Fernando Vago Santana
Introdução
Por que estudar miniaturas?
A comovente história de Joãozinho
As 7 vantagens das miniaturas x 
grandes obras
1. Conveniência e praticidade de estudo
2. Maior conhecimento dos estilemas e da linguagem de 
compositores e manifestações estéticas
3. Maior assimilação de repertório de gêneros 
composicionais e estilos diversos
4. Maior adequação do repertório a situações que 
exigem apresentações resumidas
5. Ter de fato o que tocar (!!!!!)
6. Maior possibilidade de focar em aprendizado técnico-artístico, 
ao invés de aprendizado meramente técnico-mecânico
7. A aprendizagem de um maior número de peças 
estimula o autoconhecimento do artista musical.
Conclusão
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Grandes pequenas formas: apologia da utilização de miniaturas no processo de aprendizagem de repertório musical

269 visualizações

Publicada em

Reflexões sobre a aprendizagem de repertório musical

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
269
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Grandes pequenas formas: apologia da utilização de miniaturas no processo de aprendizagem de repertório musical

  1. 1. Fernando Vago Santana
  2. 2. Introdução
  3. 3. Por que estudar miniaturas?
  4. 4. A comovente história de Joãozinho
  5. 5. As 7 vantagens das miniaturas x grandes obras
  6. 6. 1. Conveniência e praticidade de estudo
  7. 7. 2. Maior conhecimento dos estilemas e da linguagem de compositores e manifestações estéticas
  8. 8. 3. Maior assimilação de repertório de gêneros composicionais e estilos diversos
  9. 9. 4. Maior adequação do repertório a situações que exigem apresentações resumidas
  10. 10. 5. Ter de fato o que tocar (!!!!!)
  11. 11. 6. Maior possibilidade de focar em aprendizado técnico-artístico, ao invés de aprendizado meramente técnico-mecânico
  12. 12. 7. A aprendizagem de um maior número de peças estimula o autoconhecimento do artista musical.
  13. 13. Conclusão

×