Manual deProcedimentos
Índice1. Glossário2. Allianz Agrícola3. Allianz Granizo4. Questionário de Avaliação de Risco Agrícola5. Questionário de Av...
1. GlossárioAbate: Processo de matança do animal para obtenção de alimento e derivados destinados ao consumohumano.Aceiro:...
Custo de Produção: é a soma dos gastos que o segurado efetuará durante o plantio e manutenção da culturasegurada, descrito...
Laudos Técnicos: são documentos com informações que deverão ser seguidas na condução da culturasegurada, de acordo com as ...
Produtividade Segurada: é a produtividade esperada da cultura segurada, multiplicado pelo nível de coberturadeterminado pe...
2.1. ObjetivoO objeto do seguro é a despesa de custeio da safra. Este seguro permite que em caso de sinistro, oagricultor ...
2.4. Definição das Coberturas – Coberturas Adicionais Inundação – garante indenização por inundação na cultura segurada a...
2.8. Apetite de Risco Alto Apetite: Soja e Milho (MT/GO) Médio Apetite: Soja / Milho e Trigo (PR/SP/MG) Baixo Apetite: ...
2.12. FranquiasPoderão ser selecionados os seguintes níveis de franquias: Sem franquia, 5%, 10%, 15%, 20% da importância ...
2.15. Pagamentos / IndenizaçãoIndenização = {[(PS - PC) / PS] x (CP x A)}, onde:PS = produção segurada em (kg/ha)PC = prod...
2.18. Comunicação de Sinistro – Ferramenta On Line
2.19. Orientações PreliminaresO contato com o segurado para o agendamento da vistoria será realizado em até (2) dois dias ...
2.22. Análise e Regulação – Documentos ObrigatóriosDOCUMENTOS BÁSICOS NECESSÁRIOS:- Notas Fiscais da compra de insumos ref...
3.1. ObjetivoO objetivo do ALLIANZ GRANIZO é garantir indenização pelos prejuízos causados às culturastemporárias e perman...
3.4. Limite Máximo de IndenizaçãoComposição do LMI:LMI = VD x A, onde:LMI = limite máximo de indenização em (R$);VD = valo...
instituições oficiais de pesquisa que considerem critérios probabilísticos na delimitação dasdatas de plantio e riscos das...
 Caso o segurado constante na proposta esteja com pendência registrada no CADIN, aseguradora emitirá um boleto complement...
4. Questionário de Avaliação de Risco AgrícolaQuestionário de Avaliação de RiscoInformação da Filial: Informar número /Nom...
- número do FAX - Preenchimento obrigatório- e-mail - Preenchimento obrigatórioLembrando que qualquer alteração deverá ser...
Técnica de plantio: Informar um dos sistemas de plantio utilizado na propriedade, conformeabaixo:o Plantio Diretoo Plantio...
o 5%o 10%o 15%Forma de Contratação: Preenchimento Obrigatório - Informar a porcentagem da produçãoque deverá ser segurada,...
5. Questionário de Avaliação de Risco GranizoRenovação: Caso já fez seguro agrícola com a Allianz, assinale a opção renova...
- bairro - Preenchimento Opcional- município - Preenchimento obrigatório- estado (UF) - Preenchimento obrigatório- CEP - P...
o Ao transmitir o questionário de avaliação de risco, o proponente declara que todas asinformações por ele fornecidas são ...
6.1. COMUNICAÇÃO DO SINISTROA) LINHA DIRETA CORRETOR:Fone:(11) 3156-4280 para a Grande São Paulo - 0800-7778243 demais loc...
6.2. ORIENTAÇÕES PRELIMINARESO contato com o segurado para o agendamento da vistoria será realizado em até(2) dois dias út...
6.4. Apuração dos prejuízosInspeção Final: Elaborado na época de colheita (fase de maturação) ou quando for verificadOausê...
CP = custo de produção, definido através da análise de Notas Fiscais (R$/hectare)A = área segurada em (hectare)B) PRODUTO ...
Fone 011 3156 4562 / 011 9 9940 1550e.mail: luiz.seijo@allianz.com.brRosangela Milani SanchesFone 011 3156 4682e.mail:rosa...
7. Termo de Responsabilidade de Produtor Rural – Subvenção FederalInformo que estou ciente de minha responsabilidade como ...
Lei nº 10.522, de 19 de julho de 2002, e de que, caso haja alguma restrição, não poderei mebeneficiar da subvenção ao prêm...
f) 100% (cem por cento) das demais rendas obtidas fora do estabelecimento e das rendas nãoagropecuárias;Para maiores infor...
8. Termo de Responsabilidade de Produtor Rural – Subvenção EstadualSECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTOFUNDO DE EXPAN...
subvencionável, desde que a somatória dos benefícios não ultrapasse o valor máximo de até R$24.000,00 (vinte e quatro mil ...
9.1. Acordo de reciprocidadeComo política de aceitação, uma vez que os seguros agrícolas são catastróficos, existe um acor...
Para que o segurado tenha direito à Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural, e necessário ocumprimento das regras abaixo:a) Se...
9.13. Prazo de recusa de protocoloPrazo de recusa de protocolo de 45 dias.9.14. Recusa Manual do SIGACaso a proposta tenha...
10. Telas de Utilização do Sistema
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios

1.473 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.473
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
94
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manual de Procedimentos Allianz Agronegócios

  1. 1. Manual deProcedimentos
  2. 2. Índice1. Glossário2. Allianz Agrícola3. Allianz Granizo4. Questionário de Avaliação de Risco Agrícola5. Questionário de Avaliação de Risco Granizo6. Sinistro7. Termo de Compromisso do Produto Rural – Subvenção Federal8. Termo de Compromisso do Produto Rural – Subvenção Estadual9. Informações Importantes10. Telas de Utilização do Sistema
  3. 3. 1. GlossárioAbate: Processo de matança do animal para obtenção de alimento e derivados destinados ao consumohumano.Aceiro: faixa de terreno ao redor de uma determinada gleba ou talhão, mantida livre de vegetação por capinaou poda, afim de impedir a invasão de plantas indesejáveis ou de fogo ocasionado por queimada.Anaplasmose: Doença parasitária infecciosa causada pela bactéria Anaplasma maginale transmitida porcarrapatos, moscas e agulhas contaminadas. Os sinais clínicos em bovinos são: debilidade, febre, anemia eicterícia. Normalmente caracteriza a segunda etapa da Tristeza Parasitária Bovina, podendo se manifestarindependentemente da Babesiose.Animal Segurado: identificado e descrito na Apólice.Área Segurada: é a área onde está implantada a cultura segurada definida na apólice de seguro. Sua localizaçãopode ser definida através de endereço, roteiro de acesso, referenciais geográficos, pontos georeferenciados(GPS), croqui da área e outras formas possíveis e existentes de localização.Área Sinistrada: é a área onde se encontra a cultura segurada, na qual ocorreu um evento coberto que possater causado danos à cultura segurada. Sua localização pode ser definida através de endereço, roteiro de acesso,referenciais geográficos, pontos georeferenciados (GPS), croqui da área e outras formas possíveis e existentesde localização.Babesiose: doença causada pelos protozoários Babesia bovis e Babesia bigemina, tendo como único vetor ocarrapatos Boophilus microplus. Os sinais clínicos são caracterizados por anemia, icterícia e febre.Bovino: Animal pertencente à sub-família dos mamíferos artiodáctilos bovídeos incluindo o búfalo, touro, boi,vaca, novilho e bezerro.Caprino: incluem os bodes, cabras e cabritos.Causa mortis: causa principal determinante da morte do animal.Condições edafoclimáticas: combinação de condições de solo e clima em determinada área ou região, quedefinem a aptidão do local a determinados tipos de cultivos.Chuva excessiva I: ocorrência de precipitação pluvial que ocasione elevação dos níveis de umidade no solo semque necessariamente se acumule uma camada de água superficial visível, ocasionando perdas na produção dacultura segurada. Para as finalidades desse seguro, deverá apresentar como efeitos quaisquer dos seguintesdanos físicos: apodrecimento de raízes, clorose das folhas e caules, murcha, apodrecimento basal e/ouascendente do caule, germinação dos frutos no pé, morte da planta ou desprendimento e danos físicos dofruto.Chuva excessiva II: ocorrência de precipitação pluvial que ocasione elevação dos níveis de umidade no solo,sem que necessariamente se acumule uma camada de água superficial visível, ocasionando danos na florestasegurada.Corte: operação que consiste em derrubar uma árvore ou conjunto de árvores numa dada superfície, outambém uma parcela da mata ou maciço florestal que será explorado.Cultura Periódica: são culturas, cujo ciclo de vida são iguais ou inferiores ao período correspondente ao cicloagrícola anual.Cultura Permanente: são culturas, cujo ciclo de vida são superiores ao período correspondente ao cicloagrícola anual.Cultura Segurada: cultura agrícola no qual o Segurado se obriga a contratar a totalidade da área da cultura,devendo obrigatoriamente ser informada na apólice de seguro.
  4. 4. Custo de Produção: é a soma dos gastos que o segurado efetuará durante o plantio e manutenção da culturasegurada, descrito em planilha técnica, que determinará o limite máximo de indenização da apólice de seguro,de comum acordo entre segurado e seguradora.Desbaste: cortes seletivos realizados em florestas para remoção de árvores defeituosas e/ou dominadas poroutras árvores, com objetivo de intensificar a exposição ao sol, resultando em incremento e crescimento emdiâmetro e em altura das arvores restantes.Despesa de Custeio: é a soma dos gastos que o segurado efetuará durante o plantio e manutenção da floresta,descrito em planilha técnica, que determinará o limite máximo de indenização da apólice de seguro.Doença pré-existente: doença existente anterior a contratação do seguro, incluindo todas as doençasgenéticas e demais doenças cujos sintomas não foram reportados para a Seguradora.Endemia: Doença localizada em um espaço limitado denominado “faixa endêmica”. Doença espacialmentelocalizada, temporalmente limitada e habitualmente presente entre os membros de uma população, cujo nívelde infecção encontra-se dentro de limites aceitáveis.Epidemia: Doença infecciosa, transmissível, de caráter transitório, que ocorre simultaneamente em grandenúmero de indivíduos em uma determinada localidade, se espalhando rapidamente.Eutanásia: o termo refere-se à morte sem sofrimento. É a pratica de interrupção do sofrimento de um animalportador de moléstia ou dano incurável/irrecuperável.Floresta: considera-se como floresta, para fins deste seguro, o conjunto de árvores em um mesmo terreno ouem terrenos contínuos, isolados ou separados de outros conjuntos de árvores, por áreas e/ou acidentesgeográficos, que não permitam a propagação de incêndio.Geada I: ocorrência de temperaturas que ocasionem o congelamento da água nas plantas, ocasionando perdasna produção da cultura segurada. Para as finalidades desse seguro, deverá apresentar como efeitos quaisquerdos seguintes danos físicos: formação intracelular de cristais de gelo nos tecidos, murcha, órgãos reprodutoresdesidratados, grãos chupados ou morte das plantas.Geada II: ocorrência de baixas temperaturas que ocasionem danos na floresta segurada.Granizo I: ação da precipitação atmosférica de água em estado sólido e amorfo, ocasionando danos na culturasegurada. Para as finalidades desse seguro, deverá apresentar como efeitos quaisquer dos seguintes danosfísicos: queda de plantas, galhos, folhas e frutos, traumatismo, necrose e rompimento parcial ou total defolhas, flores e frutos.Granizo II: ação da precipitação atmosférica de água em estado sólido e amorfo, ocasionando danos físicos nafloresta segurada.Incêndio I: ação do fogo originado acidentalmente, incluindo raio, ocasionando perdas na produção da culturasegurada. Para as finalidades desse seguro, deverá apresentar como efeitos quaisquer dos seguintes danosfísicos: queimaduras, carbonização e destruição das plantas.Incêndio II: ação do fogo originado acidentalmente, incluindo raio, ocasionando danos físicos e carbonizaçãodas estruturas celulares.Inundação I: encobrimento temporário do solo por água, causado pelo transbordamento ou rompimento derepresas, lagos, rios ou canais principais de irrigação, com duração suficiente para ocasionar perdas naprodução da cultura segurada. Para as finalidades desse seguro, deverá apresentar como efeitos quaisquer dosseguintes danos físicos: apodrecimento de raízes, murcha, apodrecimento basal e/ou ascendente do caule,germinação dos frutos no pé, morte da planta ou desprendimento e danos físicos do fruto.Inundação II: encobrimento temporário do solo por água, causado pelo transbordamento ou rompimento derepresas, lagos, rios ou canais principais de irrigação, com duração suficiente para ocasionar danos na florestasegurada.
  5. 5. Laudos Técnicos: são documentos com informações que deverão ser seguidas na condução da culturasegurada, de acordo com as recomendações dos órgãos oficiais de pesquisa agropecuária e da Seguradora,conforme descrito no questionário de avaliação de risco. Designamos como laudos técnicos: questionário deavaliação de risco, e laudos de inspeção realizados por agrônomos credenciados pela Seguradora.Moléstia: doenças infecciosas, infecto-contagiosas, parasitárias e orgânicas.Não-germinação/Não-emergência: consiste nas sementes não germinarem ou não atingirem quinzecentímetros em uma área superior a setenta e cinco por cento da área segurada. Para as finalidades desseseguro, deverá apresentar como efeitos quaisquer dos seguintes danos físicos: morte da plântula por exposiçãoao solo, causada por erosão superficial e/ou abertura dos sulcos de plantio ou morte da plântula, causada porselamento superficial (encrostamento da camada superficial).Necropsia: Exame após a morte do animal, visando determinar as razões da morte, bem como o momento desua ocorrência.Nível de Cobertura: é o percentual de cobertura da produção esperada, escolhida pelo segurado no momentoda contratação do seguro, de comum acordo entre Segurado e Seguradora. Pode variar em faixas percentuaisoferecidas pela seguradora, de acordo com o tipo de cultura e região.Ovino: incluem os carneiros e ovelhas.Participação obrigatória do segurado: valor dos prejuízos apurados, conseqüentes de eventos cobertos, cujosegurado participa dos prejuízos, independente da existência de franquia.Perda Parcial: é caracterizada quando os danos causados pela ocorrência de um ou mais eventos cobertos nãocomprometem a continuidade da exploração econômica da cultura.Perda Sofrida: é a diferença entre a produção segurada e a produção colhida. A diferença será consideradacomo perda sofrida, quando os danos forem causados pela ocorrência de um ou mais eventos cobertos,descritos na apólice de seguro.Perda Total: é caracterizada quando os danos causados pela ocorrência de um ou mais eventos cobertoscomprometem a continuidade da exploração da cultura, deixando de apresentar viabilidade econômica, sendoobrigatória sua eliminação. Nesse caso, considera-se perda total somente quando a produção prevista dacultura segurada for nula ou ocorrer a mortalidade de 100% das plantas da área segurada.Premunição: processo de imunização do animal contra as doenças: anaplasmose e babesiose.Produção Colhida: é a quantidade total de produto da cultura segurada, descrita na apólice de seguro,determinada juntamente com o segurado ou preposto através de metodologias de mensuração e amostragemde campo. Poderá ser determinada através do acompanhamento da colheita por técnico credenciado daseguradora, quando não houver consenso entre o segurado e o técnico credenciado. Pode ser expressa emquilogramas, sacas ou arrobas por hectare.Produção Esperada: é a quantidade total de produto da cultura segurada, descrita na apólice de seguro,prevista e esperada, determinada juntamente com o segurado com base em informações de órgãos oficiais depesquisa agropecuária e extensão rural (IBGE), histórico do produtor, médias regionais e tipo de cultivar. Podeser expressa em quilogramas, sacas ou arrobas por hectare.Produção Segurada: é a quantidade total de produto da cultura segurada, multiplicado pelo nível de coberturadeterminado pelo segurado. A produção segurada deverá obrigatoriamente ser considerada dentro da áreadescrita na apólice de seguro.Produtividade Esperada: é a média da produtividade da cultura segurada, descrita na apólice de seguro,prevista e esperada, determinada juntamente com o segurado com base em informações de órgãos oficiais depesquisa agropecuária e extensão rural (IBGE), histórico do produtor, médias regionais e tipo de cultivar. Podeser expressa em quilogramas, sacas ou arrobas por hectare.
  6. 6. Produtividade Segurada: é a produtividade esperada da cultura segurada, multiplicado pelo nível de coberturadeterminado pelo segurado. A produtividade segurada deverá obrigatoriamente ser considerada dentro daárea descrita na apólice de seguro.Produtividade Colhida: é a média da produtividade da cultura segurada, descrita na apólice de seguro,determinada juntamente com o segurado ou preposto através de metodologias de mensuração e amostragemde campo. Poderá ser determinada através do acompanhamento da colheita por técnico credenciado daseguradora, quando não houver consenso entre o segurado e o técnico credenciado. Pode ser expressa emquilogramas, sacas ou arrobas por hectare.Raio: Descarga elétrica proveniente de cargas opostas entre uma nuvem e o solo. Os raios também sãoconhecidos como descargas iônicas e elétricas.Replantio: prática agrícola de preparo da área segurada, destinado à reposição das sementes ou mudasdanificadas ou destruídas. Deverá ser o mesmo cultivo anterior, seguindo as mesmas características deprodução. O segurado deverá seguir as recomendações dos órgãos oficiais de pesquisa agropecuária eextensão rural, de acordo com as datas recomendadas pelas portarias do zoneamento agrícola do MAPA(Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) para a região e tipo de solo.Seca I: consiste na precipitação atmosférica insuficiente em cultura não irrigada, por um período de tempoprolongado, para ocasionar perdas na produção da cultura segurada. Para as finalidades desse seguro, deveráapresentar como efeitos quaisquer dos seguintes danos físicos: raquitismo, atarracamento, enrolamento,desidratação, murcha permanente, ressecamento total ou parcial dos órgãos reprodutores, polinizaçãoirregular, má formação do embrião, ressecamento dos frutos e/ou grãos ou morte da planta.Seca II: consiste na precipitação atmosférica insuficiente, por um período de tempo prolongado, para ocasionardanos na floresta segurada.Suíno: incluem os porcos, porcas e leitões.Talhão: define sub-áreas dentro de uma área segurada, com divisões identificadas por meio de demarcaçõesfísicas (cercas, carreadores ou estradas), tipos de solo, cultura ou cultivares, idades ou cortes diferenciados decada cultivo. Devem estar claramente delimitados todos os talhões no croqui da área. Podem ser igualmenteconceituados como glebas ou parcelas.Tristeza Parasitária Bovina (TPB): é uma doença infecciosa e parasitária dos bovinos causada por Babesia(Babesiose) e por Anaplasma (Anaplasmose), transmitida aos animais pelo carrapato dos bovinos. A TPB éconhecida no Brasil por vários nomes: "Tristezinha", "Pindura", "Mal da ponta", "Amarelão", "Piroplasmose","Mal triste", dentre outros nomes.Ventos fortes I: consiste na ação da velocidade do vento, com ou sem chuva, tal e qual se produzam os efeitosque ocasionem perdas na produção da cultura segurada. Para as finalidades desse seguro, deverá apresentarcomo efeitos quaisquer dos seguintes danos físicos: acamamento, quebra de caules, desprendimento dasplantas, desprendimento ou queda de frutos e/ou grãos.Ventos fortes II: consiste na ação da velocidade do vento, com ou sem chuva, tal e qual se produzam os efeitosque ocasionem danos na floresta segurada.Vigência do Seguro: significa para os eventos cobertos, aquele período durante o qual, o Segurado passa a tercobertura, tal e qual estabelecido na apólice de seguro.Zoneamento Agrícola: documento técnico publicado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento,com definições dos períodos favoráveis de plantio para cada cultura em cada município, através decombinações entre os tipos de solo, cultivares recomendadas (habilitadas), ciclos dos cultivares e tipos decultura.
  7. 7. 2.1. ObjetivoO objeto do seguro é a despesa de custeio da safra. Este seguro permite que em caso de sinistro, oagricultor tenha recursos para o replantio (se em tempo hábil) ou pelo menos continue na atividade.Garantimos os Insumos Agrícolas, desde que sejam comprovados por meios de Notas Fiscais.2.2. Coberturas2.3. Definição das Coberturas – Coberturas Obrigatórias Incêndio - garante indenização por ocorrência de incêndio na cultura segurada até o limitemáximo de indenização da apólice; Ventos fortes – garante indenização por incidência de ventos fortes na cultura segurada atéo limite máximo de indenização da apólice; Granizo – garante indenização por ocorrência de granizo na cultura segurada até o limitemáximo de indenização da apólice Geada – garante indenização por geada na cultura segurada até o limite máximo deindenização da apólice; Chuva excessiva – garante indenização por chuva excessiva na cultura segurada até o limitemáximo de indenização da apólice
  8. 8. 2.4. Definição das Coberturas – Coberturas Adicionais Inundação – garante indenização por inundação na cultura segurada até o limite máximo deindenização da apólice; Seca – garante indenização por ocorrência de seca na cultura segurada até o limite máximode indenização da apólice; Não-Germinação/Não-Emergência - garante indenização exclusivamente para os eventos degranizo, geada, incêndio e chuva excessiva.2.5. SubvençãoViabilizar uma maior adesão ao seguro agrícola, através da redução da participação dosprodutores no pagamento do prêmio.2.6. Benefícios do seguro rural Minimiza as perdas decorrentes dos eventos cobertos pelo seguro; O produtor pode utilizar 15% a mais do limite de crédito disponibilizado; Isenção da garantia real para contratar financiamento; Possibilidade para negociar custos financeiros com as instituições; Fundamental para a continuidade do empreendimento do produtor.2.7. Diferenciais de Produto Taxas de risco por município, tipo de solo, cultura e outros fatores; Sistema de cotação online via WEB com resposta em tempo real; Geração de proposta e ficha de pagamento pelo corretor; Equipe de agrônomos especializados para solução de dúvidas; Inspeções de risco prévias e de acompanhamento com ampla cobertura; Inspetores treinados e atualizados periodicamente; Mitigação do risco de crédito em operações de crédito rural; Ampliação do limite financeiro do beneficiário no caso de contratação de seguros agrícolas.
  9. 9. 2.8. Apetite de Risco Alto Apetite: Soja e Milho (MT/GO) Médio Apetite: Soja / Milho e Trigo (PR/SP/MG) Baixo Apetite: Demais Culturas e Demais Estados Aceitação com restrições: Frutas e ou Culturas nos Estados de MS e RS2.9. Obrigatoriedade e Forma de ContrataçãoObrigatória a contratação das coberturas abaixo:O seguro é contratado a 1º risco absoluto, ou seja, o SEGURADOR indenizará o SEGURADO em até100% do limite máximo de indenização2.10. Prazo de Contratação Zoneamento Agrícola ( Data de Plantio ) A data de plantio deverá respeitar as datas publicadas nas portarias do zoneamentoagrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Inexistindo oZoneamento Agrícola de risco climático do MAPA para determinada região oucultura, a seguradora fica autorizada a utilizar zoneamentos agroclimáticos de outrasinstituições oficiais de pesquisa que considerem critérios probabilísticos nadelimitação das datas de plantio e riscos das culturas. Prazo Máximo de Envio do Questionário de Avaliação de Risco O prazo máximo para recepção do questionário de avaliação de risco será de15/12/2013. O prazo poderá ser antecipado, caso a Seguradora verifique mudançasclimáticas que possam agravar o risco.2.11. Início de VigênciaNo caso de lavoura já plantada, o início de vigência se dará no mesmo dia da cotação, caso contrárioserá a data do plantio.
  10. 10. 2.12. FranquiasPoderão ser selecionados os seguintes níveis de franquias: Sem franquia, 5%, 10%, 15%, 20% da importância segurada2.13. Vistoria préviaA seguradora se reserva no direito de realizar inspeção para qualquer risco, em qualquer momento. De qualquer forma, obrigatoriamente, para os riscos com culturas já plantadas demilho, milho safrinha e trigo, com nível de cobertura igual ou superior a 65% e/ouLMI acima de R$ 500.0002.14. Exemplo de contratação – Cálculo do PrêmioA cobertura do seguro é a despesa de custeio da safra. Pode-se trabalhar com coberturasvariáveis.Exemplo: Seguro de custeioProduto: Soja (Rio Verde/GO)Custo de produção estimado (A): R$ 870,00/haÁrea da cobertura (B): 100 haIS total (R$) = A x B = 870,00 x 100 = R$ 87.000,00
  11. 11. 2.15. Pagamentos / IndenizaçãoIndenização = {[(PS - PC) / PS] x (CP x A)}, onde:PS = produção segurada em (kg/ha)PC = produção colhida em (kg/ha)CP = custo de produção, definido através da análise de Notas Fiscais (R$/hectare)A = área segurada em (hectare)2.16. Exemplo de Cálculo – Liquidação de Sinistro2.17. Formas de Comunicação de SinistroA) LINHA DIRETA CORRETOR:Fone:(11) 3156-4280 para a Grande São Paulo - 0800-7778243 demais localidades.(opção 4) - Consulta de Comissões / 2ª via de documentos(opção 5) - Comunicação e Informações de Sinistros(opção 9) - Informações sobre apólicesB) LINHA DIRETA SEGURADO:Fones (11) 3156-4340 e 0800 7777 243 - Segurados.C) ALLIANZ NET CORRETOR: www.allianznet.com.br
  12. 12. 2.18. Comunicação de Sinistro – Ferramenta On Line
  13. 13. 2.19. Orientações PreliminaresO contato com o segurado para o agendamento da vistoria será realizado em até (2) dois dias úteisda comunicação do sinistro. O segurado ou seu representante legal deve:a) Comunicar à Seguradora qualquer evento que possa se caracterizar como ocorrência desinistro;b) Comunicar o aviso de colheita pelo menos (20) vinte dias corridos antes de iniciar a mesmapara realização de inspeção e determinação da produtividade;c) Não colher ou destruir a lavoura segurada com aviso de sinistro, antes que a tenha sidoverificada pela seguradora ou por seus representantes;2.20. Vistoria de ConstataçãoInspeção Preliminar - Etapas:- Constatação da ocorrência do sinistro- Identificação e medição de Lavoura (GPS)- Cultivar utilizada na semeadura- Data de plantio- Densidade de população- Indicativo de plantio no Zoneamento Agrícola-Tipo e manejo do Solo- Manejo de Plantas Daninhas, Pragas e Doenças2.21. Apuração dos PrejuízosInspeção Final: Elaborado na época de colheita (fase de maturação) ou quando for verificadoausência de perdas significativas na lavoura segurada.Estimativa de produtividade (kg/ha)- Coleta de amostras representativas em diversos pontos da lavoura;- Pesagem dos grãos;- Desconto de umidade;- Desconto de impurezas da amostra;- Grãos ardidos, quebrados e verdes não são descontados.
  14. 14. 2.22. Análise e Regulação – Documentos ObrigatóriosDOCUMENTOS BÁSICOS NECESSÁRIOS:- Notas Fiscais da compra de insumos referentes a cultura segurada;- Comprovante de endereço;- Cópias do RG e CPF do Segurado;- Termo de autorização para pagamento mediante crédito em conta;- Certidão do corpo de bombeiros e/ou laudo do IC (cobertura de incêndio).Obs: A solicitação de documentos é realizada por e-mail para o corretor após análise do laudo econstatação de perdas indenizáveis.
  15. 15. 3.1. ObjetivoO objetivo do ALLIANZ GRANIZO é garantir indenização pelos prejuízos causados às culturastemporárias e permanentes, implantadas e tecnicamente conduzidas, resultante diretamente daocorrência de evento coberto relativo à cobertura básica, até o limite máximo de indenizaçãodefinido na apólice de seguro, enquanto a cultura se encontre não colhida.3.2. Definicação das Coberturas ObrigatóriasGranizo – garante indenização por ocorrência de granizo na cultura segurada até o limitemáximo de indenização da apólice3.3. ContrataçãoObrigatoriedade: O seguro caracteriza-se como primeiro risco absoluto, ou seja, o Segurador se comprometejunto ao Segurado que o valor da indenização é de no máximo 100% do limite máximo deindenização. Fica entendido e acordado que o valor da indenização ao que o Segurado tem direito, nãopoderá ultrapassar o valor declarado por hectare, multiplicado pela área total da culturasegurada. A Allianz permitirá, nos casos de lavouras financiadas, que seja segurada apenas agleba/talhão em garantia de financiamento, se assim o segurado o desejar; Observação: Entende-se por propriedade todas as áreas contínuas, e perfeitamentedelimitadas por meio físico visualmente identificável. Neste caso não deve ser considerada a quantidade de matrículas.
  16. 16. 3.4. Limite Máximo de IndenizaçãoComposição do LMI:LMI = VD x A, onde:LMI = limite máximo de indenização em (R$);VD = valor declarado pelo Segurado, de comum acordo entre Segurado e Seguradora(R$/hectare);A = área segurada (hectare).3.5. Início de VigênciaPara início da cobertura, a data de vigência deve ser validada e a documentação deverá serprotocolada na Cia.3.6. Carência do SeguroEsse seguro tem um período de carência de (3) três dias completos, contados a partir do início davigência da apólice.3.7. FranquiasPoderão ser selecionados os seguintes níveis de franquias: 5%, 10%, 15%, 20% da importânciasegurada, aplicadas sobre a área total segurada.3.8. Vistoria PréviaA seguradora se reserva no direito de realizar inspeção para qualquer risco, em qualquer momento.3.9. Zoneamento Agrícola – data de plantio A data de plantio deverá respeitar as datas publicadas nas portarias do zoneamento agrícolado Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Inexistindo o Zoneamento Agrícola de risco climático do MAPA para determinada regiãoou cultura, a seguradora fica autorizada a utilizar zoneamentos agroclimáticos de outras
  17. 17. instituições oficiais de pesquisa que considerem critérios probabilísticos na delimitação dasdatas de plantio e riscos das culturas.3.10. Prazo de contrataçãoAté 30 dias após o plantio, respeitado o Zoneamento Agrícola do MAPA.3.11. Cálculo do seguroFornecido diretamente pelo sistema da seguradora, o cálculo do seguro tem por base o LimiteMáximo de Indenização fixado na apólice.Exemplo de definição do LMIA cobertura do seguro é a despesa de custeio da safra.Exemplo: Seguro de custeioProduto: Soja (Rio Verde/GO)Custo de produção estimado (A): R$ 870,00/haÁrea da cobertura (B): 100 haLMI = A x B = R$ 870,00 x 100 = R$ 87.000,003.12. Forma de pagamento O presente seguro deverá ser pago a vista, através de boleto gerado junto a proposta deseguro; Poderá ser programado o prazo do boleto em D+1 ou D+9; Em caso de não pagamento do boleto até a data limite, deverá ser contratada uma novaproposta;3.13. Subvenção
  18. 18.  Caso o segurado constante na proposta esteja com pendência registrada no CADIN, aseguradora emitirá um boleto complementar correspondente ao valor do descontoconcedido; Se o boleto não for quitado, a apólice será cancelada e o prazo de vigência reduzido,conforme previsto nas Condições Gerais do produto.3.14. Principais riscos excluídos Prejuízos causados direta ou indiretamente por pragas e doenças Perda de qualidade do produto (grãos verdes, ardidos, etc.) Perdas ocorridas após a colheita Alagamentos e inundações, salvo se decorrentes de chuvas excessivas, ou com a contrataçãoda cobertura de Inundação3.15. Riscos sem aceitação Três primeiros anos de plantio pós-pastagem, mata ou cerrado. Plantio convencional Plantios realizados fora do Zoneamento Agrícola do MAPA – Ministério da Agricultura,Pecuária e Abastecimento. Lavouras consorciadas ou intercalares. Lavouras implantadas a partir de sementes não certificadas e zoneadas.3.16. Endossos Endosso com movimento de prêmio Havendo algum caso a ser tratado como exceção, será solicitado o cancelamento daapólice por erro de emissão, sendo que a reemissão ocorrerá por conta da corretora,com a efetivação de uma nova proposta. No campo “Roteiro de Acesso “ da propostarecontratada deverá ser informado para atendimento da condição: “Pedido decancelamento da apólice nº x – motivo x”. A Allianz aproveitará o prêmio da proposta anterior, e havendo diferença a cobraremitirá um boleto complementar, e havendo diferença a restituir, emitirá o chequede devolução.
  19. 19. 4. Questionário de Avaliação de Risco AgrícolaQuestionário de Avaliação de RiscoInformação da Filial: Informar número /NomeDados do ProponenteNome do Proponente: Preenchimento obrigatório.Pessoa Física ou Pessoa Jurídica: Preenchimento obrigatório.CPF ou CPNJ: Preenchimento obrigatório para Pessoa Jurídica e Pessoa Física.RG: Preenchimento obrigatório para Pessoa Física.Órgão Expedidor: Preenchimento ObrigatórioData de Expedição: Preenchimento obrigatório, (formato dd/mm/aaaa).Data de Nascimento: Preenchimento obrigatório (formato dd/mm/aaaa).Endereço do Proponente:Endereço onde será enviada toda a correspondência da seguradora. Deverá ser preenchido com:- nome da rua – Preenchimento obrigatório- número - Preenchimento obrigatório- complemento - Preenchimento obrigatório- bairro - Preenchimento Opcional- município - Preenchimento obrigatório- estado (UF) - Preenchimento obrigatório- CEP - Preenchimento obrigatório- número do telefone residencial - Preenchimento obrigatório- número do telefone celular - Preenchimento obrigatório- número do FAX - Preenchimento obrigatório- e-mail - Preenchimento obrigatórioLembrando que qualquer alteração deverá ser comunicada a seguradora para não prejudicar acomunicação entre seguradora e segurado.Dados da Propriedade RuralNome da propriedade rural: Nome fantasia da propriedade. Importante para localização.Endereço da propriedade rural:Deverá ser preenchido com:- nome da rua – Preenchimento obrigatório- número - Preenchimento obrigatório- complemento - Preenchimento obrigatório- bairro - Preenchimento Opcional- município - Preenchimento obrigatório- estado (UF) - Preenchimento obrigatório- CEP - Preenchimento obrigatório- número do telefone residencial - Preenchimento obrigatório- número do telefone celular - Preenchimento obrigatório
  20. 20. - número do FAX - Preenchimento obrigatório- e-mail - Preenchimento obrigatórioLembrando que qualquer alteração deverá ser comunicada a seguradora para não prejudicar acomunicação entre seguradora e segurado.Roteiro de Acesso: Deverá conter todas as informações necessárias e referências parafacilitar o acesso a propriedade.Dados do SeguroRecursos utilizados para a Condução da Lavoura: Preenchimento Obrigatório – Assinalar“Próprio” caso seja Capital do Segurado ou “Financiado” (Crédito Rural) caso seja financiamentobancário.Renovação: Caso já fez seguro agrícola com a Allianz, assinale a opção renovação.Seguro novo: Caso seja a primeira vez fazendo seguro Agrícola com a Allianz, assinale aopção seguro novo.Seguro da mesma área: Preenchimento Obrigatório - Assinalar sim ou não, caso já tenhafeito seguro na Allianz ou em outra seguradora para a mesma área.Caracterização da Área da Propriedade Rural (Preenchimento Obrigatório)Área total da propriedade: Informar a área total em hectares. Essa informação deve ser igualà contida na escritura de posse.Área segurada: Informar a área a ser segurada em hectares. Essa informação é importantepara o cálculo do seguro e para a indenização, deve ser 100% da área plantada.Tipo de cultura: Informar uma das culturas a ser segurada (soja, milho, trigo, milho safrinhaou algodão). Caso seja necessária a cotação para as duas culturas, deverão ser preenchidos doisquestionários distintos.Lavoura já esta plantada: Assinalar sim ou não, caso a cotação desse seguro seja feita com alavoura já plantada.Data de plantio ou prevista do plantio: Preenchimento Obrigatório - Informar a data a doplantio ou se não ocorreu o plantio informe a previsão deste. Essa data é muito importante para operíodo de vigência, não podendo estar fora da época recomendada pelo Zoneamento Agrícola.Data provável do início da colheita: Preenchimento Obrigatório - Informar a dataaproximada da data do início da colheita. Informação importante para a inspeção de colheita.Nome do cultivar: Informar os nomes comerciais das sementes a serem plantadas. No casode ser plantada mais de uma cultivar, informar todos os nomes no campo específico.Cultura Anterior: Informar a cultura implantada na área na safra anterior. Informaçãoimportante para validar a rotação de culturas.Adubação de semeadura: Conhecida como adubação de plantio. Preenchimento obrigatório(Sim ou Não).Produtividade Média dos últimos 5 anos: Produtividade da propriedade da culturaimplantada nos últimos 5 anos informando uma média ponderada em Kg/ha. Se maior que médiaIBGE, utilizará os dados oficiais governamentais.
  21. 21. Técnica de plantio: Informar um dos sistemas de plantio utilizado na propriedade, conformeabaixo:o Plantio Diretoo Plantio ConvencionalTextura do solo: Informar uma das opções de textura, conforme abaixo:o Arenosao Médiao ArgilosaDeclividade do terreno: Informar uma das opções de declividade, conforme abaixo:o 0,00% – 1,99%o 2,00% – 3,99%o 4,00% – 5,99%o 6,00% – 7,99%o 8,00% – 9,99%o 10,00% – 11,99%o 12,00% – 13,99%o 14,00% – 15,99%o Maior que 16,0% (especificar) – Obrigatória digitação da especificaçãoSistematização do terreno: Informar uma das opções de sistematização, conforme abaixo:o Terraceamento e curva de nívelo Terraço em nívelo Terraço de absorçãoo Terraço em desnívelo Curva de nívelo NenhumaSemeadura: Também chamada de plantio. Preenchimento obrigatório das informaçõesabaixo:o Plantas por metro linear (pl/ml)o Espaçamento entre linhas (cm)Custo estimado de Produção: Informar o valor do custeio por hectare. Informaçãoimportante para formação da valoração do risco. Existe uma valoração máxima de aceitação porcultura e quando informado valor acima, será utilizado à valoração máxima de aceitação.Dados de ContrataçãoCoberturas adicionais: Informar as coberturas adicionais, que deseja contratar. Coberturasadicionais são facultativas de contratação.o Secao Inundaçãoo Não-germinação/não emergênciaFranquia do valor segurado: Preenchimento Obrigatório - Informar qual o valor da franquiaque deseja contratar, conforme opções abaixo:o 0%
  22. 22. o 5%o 10%o 15%Forma de Contratação: Preenchimento Obrigatório - Informar a porcentagem da produçãoque deverá ser segurada, conforme abaixo. Podendo variar conforme região de plantio.o 50%o 55%o 60%o 65%Especifique as ocorrências/prejuízos nos últimos 5 anos: Informar quais foram os prejuízos equais as suas causas desses prejuízos que ocasionaram perdas na lavoura.Informar pontos de GPS da Propriedade: Latitude (___⁰___’___”) e Longitude ( ___⁰___’___”)Documentos que deverão ser encaminhados: Os documentos abaixo deverão ser enviadosos mais breves possíveis para a seguradora. Caso não seja enviado esses documentos não serápossível a aceitação do seguro.o Croqui da propriedade (incluir acesso, roteiro, áreas financiadas com recursos deterceiros/próprios/banco, descrição dos talhões, cultivos de cada área, posiçãogeorrefenciada – GPS – Latitude (S) __⁰__’__” e Longitude (W) __⁰__’__”).o Ao transmitir o questionário de avaliação de risco, o proponente declara quetodas as informações por ele fornecidas são verdadeiras e somente poderão ser alteradascom o consentimento da seguradora
  23. 23. 5. Questionário de Avaliação de Risco GranizoRenovação: Caso já fez seguro agrícola com a Allianz, assinale a opção renovação.Seguro novo: Caso seja a primeira vez fazendo seguro Agrícola com a Allianz, assinale a opção seguronovo.Seguro da mesma área: Campo de Preenchimento Obrigatório - Assinalar sim ou não, caso já tenhafeito seguro na Allianz ou em outra seguradora para a mesma área.Lavoura já esta plantada: Assinalar sim ou não, caso a cotação desse seguro seja feita com a lavourajá plantada.Dados do ProponenteNome do Proponente: Preenchimento obrigatório.Pessoa Física ou Pessoa Jurídica: Preenchimento obrigatório.CPF ou CPNJ: Preenchimento obrigatório para Pessoa Jurídica e Pessoa Física.RG: Preenchimento obrigatório para Pessoa Física.Órgão Expedidor: Preenchimento ObrigatórioData de Expedição: Preenchimento obrigatório, (formato dd/mm/aaaa).Endereço do Proponente:Endereço onde será enviada toda a correspondência da seguradora. Deverá ser preenchido com:- nome da rua – Preenchimento obrigatório- número - Preenchimento obrigatório- complemento - Preenchimento obrigatório- bairro - Preenchimento Opcional- município - Preenchimento obrigatório- estado (UF) - Preenchimento obrigatório- CEP - Preenchimento obrigatório- número do telefone residencial - Preenchimento obrigatório- número do telefone celular - Preenchimento obrigatório- número do FAX - Preenchimento obrigatório- e-mail - Preenchimento obrigatórioLembrando que qualquer alteração deverá ser comunicada a seguradora para não prejudicar acomunicação entre seguradora e segurado.Dados da Propriedade RuralNome da propriedade rural: Nome fantasia da propriedade. Importante para localização.Endereço da propriedade rural:Deverá ser preenchido com:- nome da rua – Preenchimento obrigatório- número - Preenchimento obrigatório- complemento - Preenchimento obrigatório
  24. 24. - bairro - Preenchimento Opcional- município - Preenchimento obrigatório- estado (UF) - Preenchimento obrigatório- CEP - Preenchimento obrigatório- número do telefone residencial - Preenchimento obrigatório- número do telefone celular - Preenchimento obrigatório- número do FAX - Preenchimento obrigatório- e-mail - Preenchimento obrigatórioLembrando que qualquer alteração deverá ser comunicada a seguradora para não prejudicar acomunicação entre seguradora e segurado.Roteiro de Acesso: Deverá conter todas as informações necessárias e referências parafacilitar o acesso a propriedade.Dados do SeguroRecursos utilizados para a Condução da Lavoura: Preenchimento Obrigatório – Assinalarpróprio caso não seja financiado ou Financiado (Crédito Rural) caso contrário.Caracterização da Área da Propriedade RuralÁrea total da propriedade: Preenchimento Obrigatório - Informar a área total em hectares.Essa informação deve ser igual à contida na escritura de posse.Área a ser segurada: Preenchimento Obrigatório - Informar a área segurada em hectares.Essa informação é importante para o cálculo do seguro e para a indenização.Tipo de cultura: Preenchimento Obrigatório - Informar uma das culturas a ser segurada (soja,milho, trigo, milho safrinha ou algodão). Caso seja necessária a cotação para as duas culturas,deverão ser preenchidos dois questionários distintos.Nome do cultivar: Informar os nomes comerciais das sementes a serem plantadas. No casode ser plantada mais de uma cultivar, informar todos os nomes no campo específico.Avaliação dos Riscos ClimáticosEspecifique as ocorrências/prejuízos nos últimos 5 anos: Informar quais foram os prejuízos equais as suas causas desses prejuízos que ocasionaram perdas na lavoura.Dados de ContrataçãoFranquia do valor segurado: Preenchimento Obrigatória - Informar qual o valor da franquiaque deseja contratar, conforme opções abaixo:o 5%o 10%o 15%Documentos que deverão ser encaminhados: Os documentos abaixo deverão ser enviadosos mais breves possíveis para a seguradora. Caso não seja enviado esses documentos nãoserá possível a aceitação do seguro.o Croqui da propriedade (incluir acesso, roteiro, áreas financiadas com recursos deterceiros/próprios/banco, descrição dos talhões, cultibvos de cada área, posiçãogeorefenciada – GPS – Latidude (S) __⁰__’__” e Longitude (W) __⁰__’__”).
  25. 25. o Ao transmitir o questionário de avaliação de risco, o proponente declara que todas asinformações por ele fornecidas são verdadeiras e somente poderão ser alteradascom o consentimento da seguradora.
  26. 26. 6.1. COMUNICAÇÃO DO SINISTROA) LINHA DIRETA CORRETOR:Fone:(11) 3156-4280 para a Grande São Paulo - 0800-7778243 demais localidades.(opção 4) - Consulta de Comissões / 2ª via de documentos(opção 5) - Comunicação e Informações de Sinistros(opção 9) - Informações sobre apólicesB) LINHA DIRETA SEGURADO:Fones (11) 3156-4340 e 0800 7777 243 - Segurados.C) ALLIANZ NET CORRETOR: www.allianznet.com.br
  27. 27. 6.2. ORIENTAÇÕES PRELIMINARESO contato com o segurado para o agendamento da vistoria será realizado em até(2) dois dias úteis da comunicação do sinistro.O segurado ou seu representante legal deve:a) Comunicar à Seguradora qualquer evento que possa se caracterizar como ocorrência desinistro;b) Comunicar o aviso de colheita pelo menos (20) vinte dias corridos antes de iniciar amesma para realização de inspeção e determinação da produtividade;c) Não colher ou destruir a lavoura segurada com aviso de sinistro, antes que a tenha sidoverificada pela seguradora ou por seus representantes;6.3. VISTORIA DE CONSTATAÇÃOInspeção Preliminar - Etapas:- Constatação da ocorrência do sinistro- Identificação e medição de Lavoura (GPS)- Cultivar utilizada na semeadura- Data de plantio- Densidade de população- Indicativo de plantio no Zoneamento Agrícola- Tipo e manejo do Solo- Manejo de Plantas Daninhas, Pragas e Doenças
  28. 28. 6.4. Apuração dos prejuízosInspeção Final: Elaborado na época de colheita (fase de maturação) ou quando for verificadOausência de perdas significativas na lavoura segurada.A) PRODUTO AGRÍCOLA – Estimativa de produtividade (kg/ha)- Coleta de amostras representativas em diversos pontos da lavoura;- Pesagem dos grãos;- Desconto de umidade;- Desconto de impurezas da amostra;- Grãos ardidos, quebrados e verdes não são descontados.B) PRODUTO GRANIZO – Percentual de Perda (PD%)Para cada cultura será utilizada metodologia especifica, independente da produção obtida ao final dacolheita (Morte de plantas, perda de área foliar e perda de grãos ou frutos).6.5. Análise e Regulação – Documentos ObrigatóriosDOCUMENTOS BÁSICOS NECESSÁRIOS:- Notas Fiscais da compra de insumos referentes a cultura segurada;- Comprovante de endereço;- Cópias do RG e CPF do Segurado;- Termo de autorização para pagamento mediante crédito em conta;- Certidão do corpo de bombeiros e/ou laudo do IC (cobertura de incêndio).Obs: A solicitação de documentos é realizada por e-mail para o corretor após análise do laudo econstatação de perdas indenizáveis.6.6. Pagamentos / indenizaçãoA) PRODUTO AGRÍCOLAIndenização = {[(PS - PC) / PS] x (CP x A)}, onde:PS = produção segurada em (kg/ha)PC = produção colhida em (kg/ha)
  29. 29. CP = custo de produção, definido através da análise de Notas Fiscais (R$/hectare)A = área segurada em (hectare)B) PRODUTO GRANIZOIndenização = (PD x VD x AS x FR) – FPD = percentual de danos da cultura segurada (%)VD = Valor declarado (R$/hectare)AS = área sinistrada (hectare)FR = fator redutor em função do estágio de desenvolvimentoF = franquia dedutível6.7. Sinistros Allianz – FLUXO6.8. Sinistros Allianz – ContatosEngº Ricardo Contreira LessinFone: 011 3156 4445 / 011 9 73628296e.mail: ricardo.lessin@allianz.com.brLuiz Ferro Seijo
  30. 30. Fone 011 3156 4562 / 011 9 9940 1550e.mail: luiz.seijo@allianz.com.brRosangela Milani SanchesFone 011 3156 4682e.mail:rosangela.sanches@allianz.com.brIracema Inácio MachadoFone: 51 3378.60.30 / Fax: 51 3378.60.10e mail: iracema.machado@allianz.com.br
  31. 31. 7. Termo de Responsabilidade de Produtor Rural – Subvenção FederalInformo que estou ciente de minha responsabilidade como beneficiário do Programa de Subvençãoao Prêmio do Seguro Rural – PSR:a) ( ) na modalidade agrícola, para a cultura de ______________________;b) ( ) na modalidade pecuário, para _________________________;c) ( ) na modalidade florestas;d) ( ) na modalidade aqüícola.Para o correto enquadramento do seguro que estou propondo, DECLARO que:a) concordo com a fiscalização a ser realizada por preposto do Ministério da Agricultura, Pecuária eAbastecimento – MAPA; autorizo o seu acesso ao empreendimento objeto do seguro ruralsubvencionado e concordo em oferecer as condições necessárias ao desempenho do trabalho,facultando inclusive o acesso aos documentos relativos ao empreendimento;b) estou ciente de que não posso contratar seguro rural, com subvenção econômica do GovernoFederal ao prêmio, para a mesma lavoura em que eu for beneficiário do Programa de Garantia daAtividade Agropecuária – PROAGRO. Por isso, informo que a cultura referente a esta proposta, para aqual estou pleiteando a subvenção federal:( ) não é beneficiária do PROAGRO;( ) é beneficiária do PROAGRO, na mesma propriedade rural e, por isso, estou anexando aesta proposta croqui ou documento contendo as coordenadas geográficas da lavoura que deverá serobjeto de subvenção federal;b.1) estou ciente dos benefícios oferecidos para os participantes do Programa Nacional de Apoio aoMédio Produtor Rural – PRONAMP*. Por isso, informo que:( ) não sou enquadrado no PRONAMP;( ) sou enquadrado no PRONAMP;b.2) estou ciente dos benefícios oferecidos para os produtores de cultura orgânica**. Por isso,informo que:( ) não sou produtor orgânico;( ) sou produtor orgânico credenciado na modalidade de certificação:( ) Sistema Participativo;( ) Certificação por Auditoria;c) o valor recebido do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural do Governo Federal, porano civil, não ultrapassa o limite de R$ 96.000,00 (noventa e seis mil reais), na modalidade agrícola, ede R$ 32.000,00 (trinta e dois mil reais) em cada uma das modalidades de seguro pecuário, deflorestas e aquícola. (*)d) estou ciente de que será consultada a minha adimplência junto ao Cadastro Informativo decréditos não quitados do setor público federal (Cadin), em decorrência do disposto no artigo 6o da
  32. 32. Lei nº 10.522, de 19 de julho de 2002, e de que, caso haja alguma restrição, não poderei mebeneficiar da subvenção ao prêmio do seguro rural;e) comprometo-me a cumprir as recomendações estabelecidas nas portarias de zoneamento agrícolade risco climático do MAPA (cultivar, data do plantio e tipo de solo), na forma disciplinada no PlanoTrienal do Seguro Rural – PTSR;f) caso eu descumpra qualquer condição do Programa e, conseqüentemente, haja o cancelamento dasubvenção federal ao prêmio, estou ciente de que terei de devolver o valor da subvenção federalacrescido da sanção previstas no Regulamento de Operacionalização da Subvenção;g) estou anexando à Proposta de Seguro, para efeito de comprovação de regularidade fiscal(somente para pessoa jurídica ou firma individual):- Certificado de Regularidade do FGTS, na forma do artigo 27, alínea “c”, da Lei no 8.036, de11/5/1990, e do artigo 44, inciso III, do Decreto no 99.684, de 8/11/1990;- Certidão da Secretaria de Receita Previdenciária quanto às contribuições sociais, na formaestabelecida no Decreto no 5.586, de 19 de novembro de 2005.h) as informações por mim prestadas no presente Termo e na Proposta de Seguro são completas everídicas, não contendo quaisquer omissões ou inexatidões.Data:Assinatura do Proponente: ______________________* Para efeito de enquadramento no PRONAMP o produtor deve:- ter, no mínimo, 80% de sua renda bruta anual originária da atividade agropecuáriaou extrativa vegetal;- possuir renda bruta anual de até R$ 800 mil.O cálculo da renda bruta anual deve considerar o somatório dos valores correspondente a:a) 50% (cinquenta por cento) do valor da receita proveniente da venda da produção de açafrão,algodão-caroço, amendoim, arroz, aveia, cana-de-açúcar, centeio, cevada, feijão, fumo, girassol,grão-de-bico, mamona, mandioca, milho, soja, sorgo, trigo e triticale, bem como das atividades deapicultura, aquicultura, piscicultura, bovinocultura de corte, cafeicultura, fruticultura, pecuárialeiteira, ovinocaprinocultura e sericicultura;b) 30% (trinta por cento) do valor da receita proveniente da venda da produção oriunda dasatividades de olericultura, floricultura, avicultura não integrada, suinocultura não integrada e deprodutos e serviços das agroindústrias familiares e da atividade de turismo rural;c) 100% (cem por cento) do valor da receita recebida da entidade integradora, quando provenientedas atividades de avicultura e suinocultura integradas ou em parceria com a agroindústria;d) 100% (cem por cento) do valor da receita proveniente da venda dos demais produtos e serviçosagropecuários não relacionados nas alíneas “a” a “c”;e) 100% (cem por cento) do valor estimado dos produtos produzidos no estabelecimento destinadosao consumo familiar (autoconsumo), excluídos aqueles destinados ao consumo intermediário noestabelecimento, a ser apurado após a aplicação dos percentuais previstos nas alíneas “a” a “d”conforme as atividades produtivas;
  33. 33. f) 100% (cem por cento) das demais rendas obtidas fora do estabelecimento e das rendas nãoagropecuárias;Para maiores informações: Manual do Crédito Rural – MCR (Capítulo 8, Seção 1).** Para comprovar o credenciamento junto ao Organismo Credenciador o produtor deve:Apresentar no momento da contratação da apólice, junto à seguradora, cópia do Certificadode Conformidade Orgânica (documento emitido por organismo credenciado pelo Ministério daAgricultura, Pecuária e Abastecimento). O documento deve apresentar as seguintes informações:Nome e CNPJ da certificadora (organismo).Número do certificado.Nome do produtor ou razão social da unidade produtora.CPF/CNPJ do produtor ou unidade produtora.Especificação do produto (cultura) certificado.Data de validade do certificado.
  34. 34. 8. Termo de Responsabilidade de Produtor Rural – Subvenção EstadualSECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTOFUNDO DE EXPANSÃO DO AGRONEGÓCIO PAULISTA - O BANCO DO AGRONEGÓCIO FAMILIARFEAP – BANAGRO - PROJETO ESTADUAL DE SUBVENÇÃO DO PRÊMIO DE SEGURO RURAL - ANO 2012TERMO DE COMPROMISSO DO BENEFICIÁRIO(Nome do beneficiário)..............................................................................................................................CPF / CNPJ .........................................................................., firma o presente Termo de Compromisso,perante o Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, nostermos da Lei n.º 7.964, de 16 de julho de 1992 e suas alterações, de acordo com o Artigo 9º, IncisoII, em conformidade com a Lei n.º 11.244, de 21.10.2002, visando à obtenção da Subvenção doPrêmio de Seguro Rural através do Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista .O Banco do Agronegócio Familiar - FEAP-BANAGRO, referente à Proposta/Apólice/Certificado deSeguro Rural n.º......................................................................................................., emitida em.........../............./................., pela seguradora .........................................................................................,consoante as cláusulas seguintes:CLÁUSULA PRIMEIRAO Beneficiário SE COMPROMETE a:I. observar as boas práticas agrícolas e as normas técnicas fixadas pela Secretaria de Agricultura eAbastecimento, bem como observar as condições gerais e/ou específicas da Seguradora contratada;II. autorizar que a Secretaria de Agricultura e Abastecimento possa fiscalizar a atividade segurada,objeto da presente subvenção;III. autorizar a Seguradora a efetuar a devolução ao FEAP-BANAGRO do valor correspondente àpresente subvenção, quando lhe for devida a devolução total ou parcial do prêmio de seguroreferente à Proposta/Apólice/Certificado de Seguro em questão, por cancelamento da cobertura derisco.CLÁUSULA SEGUNDAO Beneficiário ESTÁ CIENTE de que:I. poderá ser beneficiado com a subvenção estadual do prêmio de seguro rural, para mais de umacultura e/ou atividade, desde que no período de janeiro a dezembro de 2012, a somatória dosbenefícios não ultrapasse o valor máximo de até R$ 24.000,00 (vinte e quatro mil reais), dentro dolimite de até 50% (cinqüenta por cento) do valor do prêmio líquido total do seguro rural contratado,desde que as atividades ou culturas seguradas não se incluam entre as atividades ou culturassubvencionáveis pela subvenção federal;II. nos casos em que a cultura e/ou atividade esteja incluída entre as atividades ou culturassubvencionáveis pela subvenção federal, independentemente desta ser solicitada, poderá requerer asubvenção estadual no valor correspondente a 50% do valor da parcela do prêmio de seguro não
  35. 35. subvencionável, desde que a somatória dos benefícios não ultrapasse o valor máximo de até R$24.000,00 (vinte e quatro mil reais);III. deverá estar adimplente com o Estado e a União;IV. pelo descumprimento de qualquer das obrigações previstas no presente termo, sujeitar-se-á àdevolução do valor subvencionado;V. constatada alguma irregularidade na condução da atividade objeto da presente subvenção, alémdas sanções previstas no inciso anterior, perderá o direito a qualquer subvenção, bem como aempréstimos ou financiamentos à conta do FEAP-BANAGRO;VI. as questões decorrentes deste termo serão dirimidas, na esfera judicial, na comarca de São Paulo.CLÁUSULA TERCEIRAO Beneficiário DECLARA para os devidos fins, que as informações prestadas no presente Termo sãocompletas e verídicas, não contendo quaisquer omissões ou inexatidões.Local / Data:...................................................., .............de ...........................................de 2012.Assinatura/Beneficiário:__________________________________________________________________Nome / CPF / CNPJAssinatura/Testemunha:__________________________________________________________________Nome / CPF
  36. 36. 9.1. Acordo de reciprocidadeComo política de aceitação, uma vez que os seguros agrícolas são catastróficos, existe um acordo dereciprocidade que deve ser formalizado junto ao cliente/corretor de seguros, no que tange adistribuição de riscos entre a safra-verão e safra-inverno. As operações deverão ser iniciadas nasafra-verão, para que a Seguradora possa disponibilizar capacidade para a safra-inverno.Em linhas gerais, a Cia faz a segmentação dos riscos com proporcionalidade de 20%-40% para safrade inverno e 60%-80% para safra-verão.Os riscos contratados na safra de inverno somente têm equilíbrio atuarial, quando existe um acordode reciprocidade, de parceria na safra de verão, do contrario, a probabilidade do resultado dacarteira ficar deficitário e bastante alto.9.2. Taxas e condiçõesAs taxas e condições são parametrizadas em sistema eletrônico de cotação, sofrendo alterações nodecorrer das contratações, as quais podem ser interrompidas sem aviso prévio. As cotações inseridasno sistema têm validade de 10 dias, expirado esse prazo, será necessário o recalcular o valor, comrisco de mudanças de taxas, franquias e condições comerciais9.3. Sistema de CálculoO sistema de cálculo não permite simulações, uma vez inseridos os dados, o recurso de subvenção aoprêmio ficará reservada à simulação. Toda simulação consumirá subvenção desnecessariamente, ouseja, podemos deixar de contemplar subvenção em casos reais, pois os mesmos estarão alocados àsimulações.9.4. Subvenção
  37. 37. Para que o segurado tenha direito à Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural, e necessário ocumprimento das regras abaixo:a) Segurado deverá estar adimplente com a União (aprovação no CADIN);b) Deve-se respeitar o limite de subvenção de R$ 96.000,00 por CPJ e por ano;c) Segurado deverá assinar o termo de compromisso do produtor rural.9.5. Parcerias ComerciaisVerificar a experiência prévia do corretor nesse segmento, uma vez que o segmento é extremamenteespecializado. Corretores sem experiência prévia deverão ter suporte total da filial no que tange aprodutos, fluxos e cotação.9.6. Aceitação do SeguroOs seguros agrícolas, por tratar de riscos climáticos, possuem restrições de aceitação para locais comalta freqüência de adversidades climáticas. Dessa forma, não são todos os municípios que poderãorealizar a contratação. Para saber as condições a cotação deverá ser inserida no sistema. Valeressaltar que em função do clima, regiões, subvenção, concentrações de risco, algumas regiõespoderão ser restringidas.9.7. Fluxo de documentosA documentação assinada, incluindo os termos de compromisso do produtor rural deverão serencaminhados para a área de BackOffice/Central de Emissão, através de malote ou Allianz Express,conforme fluxos já existentes para outros ramos.9.10. Documentos para EmissãoProposta (termo de compromisso) deverá ser assinada pelo produtor rural para fins de subvenção,deve-se encaminhar juntamente com a documentação o croqui da área com roteiro de acesso.9.11. Cotação automáticaAs informações deverão ser inseridas no sistema, não são aceitos documentos por e-mail9.12. Prazo de pagamentoPrazo de pagamento de 10 dias, caso o boleto não seja pago, solicitar através do sistema de cobrançaa emissão de boleto c/ juros.
  38. 38. 9.13. Prazo de recusa de protocoloPrazo de recusa de protocolo de 45 dias.9.14. Recusa Manual do SIGACaso a proposta tenha sido gerada erroneamente ou não haja o pagamento do premio, a propostadeverá ser recusada no SIGA para liberação de subvenção.9.15. EndossosNão há endossos para o produto agrícola. Todos os casos com erros deverão ser cancelados eemitidos (com movimentação de premio e/ou alteração de município)
  39. 39. 10. Telas de Utilização do Sistema

×