Conflitos na irlanda do norte

7.156 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.156
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
73
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Conflitos na irlanda do norte

  1. 1. CONFLITOS NA IRLANDA DO NORTECATÓLICOS X PROTESTANTES
  2. 2. • No século 19, a Irlanda foi integrada ao ReinoUnido da Grã-Bretanha por meio da assinaturado Union Act. No início do século 20, surge omovimento nacionalista que luta pelo fim dodomínio britânico sobre a ilha. Essemovimento de resistência levará aosurgimento do Estado Livre da Irlanda ou Eire,em 1922. Mas a Irlanda do Norte ou Ulstercontinuará fazendo parte do Reino Unido.
  3. 3. • Foi a partir do final dos anos 60 que ashostilidades se agravaram. Em 1969, ogoverno britânico ocupou militarmente oUlster e, em seguida, dissolveu o Parlamentode Belfast, assumindo as funções políticas eadministrativas.
  4. 4. • Em 1972, mais de uma dezena de jovensirlandeses católicos foram mortos no DomingoSangrento. Em 30 anos de conflito, cerca de3.600 pessoas morreram na Irlanda.•
  5. 5. • A seguir, uma sucessão de atentadosterroristas praticados pelo IRA indicavam aradicalização do conflito. Protestantes daForça Voluntária do Ulster, grupo paramilitarunionista, responderam com a mesmaviolência ao radicalismo católico.
  6. 6. • Somente em 1991, por iniciativa de ingleses enorte-americanos, iniciou-se uma rodada denegociações com a participação dos partidosdo Ulster e do governo de Londres. Como oSinn Fein - braço político do IRA - foi excluídodas conversações, o diálogo fracassou.
  7. 7. • Finalmente, em 1998, Tony Blair (premiêinglês), Gerry Adams (Sinn Fein) e DavidTrimble (unionista), com a participação do ex-presidente norte-americano Bill Clinton,assinaram o Acordo do Ulster, que concediamais autonomia ao país.

×