A civilização romana

3.951 visualizações

Publicada em

4 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.951
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
104
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
4
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A civilização romana

  1. 1. A CIVILIZAÇÃO ROMANA
  2. 2. A FORMAÇÃO DE ROMA• Pequenos núcleos às margens do rio Tibre.• A região onde surgiu a cidade de Roma erahabitada desde o século X a.C. pelos latinos.Viviam no alto dos montes e viviam comopastores.
  3. 3. A INFLUÊNCIA ETRUSCA• Os etruscos viviam ao norte de Roma edominavam toda a região que se estendia damargem oposta do Rio Tibre até terras alémdo Rio Arno.• Chegaram a Roma por volta de 600 a.C. paraaumentar suas rotas de comércio.
  4. 4. • Eram um povo de comerciantes enavegadores, com intensos contatos comfenícios e gregos.• Muitos costumes romanos, alguns deles deorigem grega ou fenícia, foram influenciadospelos etruscos.
  5. 5. A ORGANIZAÇÃO POLÍTICA• Roma foi fundada em 753 a.C. Nessa época,Roma teve uma forma de governomonárquica, sendo os últimos reis etruscos.• Durante a monarquia o rei era eleito peloSenado, formado pelas famílias patrícias deRoma.
  6. 6. O FIM DA DOMINAÇÃO ETRUSCA• No final do século VI, os reis etruscosenfrentaram vários problemas.• Conflito com cartagineses ao sul e gauleses aonorte.• Fortalecimento da aristocracia romana(patrícios).
  7. 7. • População plebeia no exército fez com que ossoldados exigissem maior participaçãopolítica.• Os etruscos foram expulsos em 509 a.C. O fatomarcou o início da república, e um novomomento na história da cidade.
  8. 8. A REPÚBLICA ROMANA
  9. 9. NOVA ORDEM POLÍTICA• O governo de Roma passou a ser uma respublica, que em latim significa coisa pública.• Os reis foram substituídos por dois cônsules,escolhidos pelos patrícios no Senado.
  10. 10. • Eleitos para o mandato de um ano, oscônsules eram auxiliados por outrosmagistrados, pelo Senado e pelas assembleias.• Os patrícios elegiam os magistrados e ossenadores e podiam ser eleitos para essescargos. Já os plebeus elegiam os magistrados,mas não podiam ser candidatos.
  11. 11. PRINCIPAIS MAGISTRADOS• *Édis: serviços públicos.• *Questores: tesouro público.• *Pretores: justiça.• *Cônsules: comando do exército e senado.• *Censores: contagem e controle dapopulação.
  12. 12. AS LUTAS ENTRE PLEBEUS E PATRÍCIOS• Quanto mais rico o cidadão, mais valia o seuvoto.• Desta forma, os patrícios controlavam aseleições dos magistrados.• Patrícios ficavam com maior parte do espóliode guerras.• Muitos plebeus eram convocados para aguerra em plena época de plantio e colheita.
  13. 13. • Os plebeus começaram a se rebelar contraessa situação de desigualdade.• A partir do ano 494 a.C., os plebeuscomeçaram a conquistar direitos. Entre eles, odireito de eleger um magistrado, fim daescravidão por dívidas, candidatura ao cargode cônsul e plebiscitos: decisões nasassembleias da plebe passaram a ganhar forçade lei.
  14. 14. A FORMAÇÃO DE UM NOVO GRUPOSOCIAL• A entrada de plebeus ricos no Senado e seuacesso às magistraturas levaram à formaçãode uma nova aristocracia, a nobilitas,constituída de famílias patrícias e plebeusenriquecidos.
  15. 15. O CONTROLE DA PENÍNSULA ITÁLICA• Início do processo de expansão territorial.• No século I a.C., por meio de guerras eacordos políticos, Roma passou a ter controlequase total da península itálica.

×