História 17

                                        "A Violeta"




                                        Em uma casa m...
sabedoria e não devemos brigar por causa disso. Somos todas irmãs e todos gostam de
nós.

  Rosa branca tem razão diz o gr...
As Rosas são assim mesmo maninha, diz o
menino. Eu prefiro as violetas. Veja quantas!

   Estas são lindas e não machucam ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

16827458 Espiritismo Infantil Historia 17

319 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
319
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

16827458 Espiritismo Infantil Historia 17

  1. 1. História 17 "A Violeta" Em uma casa muito grande, cercada de imenso jardim colorido, onde o clima permite que as flores se abram durante todo o ano, tem-se a impressão de uma orquestra executando a canção da Primavera. Desse jardim maravilhoso é o encanto dos felizes moradores da casa, principalmente das crianças, que fazem dele um parque de diversões; brincam, correm, jogam bola no gramado, andam de bicicleta e carrinho Contudo , não são apenas esses os moradores do grande jardim. Há também as flores, os insetos, que trabalham e brincam em silêncio, porque só entre eles se entendem. Porem eles falam e vivem como nós. Vamos entrar no jardim e ficar bem escondidos para não assusta-los e, assim poderemos ouvir o que dizem e ver o que fazem. Estamos no fim da tarde, num dos caminhos do jardim. O sol já se vai escondendo de mansinho, enquanto as flores e as árvores se preparam para receber a noite e o repouso. Bandos de andorinhas voam em direção aos seus ninhos. Os pássaros se abrigam nos galhos das árvores. Tudo parece em movimento. Somente as crianças continuam brincando sem perceber o que se passa no jardim, quando a rosa vermelha diz :Ah! Que linda tarde! Não é mesmo queridas amigas? Realmente! Responderam as flores vizinhas. –Vamos Ter uma noite linda. A rosa vermelha suspira: "Que pena! a noite vem me obrigar a dormir Gosto tanto da luz do dia, porque ela faz com que todos me admirem!" Minha prima você é sem duvida mito bonita, mas isso não é motivo para tanta vaidade, falou a rosa branca. "Ora , rosa branca , você então não sabe que nós as rosa vermelhas , somos as flores mais procuradas e admiradas Somos nós que enfeitamos as casas ! E é o nosso perfume o mais gostoso!" – Todas as outras flores desaparecem diante de nossa beleza. Protesto, exclama uma linda Orquidia, eu não sou isso que você disse. Apenas me utilizo das plantas maiores para ficar mais alta e poder receber a luz do sol. Não prejudico a ninguém. –Não seja vaidosa prima! Fala a rosa branca, Lembre-se que Deus nos criou de acordo com sua 1
  2. 2. sabedoria e não devemos brigar por causa disso. Somos todas irmãs e todos gostam de nós. Rosa branca tem razão diz o grande cravo amarelo! Devemos viver em harmonia! Vejam a violeta por exemplo! È a flor que há em maior quantidade neste jardim e, entretanto a ninguém incomoda, todos a respeitam e estimam porque nunca se vangloriou apesar de ser muito apreciada. "Oh! O senhor está defendendo essa florzinha insignificante que vive ai metida nessas folhas e sem mostrar-nos suas pétalas tão pequenas, Imaginem quem há de gostar de uma flor roxa?" Senhora Rosa Vermelha ,por favor! Exclamou o Cravo Amarelo, Se defendo a violeta é porque a estimo, garanto que todos fariam isso. "Sim ,sim dizem todas , nós também a defenderemos." "Obrigada, amigas, obrigada" - agradece a violeta comovida. Olhem só! Diz a Rosa Vermelha, essa violetazinha que vive escondida pare que ninguém veja sua feiura, quer se fazer agora de boazinha. Enquanto o nosso perfume e beleza se espalham pelos ares, a violetazinha sem perfume nem sequer se mostra, é mesmo sem graça! "Engana-se minha cara!" - fala a Rosa Branca. Violeta tem um perfume muito mais delicado que o nosso, e é muito bela, apesar de pequenina . É a flor que demostra maior sentimento, mais sinceridade quando é dada a alguém, porque é simples e humilde. "Ora, como ousas falar-me assim!" Nisso, a Rosa Vermelha interrompe-se e todos se calam porque duas crianças se aproximam, Oh! Que bela Rosa Vermelha ! exclama uma delas, e estende o braço para segurá-la. Logo porem o tira , com um grito de dor. –Tão linda e tão má, maninho , machucou-me o dedo! Mostrando o dedinho picado e saindo sangue. 2
  3. 3. As Rosas são assim mesmo maninha, diz o menino. Eu prefiro as violetas. Veja quantas! Estas são lindas e não machucam ninguém. E colhendo um raminho de florzinhas, deu-as a irmã, e os dois afastaram-se sorrindo Viu minha prima? Fala a Rosa Branca.- A Humildade da violeta a fez mais apreciada Rosa Vermelha reconheceu seu erro e desculpou- se com as amigas que sorriram, compreendendo que todos nós temos rosas e violetas no coração. 3

×