A Ratoeira

9.656 visualizações

Publicada em

Fotonovela realizada pelos meus alunos e alunas de Tecnologia Educacional, do Curso de Pedagogia da Faculdade Sumaré, unidade Imirim, outubro de 2007.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.656
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
62
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Ratoeira

  1. 1. ESSA FOTO NOVELA É DEDICADA ÀS MINORIAS E ÀS CLASSES MENOS FAVORECIDAS.
  2. 2. Nossa história se passa numa fazenda chamada “MATA-A-DENTRO”.
  3. 3. NESTA FAZENDA MORAVAM, ALÉM DE SEUS PROPRIETÁRIOS, UMA VACA, UMA PORCA, UMA GALINHA E UM RATO
  4. 4. NUM BELO DIA, O FAZENDEIRO CHEGOU EM CASA COM UM PACOTE NA MÃO E MOSTROU PARA SUA ESPOSA OH MUIÉ. OIA QUE EU TROUXE! QUE DIACHO QUE É ISSO?
  5. 5. DIANTE DO CONTEÚDO DO PACOTE, A FAZENDEIRA SE SURPREENDE. O QUE SERÁ?
  6. 6. DENTRO DA TÓCA, O RATINHO FICA TODO EMPOLGADO PENSSANDO: “SERÁ QUE É UM PEDAÇO DE PÃO OU QUEIJO?”
  7. 7. MAS, QUANDO ELE VÊ O CONTEÚDO DO PACOTE, TOMA UM BAITA SUSTO. É UMA RATOEIRA
  8. 8. ASSUSTADO, O RATINHO ENTRA EM PÂNICO. ESSA NÃO, TEM UMA RATOEIRA EM CASA!!!!!!! QUE EU FAÇO AGORA!!??
  9. 9. IMEDIATAMENTE, O RATINHO VAI À PROCURA DE AJUDA, E A PRIMEIRA “AMIGA” QUE ENCONTRA É A DONA GALINHA. EU NÃO POSSO TE AJUDAR, OLHA O TAMANHO DO OVO QUE TENHO CHOCAR, SE VIRA!!!
  10. 10. DECEPCIONADO COM SUA AMIGA GALINHA, O RATINHO FOI ATRÁS DA PORCA “RE RE” ME DESCULPE SEU RATO, MAS EU TÔ TOMANDO MEU BANHO DE LAMA E NÃO POSSO TE AJUDAR. POR QUE VOCÊ NÃO FALA COM A VACA?
  11. 11. TODOS OS AMIGOS DO RATINHO O ABANDONARAM. AGORA, SUA ÚNICA ESPERANÇA ERA A SENHORA VACA. OLHA SEU RATO, PELO QUE SEI RATOEIRAS SÃO ARMADILHAS PARA RATOS. EU NÃO TENHO NADA COM ISSO. É PROBLEMA SEU. EU NÃO VOU SAIR DO MEU PASTO... E CADA UM COM SEUS PROBLEMAS.
  12. 12. A NOITE CHEGA, A RATOEIRA É ARMADA, E O RATINHO, MUITO ASSUSTADO, PENSA:
  13. 13. EU NÃO VOU SAIR DAQUI, EU NÃO VOU SAIR DAQUI, EU POSSO MORRER... TEM UMA RATOEIRA ARMADA EM CASA !!!
  14. 14. O SILÊNCIO DA NOITE É INTERROMPIDO COM UM SOM FATAL!!! KLACK !!!
  15. 15. A ESPOSA DO FAZENDEIRO SE LEVANTA, PENSANDO QUE A RATOEIRA PEGOU O RATO. MAS, PARA SUA SURPRESA ...
  16. 16. A RATOEIRA PEGOU UMA COBRA, QUE A MORDEU NO PÉ.
  17. 17. ASSUSTADA, A ESPOSA DO FAZENDEIRO ENTRA EM PÂNICO!!! AAIII, UMA COBRA ME PICOU!
  18. 18. ESTAVA MUITO TARDE. A FAZENDA FICAVA LONGE DA CIDADE, E O FAZENDEIRO SÓ PODERIA LEVAR SUA ESPOSA AO HOSPITAL NO OUTRO DIA. DANOU-SE!
  19. 19. NO HOSPITAL NÃO HÁ ANTÍDOTO DE VENENO DE COBRA, MAS A MÉDICA TENTA TRANQUILIZAR O FAZENDEIRO
  20. 20. A MÉDICA ACONSELHA O FAZENDEIRO A LEVAR SUA ESPOSA PRA CASA, E LHE DÁ UMA RECEITA.
  21. 21. ELA TERÁ FEBRE, MAS PELA MANHÂ LHE SIRVA UMA CANJA DE GALINHA. VOU TER QUE MATAR A MINHA GALINHA...
  22. 22. COITADA DA GALINHA! ELA FOI UMA DAS VÍTIMAS DA “RATOEIRA” POR FAVOR, NÃO ME COZINHE, TENHO MEUS PINTINHOS PARA CRIAR
  23. 23. MESMO COM A CANJA E TODOS OS CUIDADOS, A ESPOSA DO FAZENDEIRO PIORA CADA VEZ MAIS ... EU NÃO CONSIGO COMER. NÃO TENHO FOME. VOCÊ TEM QUE COMER ALGUMA COISA. TOME ESSA CANJA DE GALINHA.
  24. 24. LOGO, VIZINHOS E AMIGOS TOMAM CONHECIMENTO DA GRAVIDADE DA SITUAÇÃO E VISITAM O FAZENDEIRO QUANTA GENTE! TENHO QUE PREPARAR ALGO PARA O ALMOÇO. JÁ SEI VOU MATAR A MINHA PORCA!!!!!
  25. 25. DENTRO DA PANELA, A PORCA SE LAMENTA POR NÃO TER AJUDADO O RATINHO PORQUE EU NÃO AJUDEI O RATINHO, AGORA VOU MORRER TAMBÉM!
  26. 26. TRAGÉDIA! A ESPOSA DO FAZENDEIRO NÃO RESISTE E MORRE!
  27. 27. NA IGREJA DA CIDADE, OCORRE UM TRISTE VELÓRIO!
  28. 28. EM VÃO, PARENTES DO CASAL TENTAM CONSOLAR O POBRE VIÚVO...
  29. 29. EM FRENTE AO CAIXÃO, O FAZENDEIRO PRESTA A ÚLTIMA HOMENAGEM! POR QUE? POR QUE? NÃO VÁ!! BEM FEITO, JÁ VAI TARDE! ELA ERA MUITO METIDA!!!
  30. 30. A AGENTE FUNERÁRIA COBRA OS CUSTOS DO ENTERRO! QUEM VAI PAGAR O CAIXÃO, AS FLORES E O RESTO?
  31. 31. ENDIVIDADO COM A DOENÇA E MORTE DE SUA ESPOSA, O FAZENDEIRO SE VÊ OBRIGADO A VENDER A SUA VACA PARA UM MATADOURO ! NÃO TEM OUTRO JEITO. TENHO QUE ARRUMAR O DINHEIRO DO ENTERRO.
  32. 32. NO FINAL, SÓ RESTARAM O RATINHO E O FAZENDEIRO. DENTRO DA TÓCA, O RATO, MUITO TRISTE, EXCLAMA : Eu avisei que tinha uma ratoeira em casa, mas vocês não quiseram me ajudar. Toda essa desgraça poderia ter sido evitada!
  33. 33. MORAL DA HISTÓRIA NUNCA DIGA QUE O PROBLEMA NÃO É SEU.
  34. 34. SE ALGUÉM TE PEDIR AJUDA, FAÇA O MÁXIMO POR ESSA PESSOA.
  35. 35. VOCÊ NUNCA SABE O DIA DE AMANHÃ...
  36. 36. E NÃO SE ESQUEÇA: “TEM UMA RATOEIRA ARMADA NO MUNDO”!
  37. 37. FIM!

×