do Módulo lizam o Sistema de Ensino fessora da FAEC, Tutora do PDDE—Tutora Ileide Coutinho Aprende Brasil. Ao todo, Proinfantil, são 144 municípios que Habilitada em Pedagogia no *Geografia—Prof.ª Ileide disponibilizam aos seus Estado de S.P alunos materiais didáticos Habilitada em Letras pela e tecnologia de ponta e UNIR isso significa oportunida- Especialista em Gestão des iguais, inclusão digital Escolar e, principalmente, uma for- Especialista em Supervisão mação capaz de desenvol- Escolar. ver plenamente as potenci- alidades de cada aluno- preparando-o para o exer- ABAPORU de TARSILA cício da cidadania. Colora- DO AMARAL do do Oeste fez a aquisição do Sistema Aprende Brasil, SEMEC

×