Amola Tesouras

4.804 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Jogando.net/mu - 24

    Olá, venho divulgar o melhor servidor de MU on-line do
    Brasil.
    -Season 6 Ep. 3 em todos os Servers. Sendo 7 servers diferenciados proporcionando sua diversão,
    VEJA ALGUMAS NOVIDADES :
    - NOVOS KITS : DEVASTATOR e SUPREMO DIAMOND V2 com Rings e Pendat Mysthical ;
    - Novos Shields Power v3 18 opts;
    - Novas Asas, Rings e Shields JDiamonds;
    - Novas compras com troca de asas e shields para asas e shields JDiamond.
    - Conheça também o site de Animes Cloud: http://www.animescloud.com, mais de 20.000 videos online.
    - Eventos e promoçoes DIA DAS CRIANÇAS diversao para todos na Jogando.net
    * JDIAMONDS EM DOBRO
    * jCASHS EM DOBRO
    * COMCORRA A UM IPAD
    * E DIVERSOS PREMIOS
    ENTRE JÁ NO SITE : http://www.jogando.net/mu/ >> CADASTRE-SE E GANHE 5 DIAS DE VIP
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.804
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
35
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Amola Tesouras

  1. 1. Profissões Antigas Amolador de Tesouras
  2. 2. Evolução Histórica <ul><li>O passado </li></ul><ul><li>Máquina tradicional do amolador: </li></ul><ul><li>1 - pegas, roda de transporte e pedaleira; </li></ul><ul><li>2 - correia de transmissão e mó de esmeril. </li></ul><ul><li>Gaita - de - beiços </li></ul>
  3. 3. Fotografias à época <ul><li>Até há poucos anos, o trem de afiação do amolador manteve as suas características inalteradas: base de sustentação, roda e pedaleira, correia de transmissão e mó de esmeril. </li></ul>
  4. 4. Bicicleta esmeriladora <ul><li>A bicicleta é utilizada, neste caso, como meio de transporte do amolador e como máquina de afiar, além de que o homem trabalha sentado. </li></ul>
  5. 5. Amoladores de hoje <ul><li>Triciclo motorizado contendo ferramentas e bancada. </li></ul><ul><li>O esmeril é eléctrico e a energia produzida por um gerador a gasolina. </li></ul>
  6. 6. Esmeril para ferramentas <ul><li>Mó de amolar machadas e machados, enxós, etc. </li></ul><ul><li>O seu funcionamento é similar ao do carro do amolador, mas a mó é maior e mais robusta, como forma de poder desbastar o gume destas ferramentas. </li></ul>
  7. 7. Pedras de afiar caseiras
  8. 8. Novas tecnologias na arte de afiar <ul><li>Máquina simples de afiar facas de cozinha; </li></ul><ul><li>Máquina eléctrica de afiação; </li></ul><ul><li>Modelo “futurista” de máquina de afiar. </li></ul>
  9. 9. A arte do amolador <ul><li>O amolador, que de porta – a - porta parava para afiar as facas, improvisava outros arranjos, muito particularmente o conserto de guarda – chuvas, agrafava travessas partidas e colocava uns pingos nas panelas furadas. </li></ul>
  10. 10. Manuel Silva, 62 anos - um dos últimos amoladores <ul><li>Manuel da Silva, 62 anos, puxa a bicicleta ferrugenta pelas ruas de Santarém soprando na gaita-de-beiços para chamar os clientes. </li></ul><ul><li>Dizem que quando os amola - tesouras tocam é sinal de que a chuva está para vir. </li></ul><ul><li>Já lá vai o tempo em que amolar facas, navalhas da barba, tesouras era um negócio que dava para viver. Agora vai dando para o tabaco e pouco mais. </li></ul>
  11. 11. Carlos Manuel - amolador de terceira geração <ul><li>Quando lhe pergunto se esta profissão em desaparecimento dá para viver, responde-me “que mal. Muito mal, mesmo. Mas, que quer? Tenho de comer todos os dias, não é? Como não recebo qualquer subsídio, tenho de “dobrar a mola”. Como quem diz, desgastar o metal das diversas facas, tesouras e outros objectos que servem para cortar qualquer coisa, nem que seja a casaca de alguém. </li></ul>
  12. 12. Olha o Amolador! Agosto de 2004, Rogério Martins Simões <ul><li>Sete notas no ar hoje ecoaram! </li></ul><ul><li>O pregão do Amolador anda no ar. </li></ul><ul><li>Por todas as casas se procuraram </li></ul><ul><li>Tesouras e facas para aguçar. </li></ul><ul><li>Despertou em mim a curiosidade </li></ul><ul><li>Fizeram recordar as tradições </li></ul><ul><li>Passado recente da minha cidade </li></ul><ul><li>Lisboa, de encantos e pregões! </li></ul><ul><li>Mas o som da flauta era sonante… </li></ul><ul><li>Anunciava a chuva e a tempestade, </li></ul><ul><li>Incómoda, enfadonha e marcante </li></ul><ul><li>Agora ao recordar sinto saudade! </li></ul>. Já
  13. 13. Trabalho realizado na abordagem ao Tema de Vida: “Do Artesanato à Indústria” Sub – Tema: “As Profissões Antigas” Curso EFA Básico, Nível 3 Cidadania e Empregabilidade Dezembro de 2009 Formando: Valdemar Vicente Formador: Professor Amaral Pinto ES FA

×