Pequenos2

438 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
438
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pequenos2

  1. 1. Crianças | LUGAR DE GENTE PEQUENA Em escala menor Na hora de projetar a mesa de estudos, a altura do vidro foi levada em conta: ela é variável, permitindo que acompanhe o crescimento de Antônio. Nesse caso, bastaria substituir a cadeira por uma maior. Aqui, o modelo escolhido para fazer parte do panorama dessa embarcação foi a Panton Chair em tamanho reduzido. Içar velas! “A imaginação é mais importante que o conhecimento. O conhecimento é limitado. A ima- ginação envolve o mundo”. A afirmação de Einstein favoreceu o lúdico ao criar este ambiente. A família decidiu o foco do quarto de Antônio em visita à loja de Vanessa Guimarães e, a partir daí, piratas guiaram o projeto. Os acessórios e a marcenaria fizeram referência aos sete mares nos 13 m². A cama tem as formas de um barco, com seu alçapão secreto; o guindaste com balde funcio- na de verdade; e os armários lembram caixotes. “Priorizamos os materiais naturais para evidenciar a originalidade e saímos à procura de objetos inesperados, como as chaves, os livros e o lampião”, conta a arquiteta Lolly Aldemann. A composição contribui para que o garoto se sinta um desbrava- dor. “As almofadas temáticas, a cortina de sarja crua, o porta-revistas de MDF com papel de parede e o lustre, que remete às lunetas, harmonizam com o tema”, complementa Vanessa Guimarães. Projeto, Lolly Aldemann; decoração, Vanessa Guimarães; marcenaria, Móveis Belas Artes. 132|Casa&Deco 49 11.indd 132 25/8/2011 18:36:07
  2. 2. Crianças | LUGAR DE GENTE PEQUENA Pensando no amanhã Para que a funcionalidade do quarto perdure com o tempo sem precisar recorrer a grandes alterações e reformas, adote simples reajustes nos detalhes, como nos objetos e no enxoval, para adquirir uma versão juvenil. “A nossa intenção foi dar um aspecto lúdico, porém, de fácil adaptação para algo mais jovem”, comenta a profissional. FOTOS DIVULGAÇÃO Jogando com cores “ Vai, vai, vai começar a brincadeira. Vem, vem, vem ver o circo de verdade”. Seguindo as ordens de Nara Leão, foram colocados aqui tons e acessórios que nos levam a um espetáculo circense. A proposta dos 8,84 m² é ser descontraído. Contando com um boa tenda para palhaçadas e atrações, o quebra-cabeça de cores na parede combinou com a decoração. “O objetivo da paleta foi ganhar equilíbrio e evitar o óbvio. Por isso, usamos o contraste multicolorido”, explica a arquiteta Luciana Tomas. Para a brincadeira não passar por nenhum aperto, a mesa de estudos abaixo da cama, acom- panhada de prateleiras, permitiu um charmoso ganho de espaço. Todos os móveis são sob medida e feitos de MDF com pintura automotiva em branco fosco. Para a recreação ficar completa, os nichos ligam-se às peças e lembram um labirinto de games, assim como os degraus geométricos da cama. Projeto, Luciana Tomas Arquitetura. 134|Casa&Deco 49 11.indd 134 25/8/2011 18:36:18
  3. 3. Crianças | LUGAR DE GENTE PEQUENA Casa na árvore O bebê Leonardo habita em uma flo- resta de 9 m² onde os tons pastel predo- minam. A árvore, esculpida em resina por meio de técnicas utilizadas em cenogra- fias, tem um nicho para a TV e direcionou o projeto, idealizado pela mãe, apaixona- da por leões. A ambientação ampliou o universo de savana nos detalhes, como a escada de cordinhas e folhagens, o berço em forma de Jeep e a luminária que imi- ta um avião 14 BIS pilotado por um leão. Para a marcenaria, o tom terroso não po- deria ficar de fora. “Misturamos os tons de madeira com o branco. Nos armários, bancada e trocador, utilizamos MDF com acabamento mesclado de branco e lami- nado de madeira”, salienta o arquiteto Luis Renato Machado. A pintura nas pare- des e as prateleiras contribuem para que os bichinhos de pelúcia se destaquem em meio a floresta. Um safari completo sem sair do quarto. Projeto, Decoragora; piso, Divano Decorações; enxoval,Yeda Campos. FOTOS RODRIGO ESTRELLA Beleza e bem-estar Para soltar a mente e criar um recinto especial para o neném, não se pode deixar o conforto de lado. O berço, por exemplo, apresenta um modelo descontraído e ainda assim atende às normas de segurança referente à altura, grade etc. “ Todos os detalhes do layout foram observados, tais como a localização da cômoda- trocador em um ponto mais estratégico, a área central livre, os troncos com formas arredondadas e um tapete felpudo para brincar”, garante o arquiteto. 136|Casa&Deco 49 11.indd 136 25/8/2011 18:36:29
  4. 4. Crianças | LUGAR DE GENTE PEQUENA Fácil de brincar Ao crescer, Joaquim ganhou um quarto repaginado, com almofadas e quadros que foram a base dos 13 m². Foi a partir das gravuras que o adesivo de parede ganhou seu desenho e seu lugar na decoração. Para modernizar e dar ares de artista profissional, os desenhos do garoto podem ser pendurados em painéis de fórmica, sendo um para pintar e outro para expor os trabalhos, além de uma mesinha de apoio com cadeiras. Mas no mundo de Joaquim também tem carrinhos e bonecos. “A mãe queria guardar os brinquedos de forma que ficassem à mostra. Por isso, a estante de prateleiras e os baldes para organizar as peças”, explica a arquiteta Fernanda Casagrande. A leveza também se deve à cortina e ao tapete trazido de viagem. Projeto, Oba Arquitetura. FOTOS SAMBACINE/DIVULGAÇÃO Lúdico e seguro Alguns cuidados foram tomados para aliar diversão e segurança. “Além de os brinquedos ficarem em baldes e cestas arredondados e sem pontas, uma tomada para a futura televisão foi instalada e protegida por um espelho em forma de robô”, conta a arquiteta. Uma ótima maneira de decorar e evitar acidentes. 138|Casa&Deco 49 11.indd 138 25/8/2011 18:36:35

×